Visitar Chernobyl na Ucrânia – Guia Completo da Visita

3

R ufem os tambores… depois de mais de 2 anos, finalmente está saindo um dos posts mais esperados da minha carreira bloguística. Em maio de 2016 fui para a Kiev na Ucrânia, e lógico que tive que ir Visitar Chernobyl. Sem dúvidas foi um dos lugares mais especiais que já estive. Visitar Chernobyl foi uma das principais razões pela qual eu viajei para a Ucrânia. Pode parecer mórbido, mas depois que descobri que era possível andar pelas aldeias abandonadas dentro da zona de exclusão, fiquei obcecada com a ideia.

Fechada por mais de 3 décadas, este lugar arrepiante está aberto para o turismo e é um programa do mais exótico e especial. Depois de muitas medidas tomadas para reduzir o nível de radiação nas áreas contaminadas e o processo natural de limpeza, os visitantes agora têm a possibilidade de explorar os terrenos abandonados de Pripyat e Chernobyl.

O território de Chernobyl e da cidade de Pripyat ainda é uma área fechada. Além disso não é permitido ficar lá sem um guia experiente. Provavelmente, as pessoas nunca voltarão para morar nessas casas ou construir novas construções. De acordo com as previsões, essa área não está apropriada para ser habitada por mais de 20 mil anos. Mas é normal e seguro visitá-lo por alguns dias. O guia irá levá-lo apenas nas áreas seguras para mostrar os lugares mais impressionantes.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

.

.

COMO VISITAR CHERNOBYL NA UCRÂNIA – GUIA COMPLETO

.

.

Uma sala do jardim de infância abandonada repleta de brinquedos. Os brinquedos de um parque de diversões que nunca foram usados. Uma escola misteriosamente vazia, com suas carteiras ainda com os materiais escolares nela. Casas abandonadas com mesas postas e louças para lavar. Isto e muito mais é o que restou da região de Chernobyl. Uma cidade atingida por 400 vezes a radiação da bomba de Hiroshima, mais de trinta anos atrás. Hoje atrai uma multidão de turistas curiosos. Mas por quê?

Chernobyl oferece um vislumbre de um mundo pós-apocalíptico. Se a humanidade morresse, é assim que o mundo seria. Praças e parques de diversões ao ar livre estão cheios de árvores e grama, e animais selvagens agora dominam as ruas. É surreal, parece saído de um filme hollywoodiano.

Hoje, a zona de Chernobyl, bem como a cidade de Pripyat, é um local para o turismo “sombrio”. Eu adoro filmes pós-apocalípticos e Chernobyl, junto com a “cidade fantasma de Pripyat”, são tão “pós-apocalípticas” quanto as atrações turísticas. Desde que eu soube que era possível visitar a usina de Chernobyl e sua radioativa “Cidade Fantasma”, eu sabia que esta seria uma viagem que eu definitivamente teria que fazer.

No entanto, as aldeias que foram abandonadas gradualmente estão apodrecendo e se desintegrando. Em 100 anos, essas estruturas não estarão mais em pé. Na verdade, acho que bem menos que isso. E à medida que os prédios estão ficando mais fracos, talvez não seja possível visitar Chernobyl nas próximas décadas.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

.

.

ONDE FICA CHERNOBYL

Chernobyl está localizada a cerca de 100 km ao norte da cidade de Kiev, na Ucrânia. O trajeto leva cerca de 2 horas entre Kiev e Chernobyl.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Foto : PeteriShutterstock.com

A zona de exclusão é uma área de 2,600 km² ao redor da usina nuclear. Esta área é considerada perigosa e está fora do alcance do público em geral. Existem vários pontos de verificação pelos quais você deve passar dentro da zona de exclusão. A área dentro do posto de controle mais próximo do reator nuclear tem os níveis mais perigosos de radiação.

Quando os turistas falam em visitar Chernobyl, geralmente nos referimos à usina em si, mas a zona de exclusão inclui algumas cidades e uma grande área florestal.

 

O QUE ACONTECEU

Na manhã de 26 de abril de 1986, um experimento no Reator 4 da Usina Nuclear de Chernobyl deu errado. Na verdade poderíamos falar que deu muito errado. Porque o reator 4 entrou em colapso e explodiu. A explosão resultou em uma violação de radiação tão grave, que foi o equivalente a 400 vezes Hiroshima (400 bombas atômicas). Uma nuvem de partículas radioativas se espalhou pelo norte da Ucrânia, uma grande parte da Bielorrússia e muitas outras partes da Europa.

Moradores da cidade vizinha de Pripyat viram a explosão, mas ninguém sabia o que estava acontecendo. O incidente foi fortemente subestimado pela mídia soviética. Isto até que físicos nucleares na Suécia detectaram uma quantidade anormal de radiação, sendo assim a União Soviética finalmente fez uma declaração pública sobre o assunto.

;

 

DESASTRE NUCLEAR DE CHERNOBYL

;

Evidências de doença de radiação generalizada foram detectadas e as pessoas adoeceram em questão de horas. Um dia depois, uma evacuação imediata de todos os 50 mil moradores de Pripyat foi anunciada. Os moradores foram orientados a não pegar nada e sair imediatamente, e que eles estariam de volta em algumas semanas. Mas obviamente, eles nunca retornaram.

Nos primeiros meses, 49 pessoas perderam a vida. Estima-se que o número final de mortos deste desastre seja de cerca de 4.000 pessoas, mas o sigilo soviético torna muito difícil determinar a escala real. Um total de 350.000 pessoas foram evacuadas de uma zona de exclusão de 30 km em torno de Chernobyl. Esta área inclui aldeias, florestas, a cidade de Chernobyl e o que costumava ser a próspera metrópole de Pripyat.

Por causa da natureza da evacuação, as pessoas deixaram suas casas e locais de trabalho as pressas, deixando tudo para trás porque achavam que logo retornariam. É isso que faz com que tudo seja tão estranho. As cozinhas e as salas de jantar tem pratos preparados, brinquedos infantis e bichos de pelúcia estão espalhados pelos quartos esperando os donos. Retratos de família permanecem pendurados nas paredes.

Foi assim que tudo permaneceu até 2011, quando o governo ucraniano abriu oficialmente partes da zona de exclusão ao turismo. Finalmente, mais de 30 anos após o pior desastre nuclear do mundo, visitar Chernobyl é possível e mais de 10 mil visitantes passam por aqui anualmente.

;


Leia também :


]

]

POR QUE VOCÊ DEVERIA VISITAR CHERNOBYL

Responder esta pergunta é difícil, já que a acho muito particular. Chernobyl tem muitos apelos para os turistas. Para mim foi pelo seu lado sombrio mesmo. Eu tenho fascinação por cemitérios, campos de concentração, catacumbas, ossários. E acho que visitar Chernobyl seria um upgrade no meu turismo negro.

Fiquei mega intrigada para explorar um lugar que foi completamente abandonado por humanos por 30 anos. Eu queria descobrir como um mundo apocalíptico poderia parecer. Mas também queria ver um lugar congelado na era soviética. Andar pelos remanescentes de uma cultura que não existe mais é uma coisa fascinante de se experimentar. Nunca fui ligada em política, mas é realmente fascinante quando descobrimos o que não vivemos.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Algumas pessoas do meu grupo estavam interessadas no próprio desastre, outros queriam aprender mais sobre os perigos da energia nuclear e o efeito que ela pode causar no meio ambiente se algo der errado, como aconteceu em Chernobyl. E este é talvez o único lugar no mundo que podemos ter todas essas respostas em primeira mão.

Ao visitar Chernobyl, você verá as construções defensivas e outros edifícios criados no período da Guerra Fria, ficará impressionado com os playgrounds e prédios abandonados. O ambiente de Chernobyl realmente impressionará a sua mente e certeza você pensará mais profundamente sobre os numerosos problemas da situação atual no mundo e questões que a humanidade pode enfrentar a qualquer momento.

]

]

COMO É A “EXCURSÃO” PARA CHERNOBYL

Para a alegria de todos, tem muitas excursões, com diferente duração e com os mais variados preços. Eu fui com a Solo East Travel, uma das maiores operadoras de turismo de Chernobyl em Kiev, e gostei muito.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Foto : Sergey KamshylinShutterstock.com

Nós escolhemos visitar Chernobyl em uma excursão de grupo de 1 dia, que partiu de Kiev um pouco antes das 8h e retornou por volta das 18h. Nosso pequeno grupo se encontrou na frente de um hotel em Kiev e fomos para um microônibus para a jornada de duas horas até Chernobyl. Nos acompanharam um guia que fala inglês e um motorista.

No caminho, um documentário foi colocado para nos dar uma visão mais profunda do desastre e nos preparar para o que estávamos prestes a ver. Mesmo que eu já esperasse visitar um lugar abandonado, a realidade era chocante. Algumas pessoas do grupo (eu inclusa) optaram por alugar medidores de radiação que monitorizavam os níveis à nossa volta, emitindo sinais sonoros se o nível se elevasse perigosamente.

Conforme fomos nos aproximamos de Chernobyl, começamos a passar pelos postos de controle onde nossos passaportes eram checados. Nós estávamos agora oficialmente na zona nuclear afetada. Além da estrada para a zona, estávamos cercados pela floresta. Foi só quando nos aproximamos que pudemos ver os restos dos edifícios.

Eu tive que enviar as informações do meu passaporte e reservar o tour uns 3 dias antes. Todos me falaram que eu levei sorte, já que a maioria tem que enviar com uma semana a 10 dias de antecedência. Ok, que devo ter levado sorte como presente de aniversário. Essa é uma obrigação para todos que vão visitar Chernobyl, já que nossos dados são checados pela polícia ucraniana.

 

 

CIDADE FANTASMA DE PRIPYAT

Visitar Chernobyl e o reator foi incrível, mas pra mim, nada se comparou a visita à cidade de Pripyat. É excitante e devastador ao mesmo tempo. Oferece um vislumbre de um mundo que não existe mais. Foi uma sensação estranha, a mesma que senti ao visitar o campo de concentração pela primeira vez. Pripyat (e seus prédios abandonados) é o lugar que a maioria das pessoas associa ao desastre de Chernobyl.

Pripyat era uma cidade modelo de ideais comunistas e abrigava 50.000 trabalhadores e suas famílias. Quando o desastre aconteceu, todos foram evacuados, deixando sua próspera cidade como uma cidade fantasma bloqueada no tempo.

Não deixe de assistir este video do inglês Danny Cooke, que esteve em Pripyat e fez um belo trabalho, com imagens belíssimas (lógico que nas devidas condições), sem falar da trilha sonora ótima. Vai te ajudar a dar uma maior dimensão do tamanho de Pripyat e do estrago.

Postcards from Pripyat, Chernobyl from Danny Cooke on Vimeo.

 

Foi muito estranho ver todos os “pontos turísticos” de Pripyat abandonados e caindo aos pedaços. Os principais pontos de visitação são :

;

PISCINA AZURE

Esta piscina costumava ser um dos lugares mais populares da cidade. Fiquei imaginando o sucesso que ela deve ter sido há 30 anos.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

;

PARQUE DE DIVERSÕES

Uma das maiores tristezas é ver o parque de diversões neste estado. O parque foi construído com a intenção de ter uma grande inauguração em 1º de maio, no entanto, já que o desastre aconteceu em 26 de abril, a roda-gigante nunca teve a chance de virar. E os carrinhos de choque nunca chegaram a bater uns nos outros. As bilheterias ainda permanecem com os controles e livros de registro como eram em 1986.

O guia nos mostrou uma foto de como costumava ser, assim que o parque ficou pronto para uso. É assustador. Fiquei pensando nas milhares de crianças de Pripyat que sonharam por este dia, e ele nunca chegou.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo;

HOSPITAL

Outro lugar que foi chocante a visita, o hospital de Pripyat. O quarto com os berços é de uma tristeza sem fim. Isso que só tem os berços em metal. Fiquei imaginando quantas crianças/bebês tinham lá, como eles as embalaram para a evacuação, se sobreviveram. O guia disse que tem uma “lenda” que diz que alguns foram deixados para trás. De cortar o coração.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Para chegar aos demais quartos, tivemos que caminhar por corredores escuros, tomando cuidado onde íamos pisando. Tudo muito frágil e perigoso. Este com certeza não é o melhor quarto para se fazer uma operação.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

;

CENTRO COMUNITÁRIO

Como o parque de diversões, o centro comunitário de Pripyat era enorme e muito frequentado. Foi um dos lugares que está apodrecendo mais rapidamente, já que tem muita madeira envolvida. As tábuas do assoalho já estão em péssimo estado.

visitar Chernobyl na Ucrânia 3

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo;

HOTEL

Não entramos nele, o meu grupo não teve interesse, mas é possível. Muitos visitantes gostam de subir até o topo do hotel para ter uma visão panorâmica do Pripyat e do Reator de Chernobyl.

visitar Chernobyl na Ucrânia 3Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

;

ESCOLA SECUNDÁRIA E AS MÁSCARAS DE GÁS

Não sei o que é pior. Visitar uma escola e imaginar as crianças que ali estudavam todos os dias. Ou ver as centenas de máscaras de gás que estavam espalhadas por toda a escola, e nunca foram utilizadas. Sim… NUNCA!! Nem na hora que o reator explodiu e começou a contaminar o ar.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Depois de anos falaram que as máscaras não eram de boa qualidade, e que elas não ajudaram muito, já que a maioria dos resgatadores e cientistas morreram. Outros dizem que é somente história. Mas o que fica, é que eles saíram sem nenhuma máscara.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia CompletoComo visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

;

CEMITÉRIOS

Qual foi a minha surpresa e alegria ao descobrir dois cemitérios por lá. Quem me conhece sabe que fui ao céu e voltei . Tem gosto para tudo nessa vida, minha gente!! O mais interessante foi ver o túmulo de pessoas que faleceram logo depois da explosão do reator, outras muitos anos depois, mas que mesmo o cemitério estar abandonado, ainda estão sendo enterradas lá.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia CompletoComo visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia CompletoComo visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia CompletoComo visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

;

BLOCOS DE APARTAMENTOS

É impossível não notar os blocos de apartamentos. A vegetação densa invadiu a maior parte da cidade, isso só conseguimos ver do alto dos edifícios maiores. Para quem tem fôlego, é possível subir cerca de 17 andares de escadas em alguns dos blocos de apartamentos para obter uma visão panorâmica da cidade e do reator de Chernobyl. Eu não tive energia para algo assim, mas bem que gostaria muito de ter subido para ter uma outra visão de Chernobyl. A gente até se anima quando avista os elevadores, mas lógico que eles não estão mais funcionando.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia CompletoComo visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Foto : FotokonShutterstock.com

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Foto : FotokonShutterstock.com

;

ALDEIAS

Outra parte do passeio bem interessante é conhecer as aldeias. Você vê de tudo, desde lojas, mercados, casas com pratos nas mesas, louças na pia, camas por arrumar,… E os carros? muitos carros abandonados. O que dá uma certa pena, já que no auge da União Soviética, você tinha que pagar primeiro pelo seu carro, e recebia ele cerca de 10 anos depois. Quantas pessoas ficaram anos juntando dinheiro, e depois outros tantos anos para recebê-los para não poder usufrui-los.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Visitar um dos jardins de infância da aldeia foi outra experiência devastadora. Além de todos os móveis abandonados, tinha muitas bonecas, a maioria daquelas bem assustadoras deixadas para trás. Eram várias versões da Noiva do Chuck bem reais. Medo define.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia CompletoComo visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

;

CHERNOBYL E SUAS ALDEIAS

Um dado chocante foi saber que havia aproximadamente 150 aldeias dentro da zona de exclusão que precisaram ser evacuadas. Nós paramos em duas para entender um pouco a logística. Hoje em dia é difícil identificar muitas das aldeias na estrada, a menos que você saiba exatamente onde eles estão. A maioria das cidades e aldeias agora está coberta de mato e foi verdadeiramente agregada pela natureza.

Em algumas dessas aldeias, ainda existem pessoas vivendo. Existem mais de 100 “auto colonizadores” que residem dentro da zona de 30 quilômetros de Chernobyl. O governo ucraniano permitiu que essas pessoas (na maioria idosos, com 70 anos ou mais) voltassem para suas casas após o desastre.

Foi muito surpreendente para mim ver que Chernobyl ainda é uma cidade ativa. Há muitos prédios administrativos funcionando aqui. Uma vez que há cientistas e engenheiros trabalhando em alguns prédios. Tem ainda hotel (que se você quiser fazer um tour de mais de 2 dias, tem grandes chances de se hospedar nele), lojas e até uma igreja.

Estranhamente, há muitas estátuas da era comunista na zona que nunca foram movidas ou substituídas. Como exemplo, há uma enorme estátua de Lenin que ainda permanece. Em Chernobyl, o ano será sempre de 1986.

;

;

USINA NUCLEAR

Sim, você pode chegar bem perto da usina nuclear e do reator que causou o desastre. Mas olhando de fora, ele não é nada de mais não. Após o incidente de 1986, um sarcófago foi construído para conter a radiação dentro da planta.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

No entanto, começou a falhar. Para impedir a ocorrência de um possível Chernobyl 2, uma equipe de engenheiros internacionais construiu uma enorme estrutura abobadada para conter o reator que foi concluído em 2017. Como tal, essa monstruosidade nunca mais verá a luz do dia. Eu não cheguei a vê-lo embaladinho.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Foto : Dmytro IvashchenkoShutterstock.com

;

;

VISITAR CHERNOBYL

Como você pode imaginar, Chernobyl não é o tipo de lugar que você pode simplesmente entrar, tirar algumas selfies e seguir seu caminho. Para entrar na zona, você precisa estar acompanhado por um guia turístico licenciado e ter autorização para entrar na área. Você passará por vários postos policiais na aproximação da zona. É um controle realmente bem restrito.

;

;

PLANEJANDO A SUA EXCURSÃO A CHERNOBYL

Se você estiver viajando para a Ucrânia e quiser visitar Chernobyl, tente reservar a sua excursão o mais cedo possível. A liberação do governo deve ser fornecida a cada visitante de Chernobyl com antecedência. Então viajar para a zona não é exatamente algo que você possa fazer como um capricho de última hora. A maioria das empresas de turismo exige pelo menos 10 dias – duas semanas de antecedência. Como eu já falei acima, eu consegui com somente 3 dias de antecedência, mas foi um caso isolado. Mais uma da série: -Nasci com a bunda virada pra lua.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Foto : Sergey KamshylinShutterstock.com

;

;

É SEGURO VISITAR CHERNOBYL?

A questão da segurança é a preocupação da maior parte das pessoas que vão visitar Chernobyl. Admito que era a minha também, isso que eu sou a pessoa mais desligada em questões de segurança. Ops!! Oficialmente, sim, é bem seguro visitar a zona. Lógico que desde que você siga as regras estabelecidas pela administração de Chernobyl. Seguindo a risca, sua visita tem tudo para ser sucesso!

Durante o seu tempo na zona, você passará por áreas de alta radiação. No entanto, você não estará nestes locais por tempo suficiente para se arriscar com a radiação, causando qualquer prejuízo à sua saúde. Um dia na zona expõe a mesma quantidade de radiação que você receberia em um voo de três horas.

A radiação permanece por muito tempo e a zona de exclusão não deve ser segura para os humanos viverem pelos próximos 20.000 anos. No entanto, a radioatividade pode ser considerada praticamente inofensiva em pequenas doses (como quando você faz um raio-X, ou mesmo faz um voo de longa distância). Os passeios diurnos na zona de exclusão significam que você só está exposto a baixos níveis de radiação por apenas algumas horas.

Existem cerca de 400 pessoas que vivem na zona de exclusão, e outros milhares que trabalham dentro e ao redor da usina. Eles gerenciam a exposição à radiação limitando seu tempo nas áreas mais perigosas. E também são obrigados a fazer intervalos mais longos longe do local para que seus corpos tenham tempo de se recuperar.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo;

;

CUIDADOS QUE VOCÊ PRECISA TER AO VISITAR CHERNOBYL

O corpo humano pode ser exposto a uma quantidade “X” de radiação. Em alguns lugares, a exposição máxima possível é de nada mais que 10 minutos – qualquer minuto a mais pode ser mortal. Em outras áreas, até mesmo horas de exposição ainda estariam dentro dos limites humanos. Contanto que você fique com o guia (e não fique vagando por conta própria), a quantidade total de exposição à radiação que você receberá não será maior do que a exposição à radiação que se recebe em um voo de longo curso. Mas é lógico que qualquer tentativa de explorar Chernobyl sem um guia provavelmente será suicídio (e ilegal).

;

;

NÍVEL DE RADIAÇÃO EM CHERNOBYL 

Antes do passeio, todos os visitantes ficam se perguntando quanto de radiação irão receber. Mas hoje em dia, graças a todos os esforços na limpeza da zona de Chernobyl está bem controlado. Os anos se passaram e com o tempo aconteceu uma deterioração natural, o aumento do nível de emissão radioativa é registrado apenas nas proximidades da usina nuclear. O maior nível fica nas regiões ocidentais e norte do reator, e em alguns locais dentro do NPP. O trajeto das visitas guiadas evitam esses lugares ou passam rapidamente por eles.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

,

,

CUIDADO EXTRA POR ONDE VOCÊ ANDA

Outro grande vilão é o tempo de mais de 30 anos das construções nessas condições. Imaginem uma casa com 30 anos sem nenhuma reforma, agora imaginem essa mesma casa sofrendo com a radiação por 30 anos. Há tábuas de assoalho apodrecendo, tetos desmoronando, pedaços de vidro espalhados por tudo, poços de elevador abertos em todos lugares, barras de ferro,… 

Em 2008, o governo impediu todos os passeios de entrar em edifícios devido à sua instabilidade estrutural. Para nossa sorte, nos últimos anos mudou um pouco, e é possível entrar em alguns prédios. Mas já sabe, se você entrar, atenção onde pisa!

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

;

;

DEIXANDO A ZONA 

Ao sair da zona de exclusão, todos devem passar por um antigo posto de controle de radiação soviético. Então, antes de sairmos, tivemos que passar por mais algumas rodadas de triagem para confirmar que não estávamos “contaminados”. Passamos por dois scanners de corpo inteiro para certificar que estávamos todos com ótima saúde, e sem nenhum risco para o futuro. 

O governo da Ucrânia fez um excelente trabalho na limpeza de Chernobyl. Tão bom, de fato, que a radiação residual é agora menor ao lado do reator 4 do que na praça principal de Kiev.

;

;

REGRAS A SEGUIR EM CHERNOBYL

Antes de começarmos oficialmente o nosso tour em Chernobyl, recebemos várias instruções específicas que tínhamos que seguir. Não esquecendo que o guia carregava um contador Geiger (pra medir a radiação), e enquanto estivéssemos com ele, nós “provavelmente” estaríamos bem.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

Há muitas coisas para se estar atento ao visitar Chernobyl a partir de uma perspectiva de segurança:

  • Fique SEMPRE com seu guia

  • Nunca saia do caminho proposto para dar uma voltinha na floresta sozinho

  • Embora cogumelos e algumas frutinhas pareçam saborosas, nem pense em comê-las

  • Não toque em nada e, se fizer, lave as mãos imediatamente

  • Não sente nem deite no chão

  • Não coloque equipamentos de foto e vídeo, bolsas e outros pertences pessoais no chão

  • É proibido comer, beber e fumar ao ar livre

  • Não beba água dos rios, poços e outras fontes dentro da Zona.

  • Limpe seus sapatos antes de voltar para o seu veículo

  • Não toque em nenhum objeto no território e não os leve consigo

  • É necessário fazer a triagem e verificar o nível de radiação após o passeio

  • É aconselhável tomar um banho e lavar suas roupas logo depois do passeio (o ideal é fazer a visita com uma roupa mais velha)

;

Alguns pontos que eu acho mega importante frisar. Sim!! Vou ser igual aquela tia chata, mas acho bem necessário.

;

NÃO ABANDONE O SEU GUIA

Algumas pessoas que se acham mais espertinhas tentam abandonar seus guias para que possam fugir para as ruínas de Chernobyl e tirar fotos legais. Acredito que as fotos ficariam maravilhosas, mas isso é muito estúpido. E é realmente perigoso! Você pode ficar doente ou até morrer (e aqui não é exagero falar isso não!). Os passeios de Chernobyl seguem rotas “seguras” pela zona. Existem algumas áreas (como a floresta vermelha), onde a radiação é incrivelmente alta. Se você ficar lá por longos períodos, não será bom para sua saúde. Infelizmente tem muitas pessoas que não seguem as regras e se dão mal.

;

CUBRA SUA PELE

Há um código de vestimenta estrito para os visitantes da zona. Em Chernobyl, você precisa manter o máximo de sua pele coberta. Isso significa sapatos fechados ou tênis, com camisas e calças de manga comprida. Todos os turistas têm que usar roupas que cubram a maior parte do corpo: calças, camisas ou casacos com mangas compridas, sapatos fechados com sola grossa. É proibido usar shorts, saias, sapatos abertos e roupas com mangas curtas. Eu até duvidei que eles fossem controlar tudo em todos, mas a “polícia” de Chernobyl marca pesado. Mesmo se você só arregaçar as mangas, vai levar uma advertência.

;

XIXI E OUTRAS NECESSIDADES SÃO RESTRITAS

Esse talvez seja um ponto decisivo para quem precise ir ao banheiro a cada hora. Lamento dizer que não há banheiros espalhados pela zona. Tem um no restaurante de Chernobyl e só. Isso significa que por umas 6h você não encontrará NENHUM banheiro. Bem, encontrar você até vai, mas não vai poder utilizá-los.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

;

LEVE ÁGUA E UNS LANCHINHOS

Não, você não poderá comer ou beber dentro da zona, mas isso não quer dizer que não comerá nada. Afinal a viagem dura 2h, então você pode se alimentar na ida e na volta. Alguns tours tem uma parada para almoço em Chernobyl, mas se não for o seu caso, uma enganada no estômago fará bem.

;

;

QUEM PODE VISITAR CHERNOBYL

  • Somente maiores de 18 anos. Menores de 18 anos não estão autorizados a entrar na Zona de Exclusão. Mesmo com uma autorização oficial dos pais ou em conjunto com eles
  • Obrigatório ter um passaporte válido durante a viagem.

;

;

POSSO VISITAR CHERNOBYL SEM UM GUIA?

A entrada turística na zona de exclusão de Chernobyl só é permitida com um guia licenciado. Existem muitas áreas dentro da zona de exclusão que ainda são consideradas muito perigosas, e um guia terá os conhecimentos necessários para mantê-lo a salvo em todos os momentos.

 

;

QUANTO CUSTA VISITAR CHERNOBYL?

O valor da sua excursão vai depender do tipo que escolher. Tem para todos os gostos e preços. As excursões a partir de Kiev custam entre 55 euros e 500 euros por pessoa. O tour que eu fiz custou 118 euros e valeu cada centavo.

;

Para ver todos os tours disponíveis para visitar Chernobyl – clique aqui.

;

;
Ao reservar uma visita a Chernobyl, existem alguns tipos de passeios diferentes para escolher :

;

PASSEIO DE 1 DIA

Os passeios de um dia geralmente duram de 10 a 12 horas, dos quais 4 são gastos no trajeto de ida e volta de Kiev para Chernobyl. A turnê de 1 dia é perfeita para quem tem somente 1 dia, ou quer ver o básico. Mesmo sendo o básico, você vai ver quase que as mesmas coisas que o tour de 2 dias.

;

PASSEIO DE 2 OU 3 DIAS

Para quem deseja experimentar a zona de exclusão em um ritmo mais lento, há passeios de dois, três ou até mais dias disponíveis. Eu pessoalmente acho que 2 dias é tempo suficiente para ver a área. Eu mesma já quero voltar e fazer um tour de 2 dias. Ver tudo com mais calma, conhecer outros lugares, sentir a “vibe” do lugar mesmo. Sem falar que acho que o valor do tour de 2 dias compensa mais, já que tem a hospedagem e refeições também inclusas.

;

PASSEIOS PRIVADOS

Muitas pessoas estão interessadas em visitar Chernobyl em razão da fotografia. Neste caso, acho que um tour privado seria a melhor opção, pois você pode explorar a área no seu próprio ritmo. E permite tempo suficiente para pensar nas fotos e obter ótimos resultados. Mas por minha experiência, eu estava num grupo de 11 pessoas e consegui ótimas fotos (na minha humilde opinião). O que fiz foi sempre ficar no fim do grupo, assim quando todos saíam da frente, eu fotografava. Pouquíssimas fotos tem pessoas nelas.

;

COMO ESCOLHER O TOUR IDEAL

  • Tamanho do grupo: pequenos grupos são definitivamente melhores para ter uma real experiência de Chernobyl. Meu grupo tinha 11, na verdade éramos 10 + o guia, e achei o tamanho perfeito.

  • Inclusões / Exclusões: O embarque no hotel, as refeições, as taxas de entrada, os impostos e o aluguel do medidor de radiação podem ou não estar incluídos no preço de algumas excursões. Então veja certinho, para não se frustar.

  • Flexibilidade: tours de 1 dia são caros (na verdade, todos são), mas se você quiser mais tempo em cada lugar ou mais opções de fotografia, considere reservar um passeio com mais dias para obter mais flexibilidade.

;

;

VALE A PENA VISITAR CHERNOBYL?

Eu falo sem pestanejar: -Sim!! Visitar a Zona de Exclusão de Chernobyl foi uma das experiências mais perturbadoras que já tive. Acredito que ainda mais do que quando visitei os campos de concentração. Talvez porque não era tão fanática pela história de Chernobyl, como era pela Guerra. Visitar Chernobyl foi uma surpresa sem fim.

E lógico que vem todos os tipos de pensamento na cabeça. Como deve ter sido quando foram forçados a evacuar? Os sobreviventes já voltaram para “visitar”? Como estaria a vida dessas pessoas, se o acidente não estivesse acontecido?

Eu me perguntava como era a cidade antes de abril de 1986. Imaginei os momentos felizes ali, e de repente, eles não tinham mais uma casa. Não tinham mais nada.

Como visitar Chernobyl na Ucrânia - Guia Completo

;

MINHAS CONCLUSÕES

Experiências como essas podem moldar drasticamente o nosso entendimento de vida. Talvez seja por isso que eu sou bem bizarra, e amo visitar lugares negros que a maioria dos turistas pula. Muitas vezes até um coração de pedra e pouco sentimental, mesmo sendo a pessoa mais sentimental desse mundo. Mas sou da filosofia que “O mundo é muito grande para ficarmos parados no mesmo lugar”.

É melhor viajar e ter uma visão de mundo em constante evolução (mesmo que para o negativo) do que ficar em casa (ou continuar visitando os mesmos locais chatos que somos “obrigados”) e ter os mesmos objetivos de vida de 20 anos atrás (com salvas exceções). Acho que visitar lugares assim nos faz evoluir em todos os aspectos. Um exemplo, quando quero pensar na vida, sabe para onde vou? Para o cemitério… Sim, para mim é o melhor lugar para colocar as ideias e dramas no lugar.

Lógico que cada um decide por si só se quer ter esse tipo de experiência e emoções. Mas eu te digo, se você tiver a oportunidade, vá conhecer Chernobyl. Chamam a área de Chernobyl de cápsula do tempo, já que o tempo parou há 30 anos. E com certeza esse é um dos motivos que faz tanto sucesso com os visitantes.

Nas próximas décadas, é provável que nem sequer seja possível visitar Chernobyl. Em alguns dos prédios abandonados, o chão estava afundando e eu tive que pular buracos no chão. Vá agora e testemunhe um pedaço da história em uma turnê de Chernobyl antes que seja tarde demais. E acho que infelizmente, realmente esse dia chegará.

;

E VOCÊ, JÁ PENSOU EM VISITAR CHERNOBYL?

;V

.

Reserve seu hotel na Ucrânia ou em qualquer outro lugar do mundo no Booking.com, um comparador de hotéis que te garante o menor preço e na maioria dos hotéis e apartamentos tem a opção de cancelamento gratuito.

Vale a pena comprar antecipadamente :

 


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Europa 1

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios na Europa com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro na Europa com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


3 Comentários
  1. Filipe Morato Gomes Diz

    Martinha, adorei adorei, adorei. Tenho uma enorme curiosidade para conhecer Chernobyl, muito obrigado por este post tão detalhado, completo e informativo. O lugar é muito fotogénico (as fotos estão mesmo incríveis). Grande abraço desde Portugal.

    1. Martinha Andersen Diz

      Oi Filipe… muito obrigada!! Eu amei conhecer Chernobyl, é um tipo de turismo que curto muito. Ficarei na torcida que o seu dia chegue logo. Bjokas =)

  2. André Casanova Diz

    AHHHH EU QUERO IR! Juro, minha próxima viagem!

Comente Aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.