Página Principal Rio Grande do Norte O que fazer em São Miguel do Gostoso, Rio Grande do Norte

O que fazer em São Miguel do Gostoso, Rio Grande do Norte

por Mirella Matthiesen

São Miguel do Gostoso é uma cidade banhada pelo mar do Rio Grande do Norte, que tem aquele jeitinho de cidade de pescador que a gente ama, mas que já está bem estruturada para o turismo. Este é daqueles paraísos que desejamos sempre voltar e Gostoso é uma aposta certa para quem deseja ir para esta região.

A brisa forte que bate constantemente faz com que São Miguel do Gostoso seja um dos locais do Brasil mais procurados pelos amantes do windsurfe e kitesurf. A praia é grandona, daquelas que a gente não vê o fim, enquanto os restaurantes são deliciosos e ainda por cima há vários hotéis e pousadas super legais para esquecer da vida! Tem como querer mais?

Eu passei 4 dias super gostosos aqui, então deixo aqui algumas dicas do que fazer em São Miguel do Gostoso para você também aproveitar a região ao máximo! Depois me conta como foi sua viagem! 🙂

>> Ali pertinho fica Icapuí (Ceará), já ouviu falar da Praia da Redonda?

>> Já comprou sua passagem aérea? Confira aqui algumas promoções.

São Miguel do Gostoso, Bangalô Kauli Seadi Eco-Resort
Vista do nosso quarto no Bangalô Kauli Seadi Eco-Resort em São Miguel do Gostoso
Instagram fotos de viagem - viajoteca

Dicas de São Miguel de Gostoso

Desde o primeiro momento que eu ouvi o nome dessa cidade, já sabia que iria gostar, São Miguel do Gostoso é um nome e tanto!

Eu até brinco com minha família, dizendo que me mudaria para Gostoso só para virar Gostosense (risos). O curioso é que nós do “Sul/Sudeste” chamamos São Miguel do Gostoso de “Gostoso“, mas o pessoal do Rio Grande do Norte chama a cidade de “São Miguel“. Assim sendo, use como preferir!

Brincadeiras à parte, as minhas dicas do que fazer para curtir a cidade e a região seguem abaixo. Ah! Importante lembrar que esse destino combina bem com uma viagem a Natal, por exemplo, ou por todo Rio Grande do Norte e Ceará, dependendo das férias e do dinheiro.

Clique para ir direto ao assunto:

Onde fica São Miguel do Gostoso

São Miguel do Gostoso está localizada a 110 km de Natal, 550 km de Fortaleza e 390 km de Canoa Quebrada. A pequena vila é uma cidade tranquila, que possui aproximadamente 9 mil habitantes, além de praias lindas e uma igreja situada em seu centro.

Qual a melhor época para visitar São Miguel do Gostoso

Antes de mandar as minhas dicas do que fazer por ali, vamos entender um pouco qual a melhor época de ir a São Miguel do Gostoso. Assim você pode avaliar quando é o período ideal para sua visita.

Os ventos mais fortes acontecem entre setembro e março, especialmente de outubro a dezembro. Então esta é a época que o pessoal do kitesurf e do windsurf sobem suas velas.

Definitivamente o verão é a melhor época para visitar São Miguel do Gostoso, e como essas datas coincidem com férias escolares e os famosos feriados do Réveillon e Carnaval, melhor programar seu hotel ou pousada com antecedência.

A temporada de chuva acontece entre março e junho, mas mesmo assim, sendo Nordeste, chove pouco e o clima é sempre ameno em Gostoso. Boa notícia, heim?! 😉

Onde se hospedar em São Miguel do Gostoso

Acima de tudo, em um lugar de praia gostoso como Gostoso, escolher um lugar para descansar e curtir a vida é essencial, na minha opinião. E confesso que demos sorte na nossa escolha! 🙂

Optamos pelo Bangalô Kauli Seadi Eco-Resort, que fica na praia do Cardeiros, e amamos!!!

Os chalés são bem aconchegantes e a pousada muito bem estruturada, porém não tem frescura, sabe? A família Seadi toma conta de tudo. Dessa forma, o filho, Kauli Seadi, campeão internacional de windsurfe, cuida da parte dos esportes e os pais, das acomodações.

Se puder subir escada (somente um lance) prefira os chalés do segundo andar, pois a vista é mais bonita! Solicite esse detalhe na sua reserva, tenho certeza que eles farão o possível para atender.

Entretanto, apesar de super indicar o Kauli Seadi Eco-Resort, há outras opções de pousadas em São Miguel do Gostoso que são ótimas hospedagens. Elas também tem excelentes avaliações, e que podem ser de repente, mais a sua cara. Enfim, escolha a sua e vá, você não vai se arrepender!

A ordem abaixo é da mais cara para a mais barata:

Pousada em São Miguel do Gostoso
Vista do nosso quarto na pousada Bangalô Kauli Seadi

O que fazer em São Miguel do Gostoso

1- Marco Zero da BR-101 – Na estrada para Gostoso

Para quem não sabe, o marco zero da BR-101, a estrada que liga o Brasil de Norte a Sul, e atravessa 4.765 km pelo país. Ela tem início no Rio Grande do Norte e termina lá no Rio Grande do Sul.

No caminho para São Miguel do Gostoso vindo pela BR-101, ao invés de virar na via vicinal RN-221, continue reto na BR-101 por mais alguns quilômetros. Assim, você verá o monumento desenhado por Oscar Niemeyer, o arco que liga o Brasil!

Claro que não é uma super atração turística no sentido de grandiosidade, mas faz parte da nossa história, e se você estiver por ali, por que não parar para uma fotinho, não é mesmo?!

==> Está sem carro? Faça sua cotação de aluguel na RentCars

Marco Zero BR-101 - Arco Oscar Niemeyer
Marco Zero BR-101 – Arco Oscar Niemeyer
Marco Zero da BR-101 no Rio Grande do Norte

2- Farol do Calcanhar, RN

Um pouquinho mais à frente do marco zero da BR-101, você cairá no Farol do Calcanhar. Ele é o segundo maior farol do Brasil, com 62 metros de altura e o mais próximo do continente africano.

Como o farol é propriedade da Marinha do Brasil, as visitações acontecem somente aos domingos das 14h às 17h. Nós só o vimos de fora, por exemplo.

Farol do Calcanhar, RN

3- Drink no bar Jack Sparrow’s

Como o vento não para de bater em São Miguel do Gostoso, a ideia de tomar sol na beira da praia, coisa que a paulistana (eu) adora fazer, não funciona. Então, a melhor e mais gostosa alternativa de curtir praia é achar um bem bar legal.

Meu bar favorito em Gostoso foi o Jack Sparrow’s, na Ponta de Santo Cristo. Este é um lugar bem bacana para curtir a galera do kitesurfe, tomar uma geladinha e comer umas delícias!

Tem também outros bares na beira da praia, inclusive um pertinho da pousada que nos hospedamos, o Sheiks Bar, mas eu achei a vibe do Jack Sparrow’s mais agradável.

Aliás, não espere rapidez no atendimento ou para chegar a comida… tudo é bem lento. Assim sendo, deixe a pressa para quando voltar ao trabalho! 😉

, .>> Vamos começar a viagem? Procure aqui por passagens promocionais para o Nordeste

O que fazer em São Miguel do Gostoso

4- Curtir Praia em São Miguel do Gostoso

Sobretudo, São Miguel do Gostoso tem 4 praias principais: Santo Cristo, Cardeiro, Praia da Xepa e Maceió. Elas ficam uma ao lado da outra e nem dá para perceber quando começa uma e termina outra.

A praia de Santo Cristo, a mais afastada do centrinho, é a preferida para quem pratica kite ou windsurfe. Logo em seguida vem Cardeiro, que foi onde fiquei. Constantemente frequentada pela galera dos esportes náuticos, esta praia também tem bastante movimento. Já a Praia da Xepa é onde o buxixo noturno acontece e a Praia de Maceió fica ali pertinho.

5- Mergulho nos Parrachos de Perobas

Um passeio delicioso para fazer na região são as piscinas naturais / Parrachos de Perobas! A praia de Perobas se localiza há 45km de São Miguel do Gostoso e você pode optar ir por conta ou de transfer.

O passeio para os parrachos sai da Praia de Perobas e depois de 15 minutos de passeio de lancha, no meio do oceano, aparece uma piscina natural de águas cristalinas. Neste lugar podemos praticar snorkel, nadar ou desacreditar que aquilo existe! Ademais, eu usei as dicas do Riq, do Viaje na Viagem e ainda continuam bem atuais.

Saiba que você pode reservar o passeio na Pousada/Restaurante do Vozinho. Aliás, eu paguei R$120 por pessoa e recomendo fazer com antecedência.

Enfim, você pode fazer esse passeio por conta (como eu fiz) ou organizar com sua pousada ou diretamente com o Vozinho, para incluir o transfer do seu hotel em São Miguel do Gostoso para Perobas.

Eu achei o passeio lindo e fiquei realmente impressionada com os parrachos que surgem no meio do oceano, formando uma piscina natural. Mas confesso que me decepcionei com a fiscalização que só acontece para os barcos de turismo e não nos barco dos locais. Em resumo, um lugar que poderia ser uma maravilha da tranquilidade, as vezes é invadida por música alta e sujeira.

Caso você tenha um pouco mais tempo, acredito que valha a pena fazer também o mergulho pelos Parrachos de Maracajaú. Apesar de não ser uma piscina natural como essa de Perobas, mas é um prato cheio para quem gosta de snorkel!

O que fazer em São Miguel de Gostoso - Parrachos de Perobas

6- Dunas petrificadas da Praia de Tourinhos

As dunas petrificadas de Tourinhos são uma formação de 2.500 anos (!!!) e a gente se apaixona a primeira vista! Você tem duas opções para chegar lá: seja de bugue vindo pela praia ou de carro (como foi nosso caso). Quem vai de carro, tem como chegar via estrada de terra.

A praia de Tourinhos é muito linda e certamente o horário mais badalado acontece durante o pôr-do-sol, que é um dos mais bonitos da região de São Miguel do Gostoso. Aliás, essa praia tem uma pequena e simples infraestrutura de bares pé na areia para quem quiser esticar o dia.

Já do lado oposto as dunas, você pode tentar ver o “suspiro da baleia“, uma fenda entre as rochas, que na maré alta faz a água jorrar. Fora que este é um efeito da natureza que a criançada adora!

Praia de Tourinhos RN

Dicas para continuar a viagem:

.

Que tal seguir o roteiro da Renata pelas Praias do Rio Grande do Norte ou conhecer as melhores praias do Ceará comigo?

Mas caso você esteja em Natal e queira conhecer São Miguel do Gostoso, esse bate-volta me pareceu bem legal de se fazer!


7- Labirinto em Reduto

Para quem gosta de trabalhos manuais, eu indico dar uma passadinha em Reduto para ver a técnica do labirinto, que afinal é uma coisa diferente. O lugar fica entre as praias de São Miguel do Gostoso e Tourinhos.

Segundo D. Bia, pessoa que tirou a foto abaixo, “labirinto é a denominação dada a um tipo de bordado que se faz desfiando o tecido, unindo fios e preenchendo espaços com cerzimentos em linha mercerizada, de calibre distinto da linha do urdimento ou da trama para formar desenhos decorativos“.

Não vá imaginando encontrar um ambiente estruturado. Para você ter uma ideia, para conhecer esse trabalho, eu entrei na cidade e fui perguntando sobre as labirinteiras e então, as pessoas foram me indicando uma casa ou outra. Foi até legal, pois tive a oportunidade de conhecer as pessoas da vila.

O trabalho é lindo e eu fiquei maravilhada! Acho muito especial esse tipo de “passatempo”. E nós, turistas, podemos ajudar comprando uma peça – afinal, tem opções para todos os bolsos.

Técnica do Labirinto em Reduto
Técnica do Reduto / Imagem: D. Bia

8- Passeio de Bugue ou Quadriciclo

Sem dúvida, o passeio de Bugue é um dos programas favoritos para quem vai viajar para Nordeste. Assim sendo, São Miguel do Gostoso também não fica de fora da onda.

Os principais passeios de bugue da região são para ver as dunas petrificadas da Praia de Tourinhos (que eu já falei acima). E também para ver a Praia do Marco, onde passa também pela Lagoa do Sal.

Confesso que na minha opinião, a natureza de Gostoso não é tão encantadora quanto de outras regiões do nordeste que já passei. Mas ela tem sim suas belezas e vale a pena explorar. Desta forma, escolha os passeios de bugue com guia e/ou de repente, alugue também um quadriciclo para brincar sozinho. 🙂

PS: muita gente recomenda fazer o passeio “day trip” para Galinhos. Eu não fiz, pois achei que seria um passeio muito puxado para um dia. Aliás, acredito que Galinhos merece de uma ou duas noites.

Quadriciclo em São Miguel do Gostoso

9- Aula de Windsurfe ou Kitesurf em São Miguel do Gostoso

Definitivamente, para quem gosta de aventura, fazer aula de windsurfe ou kitesurf é uma das coisas mais legais de Gostoso!

Eu e o Kiko (marido) tomamos coragem de praticar windsurfe no nosso último dia e nos arrependemos de não ter feito aulas todos os dias!!! Confesso que não foi fácil, especialmente quando se combina vento forte, ondas e falta de coordenação motora (risos). Mas o pessoal do Clube Kauli Seadi são excepcionais e nos ajudaram muito na nossa uma hora de aula.

Imagina que eu consegui ficar em pé e surfar por 10 segundos!!! Não dê risada, pois foi uma super conquista, viu?

Quem tiver mais tempo, pode também fazer aula de kitesurf, mas pelo que entendi é uma prática que demanda mais tempo para conseguir se aventurar por conta própria.

Infelizmente, a brincadeira não é baratinha, já que pagamos R$180 para aluguel do equipamento e uma hora de aula. Entretanto, se você fechar pacotes para mais dias, o preço melhora um pouco.

Windsurf no Clube Kauli Seadi
Windsurf no Clube Kauli Seadi

10- Comer muito bem!

Eu já comentei que a gente nem sabe direito onde começa uma praia e termina outra em São Miguel do Gostoso. Mas tem duas ruas que você precisa conhecer a noite: a Avenida Enseada das Baleias, ou Rua da Xepa (Praia da Xepa), e a Rua Cavalo Marinho (Praia do Maceió). Aliás, fica tudo ali, uma pertinho da outra.

Nós comemos muito bem e ficamos surpresos com a variedade de restaurantes transados em Gostoso! Obviamente não deu para experimentar tudo, mas já temos motivos para voltar. Claro que este não é o único, diga-se!

Logo, nossos restaurantes preferidos para o jantar foram: o Pantai Bar e Restaurante (comida brasileira misturada com asiática), o Quintal Pizzaria (pizza pé na areia, mas sem o mar), o Gênesis RestoBar (comida com jeitão exótico como o lugar, lindo!) e o Borogodó (gastropub).

O que fazer em São Miguel do Gostoso
O que fazer em São Miguel do Gostoso

Conclusão

Como vocês puderam ver nessas dicas que deixei sobre o que fazer em São Miguel do Gostoso, nós adoramos a viagem e espero que logo você faça a sua!

Se tiver mais dicas e sugestões, fala com a gente na caixa de comentários, adoramos ouvir nossos leitores e amigos. Assim como adoramos saber mais dicas e novidades para partilhar com quem nos lê e ainda anotar para quando a gente for voltar. 😉


Leia também:

Melhores praias do Ceará

Águas belas e engenho de cana de Açúcar, um bate e volta de Fortaleza

Flecheiras no Ceará, acertou meu coração


Compre antes de embarcar

LEIA TAMBÉM:

11 comentários

Mencey Loco Beach House 17 de junho de 2018 - 16:26

Antes da escolha da casa de praia, a paixão pelo destino.
São Miguel do Gostoso, é onde o canto das sereias assovia mais forte.
Poucos lugares no mundo são tão pitorescos e encantadores como São Miguel do Gostoso. Seja por seus constantes ventos com orlas extensas e inexploradas, ou pela sua simplicidade aliada ao tom de multinacionalidade dos seus habitantes, aqui todos os visitantes são bem-vindos, independentemente da sua origem.
Experimentar São Miguel do Gostoso é uma oportunidade difícil de se descrever, e o Mencey Loco Beach House oferece o que tem de melhor: praias, culinária e diversão.

Responder
elaine 8 de outubro de 2018 - 17:30

Encantada por sao miguel…e um lugar maravilhoso, pessoas carismaticas, comida boa, a noite pra sair um verdadeiro charme os bares, encantada com o lugar…a pousada que fiquei foi porto do trapia , otima .! um dia eu volto

Responder
Mirella Matthiesen 8 de outubro de 2018 - 22:45

Oi Elaine,
Que legal que também gostou de São Miguel, eu adorei e não vejo a hora de voltar!
Obrigada pela dica da pousada, sempre bom saber!!!
Beijos e volte sempre aqui no blog 🙂

Responder
Danilo Cosme Rodrigues 9 de setembro de 2019 - 17:10

Oi Mirella Matthiesen, Já apaguei lá a postagem lá no soudorn.com. Me perdoe, não foi minha intensão te prejudicar copiando seu trabalho ( Inclusive dei publicidade ao blog) Mas entendo seu lado. estou iniciando agora na área, só estava querendo preencher o blog com assuntos. Muito legal seu blog, estou acompanhando. Mais uma vez te peço perdão.

Att: Danilo Rodrigues

Responder
Mirella Matthiesen 9 de setembro de 2019 - 21:41

Oi Danilo,
Muito obrigada por retirar o conteúdo.
Compartilhar as informações assim não é legal nem para o meu blog e nem para o seu, o google penaliza e todos nós perdemos.
Você pode escrever algum texto, mesmo que seja pequeno, e depois colocar um link para esse meu post, assim funciona legal e ajuda o seu blog e o meu a rankear melhor no google 🙂 .
Grande abraço

Responder
Emiliana Santana 27 de dezembro de 2019 - 09:30

tive um baita de um presente conhecendo são miguel do gostoso , que lugar lindo , um sonho , paradisiaco ..um dia também quero voltar , fiz alguns passeios ,mas nao durmi ,……so estive em um restaurante…. deliciosa comida

Responder
Karina 12 de janeiro de 2020 - 13:45

Oieee, estou em São Miguel…estou tendo problemas com relação ap mergulho nos parrachos. Como vc fez?

Responder
Mirella Matthiesen 12 de janeiro de 2020 - 21:06

Oi Karina,
Tenta com o pessoal da Marazul, diga que a Mirella do blog Viajoteca.com que indicou.
Aqui o contato do whatsapp: +55 84 99909-0990

Espero que dê certo e depois me conta.
Abs

Responder
Su 20 de agosto de 2020 - 14:50

Olá!! O valor de R$120 dos parrachos de Perobas seria só para o barco nos levar até o ponto das piscinas e nos trazer de volta? Não inclui comida, transporte, mais nada?

Responder
Mirella Matthiesen 21 de agosto de 2020 - 00:07

Oi Su,
Esse foi o valor que paguei somente para a lancha nos levar até o parrachos e voltar, não inclui mais nada.
Tenta dar uma ligada no Vozinho para mais detalhes e pacotes. Tinha opção de passeio e depois almoço na barraca do Vozinho, nós não quisemos fazer isso, mas de repente você pode conseguir uma oferta ou algo assim.
Espero que ajude. Abs

Responder

Fale com a gente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Viajoteca usa cookies para tudo funcionar direitinho no seu browser, tudo bem? Aceito Leia mais

Privacidade & Cookies