Dicas de Viagem

25 Dicas do que fazer em Toronto (parte 2)

12

Indo pra Toronto e procurando por dicas do que fazer por lá? Separamos 25 atrações imperdíveis para você aproveitar e sair pra curtir a cidade  …

Pra quem gostou das primeiras 13 dicas do que fazer em Toronto, aposto que vai curtir o restante…

Seguro viagem geral 728x90

Chinatown em Toronto14. Vá fazer compras em Chinatown

Caminhar pela Chinatown é uma experiência incrível, muita gente na rua a todo hora do dia, boas barganhas e mercadinhos até dizer chega. Muitos restaurantes servindo dumpling, comida chinesa, vietnamita e coreana, e as lojas vendem roupas, coisas para casa e eletronicos baratinhos.

Pitaco da Mirella: Chinatown é realmente legal. Plaiter Place (384 Spadina Ave) é minha lojinha favorita e a Tap Phong Trading (360 Spadina Ave) me deixa doidinha para querer comprar várias coisas pra cozinha! Aliás, Chinatown na minha opinião, é o melhor lugar para comprar os souvenir, mas não compre na primeira loja, verifique os preços antes de fechar negócio e sempre compare se na Dollarama (que também tem uma loja em Chinatown na esquina da Spadina x Adelaide) tem algo mais barato – A loja que sempre compro meus souvenirs chama-se Royal Canadian Gifts – 229 Spadina Ave 😉 

Souvernirs em Toronto
Minha loja favorita para comprar souvenirs.

15. Tome um café em Kensington Market

Esse artístico e eclético bairro é o lugar para ver e ser visto… além de ser excelente para sentar e tomar um café. Experimente Moonbean ou I Deal Coffee.

Pitaco da Mirella: Esse bairro é algo surreal, quase nem parece que se está em Toronto… um dos locais favoritos de estudantes e pessoas que procuram por algo mais alternativo! Particularmente, adoro os grafites de ruas, tem uma loja de queijo de tirar o chapeu, não deixei de visitar as lojas de roupa e brechós da Kensington Avenue, a lojinha de presentes “Blue Banana Market“, o carro jardim e comer um churros na Pancho’s Bakery… ah… e o melhor café da cidade, segundo do Kiko (marido) fica no Jimmy’s Coffee (que tem uma loja em King West e outra em Kensigton Market)

Ps: tem um walking tour que fiz com minha mãe pela Chinatown e Kensington Market que talvez te ajude nessa tarefa.

Souvernirs em Toronto
Jimmy’s Coffee em Kensigton Market, só quando está frio que você consegue o patio só pra você 🙂

17. Durante o verão, coma milho verde na calçada da Little India

Verão na Gerrad St. India Bazaar é uma roda viva de cheiro e cores, e muitos restaurantes colocam sua “cozinha” do lado de fora para servir milho assado, que você pode incrementar com diferentes tipos de especiarias…

Pitaco da Mirella: Taí um lugar que não conheço, mas como não curto uma comida indiana, acabo não me aventurando por aqueles lados! Mas milho verde assado na churrasqueira é bem gostoso lá ou em qualquer lugar do Canadá, e o pessoal adora fazer isso no verão, vale reparar que o milho daqui é docinho quando comparado ao do brasil 🙂 … Amo!

16. Apaixone-se pelas vitrines de Yorkville

As vezes é melhor nem se atrever a verificar os preços das etiquetas das lojas de Yorkville, mas mesmo assim é muito bacana entrar nas lojas e sonhar!

Pitaco da Mirella: Yorkville é tudo de bom… Imperdível a interseccão da Cumberland St x Bellair St e as lojas da Bloor St (lógico!). Muitos restaurantes, lojinhas e afins… no verão eu adoro ir no patio do Bedford Academy (do outro lado da Avenue Rd… no bairro Annex). Yorkville é bonita, chique e o lugar mais trendy de Toronto!

Vitrines de Natal
Vitrines de Natal da Bloor St, quando elas ficam assim, não adianta mais querer fugir do inverno!!! 😉

18. Ande de trenzinho no meio do High Park

O verão no High Park é mágico e não seria completo sem um passeio de trem. O trem (sem trilho) sai a cada 25 minutos e vai passando pelos 399 acres do parque (C$4,5).

Pitaco da Mirella: Nunca fiz esse passeio de trem (talvez seja interessante para as crianças), mas eu sei que a época das cerejeiras no High Park é de encher os olhos e no Outono o visual também não fica pra trás! 

High Park em Toronto
Estudantes de intercâmbio, curtindo o High Park em Toronto

19. Caminhe por todo PATH

O PATH é o maior complexo de shopping subterrâneo do mundo, conectando Toronto downtown e os distritos financeiros. Há 27km de lojas, restaurantes e lugares para passar, e se você se perder nos tunels (e você irá se perder), há mapas e setas em todo lugar para te ajudar a encontrar seu caminho. Vale a pena o passeio.

Pitaco da Mirella: Se perder no PATH é algo que também vai acontecer com você, eu sempre me perco (risos)… Minha dica é tentar se localizar pelo nome dos prédios ou estações do metrô que você quer ir… Eu acho o path um charme e quem dera se todo tatu tivesse ruas assim para caminhar no inverno 🙂  … Outra dica; tem vários restaurantes e lojas pra ver no Path, como um shopping center, aos finais de semana fica meio morto e quase tudo fecha, o legal é passear durante a semana no horário de trabalho (entre 8h e 18h).

Rua subterrânea de Toronto
PATH, as ruas subterrâneas de Toronto!

20. Confira uma banda local!

Como a maior cidade do Canadá, músicos de todo país mudam-se para Toronto a procura de uma grande oportunidade. Bares como Cameron House e Dakota Tavern apresentam shows todas as noites, e você pode verificar no Live Music Chart do Toronto.com o que está acontecendo pela cidade na semana.

Pitaco da Mirella: Meu programa favorito no Brasil era ir atrás de bandas de MPB que tocavam nos bares de São Carlos… então sem dúvida, esse é um programão.  Eu já experimentei o Rex  [194 Queen St W] e o Gate 404 [403 Roncesvalles Ave] e uma amiga já falou muito bem do Dakota Tavern (preciso lembrar de ir também).

21. Experimente mel no Mercado St. Lawrence

Com filas de fornecedores e produtos únicos, St. Lawrence Market é uma aventura por si só. Se você busca por açucar, vá verificar o Honey World no andar de baixo do prédio. Você pode provar dezenas de deliciosos mels como mel de lavanda, mel da Nova Zelândia, e mel Manuka, e você definitivamente deixará o local docinho…

Pitaco da Mirella: Eu e o Kiko gostamos do St. Lawrence para almoçar um sanduiche gostoso em um dos vários balcões do mercado (andar debaixo) e comer o melhor pastel de belém da cidade acompanhado de um cafezinho… divino! Você também pode provar mel como a autora sugeriu… mas tem tanta coisa boa, que vai ser difícil ficar só no melzinho!!!!

St. Lawrence Market
Entrada do St. Lawrence Market em Toronto

22. Faça um tour pelo prédio da CBC

A Canadian Broadcast Centre (CBC), que possui um prédio emblemátio em Toronto, é a casa de vários programas de TV reverenciados pelos Canadenses. Turistas podem visitar tanto o prédio quanto o museu para conhecer um pouco sobre a história da televisão no Canadá, ou até pegar um show do famoso The Hour com o George Stroumboulopoulos.

Pitaco da Mirella: Esse é bem programa para quem mora no Canadá e não para turistas internacionais, certo? A CBC é a Rede Globo daqui, uma versão menos sensacionalista e mais BBC, vamos dizer assim. O museu é bem pequeno, mas está lá e é de graça!… Para quem gosta de show de entrevistas, pode pedir com antecedência para participar do The Hour, o melhor programa desse tipo aqui no Canadá, de repente pode ser uma atração diferente para quem é de fora e entende bem inglês. As vezes vai gente mega famosa ser entrevistada pelo ecêntrico George Stroumboulopoulos, eu adoro! Eu também doi dicas no Mikix de como participar de um programa de TV em Toronto.

23. Como Souvlaki na Danforth

Uma visita ao bairro grego de Toronto não poderia ser completo sem a degustação dos famosos souvlakis. A cada duas casas você encontrará um restaurante de souvlaki, mas um dos points recomendados é o Messini’s Authentic Gyros.

Pitaco da Mirella: O bairro grego da Danforth é realmente bem legal, sempre que a gente se anima ir até lá, a surpresa é boa! Eu gostava do restaurante Cristina’s, mas agora meu favorito é o Pan on Danforth [516 Danforth Ave] e nunca deixo de pedir um Saganaki, aquele queijo flambado na hora… uhn… muitcho bom! Opaaaa!

Bairro Grego em Toronto
Queijo grego flambado em Toronto

24. Jante na Little Italy

A Little Italy de Toronto é conhecida por sua famosa seleção de restaurantes, Italianos ou não.

Pitaco da Mirella: Ainda estou para descobri um bom restaurante italiano na Little Italy, por enquanto meu favorito que não fica na Little Italy, é o Mistura (na Daveport Rd – entre Yorkville e Rosedalle), outra opção é o Buona Notte e o Gusto 101 na região da King West. Para pizza vou para Leslieville no restaurante Queen Margherita [1402 Queen St E #8] ou no Piola [1165 Queen St W].

25. Leia no jardim da Casa Loma

O castelo de Toronto localizado no topo da colina denomina-se Casa Loma, e é um lugar bem romantico para se passar uma tarde. Apesar do tour pelo interior do prédio valer a pena, uma visita nos jardins durante o verão também é imperdível. O jardim é aberto das 9.30am as 4pm e há muitos bancos e lugares onde você pode sentar, abrir um liro e relaxar sob a sombra de uma árvore.

Pitaco da Mirella: O Jardim da Casa Loma é pago e faz parte do ticket de entrada para o castelo e durante os meses de inverno, o jardim fica fechado. Vale lembrar que esse “castelo” é a escola do Professor Xavier no filme X-Man, para quem gosta. A região da Casa Loma é super especial e com certeza é fácil encontrar uma sombrinha sem precisar pagar nada na pracinha ao lado ou no parque há 2 quarteirões dali :)… ou vá para a Toronto Island!

Vai para Toronto com crianças? Leia esse post aqui, 11 atrações para a molecada.


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


12 Comentários
  1. […] 25 Dicas do que fazer em Toronto (parte 2) […]

  2. Juliana Diz

    Bom dia Mirela, você conhece algum tour guiado em português em Toronto?
    Muito obrigada, Juliana

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Juliana, Tudo bem?
      Tenta a http://www.incentours.com/, do contrário, se quiser guia particular, eu conheço a Maris Estela que mora em Toronto … qualquer coisa me avisa que passo os dados dela pra você por e-mail.
      Abs

  3. […] Leia também: 25 Dicas do que fazer em Toronto (parte 2) […]

  4. Mariane Oliveira Diz

    Sou super fá do bairro da Kensington Market e ir lá e não visitar a Blue Banana Market e não comer um churros no Pancho’s é como se não tivesse vitado o lugar… 🙂

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Bom saber que mais uma pessoa concorda comigo 🙂 🙂 😉
      Abs e obrigada pela visita!

  5. Bernardo Diz

    Olá Mirella! Tudo bem?

    Não encontrei no site da Casa Loma a informação sobre a visita gratuita aos jardins. Você poderia me dizer onde encontrou? Obrigado, suas dicas e comentários complementares são muito úteis.

    Abs!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Bernardo,
      Tudo bem?
      Eles cancelaram essa visita gratuita aos jardins esse ano. Acabei de alterar as informações no post.
      Obrigada pelo comentário 🙂
      Agora tem que pagar para poder ir … triste, né?
      Abs

      1. Bernardo Diz

        Pois é, uma pena… valeria uma boa economia. Mas obrigado pelas informações! O blog é ótimo! 🙂 Abs!

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Nem me fala … tudo que é de graça dura pouco 🙂
          Mas tem muitas outras coisas legais em Toronto para curtir de graça!
          Abs

  6. Toronto - Mikix Intercâmbio

    […] O que fazer em Toronto (parte II) […]

Comente Aqui