Dicas de Viagem

Ilhas Virgens Americanas : O que fazer em St Croix!

O que fazer em St Croix, leia o post completo aqui: http://wp.me/p436H8-2ZT
1

Eu e o Kiko (marido) estamos numa fase boa de querer conhecer o Caribe. Morando pertinho de Miami e Ft. Lauderdale, fica fácil e rápido explorar essa parte do planeta, então temos que aproveitar até que outros ares nos arrastem daqui. Começamos no ano passado com Nassau (Bahamas), em janeiro fomos pra Puerto Rico e agora chegou a vez de explorarmos St Croix, a maior das três Ilhas Virgens Americanas (sim, elas são um protetorado dos Estados Unidos).

Pier em Frederiksted
Pier do Fish Market em Frederiksted

Eu particularmente adoro ilhas, especialmente as pequenas que me fazem ter a sensação de estar flutuando sobre planeta e St. Croix ganhou meu coração, pois ela não é tão explorada e conhecida como suas irmãs (St. Thomas e St John), poucos cruzeiros aportam na ilha (o que elimina um monte de turista de um dia) e ela não é cheia de hoteis all inclusive ultra turísticos… dessa forma, tem aquele clima mais descontraído e gostoso de quem gosta de destinos relax e sem badalação.

Recomendo alugar um carro para poder conhecer um pouco mais da ilha (mas leia a parte sobre como dirigir em St. Croix mais abaixo, ok? #VaiPorMim ).

DICA: que tal aprender a falar o nome da ilha como os Crucians (locais)? Repita comigo em português: San Croi, isso mesmo, apesar do nome ser Francês, pronuncia desse jeito inglesado 🙂 .

Cerveja das Ilhas Virgens
Cervejinha das Ilhas Virgens

Onde fica St Croix:

Com apenas 2 horas de vôo desde Miami, você chega nesse pedacinho de paraíso. O vôo em si já é uma atração, pois sobrevoar as Bahamas e Turks and Caicos durante o dia é espetacular!!! Dá vontade de pular e cair em uma dessas ilhas paradisíacas 🙂

Caribe da janela do avião
Caribe da janela do avião … Entendeu a vontade de pular?

Mas para te dar maior exatidão, St. Croix fica entre Puerto Rico e Anguilla, e logo ao sul das Ilhas Virgens Britânicas… se você não entende de Caribe, brinque no mapa abaixo para se localizar:

O que fazer em St Croix

Apesar de St Croix estar no Caribe e ter quase todos os adjetivos de paraíso tropical, eu não acredito que ele seja um destino para você só ficar no hotel lagarteando na areia. Dessa forma, separei algumas coisas que você pode fazer durante sua viagem e aproveitar muito mais a ilha:

– Passeio de barco & snorkel para Buck Island: principal e imperdível passeio de St. Croix. Buck Island é aquela ilha dos sonhos; de um lado tem uma praia com areia branquinha, sem infraestrutura, mar tranquilo e água azul esverdeado de encher os olhos, e do outro lado tem um belo recife para quem gosta de fazer snorkel (confesso que não foi o snorkel mais bonito e nem o mais colorido que já vi, mas para os novatos, a experiência é bacana!). Várias empresas operam o passeio partindo Christiansted e outros locais da ilha. Tem opções de meio-dia ou dia inteiro conforme sua vontade ou disponibilidade. Nós escolhemos a Big Beard Adventure Tour e recomendamos. Gostei tanto do passeio que escrevi um post exclusivamente sobre ele – clique aqui pra ler.

Buck Island com o Big Beard
Buck Island com o Big Beard

– Moinhos e fazendas de Açucar: herança da colonização dinamarquesa (1754 a 1917), é impossível não notar as ruínas de vários moinhos de açucar pela paisagem de St Croix. O mais interessante é conhecer um pouco mais da história e descobrir que em 1878 os escravos atearam fogo em 51 fazendas na revolta pela liberdade [mais info no wikipedia em inglês].

– Rolezinho nas cidade de Christiansted e Frederiksted: para conhecer um pouquinho mais da arquitetura e influência dinamarquesa em St Corix, recomendo uma caminhada por essas duas cidade. Christiansted que fica na parte norte e Frederiksted que na parte oeste (esta última foi minha favorita).

Porto de Christiansted em St Croix
Porto de Christiansted em St Croix
Fredericksted em St Croix
Pracinha central de Fredericksted em St Croix

– Scuba Diving: St. Croix é um paraíso e talvez um dos melhores lugares do Caribe para a prática do Scuba. Cane Bay atrai gente de vários lugares mundo e você pode ir da própria praia para lá, o famoso “The Wall” se destacada pela queda repentina de 13 metros para 4.000 metros. Além disso tem também alguns recifes, barco naufragado, o pier de Frederisted etc… várias empresas operam na região para fazer o tour ou alugar equipamento.

– Snorkel: pra quem gosta de snorkel St Croix é bem bacana pois você já pode ver peixinhos, tartarugas e afins nadando da própria praia, não precisa pegar barcos pra isso, entende?  Pela minhas pesquisas, as melhores praias pra snorkel são: Rainbow Beach, Cane Bay, Shoys e Isaac Bay. Tem Buck Island, mas aí precisa de barco. Independente de onde escolher, fique atento a corrente do mar e previsão do tempo.

Snorkel em St Croix
Snorkel em St Croix (Buck Island)

– Trilhas e Roteiro 4×4: para viajantes de gostam de aventura, há várias trilhas para hiking [leia aqui – em inglês] e roteiro de passeio 4×4 para fazer em St Croix.

– Show de Mocko Jumbie e Quadrille: a maioria dos resorts e hoteis oferecem esse show cultural uma vez por semana e é bem bacaninha. São os famosos pernas de pau e a dança da quadrilha. Achei que ia ser bobo, mas me diverti 😉

– Pôr-do-sol em Rainbow Beach ou em algum restaurante com vista: eu sou fascinada por pores do sol, então esse item é suspeito 🙂 . A melhor região pra ver o por do sol em qualquer lugar do mundo é a parte oeste, certo? E em St Croix não é diferente, vi várias recomendações para ver o por do sol com os locais em Rainbow Beach, ali pertinho de Frederiksted…eu acabei não indo pois as nuvens baixas não desgrudavam do horizonte durante minha visita, mas garanti um pôr do sol bem bonito e romântico no restaurante “The Waves at Cane Bay” com lagosta fresquinha a preço redondinho! (Localização desse restaurante é boa para quem está hospedado perto da região de Cane Bay, meu caso).

– Degustação de Rum: se você nunca foi há uma destilaria de rum, a Cruzan Rum deve ser bem legal. Eu não fui, pois planejei o passeio para sexta-feira santa e praticamente a ilha inteira estava fechada para o feriado (risos). Resumindo, perdi a viagem e ficou para uma próxima 🙂 . [Como conheci uma em Nassau, não fiquei triste!).

– Cerveja com os porcos: uma atração que o pessoal adora em St Croix é visitar o bar/restaurante Mt Pellier Hut e dar uma lata de cerveja pra cada um dos dois porcos em exposição. Nós até passamos em frente, mas não tive coragem de entrar, sou sempre chata com esse negócio de usar os animais para essas coisas…

– Colombo atracou em St Croix: na sua segunda jornada pela América, Cristovão Colombo deu uma paradinha em St Croix em Salt River, se você gosta de história, de repente vai gostar de visitar o local que fica entre Cane Bay e Christiansted.

Claro que tem outras coisas pra fazer,  mas acho que essa listinha já dá pra te dar uma idéia. Achei pouca informação sobre St Croix em português, mas recomendo também ver a experiência da Claudia do Aprendiz de Viajante nesse post e também algumas informações no site oficial de Turismo dos Estados Unidos, nesse link aqui.

Dirigindo em St Croix …

Resolvemos alugar um carro ao invés de ficar pegando taxi e recomendo muito, pois além dá liberdade de ir e vir, a experiência de dirigir na contra-mão é única 🙂

Nós já tivemos a oportunidade de dirigir na versão mão americana e inglesa, mas St Croix é uma coisa completamente fora do lógico (risos), tente entender: as regras, estradas e afins são na mão inglesa, mas os carros são americanos. Resumindo, dá um nó na cabeça e parece que estamos sempre na contramão. No carro que alugamos tem até uma plaquinha escrita “keep left”  para nos ajudar 🙂 .

Como o país é pequeno, quase não tem pista dupla e vimos pouco carro, não é preciso ter medo de alugar o carro, mas estar atento é fundamental para evitar acidentes.

Não gostei do fato das locadoras não disponibilizarem o seguro de carro mais importante nos Estados Unidos, o liability insurance, mas só descobri quando cheguei lá e pedi pelo seguro. Alugamos na Hertz e deixo a dica para pesquisar sobre esse seguro antes de viajar.

Dirigindo em St Croix
Aventura de dirigir na “contra-mão” em St Croix.

 

Onde se hospedar em St. Croix …

Por ser uma ilha pequena, são “poucas” opções de hospedagem, no tripadvisor tem somente 18 propriedades e no Booking.com tem somente 17 hoteis. Depois de pesquisar um pouco e aproveitar que somos membros platinum na rede Marriott, escolhemos o Renaissance St Croix Carambola.

Logo que chegamos para o check in fomos apreciados com um drink para nos refrescar e nos levaram para quarto número 197 … Estávamos planejando algo com vista para o mar, mas como na maioria das vezes planejamos nossas viagens de última hora, não tinha essa opção quando fizemos a reserva, mas por outro lado, pegamos um preço ótimo: $247 + taxas…

O quarto era ajeitado e bem grande! Gostei do estilo antigo colonial da decoração, mas achei tudo muito escuro, poderiam ter investido em uma iluminação mais adequada, afinal de contas estou no Caribe e não na Europa, né? Se não gostar de barulho, prefira os quartos que não olham a área de lazer.

A localização do hotel é bem legal, meio fora do circuito, com praia particular e no estilo luxo com moderação e sem frescura (do jeito que eu gosto). Não vai esperando uma hotel 5 estrelas, vai mais na expectativa de um 4 estrelas (ok!). A praia é gostosa, mas bem batida e com pedras (recifes)… então se levar criança, melhor sempre ficar de olho e só nadar no final da praia – não há serviço de monitores.

Os dois restaurantes do hotel quebravam o galho, mas não achei nenhum excepcional, almoçamos algumas vezes na lanchonete, mas jantamos lá somente uma noite. E por falar em comida, se puderem não percam os 3 restaurantes de Cane Bay que provamos e recomendamos (5 a 10 minutos de carro do Renaissance):  The Wave at Cane Bay para um jantar romântico no pôr do sol, Eat @ Cane Bay para um esquema descontraído, comidas locais e com um bolo de rum com sorvete que é tudo de bom e o Off the Wall para um esquema pé na areia, pizza e cerveja!

Renaissance Carambola St Croix
Renaissance Carambola St Croix!

Informações Básicas:

  • Lingua: Inglês, e algumas pessoas falam Espanhol.
  • Moeda: dolar americano
  • Código de área: + 1 (340)
  • Gorjeta (Tip): $1 por mala, 15 a 20% nos restaurantes (certifique-se se o valor já foi incluído na conta antes de adicionar), 10 a 15% para os taxis etc – segue as mesmas regras dos Estados Unidos.
  • Previsão do Tempo: média de 25C no inverno e 28C no verão. Chove com frequencia especialmente entre Março a Maio e Setembro a Novembro. A época de furação vai de Julho a Novembro.

Gostaram? Querem mais destinos assim?

Se liga nesses posts:

O que fazer em Nassau, Bahamas
Se apaixone por Niue, no Pacífico Sul
Conheça Ilhas Cook
Samoa, Polinésia a seu dispor
Fiji… dispensa apresentação
Tahiti e Moorea… pra morrer de amor!
Maldivas … paraíso na Terra!
Miami Beach – roteiro
Karpathos, uma ilha escondida na Grécia


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


1 comentário
  1. Buck Island em St Croix

    […] aquele que vai ser o ponto alto da viagem, e desde que comecei a pesquisar sobre Buck Island em St Croix (Ilhas Virgens Americanas), eu sabia que esse seria o momento! Combinamos no mesmo passeio de barco uma paradinha na parte da […]

Comente Aqui