Logo

O que fazer em Nassau, Bahamas

O que fazer em Nassau, Bahamas

by / 9 Comments / 11777 View / 09/01/2015

Parada de muitos cruzeiros e cidade onde se localiza o famoso mega resort Atlantis, a chance de você fazer uma paradinha em Nassau é grande. Dessa forma segue 10 programas para te ajudar a decidir o que fazer em Nassau durante sua visita (tem mapa no final do post).

1. Arawak Cay / Fish Fry

Espaço com vários restaurantes de culinária local, o povo diz que o Arawak Cay é o point noturno de Nassau. Eu não fui a noite, mas dei uma passadinha na hora do almoço para espiar como funciona. Paramos para almoçar no Twin Brothers e apesar de achar o atendimento super demorado e o prato principal sem graça, recomendo ir para tomar um de seus famosos daiquiris (amei o ‘miami vice‘, uma mistura de pina colada com morango!) e experimentar um dos pratos locais mais famosos de Bahamas, o conch fritters.

2. Fortes de Nassau & Queen’s Staircase

Nassau possui 3 fortes para quem gosta de história: o Fort Montague, o mais antigo da ilha de New Providence e o mais fora de mão da rota turística, o Fort Charlotte logo em frente ao Arawak Cay e o mais visitado e o Fort Fincastle que fica alguns quarteirões do porto de Nassau e ao lado da Escadaria da Rainha – Queen’s Staircase. Eu conheci esse último e a vista é bacaninha de lá de cima. [Mais informações em inglês, clique aqui]

Dica: nas atrações turística sempre há algum “funcionario do governo” querendo papear e te educar a respeito do que está visitando, apesar de alguns contarem bons causos, você sempre precisa desembolsar alguns dolares de gorjeta (nós demos entre 3 e 5 dolares) – essa parte eu não gostei, pois as vezes eles são bem insistentes.

Fort Fincastle

Vista do Fort Fincastle

3. Junkanoo Beach

Se durante sua parada de navio você quiser curtir uma praia de graça e sem compromisso, a Junkanoo Beach é a mais perto do porto e tem vários barzinhos que você consegue descolar uma cadeira pra sentar. No final da tarde de sábado, vimos bastante locais curtindo praia e se misturando com o povo dos navios …

A praia que estávamos hospedados era linda com um mar azul de fazer inveja, chama-se Cable Beach e você pode chegar lá de taxi ou pegando o ônibus #10.

Junkanoo Beach

Junkanoo Beach no final de tarde …

Junkanoo Beach em Nassau

Barzinho da Junkanoo Beach

Bus 10 in Nassau

Ônibus em Nassau, liga downtown e Cable Beach

4. National Art Museum 

Não vai esperando um Louvre, mas se quiser conhecer um pouco dos artistas de Bahamas, vale a pena uma passadinha no NAGB, custa apenas US$ 5 por adulto e crianças até 12 anos entram de graça.

National Art Museum de Bahamas

Villa Doyle, prédio histórico de 1860, hoje sede do National Art Museum de Bahamas.

5. John Watling’s Distillery

Se o espírito de Bahamas é o rum, a destilaria John Watling’s é a casa de oração (risos). O tour pela mansão e arredores é gratuito, mas a degustação dos 3 tipos de runs no final do tour custa US$6 pra quem se interessar. Nos divertimos muito na degustação com o legendário bartender Wilfred Sands e nossos amigos de balcão alemães. Wil inventou o drink “Rum Dum”, e segundo ele é como o pisco sour que a gente faz no Brasil (ops! nessa ele falhou, pois nós fazemos caipirinhas e não pisco sour dos vizinhos peruanos e chilenos!). Se você embalar na conversar, aposto que terá um good time! (e não gastará só $6 🙂 ).

Destilaria de Rum em Nassau

Destilaria de Rum em Nassau, a John Waitiling’s

 John Waitiling's

Degustação de rum e otras cositas na John Waitiling’s

 John Waitiling's em Bahamas

Nos divertindo na Destilaria com o Wil 😉

6. Straw Market

Um mercado de cacarecos, souvernirs, arte e “tudo aquilo que você precisa” para comprar suas lembrancinhas de Bahamas, não esquece de negociar um pouquinho o preço! Logo atrás do mercado é a sessão de embarque e desembarque dos ferry boats para Paradise Island/Atlantis.

Straw Market em Nassau

Fachada do Straw Market em Nassau

Straw Market em Nassau

Lá dentro do Straw Market além das vendas, as vezes rola encontro público! Adorei 🙂

7. Ruas e prédios coloridos de downtown Nassau

Logo ali aos arredores do Straw Market & Bay Street tem vários sobrados coloridos cheio de lojinhas para explorar (o local é mega turístico, mas tem seu charme caribenho!).  Pra quem gosta de Starbucks e Hard Rock Café, sorria, lá você encontra! 😉

Downtown Nassau

Rua de pedestre em Downtown Nassau

Dinheiro de Bahamas

Apesar de Bahamas ter sua própria moeda, o dolar americano é usado em todo lugar e o valor é de um pra um.

9. Os policiais de Bahamas

Não tem como não se apaixonar pelos uniformes da polícia de Nassau … aproveite a empolgação e tire uma foto com eles 🙂 #QuemNuncaFoiTurista,hein?

8. Poter’s Cay & Ponte Sidney Poitier

Quer algo para se lembrar que Nassau não é somente para cruzeiros e turistas? Dá uma passadinha no Poter’s Cay, lugar onde os locais vão se encontrar para tomar uma cervejinha, jogar conversa fora e comer um peixe, foi o lugar mais autêntico que encontrei na ilha – você pode chegar lá de taxi ou dá pra ir a pé seguindo pela Bay Street até a ponte Poitier, mas fique esperto pois por alguns quarteirões você estará fora da área turística e Nassau não é super segura como a Suiça 😉 .  Estando em Poter’s Cay recomendo atravessar a ponte Poitier a pé até o Atlantis para se ter uma vista bem especial da cidade e da Paradise Island.

PS: Reconheceu o nome “Sidney Poitier”? É ele mesmo, o primeiro negro da história que recebeu um Oscar de melhor ator, cresceu em Bahamas e é orgulho nacional.

Poter's Cay em Nassau

Poter’s Cay em Nassau, onde os locais se encontram

Ponte Poitier em Nassau

Vista da Ponte Poitier em Nassau

9. Paradise Island & Atlantis 

Há quem ame e quem odeie, mas é impossível não notar a majestosa construção do hotel Atlantis em Nassau … o castelo da Barbie (como eu o apelidei) é de um luxo sem igual, já tinha visto em Dubai e agora se confirmou novamente nas Bahamas. Eu não entrei no hotel e fiquei somente na pequena área das lojinhas e shoppings ao lado da marina, mas para quem não está hospedado é possível comprar day pass para algumas das atrações do Atlantis e pra quem tem criança pode ser um programão [aliás se você pensa em se hospedar no Atlantis vale ler o relato detalhado da Ana do blog Travel Book]. Você pode chegar na Paradise Island a pé pela Poitier Bridge, de taxi ou de ferry (barco) desde downtown Nassau (atrás do Straw Market).

Sabe que depois de ter visto de longe, fiquei com vontade de me hospedar no Atlantis, apesar de não ser fã de hoteis enormes!

Calçadão do hotel Atlantis Bahamas

Calçadão do hotel Atlantis Bahamas, essa parte é aberta ao público.

Marina do Atlantis Bahamas

Marina do Atlantis Bahamas … pobreza passa longe 😉

Atlantis Bahamas

Atlantis Bahamas

10. Cervejas locais: Kalik  e Sands

Essa dica vai para a turma que adora experimentar cervejas locais. Em Nassau é fácil de encontrar as cervejas Kalik e Sands.

A Kalik ganhou seu nome devido ao barulho da “caneca“, um dos instrumentos musicais do festival junkanoo e a Sands entrou no mercado em 2007 e foi a preferida do maridão.

Mapa com todas as atrações desse post:

O que fazer em Nassau

Mapa dos lugares mencionados nesse post – [Google Maps]

E aí, tem mais alguma sugestão? Conta pra gente…


 

Leia também: Como é se hospedar no SuperClubs Breezes em Nassau


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. Ele é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e também em Cuba e na Venezuela. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Você pode cotar com a Real Seguro Viagem sem compromisso e, caso decida pela contratação, você poderá parcelar o valor do seguro em até 6 x sem juros no cartão de crédito, ou pagar com desconto de 5% no boleto bancário.

Seguro viagem geral 728x90

.


CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Real Seguros (faz cotação em 10 seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações na Ticketbar e fure a fila.

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentalCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!

9 Comment

  1. […] estava fechada para o feriado (risos). Resumindo, perdi a viagem e ficou para uma próxima . [Como conheci uma em Nassau, não fiquei […]

  2. Mirella, adorei seus comentários sobre Nassau. Estava tão difícil de achar dicas bem escritas sobre o lugar que quase mudei de rota! (Risos) Parabéns pelo blog. Ajudou muito! Sucesso

    • Opa… que legal receber seu comentário! Que bom que gostou, espero que usufrua das dicas 🙂
      Depois me conta o que achou da cidade.
      Abs

  3. Olá, estava precisando muito dessas dicas, estou indo agora em junho e ainda não programei nada, hehehe, você saberia informar o valor para o day pass no Atlantis e para o transfer usando o ferry?
    Obrigado e parabéns.

  4. Pode perguntar mais, rsrsrsr? Estou indo com minha filha de dois anos, alguma sugestão de passeio?
    Mais uma vez, Obrigado.

    • OI Karl,
      Eu acho que o Atlantis vai ser uma boa opção pra vocês… pois no final, a criançada adora uma praia e essas coisas lindonas e bem estruturadas. A cidade de Nassau é bonitinha, mas tudo bem simples e tem mais opções para quem gosta de beber, entende? 🙂
      Como o mar das Bahamas é lindo, aproveita isso!
      Abs

  5. oi estou indo em setembro com parada de um cruzeiro de mais ou menos 4 h
    gostaria de conhecer a cidade
    como vc fez foi excursao? ou a pe?

    • Oi Karen,
      Eu não fiz esse passeio desde um cruzeiro, eu estava em um hotel de Nassau, mas dá para fazer todas essas coisa saindo do porto de Nassau (que já é no centrinho).
      Eu fiz tudo a pé e por conta.
      Bjs

Comente Aqui