O Jardim de Monet em Giverny: um perfeito bate volta de Paris!

12

Monet é um dos artistas franceses mais famosos do mundo. Seus quadros são verdadeiras obras de arte e seu universo impressionista é vasto e riquíssimo. Mas este post não é para falar de suas obras maravilhosas, e sim de sua casa, que atrai milhares de turistas todos os anos para visitar a Casa e o Jardim de Monet, na pequena cidade de Giverny, na França.

Fonte de inspiração de boa parte de sua obra, os jardins de Monet são tão incríveis quanto os quadros que o artista pintou ao longo de sua vida. E são tão bem cuidados e primorosos até hoje, que vale a pena sair um dia da bela Paris e ir até lá.

Não é à toa que a visita ao Jardim de Monet é um dos passeios mais famosos de bate volta a partir de Paris. A Casa de Monet em Giverny é passeio certo para conhecer de perto um dos lugares mais idílicos e impressionantes da França.

De Paris: Tour de 1 Dia Seguindo os Passos de Monet em Giverny

Casa de Monet By andre quinou Shutterstock
Casa de Monet. Foto: andre quinou / Shutterstock

+ BATE E VOLTA DE PARIS – 18 PASSEIOS DE 1 DIA DESDE PARIS

+ PRIMEIRA VEZ EM PARIS – O QUE VISITAR EM PARIS

+ NÃO SUBA NA TORRE EIFFEL – SAIBA ONDE SUBIR PARA VER A TORRE EIFFEL


ATENÇÃO!! SEGURO VIAGEM EUROPA

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Além de você não correr o risco de ser deportado (sim, isso acontece muito mais do que a gente imagina), você estará protegido se algo de ruim acontecer. Infelizmente imprevistos acontecem e temos que estar preparados. Nossos leitores recebem um desconto de até 10% na hora de pagar.

Você ainda está na dúvida? Tire todas as suas dúvidas aqui >> SEGURO VIAGEM É IMPRESCINDÍVEL?
.

Jardim de Monet em Giverny

Quem foi Claude Monet

Claude Monet é um dos artistas mais famosos do mundo e um dos maiores pintores da história, um dos gênios de Impressionismo. Seus quadros são muito famosos, sendo que os museus que os ostentam o fazem de maneira celebrativa. Se algum museu tem um quadro de Monet, certamente ele estará em destaque dentro da coleção.

Monet foi mesmo um pintor singular e tem inúmeras obras de arte, sendo difícil enumerar quais a mais incríveis. Inclusive, foi uma obra sua que deu nome ao movimento Impressionista, o quadro  “Impressão: nascer do sol” (1872).

Ao contrário de muitos outros grandes mestres da pintura, Monet era um artista admirado já em vida e que fez dinheiro com suas obras. Ele foi também inspiração para muitos outros pintores, assim muitos deles, como também admiradores, vinham visitá-lo e admirar o belo jardim de Monet. E é neste mesmo lugar que muitas pessoas vão visitar ainda hoje para ver de perto os jardins de Monet, que inspiraram o pintor e apreciar sua beleza.

Excursão de Meio Dia a Giverny saindo de Paris

Jardim de Monet By andre quinou Shutterstock
Jardim de Monet. Foto: andre quinou / Shutterstock

Giverny

A pequena Giverny foi a escolha de Monet para passar os últimos anos de sua vida e lá ele viveu quase 40 anos com sua família. E esta casa onde ele viveu é hoje parte da Fundação Claude Monet e que junto com seus jardins são a maior atração da cidade.

Certamente Giverny é conhecida por causa de Monet, sua casa e seus jardins, mas a cidade é muito graciosa e você não deve deixar de passear pelas suas ruas centenárias e que parecem ter parado no tempo, quando for fazer sua visita.

A cidade tem algumas outras atrações interessantes, além da Casa e do Jardim de Monet. Quem tiver um tempinho a mais para passear, não deve deixar de ver o Musée des Impressionnismes, um museu dedicado à história do impressionismo e suas ramificações, e em particular aos artistas que residiam em Giverny e no Vale do Sena. O museu fica bem perto da da Fundação Claude Monet. Endereço: 99 Rue Claude Monet, Giverny.

Outra visita interessante em Giverny é na simples Église Sainte Radegonde. É nesta igreja que está o cemitério onde estão enterrados Claude Monet e sua esposa Alice. Endereço: 53 / 55 Rue Claude Monet, Giverny.

De Paris: Excursão Impressionismo de Monet em Giverny (Fundação e Museu do Impressionismo)

A Casa e o Jardim de Monet

O lugar que se visita em Giverny é a Fundação Claude Monet, e que seria a junção da Casa de Monet, onde funciona um museu expondo móveis e objetos do artista, e dos Jardins de Monet, que circundam a casa e que são sua maior beleza.

A visita

Tudo ali é muito bem cuidado e organizado, e a visita realmente encanta, não importando a época que se vá. A visita é feita na casa e nos vários jardins que a residência possui. Você pode optar por primeiro conhecer os jardins e depois a casa, ou vice-versa. Fica a critério de cada visitante.

Entretanto, é importante lembrar que a Fundação Claude Monet fecha no inverno e por isto esta visita requer um certo planejamento. Isto porque ninguém quer chegar lá e encontrar os Jardins de Monet fechados ou mesmo pegar filas imensas para entrar. Por isto, não deixe de se planejar e comprar seus ingressos antecipadamente!

De Paris a Giverny: Excursão Sem Fila à Casa e Jardins de Monet

Giverny Ponte Japonesa
Ponte Japonesa no Jardim de Monet

A Casa de Monet em Giverny

Claude Monet viveu cerca de 43 anos nesta casa, entre 1883 e 1926, ano de sua morte. A casa onde Monet viveu com sua segunda esposa, Alice, e seus 8 filhos tem um estilo oriental e inclui coleção de gravuras japonesas de Monet.

No piso térreo está a sala azul, a dispensa da casa e a primeira oficina do artista, onde ele trabalhou até 1899. Ainda este andar conta com a sala de jantar e a cozinha. A sala de jantar da casa foi restaurada em cada detalhe. Nas paredes amarelas, pode se admirar a coleção de gravuras japonesas.

No primeiro andar estão os apartamentos privados, com o quarto, banheiro, a sala de costura de Alice e o escritório de Monet, que ainda conta com a cômoda do século 18. Muitas pinturas de mestres ficavam penduradas nestas paredes, entretanto, hoje em dia o lugar não tem nenhuma obra de Monet ou de seus amigos.

1 Cidade 1 Atração Giverny Casa e Jardim de Monet capa

Casa de Monet: Visita a Giverny saindo de Paris

Jardins de Monet

Sem dúvida os jardins de Monet são o grande destaque da propriedade. Enormes e belíssimos, com muitas espécies diferentes de árvores e flores. E claro, o belo lago, que tem até uma ponte japonesa. Ele era fascinado pelos espelhos de água, e comprou um terreno localizado na frente da sua casa e criou ali um lago para ter o seu próprio espelho de água, que foi chamado de Jardin d’Eau (jardim da água), e que foi pintado em vários quadros do impressionista.

O lugar conta com salgueiros, as ninfeias (tão bem pintadas por Monet), bambus japoneses, azaleias, tulipas, hortênsias. O lugar conta ainda com árvores frutíferas, como limoeiros, macieiras, framboesas, entre outras espécimes.

Monet era um apaixonado pela jardinagem e desenhou vários jardins coloridos, cheios de flores e lagos, como verdadeiras obras de arte. A exuberância do jardim de Monet impressiona e sua semelhança com os quadros é mais do que evidente. Basta observar o quadro abaixo pintado a 100 anos atrás e as fotos recentes do jardim para perceber que pouca coisa mudou nos amados Jardins de Monet. Estar nos jardins da casa de Monet é ver os quadros desta série ao vivo e a cores!

Jardim de Monet By Nadiia_foto Shutterstock
Jardim de Monet. Foto: Nadiia_foto / Shutterstock
Water Lilies, by Claude Monet, 1919 By Everett - Art Shutterstock
As Ninféias (Water Lilies), por Claude Monet, 1919. Foto: Everett – Art / Shutterstock
As Ninfeias

Monet foi criando seu jardim dos sonhos e com ele, pintando obras primas, como a série as Ninfeias, que podem ser vistas no belíssimo Musée d’Orangerie, nos Jardins des Tuileries, em Paris. Dentre todas suas obras, esta série, em especial, retrata os jardins de sua casa em Giverny. Por isto, para complementar a visita ao Jardim de Monet, é muito recomendado passar também pelo Museu da Orangerie, que é realmente impressionante.

Compre já: Ingresso antecipado para o Orangerie

Tour guiado com explicações sobre as Ninfeias de Monet no Museu Orangerie

Melhor época para visitar o Jardim de Monet

Certamente são os Jardins de Monet que atraem a maior parte dos visitantes, afinal eles são realmente incríveis e inspiradores. Mas para pegar eles no seu maior esplendor, a época mais adequada é em maio, quando a floração está no auge.

Mas caso esta não seja uma boa época para você fazer a visita, não se preocupe. O lugar está sempre em ótima forma e durante todo tempo em que a Fundação Claude Monet fica aberta, a visita será inesquecível.

Excursão de 1 Dia Giverny e Auvers-sur-Oise saindo de Paris

1 Cidade 1 Atração Giverny Casa e Jardim de Monet16

Se você está procurando hospedagem em Paris, dê uma olhada nos vários posts que temos de hotéis testados e aprovados por nós!

Reserve seu hotel na França ou Paris no Booking.com, um comparador de hotéis que garante o menor preço e que tem as melhores opções.

Informações Práticas sobre o Jardim de Monet em Giverny

Naturalmente, para fazer a visita a Fundação Claude Monet é necessário comprar entrada, e geralmente quem deixa para comprar na hora, enfrenta uma fila para comprar os ingressos. Principalmente para quem vai na alta temporada, feriados e fins de semana.

Contudo, a dica é: tente chegar cedo, logo que abrir para pegar a fila pequena ou ainda comprar os ingressos pela internet. Esta é a segunda atração mais visitada da Normandia, perdendo apenas para o Mont Saint-Michel.

O site da Fundação Claude Monet não vende ingressos diretamente, mas ele tem os links para as empresas de vendas de ingressos online com as quais tem parceria.

Giverny mapa Fundação
Casa e Jardim de Monet

Horário

Em 2020 os jardins estão abertos entre 01 de abril até 04 de dezembro.

Neste período, abre diariamente entre 09h30 e 18h.

Entrada

Adultos: €11

Crianças entre 7-12 anos e estudantes: €8

Menores de 7 anos não pagam.

Tickets combinados com outras atrações:

1) Musée Marmottan Monet (Paris)

Adultos: €21,50

Menores de 18 anos e estudantes: €14.

Menores de 7 anos não pagam.

2) Musée de Vernon A.G.-Poulain (Vernon)

Adultos: €11,50

3) Musée des Impressionnismes (Giverny)

Adultos: €17

Estudantes: €10,50 Crianças entre 7-11 anos: €9

4) Musée de l’Orangerie (Paris)

Adultos: €19

 

Endereço

84, rue Claude Monet, 27620 Giverny.

www.fondation-monet.com

Como chegar na Casa de Monet em Giverny

Carro

Saindo de Paris, basta pegar a auto-estrada A13 direção Rouen e sair na saída (sortie) 14 – Bonnières, ou na saída 16 – Douains.

A estrada para lá é com cobrança de pedágio.

De Paris até Giverny são cerca de 80 km, o que dá mais ou menos 1 hora e meia de viagem.

Estacionamento

Gratuito e em frente a Fundação Claude Monet.

Trem

Não existe trem direto para Giverny, já que a cidade não tem estação de trem. Então para ir de Paris até lá, deve se comprar um bilhete para a cidade de Vernon, que fica bem próxima. A viagem entre Paris e Vernon dura menos de 45 minutos.

A linha do trem que passa por Vernon é Paris / Rouen / Le Havre e sai de Paris da Gare St-Lazare.

Para quem chega de metrô na estação de St. Lazare, deve procurar as placas que levam para as plataformas de trem, seguindo as placas indicativas de SNCF – Grandes Lignes.

Valor da passagem: cerca de €15 o trecho por pessoa.

Site da empresa de trens SNCF: http://en.voyages-sncf.com/en

Giverny & Jardim de Monet de trem a partir de Paris

Ao chegar em Vernon se tem algumas opções para ir até Giverny:

Bicicleta: uma maneira divertida é alugar uma bicicleta e seguir até lá, o valor do aluguel para um dia é em torno de €12.

Táxi: são apenas 7 km entre a estação e a casa de Monet, e a corrida custa cerca de €15.

Ônibus: durante a época de abertura da Casa de Monet, a empresa de ônibus TVS tem uma linha especial que vai da estação de trem de Vernon até a estação central ônibus de Giverny. Este ônibus sai logo após a chegada do trem. Ao sair da estação de trem, procure à direita a parada do ônibus, está bem sinalizado.

Preço para uma viagem: €4, ida-volta: €8. Tickets são vendidos a bordo (somente dinheiro) ou pode se comprar um bilhete combinado (trem + ônibus) na Gare de St. Lazare, em Paris.

Dica

Se resolver ir de trem, seguido de ônibus, é indicado se apressar ao sair do trem, já que muitas pessoas utilizam o mesmo para ir até Giverny, e as filas costumam crescer rápido logo que o trem chega.

Excursões

Outra excelente opção é ir até Giverny em excursões a partir de Paris. Muitas pegam os passageiros no hotel, já possuem os bilhetes de entrada e ainda podem ser combinadas com outras atrações e cidades. As opções são várias.
;
 
Seguros Promo

Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. O Seguro viagem também é exigido em Cuba, Venezuela e Austrália. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 10% na hora de pagar. 

Clique aqui e ganhe 10% de desconto no seu seguro viagem

;

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Real Seguros (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios na Europa com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro na Europa com a RentCars

Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!

12 Comentários
  1. Luciana Forell Diz

    Queremos ir em abril de 2017. Como são as chuvas em abril?

    1. Carina Diz

      Olá, Luciana!
      É muito difícil prever o tempo, mas a primavera costuma ser muito agradável na Europa.
      Boa viagem!

  2. Sandra Barone Diz

    Adorei o seu post! Super completo, com todas as informações que nós turistas precisamos. Mto bom!

    1. Carina Diz

      Fico feliz em saber disto, Sandra!
      Obrigada pela visita. 🙂

  3. Ana Diz

    Um dos passeios mais lindos de Paris ne? Sou apaixonada!!! Louca pra voltar!

    1. Carina Diz

      Com certeza, Ana! Ir até Giverny é daqueles passeios imperdíveis para quem tem um pouco mais de tempo na já incrível Paris. 😉

  4. Carolina Arellano Diz

    Bom, com esse post vc acaba de me fazer colocar a Casa e o Jardim de Monet na minha meta de vida. Que lugar fantástico! Eu sou apaixonada por Monet, já ouvi falar desse lugar…mas agora preciso realmente conhecer. Parabéns pelo post, está incrível!

    1. Carina Diz

      Fico muito feliz em saber, Caroline!! 😀
      E vá mesmo, o lugar é apaixonante e não decepciona ninguém! 😉

  5. Luciane Diz

    Que lugar mais lindo é esse jardim de monet, perfeito mesmo para um bate e volta. Encaminehi seu texto para uma amiga que está indo pra Paris no meio do ano e ela amou

    1. Carina Diz

      Que ótimo, Luciane! Obrigada pela gentileza! 😀
      Um abraço pra vc!

  6. ana paula Diz

    Nossa, a a Casa e o Jardim de Monet são lindos demais, impressionantes. Que vontade me deu de conhecer s2

    1. Carina Diz

      Vá mesmo, vc vai amar! ?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.