Museus Gratuitos em Paris | Conheça + da História de Paris

0

Você pode não achar, mas tem muitos Museus Gratuitos em Paris. Com mais de 30 milhões de visitantes por ano, Paris é uma das cidades mais visitada do mundo. Entre suas muitas atrações estão os seus museus, que mostram uma coleção incrível e diversificada de arte de todo o mundo.

Em uma tentativa de aumentar a acessibilidade a este impressionante patrimônio cultural, é possível encontrar museus gratuitos em Paris. Da arte moderna e antiguidade, às obras literárias, estes museus são um brilhante ponto de acesso livre, em uma cidade cheia de cultura e de artes.

É possível programar uma viagem a Cidade Luz e não ter muitos gastos com museus e outras atrações turísticas. Estes museus, que são gratuitos, não são muito conhecidos dos turistas, o que quer dizer que não vai ter filas quilométricas e turistas disputando fotos.

ATENÇÃO!! SEGURO VIAGEM EUROPA

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Além de você não correr o risco de ser deportado (sim, isso acontece muito mais do que a gente imagina), você estará protegido se algo de ruim acontecer. Infelizmente imprevistos acontecem e temos que estar preparados. Nossos leitores recebem um desconto de até 10% na hora de pagar.

Você ainda está na dúvida? Tire todas as suas dúvidas aqui >> SEGURO VIAGEM É IMPRESCINDÍVEL?
.

MUSEUS GRATUITOS EM PARIS

Museus Gratuitos em Paris | PETIT PALAIS

Poucas pessoas sabem, mas o Petit Palais é um dos museus gratuitos em Paris. Situado perto da famosa Champs-Elysées, ele abriga mais de 1.300 obras da antiguidade até o início do século 20, apresentando obras-primas de Courbet, Cézanne, Monet, e Delacroix. A coleção permanente além de emocionante é gratuita para todos os visitantes, enquanto as exposições temporárias exploram tendências emocionantes na arte moderna, fotografia e outra médias.

MUSEUS GRATUITOS EM PARIS | PETIT PALAIS

Apesar do seu lindo edifício e elegância, este belíssimo palácio (para a glória da Belle Epoque), construído na loucura da Exposição Mundial de 1900, vive na sombra de seu irmão mais velho – o Grand Palace, que fica no outro lado da rua. O Petit Palais é impopular até pelos parisienses. Já os turistas vão correndo ao Grand Palais e acabam se esquecendo de apreciar as belas obras do irmão-menor.

MUSEUS GRATUITOS EM PARIS | PETIT PALAIS

Suas coleções remontam aos tempos antigos e ainda tem uma bela coleção de obras assinadas por impressionistas. Os amantes da Arte não ficarão decepcionados. É um dos museus gratuitos em Paris que não deixa a desejar a nenhum outro museu pago.

Restaurante do Petit Palais

Se você estiver com tempo, se programe para almoçar no Le Jardin du Petit Palais, o restaurante do Petit Palais. O ambiente é muito agradável, a comida deliciosa (boa mesmo!) e o preço ótimo.

>> Você encontra o Menu aqui.

Informações práticas

Endereço: Avenue Winston-Churchill – 8e arrondissement
Site: www.petitpalais.paris.fr

Como chegar:
Metrô: Champs-Élysées – Clemenceau, Invalides
RER: Invalides
Ônibus : 42, 72, 73, 80, 93

LEIA TAMBÉM :


Museus Gratuitos em Paris | MUSEU DA ARTE MODERNA

Inaugurado em 1961 como parte dos esforços para melhor acomodar as coleções de arte moderna do Petit Palais. O Musée d’Art Moderne de la Ville de Paris está alojado em um edifício construído em 1937 por ocasião da Exposição Internacional de Artes e Tecnologia e tem obras de Matisse, Bonnard, Derain e Vuillard, bem como murais em grande formato de Robert e Sonia Delaunay, entre outros. 

Museu da Arte Moderna de Paris

O Museu da Arte Moderna explora a evolução da arte contemporânea à partir do início do século 20 até os dias atuais. O museu foi manchete internacional em maio de 2010, na sequência do furto de cinco pinturas dos grandes mestres: Picasso, Matisse, Braque, Modigliani e Léger, avaliadas em mais de 100 milhões de euros. É o maior enigma da história dos museus franceses.

Informações práticas

Endereço: 11 avenue du Président Wilson – 16 arrondissement
Site: www.mam.paris.fr

Horário: De terça-feira a domingo, das 10h às 18h, a noite (22h) na quinta-feira para exposições

Como chegar:
Metrô: Alma-Marceau

Preço: Entrada gratuita e 5 euros – 11 euros para exposições temporárias

MUSEU CARNAVALET

Atenção!!

O Museu Carnavalet está fechado para reformas até a Primavera (março/abril) de 2020.

Este é um dos museus gratuitos de Paris que eu mais gosto. Além de ficar no Marais, que é uma região ótima, ele conta a História de Paris. Nele você vai encontrar objetos desde a era pré-romana até o presente. Construído em 1548 e remodelado em 1660 por Mansart, o palácio tornou-se Museu de História em 1866, por iniciativa do Barão Haussmann que estava ansioso para preservar o patrimônio prestes a ser “saqueado” pela urbanização.

MUSEUS GRATUITOS EM PARIS | MUSEU CARNAVALET

Você vai voltar no tempo, de galeria em galeria, catapultados para o coração de retratos renascentistas de Clouet e imagens de guerras religiosas, antes de ser jogado no coração da Revolução Francesa, não esquecendo dos salões intelectuais do Iluminismo. As Coleções Napoleônicas são os objetos que mais gosto. Você irá encontrar vários objetos que pertenceram aos imperadores. É um museu diferente e muito interessante para quem quer conhecer um outro lado da Cidade Luz.

MUSEUS GRATUITOS EM PARIS | MUSEU CARNAVALET

Informações práticas

Endereço: 23 rue de Sévigné  – 3º arrondissement
Site: www.carnavalet.paris.fr

Horário: De terça-feira a domingo, das 10h às 18h

Como chegar:
Metro: Chemin Vert e Saint Paul

Preço: Entrada gratuita e exposições temporárias 3,50 euros – 7 euros

NÃO PERCA SEU PRECIOSO TEMPO EM FILAS ENORMES!

>> Paris Museum Pass: 2,4 ou 6 dias
>> Ingresso Museu do Louvre com Horário de Entrada

>> O Melhor do Louvre: Tour Guiado Sem Fila
>> Ingresso Museu de Orsay 1 Dia c/ Acesso Reservado
>> Ingresso Sem Fila p/ Museu de Orsay e Orangerie

>> Centro Georges Pompidou Ingresso p/ Coleções Permanentes

Museus Gratuitos em Paris | MAISON DE VICTOR HUGO

A casa do Victor Hugo não é propriamente um museu. Como o próprio nome já diz, é a casa onde Victor Hugo morava e assim foi preservada para visitação. A localização não podia ser mais chique, na Place de Vosges. Muitas pessoas que visitam a praça não fazem ideia de tudo o que se pode encontrar por lá. É muita história e nobreza.

MAISON DE VICTOR HUGO

Atrás dos tijolos vermelho característicos se esconde o Hôtel de Rohan-Guéménée, Victor Hugo ocupou o segundo andar entre 1832 e 1848. Transformado em museu, a casa e as suas coleções permanentes podem ser visitadas gratuitamente. Ele escreveu algumas de suas obras mais importantes, incluindo “A voz interior” e parte de “Os Miseráveis”.

MAISON DE VICTOR HUGO

Desde 1903, esta residência aconchegante abriga um museu dedicado à vida e obra do escritor. Além de manuscritos, primeiras edições e centenas de desenhos, peças incríveis de móveis em exposição. A viagem cronológica através das diversas fases da vida do poeta como ele os havia definido em atos e palavras.

MAISON DE VICTOR HUGO

“Antes do Exílio” (no qual ele foi condenado no âmbito do Segundo Império), “No Exílio” e “Depois do exílio.” Além de romancista, descobre-se um Victor Hugo: dramaturgo, desenhista, mas também intelectual comprometido, dissidente político, amante e pai. Você vai poder encontrar muitas destas facetas e talentos na casa, através de exposições temporárias ricamente documentada.

Informações práticas

Endereço: Hôtel de Rohan-Guéménée  – 6 Place des Vosges  – 4º arrondissement

Site : www.paris.fr/loisirs/musees-expos/maisons-de-victor-hugo

Horário : De terça-feira a domingo, das 10h às 18h

Como chegar : 
Metrô: Bastille, Saint-Paul ou Chemin Vert

SHOAH MEMORIAL

Você sabia que em Paris também tem um Museu do Holocausto? Eu levei quase 1 ano para descobrir. O Shoah Memorial é um dos poucos museus privados de acesso gratuito em Paris. O Memorial conta a história do Holocausto através de fotos, textos, filmes e histórias de vida. Na cripta, uma estrela de David em mármore preta contém o túmulo simbólico dos seis milhões de judeus mortos durante o Holocausto.

SHOAH MEMORIAL

No piso térreo, a parede dos Justos exibe nomes das 2.700 pessoas que salvaram os judeus na França, com perigo de suas vidas. Se quando você for visitar a fila estiver longa, não desista. Você entra através da parede onde contém os nomes dos 76.000 judeus deportados da França entre 1942 e 1944.

SHOAH MEMORIAL
Shutterstock | Por Alizada Studios

A exposição permanente traça a história do Holocausto e relatórios sobre o sofrimento dos judeus na França durante o período mais negro do século XX. O fim da visita termina com um memorial para as crianças vítimas de extermínio nazista que consiste de 3.000 retratos.

Informações práticas

Endereço: 17 rue Geoffroy-l’Asnier – 4º arrondissement

Site: www.memorialdelashoah.org

Horário: De domingo a sexta-feira das 10h às 18h, quinta-feira à noite até 22h

Como chegar: 
Metrô: Pont Marie e Saint Paul

LEIA TAMBÉM :


Museus Gratuitos em Paris | MUSEU DA VIDA ROMÂNTICA

O Museu da Vida Romântica um dos museus mais fofos de Paris, como o próprio nome já diz. E tem tudo haver com o clima de romantismo da Cidade Luz. Uma mansão transformada em um museu cujo acesso à coleção permanente é gratuita, genial não?! A antiga casa do pintor holandês Ary Scheffer foi no século XIX, o covil da Sociedade de Artes e Letras.

musée de la vie romantique paris

O museu abriga principalmente uma visão, um clima, da era romântica e seus sonhos burgueses embaçados pelo neoclassicismo. Delacroix, Chopin e George Sand passaram noites conversando sobre o piano Pleyel, enquanto Liszt e Dickens tomavam seus aperitivos. Hoje, o museu exala o perfume desta era fascinante. Suas coleções homenagear Scheffer, cujas pinturas estão expostas no chão, e George Sand, cujas memórias ocupam o andar térreo. 

musée de la vie romantique paris

Você vai encontrar desde jóias, aguarelas e medalhas que pertenciam a ele, dizendo muito sobre o caráter e as idéias do escritor – você verá até mesmo um molde de gesso de seu braço direito. Você com certeza terá horas muito agradáveis visitando os jardins e os apartamentos, que são deslumbrantes. Um clima de romance estará pelo ar. Com sorte você poderá ver alguma ótima exposição temporária.

Informações práticas

Endereço: Scheffer-Renan Hotel – 16 Rue Chaptal – 9e arrondissement

Site: www.paris.fr/loisirs/musees-expos/musee-de-la-vie-romantique

Horário: De terça-feira a domingo, das 10h às 18h

Como chegar:
Metrô:  Pigalle e Saint-Georges
 
Preço: Entrada gratuita e 3,50 euros – 7 euros para exposições temporárias (grátis para crianças – 14 anos)

MUSEU BOURDELLE

Antoine Bourdelle (1861-1929), escultor, aluno de Alexander Falguière, um discípulo de Rodin e Giacometti. Foi um dos grandes da escultura francesa, que sonhava com um templo erguido em seu nome no coração da capital. Foi em 1949 que sua esposa, Cleópatra, fiel à vontade do falecido marido finalmente inaugurou este museu dedicado à obra e vida do artista. As coleções ocupam a antiga oficina, com modernos afrescos; oficina onde trabalhou junto de Eugène Carrière, Aimé-Jules Dalou e Marc Chagall.  

MUSEU BOURDELLE

Tripulado por memórias flutuantes, estranhas, quase palpáveis, suas galerias e jardins têm mantido uma aura intimista. Na exposição você vai encontrar suas esculturas, desenhos e fotografias de Bourdelle, incluindo o famoso “Hercules, o Arqueiro” e dados sobre o monumento equestre de General Alvear que fica em Buenos Aires. Parte das coleções pessoais do artista também é apresentada, incluindo obras de Rodin, Carrière, Monticelli, Ingres e Delacroix. 

Informações práticas

Endereço: 18 rue Antoine Bourdelle – 15e arrondissement

Site: www.paris.fr/loisirs/musees-expos/musee-bourdelle

Horário: De terça-feira a domingo, das 10h às 18h

Como chegar:
Metrô:  Falguière e Montparnasse Bienvenue 

Preço : Entrada gratuita e 3,50 euros – 7 euros para exposições temporárias (grátis para crianças – 14 anos)

NÃO PERCA SEU PRECIOSO TEMPO EM FILAS ENORMES!

>> Torre Eiffel: Ingresso Prioritário 2º Andar
>> Entrada Sem Fila ao Terraço do Arco do Triunfo

>> Catacumbas de Paris: Ingresso Sem Fila com Guia de Áudio
>> Sainte-Chapelle: Ingresso Sem Fila e Tour Autoguiado
>> Ingresso Combinado Sainte-Chapelle e Conciergerie
>> Show no Moulin Rouge com Champanhe
>> Passeio de Barco no Rio Sena de 1 Hora

Museus Gratuitos em Paris | MUSEU CERNUSCHI

Desde que o banqueiro Henri Cernuschi teve a brilhante ideia de construir uma mansão, bem perto do Parc Monceau, em 1871, a fim de acolher os seus tesouros do Extremo Oriente, a coleção de arte asiática de Paris foi enriquecida. Este é um museu “ainda” pouco visitado em Paris. Ele é especializado em arte asiática, principalmente China e Japão.

MUSEUS GRATUITOS EM PARIS | MUSEU CERNUSCHI

Cernuschi foi um italiano que lutou pela liberação da Itália do jugo austríaco, foi eleito deputado da República romana, que teve curtíssima duração (apenas de 1948 a 1949), refugiando-se na França, onde acaba se destacando como grande conhecedor de economia e investidor. Viaja à China e ao Japão, adquire uma considerável coleção de obras de arte e, ao morrer, deixa todo o seu acervo como doação à cidade de Paris.

MUSEUS GRATUITOS EM PARIS | MUSEU CERNUSCHI

Quando você vê o prédio de fora, não tem noção do que vai encontrar. Logo que você entra no museu, você se depara com um Buda enorme. Ali você terá a certeza que a visita será incrível. As obras atravessam várias dinastias, do século XV a.C até a Idade Média. Legiões de estátuas funerárias do Han Wei e sua dinastia, muitas porcelanas e louças finas são algumas das obras-primas do museu. Sem dúvida uma das mais bonitas coleções de arte asiática na Europa. 

Informações práticas

Endereço: 7 avenida Velasquez  – 8e arrondissement

Site: www.paris.fr/loisirs/musees-expos/musee-cernuschi

Horário: De terça-feira a domingo, das 10h às 18h

Como chegar:
Metrô: Villiers ou Monceau  

Preço: Entrada gratuita e 3,50 euros – 9 euros para exposições temporárias

MUSEU COGNACQ-JAY

Outro museu gratuito em Paris imperdível. Está situado no Hôtel Donon, no 3º arrondissement. É um museu tão bom que é difícil acreditar que é gratuito! O acervo do museu foi formado entre 1900-1925 por Théodore-Ernest Cognacq (1839-1928) e sua esposa Marie-Louise Jay (1838-925), fundadores da loja de departamentos La Samaritaine. 

MUSEU COGNACQ-JAY
Shutterstock | Por Pack-Shot

Na ocasião da sua morte, Cognacq doou a coleção para a cidade de Paris. Em 1929 o Musée Cognacq-Jay foi inagurado. Em 1990, o maravilhoso acervo foi transferido para o Donon Hôtel (este prédio e maravilhoso também, construído em 1575), no Marais, onde a coleção é apresentada em vinte salas (quatro andares), nos estilos de Luís XV e Luís XVI. Toda a decoração do museu é de época.

Musée Cognacq-Jay

O museu contém uma excepcional coleção de arte e artigos de decoração, cerca de 1200 itens no total, com ênfase na França do século 18, que variam de cerâmicas européias e chinesas, jóias entre outros, pinturas de Leopoldina-ES Boilly, François Boucher, Canaletto, Jean-Siméon Chardin, Jean-Honoré Fragonard, Jean-Baptiste Greuze, Sir Thomas Lawrence, Hubert Robert, Giovanni Battista Tiepolo e Jean-Antoine Watteau. Você encontrará também esculturas incríveis de Jean-Antoine Houdon, Jean-Baptiste Lemoyne e Jacques-François-Joseph Saly, e também, móbiliario atribuídos a Jean-François Oeben e Van der Roger Cruse.

Musée Cognacq-Jay

O Século 17 também está representado, nomeadamente com duas pinturas de Rembrandt, enquanto século 19 é representado com obras de Camille Corot, Paul Cézanne e também Edgar Degas. Este museu maravilhoso fica bem perto da Place des Vosges, e vale a pena ver mesmo!

Informações práticas

Endereço: Hôtel Donon – 8 rue Elzevir  – 3e arrondissement

Site: www.paris.fr/loisirs/musees-expos/musee-cognacq-jay

Horário : De terça-feira a domingo, das 10h às 18h

Como chegar:
Metrô: Chemin Vert e Saint Paul

Preço: Entrada gratuita e 3,50 euros – 9 euros para exposições temporárias

E se você tiver a chance, não deixe de visitar o Museu do Louvre e o Musée d’Orsay. Você pode ainda vistar o Museu Orangerie, o Museu Rodin, o PanthéonInvalides, o Museu do Picasso e tantos outros. Só não esqueça de comprar as entradas com antecedência e assim fura as possíveis filas.

Qual dos museus gratuito em Paris é o seu preferido?

Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. O Seguro viagem também é exigido em Cuba, Venezuela e Austrália. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 10% na hora de pagar. 

Clique aqui e ganhe 10% de desconto no seu seguro viagem

;

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Real Seguros (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios na Europa com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro na Europa com a RentCars

Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.