Página Principal Destinos Cidade do Panamá – O que fazer e sugestão de roteiro (2 dias)

Cidade do Panamá – O que fazer e sugestão de roteiro (2 dias)

por Mirella Matthiesen

Muitos viajantes a caminho para o Caribe ou América do Norte vão se deparar com o Panamá como uma boa opção de conexão, já que a Copa Airlines muitas vezes promove ótimos descontos nas passagens aéreas. Foi exatamente dessa maneira que a Cidade do Panamá entrou no meu roteiro, quando estava buscando por opções de vôo de São Paulo a Toronto.

Quem está com o orçamento apertado, de repente essa paradinha de 2 dias na Cidade do Panamá acaba não valendo a pena financeiramente, mesmo com o preço da passagem aérea com desconto. Mas quem puder, acredito que a oportunidade de conhecer o Panamá bem interessante. Eu pelo menos, curti muito.

Skyline da Cidade do Panamá
Skyline da Cidade do Panamá

O que fazer na Cidade do Panamá

Confesso que estava com a expectativa bem baixa sobre as coisas para fazer na Cidade do Panamá, talvez, tinha uma falsa impressão de que ela fosse ser como outras capitais da América Central: mal cuidada, violenta e sem infraestrutura. Porém, me passaram a perna (risos), a cidade se parece com uma mini-Miami, mas com um toque latino mais autêntico e com mais história para contar.

A Cidade do Panamá é bem conhecida pelo Canal do Panamá, a eclusa gigante que liga os oceanos pacífico e atlântico, e uma visita deve ser obrigatório, pois é realmente muito interessante. Mas sua localização estratégica já era conhecida bem antes do canal ser inaugurado, inclusive, Simon Bolivar, em 1824 disse o seguinte:

“… se o mundo tivesse que eleger uma cidade para sua capital, o istmo do Panamá, seria nomeado para esse augusto destino, colocado como está no centro do globo, olhando de um lado a Asia e do outro a Africa e a Europa.”

Compre seu ingresso para o Ônibus Hop-On Hop-Off em Panamá City aqui!

Canal do Panamá
Famoso canal do panamá

Casco Antiguo, Cidade do Panamá
Praça Bolívar no Casco Antiguo

Chip de Internet para o Panamá!

Use nosso cupom: VIAJOTECA e garanta 15% de desconto na compra do seu chip de internet 4G com “O Meu Chip“! Super promoção!


 Roteiro de 2 dias na Cidade do Panamá

Abaixo deixo o roteiro rapidinho que fizemos na Cidade do Panamá:

Dia 1:

  • Chegada e translado para o Trump Hotel (atual JW Panama).
  • Passeio overview pela cidade com motorista, passamos pelo: Panamá Viejo, Cerro Áncon, Calz de Amador e Casco Antigo.
  • A noite jantamos no Casco Antigo e contratamos um taxi diretamente no hotel  
  • DICA: Contratamos o serviço do Riolando para o city tour e recomendamos muito, ele é brasileiro. Contato: Riolando Fajardo – (507) 6578-4858 – riolando.fajardo@yahoo.com

Dia 2:

  • Alugamos um carro e fomos conhecer o Canal do Panamá
  • Voltamos ao Casco Antigo para curtir o final de tarde.
  • Jantar no restaurante do hotel com vista para o mar. 🙂

Caso preferir conhecer o Canal do Panamá de excursão, que também é uma ótima opção, veja abaixo os tours mais recomendados:

Dia 3:

  • Curtimos a piscina do hotel
  • Fomos conhecer rapidinho o Multiplaza Pacific Mall
  • Devolvemos o carro e pegamos taxi para o aeroporto.

Sobre nosso Roteiro na Cidade do Panamá

  • Fizemos tudo com muita calma e voltamos a lugares que gostamos.
  • Alugar o carro foi ótimo, mas nos perdemos mesmo com GPS.
  • Sim, o trânsito está cada dia mais infernal e tem obras por toda a cidade.
  • Tem gente que faz quase tudo isso que fizemos em apenas 8 horas na cidade (tempo de conexão grande, é possível, mas vá com o Riolando ou com algum outro motorista para não perder tempo)
  • Não nos interessamos em ir aos shoppings da cidade e fazer compras, mas quem quiser, recomendo visitar o Multiplaza para ver um shopping bonito, o Albrook Mall para melhores barganhas (mas fica distante da zona hoteleira e aeroporto) e o Metromall para quem procura algo perto do aeroporto e com shuttle gratuito.
Cals de Amador
Vai um drink aí? Nós no Cals de Amador relaxando 😉
Desconto Seguro Viagem

História do Panamá

Panamá foi fundada em 1519 e renasceu para o mundo há pouco mais de 20 anos

Devido a sua localização estratégica, Panamá sempre viveu momentos conturbados. Desde sua fundação, em 1519, já sofreu muitos ataques piratas, incluindo a legendária tomada da Cidade do Panamá pelo grupo de Henry Morgan, patrocinado pelo coroa britânica, até e seu real renascimento, em 31 de dezembro de 1999, o dia que o Canal do Panamá foi devolvido aos panamenhos.

Desde que o canal foi inaugurado, o Panamá viveu 100 anos sem sua principal fonte econômica. Imagina viver marginalizado as margens de uma eclusa que jorrava dinheiro para os cofres de outro país!!!

Eu sei, essa visão é um pouco socialista e revolucionaria da minha parte, mas foi isso que senti olhando tudo aquilo ao meu redor. Agora você me pergunta, mas estavam errados os Estados Unidos em ficar com todo lucro? Claro que não, eles construíram o canal, deixando pra trás os franceses que tentaram e se deram mal, porque deixariam tudo aquilo de graça para o Panamá, certo?

Na minha opinião, os governantes panamenhos que fizeram as negociações é que deveriam ter feito um contrato melhor, ficando com pelo menos uma porcentagem do lucro… mas infelizmente, o povo paga por isso, e no final, depois de 100 anos penando, tudo está voltando a floresecer. Só espero que eles aproveitem essa oportunidade para desenhar, moldar e construir um país de excelência, evitando corrupções tão inerentes aos povos latinos americanos.

Apesar de ser tranquilo e de certa forma seguro viajar para o Panamá, a Cidade do Panamá não é uma mar de rosas, turistas devem estar atentos para não serem roubados, mas longe de ser aquela loucura que se transformou as principais capitais brasileiras.

Minha dica é estar sempre com o sentido de aranha ligado! Não faz mal a ninguém, em qualquer lugar do mundo!

Ruínas do Panama Viejo
Eu e o Kiko nas ruinas do Panama Viejo… Viajar é bom demais, né? 🙂

Crescimento da Cidade do Panamá – breve relato

– Em 1997 tinha cerca de 1.400 quartos de hoteis no Panamá, hoje são mais de 15.000 e outros tantos sendo construiíos conforme eu escrevo esse texto.
– Enquanto o mundo estava em recessão em 2008, o Panamá cresceu cerca de 50%!
– Está sendo investido $5.25 bilhões para expansão do canal do Panamá.
– Em 1999 apenas 547.000 turistas visitaram o país, em 2011 foram mais de 1.4 milhões. Sem contar os americanos e canadenses que estão indo para lá se aposentar…

Enfim, os números e as construções não mentem… A Cidade do Panamá está a pleno vapor, me lembrou um pouco Doha (no Qatar) em menor proporção. É incrível ver uma cidade e/ou um país se construindo, pois a gente pode pensar em voltar daqui 3 ou 5 anos e saberá que verá uma outra realidade!!! Muito legal.

O skyline da cidade está sendo construído e ficando lindo (primeira foto desse post), as ruínas do Panama Viejo estão sendo preservadas e o charmoso Casco Antiguo está cada dia mais boêmio e delicioso de se passear de dia e/ou de noite…

Enfim, a mistura do novo e do velho está ficando boa, só a estrada que estão fazendo ao redor do Casco Antiguo que eu não gostei!

Casco Antiguo, Cidade do Panamá
Belíssima vista do Casco Antiguo desde o Cerro Ancón…
Cortiço Cidade do Panamá
Claro que nem todos estão contentes com a restauração do Casco Antiguo,
muitos estão sendo desalojados, e os antigos cortiços estão dando espaço aos hoteis boutiques, restaurantes sensacionais, lojas , cafes etc…

Onde ficar na Cidade do Panamá

Na minha opinião, 3 regiões devem entrar no seu radar quando falamos onde ficar na Cidade do Panamá: Punta Pacifica, Cinta Costera e Casco Antiguo.

Algo que me deixou contente na Cidade do Panamá foram os preços dos hoteis, bem acessíveis. Um hotel que nas grandes metrópoles custa de US$300-400+, lá você consegue por menos da metade (procure por essas promoções).

Então, aproveitei essa oportunidade para me hospedar num 5 estrelas de primeiríssima, o Trump Ocean Club (atual JW Marriott), na Punta Pacifica.

Punta Pacifica

Depois de muito pesquisar, esse foi o lugar que escolhi para nos hospedarmos na Cidade do Panamá. O legal do bairro Punta Pacifica é que ele se localiza em uma área nobre da cidade, num bairro residencial novíssimo (com prédios enormes e modernos) e do ladinho do shopping Multiplaza, o mais bonito da cidade.

O ponto negativo é que como a Cidade do Panamá está em construção, o trânsito fica atrapalhado para entrar e sair de lá. Nessa região também se localiza o Hard Rock Hotel.

Mas pra ser sincera, hoje, eu escolheria ficar no Casco Viejo!

Cinta Costera

Como havia dito no post anterior, a Cidade do Panamá me impressionou bastante (positivamente, é claro!) e a Cinta Costeira me deixou com os olhinhos brilhando. Essa região que fica a beira-mar e tem um calçadão todo novinho, está recheada de hotéis de rede ao longo da Avenida Balboa, como por exemplo, o Hilton, o Intercontinental, o Le Meridian etc.  Achei também interessante a localização que fica mais pertinho do Casco Viejo. Tenha em mente o hotel Intercontinental Miramar para se localizar.

Porque eu não fiquei lá: pra ser sincera, nem sabia da existência da Cinta Costeira, muito menos que era uma região bonita e que tinha uma infra-estrutura legalzinha a beira-mar (especialmente para quem gosta de correr), do contrário, teria olhado com mais carinho, já que tem vários hotéis novinhos a disposição.

Casco Antiguo ou Casco Viejo

Na minha opinião Casco Viejo o bairro mais charmoso da Cidade do Panamá.

Ideal para quem gosta de hotéis boutiques, vida boêmia, restaurantes e bairro histórico. Em 2003, ele foi designado patrimônio histórico da humanidade pela UNESCO. Sua construção começou em 1671, depois da destruição do Panama Viejo, que hoje só restou as ruínas.

Sua arquitetura reflete um pouco da diversidade cultural do Panamá e ao caminhar pelas ruas, parece que você voltou no tempo, sabe aquela sensação de Ouro Preto e Paraty? Pois é, o lugar é uma graça e está passando por restaurações em todos os aspectos: ruas, casarões e afins…

Mas vale lembrar, que ao mesmo tempo que existem os casarões todos restaurados e lindos, ainda há os cortiços que antigamente dominavam todo o bairro.

Porque eu não fiquei lá: primeiro, devido ao barulho de construção, pois dependendo do hotel que eu escolhesse, sabia que ia ficar ouvindo o tum-tum-tum o dia inteiro e isso iria me irritar demais. E em segundo, porque fiquei encanada com a proximidade dos tais cortiços.

Mas veja bem, ADORAMOS o Casco Antiguo e foi o lugar que mais passeamos e gastamos tempo durante toda nossa visita ao Panamá, simplesmente resolvi deixar para outra oportunidade. E com certeza, quando voltar, vou tentar ficar no Las Clementinas ou no La Concordia.

Casco Viejo

Conclusão sobre a Cidade do Panamá

Deu para perceber que eu adorei essa viagem, não é mesmo? Quero tentar voltar para o Panamá para conhecer um pouco mais do país incluindo as praias e rever o bairro Casco Viejo!

Aproveite e veja as dicas para visitar o Canal do Panamá, a principal atração turística do país.

E você se animou? 🙂

Organize sua viagem com nossos parceiros:

Todas as Viagens - Botão Seguro Viagem

 

Botão Chip de Celular
Todas as Viagens - Botão Passagem aérea

 

Botão Hoteis

Todas as Viagens - Botão Aluguel de carro

 

Botão Ingresso

8 comentários

Onde se hospedar na Cidade do Panamá - Viajoteca - Blog de ViagensViajoteca – Blog de Viagens 18 de novembro de 2014 - 06:47

[…] de uma introdução sobre o Panamá, chegou a hora de dar algumas dicas de onde se hospedar na Cidade do Panamá… e na minha […]

Responder
Como conhecer o Canal do PanamáViajoteca – Blog de Viagens 20 de novembro de 2014 - 15:41

[…] Parte do Canal do Panamá visto desde o Cerro Ancon! Muito legal esse mirante pois além do canal em si, dá para ver a sede administrativa, containers etc… Leia Dicas Gerais da Cidade do Panamá. […]

Responder
André Santos 15 de novembro de 2015 - 00:44

Cidade acolhedora. Shoppings bem localizados, preços convidativos, fácil locomoção pelos pontos turísticos. Comida bem temperada e saborosa. A atenção do Maurício da Conexão Panamá, que fez o transfer aeroporto/hotel/aeroporto e Citytour pela cidade (RECOMENDO). Segurança

Responder
Mirella Matthiesen 15 de novembro de 2015 - 17:50

OI André,
Obrigada pela recomendação do transfer… muito bom saber!!!
Valeu!

Responder
Marcia 18 de dezembro de 2015 - 15:02

Mirella, tdo bem? Te pediram certificado internacional de vacina no Panamá? Provavelmente compre uma passagem que tenha este país como conexão. Outra pergunta: Meu destino é o Canadá, ficarei um tempo por lá. Não sei se é melhor tentar ainda o visto americano de turista daqui do Brasil (há vòos bem mais em conta com escala nos usa) ou se posso desde o Canadá solicitá-lo (pq estando em Toronto gostaria de dar umas escapulidas de vez em quando a terra do TIo Sam. O que me recomenda?

Responder
Mirella Matthiesen 22 de dezembro de 2015 - 20:45

Oi MArcia,
Pra ser bem sincera, não me lembro se me pediram o certificado internacional de vacina quando cheguei no Panamá, mas como sempre viajo com as minhas em dia, creio que isso não seria problema…
Sobre o visto americano, é bem mais fácil pedir o visto desde o Brasil, então, se eu fosse você, pediria daí mesmo 🙂
Ajudei?
Abs

Responder
Layla Jalil Santos 21 de agosto de 2017 - 13:34

Olá, recomendo fazer um tour pela Cidade do Panamá que é linda, se ficar mais que 5hs em conexão já vale a pena.
Deixo o contato do excelente guia Fernando Cortez, celular: 507-6948-3890. É panamenho porém fala perfeitamente português e é muito atencioso.
Não esqueça de tomar a vacina da febre amarela, senão não deixam entrar no país.

Responder
Mirella Matthiesen 25 de agosto de 2017 - 18:02

Obrigada pela indicação do motorista 🙂

Responder

Fale com a gente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Viajoteca usa cookies para tudo funcionar direitinho no seu browser, tudo bem? Aceito Leia mais

Privacidade & Cookies