Vale a pena a viajar para Curaçao?

2

A ilha caribenha de Curaçao tem praias de um azul quase indescritível, uma arquitetura européia extremamente colorida e um jeitão ainda pouco explorado pelo turismo de massa.

Mas será que realmente vale a pena viajar para Curaçao?

Esse é o tema que vamos explorar nesse post, poi apesar de linda e ter entrado no meu coração, eu entendo que ela talvez não agrade todo tipo de turista.

Então, vem comigo e descubra se Curaçao é o seu tipo de praia!

Willemstad, Curaçao
Ponte Rainha Emma, liga os bairro de Punda e Otrobanda em Willemsta

Não viaje sem seguro!!!

Viaje tranquilo e faça um seguro viagem para essa ou qualquer outra viagem! Nós recomendamos fazer uma cotação com a seguros promo e nossos leitores ganham 5% de desconto ao usar o código de VIAJOTECA5 !

Não comprar seguro, é o barato que pode sair muito caro!

Vale a pena a viajar para Curaçao?

Cas Abao, Curaçao
Praia Cas Abao

Curaçao tem praias lindas?

Sim, a cor do mar de Curaçao é de um azul indescritível, as baías formam piscinas gigantes e foi uma das praias mais bonitas e gostosas que já curti no Caribe (até o momento!).

Tendo isso em vista, é bom entender que as melhores praias (ao norte) não pertencem aos mega resorts. Algumas delas são privadas, mas sem hoteis pé na areia.

O esquema é quase sempre o mesmo, você paga uma pequena taxa por carro ou por pessoa para entrar, e depois se quiser esteira de praia e/ou guarda-sol paga outra taxa.

A maioria das praias possuem algum tipo de infra-estrutura; bar e banheiros. Então passar o dia sem se preocupar em levar coisas é bem fácil para turistas, mas se quiser levar seu isopor com algumas bebidas, pode também (farofada só costuma rolar aos finais de semana, mas não me incomodou! Dica: evite praias públicas aos sábados e domingos).

Quando você pensa nos Beach Clubs, aí o esquema é de primeiríssima, infra-estrutura completa, mas as praias são mais ou menos – as praias são artificiais.

Ter um carro alugado é a forma mais fácil de conhecer as praias. Eu não recomendo ficar na dependência de transporte público ou taxi.

As praias naturais do norte superam e muito a beleza das praias artificiais dos beach clubs do sul.

Minhas praias favoritas do norte (nessa ordem):

  • Kenepa Grandi (Groop Knip) – pública
  • Cas Abao – privada
  • Porto Marie (PortoMari) – privada
  • Kalki – pública
  • Laguna (para snorkel depois de curtir praia) – pública

PS: nas praias públicas você só precisa pagar pela cadeira e guarda-sol (se quiser) e nas privadas você paga a entrada e mais as cadeiras.

Beach Clubs:

  • Jan Thiel (Zanzibar ou Papagayo)
  • Mambo Beach
  • Lions Dive Resort (esse eu não testei, foi recomendação da Alicia e Outos Papos)

PS: Não tem praia legal na capital em Willemstad!

Kenepa Grandi Curaçao
Vista da praia de Kenepa Grandi

Mambo Beach em Curaçao
Mambo Beach em Curaçao

Curaçao é um paraíso tropical?

Sim e não… tudo depende de como encarar a questão da palavra tropical.

Curaçao fica praticamente na altura do equador, então todo dia é dia de sol, calor e jeitão de verão. Mas é uma ilha de vegetação bem árida (quente, vento constante e pouca chuva), então, não espere encontrar aquela fauna e flora toda verde, cheia árvores, coqueiros e afins. Pense em uma vegetação mais mirrada, poeirenta e cheia de cactus.

Nas áreas de praia mais turísticas, onde estão os hoteis-resorts e beach clubs, você notará que a natureza foi levemente modificada para representar o clima “tropical” que os turistas estão acostumados.

Praia de PortoMari em Curaçao
Praia de PortoMari

O país inteiro tem arquitetura colonial (estilo Amsterdam colorida)?

Sinto em informar, mas somente Willemstad, a capital, vai oferecer a arquitetura retratada nas revistas, blogs e afins.

Willemstad é realmente uma graça! São quatro distritos no centro da cidade que hoje tem sua arquitetura protegida pela Unesco; Punda reflete a arquitetura colonial do século XVII, Otrobanda do século XVIII e Pietermaai e Sharloo do século XIX. Esses últimos dois bairros ainda tem um mistura de casas restauraudas e outras caindo aos pedaços, enquanto Punda e Otrobanda já estão praticamente 100% perfeitinhas para turistar e  babar!

O resto do país não tem nada a ver com a capital. Quando se vai para outras praias e regiões do país, você vai ver o colorido nas cores das casas, mas elas são modernas (das ricas as mais pobres).

Quem está procurando um bairro nobre, eu achei Jan Thiel o lugar ideal. Mas amei ter ficado em Pietermaai, o bairro mais boêmio de Willemstad!!!

Willemstad, Curaçao
Willemstad, Curaçao

Willemstad, Curaçao
Pelas ruas de Willemstad

Curaçao é segura?

Quando se vai ao Caribe, essa é uma das perguntas que sempre precisamos nos fazer, para nos programar e definir como nos comportar no dia a dia.

Para nossa alegria, viajar para Curaçao é tranquilo, pois a ilha tem uma das maiores renda per capita do Caribe, poucos crimes e tudo funciona direitinho (a nível de América Latina). Mas claro que não podemos dar bobeira e deve-se evitar praias desertas ao escurecer.

Nunca deixe seu “sentido de aranha” no hotel (risos), seja em Curaçao ou na Suiça 😉 .

Williwood Curaçao
Williwood, a região dos flamingos, burger de cabrito e desse sinal de “williwood”!



Booking.com

É fácil dirigir em Curaçao?

Como falei anteriormente, alugar um carro em Curaçao é uma decisão muito esperta (obrigada as amigas blogueiras Mari e a Alê que reinforçaram essa necessidade nas dicas que me mandaram!).

Tendo isso em mente, você pode alugar o carro quando chegar na ilha, ou já organizar tudo isso antes da sua viagem. Nós recomendo fazer uma cotação com a RentCars que trabalha com as melhores empresas de locação e você paga em real, sem IOF e ainda pode parcelar!

Dirigir em Curaçao é tranquilo no sentido de não ter regras diferentes das nossas e das estradas serem relativamente bem mantidas (mas não vá esperando uma autoban, né? Lembre-se onde está!).

Esteja sempre atento, pois há falta de sinalização, pouquíssimos acostamentos e as vezes os motoristas são agressivos no volante. Se tiver smart phone dê download da ilha no google maps e vá ser feliz!

Ah … falando em GPS do google maps, é importante notar que algumas ruas e rotatórias são novas e ainda não estão no mapa. Mas isso pra gente não foi um problema, aprendemos uns atalhos e deu tudo certo.

Flamingos em Curaçao
Flamingos em Curaçao

Curaçao para Cruzeiro, é bacana?

Curaçao é um dos destinos preferidos dos cruzeiros que se dedicam ao Sul do Caribe; lembro da minha sogra (que ama viagem de navio) me contar que essa foi sua ilha favorita de todas que já tinha visitado!

E depois de ter passado alguns dias por lá, eu entendo o motivo. Chegar na zona portuária de Curaçao e se deparar com o colorido de Willemstad ilumina o dia de qualquer um, então, reserve 2 horas para conhecer o centrinho e depois vá conhecer as praias.

Você pode escolher seguir para o norte para conhecer as praias mais bonitas da ilha, como Kenepa Grandi (Groot Knip), Laguna (para os fãs de snorkel), Caos Abao ou Porto Marie (PortoMari). Ou ir para o sul em um dos complexos de praia artificial que Jan Thiel e Mambo Beach criaram.

Cruzeiro Curaçao

Curaçao é legal para ficar em resort?

Depende, se você quer ficar em resort para conhecer a ilha, vale a pena. Se você procura por aqueles resorts com praias lindas e para fazer absolutamente nada, eu recomendo buscar outras ilhas do Caribe que oferecem esse tipo de férias com maestria.

Falta praia bonita para esse tipo de hotel em Curaçao! #Fato

Dito isso, eu amei ter ficar no bairro de Pietermaii em Willemstad, pois durante o dia a gente curtia as praias e a noite curtíamos os restaurantes e barzinhos da cidade.

Nós ficamos em um apartamento de 2 quartos maravilhoso, procure pela propriedade Pietermaai Ocean Front.

Por do Sol em Curaçao
Por do sol do nosso apartamento em Curaçao.

Curaçao Klein vale realmente a pena?

Ir ou não ir a ilhota Curaçao Klein é uma das principais dúvidas de quem vai a Curaçao! Eu mesma fiquei na dúvida se incluiria esse passeio ou não no nosso itinerário, pois algumas histórias sobre o percurso de duas horas de barco entre Jan Thiel (Curaçao) até a ilha Curaçao Klein (que significa Curaçao pequena) são desesperadoras.

Mas não consegui resistir e encaramos! Para isso pesquisei várias empresas que fazem o tour e quando encontrei a Blue Finn Charters, que faz esse trajeto de cataram, não tive mais dúvida que iria com eles! A ida foi puxada, o barco balançou bastante, mas o retorno foi super tranquilo e até vimos golfinhos no caminho.

A beleza de Klein Curaçao é de encher os olhos!!! Eu amei e super recomendo o passeio!

Klein Curaçao com a Blue Finn Charters
Tarturaga em Klein Curaçao

Klein Curaçao com a Blue Finn Charters
Praia de Klein Curaçao (nosso catamarã aparece lá no longe, viram?)

Coisas legais para saber sobre Curaçao: 

* Pode beber água da torneira em Curaçao, a água é destilada da água do mar e tem um gosto bom.

* Curaçao está fora da aérea dos furacões, isso a faz um destino legal para visitar em qualquer época do ano – claro que pode rolar ventos fortes, mas a chance é quase nula de um furacão atingir essa região.

* Os meses mais chuvosos vão de outubro a dezembro, mas estilo pancadas de chuvas curtas (tempestades de verão).

* Brasileiros não precisam de visto para entrar em Curaçao.

Viajar Curaçao
Até o porquinho quando fica com calor vem se banhar na praia e receber carinhos dos turistas 😉

* A moeda local é o florim antilhano, mas o dolar americano é aceito em todos os lugares.

* A lingua mais falada em Curaçao é o papiamento, uma mistura curiosa de crioula Africano, Espanhol, Português, Holandês, Francês, Inglês, e indianos Arawak. O Holandês e Espanhol também é falado e o inglês entendido por muitos.

* Tem muito turista Holandês em Curaçao!!!

* Come-se muito bem em Curaçao, especialmente em Willemstad!!!!

* Para o pessoal da balada, vocês podem pesquisar o que está rolando na night nos websites o site Pasa Bon ou Curacao Party Guide. Em Pietermaii bairro que saí quase todas as noites, o lugar mais agitado é o Nieuwestraat, meu bar favorito para depois do jantar foi o Miles Jazz Cafe e o Mundo Bizarro.

* Mais dicas úteis vocês podem verificar no website de Turismo de Curaçao


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


2 Comentários
  1. Thais Freitas Diz

    Oi Mirella!

    Adorei o post, tô doida pra conhecer Curaçao e pensando em ir em agosto. Só uma pergunta: meu bebê vai ter quase 6 meses na época, vc acha que é tranquilo ir com ele pra lá nessa idade (em termos de estrutura e passeios, tipo o de catamarã pra outra ilha) ou seria melhor outra ilha do Caribe?

    Bjs!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Thais,
      Eu adorei Curaçao, mas não sei se iria com um bebê.
      O legal de Curaçao é ficar indo nas praias lindonas, e aí, apesar de ter infra, não é 100%, entende? A não ser que vcs forem ok com esquema camping (risos).
      Não sei se seria mais fácil ir para um resort em uma ilha estruturadinha. Pergunta para a Mari, do blog Ideias na Mala, ela foi grávida e com uma criança de quase 2 anos. Acho que ela seria uma boa pessoa para te dar uma ideia, ela tem seu estilo e tem filho.
      Beijos

Comente Aqui