Luxemburgo: roteiro para conhecer a cidade numa visita de 1 dia

0

Estive em Luxemburgo a muitos anos atrás, mais ou menos uns 10 anos, e tinha na minha memória uma cidade encantadora e com atrações muito interessantes. Ao retornar, depois de tantos anos, pude relembrar o quão verdadeiras eram estas memórias e ter certeza que a cidade vale muito a pena ser visitada!

Luxemburgo é uma cidade linda, limpa e cheia de atrações. Num centrinho pequeno, suas atrações principais podem ser percorridas à pé num passeio delicioso de poucas horas. Uma cidade fácil de conhecer e principalmente de se encantar!

Luxemburgo Place de la Constituition vista1
Luxemburgo, vista da Place de la Constituition

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Nossos leitores recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Cidade de Luxemburgo

 

Para conhecer a cidade mais tranquilamente, recomendo estacionar o mais central possível para aqueles que vão de carro. A estação de trem também é central, e para aqueles que optam por ir de trem também podem seguir a mesma ordem do roteiro.

 

Desta vez, optamos por estacionar no Parking Theater, que fica na Place du Théâtre, 2613. Dali iniciamos nosso passeio.

Luxemburgo1
Place du Théâtre

O início dos passeios pela cidade podem ser na praça que é considerada o coração da cidade: a Place Guillaume II.

Place Guillaume II

Nesta praça ampla e cercada por belas construções, sempre pode-se ver movimentação acontecendo. Nela está o Hôtel de Ville, a prefeitura da cidade, onde na frente reinam dois leões de bronze.

Ainda nesta praça está a estátua do Rei e Grão-Duque Guilherme II de Nassau-Orange montado em seu cavalo. O soberano governou entre 1840 e 1849 e instituiu a primeira constituição parlamentar no Grão Ducado. Em Haia, na Holanda, existe uma estátua idêntica do soberano.

Luxemburgo Place Guillaume II3

Outras duas praças próximas e também bem interessantes são a Place D’Armes e a Place Clairefontaine.

Place D’Armes

A Place D’Armes é rodeada de restaurantes com mesas na calçada e sob suas árvores. Por ali, o agito é sempre certo na cidade.

E numa das pontas da praça está o prédio Cercle Municipal, o Palácio Municipal. Ele é edifício administrativo da cidade com salas de recepção. Uma característica especial na fachada é um friso, que representa a entrega da carta de liberdade aos cidadãos da cidade do Luxemburgo em 1244 pela Condessa Ermesinde.

No outro lado da praça está a Place Jan Palach, nesta pracinha anexa está o monumento Dicks-Lentz. Ele é uma homenagem aos dois grades poetas luxemburgueses Dicks (1823–1891) e Michel Lentz (1820–1893). Lentz escreveu a letra do hino nacional. Na base lê-se o lema nacional: “Mir wëlle bleiwe wat mir sin” (queremos permanecer o que somos).

Place Clairefontaine

Esta pequena praça chama atenção pela estátua que fica no seu centro. Ali pode-se ver, em bronze, a Grã Duquesa Charlotte. Cheia de carisma e amada pelo povo, ela reinou entre 1919 e 1964. O sentimento de carinho do povo pode ser visto na base da estátua, onde está escrito: “Mir hun lech gaër” (te queremos bem).

Aqui também está o prédio que abriga a sede do governo, mas este não é um lugar acessível ao público.

Luxemburgo Place Clairefontaine1
Place Clairefontaine
Se você gostou do post e ele vai ser útil na sua viagem, nos ajude a manter o blog para ter sempre posts deste tipo fresquinho para você!
Reservando seu hotel em Luxembourg por aqui, além de você garantir o menor preço você ainda ajuda o blog!
E o mais importante: você não paga nada mais por isto! E ainda tem, na maioria dos hotéis e apartamentos, a opção de cancelamento gratuito.

A próxima atração, que fica também bem próxima, é o Palácio dos Grão Duques, na Rue du marché-aux-Herbes.

Palácio Grão-Ducal do Luxemburgo (Palais Grand-Ducal)

Este belíssimo prédio não passa de maneira nenhuma despercebido por quem passa por aqui. A residência do Grão-Duque na cidade tem uma das mais belas fachadas, no estilo do Renascimento Flamengo (século XVI).

O interior é magnífico e mobiliário suntuoso, e inclui instalações de luz feita pelo designer Ingo Maurer. O interior pode ser visitado durante os meses de verão, com uma visita guiada entre meados de julho até o final de agosto.

17, rue du Marché-aux-Herbes.

Luxemburgo Palais Grand-Ducal1
Palais Grand-Ducal

Colado o Palácio Grão-Ducal está a Câmara dos Deputados.

Câmara dos Deputados (Hôtel de la Chambre des Députés)

O Palácio da Câmara dos Deputados do Grão-Ducado de Luxemburgo é a sede do poder legislativo de Luxemburgo. O prédio inaugurado em outubro de 1860 reúne elementos do neogótico, do neo-renascimento e da arquitetura neoclássica.

Nas três colunas nas extremidades do edifício vê-se três figuras representando 3 arcanjos. Estes três anjos representam o poder legislativo, que é exercido em conjunto pelo grão-duque e pela Câmara dos Deputados. No topo das colunas, os arcanjos carregam vários símbolos: cetro, coroa, cornucópia, brasão de armas do Luxemburgo e o pergaminho da lei.

19, rue du Marché-aux-Herbes.

Luxemburgo Chambre des Députés1
Chambre des Députés

Ali pertinho está a catedral da cidade, a Catedral de Notre Dame.

Luxemburgo Catedral de Notre Dame4
Catedral de Notre Dame

Catedral de Notre Dame

Sem chamar muita atenção na sua fachada, a catedral católica de Luxemburgo é uma construção gótica e ainda uma grande atração da cidade. Nela está a milagrosa imagem de Maria Consolatrix Afflictorum, que vem a ser a santa padroeira da cidade e da nação. Na época da Páscoa, acontece uma peregrinação nacional em devoção à santa.

A catedral ainda é o lugar de descanso final de diversas gerações da família real e guarda o túmulo do Conte de Luxemburgo João I da Boêmia.

Rue Notre Dame, 2240.

Você consegue viajar sem celular?
Já saia do Brasil com o seu chip de celular europeu e com internet boa! Ganhe o frete grátis toda vez que usar nosso link.

Como tudo nesta cidade é pertinho, a poucos passos adiante se está na Praça da Constituição (Place de la Constituition). Nesta praça pode-se ver o Monumento Gëlle Fra.

Monumento Gëlle Fra

Gëlle Fra significa Dama Dourada em luxemburguês e é monumento em memória aos milhares de luxemburgueses que se voluntariaram a serviço das forças armadas durante a Primeira Guerra Mundial.

O monumento é bonito e conta com uma mulher no topo de um obelisco de granito de 21 metros de altura. A figura segura uma coroa de louros e “coroa” os luxemburgueses que pereceram durante a guerra. Este monumento simboliza liberdade e resistência para o povo do Luxemburgo.

Da Praça da Constituição se tem uma vista linda da Ponte Adolphe.

Ponte Adolphe (Pont Adolphe)

Também chamada de Ponte Nova (Nei Bréck), ela foi construída entre 1900 e 1903, durante o reinado do Grão-Duque Adolphe. Ela foi nesta época, a maior ponte de arco de pedra do mundo. E ainda é uma das maiores pontes de arco de pedra do mundo.

O grande arco duplo, com um vão de 85 metros, atravessa o Vale do rio Pétrusse a uma altura de 42 metros. O comprimento total da ponte é de 153 metros e ela suporta o trânsito de carros, pedestres e de uma linha de bonde.

Luxemburgo Pont Adolphe
Pont Adolphe

Mas sem dúvida, a maior atração da cidade são as Casamatas de Bock.




Luxemburgo Casamatas4
Casamatas de Bock

Casamatas de Bock (Casemates du Bock)

As casamatas são redes de túneis com funções defensivas e que foram construídas no século XVII (expandidos no século XVIII) dentro dos rochedos que sustentam a cidade alta. Na realidade, são corredores defensivos que chegaram a ter cerca de 23 quilômetros de comprimento.

Estes corredores eram capazes de abrigar milhares de soldados, juntamente com seus equipamentos e cavalos. O lugar tinha vários níveis, e chegava até 40 metros de profundidade.

Na Lista de Patrimônio Mundial da Unesco, é a principal atração turística na Cidade do Luxemburgo e totalmente única.

O lugar recebe mais de 125.000 visitantes por ano e oferece visitas guiadas três vezes por dia, de abril a setembro.

Entrada: €12 adultos; €10 estudantes/senhores; €6 crianças.

Dica!

Indico muitíssimo um passeio pela viela Chemin de la Corniche. Esta ruazinha vai margeando o vale e liga a Casamatas de Bock com a Place du Saint-Esprit. Ao longo dela se tem as mais belas vistas do Rio Alzette, do Bairro Grund, das Casamatas e desta região da cidade.

Um pouco antes das Casamatas de Bock para quem está vindo do centro está o Museu Nacional da História e da Arte.

Museu Nacional da História e da Arte (Musée National d’Histoire et d’Art)

Este museu fica num edifício moderno e com uma frente bem ampla, bem próximo das Casamatas de Bock. O museu tem uma grande coleção arqueológica, particularmente de objetos descobertos durante as várias escavações: sarcófagos, ferramentas, moedas, joias, lápides, entre outros.

Ainda pode-se ver uma vasta gama de pinturas luxemburguesas do século XVIII ao século XX, incluindo as telas pós-impressionistas de pintores luxemburgueses. O museu também abriga esculturas e pinturas antigas (incluindo uma atribuída a Cranach), e tem uma coleção de arte contemporânea de inegável originalidade.

Entrada gratuita. Marché-aux-Poissons.

Luxemburgo Musée National d’Histoire et d’Art
Musée National d’Histoire et d’Art

Um pouco mais afastado do centro, mas acessível de transporte público e de carro, está o bairro Kirchberg. É neste bairro que se localiza o Centro Europeu.

Kirchberg

Com prédios muito modernos, o lugar é o paraíso para os apaixonados por arquitetura. Com ruas amplas, calçadas grandes e várias opções de diversão e restaurantes durante a semana, quando a região tem bastante movimento.

A região abriga o Museu de Arte Moderna do Grão-Duque Jean MUDAM. Este museu foi projetado por Ieoh Ming Pei, arquiteto famoso por também criar a pirâmide de vidro do Louvre, em Paris.

Outras atrações da área são a catedral de vidro, erguida sobre um antigo forte de Vauban e decorada com vitrais do artista Wim Delvoye, e a Philharmonie com suas mais de 800 colunas verticais e com acústica excelente.

Luxemburgo Kirchberg
Philharmonie

O bairro também abriga uma das várias sedes da União Europeia. Ali estão o Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias, o Banco Europeu de Investimento e o Tribunal de Contas Europeu.

Bom saber!

Luxemburgo é uma das três cidades europeias onde se concentram as principais Instituições Europeias. As outras duas são Bruxelas (Bélgica) e Estrasburgo (França). Na cidade de Frankfurt, na Alemanha, localiza-se o Banco Central Europeu.

Uma dica para aqueles que querem conhecer um pouco a cidade e não desejam caminhar muito, é utilizar o Pétrusse Express.

Pétrusse Express

O trenzinho verde faz um tour de uma hora passando pelos principais pontos turísticos da cidade. As explicações estão disponíveis em 4 idiomas (inglês, alemão, francês, luxemburguês) e o passeio dura aproximadamente 50 minutos.

A partida é da rua Montée de Clausen, junto a Casamatas de Bock.

Entrada: €10 adultos, crianças entre 4-15 anos €6.

Luxemburgo Pétrusse Express
Pétrusse Express

Dica de hospedagem em Luxemburgo

 

Luxemburgo foi uma passada de um dia na nossa viagem saindo da Alemanha e seguindo em direção a Bélgica. Devido a isto, optamos por um hotel afastado do centro para seguirmos viagem no outro dia pela manhã. O escolhido foi o hotel ibis Luxembourg Aeroport.

Como é de se esperar na rede íbis, ele atende as necessidades do viajante sem luxos, mas com um quarto limpo e cama confortável. O estacionamento é gratuito e ele fica bem em frente ao aeroporto. O isolamento é ótimo, porque não ouvi nenhum voo partindo ou chegando de dentro do quarto.

Bem ao lado está o ibis Budget Luxembourg Aeroport para orçamentos menores. Como o café da manhã do ibis que ficamos era €15 por pessoa, optamos por tomar café no ibis Budget que oferece café de manhã por €7,50. E era um bom café, com vários pães, iogurte, sucos, frios e afins.

No centro

Para aqueles que procuram um hotel mais central, eu indico o Hotel Le Place d’Armes para orçamentos mais folgados. É o que se pode chamar de hotel super bem localizado. E para aqueles que não querem gastar tanto, mas querem ficar bem centrais, indico o Hotel Francais, na mesma localização. Outra opção bem central também é o Domus Hotel.

Vale a pena comprar antecipadamente:

Mais fotos da cidade:


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Europa 1

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios na Europa com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro na Europa com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


Comente Aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.