Página Principal Rio Grande do Sul Gramado em um dia – dicas do que fazer e onde ficar!

Gramado em um dia – dicas do que fazer e onde ficar!

por Mirella Matthiesen

Gramado parece que saiu de um conto de fadas, portanto impossível não se apaixonar por essa cidade compacta, arrumadinha e quase perfeita! Um pedacinho do Brasil que nos mostra o quão diverso é nosso país, e que nos revela que não é só de praia que vive o turismo nacional.

A região de Gramado e Canela merece muitos dias da suas férias e se acaso incluir Bento Gonçalves, aí pode calcular uma semana inteirinha!

Nesse post vou mandar algumas dicas de Gramado para programar sua viagem, mas também vou deixar um roteiro do que fazer em Gramado em um dia redondinho para você conhecer as principais atrações.

Clique para ir direto ao assunto!

Dicas de Gramado:


Agroturismo em Gramado: Sítio Tradição

Lua de mel no Brasil, com o blog Viciada em Viajar

De Gramado e Canela: Excursão ao Cânion do Itaimbezinho


Dicas de Gramado

Sempre que alguém começa a falar de Gramado, logo vem aquela frase “nem parece o Brasil!”, mas quer saber: “Gramado não se parece com o Brasil, Gramado é Brasil e com muito orgulho!

Gramado é simplesmente um grito dizendo que o Brasil tem muito potencial turístico e que devemos nos organizar para apresentar tudo isso ao mundo. Sem dúvida, quando a gringolândia descobrir todos nossos cantinhos favoritos? Vai chover visitantes internacionais e muito emprego no setor.

Mas vamos voltar ao assunto sobre as dicas de Gramado e descobrir porque ela é tão querida!

O que mais me encanta em Gramado é a mistura de sua natureza exuberante e uma forte influência de vários grupos étnicos, especialmente alemão, italiano e português.

Quando ir

Todo dia é dia de estar em Gramado, já que não há uma estação melhor ou pior para visitá-la.

Dessa forma, a melhor época para ir a Gramado vai depender do que você gostaria de fazer e do frio que pretende passar (risos).

Entre abril e outubro leve agasalho, pois estará frio, especialmente entre os meses de junho a agosto, quando pode chegar a temperaturas negativas e pode até cair neve em Gramado!

Por outro lado, nas outras épocas do ano, entre novembro e março, durante o dia você pode pegar dias quentes, mas a noite sempre esfriará.

A dica para curtir Gramado sem sofrer é se agasalhar de acordo com o clima da estação. E digo mais, melhor levar mais agasalho na mala, do que ficar passando frio e não curtir o passeio.

Gramado conseguiu se transformar em um pólo turístico de excelência e não depende apenas de uma estação do ano para sobreviverl! Muitas cidades brasileiras deveriam se espelhar nesse sucesso e fazer o mesmo, aliás, Campos do Jordão em São Paulo, está se preparando para isso, já reparam?

Quantos dias

Para conhecer as principais atrações de Gramado, você precisa de um dia inteiro, mas obviamente, a cidade merece mais que isso.

Em um final de semana ou feriado (3 ou 4 noites) você consegue “resolver” as principais atrações de Gramado e Canela, mas se puder separar mais dias, ainda melhor, especialmente se for para curtir algum festival ou evento da região, eu por exemplo passei 5 dias (4 noites) durante o Natal Luz.

Caso tenha interesse em incluir Bento Gonçalves, então reserve pelo menos uma semana. Tem muita coisa legal para fazer da região, a gente sempre vai embora com aquele gostinho de “quero mais”.


Leia também:

4 Vinícolas em Bento Gonçalves que vale visitar!

Caminhos de Pedra em Bento Gonçalves – um olhar no tempo!


Casas típicas do sul do Brasil

Como chegar e como se locomover

Se chegar pelo aeroporto de Porto Alegre, então você poderá alugar um carro para subir a serra ou contratar um serviço de transfer.

Para circular em Gramado a forma mais flexível seria o carro alugado, mas é preciso analisar a questão de estacionamento que pode se tornar um empecilho, especialmente a noite.

Como alternativa, a opção do ônibus de turismo hop-on hopf-off pode ser uma boa, pois inclui também as atrações de Canela.

> Pesquise preço promocionais de passagem aérea!

Onde ficar

Reservar uma acomodação com antecedência é a melhor garantia de ficar em um bom lugar e não pagar o olho da cara, em suma, Gramado é uma cidade cara para padrão brasileiro.

Nós ficamos em um chalé super aconchegante de 3 quartos que alugamos via AirBnB, a Quinta dos Sonhos e caso ele não se encaixe no seu perfil, clique nesse link onde você cairá direto no mapa do AirBnB para ver todas as opções disponíveis em Gramado.

Há também há muitas opções de hotéis, pousadas e apartamentos no Booking, como os indicados abaixo com ótimas avaliações:

Natal Luz
Natal Luz

O que fazer em Gramado

Abaixo enumero as principais atrações de Gramado, contudo as dicas detalhadas e com mapa do roteiro de um dia em Gramado, será o próximo tópico

Principais atrações de Gramado

PS: As atividades pagas estão com * na frente.

  • Pórticos de Gramado
  • Lago Negro
  • Praça das Etnias
  • Rua Coberta
  • Igreja Matriz São Pedro
  • Fonte do Amor Eterno
  • Avenida Borges de Medeiros
  • Rua Torta
  • Mini Mundo*
  • Lago Joaquina Rita Bier
  • Mirante do Belvedere
  • Snowland*
  • Le Jardin – Parque de Lavanda*

Principais festivais e eventos de Gramado 2021

Anote na agenda o calendários dos principais eventos e festivais de Gramado.

Geralmente essas datas são mais procuradas e preços de acomodação costumam subir, assim como durante os dias de feriado nacional.Contudo é importante saber que há vários eventos comunitários e congressos acontecendo durante o ano inteiro em Gramado, que também podem impactar os preços.

Janeiro / Fevereiro:

  • Natal Luz (termina dia 12/Jan)
  • Gramado in Concert (30/Jan a 07/Fev)
  • Festa da Padroeira N.S. da Luz (07/Fev)

Março / Abril / Maio

  • Páscoa em Gramado (12/Março a 04/Abril)
  • Festa da Colônia (30/Abril a 16/Maio

Junho / Julho / Agosto

  • Amor Gramado (04 a 13/Junho)
  • Gramado in Concert (01 a 10/Julho)
  • Estação Gramado (data à definir)

Setembro / Agosto

  • 49a. Festival de Cinema de Gramado (13 a 21/Ago)
  • Festival da Cultura e Gastronomia de Gramado (02 a 12/Set)

Outubro / Novembro / Dezembro

  • Natal Luz (22/Out/2021 a 30/Jan/2022)

Roteiro: Gramado em um dia

Agora vamos ao que interessa, o roteiro de Gramado em um dia!!!

O mapa abaixo destacada os locais e o percurso que recomendo, mas você pode sempre desviar um pouquinho aqui e acolá para personalizar seu dia em Gramado como bem entender!

Não esqueça do Pórtico de Gramado!

Uma das coisas bacanas de visitar o Sul do Brasil é perceber o quão comum são os pórticos, portões de entrada. Um símbolo de “boas vindas” e “até breve” das cidades. Inclusive, saiba como chegar em Gramado.

Gramado possui dois pórtico, mas o principal e o mais bonito, fica na estrada para Nova Petrópolis, você não precisa visitá-lo nesse dia, mas não pode deixar de ir em algum momento durante sua estadia em Gramado!

> Veja aqui nossas dicas de onde se hospedar em Gramado

Pórtico de Gramado
Pórtico

Mini Mundo – primeira parada

Nosso roteiro de um dia em Gramado começa com a visita ao Mini Mundo, um parque temático que há mais de 30 anos encanta crianças e adultos com a construção de uma cidade em miniatura. Para se ter uma ideia, as maquetes são 24 vezes menor que seu tamanho original.

DICA: apesar de ser mais lógico geograficamente começar pelo Lago Negro, devido ao espaço físico e a quantidade de visitantes que passam pelo Mini Mundo, acredito essa seja a melhor estratégia, a não ser que você goste de acordar cedo, aí pode mudar a ordem!

Visite o Mini Mundo logo que abrir, às 9h, as grandes excursões costumam chegar somente depois das 10h30, então você terá mais tempo e espaço para curtir tudo numa boa.

O ingresso do pode ser comprado direto na bilheteria ou antecipadamente online.

Tente observar os detalhes de cada estrutura,  incluindo os objetos. Veja o quão delicado e preciso foi o trabalho de colocar tudo isso disponível para gente. E acima de tudo, ainda aprecie o cuidado dos funcionários que se dedicam a limpeza das ruazinhas do Mini Mundo!

E o que eu realmente adorei, foi a oportunidade de “viajar” pelo mundo em um só lugar, sem contar que ficamos relembrando locais do mundo que já estivemos! Bem bacana!

Não esqueça de pegar o jornal “Notícias do Mini Mundo”, para assim saber dos acontecimentos da “cidade” e tornar o passeio ser ainda mais divertido. 😉

Mini Mundo: minimundo.com.br
Endereço: Rua Horácio Cardoso, 291 – Gramado-RS-Brasil
Horário: 9h às 17hs
Quanto custa: R$41 (jovens e adultos), R$21 (adultos acima de 60 anos, estudantes e crianças de 3 a 15), crianças até 2 anos são isentas.
Quanto tempo: 1 a 2 horas

Mini Mundo em Gramado
Mini Mundo

Lago Negro

Depois de visitar o Mini mundo, siga para o Lago Negro e admire uma das paisagens mais bonitas de Gramado. Minha recomendação é caminhar pela trilha ao redor do lago e ir parando sempre que der vontade de tirar uma fotografia ou simplesmente pensar na vida.

Uma curiosidade é que o nome do lago foi uma homenagem a Floresta Negra na Alemanha, que inclusive foi de onde vieram várias das árvores que hoje embelezam suas margens.

Quem tiver a chance de visitar Gramado entre Novembro e Março, ainda terá a oportunidade de ver o Lago Negro no período da floração das hortênsias, um espetáculo!

E claro, para aqueles que gostam de pedalinho ou barquinho de pirata, não deixe de aproveitar o lago dessa forma também!

Lago Negro: 
Endereço: Rua A. J. Renner – Bairro Lago Negro, Gramado – RS
Horário do parque: 24hs – gratuito
Horário dos pedalinhos: 8h30 às 18h (preços abaixo podem mudar sem aviso prévio)
Passeio de pedalinho (20 min): R$20 para 2 pessoas
Passeio de pedalinho caravela (20 min): R$30 para 2 pessoas e 2 criancas até 8 anos.

Hortênsias do Lago Negro em Gramado
Hortênsias do Lago Negro!

Praça das Etnias

No caminho para a Praça das Etnias você passará pela rotatória onde fica a Rótula das Bandeiras (representando todos os estados brasileiros) e a Estátua Kikito, símbolo do Festival de Cinema de Gramado. Para ser bem sincera, achei essa parte bem desgastada e passar de carro foi mais que suficiente para mim.

O bacana mesmo é chegar na Praça das Etnias e curtir a Casa do Colono, a Padaria Alemã vendendo quitutes deliciosos e caseiros, bater um papo na Casa Portuguesa e aprender um pouquinho sobre a história de Gramado.

Aproveite e confira também o artesanato no Espaço de Feiras Francisco Oberherr, o Memorial da Casa Italiana e se for devoto de São Francisco, por certo irá gostar de ver o altar em homenagem a esse santo tão querido.

Praça das Etnias e Natal Luz
Praça das Etnias no Natal Luz em Gramado
Casa do Colono - Padaria Alemã
Casa do Colono – Padaria Alemã

Onde almoçar em Gramado

Acredito antes ou depois da Praça das Etnias, vai bater uma fominha. Para economizar, você pode comprar alguma coisa na padaria alemã e comer ali na praça mesmo, mas se preferir um restaurante recomendo dois ali do ladinho:

  • Nono Mio: para provar a deliciosa sopa de capeletti ou Galeto da Nonna.
  • Pastasciutta: para uma pasta deliciosa e muito recomendada de Gramado.

Rua Torta

As curvas da Rua Torta de Gramado é um ponto turístico super obrigatório e se você já viajou para São Francisco, na California, vai com certeza se lembrar da Lombard Street!

Rua Torta em Gramado
Rua Torta

Avenida Borges de Medeiros e arredores

Continue o roteiro de um dia em Gramado pela Avenida Borges de Medeiros, a artéria principal de Gramado e vá passando pelas lojinhas e parando onde bem entender, inclusive naqueles lugares cheios de doces que nos faz perder a cabeça e ganhar uns quilinhos!!!

Aliás, você vai encontrar muitas casas de chocolate ao longo do caminho, algumas mais famosas e outras nem tanto, entre naquela que combina com seu bolso, pois os preços podem variar bastante.

Se perca um pouco pelas ruas e ruelas…

Rua Borges de Medeiros
Rua Borges de Medeiros a noite durante o Natal Luz

Igreja Matriz São Pedro Apóstolo

Um dos pontos centrais da Av. Borges de Medeiros é a Igreja Matriz São Pedro Apóstolo, entre para ver os vitrais e para agradecer por mais uma viagem.

Depois procure pela Fonte do Amor Eterno e aproveite para fazer uma declaração a seu parceiro, ou para pedir um novo amor, ou simplesmente para mandar embora um amor que não vale a pena – antes só que mal acompanhado, não é mesmo?!

O que fazer em Gramado
Fonte do Amor Eterno

Logo ao lado da igreja tem o teatro Palácio dos Festivais, sede do Festival de Cinema de Gramado, e lá dentro, tem outra Estátua Kikito para quem quiser fotografar.

De volta a rua, olhe para o chão para dar de cara com a calçada da fama da América Latina, tente encontrar a mãozinha de algum artista ou personalidade que você gosta!

Estatueta do Kikito
Kikito e Kiko (marido)!

Rua Coberta

Um pouquinho mais a frente do Palácio dos Festivais, você passará pelo Largo dos Borges, um mini shopping com lojas e restaurantes.

E do outro lado da rua, você chegará na tão esperada Rua Coberta e na Praça Major Nicoletti, ambos pontos turísticos tradicionais de Gramado.

E assim termina nosso roteiro sobre o que fazer em Gramado em um dia…

Rua Coberta em Gramado
Rua Coberta

Onde jantar em Gramado

  • Josephina:  para um jantar especial.
  • Sequência de fondue: tente experimentar uma sequência de fondue durante sua visita a Gramado, há vários restaurantes que servem essa tradição da cidade e com certeza você vai encontrar algum que encaixe no seu estilo. A dica é fazer reserva com antecedência, dentre as casas de fondue em Gramado, destaco:
Sequencia de Fondue
Fondue em Gramado

Que tal essas dicas do que fazer Gramado?

Espero que tenha gostado dessas dicas do Viajoteca sobre o que fazer em Gramado em um dia e curta bastante sua viagem.

Aproveito para pedir para não engessar demais o roteiro e deixar a espontaneidade te guiar, pois Gramado é um lugar inspirador!

Mais dicas do Sul do Brasil:

Conheça Santuario de Santa Paulina, SC

Serra Catarinense, quais cidades visitar

Praias de Santa Catarina – quais as melhores?

Festa Pomerana, a festa mais alemã do Brasil

O que fazer na Serra do Rio do Rastro em Santa Catarina

Faça sua reserva usando nossos links:

Todas as Viagens - Botão Seguro Viagem

 

Botão Chip de Celular
Todas as Viagens - Botão Passagem aérea

 

Botão Hoteis

Todas as Viagens - Botão Aluguel de carro

 

Botão Ingresso

LEIA TAMBÉM:

31 comentários

Ana Flores 9 de fevereiro de 2017 - 13:50

que delícia de roteiro! bem completo! parabens pelo post!! gosto muito de gramado! doida pra voltar!

Responder
Mirella Matthiesen 13 de fevereiro de 2017 - 23:07

Que bom que gostou, Ana!
Obrigada pela visita 🙂
bjo

Responder
Patricia Zaina 9 de fevereiro de 2017 - 14:40

Parabéns pelo post, e amei ver as fotos no período do Natal, estive na cidade no inverno e é bastante diferente. Abraços

Responder
Mirella Matthiesen 15 de fevereiro de 2017 - 17:59

Oi Patricia,
Quero voltar em outras épocas para ver a diferença … bjks

Responder
Gabi 9 de fevereiro de 2017 - 17:24

Olha, eu que moro em Porto Alegre e já fui a Gramado um zilhão de vezes não conseguiria fazer um roteiro tão bacana quanto o seu! 😉

Responder
Mirella Matthiesen 15 de fevereiro de 2017 - 18:00

Oi Gabi,
Puxa… obrigada pelo elogio, fiquei toda feliz que você tenha gostado 🙂
BJks

Responder
Me Leva Embora Estrada Afora 9 de fevereiro de 2017 - 18:00

Ah, Gramado! Vou direto pra lá e já perdi a sensação de descoberta. Vou tentar voltar e fazer teu roteiro com novos olhos!
Bjs,
Rafa Ely
http://www.melevaembora.com.br

Responder
Mirella Matthiesen 15 de fevereiro de 2017 - 18:00

Oi Rafa,
Faça sim e depois me conta o que achou 🙂
bjks

Responder
Diva de Mochila 9 de fevereiro de 2017 - 18:10

Nossa, tenho muita vontade de conhecer Gramado. Você acha que de lá, qual seria uma boa cidade pra conhecer? No caso de querer aproveitar o tempo e otimizar os gastos..

Responder
Mirella Matthiesen 15 de fevereiro de 2017 - 18:01

Oi Diva,
De Gramado dá para fazer vários bate e volta. Talvez, se quiser economizar, pode ser que Canela seja uma opção mais em conta e fica li do lado.
Se puder esticar até Bento Gonçalves, acho que seria bem legal também.
Abs

Responder
Flávia March 10 de fevereiro de 2017 - 00:16

Eu amoooo Gramado! Fui 5 vezes lá e por mim voltava sempre!
Adorei o seu roteiro, e amei o comentário da Rua Torta, eu lembro na hora da Lombard (outro lugar q amo, SF ❤).
Adoro o Pastasciutta, o Nonno Mio, o Bouquet Garni, o Hoppner…
Espero um dia morar em Gramado ou no Sul. Quem sabe, né?!
Adorei o post!

Responder
Mirella Matthiesen 15 de fevereiro de 2017 - 18:02

Oi Flávia,
Uia … você realmente gosta do Sul, hein? Eu amei ter tido a oportunidade de visitar e quero voltar mais vezes, mas não sei para morar (risos).
Bjão e obrigada pela visita.

Responder
Amilton 10 de fevereiro de 2017 - 00:39

Adorei suas dicas! Farei uma viagem a gramado mês que vem, porém terei um pouco mais de tempo. Espero aproveitar tudo da cidade. Abs

Responder
Mirella Matthiesen 15 de fevereiro de 2017 - 18:04

Oi Amilton,
Tem muita coisa para fazer na região, você vai ficar na dúvida sobre o que fazer.
Se eu puder dar uma sugestão, não deixe de visitar o Sítio Tradição, nós adoramos: https://www.viajoteca.com/agroturismo-em-gramado-sitio-tradicao/
Abs

Responder
Ester 10 de fevereiro de 2017 - 01:00

Adorei o roteiro! É mesmo o melhor de Gramado, apesar de que eu acho que a cidade merece muito mais dias!! 😀 mas é uma ótima opção de passada! Quando eu era pequena ia muito para Gramado (é pertinho da minha cidade, umas 3h), e cada vez fazíamos um ponto turístico e simplesmente curtíamos a cidade, haha 🙂 e eu AMEI a tua colocação de que Gramado é um grito do potencial que o Brasil tem! Concordo horrores! Gramado para mim é o maior exemplo de turismo que deu certo no Brasil. Bj!!

Responder
Mirella Matthiesen 15 de fevereiro de 2017 - 18:05

Oi Ester,
Concordo com você que Gramado merece mais dias, não somente pela cidade, mas pela região que tem muito a oferecer.
E como você, também acho Gramado um exemplo de turismo no Brasil, que muitas cidades deveriam seguir o exemplo.
Abs

Responder
Rozembergue 10 de fevereiro de 2017 - 20:28

Ainda não conheço Gramado. Anotei todas as dicas! Estou doido para conhecer!

Responder
Mirella Matthiesen 17 de fevereiro de 2017 - 18:37

Oi Rozembergue,
Precisa ir … eu adorei e recomendo muito uma viagem a Gramado e região.
Abs

Responder
Paula Abud 10 de fevereiro de 2017 - 21:27

Gramado é deliciosa, nós amamos conhecer e deu saudade ao ver suas fotos, mas Canela ainda tem um lugar um pouco mais especial em meu ❤

Responder
Mirella Matthiesen 17 de fevereiro de 2017 - 18:38

Oi Paula,
Também curti Canela, mas acho que meu coração bateu mais forte por Gramado 🙂
bjão

Responder
Rogerio 5 de julho de 2017 - 23:15

Ola Mirella, boa noite!
Excelente post! Estou indo pra Gramado com minha namorada e com certeza usaremos o seu roteiro, que alias foi muito bem elaborado!
Parabens!
Rogerio

Responder
Mirella Matthiesen 6 de julho de 2017 - 14:47

Oi Rogério, Tudo bem?
Obrigada pelo comentário … espero que use o roteiro e ainda tenha chance de descobrir novos cantinhos por lá … a cidade é encantadora!
Grande abraço,

Responder
Fernanda Santana Colini 31 de julho de 2018 - 07:56

Uebaaa! Amei, muito obrigada por esse post, vou para Flores da Cunha no Carnaval e pretendo dar uma passadinha lá de um dia, com suas dicas me ajudou muito.

Responder
Mirella Matthiesen 7 de agosto de 2018 - 02:45

OI Fernanda, Tudo bem?
Espero que curta muito esse seu dia em Gramado!!!
Depois me conta se o roteiro ajudou 😉
Beijos

Responder
Dora 12 de novembro de 2019 - 21:14

Oi, boa noite
Gostei do mapa Tb, estou indo a gramado passeio de família só as mulheres e minha mãe de 86 anos ela. Ama viajar isso é meta da família vou aproveitar seu sugestão, obrigada

Responder
Dora 12 de novembro de 2019 - 21:16

Tô indo pela segunda vez!!!

Responder
Mirella Matthiesen 14 de novembro de 2019 - 01:03

Que delícia, Dora!!!
Aproveite muito essa viagem com a mulherada!!!
Tem mais dicas aqui no blog de Gramado! Depois me conta como foi.
Abs

Responder
Rodrigo Schmiegelow 19 de maio de 2020 - 10:47

Estive lá no último Natal e é muito encantador! Bela matéria, bem completa!

Responder
Mirella Matthiesen 20 de maio de 2020 - 04:15

Oi Rodrigo,
Gramado é muito especial, e no natal fica ainda mais fofa!!!
Que legal que gostou da matéria e muito obrigada por ter nos deixado um comentário. abs

Responder
Daiane Estevão 23 de junho de 2020 - 22:54

Amei o roteiro! Já estive em Gramado diversas vezes e voltarei novamente para ficar um dia – e sinceramente não conseguiria dar conta de todos os lugares sem teu roteiro. Fantastico!
Bjos

Responder
Mirella Matthiesen 24 de junho de 2020 - 22:28

Oi Daiane,
Que legal que gostou desse roteiro, muito legal receber seu comentário.
Se tiver alguma novidade que esquecemos de mencionar, me avisa, será um prazer acrescentar.
Também quero muito voltar a Gramado, gostei tanto de lá e de toda região.

Responder

Fale com a gente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Viajoteca usa cookies para tudo funcionar direitinho no seu browser, tudo bem? Aceito Leia mais

Privacidade & Cookies