25 Dicas do que fazer em Toronto (parte 2)

13

Continuando nossas dicas 25 dicas sobre o que fazer em Toronto, vamos descobrir mais bairros, lugares e opções pra lá de legar para curtir Toronto como se deve!!!

E como já falei algumas vezes aqui no blog, antes de arrumar as malas para o Canadá, não esqueça de adquirir um bom seguro viagem para viajar tranquilo! Use nosso link para garantir até 10% de desconto, se tiver dúvida sobre qual plano adquirir, fale com a gente ou use um dos atendentes do Seguros Promo, nós também compramos com eles e recomendamos!

Berczy Park, Toronto
Berczy Park, Toronto

 

25 Dicas do que fazer em Toronto (parte 2) 

 

14. Vá fazer compras em Chinatown

Caminhar pela Chinatown é uma experiência incrível; muita gente na rua a todo hora do dia, boas barganhas e mercadinhos até dizer chega.

Se você gosta de comida asiática, lá você vai encontrar várias opções servindo dumplings, comida chinesa, vietnamita e coreana. As lojas vendem roupas, coisas para casa e eletrônicos baratinhos (se certifique da procedência).

Na minha opinião, Chinatown é o melhor lugar para comprar os souvenir em Toronto, mas não compre na primeira loja, verifique os preços antes de fechar negócio e sempre compare se na Dollarama (que também tem uma loja em Chinatown na esquina da Spadina x Adelaide) tem algo mais barato – A loja que sempre compro meus souvenirs chama-se Royal Canadian Gifts – 229 Spadina Ave 😉

Chinatown em Toronto

15. Tome um café em Kensington Market

Um dos meus bairros favoritos em Toronto é o Kensington Market! Mas antes de ir é importante saber que ele não é um bairro convencional e nem quer ser. Vá esperando encontrar um estilo completamente de tudo que já viu em Toronto onde a criatividade e a espontaniedade falam maia alto.

Particularmente, eu adoro os grafites de ruas, as lojas de queijos e os cafés! Para quem gosta de Brechó, lá tem algumas opções para explorar. Não perca a lojinha de presentes “Blue Banana Market“, o carro jardim e comer um churros na Pancho’s Bakery.

17. Vá ver o grafitismo do Graffith Alley

Quer tirar fotos com um background super colorido? Vá conhecer o Graffith Alley. Aproveita a passadinha em Chinatown e Kensington Market para incluir esse pedaço também que fica ali pertinho.

Esse beco sujo já foi secreto, mas hoje é um dos pontos turísticos que vem crescendo absurdamente em Toronto. Já contei sobre esse lugar nesse post aqui.

16. Finja-se de rico em Yorkville

Se você não for rico, pode se fingir de granfino passeando e admirando as vitrines da Bloor St. E. no bairro de Yorkville.

Mas independente dele ser um bairro fru-fru, ele é imperdível. É lá que fica o ROM (Royal Ontario Museum) um dos melhores museus da cidade, a interseccão da Cumberland St x Bellair St é a coisa mais fofa do mundo e as lojas da Bloor St (lógico!) e há várias opções de bons restaurantes para se esbaldar.

Yorkville é bonita, chique e o lugar mais trendy de Toronto!

Yorkville em Toronto
Yorkville

18. Conheça o High Park

O High Park é o “central park” de Toronto, uma área verde do lado oeste da cidade que os locais adoram! Lá tem atividades durante toda época do ano, e a criançada adora o mini zoológico (gratuito) que tem por lá.

Minha época favorita de curtir esse parque é durante o desabrochar das cerejeiras em abril/maio e no outono para ver as folhas coloridas!!!!

19. Caminhe por todo PATH

O PATH é o maior complexo de shopping subterrâneo do mundo, conectando o centro e o distrito financeiro de Toronto. Há mais de 30km de lojas, restaurantes e lugares para passar.

Se perder nesse caminho faz parte da brincadeira de conhecer o Path! Minha dica para tentar se localizar é seguir o nome dos prédios ou estações do metrô que você quer ir. Acho o path um charme e quem dera se todo tatu tivesse ruas assim para caminhar no inverno 🙂 .

A dica principal para conhecer o Path é ir durante os dias da semana em horário comercial, pois a noite e aos finais de semana praticamente tudo fica fechado e aquilo vira um breu!!!

20. Conheça alguns parques da cidade!

Na dica 18 eu falei sobre o High Park, certo? Que é o parque mais famoso da cidade. Mas Toronto tem várias áreas verdes que eu adoro passear, sentar num banco em ver o mundo passar!

Sabe aquele momento para relaxar e curtir a vida sem pressa? Pois é … eu adoro.

Mando abaixo meus quatro parques favoritos e espero que tenha a chance de conhecer pelo menos um deles:

  1. Toronto Music Garden (a beira do lago, mas um pouco mais tranquilo que o Harbourfront)

  2. Trinity Bellwoods park (tem até uma vista para a CN Tower… bem distante, mas tem!)
  3. Don Valley Brick Works Park
  4. Sugar Beach Park

21. Explore o Mercado St. Lawrence

Para quem gosta de visitar mercados, o St. Lawrence Market é uma aventura por si só. Os dois andares desse prédio histórico de Toronto garante muita diversão para quem está com fome ou para quer quer só dar uma voltinha.

Um dos sanduiches mais famosos da cidade, o Peameal Bacon você encontra por lá na padaria Carossel. Veja mais detalhes desse lugar delicioso nesse post aqui. 

22. Conheça um museu diferente

Toronto tem vários museus interessantes e famosos para visitar como o ROM, AGO e o Casa Loma, mas se você se aventurar um pouquinho além, descobrirá museus interessantíssimos para viajar e aprender sobre temas diferentes do usual.

Dentre eles, meus favoritos são o Bata Shoe Museum, que conta a história dos sapatos no mundo, e o Aga Kahn Museum que é especializado na cultura islâmica.

23. Como Souvlaki na Danforth

Uma visita ao bairro grego de Toronto não poderia ser completo sem a degustação dos famosos souvlakis. A cada duas casas você encontrará um restaurante de souvlaki, mas um dos points recomendados é o Messini’s Authentic Gyros.

Pitaco da Mirella: O bairro grego da Danforth é realmente bem legal, sempre que a gente se anima ir até lá, a surpresa é boa! Eu gostava do restaurante Cristina’s, mas agora meu favorito é o Pan on Danforth [516 Danforth Ave] e nunca deixo de pedir um Saganaki, aquele queijo flambado na hora… uhn… muitcho bom! Opaaaa!

Bairro Grego em Toronto
Queijo grego flambado em Toronto

24. Jante na Little Italy

A Little Italy de Toronto é conhecida por sua famosa seleção de restaurantes, Italianos ou não.

Pitaco da Mirella: Ainda estou para descobri um bom restaurante italiano na Little Italy, por enquanto meu favorito que não fica na Little Italy, é o Mistura (na Daveport Rd – entre Yorkville e Rosedalle), outra opção é o Buona Notte e o Gusto 101 na região da King West. Para pizza vou para Leslieville no restaurante Queen Margherita [1402 Queen St E #8] ou no Piola [1165 Queen St W].

25. Leia no jardim da Casa Loma

O castelo de Toronto localizado no topo da colina denomina-se Casa Loma, e é um lugar bem romantico para se passar uma tarde. Apesar do tour pelo interior do prédio valer a pena, uma visita nos jardins durante o verão também é imperdível. O jardim é aberto das 9.30am as 4pm e há muitos bancos e lugares onde você pode sentar, abrir um liro e relaxar sob a sombra de uma árvore.

Pitaco da Mirella: O Jardim da Casa Loma é pago e faz parte do ticket de entrada para o castelo e durante os meses de inverno, o jardim fica fechado. Vale lembrar que esse “castelo” é a escola do Professor Xavier no filme X-Man, para quem gosta. A região da Casa Loma é super especial e com certeza é fácil encontrar uma sombrinha sem precisar pagar nada na pracinha ao lado ou no parque há 2 quarteirões dali :)… ou vá para a Toronto Island!

Vai para Toronto com crianças? Leia esse post aqui, 11 atrações para a molecada.


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


13 Comentários
  1. […] 25 Dicas do que fazer em Toronto (parte 2) […]

  2. Juliana Diz

    Bom dia Mirela, você conhece algum tour guiado em português em Toronto?
    Muito obrigada, Juliana

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Juliana, Tudo bem?
      Tenta a http://www.incentours.com/, do contrário, se quiser guia particular, eu conheço a Maris Estela que mora em Toronto … qualquer coisa me avisa que passo os dados dela pra você por e-mail.
      Abs

  3. […] Leia também: 25 Dicas do que fazer em Toronto (parte 2) […]

  4. Mariane Oliveira Diz

    Sou super fá do bairro da Kensington Market e ir lá e não visitar a Blue Banana Market e não comer um churros no Pancho’s é como se não tivesse vitado o lugar… 🙂

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Bom saber que mais uma pessoa concorda comigo 🙂 🙂 😉
      Abs e obrigada pela visita!

  5. Bernardo Diz

    Olá Mirella! Tudo bem?

    Não encontrei no site da Casa Loma a informação sobre a visita gratuita aos jardins. Você poderia me dizer onde encontrou? Obrigado, suas dicas e comentários complementares são muito úteis.

    Abs!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Bernardo,
      Tudo bem?
      Eles cancelaram essa visita gratuita aos jardins esse ano. Acabei de alterar as informações no post.
      Obrigada pelo comentário 🙂
      Agora tem que pagar para poder ir … triste, né?
      Abs

      1. Bernardo Diz

        Pois é, uma pena… valeria uma boa economia. Mas obrigado pelas informações! O blog é ótimo! 🙂 Abs!

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Nem me fala … tudo que é de graça dura pouco 🙂
          Mas tem muitas outras coisas legais em Toronto para curtir de graça!
          Abs

  6. […] O que fazer em Toronto (parte II) […]

  7. […] O que fazer em Toronto (parte II) […]

Comente Aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.