Rothenburg ob der Tauber: a cidade mais famosa da Rota Romântica

Um roteiro para você conhecer todas as atrações num dia!

11

Não é à toa que esta bela cidade é a mais famosa da Rota Romântica na AlemanhaRothenburg ob der Tauber é mesmo a mais charmosa, a mais atrativa e a mais cheia de atrações do que todas as demais.

Pra começar, a cidade é toda murada e isto faz ela irresistível. Até porque é difícil de se encontrar cidades completamente muradas nos dias de hoje. Isto porque muitas das cidadezinhas tiveram de abrir mão de seus muros para se expandir. Ou mesmo perderam seus muros ao longo do tempo por vários motivos.

E Rothenburg continua mantendo dentro destas paredes centenas de anos de história e um clima de Idade Média.  E isto somado a muita beleza de construções bem preservadas, flores nas janelas e muita animação.

Dizem, inclusive, que Walt Disney se baseou no plano de Rothenburg para fazer a vila onde vivia o Pinóquio no famoso desenho animado que ele deu vida… pode ter motivos para ser mais inspiradora?

História de Rothenburg ob der Tauber

 

A história da cidade começou cerca do ano 970, quando a área passou a ser posse do Conde Comburg-Rothenburg. Um século mais tarde, a família construiu no local um castelo (que hoje não existe mais). Seu nome Rothenburg ob der Tauber (Rothenburg sobre o Rio Tauber) vem daí, juntamente com o nome do rio que corta a cidade, o Tauber.

Já no ano 1250 foi construída a estrada que ligava Ausgburg a Würzburg e passava por Rothenburg. Esta estrada é hoje parte do que chamamos de Estrada Romântica (ou Rota Romântica).

Anos foram passando, a cidade foi transformada em Cidade Imperial em 1274 e assim se manteve até 1803. Mas em 1631 a cidade sofreu um grande cerco durante a Guerra dos 30 anos. Isto a fez perder importância e seu desenvolvimento se paralisar. Por um lado isto causou anos de atraso. Mas por outro, é devido a isto que podemos apreciar a cidade como ela é hoje…

Já antes da 2ª Guerra Mundial ela era muito turística e atraía muitos turistas. Mas mesmo assim não foi perdoada e teve 45% de toda sua área destruída por bombardeios. Um lugar tão belo teria de se reerguer. O que aconteceu rápido e a maioria dos seus prédios foram reconstruídos tal e qual antes da destruição. E em 1950 ela já estava de volta ao seu esplendor e encantando quem a visitava.

Roteiro por Rothenburg ob der Tauber

 

A cidade pode ser visitada num dia ou até mesmo em poucas horas. Isto depende do que se tem interesse de ver e o tempo disponível. Para aqueles que tem um pouco mais de tempo, indico dormir na cidade e apreciá-la de outra forma. Isto porque que depois que a maioria dos turistas vai embora, ela passa a ter uma tranquilidade enorme e se mostra de outra maneira.

A visita deve ser feita toda à pé, já que a cidade murada é pequena e tem seu centro limitado para o trânsito de veículos. Vale a pena se perder por suas ruas medievais e apreciar seus detalhes inesperados, sentar nos seus restaurantes e ver a vida passar.

Rothenburg conta com vários estacionamentos do lado de fora das muralhas (pagos, mas baratos –  ver informações mais abaixo). Deixe o carro em um deles, e daí basta entrar através dos muros e explorar suas ruas até chegar a Marktplatz, o coração da cidade.

 

Mapa de Rothenburg para fazer sua visita

Abaixo um mapa numerado com as atrações imperdíveis de Rothenburg e o  pontilhado amarelo, que é o percurso indicado para quem quer passar pelas ruas de maior interesse:

Rothenburg on der Tauber mapa 1
Se estiver procurando hospedagem em Rothenburg, eu indico o Hotel Eisenhut, uma das melhores opções na cidade. Super central e charmoso, ele ainda tem um dos melhores restaurantes da região!
Reserve seu hotel na Alemanha ou na Rota Romântica no Booking.com, um comparador de hotéis que te garante o menor preço e a maior opção de escolha.

Muros e Torres da cidade de Rothenburg ob der Tauber

 

Rothenburg ainda é toda murada, como já foi dito, e seu muro é uma de suas maiores atrações. Construído por volta do século XIII, o que se vê hoje em dia é, claro, uma reconstrução do muro antigo, já que a cidade não foi poupada durante a 2ª Guerra Mundial.

Várias torres da muralha dão acesso ao muro e pode-se dar uma volta completa ao redor de Rothenburg pelos seus 4 km de muralhas. Não deixe de caminhar pelos muros e ver a cidade de uma outra forma, pelo menos num trecho. E tente imaginar como deveria ser passar por ali na Idade Média!

Curiosidade sobre as muralhas de Rothenburg

Caminhando pelas muralhas pode se ver várias placas nas paredes com nomes gravados, que nada mais são do que uma forma de agradecimento àqueles que financiaram a reconstrução das mesmas.

 

As torres mais interessantes são a Rödertor (2) uma das belas torres da muralha, o Galgentor (10), um antigo local de execução, o Klingertor (5) e a imperdível Plönlein (9), a esquina mais fotografada da cidade.

Rothenburg ob der Tauber Muralhas1
Rothenburg ob der Tauber Muralhas2

Um roteiro para conhecer Rothenburg ob der Tauber

Plönlein

A famosa bifurcação é “a” foto da cidade. Geralmente quando se vê algo sobre Rothenburg, é esta esquina que é mostrada. Este é um conjunto de construções que se completam, com foco na casinha amarela em estilo enxaimel no centro.

A torre Siebersturm foi construída em 1385 e fica à esquerda e ao fundo. O portão Kobolzeller Tor fica à direita. Elas emolduram o local, dando-lhe mais beleza ainda.

Rothenburg ob der tauber Plönlein

Seguindo reto na rua do Rödertor, logo se vê a frente a torre Markusturm. Neste lugar estão as magníficas casas da cidade e a romântica fonte Röderbrunnen. Esta fonte, juntamente a poderosa torre Markusturm, é um dos pontos mais fotografados em Rothenburg.

 

Markusturm

A bonita torre com um relógio do século XII foi parte da primeira fortificação da cidade, que foi mais tarde substituída pela muralha externa.

 

Mas todos os caminhos levam a Marktplatz (3), a principal praça da cidade e onde está a bela Rathaus, a prefeitura.

Rothenburg ob der Tauber Marktplatz2

Marktplatz

Marktplatz significa “praça do mercado” e assim chamada porque era aqui que acontecia o mercado da cidade desde os tempos mais antigos.

O prédio grande que se vê é a prefeitura, a Rathaus, ocupando boa parte da praça. Perpendicular a ele está o Ratstrinkstube, que era a taverna do conselho regional. Aqui foi instalado em 1683 um relógio, que em algumas horas cheias tem uma pequena encenação de um bonequinho contando uma das lendas da cidade.

Na praça também fica o Escritório de Turismo da cidade, onde pode se pegar um mapa para se orientar melhor e ainda consultar os horários da encenação do relógio.

Rothenburg ob der Tauber Marktplatz1

Rathaus e Rathausturm

A prefeitura da cidade é uma construção gótica, e tem uma torre construída entre 1250 e 1400, com 52 metros de altura. Saiba que é possível subir na torre para se ter uma visão de cima da cidade e de sua muralha. Os 220 degraus valem o esforço, já que a vista é única.

Entrada para a Torre: adultos €2, crianças até 14 anos €0,50.

Aberta: abril-outubro, entre 09h30-12h30 e 13-17h; novembro e de janeiro-março: sábado e domingo, entre 12-15h; dezembro, diariamente, 12-15h.

Durante o período de Weihnachtsmarkt (feira de Natal), abre diariamente entre 10h30–14h e 14h30–18h (6ª-sáb até 20h).

Rothenburg on der Tauber Rathaus

Ao lado da praça está a linda fonte Georgsbrunnen.

 

Georgsbrunnen

Esta fonte está neste lugar desde o ano 1446. Não só a sua aparência é imponente, sua capacidade é de 100.000 litros de água e ela tem oito metros de profundidade! Por mais de 400 anos, a fonte apresenta um chafariz coroado pela figura de St. George, incluindo dragões. No período de trevas da Idade Média, ficavam na frente da fonte uma forca, um pelourinho e palco de tortura.

Rothenburg ob der Tauber StGeorge Brunnen

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Nossos leitores recebem um desconto de 5% na hora de pagar. então aproveite e Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Ainda nas imediações da praça, outra grande atração da cidade: a linda loja Käthe Wohlfahrt, uma loja só de artigos natalinos e que não deve ser perdida de maneira alguma! Ali também funciona o Museu do Natal Alemão.

 

Loja Käthe Wohlfahrt

A loja mais famosa da Europa em decoração natalina conta com várias lojas em Rothenburg. A principal delas, e mais bonita, fica na Herrngasse, e uma visita é imperdível!

Ali tem tudo o que se possa imaginar em termos de decoração de Natal, feitos dos mais diversos materiais. Encontra-se presépios, bonecos quebra-nozes, bolas natalinas dos mais diversos formatos e tamanhos, guirlandas, toalhas de mesa com o tema e muito mais. Diz o site da loja que são mais de 30 mil peças a venda.

A loja é linda e mesmo que não se tenha a menor intenção de comprar algo, a visita é muito recomendada. O lugar é mesmo de sonho.

A loja fica aberta o ano inteiro, de 2ª-sábado, entre 09h30-18h30; domingo, entre 10-18h.

Rothenburg ob der Tauber Käthe Wohlfahrt

Deutsches Weihnachtsmuseum – Museu do Natal Alemão

No primeiro andar maior loja da Käthe Wohlfahrt funciona este pequeno museu que apresenta a história dos Natais da Alemanha de 1800 até 1960. Em 250 m² de exposição estão expostos mais de 5 mil itens contando a história do Natal e suas tradições. Muitos dos artigos em exposição foram doados por pessoas do mundo inteiro.

Horário

O museu funciona diariamente das 10-17h de 1.abril – 23.dezembro;

De 21.janeiro – 31.março, diariamente entre 10-15h30;

De 25.dezembro – metade de janeiro, diariamente entre 10-16h30.

Nos outros dias, horários especias

Ingressos

Adultos: €4 na alta temporada e €2,50 na baixa temporada.

Crianças entre 6-11 anos: €2 na alta temporada e gratuito na baixa temporada .

Ainda nos arredores estão 2 igrejas que atraem turistas: a St. Jakobs Kirche (4) e a Franziskanerkirche (7).

 

St. Jakobs Kirche

A Igreja de St. Jakobs é a maior Igreja da cidade e foi construída em 1485. Para visitar o interior da igreja é preciso pagar uma entrada. Mas o valor vale a pena, pois ali está o fabuloso altar criado por Tilman Riemenschneider, o Franziskusaltar, feito entre 1495 e 1505. Segundo a lenda, neste altar está guardado uma gota do sangue de Cristo.

Entrada: €2.

Aberta: abril-outubro, entre 09-17h15; dezembro, entre 10-16h45; novembro, janeiro-março, entre 10-12h e 14-16h.

Klostergasse, 15.

Franziskanerkirche

Também conhecida como St. Marien, esta é a mais antiga igreja da cidade, tendo sido construída em 1309. Fazendo a visita, não deixe de observar os modernos vitrais de Johannes Schreiter.

Horário: março-dezembro, entre 10-12h e 14-16h. Fechada em janeiro e fevereiro.

Missa: aos domingos, entre 11-11h30; no verão, na 5ª-feira às 18h15: leitura e música.

Acontecem frequentemente concertos gratuitos de órgão e coral.

Fica na Herrengasse.

Seguindo para a borda da cidade que dá para o Rio Tauber, e de onde se tem lindas vistas, chega-se ao Burggarten e Alte Burg (6).

 

Burg Tor e Burggarten

Numa das pontas da cidade fica, hoje, um belo jardim, de onde se tem lindas vistas das áreas ao redor de Rothenburg. Na Idade Média ficava aqui o castelo da família Hohenstaufen, e que foi destruído num terremoto que aconteceu na cidade em 1356.

Este é um lugar de parada obrigatória e onde você vai tirar muitas fotos. A vista daqui é realmente bonita!

Faça a caminhada por fora dos muros, na encosta da cidade, para seguir até o Burg Tor. Caso este não seja seu interesse, siga por dentro da cidade, passando pelo Reichsstadtmuseum (12).

 

Reichsstadtmuseum

Este é o museu que conta a história desta linda cidade. Ele fica no prédio que era um antigo mosteiro dominicano e conta com mais de 2500 m² de área de exposição. O acervo abrange oito séculos de história, com coleções da associação Alt-Rothenburg, de igrejas e empréstimos privados. As obras apresentadas são pinturas, esculturas, artesanatos e muito mais.

Aberto: abril-outubro, entre 10-17h e novembro-março, entre 13-16h.

Entrada: adultos €4,50, família €10, crianças até 6 anos não pagam.

Permissão para fotografar: €3.

Klosterhof, 5.

Rothenburg ob der Tauber vista

Dali, sigam em direção ao norte do centro da cidade antiga para passar pela Weisser Turm (11).

 

Weisser Turm

A Torre Branca (weisser Turm) é também chamada de “arco da forca”, e deve-se imaginar o porquê do nome… Ela foi construída no final do século XII como parte da antiga muralha interna da cidade. Foi incendiada em 1945, e reconstruída tal como era e apresenta 33,5 metros de altura.

Rothenburg ob der Tauber Rödertor1

Dica!

A famosa feira de natal da cidade, a Weihnachtsmarkt Rothenburg ob der Tauber, tem um nome, e se chama Reiterlesmarkt. E vai acontecer este ano de 2019 entre 29.11.19 – 23.12.19.

O mercado de Natal funciona de 2ª – 5ª-feira, entre 11-19h. Já de 6ª-feira a domingo, funciona entre 11-20h.

Não perca se estiver pela região!

 

Dica Gourmet

Na cidade, não deixe de saborear uma das Schneebälle. Esta delícia é uma bolota de massa frita coberta com chocolate, nozes ou açúcar. A delícia é vendida somente na cidade, e com certeza vocês verão elas nas vitrines nas confeitarias da cidade. Super recomendo!

 

Rothenburg Tourismus Service-Tourist Office

O escritório de turismo da cidade pode ajudar na reserva de hotéis, compra de tíquetes, visitas guiadas, livros, mapas e todo tipo de informação.

Marktplatz, 91541 Rothenburg ob der Tauber.

Tel: +49-9861-404-800.

info@rothenburg.de

Rothenburg ob der Tauber Marien-Apotheke

Estacionamento em Rothenburg

A parte antiga da cidade tem proibição de tráfego diário. Ou seja, entre 11-16h e 19-06h nenhum carro pode circular sem permissão por esta área. Somente quem tem reserva confirmada nos hotéis desta região da cidade tem chegada livre.

Portanto, o indicado é seguir as placas de estacionamentos pagos próximos aos muros da cidade. Desta forma você evita multas e contratempos, e estaciona ao lado do centro.

Estacionamentos:

P1 – Am Friedrich-Hörner-Weg (Permitido para ônibus, caminhão e carro).

P2 – Nördlinger Straße (Permitido para ônibus, carro e trailer).

P3 – Schweinsdorfer Straße (Permitido para ônibus, caminhão, carro e trailer).

P4 – Am Hornburgweg (somente carro).

P5 – Am Bezoldweg (somente carro).

Os parques de estacionamentos P1, P2, P3, P4 (porção norte) e P5 (trecho oeste) são pagos diariamente entre 08-18h. No parque P4 (trecho sul) e P5 (zona leste) são pagos aos sábados, domingos e feriados entre 08-18h.

Valores

Taxas para carros: uma hora custa €1. Cada hora adicional custa mais €1.

O bilhete de estacionamento diário custa €5.

Mapa dos estacionamentos na cidade (P azul):

Vale a pena comprar antecipadamente:


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório em vários países, como Cuba, Jordânia, e principalmente os países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e que precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!

11 Comentários
  1. val Diz

    ah…que saudade!
    cidade imperdivel, ponto alto da Rota!

    1. Carina Diz

      Concordo com vc, Val! 🙂
      Super beijo!

  2. […] VISITANDO A CIDADE MAIS FAMOSA DA ROTA ROMÂNTICA: ROTHENBURG OB DER TAUBER […]

  3. […] da famosa loja de artigos de natal Käthe Wohlfahrt, que apesar de não ser grande como a matriz em Rothenburg ob der Tauber, tem coisas lindas e merece uma […]

  4. antonio cerqueira Diz

    em que hotel ficar? qual melhor localização?

  5. LUCIANA DE SOUZA NUNES Diz

    OI Carina tudo bem? Eu adoro o teu blog e sempre confiro tuas dicas e teus belos textos…

    Inclusive para montar o nosso roteiro, usei muitas, mas muitas das tuas dicas…
    Posso te perguntar algo?

    Eu e meu marido estamos indo para a Alemanha em outubro/2016. Entraremos por Frankfurt, ficaremos aí 02 dias; depois reservamos um carro e vamos conhecer a Rota Romântica… com 1 pernoite em Wurzburg; 03 pernoites em Rothenburg ob der Tauber; 03 em Fussen; depois vamos a Berchestgaden;;;
    Depois Hallstatt na Áustria(02 pernoites) e finalmente vamos a Munique(04 pernoites)…retorno ao Brasil; ao todo ficaremos 17 dias(sem contar a chegada e saída).

    Carina nós nunca dirigimos na Europa, e pensando na Alemanha, ai que medo por causa do idioma:
    então(falo inglês):

    *é fácil dirigir aí na Alemanha… certamente as placas estão em alemão..
    * a questão do GPS- me disseram que geralmente não tem em português; então estou pensando em usar o google maps do celular(vou contratar um plano de dados);
    * alugamos o carro com a Rentalcars
    * vi no teu post que por exemplo em Rothenburg, só pode chegar, transitar com o carro pelo centro histórico quem tem reserva confirmada nos hoteis; pois é: nós temos: reservamos aquele hotel bem no lado da Torre Markusturm- Romantik Hotel Markusturm…
    * desculpe: só mais uma: outubro muito frio? vamos dia 07/10 e voltamos dia 26/10

    Obrigada

    Beijo Lu

    1. Carina Diz

      Olá, Luciana!

      Que legal! Fico muito feliz em poder ajudar. 🙂

      Vamos a tuas dúvidas:

      *é fácil dirigir aí na Alemanha… certamente as placas estão em alemão..
      Sim, é fácil, não se preocupe. Sei que nós brasileiros não falantes da língua alemã não estamos familiarizados com as palavras e nomes das cidades, mas não é nada que vcs não se acostumem rápido.

      * a questão do GPS- me disseram que geralmente não tem em português; então estou pensando em usar o google maps do celular (vou contratar um plano de dados);
      Alguns GPSs tem sim português de Portugal, mas não dá pra contar com isto. Mas inglês tem com certeza.

      * vi no teu post que por exemplo em Rothenburg, só pode chegar, transitar com o carro pelo centro histórico quem tem reserva confirmada nos hoteis; pois é: nós temos: reservamos aquele hotel bem no lado da Torre Markusturm- Romantik Hotel Markusturm…
      Então não se preocupe. 😉

      * desculpe: só mais uma: outubro muito frio? vamos dia 07/10 e voltamos dia 26/10.
      Difícil prever a temperatura. Mas não é o frio do inverno ainda. Nada de gorro, luvas, casacos pesados e neve. Seria um inverno do sul do Brasil.

      Aproveitem muito a viagem de vcs!!

  6. LUCIANA DE SOUZA NUNES Diz

    OI Carina

    Muito obrigada

    Bjo
    Lu

  7. Cynthia Castilhano Diz

    Muito bom seu blog, parabéns! Ainda tenho uma dúvida… há que tipo de controle no acesso dos carros para quem tem reserva no centro? A quem iremos nos reportar para ter acesso?

    1. Carina Diz

      Não existe controle nenhum, Cynthia. O que não tem são lugares para parar dentro da cidade. Então você tem de seguir direto para o hotel.
      Diferente das cidades históricas italianas, os centros da cidades alemãs não é fechado por barreiras eletrônicas ou por multadores eletrônicos. Basta vc seguir direto ao estacionamento do teu hotel. 😉
      Boa viagem!

Comente Aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.