Posso entrar nos Estados Unidos com o eTA canada via terrestre

347

O novo visto canadense para brasileiros, eTa Canada, que na verdade é uma autorização de viagem, está facilitando demais a vida de quem tem planos de viajar para o Canadá. Mas a restrição da pessoa ter que entrar pela primeira vez no país via aérea, está deixando muita gente confusa sobre a possibilidade de viajar para os Estados Unidos com o eTA Canada via terrestre ou marítima, depois de já ter entrado no país via aérea.

Então nesse post vamos discutir essa dúvida: “Posso entrar nos Estados Unidos com o eTA canada via terrestre?”

ATENÇÃO: Caso você esteja procurando posts para te ajudar com o processo do visto para o Canadá online por conta própria:

1- Passo-a-passo de como tirar o visto de turismo “completo” para o Canadá (TRV – temporary resident visa)

2- Passo a passo de como tirar o eTA Canadá, a autorização eletrônica (eTA), que é válida somente para quem tem visto americano válido ou já teve visto para o Canadá nos últimos 10 anos, e vai entrar dar entrada no Canadá pela primeira vez via aérea. [Leiam esses posts antes de perguntar sobre eles, por favor!].

3- Se precisar de ajuda de despachante para solicitar seu visto ou eTA, clique aqui.

Essa questão do eTA de poder ou não viajar para os Estados Unidos de carro ou cruzeiro deixa todo mundo maluquinho, pois as informações do website do governo canadenses não são claras e interpretações podem ser das mais variáveis possíveis.

Mas vou tentar explicar todos os detalhes e você toma a decisão do que prefere fazer!
.

>> Chegue no Canadá conectado: compre um chip de celular antes de viajar!

Curte nossas dicas?  Use nossos links! 🙂

Sempre que for fazer um reserva para suas viagens, use nossos links de afiliados, você não paga a mais por isso, muitas vezes ganha descontos exclusivos para nossos leitores e sua cada uma de suas reservas nos ajuda a pagar as contas aqui do Viajoteca!!!  Lembre-se da gente! Muito obrigada!

Botão Seguro Viagem

Botão Chip de Celular

Botão Passagem aérea

Botão Hoteis

Botão Aluguel de carro

Botão Ingresso

.

O que sabemos sobre o eTA Canada

1- A primeira entrada no Canadá PRECISA ser via aérea,

2- O visto de entrada geralmente vale por 6 meses ou o tempo que o oficial de imigração limitar no carimbo do passaporte ou eletronicamente (na maioria das vezes, ao entrar no Canadá via aérea, o oficial de imigração não carimba o passaporte, se quiser esse carimbo, porque irá viajar por terra ou mar para os EUA e retornar, eu recomendo pedir para ele carimbar, para ajudar os oficiais de terra e mar),

3- Quem tem visto canadense ou o eTA pode entrar nos Estados Unidos desde que possua um visto americano,

4- Para poder retornar ao Canadá via terrestre ou marítima dos EUA com o eTA, o prazo de entrada (via aérea) precisa estar válido.

[leia com atenção a próxima parte do post]

eTA canada - visto canadense

NUNCA viaje sem seguro! É o barato que pode sair muito caro!

Veja os melhores preços na Seguro Promo e viaje tranquilo(a) para o Canadá!

Use o código promocional: VIAJOTECA5, para garantir  até 10% de desconto.

Como confirmar essa informação?

Então, depois de muito pesquisar, achei que a melhor e única fonte para seguir seria o IRRC (Immigration, Refugees and Citizenship Canada / Government of Canada) – setor oficial de imigração do governo canadense, muita gente o chama de CIC e eles foram super solicitos em responder as dúvidas.

E para nossa alegria, já temos vários relatos de leitores que relataram a experiência de  entrar nos Estados Unidos com o eTA canada via terrestre, em várias fronteiras do país e deu tudo certo!


Em Junho/2017, quando o eTA entrou em vigor para brasileiros, mandei um email para o IRRC (Immigration, Refugees and Citizenship Canada / Government of Canada) usando minhas credenciais de mídia, pois só assim eles respondem.

O email original está em inglês e fica o link disponível caso queiram ler ou imprimir .

Traduzindo, ficou mais ou menos assim:

Meu email para o IRRC: 

” Sobre o novo processo do eTA para brasileiros, está tendo uma grande dúvida entre meus leitores sobre a possibilidade de retornar ao Canadá depois de uma viagem ou cruzeiro para os Estados Unidos, sendo que a primeira entrada deles tenha sido via aérea.

Exemplo da viagem:

Primeira entrada via aérea para o Canadá: 30/Junho/2017

Visita para os Estados Unidos de carro ou cruzeiro: 05/Julho/2017

Retorno ao Canadá de carro ou cruzeiro: 12/Julho/2017.

Todos entendemos que a primeira entrada de brasileiros com eTA precisa ser via aérea, mas eles são autorizados a retornar por terra ou mar se eles decidirem visitar os EUA e retornar para o Canada passando a fronteira de carro ou cruzeiro?”

Resposta do IRRC sobre o eTA canada via terrestre (e marítima):

“Todos cidadãos brasileiros chegando no Canadá de carro, ônibus, trem ou barco, incluindo cruzeiros, precisam do visto de turista para viajar pelo Canadá. Nosso conselho também para pessoas viajando entre o Canadá e os Estados Unidos de várias maneira (qualquer combinação de carro, ônibus, trem ou barco) que esses obtenham o visto pois ele oferece maior flexibilidade. O eTA só pode ser usado quando viajando via aérea ou trânsito por um aeroporto canadense. Veja aqui mais informações no nosso website.

Mas note que sob o regulamento canadense de proteção a Imigração e Refugiado, brasileiros que entraram no Canadá via aérea com o eTA válido estão isentos de apresentar o visto (TRV) se eles viajarem para os Estados Unidos ou St Pierre & Miquelon do Canadá e buscarem re-entrar no país (essa autorização geralmente é válida até 6 meses). Dito isso, nós encorajamos brasileiros que estarão viajando entre o Canadá e Estados Unidos que obtenham o visto de visitante (TRV).

Nancy C.

Email completo para leitura e impressão [em inglês]:

PDF logo

 

 

 

 

PS: A pedido da Nancy C., no dia 17/Jan/2018, removi  seus dados de email e telefone, pois ela estava recebendo muitas mensagens diretas que não tinha como responder. Como mencionei acima, esse contato direto com o CIC/IRRC eu tive devido a minha credencial de mídia e eles me deixaram repassar aqui no post.

Mais informações sobre o

eta canada via terrestre ou marítimA:

O email do IRRC seria o suficiente para confirmar que realmente pode sair e re-entrar no Canadá com o eTA.

Mas deixo abaixo também minha troca de mensagem via twitter com o pessoal do IRRC:

E por fim, se alguém precisar do link de onde está a informação da Nancy C. que diz: “sob o regulamento canadense de proteção a Imigração e Refugiado. Brasileiros que entraram no Canadá via aérea com o eTA válido estão isentos de apresentar o visto (TRV) se eles viajem para os Estados Unidos ou St Pierre and Miquelon do Canadá e buscam re-entrar no país estão autorizados a fazê-lo (essa autorização geralmente é válida até 6 meses).

Clique nesse link, logo abaixo da lista de países e terá a mensagem como print screen abaixo:

eTA canada via terrestre para os Estados Unidos

Conclusão sobre o eta canada via terrestre ou marítima:

O melhor visto para brasileiros viajarem para o Canadá sem dúvida é o TRV (Temporary Resident Visa) – visto de turista, pois ele dá total flexibilidade de ir e vir por qualquer meio de transporte e tem validade de até 10 anos ou a data de expiração do seu atual passaporte (o que vier primeiro).

Porém, para brasileiros que estão com o passaporte para vencer, que já tenham visto americano e preferem tirar o eTA, que é bem mais barato e menos burocrático que o TRV, podem sim viajar para os Estados Unidos e retornar via terrestre ou marítima, desde que a primeira entrada no Canadá tenha sido via aérea e o carimbo de entrada ainda esteja válido.

Espero que essas informações os tenham ajudado!

PS: A decisão final de aprovação da sua entrada no Canadá é do oficial de imigração, como em qualquer país do mundo!


MUITO IMPORTANTE: se for para o Canadá com o eTA, ao entrar via aérea, peça para o oficial de imigração carimbar se passaporte com a data de entrada, assim ficará mais fácil para o oficial da fronteira terrestre confirmar a data da sua entrada!

(Veja a experiência do Rodrigo nesse comentário e da Elizabeth nesse comentário aqui no blog).

Caso o oficial de imigração não carimbar ou você esquecer de pedir, não se desespere, sua entrada será registrada eletronicamente.

A dica é ter sempre a passagem de retorno em mãos e o comprovante do eTA (email que recebeu quando seu eTA Canadá foi aprovado), pois alguns oficiais de imigração da fronteira terrestre podem pedir. 


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. O Seguro viagem também é exigido em Cuba, Venezuela e Austrália. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 10% na hora de pagar. 

Clique aqui e ganhe 10% de desconto no seu seguro viagem

;

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Real Seguros (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios na Europa com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro na Europa com a RentCars

Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!

347 Comentários
  1. Nayane Diz

    Ótimo post! Vou para Vancouver no fim do ano e queria dar uma passada em Seattle, mas tinha até desencanado. Vou levar tudo isso impresso para conseguir fazer meu passeio! Obrigada pela informação! =)

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Legal Nayane… espero que te ajude, pois essa informação está sempre nas entrelinhas, por isso que resolvi explicar tudo direitinho, de acordo com a orientação do setor de imigração do Canadá.
      Abs

    2. MARIANNA R O SOUZA Diz

      Nayane, conta como foi pra ajudar a miga aqui q vai fazer exatamente esse trajeto em janeiro de 2018!

  2. Eduardo Felizardo Diz

    Excelente post. Recentemente recebi comentários que uma pessoa portando o eTA carimbado na primeira entrada via aéreo, foi impedida de fazer a reentrada na fronteira EUA/Canadá por carro. Ela havia ido passear em Buffalo e na volta foi impedida de reentrar pois estava com o eTA. Essa informação será que procede?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Eduardo, Tudo bem?
      Pode proceder sim, mas como você viu nesse post, sob a lei canadense, ela poderia ter reentrado com o eTA.
      Mas a decisão final é sempre do oficial de imigração.
      Por isso que recomendo imprimir toda essa documentação para ter provas.
      Esse eta no final facilitou, mas complicou a vida para quem quer ir e voltar dos estados unidos via terrestre, eles precisam revisar isso urgentemente!
      Tem como me dizer onde viu essa informação da pessoa que não conseguiu reentrar?

    2. Sandro Diz

      Oi Mirela, seu post é MUITO esclarecedor, obrigado! Minha dúvida é simples mas não achei resposta em lugar nenhum na internet: o prazo de 6 meses do ETA conta a partir da última vez que entrei por via aérea no Canadá? Porque já fui 2x lá depois que tirei meu Eta, mas preciso voltar mês que vem (o que estaria dentro do prazo de 6 meses em relação apenas a ultima vez que entrei por via aérea lá e não em relação a primeira vez que entrei lá por via aérea). Ficou confuso? Se souber me ajudar, ficarei muito grato! 🙂

      1. Mirella Matthiesen Diz

        OI Sandro,
        O que vale por 6 meses é sua permissão de permanência, no dia que entrou, você pode ficar no país por 6 meses, se saiu antes (especialmente via aárea), isso estará no log eletrônico, entende?
        Então se você precisa voltar, mas já tiver saído, acredito que não vai ter problema algum, pois o eTA permite multiplas entradas, desde que ele esteja válido.
        Será que me expliquei direito?
        Abs

  3. Fabiano Vasconcelos Diz

    Também gostaria muito de saber se na prática isso funciona! Alguma experiência positiva ou negativa?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Fabiano,
      Vamos aguardar o pessoal mandar os relatos… na teoria confirmamos que é possível.
      Se souber de alguém, por favor nos avise 🙂
      Abs

  4. Jeancarlo Calatroni Diz

    Ótimo post, no meu caso eu tenho o eTA, mas vou para Boston e pretendo visitar Toronto, uns 3 dias somente, pelo post eu vou poder entrar no Canadá via aéreo, mas vou retornar de carro (carona) para Boston, será que isso vai deixar meu eTA cancelado, pois vou entrar de avião e sair de carro, e não volto mais, será que o sistema deles vai acusar que eu não saí do Canadá e vão querer cancela-lo depois de 6 meses??

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Jeancarlo, Tudo bem?
      Boa pergunta … você pode sair do Canadá com o eTA da forma que preferir. Quando embarcar para o Canadá, pergunte na empresa aérea como proceder.
      Eu sinceramente não sei como isso ficaria, Mas se o oficial da fronteira americana carimbar de novo seu passaporte, aí é tranquilo, pois isso já prova que vc saiu do Canadá, pois reentrou nos EUA.
      Nem ajudei, né? 🙂

  5. Rodrigo F Sousa Diz

    Estive neste final de semana em chicago e retornei para toronto sem problemas, ENTRETANTO, o oficial procurou o carimbo no meu passaporte e eu não tinha, pois quando entrei a primeira vez via aérea, o official do aeroporto fez o favor de não carimbar meu passaporte com a data de entrada…..

    Então, na borda entre michigan e ontario, o oficial foleou todas as páginas do meu passaporte e não encontrou nenhum carimbo canadense, ele mandou eu aguardar um minuto, foi falar com outros 2 oficiais, ” não sei o que ” , retornou, entregou meu passaporte e mandou eu seguir….

    Isso tá muito confuso, gerando muitos problemas. deveríamos ter alguma regra regra clara sobre isso.

    Estou querendo alugar um carro para ir a detroit mas tenho medo de não conseguir voltar.

    ” obs : estava em um bus de turismo com várias pessoas dos mais diversos cantos do mundo ” .

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Rodrigo,
      Nem sei como agradecer esse comentário … não acredito que o oficial não carimbou sem passaporte na entrada via aérea!!!
      Vou colocar em negrito isso no post para o pessoal confirmar.
      Com certeza está super confuso, eles precisam liberar total, pois dá muita insegurança.
      Obrigada mais uma vez.
      Se souber de mais alguma coisa, divida com a gente!!!
      Abs

  6. Shirley Diz

    Boa noite Mirella, fui duas vezes a Seatte, simplesmente adoro aquela cidade e pretendo, da próxima vez, conhecer Vancouver de carro e voltar para Seattle. Qual visto tirar nesse caso?
    Shirley Velloso

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Shirley,
      Se você estiver em Seattle e quiser ir para Vancouver de carro, precisa do visto completo (TVR). Se chegar em Vancouver via aérea e depois quiser ir de carro para Seatlle aí pode ser o eTA ou o TVR.
      Ajudei?

  7. Thaisa Diz

    Estou indo para Toronto final de setembro por via aerea, e pretendo ir de onibus de toronto para nova york passar uns dois dias. Será que depois consigo entrar novamente em torono com o eta? quais documentos além do carimbo de entrada do oficial da imigração no passaporte devo levar para comprovar isso? estou levando tambem cimpressas com o numero do eta. Tenho visto americano e ja tive dois vistos canadense tvr mas já expirou, e acabei optando pelo esta desta vez por ser mais pratico. será que terei problemas?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Thaisa, Tudo bem?
      Aqui nesse post eu coloco algum documentos que você poderia imprimir para comprovar que existe a lei que permite re-entrada via terrestrem se a primeira entrada foi aérea.
      Peça informação também no momento da imigração, e veja a possibilidade do oficial carimbar seu passaporte com a data de entrada, assim fica registrado no sistema e no seu passaporte.
      Depois que viajar, nos conta como foi?
      Espero que esses documentos que deixei aqui te ajudem, pois são oficiais do governo canadense.
      Abs

      1. Karen Diz

        Olá, Mirella! Eu Tenho dúvida quanto à solicitação do carimbo na imigração. Eles não reclamam se pedirmos para carimbarem o passaporte?

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Oi Karen,
          Eles não reclamam, mas pod ser que afirmem que não precisa carimbar pois as informações estão eletrônicas.
          Tente falar para eles que vai cruzar a fronteira terrestre e retornar e prefere evitar problema na imigração de retorno, tanto do lado canadense quanto americano.
          Se eles não carimbarem… ok… siga em frente.
          Os oficiais de imigração canadenses costumam ser muito gentis.
          Abs

  8. Camila Dutra Diz

    Boa tarde, Mirella, tudo bem?
    Estou com uma dúvida, em janeiro viajo ao Canada com o meu ETA, e tenho visto americano válido, portanto, irei passar 1 semana em Nova York e depois volto ao Canada, tudo por via aerea, tem alguma possibilidade de eu ter algum problema com isso?
    Obrigada!!!

  9. Adriana Fernandes Diz

    Adorei seu post. Muito obrigada! Fiquei um pooooouco mais aliviada.

    Em novembro vou pra Toronto e pego um carro lá pra ir a Nova York. Depois do que li, acredito que não vou ter problemas para sair do país, né? rs. Depois de lá não volto para o Canadá, já vou direto pro Brasil.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Adriana,
      Para sair de carro do Canadá (depois de ter entrado com o eTA de avião), você não terá problema algum … o grande dilema é o retorno, esse que a gente está com pé atrás, mas como não é seu caso, você não precisa se preocupar 😉
      Abs

  10. Rodrigo Feijó Diz

    Mirella, irei contar mais uma vez minha experiência aqui para você/vocês, como eu tinha dito, havia ido a chicago em agosto e nao tive problemas ao voltar, mas havia ficado receioso pois o meu passaporte nao tinha o carimbo canadense, provando que eu havia entrado a primeira vez via aérea, conforme eh exigidido para quem tem o eTA.

    Pois bem, dessa vez aluguei um carro em toronto e fui para buffalo, passei o fds inteiro por lá e retornei para toronto hoje, escolhi cruzar a fronteira em niagara falls, pela rainbow bridge, pois supus que lá os agentes estariam mais acostumados com turistas com o eTA…

    Ao chegar na cabine do oficial canadense, após cruzar a ponte, o mesmo só fez as mesmas perguntas de sempre ( as mesmas que fazem no aeroporto) escaniou meu passaporte e, para a minha surpresa, carimbou meu passaporte! Kkkkkkkkk, ou seja, o que nao fizeram no aeroporto, ele fez na fronteira terrestre! Ele nem sequer me perguntou absolutamente nada a respeito de visto canadense, ou eTA, apenas perguntou quando eu havia chegado no canada.

    Pois bem, espero ajudar os demais viajantes, que possivelmente estão apreensivos, assim como eu tbm estava. Saudações!!!!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Rodrigo, Tudo bem?
      Super obrigada pelo seu relato… muito legal saber de casos reais e você vai ajudar muito o pessoal!!!!
      Vou linkar seu comentário no post, para quem quiser ver na prática que tudo isso que escrevi e pesquisei realmente funciona!!!
      Super obrigada!!!!
      Grande abraço e boas viagens!

  11. Leonardo Diz

    Olá
    Em Janeiro de 2018 irei para Toronto fazer um curso e entrarei via aérea, e pretendo passa um final de semana em Cleveland, tirei meu visto Americano e eAT e pretendo ir de carro ou ônibus para Cleveland, lendo os comentários aqui acredito que consigo tranquilo sair de Toronto e voltar via terrestre, (espero ahhaha) mas após fazer a viagem colocarei os detalhes aqui
    Ótimo Blog!
    Abraço!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Leonardo, Tudo bem?
      Segundo as regras entrando via aérea você pode retornar para o Canadá via terrestre, desde que dentro dos 6 meses que vale sua entrada.
      Veja a possibilidade do oficial de imigração carimbar seu passaporte quando chegar no Canadá (via aérea), eles geralmente não carimbam, pois está tudo eletrônico, mas para o oficial terrestre isso pode ajudar 🙂
      Boa sorte e depois nos conte como foi.
      Eu trabalho como agente de intercâmbio tb, fala comigo no seu próximo intercâmbio para o Canadá!!!
      Abs

  12. Elizabeth de Matos Diz

    Olá Mirella, ótimo post! Me ajudou no momento que já estava no Canadá com as passagens compradas para NY por transporte terrestre e tendo apenas o eTA. Vou compartilhar minha experiência.
    Cheguei em Toronto no dia 14/10/17 pela Air Canadá, o carimbo da chegada da imigração mal dá pra vê no passaporte, mas eles carimbaram. No dia 16/10/17 fui para NY de ônibus. No dia 19 voltei para o Canadá mas fui direto para Montreal, passei na imigração em Us Ca Customs, NY. Foi tudo bem tranqüilo, o policial foi atencioso, não questionou nada sobre visto ou sobre o eTA, apenas as perguntas padrões da imigração. Deu tudo certo!!! =) Espero ter ajudado.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Elizabeth, Tudo bem?
      Muito obrigada pelo seu relato … experiências assim de quem vivênciou na prática é o que mais precisamos.
      Que bom que deu tudo certo 🙂
      Beijos

  13. Roberto Mota Diz

    Mirella primeiramente gostaria de parabeniza la por compartilhar essas informações. Pesquisei bastante e realmente não existem muitas fontes contendo explicações consistentes sobre o eTA.
    Gostaria de compartilhar minha recente experiência com o eTA com todos. Estive em Niagara no último fds e, como estava com carro, resolvi cruzar a Rainbow Bridge até Buffalo (USA) e possuo o eTA e tenho o carimbo de minha primeira entrada via aérea no meu passaporte. Fiquei bem apreensivo confesso, pois não sabia ao certo que surpresas eu poderia encontrar ao adentrar novamente o Canadá. Na ida obviamente tudo tranquilo e quando voltei e passei pela imigração o oficial canadense me fez uma série de perguntas e, dentre elas destaco a que me indagou: “Você sabia que para entrar no Canadá vc precisa de um visto?” … Nessa hora eu gelei mas falei para o oficial que tinha o eTA e que, como ele podia notar, tinha o carimbo de entrada no país válido (menos de 6 meses após a entrada, isso é importante) e ele não retrucou. Como estou estudando levei todos os documentos (carta de aceitação da escola, principalmente) no qual tive que apresentar. Após mais algumas perguntas ele liberou a entrada. Em suma e confirmando, se você possui eTA válido e carimbo que entrou no país via aérea, você está dentro das regras desse visto e pode entrar no país por via terrestre!
    Espera ter ajudado!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Roberto,
      Tudo bem?
      Muito legal seu relato, e bem legal que você soube responder certinho e levou os documentos necessários.
      Perguntas eles sempre fazem mesmo, as vezes mais, outras vezes menos.
      Eu que tenho passaporte canadense, quando cruzo a fronteira terrestre é sempre uma incógnita os tipos de perguntas que vão fazer.
      Muito obrigada pelo seu relato, com certeza vai ajudar muita gente! Valeu mesmo!
      Abs

    2. Rossandra Farias de Andrade Diz

      Bons esclarecimentos Roberto,irei no próximo janeiro (2019) e pretendo esticar um pouco e conhecer essa região dos USA.
      Já que tenho visto americano valido e só precisarei do eTA.

  14. Wellington Diz

    Procurei informações sobre essa dúvida em todos os cantos, não havia encontrado nada, e lá estava vc novamente, Mirella. Cuidou do meu intercâmbio tão bem, e sempre escreve coisas muito importantes para todos os viajantes. Parabéns pelo trabalho e dedicação de sempre!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Wellington,
      Que legal te “rever” aqui no blog!!!! Como estão as coisas? Pensando em visitar ou estudar no Canadá de novo?
      Obrigada pelas palavras e carinho de sempre 🙂
      Abs

  15. Felipe Diz

    Olá, boa tarde !

    Estou planejando uma viagem para Toronto em dezembro e estou com dúvida em relação ao eTA.

    Pretendo ir de Toronto para New York – via aérea e volta de New York para Toronto também via aérea. Nesse caso posso seguir apenas com o eTA ou será necessário solicitar um visto comum ?

    alguém já passou por essa situação?

    Obg

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Felipe,
      Nesse seu caso, somente o eTA é necessário, como você vai fazer tudo via aérea, não há com o que se preocupar.
      Abs

  16. Matheus Fellipe Diz

    Olá, eu gostaria de saber se posso viajar do Canadá para os Estados Unidos com apenas o eTA (Sem o visto americano). Desde já, grato.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Matheus,
      O visto/autorização para o Canadá, não tem nada a ver como visto para os Estados Unidos. São países independentes.
      Para viajar para os Estados Unidos, você precisará do visto americano.
      Abs

  17. Adriana Diz

    Boa noite
    Estou no Canadá e entrei com o Eta por via aérea . Verifiquei meu passaporte e o oficial de imigração não carimbou a data de entrada em Vancouver .
    Gostaria de ir aos Estados Unidos por via aérea e retornar ao Canadá Tb por via área . É possível fazer isso tendo o Eta ? Posso ter problemas ao retomar ao Canadá ?.
    Obrigada
    Adriana

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Adriana,
      É comum não carimbarem o passaporte quando se entra via aérea, pois todas as informações são atualizadas eletrônicamente.
      Indo e retornando via aérea, você não terá problema algum …
      Abs

  18. JULIANO CREGO Diz

    Oi Mirella,
    Estou planejando uma viagem à Toronto, porem os voos que estou encontrando todos passam pelos EUA (seja Atlanta, NY…). Voce acredita que somente com o eTA (sem o visto americano) eu consigo fazer essa viagem?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Juliano,
      Para fazer conexão pelo Estados Unidos, você PRECISA ter o visto americano.
      Abs

  19. Felipe Webber Diz

    Oi Mirella, muito boas suas dicas!
    Eu e minha namorada estamos em Vancouver e pretendemos passar uns dias em Seattle. Estamos com o eTA (que expira em 27/03/18) e pelos comentários acima entendo que podemos cruzar a fronteira de volta para Vancouver via terrestre sem maiores problemas, certo?
    Abs

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Felipe,
      Você pode ir sim, leve esses documentos que falei do post só para desencargo de consciência.
      Ah … para ir para os EUA, vc precisa tb do visto americano, ok?
      Abs

      1. Lucas Palhares Mendonça Diz

        Olá Mirella!!!
        No começo desse mês entrei na Canadá via aérea,pedi para carimbar meu passaporte,dois dias depois retornei via aérea para Seattle,cidade na qual fui fazer o check in pra embarque em um cruzeiro que pararia em um ilha Canadense,no momento do check in,eu e minha esposa fomos barrados pela imigração e pelo pessoal do navio dizendo que o carimbo que foi concedido com o ETA não valeria para embarque,pois eta é via aérea e não marítima como é o caso do navio,enfim,mostrei troca de e-mail com consulado,eta válido,carimbo a 2 dias atrás e não nos deixaram embarcar,perdemos tudo que havíamos comprado,ainda tivemos que comprar outras passagens para retornar para a casa,e fora a frustração de um sonho ser interrompido de uma forma no qual eu penso que estava agindo certo.
        Vc sabe me dizer o que eu faço nesse caso?
        Quem é o culpado nesse caso,imigração ou cia marítima?
        Obrigado

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Oi Lucas,
          Nem sei o que dizer disso ter acontecido com vocês!! Sem comentários.
          Mas vamos por partes. Geralmente os oficiais da imigração americana são os que causam problema no retorno do pessoal terrestre, pois eles não conhecem as nuances do eTA e nem sei se querem saber.
          Dito isso, o pessoal do cruzeiro deveria saber, pois acredito que já deva ter tido casos semelhantes e de certa forma é obrigação deles e da agência de viagem que você comprou o cruzeiro de saber desses problemas e alerta-los.
          A imigração americana tem o poder mesmo de vetar sua entrada indiscriminadamente, isso é fato.
          Eu só não entendi que não te deixou embarcar, a imigração ou a empresa de cruzeiros?
          Eu tentaria falar com a empresa de cruzeiro, sem dúvida. Mas se isso vai acontecer, eu sinceramente não sei.
          É um caso super melindrado. Mas eu iria atrás, pois você poderia sim entrar no Canadá com o eTA, pois sua primeira entrada foi via aérea.
          Sinto muito em ouvir esse relato, muito mesmo.
          Abs,

          1. Marcos Antonio Borges Diz

            Oi Mirella, minha dúvida se essa regra não mudou recentemente, vi que seu post tem mais de 2 anos, estou indo pro Canada e USA em Ooutubro e me encontro nesse dilema que encarar a entrada no Canada só pelo eTA. Chego pelo Canada , e iriei visitar os EUA, mas meu voo de retorno é por Toronto

          2. Aline Botelho Diz

            Olá Mirella,
            Sua página é incrível! Mto obrigada pelo tempo que dispõe e informações.
            Meus pais virão nos visitar do Brasil via aérea para o Canadá e de Toronto, pegaremos um cruzeiro para o Alaska com retorno para Vancouver. Entendi que nosso colega teve problema em embarcar dos EUA. Alguém embarcou e retornou para Vancouver com ETA? O que vc acha?

            1. Mirella Matthiesen Diz

              Oi Aline, Tudo bem?
              Olha… nessa questão de cruzeiro estou perdida.
              Teoricamente não há problema algum em viajar somente com o visto americano e o eTA, mas sei lá, vai que em alguns dos portos americanos o pessoal te de trabalho, né?
              Será que não dá tempo de tirar o visto completo (TRV) pra eles?
              Abs

    2. Ana Paula Diz

      Oi Mirella! Primeiro, parabéns pelas informações úteis do seu site… Pelo que li aqui, tendo o visto dos EUA válido e entrando via área primeiro pelo Canadá e depois cruzando e retornando via terrestre, não precisarei de visto para o Canadá, mas apenas do Eta. Irei para o Canadá com a minha filha pequena, que ainda terá menos de 2 anos, em junho de 2018, para Vancouver, mas irei depois para Seattle e retornarei para Vancouver para voltar ao Brasil. Exatamente a travessia que o leitor acima (Felipe Webber) mencionou que pretendia fazer… Será que ele conseguiu ir e retornar sem problemas de Seatlle para Vancouver apenas como eta? Seria ótimo se o pessoal passasse por aqui de novo depois para contar suas experiências… Desde já agradeço pela atenção.

      1. Mirella Matthiesen Diz

        Oi Ana,
        Eu acredito que ele não teve problema, como algumas outras pessoas aqui já relataram que deu tudo certo.
        Com certeza, seria muito legal se o pessoal voltasse para contar como foi a experiência, assim todo mundo ficaria mais tranquilo, né?
        Depois me conta como foi com vocês.
        Beijos

        1. Ana Paula Diz

          Oi Mirella, viajarei somente em junho, mas depois passarei por aqui sim para deixar meu relato (positivo, espero!). Quem sabe antes aparece alguém para deixar o relato sobre a fronteira entre Vancouver e Seattle para me deixar mais tranquila ainda… Obrigada. bjs.

          1. Mirella Matthiesen Diz

            Oi Ana,
            Olha aqui o relato do Diego: https://www.viajoteca.com/canada-para-os-estados-unidos-com-o-eta-visto-eletronico/#comment-12536
            Ele acabou de passar por isso e deu tudo certo.
            Aqui no viajoteca tem alguns posts de Vancouver, que talvez te ajude com a viagem.
            Abs

  20. Gabriela Diz

    Parabéns pelo blog muito completo.Gostaria de tirar uma dúvida, vou fazer um curso no Canadá de 6 meses e estou querendo solicitar o visto de turista mas a dúvida é se o visto turista for negado posso solicitar o eta depois?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Gabriela, Tudo bem?
      Se você tiver o visto americano, acho muito difícil o visto canadense de turismo ser recusado.
      Eu recomendo aplicar mesmo para o visto completo se vai passar 6 meses por lá.
      Aliás, se ainda não fechou seu intercâmbio, além do blog eu também trabalho com intercâmbio. Adoraria te mandar meu orçamento e falar sobre meu trabalho.
      Qualquer coisa entra em contato: contato@mikixintercambio.com
      Abs

  21. Deivid Perez Diz

    Olá Mirella, tudo bem?

    Estou indo para Toronto em maio com minha namorada e estávamos pensando em passar um fim de semana em Nova York (Via terrestre ônibus). Eu tenho o visto americano e o eTA, já minha namorada tem ambos os vistos.

    Conseguimos viajar normalmente de ônibus e voltarmos para Toronto?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Deivid,
      Desde que sua primeira entrada no Canadá seja feita via aérea e o tempo de permanência no Canadá não tenha vencido, você pode ir e retornar.
      Peça para o oficial de imigração no aeroporto carimbar e colocar a data no seu passaporte, se possível.
      Abs,
      Mirella

  22. Marcelino Diz

    Olá Mirella, primeiramente quero te parabenizar pelo blog.
    Em maio vamos aos EUA e pretendemos também visitar algumas cidades canadenses.
    Nosso voo ao Canada sairá dos EUA, nesse caso o eTa também é válido, ou obrigatoriamente o voo deve sair do Brasil? Outro ponto de duvida, podemos sair via terrestre do Canada, pois nosso aéreo de volta sai dos EUA.
    Obrigado
    Abs

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi MArcelino,
      Tudo bem?
      Obrigada pelas palavras sobre o blog 🙂
      Você pode chegar de qualquer lugar do mundo com o eTA, desde que essa primeira entrada seja via aérea.
      A saída, pode ser via terrestre, sem problemas.
      Aqui no blog tem muitas outras dicas do Canadá, espero que nossas dicas continue te ajudando.
      Abs

  23. Gabriela Prado Diz

    Oi, tenho uma duvida… vou para Montreal com visto de estudante, e na escola é feito viagens para nyc, tenho duvidas do que preciso para fazer a viagem, não tenho visto americano. É necessário pedir? e é mais facil fazer isso já estando lá talvez? Desde já muito obrigada

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Gabriela,
      Para entrar nos Estados Unidos, você precisa do visto americano.
      Bem melhor fazer isso estando no Brasil.
      Eu também trabalho com intercâmbio, e ainda não fechou a escola e precisar de ajuda, entre em contato (contato@mikixintercambio.com).
      Abs e boa sorte

  24. Amanda Diz

    Olá Mirella, adorei seu blog e todas as informações.
    Vou em abril para Vancouver e irei ficar duas semanas. Então gostaria de ir visitar seattle com a escola, que programa essas visitas.
    Já tenho o visto americano e o ETA. Eu poderia ir e voltar de ônibus com a escola, sem problemas? E caso o oficial não carimbe meu passaporte na entrada, isso prejudicaria de alguma forma?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Amanda,
      Se você entrar pelo Canadá de avião pela primeira vez, depois você pode ir e retornar para o Canada via terrestre dentro do prazo de 6 meses.
      Todas as pessoas que fizeram esse procedimento, não tiveram problema.
      A procedimento comum no momento é não carimbar o passaporte, se você lembrar de pedir o carimbo, melhor, do contrário, essa informação é arquivada eletronicamente.
      Abs

  25. Marcia Picorallo Diz

    Mirella, parabéns pelo post, uma verdadeira utilidade pública! Tirei o eTA, achei uma beleza (meu primeiro visto canadense tinha sido há 21 anos, com agente de viagem!), mas quando lembrei da necessidade de cruzar fronteiras via aérea, quase desisti de sair das Rochosas para conhecer o Glacier em Montana. Obrigada, graças a esta informação vou conhecer a Going to the Sun! Te convido a visitar o Mulher Casada Viaja pra ler o relato, mas só depois de setembro, quando terei voltado. Abraços!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Marcia,
      Que bom que ajudou, eu estava ficando maluquinha com essa falta de clareza quanto ao eTA, então fui investigar a fundo e tentei explicar da melhor maneira possível e também deixar as fontes de onde pesquisei 🙂
      Boa viagem e depois vou lea sim conhecer seu blog.
      Quando retornar, me diz como foi. Você conhecer nosso grupo do facebook: https://www.facebook.com/groups/ViajandoPeloCanada/
      Beijos

  26. Mario M. Weber Diz

    Oi Mirella boa tarde.
    Pretendo ir para o Canadá em maio próximo, e então vou pedir o meu eTA. O eTA é um documento que vou receber via email ou apenas um número informando que estou autorizado a entrar no Canada.
    Desde já agradeço.
    Weber

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Mario,
      Quando seu eTA for aprovado você vai receber um email e seu cadastro estará na lista do governo canadense. Não terá nada especificado ou carimbado no seu passaporte, como os visto de turista.
      Eu recomendo ter esse documento impresso ou com fácil acesso, just in case, de acontecer algum imprevisto e a empresa aérea não encontre seu eTA no momento do check-in.
      Abs

  27. paulo Diz

    Obrigado pelas suas úteis informações . Alguma novidade que autorize a volta dos USA áo Canadá por terra para quem entrou via a aérea com eTA , carimbou data e está dentro do prazo ?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Paulo,
      Nesse post explica direitinho que pode retornar sim 🙂
      Abs

  28. Paula Diz

    Primeiramente, gostaria de parabenizar pela dedicação em sempre tentar esclarecer todas as dúvidas dos leitores.
    Em Ago/Set 2018 vou aos EUA e fiquei tentada à conhecer o Canadá. Consegui emitir o eTA e já recebi a confirmação.
    Contudo, apesar de parecer bem lógico, quero eliminar qualquer possibilidade de interpretação equivocada. Com o eTA, preciso chegar ao Canadá por meio aéreo, mas a saída pode ser terrestre? Estou pensando em alugar um carro em Montreal e descer até Boston.
    Desde já agradeço a atenção dispensada.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Paula,
      Depois que você entrou de avião, você pode sair do jeito que você quiser. O problema é sempre a entrada ou re-entrada, entende?
      Então pode ir para Boston despreocupada.
      Beijos

  29. Fabricio Diz

    Excelente dicas parabéns, li tudo mas continuo com dúvida kkk.
    Estou indo para Vancouver tenho o Visto Eta e visto Americano, chego a Vancouver via aérea , mas tenho interesse de ir em Seattle, mas pessoas me comentaram que só posso voltar via terrestre ou Maritima se for no mesmo dia .Quer dizer que não posso dormir lá é isso mesmo ? obrigado

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Fabricio,
      Isso não corresponde com a informação que tive do pessoal do CIC – IRRC.
      Você pode sair e reentrar no Canadá via terrestre desde que seu tempo de entrada não tenha passado, entende?
      Tipo, quando você entra no Canadá via aérea, se o oficial de imigração não carimba seu passaporte com a data X de saída, significa que você pode ficar no Canadá como turista por 6 meses. Sendo assim, nesses 6 meses, você pode ir e voltar do Canadá via terrestre.
      Será que consegui explicar? 🙂

  30. Junior Diz

    Olá, parabéns pelo post, achei muito útil.
    Estou planejando ir ao Canadá em setembro, tenho visto americano e vou solicitar o eTA. Meu itinerário será Toronto, Montreal e Washington D.C. Em Toronto pretendo ir até as cataratas do Niágara e cruzar a ponte a pé para o lado americano e depois retornar no mesmo dia, pelos relatos já vi que é tranquilo (de certa forma). Porém, depois de Montreal eu pegarei um voo para D.C., minha dúvida é justamente essa situação: entrar e sair a pé dos EUA no mesmo dia, e depois de uns dias entrar novamente por via aérea. Posso ter algum problema com isso? Obrigado.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Junior, Tudo bem?
      Não tem problema nenhum fazer isso tudo que você disse, desde, é claro, que essa extensão de passeios não ultrapassem 6 meses do dia que você encontrou pela primeira vez no Canadá.
      Boa viagem e aproveite!!!

  31. Pedro Augusto Pinheiro Fantinatti Diz

    Pergunta: será que todos os que foram autorizados a voltar dos EUA ao Canadá apenas com o eTA por via terrestre não tiveram sorte?
    É que escrevi para um contato do próprio site em que se aplica para o eTA.
    Olhem a resposta:

    “Prezado,

    O eTA não permite em hipotese alguma entradas por via terre”stre. Para realizar este tipo de entrada, é necessário aplicar para um visto canadense regular.

    Agradecemos desde já.

    Qualquer dúvida estamos à disposição.

    Atenciosamente/Best Regards,
    ———-

    VFS GLOBAL

    EST. 2001 | Partnering Governments. Providing Solutions.

    Av. Nações Unidas, 12.551 – 18ºandar Salas 1809/1810 Brooklin Paulista – São Paulo – Brazil

    MailApp.CanSao@vfshelpline.com | http://www.vfsglobal.com

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Pedro,
      Se você ler alguns dos nossos comentários aqui no blog vai ver que várias pessoas entraram via aérea e depois saíram e retornaram via terrestre sem problema.
      O consulado brasileiro e a VFS estão respondendo de maneira diferente do CIC – IRRC (Immigration, Refugees and Citizenship Canada / Government of Canada), orgão do governo canadense no Canadá.
      Abs

      1. Pedro Augusto Pinheiro Fantinatti Diz

        Mirella,
        Sim. Creio que a informação que você obteve diretamente do governo canadense seja mais precisa do que as informações obtidas no Brasil, né?
        Obrigado!

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Oi Pedro,
          Eu acredito que sim, especialmente que leitores aqui do viajoteca jea comprovaram que é possível, na prática.
          Abs

  32. Igor Fraga Diz

    Oi Mirella,
    Caso eu entre pelo Canadá por via aérea com o eTA e saia via terrestre, sem reentrada, haveria algum problema?

    Grato

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Igor,
      Nenhum problema 🙂
      Boa viagem e divirta-se

  33. Silvia Lopes Diz

    Olá Mirella que blog legal informativo mesmo.
    Estamos indo para Vancouver até as rochosas e quero voltar para o Brasil por Los Angeles.
    Cruzaremos de Vancouver para Idaho e depois para Los Angeles e voltaremos para o Brasil de Los Angeles. É permitido? Temos o visto americano e vamos tirar o eTA Canadenses estamos certos?
    Abços

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Silvia,
      Se você for primeiro para Vancouver (via aérea) e de lá, descer de carro para os EUA, o eTA + visto americano é suficiente.
      Ah … se for reservar hotel e seguro online, lembra de usar nossos links 🙂
      Abs,
      Mirella

  34. BEATRIZ Diz

    Olá Mirella, bom, vim para Toronto fazer intercâmbio e quando estava preparando a minha viagem optei pelo visto americano + eTA (pela praticidade e por unir o útil ao agradavel), depois desisti de comprar as passagens de Av iao para ir aos EUA enquanto tivesse no Canadá, mas na última semana decidi que queria ir e depois de procurar muito e encontrar o seu blog me encorajei e comprei as passagens de ônibus pela Grayhound. Bem, na ida tudo certo, o oficial perguntou se eu tinha passagem de volta, mostrei e não tive problema nenhum. Na volta, já quando estava no terminal de Buffalo, o motorista do ônibus pediu os tickets e passaportes, ao olhar o meu ele fez cara feia d disse que eu não poderia continuar a viagem porque não tinha um visto, apesar de ter argumentado que não era minha primeira entrada no pais, que meu passaporte estava carimbado e meu status no Canadá era válido, ele apenas pediu que eu me retirasse que ele n podia deixar eu continuar porque poderia levar uma multa. A empresa .É informou que eu devia ir até a fronteira e lá, caso tivesse tudo certo eu poderia reembarcar no ônibus, eles mesmo solicitaram o uber (É apesar da boa vontade apenas me atrapalharam, pq o motorista me deixou do lado errado da fronteira, do lado americano e eu precisava ir para o lado canadense, mas os agentes americanos foram super atenciosos e me levaram até o outro lado), bem, chegando lá falei com os agentes canadenses e prontamente me liberaram, sem muitas perguntas ou frescuras, mas eu havia perdido o ônibus, expliquei e então eles disseram que entrariam em contato com a empresa é que eu embarcaria no próximo ônibus que passasse com destino a Toronto, que bastava eu esperar, e foi o que aconteceu, esperei e acabei de embarcar no outro ônibus e estou a caminho de Toronto.
    Vim deixar o meu comentário para encorajar outras pessoas que assim como eu querem aproveitar a estadia no canadá para ir aos EUA, desde que não seja a primeira entrada no país não há problema nenhum. E o meu problema foi apenas por falta de informação do motorista e um pouco de cautela deles.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Beatriz,
      Muito obrigada pelo seu relato. Mas que coisa chata esse motorista fez, deveria ser penalizado, pois atrasou sua vida, viu?
      Ainda bem que os oficiais da fronteira foram legais com você, geralmente são mesmo … mas convenhamos.
      Fico feliz que no final tenha dado tudo certo.
      Até quando fica em Toronto?
      Abs

  35. Ge Diz

    Pois é, será que o Felipe Webber conseguiu? Quero ir de Vancouver à Seattle e voltar mas ouvi relatos que estão barrando de bus e trem, se alguém puder comentar como foi…

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Ge, Tudo bem?
      Os ônibus, trens e carros sempre precisam parar na fronteira para passar imigração.
      Já teve caso o pessoal da empresa de ônibus não levar a pessoa, mas estava errados.
      Veja aqui esse relato da Beatriz: https://www.viajoteca.com/canada-para-os-estados-unidos-com-o-eta-visto-eletronico/#comment-12482
      Espero que ajude 🙂
      Abs

    2. MARIANNA R O SOUZA Diz

      Estou com a mesma dúvida!!!

  36. Izabela Diz

    Oi gente, achei esse blog simplesmente fantástico. Tenho uma dúvida, que creio haver entendido e queria apenas a confirmação de vocês. Eu moro temporariamente em Seattle, já tenho eTA, pois no ano passado passei por Vancourver em transito para o México, mas nada foi carimbado no meu passaporte. Então entendo que para visitar o Canadá eu devo ir de avião e não necessito um visto de turista já que tenho eTA válido, mas posso retornar para minha casa em Seattle de carro, correto?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Izabela, Tudo bem?
      O ideal seria mesmo entrar de avião, pois a entrada do eTA vale por 6 meses, e não necessariamente precisa de ter o carimbo no passaporte, entende?
      O ideal seria tirar um visto completo ou entrar de avião.
      Abs

      1. Valter Nandi Diz

        Oi Mirella! Tudo bom? Tenho uma duvida. Eu nao tenho o visto americano, somente com o TRV canadense. Eu consigo entrar nos EUA por terra?

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Oi Valter,
          Paa entrar nos Estados Unidos, você precisa de visto americano.
          Um visto não elimina o outro.
          Abs

  37. Diego Diz

    Comprei minhas passagens de ida e volta de São Paulo para Vancouver e tinha a intenção de visitar Seattle e Portland de ônibus durante a viagem. Sou brasileiro, sem dupla cidadania, tenho o visto de turista americano e o ETA canadense. Cheguei em no Canadá (Aeroporto de Vancouver) em 12/02/18 e meu passaporte não foi carimbado na entrada. Em 20/02/18 peguei um ônibus Greyhound de Vancouver para Portland e deu tudo certo. Em 28/02/18, peguei o ônibus da Boltbus para Vancouver. O motorista pediu a todos passageiros que mostrassem que levavam junto o passaporte, mostrei o passaporte brasileiro e ele deixou embarcar no ônibus. Na fronteira com o Canadá, o agente da imigração apenas fez as perguntas de praxe (profissão, finalidade da entrada, quanto tempo iria ficar, etc), não mencionou nada sobre o visto canadense ou o ETA. Mesmo assim, mencionei que estava retornando ao Canadá para pegar o meu vôo de volta, ele apenas perguntou a data de vôo e me deixou seguir.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Diego,
      Muito legal seu relato, obrigada mesmo por vir aqui nos contar como foi esse processo do lado oeste.
      Obrigada, com certeza vai ajudar muita gente!
      Abs

  38. Fabricio Faria Diz

    Vou deixar aqui minha experiência porque foi minha maior dúvida cruzar a fronteira Vancouver / Canadá e como tenho visto Eta, seguinte entrei via aérea para Vancouver e 27/02 cruzei a fronteira de carro passamos tranquilo 5 pessoas só uma única coisa para vocês não terem dor de cabeça , quando meu sogro entrou pelos Eua não carimbaram o passaporte dele de entrada , então tivemos que descer fizeram varias perguntas e depois carimbaram , então se pensam em fazer este trajeto e seu voo passar pelos Eua antes de entrar no Canadá lembrem sempre de pedir para o oficial carimbar .na volta foi super tranquilo passamos em 2 minutos . Boa viagem a todos!!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Fabricio,
      Obrigada pelo seu relato.
      Realmente, se o oficial do aeroporto carimbar o passaporte, deixa as coisas bem mais fáceis, né?
      Valeu mesmo por ter vindo aqui nos contou como foi.
      Abs

  39. Lara Rubbo Pereira Diz

    Queria compartilhar minha experiência depois de ler como as pessoas estão preocupadas, assim como eu estavapois não tenho visto canadense, só ETa. Sai sozinha de Vancouver pra Seattle de ônibus ontem pela Greyhound, passei uma noite em Seattle e meu ônibus de volta era de manhã. Na hora de passar na fronteira estava batendo aquele nervoso, mas deu tudo certo. Só precisei mostrar minha confirmaçao de voo de volta pra Brasil de Vancouver, nem o ETa precisei mostrar. Não sei se depende da hora do dia, ou se foi pelo fato que só tenho mais 5 dias em Vancouver, mas só queria compartilhar que foi tranquilo e rápido. Espero ter ajudado. Obs. Acabei de passar pela fronteita ?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Lara,
      Muito obrigada por compartilhar sua experiência!
      Vou adicionar nesse post essa questão de ter a passagem de volta em mãos, uma outra pessoa falou que o oficial pediu a mesma coisa 🙂
      Boa viagem de volta!!! Grande abraço

      1. Lara Rubbo Pereira Diz

        Fico feliz em ajudar. Abraços!

  40. Lara Rubbo Pereira Diz

    Esqueci de falar: entrei pela primeira vez no Canadá de avião e não tinha carimbo no passaporte.

  41. Nani Diz

    Olá também passei de Seattle pra Vancouver com o eTa bem tranquilo! ?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Nani,
      Super obrigada por avisar 🙂
      Beijos

  42. Érica Diz

    Tirei a coragem de ir para os EUA apenas com o eTA desse post e quero deixar minha experiência! Desde já, agradeço pelo conteúdo de excelente qualidade.
    Bom……estou estava em Toronto e resolvemos que iríamos a Niagaras Falls e depois passaríamos a tarde em Buffalo. Na hora de executar esse plano, escolhemos atravessar por Fort Erie e veio uma primeira surpresa: quando fomos passar pela fronteira americana, apresentamos o passaporte com o visto e, apesar de responder todas as perguntas com tranquilidade e ter a documentação correta, vi ele sendo detido pelo policial que o colocou em um saquinho e me deu um papel com a placa do meu carro e escrito que seria necessária a checagem de documentos. Fiquei em choque no começo, mas pelo que eu entendi acabou sendo pelo fato de eu não ter carimbo de entrada nos EUA (obviamente) e precisar fazer tuuuudo de foto e digital, do jeito que eles gostam. Fomos até a estação da polícia americana ao lado da fronteira e esperamos por cerca de 1h15 para sermos atendidos, já que estava cheio. Na hora que fomos chamadas, a oficial fez apenas algumas perguntas básicas e nos liberou…..única parte chata foi o chá de cadeira. Já a volta para o Canadá, onde morava a preocupação, foi MEGA tranquila! Escolhemos passar pela Rainbow Bridge por acreditar que os oficiais eram mais acostumados com turistas. Acabamos fazendo umas comprinhas pequenas nos EUA, rs, mas retiramos embalagens e deixamos na bolsa para não haver problemas. Na hora de falar com o policial de imigração, ele foi super simpático, fez perguntas como: onde fomos, se compramos algo (especialmente álcool), onde moramos, quando voltaríamo ao brasil, onde tinhamos almoçado e se não tinhamos comprado nem souvenirs (falei que sim, mas que tinha sido no lado canadense de Niagaras Falls, que era a verdade). Com isso recebi o carimbo e voltamos felizes para Toronto! Feliz em poder relatar uma experiência positiva e tomara que ajude os preocupados como eu!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Érica,
      Muito obrigada por compartilhar sua experiência com a gente!!!
      Só para informar, todo brasileiro precisa mesmo parar na fronteira para carimbar passaporte e passar oficialmente a fronteira, um saco e as vezes enche a paciência. Um chá de cadeira mesmo, nunca vi demorar tanto, as vezes é coisa de no máximo 30 minutos.
      O pessoal que passa direto, como pedágio, são americanos e canadenses.
      Que bom que o retorno deu tudo certo 🙂
      Beijos

  43. Karina Diz

    Olá Mirella! Muito bom as dicas do blog!
    Pretendo ir à Vancouver saindo de SP e no mesmo dia que chegar já ir para Seattle, ficar uns 3 dias e retornar para Vancouver. Tenho eTA e visto americano válidos. Indo no mesmo dia que chego no Canadá para os EUA acho que não term problema algum com a fronteira, né?
    Volto aqui para deixar meu relato qdo voltar tbm.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Karina, Tudo bem?
      Eu não vejo problema nenhum, pois você vai chegar via aérea, então tudo certo.
      Abs

  44. Diego Diz

    Olá, Muito útil seu post.
    Estou com uma dúvida, se puder me esclarecer, por gentileza:
    Vou pra Toronto em Setembro de avião, por duas semanas, porém gostaria de na última estar indo para Nova York via trem (que dizem ser uma experiência única) e retornando via aérea pro Canada um dia antes de pegar o avião e retornar para o Brasil. Você acha que posso ter algum tipo de problema em relação a isso?
    Muito Obrigado!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Diego,
      Não há problema algum, se seguir essa ordem que está falando. Tudo certo.
      Sobre ir de trem de Toronto a NY, eu vou ser sincera, não acho que é a coisa mais linda do mundo (risos). Se o preço compensar, beleza, do contrário ir de avião salva mais tempo e é menos cansativo.
      Abs

  45. Vanessa Becchi Diz

    Olá! Será que também se aplica a cruzeiros para o Alasca? A entrada seria via área por Vancouver então faria o cruzeiro que passa pelo Estados Unidos e retornaria via marítima para Vancouver. Estou louca para ir mas com receio…

    1. Danielle Fazza Diz

      Oi Mirella, tudo bem?
      Tb estou com o mesmo receio da Vanessa. Será que tem algum leitor do blog que passou por essa experiência do cruzeiro?
      Gosto muito do seu blog e do grupo no Facebook. Parabéns pelo trabalho!

      1. Mirella Matthiesen Diz

        Oi Danielle, Tudo bem?
        Obrigada pelas palavras sobre o blog, segundo o IRCC (que é o setor de imigração do Canadá), pode sim.
        Mas ainda não tivemos nenhum leitor que foi e comprovou…

    2. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Vanessa,
      Eu acredito que é válido para cruzeiros para o Alaska, mas ainda não tivemos ninguém aqui dos leitores que foi e voltou contando se deu tudo certo.
      Não ajudei muito, né?
      Se for, me avisa depois?
      Beijos

    3. Rosana Melo Diz

      Vanessa Macchi e Danielle Fazza, vocês fizeram o cruzeiro para o Alasca? Eu irei em setembro. Entrarei no Canadá por via aérea em Calgary. Depois de 12 dias irei de trem de Vancouver a Seattle para embarcar em um navio da Royal Caribbean para o Alasca. O final do cruzeiro será em Vancouver. Já tenho o eTA e o visto americano. A Royal me garantiu que não terei problemas com a documentação (já comprei a viagem de navio) mas ficou de me enviar um e.mail da central de Miami e ainda não recebi nada…no aguardo a mais de trinta dias! Agradeço resposta.

      1. marcia takata Diz

        Boa tarde Mirella e Rosana! Estou com cruzeiro para o alasca comprado e morrendo de medo de ir só com o eTA!!. Rosana, voce foi ? deu tudo certo:? Alguem já teve essa experiencia???
        muito obrigada e fico no aguardo!

        1. Mirella Matthiesen Diz

          OI MArcia,
          Eu acredito que se você chegar no Canadá de avião, e depois pegar o navio e voltar, não haverá problema.
          Depois nos conte como foi, por favor!
          Abs

      2. Guilherme Franciulli Diz

        Oi Rosana! Boa tarde!
        Conseguiu ir no cruzeiro apenas com o ETA?

  46. Paulo Moreira Diz

    Gostaria de entrar no Canada de carro pelos EUA, ainda continua sem poder com o ETA ?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Paulo,
      Se sua primeira entrada no Canadá será via terrestre (de carro), não pode.
      Para o eTA ser válido, a primeira entrada precisa ser de avião.
      Abs

  47. Arthur linhares dos Santos Diz

    Mirella bom dia tudo bem e Arthur tenho uma dúvida é sei que pode me ajudar .Tenho o Eta é o visto Americano válido meu visto Americano é de estudante é estou no Brasil e vou agora em maio para o Canadá via seria.Mas gostaria de passear por 1 semana NY. Consigo ir via terrestre carro,trem ou ônibus

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Arthur,
      Nao entendi direito sua pergunta, me desculpa.
      Mas se você tem o eTA e o visto americano, se você der a primeira entrada no Canadá via aérea, dentro de um período de 6 meses (ou o período que o oficial de imigração limitar na sua entrada), você pode viajar para os estados unidos de carro, trem ou ônibus e retornar para o Canadá.
      Abs

      1. Arthur linhares dos Santos Diz

        Tudo bem Mirella eu tbm escrevi bastante coisa kkkk.Mas a minha dúvida mesmo é o fato que tenho visto de estudante dos Estados Unidos e tbm tenho o Eta é vou do Canadá para os EUA de trem

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Entendi Arthur, eu sinceramente não sei como seria essa questão de entrar como turista com o visto de estudante nos Estados Unidos.
          Pois você não vai estar matriculado em nenhuma escola, então fica estranho, entende? Não sei dizer mesmo… vou ficar te devendo.

          Abs

  48. eni Diz

    Temos o ETA, mas nao conseguimos o ESTA, vamos ao Canada, mas gostariamos muito de fazer compras nos EUA, tem como fazer isso sem muito custo??? Tenho 60 anos e meu esposo 63. Obrigada

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Eni,
      Brasileiros não estão na lista para o Esta, para visitar os EUA vocês precisam do visto de turismo.
      E o custo é bem mais alto que o esta ou o eta.
      Se precisar de auxilio, o pessoal do Mundo dos Vistos pode ajudar: http://www.mundodosvistos.com.br/?or1=16164
      Abs,

  49. eni Diz

    Oi Mirella boa tarde, desculpa, esqueci de falar que temos cidadania italiana, portanto, estamos na lista do ESTA, so que o mesmo foi negado, e nao sei o que fazer agora, pq queremos ir no Canada, mas tb nos EUA. Obrigada

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Eni,
      Estranho vocês terem tido o ESTA negado, vocês tentaram se aplicar de novo?
      Será que algum nome estava errado? Eles deram algum motivo?
      Eu não entendo muito do ESTA, mas eu diria que não faz muito sentido vocês terem tido ele negado.
      Vocês já entraram nos EUA como italianos no passado?
      Abs

  50. eni Diz

    Mirella boa noite, nao achei estranho nao, qdo aplicamos imaginamamos mesmo que teria grande chance de ser negado, pq ja vivemos nos EUA ilegais por 10 anos, entre 1999 a 2009, eu fui c meus 3 filhos c visto, ja meu esposo nao conseguiu, foi pelo Mexico, foi preso na fronteira, mas o liberaram hs depois, so conseguimos a cidadania italiana 2 anos atras. Tivemos o ESTA negado dia 22/03/2018, e nao sei se podemos aplicar novamente. So queria me informar, pq como vamos ao Canada, se podemos ir de trem ou de carro a alguma cidade onde tenha lojas para compras, so com o passaporte italiano.Abraco, e obrigada.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Eni,
      Então agora faz sentido… de repente, porque você não faz as compras no Canadá?
      Aqui tem vários outlets e a cotação do dolar canadense está boa em comparação ao americano.
      Link: https://www.viajoteca.com/outlets-em-toronto/
      Abs

  51. eni Diz

    Oi Mirella, so queria comprar la pq ja conheco as lojas e onde comprar o q eu quero, mas se nao tem jeito, v tentar fazer no Canada mesmo, vou me informar dos melhores lugares. Obrigada

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Legal Eni, espero que encontre tudo o que precisa 🙂
      Abs

  52. Bruno Andrade Diz

    Boa noite Mirella,

    Nesse momento estou em Quebec, e estou com uma grande dúvida e lendo os comentários não vi nada parecido.

    Lá em cima vc diz que entrando no CA, o oficial pode carimbar ou não o passaporte ( ou colocando data limite), meu passaporte foi carimbado com a data de entrada. Entrei com visto americano + ETA, isso significa dizer que posso ficar 6 meses ao máximo, não encontrei nada a respeito disso, quero dizer nada com uma data limite menor que os permitidos, estou com essa grande dúvida.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Bruno,
      Se ele não colocou data limite, você pode ficar no Canadá com o eTA até 6 meses: http://www.cic.gc.ca/english/helpcentre/answer.asp?qnum=1016&top=16
      Divirta-se em Quebec!
      Abs

  53. Luciana Bezerra Diz

    Olá Mirella, tudo bem?

    Estou em Vancouver estudando inglês por seis meses, tenho apenas ETA e não tenho carimbo da minha primeira entrada no país por meio aéreo. Estou ficando em host family e fui convidada por eles para curtimos o feriado da Páscoa em Portland e Seattle. Criei coragem de ir graças às informações do seu blog, pois realmente acreditava que só poderia trafegar por meio aéreo. Não tive problema algum na fronteira, apenas perguntas de prache: quanto tempo vou ficar no Canadá, onde estou estudando e etc.

    Parabéns pelo seu trabalho. Tenha certeza que todos os dias você ajuda muitas pessoas!

    Um grande abraço, Luciana! ?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Luciana, Tudo bem?
      Fiquei muito feliz em saber que as dicas te ajudaram e não perdeu essa oportunidade de conhecer mais lugares durante sua viagem!!!!
      Obrigada por compartilhar sua experiência 🙂
      No seu próximo intercâmbio para o Canadá, não esqueça de me procurar, tb trabalho com isso!
      Beijos e aproveita muito sua estadia no Canadá!!!!
      Abs

  54. João Paulo Kruschewsky Diz

    Bom dia Mirella,
    sei que não é comum receber menos de 6 meses de autorização, mas, caso ocorra, como faço para dar uma nova entrada no Canadá com o eTA, recebendo um novo prazo de permanência?
    No caso eu teria que viajar para os Estados Unidos de avião e depois retornar ao Canadá também por via aérea?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI João Paulo, Tudo bem?
      Boa pergunta… eu não sei como seria isso.
      Na teoria, com o eTA (ou visto de turismo) você pode ficar 6 meses no Canadá dentro do prazo de 1 ano, a não ser que o oficial de imigração indique de outra maneira no passaporte.
      Nesse caso, eu não sei se o outro oficial de imigração iria permitir sua reentrada. Vou ficar te devendo, se vivenciar isso, por favor venha nos contar depois, pois pode ser que outra pessoa passe pela mesma situação.
      Abs

  55. Malu Bierrenbach Diz

    Obrigada pelo post Mirella, estava louca atrás de uma informação mais precisa sobre esta questão eTA e cruzar a fronteira.
    Vamos para o Canadá em dezembro e pretendemos dar uma visitada nos EUA na fronteira perto de Niagara Falls.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Legal Malu,
      Espero que tenha ajudado 🙂
      Divirta-se e usem nossos links para reservas, se puder.
      Bjão

  56. Filipi Cardoso Diz

    Ola bom dia.

    Tenho uma duvida.
    Vou fazer intercambio no Canada mas tenho interesse em visitar os EUA durante esse periodo. Pois bem, quero saber se posso pedir o visto americano, e em posse do visto americano aplicar para o ETA sem ter entrado nos EUA.

    Minha intensão é nao ter que tirar um visto para cada pais.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Filipi, Tudo bem?
      Pode sim, o eTA não especifica a questão das viagens, mas do visto em sim.
      Então você pode tirar primeiro o visto americano e posteriormente o eTA.
      Aliás, eu trabalho com intercâmbio, seria um prazer lhe enviar meus orçarmentos e te ajudar nessa jornada 🙂
      Meu email: contato@mikixintercambio.com ou mirella@mikix.com
      Abs

  57. Alexsandro Diz

    Ola Mirella, bom dia!
    Estou com viagem programada pro Canada dia 25/04. Chegarei em Toronto via area, de la sigo pra Montreal , de Montreal sigo pra Nova Iorque de aviao, e de Nova Iorque sigo pra Toronto via terrestre de onibus a partir de Buffalo. Tenho visto americano valido ( em um passaporte vencido ) e o ETA com o passaporte atual válido. Minha unica duvida é quanto à saída do Canada por via aérea. Em quase todos os comentarios, ficou explicita a questao de entrar e sair via terrestre ou maritima, mas nao a combinacao aerea/terrestre. Alguma restricao? Talvez por questoes de imigracao na saida do Canada pra NY ? Seria melhor sair e retornar por via terrestre como a grande maioria dos relatos?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Alexsandro,
      Na teoria, não teria problema algum, pois a sua primeira entrada no Canadá (25/04) vai ainda estar válida, entende? Então a primeira entrada foi dada via aérea.
      Mas não tivemos relatos ainda aqui no blog de pessoas que fizeram isso, então, não sei quão fácil seria o processo e o conhecimento do oficial de imigração.
      Tivemos um caso de uma menina que foi de NY a Toronto de ônibus, e o motorista a deixou em Buffalo, pois não sabia dos tramites do eTA, depois ela embarcou no outro onibus, veja aqui o relato: https://www.viajoteca.com/canada-para-os-estados-unidos-com-o-eta-visto-eletronico/#comment-12482 (o nome dela é Beatriz).
      Eu tentaria de qualquer jeito, pedir para o oficial de imigração do Canadá carimbar o passaporte (uma prática que eles quase nunca fazem, pois tudo ficou eletrônico).
      Se decidir ir, depois nos conta como foi?

  58. Clodoaldo Diz

    Olá Mirella,
    Estou muito feliz de ter achado esse post que certamente é o mais esclarecedor sobre eTA para brasileiros. Muito legal também os feedbacks de quem já passou pela experiência.
    Tenho uma dúvida quanto à viagem de trem entre EUA e Canadá. Vi que a maioria das experiências aqui são de quem passou de carro ou ônibus, porém não sei se alguém já fez o retorno ao Canadá de trem.
    Devo fazer esse trecho em junho com minha família e entraremos no Canadá via aérea com o eTA. Pretendo sair e retornar de trem entre Vancouver e Seattle.
    Agradeço se alguém puder esclarecer e parabéns novamente pela iniciativa!
    Grande abraço,
    Clodoaldo

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Clodoaldo, Tudo bem?
      Obrigada pelas palavras sobre o blog 🙂
      Então, na teria, o procedimento para carro, trem, ônibus ou navio, é igual.
      Mas como você viu, ainda não tivemos pessoas que comentaram sobre o trem … eu acredito que não haja problema, mas não posso garantir nada, entende?
      Tenta pedir para o oficial da imigração em Vancouver para carimbar seu passaporte, assim, fica mais fácil de provar, caso preciso disso.
      Se fizer a viagem, depois nos conta, tá?
      Obrigada

  59. Gabriela Diz

    Olá Mirella,
    Me chamo Gabriela e estou estudando inglês em Vancouver .Tenho eTa como visto e queria saber se depois de seis meses eu preciso voltar para o Brasil ou se eu posso permanecer aqui por conta do visto ser válido por cinco anos. E se ao final desses seis meses eu posso ir para os EUA e poucos dias depois retornar pra o Canada e permanecer mais dois meses .
    Obrigada

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Gabriela, você pode ficar no Canadá até 6 meses ou o período indicado no carimbo do passaporte (se o oficial não carimbar nada ou anotar uma data limite, você pode ficar 6 meses).
      Depois desse período você não pode permanecer no país, pois a partir de então estará ilegal. O visto vale por 6 meses, mas sua permanência pode ser de até 6 meses dentro do período de um ano, ou qualquer outro período indicado pelo oficial de imigração.
      Você só pode permanecer no Canadá se trocar o status do seu visto, mudando para estudante, por exemplo.
      Eu trabalho com intercâmbio, se ainda não tiver fechado a escola, acomodação ou seguro, estou disposição (mirella@mikix.com)
      Abs

  60. Ricardo Botelho Diz

    Oi Mirella eu queria uma informação eu tenho visto americano válido e fiz eta e fui aprovado eu fiquei dois anos nos EUA passei da minha permanência e mesmo assim me deram o eta a minha pergunta é . Do Canadá pro EUA quando eu tiver passando pela imigração e não deixarem eu entrar eu volto pro Canadá ou sou deportado dos EUA eu já ouvi vários casos igual ao meu que deram certo e passou mas posso ser pego pois tenho essa dúvida oque aconteceria ser eu for pego tentando entrar nos EUA

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Ricardo, Tudo bem?
      Realmente não tenho a menor idéia do que acontecerá.
      Vou ficar te devendo, me desculpa.
      Boa sorte

  61. Larita Albieri Diz

    Olá Mirella, adorei sua postagem e acredito que me ajudará muito, tenho uma pequena dúvida.
    Eu vou do Brasil para NY, e no mesmo dia tenho voo para Toronto com o ETA, a minha ideia de retorno para NY é vi terrestre, eu passo pela imigração Canadense via terrestre? posso sair via terrestre e ter o registro de saída? Não retorno ao Canadá, meu retorno para o Brasil é via NY. Agradeço muito sua atenção

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi LArita, Tudo bem?
      Você pode sair do Canadá sem problema via terrestre.
      Você não passa pela imigração canadense, mas como você vai estar entrando nos EUA, eles vão dar saída por lá, tudo é eletrônico agora.
      Abs

  62. Liliane Pacheco Diz

    Olá Mirella, acabo de voltar de Seattle para Vancouver de carro e não tive nenhum problema na imigração! As perguntas de sempre, quando chegou no Canadá, veio fazer o que, quando vai embora, e pediram para ver o eTA. Valeu pelas suas dicas! Só assim decidi fazer a viagem pois em nenhum lugar era claro. Só uma dica, nunca peguem a nexus lane! Entrei nela sem saber e me deu trabalho na ida para os EUA… Abraços!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Liliane, Tudo bem?
      Que legal que deu certo para vocês e que curtiu as dicas.
      A fila do Nexus não pode mesmo pegar, só quem tem nexus, vou adicionar esse dica, pois pode dar problema, especialmente se o oficial da imigração estiver com o rabo virado, né?
      Abs

  63. Tatiana Cardoso Diz

    Meu filho de 16 anos está indo fazer intercâmbio no Canadá em 08/2018 pelo período de 06 meses, ele tem o visto americano válido, pelos comentários no post vi que o mesmo não terá problemas em passear pelos EUA via terrestre com o eTA. A minha dúvida é a seguinte:se eu fizer o eTA para ele agora no mês de 05/2018, a validade dos 06 meses começa a contar agora ou somente quando ele entrar no Canadá em agosto? Obrigada

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Tatiana,
      Ele não terá problema de entrar via terrestre desde que a primeira entrada no Canadá seja via aérea.
      O eTA vale pelo período do passaporte e a validade dos 6 meses no Canadá, só vale quando ele chegar no Canadá. Depois de 1 ano longe, ele pode voltar com o mesmo eTA. Entende?
      Como o visto americano, não pode ultrapassar 6 meses no país, dentro do período de 1 ano.
      Abs

  64. Letícia Diz

    MINHÁ EXPERIÊNCIA FOI O OPOSTO. Tenho eTA, estudei por quatro meses no Canada e no final do intercâmbio criei coragem de ir para os EUA via terrestre, baseado nos relatos positivos e que tinha meu carimbo certo no passaporte. Resultado: acabei de cruzar a fronteira depois de 3 HORAS E PAGAR 200 CAD, riram muito de mim e ligaram para a moça do email, que falou que nunca tinha falado isso e que foi um equívoco

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Letícia,
      Sinto muito por isso, mas eu tenho o email e até a resposta dela.
      Eu não entendo como você conseguiu re-entrar, pois aí você não teria permissão, muito estranho terem te cobrado 200CAD – porque te cobraram isso?
      E pelos outros relatos aqui desse post, você pode ter percebido que todos reentraram e a maioria sem problema.
      Acho também estranho os oficiais terem rido de você, isso é motivo de você ter chamado o superior, pois eles não podem fazer isso.
      Que fronteira você cruzou? Estou achando tudo muito estranho.

  65. Natali Chiconi Diz

    Olá! Escrevo para alertar a todos sobre algo muito desagradável que aconteceu comigo em relação ao eTA.

    Nesta semana, tinha um voo para Nova Iorque com escala em Toronto. Pois bem… Pedi o eTA em fevereiro (!!), pois gosto de fazer tudo sem pressa, e recebi, depois de poucos minutos, a autorização para entrar no Canadá. Com o pedido aprovado, fiquei tranquila.

    O problema foi que, ao tentar fazer o check-in no aeroporto, a atendente da cia. aérea me disse que meu eTA não havia sido aprovado, pois coloquei o número do passaporte em que estava o visto americano e deveria ter colocado o número do passaporte novo.

    Corri para solicitar de novo o eTA, paguei a taxa e esperei novamente pela confirmação, que só chegou quatro horas depois. Consequentemente, não pude embarcar no dia e nem depois, já que não havia mais lugar nos voos subsequentes.

    O que me deixou mais indignada, além de todo o prejuízo, foi o meu pedido ter sido aprovado, mesmo com uma informação errada. Bastava eles dizerem que eu precisaria colocar o número do outro passaporte que eu faria rapidinho e pronto.

    Acredito que isso deva acontecer com outras pessoas, que descobrem o erro na hora do check-in – muitas vezes, tarde demais.

    Não sei como funciona o sistema de análise e cruzamento de dados deles, mas, certamente, é muito falho. Então, se você recebeu a aprovação, não necessariamente significa que está liberado para embarcar para o Canadá. Vale checar sempre para que não aconteça o que aconteceu comigo. 🙁

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Natali,
      Puxa vida … pelo que entendo eles cruzam somente os dados dos vistos, eles não tem como cruzar com o passaporte brasileiro, pelo menos por enquanto.
      É bom reconfirmar os dados depois que chega o email de confirmação.
      Boa dica e uma pena que tenha acontecido isso com você.
      Abs

  66. Leonardo Lopes Diz

    Boa tarde Mirella, tudo bem?

    Li todos os comentários acima e fiquei com uma duvida, vamos ver se você ou algum leitor pode me esclarecer.

    Sou brasileiro com cidadania portuguesa. Em outubro de 2018 irei para o Canadá para estudar inglês por 1 mês com amigos. Pretendo viajar para o Canadá com o meu passaporte português, visto que com ele tenho acesso ao eTA.
    Chegarei em Vancouver de avião, para que possa entrar pelo eTA.
    Acontece que, eu não tenho visto americano em nenhum dos passaportes (brasileiro e portugues) e estamos planejando ir para Seattle.

    A minha dúvida é: uma vez entrado no Canadá corretamente, com um eTA válido, passaporte carimbado pela imigração canadense, só com isso eu consigo ir para Seattle? ou eu precisaria de um visto de turista americano?
    Se no caso eu não fosse com um eTA, e possuísse um visto de turismo/estudo canadense, eu conseguiria ir para Seattle normalmente – mudaria alguma coisa em relação ao eTA?

    Desde já agradeço,

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Leonardo,
      É muito importante não confundir uma coisa com a outra.
      O visto canadense, eTA ou qualquer outro, não anula a necessidade de um visto americano. O inverso também é válido.
      Mas se você tem o passaporte português, assim como o pode tirar o eTA para o Canadá, você pode tirar o ESTA para os Estados Unidos, assim você usa somente um passaporte para viajar por esses dois países.
      Ambos são autorizações eletrônicas.
      Ajudei?

  67. Tamiris Diz

    Olá ! Gostei muito do seu blog !
    Vou para o Canadá e pedi o eTA em janeiro, recebi o e-mail de confirmação, tudo certinho, porém quando fui consultar o status no site não aparece nada. Fiquei suuuper encanada, será que o recebimento do e-mail significa aprovação ? Tenho o mesmo passaporte com o mesmo número que solicitei…

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Tamiris, Tudo bem?
      Será que tem algum erro na documentação do seu eTA?
      Você tentou ver o status por esse link: https://onlineservices-servicesenligne.cic.gc.ca/eta/applicationQuery?lang=en?
      Abs

      1. Tamiris Desiderio Diz

        Olá Mirella !
        Felizmente descobri o que aconteceu. No momento de digitação dos dados para consulta eu estava inserindo os dados referentes ao visto (data de emissão e validade) porém deve-se inserir os dados do passaporte, eu estava confundindo as datas.

        Obrigada !

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Espero que dê tudo certo agora, Tamiris!
          Beijos

  68. Ingrid Colombini Diz

    Olá! Vou pra Vancouver passar um mês para estudar, tenho o visto dos EUA e o Eta, porém no meu voo de ida, tenho 2 escalas nos eua antes de entrar em Vancouver, e no fim da minha viagem pretendo passar 3 dias na casa de uma amiga em Seattle, porém meu voo sai de Vancouver para voltar ao Brasil… vou conseguir entrar em Vancouver de novo, mesmo não tendo o carimbo de entrada???

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Ingrid,
      Você pode reentrar no Canadá com o eTA, caso sua primeira entrada tenha sido via aérea, o que é o seu caso.
      Já tivemos pessoas nos comentários que fizeram o trajeto e não tiveram problema 🙂
      Precisando de seguro viagem para seu intercâmbio, não esqueça de fazer cotação com nossa empresa parceira Seguros Promo.
      Boa viagem!!

  69. Iracema Diz

    Ola Mirella.Estou indo para o Canada em julho, chegado via aerea.Ja tirei o eTA e esta tudo ok.
    Pretendo ir a Seattle via maritima e de la retorno para Toronto via aerea, numa escala de 8 hs em que pretendo passear por Toronto.
    Acha que terei algum problema em sair do Canada via maritima e e retornar via aerea?
    Obrigada
    Iracema

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Iracema,
      Tudo bem>
      Não terá problema algum, pois quando há problema, ele acontece ao reentrar via aérea ou terrestre.
      Saída de qualquer maneira não tem problema e reentrada via aérea também não 🙂
      Boa viagem e não esqueça de usar nossos links para seguro, reserva de hoteis e essas coisinhas, você não paga mais por isso e nos ajuda um montão 🙂

      1. Iracema Diz

        Obrigada, vou usar os links sim.
        abraços

  70. Vinicius Santos Diz

    Estou tentando imprimir o eTA e continua me informando para esperar 72hs, mas solicitei em Março. Pode me ajudar?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Vinicius,
      Você não tem o email de aprovação que eles mandaram? Aquele documento você já pode imprimir e prontinho.
      Eu não sei qual o documento que está tentando imprimir, me desculpa.
      Abs

  71. FELIPE GOIS Diz

    Mirella, parabens pelo site e por este post, como ja dito la no inicio, de grande utilidade publica. Estou indo com a familia, mulher e 2 filhas, em julho para as rochosas canadenses, com periodo intermediario no Glacier Park nos EUA. Chegaremos por Calgary via aerea, vindo de SP com conexao em Houston. Ja estava reunindo toda a documentacao para dar entrada no visto completo quando descobri seu blog. Agora fiquei receoso sobre o que fazer. Se por um lado todo o tramite burocratico e o custo (CAD 400, fora despesas acessorias) me fazem pender para o lado do eTA (e seja o que Deus quiser..), a possibilidade de tudo dar errado permanece la no fundo, ainda que de forma residual. Voce tem relatos mais atuais (maio/junho) sobre a re-entrada somente com eTA? O caso (unico!) da Leticia acima foi esclarecido? Apos Calgary vamos de carro para o Glacier nos EUA e voltamos de la para Waterton (parque adjacente, ja no Canada) e depois rochosas canadenses. Obrigado e parabens pelo site!!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      oi Felipe, Tudo bem?
      Entendo essa sua reticência, as últimas pessoas que confirmaram a reentrada aqui nos comentários foram a Liliane Pacheco (via Seattle) há 1 mês, e a Érica (via Niagara) há 3 meses.
      Eu acredito que vocês não terão problema, mas não posso falar por nenhum oficial de imigração. Mas segundo as regras, você podem reentrar de carro para o Canadá sem problema, desde que a primeira entrada seja via aérea e a autorização ainda esteja dentro da data de validade (geralmente 6 meses depois que se entra no país).
      Espero que te ajude a decidir.
      Ah, e quando for reservar hoteis, seguro viagem, chip de celular etc, não esqueça de usar nossos links dos parceiros, você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a manter o blog 🙂
      Abs

  72. Felipe Gois Diz

    Obrigado Mirella! Agora há pouco vi também que outras fontes na internet também estão dando essa mesma interpretação, inclusive o Ricardo Freire. Muito obrigado por toda a sua ajuda! Vou na linha do eTA. E pode deixar que farei uso sim dos links!!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Felipe,
      Maravilha!!! Eu acho que o eTA vai ser mais fácil e bem mais barato para vocês.
      Esse link tem o passo a passo, caso precise: https://www.viajoteca.com/como-aplicar-autorizacao-eletronica-de-viagem-para-o-canada/
      Depois me conte como foi a viagem 🙂
      Abs

  73. MATEUS Diz

    Bom dia, Mirella!

    Estou comentando aqui, pois só achei esse post na segunda página de pesquisa do Google, e em outros sites/discussões estão passando informações erradas ou precipitadas sobre o eTA.

    Assim como a maioria dos leitores, fiz o eTA e já tenho visto americano. Estou indo para Vancouver nos próximos dias chegando via aéreo, e comprei passagem de ônibus (empresa greyhound) para Seattle na outra semana. Acredito que algumas pessoas/empresas que fazem o visto canadense estão agindo de má fé, pois o eTA me parece ser a solução mais simples e barata para quem deseja ir para o Canadá de avião e passar uns dias nos EUA via terrestre. Não tem porque pagar caro e fazer o visto completo NESSE CASO ESPECÍFICO.

    Então aos leitores, é só seguir os passos:
    – Fazer e VALIDAR o eTA
    – Chegar no Canadá via aéreo primeiramente
    – Pedir para o policial de imigração carimbar o passaporte com a data de entrada no país
    – Pronto, as dores de cabeça tendem a ser minimas hehe

    Vou fazer a atualização do post assim que retornar, de momento obrigado pelas informações e pela dedicação.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Isso mesmo Mateus 🙂
      Obrigada pelo comentário.
      Abs,

  74. Andressa Diz

    Oi Mirella! Nossa.. muito bom esse tópico! Quando fiz o eTA tive essa dúvida.. procurei em vários lugares e nada.. até entrei em contato com o consulado aqui, mas a resposta foi bem evasiva. Vou a Niagara Falls em setembro e minha intenção é não cruzar de novo para o Canadá, mas é bom saber que isso é possível! Minha dúvida é a seguinte: tendo o eTA e o visto americano, na imigração no aeroporto em Toronto, preciso levar outros documentos pessoais, como comprovação de renda, vínculo de emprego, etc.? Muito obrigada pelo seu auxílio!! Com certeza vai ajudar muita gente!!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Andressa, Tudo bem?
      Que bom que o post ajudou.
      Esse post vai te ajuda sobre a questão de como é passar pela imigração no Canadá: https://www.viajoteca.com/como-passar-a-imigracao-no-canada/
      Abs

  75. Thais Nogueira Diz

    Oi Mirella, adorei seu blog ! Irei pra Toronto no próximo sábado com o ETA (via aerea), depois sairei de Vancouver para um cruzeiro só de ida pro Alasca (tenho visto americabo) retornarei de avião para São Paulo. A funcionária da empresa de cruzeiros me disse que não consigo embarcar no navio somente com o ETA, a questão é que estarei SAINDO do Canada !! Quase endoidei com essa informação! Depois, com calma, fui me informar melhor e vi que o que ela me disse não fazia o menor sentido ! Lendo os relatos aqui percebi que a grande maioria pretende retornar ao Canadá, o que não é meu caso. E, pelo que entendi aqui, eu até poderia retornar dentro do período inicial. Vc já soube de alguém que teve problemas ao SAIR do país? Obrigada !!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Thais,
      Você pode sair do Canadá até estando ilegal… sair nunca é o problema 🙂
      O retornar que é o dilema, mas nesse caso, eu diria que você não precisa se preocupar. Pois você já estará no Canadá e sairá…
      Depois me fala como foi 🙂

    2. Caroline Diz

      Oi, Thais!
      Você conseguiu embarcar no cruzeiro?
      Estou com o mesmo problema que você… tenho um cruzeiro só de ida saindo de Vancouver para Los Angeles e tenho receio de não conseguir embarcar por não ter o visto canadense. Deu tudo certo para você?

      1. Mirella Matthiesen Diz

        Oi Caroline,
        Se você tem o eTA e o visto americano, se for entrar a primeira vez no Canadá de avião e só for sair do Canadá com o cruzeiro, você não terá problema.
        Sair nunca é o problema, o dilema é reentrar com o eTA no Canadá, entende?
        Mas pelo que entendi seu cruzeiro sai do Canadá e você desembarca em Los Angeles, se for isso, não tem problema.
        Abs

        1. Joao Pedro Diz

          Oi, Mirella. Muito bom post. Mas, por ser antigo gostaria de saber se tem alguma mudança nesse dilema de reentrar no canada de carro. Estou indo para Seattle de carro (saindo e voltando para Vancouver) no meio do ano. Tem algum relato recente? Alguma novidade?

          1. Mirella Matthiesen Diz

            Oi João,
            Para o pessoal que está indo de carro, não tem havido problema.
            Quando voltar conta pra gente 🙂

            Abs

        2. Carolina Genovesi Gomes Diz

          Oi Mirella, tudo bem?

          Esse post e os comentários são muito esclarecedores!
          No mês que vem, vou de lua de mel pro Canadá e farei um cruzeiro pelo Alasca partindo de Vancouver e chegando em Anchourage. De lá, voltarei de avião para Toronto e daí, de volta pra SP!
          Por todas as informações que li por aqui, o ETA é suficiente, pois as duas entradas no Canadá serão via terrestre, certo?

          Muito obrigada!
          Abs

          1. Mirella Matthiesen Diz

            Oi Carolina,
            Isso mesmo, não há com o que se preocupar.
            Você tem o visto americano, né?
            Precisando de seguro saúde, chip de viagem e tudo mais, não esqueça de usar nossos links, super agradeço 🙂
            Qualquer dúvida, estamos por aqui.
            Beijos e boa viagem

  76. PATRÍCIA LIMA MARQUES Diz

    Bom dia Mirella,

    Fui para Montreal agora em Maio, e estou querendo voltar em Setembro para fazer um curso de 3 – 4 meses de inglês.
    Vc sabe se eu poderia voltar para fazer esse curso com o eTA? ou teria que tirar o visto de estudante?
    Desde já agradeço.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Patricia, Tudo bem?
      Você pode ficar 6 meses no Canadá dentro de o período de 1 ano com o eTA.
      Se você não ficou mais de 6 meses nessa ultima visita, pode ir sem problema.
      Você pode estudar inglês no Canadá até 6 meses com o eTA ou o cisto de turismo, não precisa de visto de estudante.

      Se quiser orçamento de cursos de inglês em Montreal, eu trabalho com intercâmbio no Canadá 🙂
      Qualquer coisa me manda email: mirella@viajoteca.com

      Abs,

  77. Iracema Diz

    Mirela, o que vc acga que e mais legal, ir de Victoria para Seattle de barco ou voltar para Vancouver e pegar um trem para Seatlle?Me disseram que esta viagem de trem e sensacional……

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Iracema,
      Essa vou ficar te devendo, não fiz nem uma e nem outra.
      Eu fiz já fiz o hidroavião de Vancouver para Victoria e AMEI!!!!

  78. ANA Diz

    Pessoal,
    meu relato: minha mãe fez conexão no Canadá com o ETA em vôo para Seatle, e depois quis ir passear no Canada de barco. A imigração não queria permitir, por ter sido somente conexão em Toronto, poderia considerar que ela só esteve em trânsito e não chegou a entrar no Canadá (mesmo mostrando o carimbo). Ela conseguiu entrar pela simpatia dos agentes, que admitiram estarem confusos, porém foi meia hora de conversa na sala e claramente poderia não ter dado certo.
    Obrigada pelas informações do site.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Ana,
      Muito obrigada pelo relato.
      Realmente o caso dela é dúbio, pois ela não entrou no Canadá, ela passou por trânsito e aí essa questão do eTA fica complicadinho.
      Ainda bem que no final deu tudo certo 🙂
      Muito obrigada pelo relato, super precisamos de experiência do dia a dia aqui para o pessoal saber como proceder.
      Beijos

  79. Eduardo Fraga Diz

    Ola, Mirela! Pretendo fazer o eTA, porém meu visto americano está no meu passaporte que está vencendo. Farei um novo passaporte e levarei os dois em virtude do meu visto americano, válido, estar no passaporte a vencer. Há algum problema de requerer o eTA nesta condição? Obrigado!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Eduardo, Tudo bem?
      Não há problema algum, mas melhor tirar logo o novo passaporte e só tirar o eTA quando esse chegar.
      Pois a validade do eTA está associado a validade do passaporte.
      Abs,

      1. Eduardo Fraga Diz

        Muito obrigado, Mirella!

  80. Ana Paula Diz

    Oi Mirella! Gostaria de agradecer novamente pelas suas dicas e também pelos comentários dos leitores, que me encorajaram a tirar o eta ao invés do visto canadense. Embora vários leitores já tenham deixado aqui comentários sobre a travessia por terra com o eta entre o Canada e os EUA, acho importante falar da minha experiência, para que mais leitores que tenham o visto americano válido e pretendam entrar primeiramente pela via aérea pelo Canada e depois ir para os EUA e reentrar no Canada por terra se sintam tranquilos para tirar apenas o eta ao invés do visto canadense. Fui para Vancouver com a minha filha menor de 2 anos. O nosso voo saiu do Rio para Vancouver com escalas em Houston e em Calgary (Canada). Então, fizemos a imigração em Calgary (Canada), que correu sem problemas, apenas poucas perguntas de praxe como: quanto tempo vão ficar no Canadá, o motivo da viagem… A funcionária do aeroporto de Calgary carimbou nossos passaportes, não precisei nem pedir. A minha irmã, que vive em Seattle, foi nos buscar de carro em Vancouver. Na volta, fomos de carro direto de Seattle para Vancouver (cerca de duas horas e pouco de viagem) e passamos na fronteira entre Seattle e Vancouver apenas com o eta sem nenhum problema. Para quem nunca passou pela experiência, vale dizer que, em regra, você não precisa nem sair do carro. A funcionária pediu os nossos passaportes, checou rapidamente no sistema e fez perguntas simples (onde morávamos, quando iríamos voltar para o Brasil e se o nosso passaporte havia sido carimbado quando entramos via aérea pelo Canadá). Foi tudo muito tranquilo e rápido! Obrigada, Mirella! E parabéns mais uma vez pelo site! Muito útil! Abraços! Obs.: Eu viajei com 2 passaportes, um passaporte já vencido, mas que contém o visto americano válido e o outro passaporte novo válido. Neste caso, importante lembrar que ao tirar o eta a pessoa deve colocar o número do passaporte novo (válido) e, não, o número do passaporte onde está o visto americano. E claro, deve viajar com os 2 passaportes.

    1. Eduardo Fraga Diz

      Oi, Ana Paula. Muito obrigado pelo teu comentário! Respondeu com exatidão a minha dúvida. Valeu!

    2. Mirella Matthiesen Diz

      OI Ana Paula, Tudo bem?
      Muito obrigada pelo seu relato, sempre muito bom saber como está indo a experiência das pessoas 🙂
      Fico muito feliz que esse post tenha te ajudado também …
      BJks

  81. Ana Paula Diz

    Oi Eduardo, que bom que meu comentário te ajudou. Se tiver qualquer dúvida na hora de preencher o eta recomendo seguir as informações aqui do site, pois a Mirella fez um passo a passo bem detalhado que eu segui direitinho e deu tudo certo. abraços,

  82. Luiz Fernando Antunes Diz

    Olá, Mirella!
    Tenho uma dúvida um pouco diferente. No meu caso eu estou indo para Seattle (EUA) e comprei a passagem aérea de ida para Vancouver (Canadá), como é requerido pelo governo canadense. Mas gostaria de voltar de Vancouver para Seattle de trem ou ônibus, e não mais retornarei para o Canadá. Você sabe se o eTA permite isso? Já mandei uma mensagem no twitter pra eles mas não me responderam e viajo dia 6 de julho.
    Meu medo é que minha saída do Canadá não seja registrada e isso implique em futuros problemas, por exemplo, em setembro vou para Montreal também com o eTA via NYC.
    Muito obrigado pelas dicas e parabéns pelo site!!!
    Beijão,
    Luiz

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Luiz,
      Você pode ir embora do Canadá como quiser, o eTA para brasileiros só exige a entrada via aérea, o resto é tranquilo.
      Me desculpa a demora em responder.

  83. Petrus Bonato Diz

    Passando também para deixar o meu relato, já que tive as mesmas dúvidas quando fui viajar.

    Também não tive problemas para retornar ao Canadá por terra tendo apenas o eTA.

    Eu e minha esposa fizemos a nossa primeira entrada no Canadá em Calgary após escala nos EUA. Eu tenho o visto canadense mas ela tinha apenas o eTA. A imigração foi um pouco mais demorada do que a minha última visita ao Canadá. Fizeram a gente esperar por alguns minutos em uma outra área junto com outras pessoas e fizeram mais perguntas do que eu estou acostumado, mas foi tudo tranquilo. Carimbaram ambos os passaportes e seguimos viagem.
    Após isto seguimos em outro voo para Vancouver.

    Alugamos um carro e dirigimos para os EUA (fizeram apenas aquelas 3 perguntas básicas).
    Na volta passando também na fronteira entre Seattle e Vancouver (Peace Arch) foi super tranquilo. Apenas escanearam os passaportes, perguntaram até quando ficaríamos no Canada e se o veículo era alugado (a placa do veículo era dos EUA).
    Carimbaram os passaportes e seguimos nosso caminho.

    O único momento em que perguntaram se nós tinhamos o visto ou o eTA foi pelo agente da compania aérea na hora de despachar as bagagens no Brasil. Durante a viagem realmente foi tudo muito tranquilo.

    1. vinícius Diz

      Obrigado pelo relato, amigo.

    2. Mirella Matthiesen Diz

      OI Petrus, Tudo bem?
      Obrigada pelo relato… sempre bom ter a confirmação que tudo continua funcionando direitinho!
      Abs

  84. Alana Diz

    Oi Mirela, primeira parabéns pelo blog e pelo post. Eu tenho algumas duvidas relacionadas ao ETA. Estou em Toronto ha 4 anos e meio, mês passado eu fiz renovação de passaporte e extensão de visto de trabalho (PGWP) junto com ele recebi o ETA. Eu entrei por via área a ultima vez em Fevereiro-2018 com meu antigo TRV. Estava pensando em visitar os EUA por via terrestre, minha duvida e justamente essa como entrei por via aérea a ultima vez usando meu antigo TRV, teria alguma problema eu fizer a entrada para o Canadá usando o ETA?
    Muito obrigada!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Alana,
      Não entendi direito essa questão… se você tem o visto de trabalho, porque te deram o eTA?
      O visto de trabalho não te dá mais liberdade que o eTA?
      Olha, sinceramente vou ficar te devendo essa resposta, não tenho ideia como proceder em um caso como o seu, pois eu nem sabia que era possível ter o visto de trabalho + o eTA.
      Será que é isso mesmo?

      1. Alana Diz

        Oi Mirella, e isso mesmo, pois o PGWP ou study permit nao te da a opcao de re-entrar no Canada. Por isso ja e emitido junto ao visto o eTA.

    2. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Alana,
      Eu acho que você pode ter problema, pois no website do Canadá diz o seguinte:
      “Can you go back home while studying?
      If you plan to leave Canada during a scheduled break (such as the summer, or winter holidays and spring break), you may need to show proof you are enrolled in your school when you return to Canada. If you came here on:

      – a visa, you also need to make sure it is still valid.
      – an electronic travel authorization (eTA), and you leave and return to Canada by air, you will need a new eTA.

      Your study permit is not a visa.”

      Meu receio é que como você entrou com o TRV e não o eTA, e esse primeiro expirou, aí uma coisa não bate com a outra.
      Quando você fez a extensão do visto, eles não reemitiram o visto de múltiplas entradas de novo? Isso teria solucionado esse problema, né?
      Eu vou ficar te devendo essa resposta, tenta perguntar na conta deles do twitter.
      E se der, depois me conta como foi.
      Abs

  85. Ana Paula Sabino Diz

    Olá, Mirella! Primeiramente, parabéns pelo blog!!!

    Gostaria de deixar aqui registrada a minha experiência com o eTA, saída e volta pro Canadá via terrestre. Experiência essa que aconteceu agora em julho.

    Chegamos no aeroporto de Vancouver e nossa entrada foi liberada rapidamente. A agente fez apenas algumas perguntas. Ao perceber que ela não iria carimbar nossos passaportes eu resolvi pedir para que o fizesse, pois tínhamos intenção de ir até Seattle e voltar pro Canadá por via terra. Ela disse que não carimbam mais os passaportes, e que tudo fica registrado online e que eu não teria problemas em voltar. Fiquei com a pulga atrás da orelha, mas era alguém da imigração me dizendo aquilo. Então, mantivemos o nosso plano.

    Fomos até Seattle de trem. Na ida tudo certo (claro! Visto americano válido… Só alegria rs)!
    Passamos 5 dias em Seattle e tínhamos que voltar pra Vancouver pq nosso vôo de volta pro Brasil sairia de lá.

    Na fila de embarque pra pegar o trem de volta pra Vancouver, os funcionários da empresa fizeram uma vistoria nos passaportes de todos antes de embarcar. E ao olhar os nossos, o funcionário nem nos deixou embarcar pois não tínhamos o visto e nem o carimbo.
    Explicamos toda a situação ocorrida no aeroporto e ele nos mostrou um email oficial com letras garrafais dizendo que: BRASILEIROS não estão permitidos a entrarem de TREM apenas com o eTA. Só serão permitidas as entradas com o visto.

    Mas olha que curioso!!! Então, o funcionário nos orientou a irmos de ônibus. A empresa fez a troca das passagens e fomos de ônibus.
    Na fronteira olharam os passaportes, tivemos que explicar a situação novamente e liberaram a nossa entrada. Ufa!

    O que me chamou a atenção foi que o agente da imigração ficou na dúvida de como agir. Ele perguntou pro agente como ele poderia acreditar que já tínhamos entrado via aérea se o passaporte não estava carimbado???
    Não tiro a razão a dele, no lugar dele tb ficaria desconfiada.
    A única que ele pediu foi para eu mostrar o eTA pra ele.

    Penso que a razão por estarmos proibidos em voltar de trem é pq de trem não existe uma parada para fazer os trâmites de imigração. É feita uma rápida vistoria durante a viagem. Ao contrário do ônibus, que para, todos descem e passam pela imigração.

    Depois disso, minha conclusão: o eTA funciona apenas para entrada via aérea. É muito arriscado querer usar ele por entrada via terra. O melhor ainda é o visto.

    Espero ter ajudado de alguma forma. E obrigada por nos dar este espaço para trocar experiências.
    Abraços e sucesso!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Ana,
      Obrigada por ter dado nos informado seu caso, realmente de trem ainda ninguém tinha dado um parecer.
      Sem dúvida o visto completo é a melhor solução, pelo menos até todas as fronteiras (aérea, terrestre e marítima) se integrarem.
      Mas o que é sinto é que ainda existe falta de treinamento com os agentes da fronteira e o oficial de imigração do aeroporto deveria ter carimbado seu passaporte, porque você pediu e ele deveria saber que em algumas situações os oficiais não tem acesso ao sistema completo que deixa tudo explicado eletronicamente.
      Ainda bem que no final de tudo certo pra vocês.
      Beijos

  86. Suzana Castro Diz

    Queria deixar meu depoimento sobre o eTA, cheguei no Canadá (MONTREAL) apenas com o eTA, e seguindo varias recomendações fui de carro para os EUA, apenas para passar o dia e voltar a noite, na primeira vez, passei na fronteira dos EUA, fizeram as mesmas perguntas de praxe ( quando cheguei. quando iria embora, o que iria fazer nos EUA, qual a minha relação com os outros membros que estavam no carro), coração deu uma acelerada, mesmo estando tudo bem. Mandaram que nós descessemos e nos dirigimos ao posto da policia federal… depois de uns minutos de tensao me liberaram. (PS. todos canadenses, só eu de estrangeira). Passamos o dia, na volta, ja na fronteira do Canadá, quando mencionei o eTA, a policial fez as mesmas peguntas, depois de uns minutos checando, carimbou meu passaporte e liberou minha entrada.
    Duas semanas depois, voltamos aos EUA, mesmo procedimento mas dessa vez, não desci do carro, mas na volta, ja na fronteira com o Canadá, o policial novamente me perguntou todas as perguntas e pediu meu visto. Disse que nao tinha, e que tinha ido há poucos dias nos EUA e voltei numa boa pro Canadá. Lá se foi ele, la dentro checar a informação se eu poderia regressar ao Canada por terra… momentos angustiantes! Quando ele voltou, foi muito gentil como todos aqui, e me disse que iria me liberar dessa vez… mas que eu providenciasse urgente um Visto Canadense se quisesse entrar novamente por terra e evitar maiores problemas! E agora ainda estou aqui, atras de saber se consigo tirar um visto canadense, estando no Canada?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Suzana, Tudo bem?
      Esse negócio de parar na fronteira americana é normal para brasileiros, pois precisamos pegar um papelzinho branco ou algo assim, não foi? Na outra vez não precisou, porque provavelmente você ainda tem ele no seu passaporte, confere?
      Eu não sei se agora essa parte é eletrônica na fronteira americana, mas é normal, se ainda tiver esse papelzinho, lembra de entregar quando for embora do Canadá na hora do check-out, minha mãe já teve problema com isso uma vez.
      Eu ACHO que você consegue sim trocar seu visto no Canadá, você está estudando?
      Se quiser posso mandar seu contato para uma amiga que trabalha com visto em Toronto.
      Me avisa.
      Abs

  87. João Diz

    Mirela tudo bem ? Tenho uma dúvida sobre ir para os Estados Unidos e voltar de carro.
    Eu entrei no Canadá via aérea com visto de estudante. Meu visto venceu a ainda não recebi a extensão mas já solicitei.
    Posso tirar o eta e ir para os Estados Unidos e entrar novamente ?
    Obrigado,
    João Alberto

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI João,
      Eu não sei se nesse caso daria certo, pois sua entrada foi pelo visto de estudante.
      Vou ficar te devendo essa resposta, melhor tentar entrar em contato com algum setor da imigração canadense.
      Se estiver no Canadá, esses telefones aqui: https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/corporate/contact-ircc/client-support-centre.html
      Sobre a extensão do visto de estudante, tenha certeza que tem o visto e não somente a extensão da permissão de estudos, ok?
      Abs

  88. Juliana Berton Diz

    Olá Mirella, bom dia! Temos uma viagem marcada para setembro onde iremos visitar uma amiga em Toronto e seguiremos de carro para Chicago para visitar a minha irmã. Ja temos o eTA, tem algum conhecimento/relato da fronteira em Michigan ou Detroit (ainda não sabemos que rota iremos fazer)? Vi aqui os relatos das pessoas que fizeram a volta para o Canada de carro e deu tudo certo, algum conhecimento de alguém que não deu certo o que aconteceu?
    O unico lugar que achei relatos informações que o eTA funciona é aqui, alguma outra fonte de informação para indicar para que possamos estar menos inseguros? Ja não temos mais tempo habil para solicitar o visto tradicional.
    Agradeço desde já!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Juliana,
      Tudo bem?
      Segundo as regras do ETA, se vocês entrarem no Canadá pela primeira vez via aérea, vocês podem retornar para o Canadá sem problemas com o eTa via terrestre.
      O visto de turista completo é sempre o mais indicado, mas o eTA funciona também.
      Já tivemos casos aqui no blog que o oficial de imigração deu uma canseirinha, mas todos reentraram sem problemas.
      Boa sorte …
      Abs

      1. Juliana Berton Diz

        Olá! Venho aqui para relatar nossa experiência, já que foi tão importante nossa consulta no site Viajoteca!
        Também estivemos muito apreensivos em relação ao eTA.
        Fomos a Toronto agora em setembro e decidimos “arriscar” o eTA, ficamos 4 dias em Toronto e minha irmã mora em Winsconsin EUA, seguimos para lá por Michigan – Blue Water Brigde – a Imigração Americana foi muito tranquila, só confirmou os dados da nossa 1ª entrada nos Estados Unidos via Aérea ( nosso voo fez escala em Miami). Ficamos 15 dias nos EUA e voltamos pelo mesmo caminho.
        Passamos sem maiores problemas, o agente fez várias perguntas, quando chegamos no Canada, quando saímos, quanto tempo tínhamos ficado nos EUA, quanto tempo ficaríamos no Canada, nosso inglês não é lá essas coisas, nos enrolamos um pouco nas resposta, mas ele foi super paciente e seguimos sem problemas.
        Ah, também não tínhamos nenhum carimbo de entrada!

  89. Juliano Diz

    Olá td bem? Eu tirei o meu ETA hj e gostaria de saber se tenho q levar alguma comprovante ou apenas o meu visto americano no passaporte já basta para entrar.

    Obrigado.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Juliano,
      O eTA é eletrônico e já está vinculado ao seu passaporte, mesmo assim, eu recomendo imprimir o documento que o governo canadense te enviou e levar na bagagem de mão. As vezes no check-in, quando a empresa aérea verifica o eTA, dá problema e tendo isso em mãos, já ajuda.
      Raro acontecer isso, mas já tivemos caso e sempre melhor evitar confusão.
      Beijos

  90. Juliane Diz

    Olá, Mirella em março iremos de SP a Montreal (temos o eTA) e pretendemos visitar NY por 3 dias (temos o visto americano valido), retornando a Montreal de NY – tudo via aéreo (ida e volta dos EUA). Posso ter problemas para entrar pela segunda vez no Canada? mesmo por via aérea.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Juliane,
      Fazendo tudo via aérea não há problema algum.
      Você pode ficar com o eTA no Canadá por até 6 meses em um período de um ano.
      Pode ir tranquila.

      Se ainda não reservou hotel e comprou seguro viagem, lembra de fazer cotação usando nossos links 🙂
      Valeu!
      Abs

  91. Acácio Medeiros Diz

    Bom dia. Venho aqui fazer uma pergunta que não encontrei abaixo. Eu obtenho o visto de estudante mas tirei o eTA para prolongar minha permanência no Canadá. Gostaria de saber caso eu vá aos EUA e retorne via terrestre a fronteira de Niágara Falls, eu terei os mais 6 meses autorizados pelo oficial da fronteira ? Pois meu visto de estudante expira dia 31 de agosto

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Acácio,
      Essa parte do eTA com o visto de estudante, eu não entendo direito.
      Mas se você entrou com o visto de estudante no Canadá e não com o eTA, eu acho que terá problema sim ao reentrar no Canadá via terrestre, se fosse via aérea que acredito que estaria tudo ok.
      Se precisar de um consultor de imigração para te ajudar com essa questão, posso indicar.
      Abs

      1. Acacio medeiros Cabral de Souza Diz

        Então você acha que indo para Niágara Falls e voltando via área. No caso iria para aeroporto de Buffalo – NY e viria de volta para Toronto. Seria mais garantido de conseguir os 6 meses ?

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Oi Acacio,
          Eu sinceramente não sei… como você já passou alguns meses no Canadá estudando, pode ser que o Oficial de Imigração não valide sua entrada se não tiver motivo para ficar no Canadá, entende?
          Eu estou achando sua história arriscada, para ser sincera.
          Não quero dar muito opinião sobre seu caso, pois não tenho conhecimento profundo dessa parte de visto de estudante.
          Se eu fosse você, me aplicaria para extender o visto de estudante.
          Boa sorte e desculpa não ajudar.

          1. acacioomedeiros Diz

            Entendi, perfeitamente. So mais uma questao. Meu visto de estudante termina dia 31 desse mes, sendo o mesmo dia que preciso voltar ao brasil. Voce acha que eu tentando extender esse visto de estudante com esse curto prazo que falta, eu conseguiria aplicar sem deixar o pais esperando pela resposta ?

            1. Mirella Matthiesen Diz

              Oi Acacio,
              Até onde eu sei, no momento que você aplica para a extensão, você pode esperar no país sem problemas.
              Mas eu recomendo conversar com algum consultor especializado em imigração para ter certeza que não está fazendo nada errado.
              Sobre a outra pergunta, para pedir extensão você precisa estar matriculado e precisará apresentar o LOA com as novas datas, o visto de estudante geralmente tem validade junto com a data do novo LOA.
              Se precisar de recomendação de consultor de imigração em Toronto ou Vancouver, posso recomendar, só me avisa: mirella@mikix.com .
              Abs

          2. acacioomedeiros Diz

            uma outra duvida que tenho. eu posso renovar o visto de estudante que ja possuo com menos de 6 meses numa nova escola ? ou preciso pagar mais 6 meses de escola pra renovacao do visto

  92. EMERSON TAVARES Diz

    Oi Mirella, boa noite. Sou do nordeste e irei a VANCOUVER dia 5 de setembro, pretendo visitar a fábrica da boeing em SEATLE, então é melhor ir via aerea mesmo com o ETA né? outar duvida, meu visto é de turista, na imigração canadense é obrigatorio provar seguro viagem saude?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Emerson, Tudo bem?
      A maioria das pessoas que viaja com o eTA (entrando pela primeira vez via aérea para o Canadá), não tem problema em cruzar a fronteira americana via terrestre e retornar… então, no seu caso eu diria que estando e Vancouver e querendo passar um ou dois dias em Seattle, o eTA é suficiente.
      Olha aqui um relato da Liliane Pacheco que fez isso: https://www.viajoteca.com/canada-para-os-estados-unidos-com-o-eta-visto-eletronico/#comment-12794 .
      Sobre o seguro viagem, ele não é obrigatório para visitantes nem no Canadá e nem nos Estados Unidos, mas o governo não se responsabiliza por você caso alguma coisa aconteça. Eu recomendo fortemente adquirir um seguro, aproveite e use nosso link, você recebe 5% de desconto: http://www.segurospromo.com.br/p/viajoteca/parceiro?tt=comentmia&cupom=VIAJOTECA5

      Abs,

  93. RAFAEL M OLIVEIRA Diz

    Mirella, muito obirgado pelas dicas.

    Podes me confirmar apenas uma informação? Vou para os EUA com uma longa escala em Toronto. Com o eTA eu posso sair do aeroporto para conhecer a cidade tranquilamente?

    Muito obrigado!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Rafael,
      Pode sim, entrando no Canadá de avião com o eTA, você pode ficar algumas horas ou até 6 meses 🙂
      Abs

  94. Marina Alves de Oliveira Diz

    Oi Mirella! Não sei se a dúvida se encaixa aqui, mas se alguém souber me ajudar, agradeço. Eu e meu marido vamos a Montreal e Nova York em março do ano que vem e, de Montreal, gostaríamos de ir de carro até o Estado de Vermont (EUA). Meu marido possui o visto americano e irá encaminhar o ETA. Eu sou cidadã portuguesa e já tenho o ESTA e o ETA aprovados. Nosso vôo faz conexão em Washington, onde iremos passar pela imigração e após iremos para Montreal, também de avião. A minha questão é: com o ESTA, sendo cidadã portuguesa, posso entrar nos EUA via terrestre (Monteral – Vancouver)? Segundo minha agente de turismo, tanto o ETA, quanto o ESTA americano não permitem a entrada via terrestre, apenas aérea. Quanto ao Canadá, as respostas já foram dadas, mas gostaria de saber se com o ESTA é possível entrar via terrestre nos EUA (considerando que já terei feito a imigração no aeroporto de Washington) ou será que eu teria que fazer o visto americano?
    Mais uma questão, para o ETA para cidadãos europeus, é necessário fazer a biometria? No site não ficou claro para mim se era obrigatório ou não. Se for, alguém sabe me informar como proceder?
    Obrigada.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Marina,
      Sobre biometria para o eTA português, se você recebeu seu ETA antes do dia 31/Julho/2018 não precisa de biometria, se recebeu depois dessa data, aí vai precisar fazer se tiver entre 14 e 79 anos – mais detalhes: http://www.cic.gc.ca/english/visit/biometrics.asp .
      Sobre entrar nos Estados Unidos via terrestre, não tem problema não
      Olha aqui:
      Trips to Canada, Mexico, or nearby islands
      If you are admitted to the United States under the VWP, you may take a short trip to Canada, Mexico, or a nearby island and generally be readmitted to the United States under the VWP for the remainder of the original 90 days granted upon your initial arrival in the United States. Therefore, the length of time of your total stay, including the short trip, must be 90 days or less. See the CBP website. Citizens of VWP countries* who reside in Mexico, Canada, or a nearby island are generally exempted from the requirement to show onward travel to another country* when entering the United States. Learn more on the CBP website. Fonte: https://travel.state.gov/content/travel/en/us-visas/tourism-visit/visa-waiver-program.html

      Espero ter ajudado.
      Abs

      1. Marina Alves de Oliveira Diz

        Olá Mirella! Apenas para avisar que enviei email ao Consulado do Canadá em Portugal (Na verdade quem responde é Paris/França) informando não ser necessário enviar os dados biométricos:

        Please refer to our website https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/services/visit-canada/eta/facts.html
        Biometrics are not requested for an eTA application.

        Best regards,
        SV03621
        Immigration, Réfugiés et Citoyenneté Canada / Ambassade du Canada en France
        paris(im-visitor/visiteur)@international.gc.ca / http://www.canada.ca

        Immigration, Refugees and Citizenship Canada / Embassy of Canada to France
        paris(im-visitor/visiteur)@international.gc.ca / http://www.canada.ca

        Não recebi nenhum indicativo de que precisaria da biometria, então acredito não ser necessário.

        Na volta da viagem conto as novidades, inclusive sobre a re-entrada no Canadá via terrestre.

        Obrigada.

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Oi Marina,
          Legal!!! Espero que esua viagem seja bem bacana e fico no aguardo das novidades 🙂
          Abs

  95. christiane Diz

    Oi Mirela! No próprio site do governo canadense encontrei esse trecho que diz que só o ETA não ë suficiente… fiquei com duvidas… Segue o trecho:

    …Cidadãos dos países selecionados para visto podem ser elegíveis para solicitar uma AVE, em vez de um visto, para viajar para o Canadá por via aérea. No entanto, estes viajantes precisam de um visto de visitante quando chegam de carro, ônibus, trem ou barco, incluindo um navio de cruzeiro.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Christiane, Tudo bem?
      Isso é válido caso a primeira entrada não tenha sido feita via aérea.
      Já tivemos vários casos nos comentários desse post de pessoas que entraram via aérea e depois viajaram para os EUA via terrestre e não tiveram problema com a reentrada.
      Abs

  96. maira Diz

    Bom dia Mirella entao segundo o que voce apurou, se eu tiver somente o ETA e estiver de ferias nos EUA , nao posso entrar no Canada por via terrestre? Pois gostaria de visitar o Canada com o carro que alugarei nos EUA, ficar 2 dias e voltar, mas so tenho ETA…

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Exatamente, Maira.
      Você só pode entrar pela primeira vez no Canadá com o eTA via aérea.
      Pode até ser que eles te deixem entrar, mas eu não arriscaria.

      Abs,

  97. Thiago Zambotti Diz

    Olá. Gostaria de agradecer seu blog, pois foi graças a ele que tive coragem de cruzar a fronteira (com carro alugado), do Canadá para os Estados Unidos e retornar para o Canadá. Cheguei primeiramente em Toronto, na imigração do aeroporto, o oficial bateu o carimbo sem pedir, e no mesmo dia que cheguei, foi para Niágara Falls e cruzei a fronteira para Bufalo e ao retornar 2 dias depois para Toronto, na imigração canadense, o oficial pegou meu passaporte, olhou e desejou boa viagem. super tranquilo. Abs, Thiago

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Thiago, Tudo bem?
      Que legal que deu tudo certo e muito obrigada por compartilhar com a gente!!!
      Lembre-se sempre do nosso blog viajoteca para suas próximas viagens!!! Sempre temos dicas legais por aqui.
      Abs

  98. Danipsm Diz

    Olá gente! Fui pra Seattle há duas semanas de carro e a volta foi super tranquila. Só entregamos o nosso passaporte e respondemos as perguntas de praxe. Não perguntaram nada sobre ETA.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oba!!! Pelo visto está ficando cada vez mais fácil, bom saber que os oficiais da fronteira terrestre agora já sabem como funciona!!
      Obrigada por compartilhar. Curtiu o Canadá?
      Abs

  99. Eric Diz

    Muito obrigado Mirella. Graças a este blog economizamos 194 dolares canadenses em vistos! Apos entrar no Eua por Sumas-WA, voltamos pro Canada via Peace Arch (Seattle-Vancouver) e foi super rapido, sem filas. Abracos!

  100. Vitor Saiki Scarpinetti Diz

    Mirella, tudo bem?

    Só compartilhando minha experiência recente que tive com o ETA, no mês passado (setembro/2018), quando alugamos um carro em Vancouver e passamos uma noite em Seattle para conhecer a cidade e arredores.

    Havia entrado no Canadá por Vancouver e meu passaporte não foi carimbado no aeroporto (após ter lido as dicas aqui, até insisti com o oficial de imigração, mas ele não estava bem humorado no dia e falou que não era necessário). Pois bem, após uma entrada nos EUA bem estressante no dia anterior, que nos tomou mais de uma hora (tivemos que estacionar o carro e ir para a secondary line, mesmo já tendo uma entrada registrada em Dallas na semana anterior), chegamos na fronteira com o Canadá (Pacific Crossing) com um certo receio pela ausência de carimbo, o oficial olhou nossos passaportes, perguntou de onde estávamos vindo e, menos de 1 MINUTO depois, liberou para seguirmos viagem (novamente sem carimbo). Até agora não sei se ele chegou a confirmar nossa histórico de entrada via aéreo, a impressão que ficou é que nem isso ele fez.

    Só reforçando a mensagem do seu post e de outros comentários, recomendo a todos a irem sem medo com o ETA. Foi minha terceira experiência entrando pelo Canadá por terra (a primeira com o ETA) e ainda fico impressionado em ver como o processo lá é muito mais descomplicado que o americano.

    Outra dica para quem estiver vindo de Seattle a Vancouver. Fiquem espertos com os avisos de tempo de espera de imigração que surgem na estrada próximos à fronteira e, se necessário, peguem a saída para a Pacific Highway, ao invés de seguirem para a Peace Arch (rota normal de quem faz esse caminho). Resolvemos mudar ao ver que a Peace Arch estava com espera de 15 minutos e pegamos a cabine livre na Pacific.

    Agradeço muito pelas dicas do post!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Vitor, Tudo bem?
      Muito obrigada por seu relato completo e com várias dicas!
      Valeu mesmo!!!

      Realmente a fronteira canadense é sempre mais tranquila que a americana (tanto terrestre, quando aérea).

      Volte sempre aqui no blog para pegar mais dicas ou compartilhar as suas 🙂
      Abs

  101. juarez Diz

    Bom dia Mirella, Estou vindo a toronto pela segunda vez, desta vez com o ETA, o oficial de imigracao carimbou no passaporte a minha entrada , posso ir de carro ate bufalo.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Juarez,
      Pode sim … o pessoal, mesmo sem carimbo, não está tendo problemas de reentrada com o eTA na fronteira terrestre, desde que a primeira entrada tenha sido aerea.
      Abs

      1. Fatima Villeneuve Diz

        Ola Mirella complementando a pergunta do Juarez, aonde posso encontrar uma informacao oficial para imprimir caso no retorno pegue um oficial na frontera que pode vir impedir a reentrada por causa do eTA ja que no site do Consulado Geral do Canada nao e claro. A minha mae entrou via aerea e carimbaram o passaporte dela. Ela quer ir via carro a Buffalo e retornar. Vou com ela mas tenho passaporte canandense e nao sei se posso acompanha-la ate o guiche entende? Obrigada Fatima Villeneuve

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Oi Fátima,
          Está lá no post, esse aqui é o link: https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/services/visit-canada/entry-requirements-country.html
          Procure a parte do eTA Exemptions.
          Abs

  102. Mirella. Tudo bem? Poderia me ajudar com uma dúvida. Estou montando uma viagem e cogitava um roteiro em que meu ingresso seria pelos EUA (avião) e estava pensando em, de Washington, ir a Toronto (de avião) e de lá ir para Niaraga Falls e ingressar nos Eua novamente, pois minha passagem de volta é por NYC. Nesse caso, como meu primeiro ingresso no Canadá seria de avião (Washington DC – Toronto), O eTA seria o suficiente? Não teria problema minha origem direta não ser O BR? Daí ingressaria com o eta, conheceria Toronto e passaria para os EUA novamente, agora via terrestre. Muito obrigado.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Augusto,
      o eTA será mais que suficiente no seu caso, a chegada de avião não precisa ser de um país específico.
      E sair do Canadá pode ser de qualquer maneira.
      Aproveite e use nossas dicas aqui do viajoteca para sua viagem ao Canadá 🙂

      Abs,

      1. Muito obrigado pelo retorno! Aproveitarei, sim! Já está nos meus favoritos!

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Eba!!! 🙂

  103. Bruno Leite da Costa Diz

    Irei com o ETA, chegarei em Vancouver voando de Houston onde será feita a escala. Durante minha viagem farei uma trip cujo sairei de Vancouver voando para Calgary porém na volta pensei em voar de Calgary para Seattle e na volta para Vancouver voltar de ônibus. Será que vale a pena desta forma cujo eu sairei do canada voando ou será melhor voltar para vancouver para ir para seattle de onibus ?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Bruno, Tudo bem?
      Sinceramente não sei como ficaria essa situação, eu acredito que não teria problema fazer dessa forma, mas não sei como os oficiais da fronteira encarariam isso.
      Me desculpa, vou ficar te devendo. Se fizer isso, depois me conta como foi?
      Obrigada

  104. Normelia Galimberti Galimberti Diz

    Boa noite, mirella, sou de Porto alegre rio grande do sul, Tenho cidadania italiana, Estou pretendo conhecer O Canada, preciso fazer um visto canadense, ou se com o passaporte europeu e o ETA, posso ir, e se tambem posso dar um pulo em NY, por via terrestre, teria algum problema. fico no aguardo. Obrigado

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Normelia,
      Tendo o passaporte italiano, você só precisa do eTA para entrar via aérea para o Canadá e se for somente via terrestre, não precisa de nada.
      Mas faça o eTA, fácil e baratinho!
      Abs

  105. Antonio Lima Diz

    Ótimo post!!
    Era exatamente a minha dúvida!!

    Muito obrigado Mirella e demais amigos que relataram as situações!!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Antonio,
      Que bom que te ajudou!!! Espero que dê tudo certo para você também 🙂

      Ah … se for reservar hotel, comprar seguro, etc não esqueça de usar nossos links!
      E aqui no viajoteca tem muitas dicas sobre o Canadá, confira!!!

      Grande abraço

  106. Anna Diz

    Eu e meu marido estamos neste momento em Vancouver, voltamos amanhã para o Brasil, e gostaria de compartilhar aqui nossa experiência bem recente, já que antes de viajar este site foi um dos lugares onde pesquisei sobre o ETA, além de ir presencialmente no escritório VSF Global em Brasília obter informações, que é o escritório responsável pela emissão dos vistos canadenses na cidade. Também pesquisei vários outros sites mas neste momento acho interessante focar na experiência na prática com o intuito de ajudar/alertar quem esteja na dúvida. Nossa passagem aérea era GRU-YVR, volta YVR-GRU e o roteiro contemplava uma viagem de trem pela AMTRAK para Seattle, nos EUA, saindo e voltando de Vancouver, ou seja, teríamos que voltar por via terrestre para o Canadá, dos EUA. Depois de muita leitura e pesquisa, e a ida ao escritório como mencionei, optamos pelo ETA (já temos visto americano válido e visto canadense emitido em 2015, recém expirado). Inclusive quando fui ao escritório da VSF Global fui com o intuito de tirar novamente o visto normal de turista/visitante, mas a pessoa que me atendeu disse que não seria necessário, que o ETA contemplava o roteiro em questão. Tudo comprado, viajamos tranquilos. Tanto no aeroporto ainda no Brasil quanto no aeroporto na Cidade do México (onde fizemos escala), quanto no aeroporto em Vancouver, quanto na estação da AMTRAK em Vancouver, enfim, em todos os lugares possíveis, questionei os oficiais sobre o passeio de trem e o retorno ao Canadá e TODOS disseram estar tudo ok (em relação ao ETA). Então, fomos, fizemos todos os passeios, curtimos Seattle. Na volta, o pesadelo. OS OFICIAIS CANADENSES NA ESTAÇÃO DA AMTRAK EM SEATTLE NÃO NOS PERMITIRAM EMBARCAR. Disseram que precisávamos do visto pois o ETA NÃO PERMITE ENTRADA POR VIA NÃO AÉREA NO CANADÁ, EM NENHUMA CIRCUNSTÂNCIA. Conversamos BASTANTE com ele, e não vou entrar em minúcias, mas a questão principal é: o ETA NÃO PERMITE ENTRADA POR VIA NÃO AÉREA NO CANADÁ, EM NENHUMA CIRCUNSTÂNCIA. A questão não é o carimbo no passaporte quando chegamos ao Canadá, pois esse carimbo NÃO EXISTE MAIS para quem está viajando com o ETA. Eu perguntei sobre esse carimbo no aeroporto de Vancouver, PEDI o carimbo, mas a questão nunca foi essa. As informações são todas online. O PASSAPORTE NÃO É CARIMBADO MESMO A PEDIDO DO VIAJANTE. Lembrando que estou falando apenas do ETA, creio que com o visto normal de turista o carimbo aconteça normalmente. Ainda na estação em Seattle, ficamos desesperados. O oficial não nos permitiu embarcar, disse (entre outras coisas) que se a gente embarcasse poderíamos, ao passar pela fronteira, SER PRESOS E SER MANDADOS DE VOLTA AOS EUA, além de a AMTRAK pagar uma multa pesada. Ficamos apavorados, e como não podíamos arriscar não voltar para Vancouver, pois o voo de volta para o Brasil sai daqui, CORREMOS PARA O AEROPORTO E PAGAMOS UMA PEQUENA FORTUNA NUMA PASSAGEM DE ÚLTIMA HORA DE SEATTLE PARA VANCOUVER. Foi MUITO CARO mas não tínhamos outra opção. E MESMO NO AEROPORTO, AO FAZER O CHECKIN, A ATENDENTE DA CIA AÉREA (ALASKA AIRLINES) NÃO QUERIA DEIXAR A GENTE EMBARCAR POIS O SISTEMA (que aparentemente é um sistema unificado do aeroporto e das informações de imigração) ESTAVA SOLICITANDO VISTO. Novo desespero, pois se não pudéssemos retornar ao Canadá nem por via aérea, estaríamos perdidos. Ela pegou nossos passaportes e foi falar com algum superior. Viu que nossos vistos canadenses (não o ETA) haviam expirado há 3 dias, pois essa é nossa segunda viagem ao Canadá. Demorou uns 10-15 minutos e na volta disse que poderíamos embarcar. Apesar de ela não ter falado, eu acredito que o que fez com que a gente conseguisse embarcar foi o fato de os VISTOS DE TURISTA/VISITANTE EMITIDOS EM 2015 TEREM EXPIRADO HÁ 3 DIAS APENAS. Antes de entrar no avião nossos documentos foram checados umas 3 vezes, por funcionários diferentes. Foi muito assustadora toda a situação. Embarcamos e agora estamos em Vancouver, depois de um ENORME PREJUÍZO, aguardando a volta para casa amanhã. A sensação que tivemos depois de tanto desespero é que O ETA SERVE APENAS SE VOCÊ CHEGAR E VOLTAR DO CANADÁ POR VIA AÉREA E PERMANECER NO PAÍS, SEM IDAS AO EUA POR QUALQUER MEIO QUE SEJA. Pois até no aeroporto de Seattle tivemos problemas ao voltar por VIA AÉREA ao Canadá, com o ETA. Se eu pudesse dar um conselho a quem está pesquisando sobre o ETA é: TIRE O VISTO DE TURISTA/VISITANTE. É mais caro, mas te dará mais segurança. As informações sobre o ETA nos aeroportos, e creio que também estações de ônibus ou trem, ou ferry, NÃO SÃO CLARAS E OS OFICIAIS NÃO TEM UM DISCURSO ÚNICO, CADA UM TE PASSA UMA INFORMAÇÃO DIFERENTE. O ETA é barato mas no meu caso trouxe um PREJUÍZO FINANCEIRO ENORME, ALÉM DE TODO O DESGASTE EMOCIONAL. Abraços e espero ter ajudado com essa experiência.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Anna,
      Tudo bem?
      Nossa que desespero… realmente muito horrível tudo isso que aconteceu, pois já tivemos aqui inúmeros relatos de pessoas que entraram pelo Canadá com o eTA e não tiveram problema com a reentrada.
      Eu só não entendi uma coisa, você tem certeza que sua primeira entrada pelo Canadá foi realmente com o eTA e não o visto que tinha válido? Pois o visto sempre terá prioridade sobre o eTA, no caso de você ter os dois válidos, entende?
      Estou achando que você entrou como visto de turista canadense, e como venceu, a sua reentrada não poderia ser com o eTA, pois não foi via aérea. Será que esse que foi o problema?
      Esse seu caso foi o primeiro em relação ao entrada de trem… muito bom saber da sua experiência.
      Obrigada por compartilhar.

    2. Alisson Diz

      O relato foi esclarecedor. Por precaução, irei suspender o tour por Seattle. Estava pronto para comprar as passagens de trem pela Amtrak, mas estava relutante em fazer em virtude dessas informações desencontradas. Muito obrigado pelo alerta.

    3. Gusmão Diz

      Anna, minha experiência inicial foi parecida com a sua, mas o desfecho dela foi diferente. Eu entrei no Canadá por Montreal. Meu passaporte foi carimbado porque, por algum erro, eu informei na máquina de check in que eu levava comigo algum produto proibido. Me deixaram em outra fila, fizeram algumas perguntas e carimbaram meu passaporte. Para sair, peguei um ônibus. Não tem imigração na saída terrestre do Canadá, mas tem na entrada americana para Nova York. Depois de sete dias em Nova York, comprei passagem de trem pela Amtrak para retornar à Montreal. Ao chegar no check in, a atendente da Amtrak, que não é da imigração, não iria autorizar minha entrada no trem porque eu estava sem visto (bem mal educada e arrogante, por sinal). Mostrei os documentos e a convenci de que eu tinha eTa, entrei no Canadá por via aérea, saí e só estava retornando por via terrestre. Ela me deixou passar. Eu também havia questionada ao Consulado Canadense no Brasil sobre a possibilidade de sair e retornar ao Canadá, após entrada área, e levei a reposta positiva comigo. Enfim, quase 10h depois, na fronteira Canadense, não há imigração na saída americana, mas há na entrada no Canadá. Os policiais da imigração viram meu passaporte, passaram num scaner, fizeram as mesmas perguntas que fizeram aos outros, e identificaram minha entrada no Canadá pelo carimbo no passaporte. Inicialmente ele não encontrou, porque estava na última página. Ao encontrá-lo, disse que estava tudo ok. Eu passei a viagem toda apreensivo, com medo de não entrar, já que meu voo de retorno ao Brasil era em dois dias e metade da minha bagagem havia ficado no hotel. No fim deu tudo certo. O problema, eu acredito, não é falta de conhecimento da imigração canadense (eles não podem impedir o imigrante de voltar ao Canadá se você fez uma viagem única e exclusivamente para os Estados Unidos e está dentro do prazo de autorização de 6 meses. Isso está na lei de proteção ao migrante e refugiado), mas na falta de informação da Amtrak, que te impede de embarcar, achando que a documentação está incorreta. O probelma todo, na minha experiência, é com a Amtrak, não com a imigração. Em momento algum a imigração questionou minha situação.

      1. Mirella Matthiesen Diz

        Oi Gusmão,
        Penso exatamente como você, acredito que a imigração canadense agora está preparada para essa questão do eTA para brasileiros, mas a imigração americana e as empresas americanas (onibus, trem, navio etc) não sabem da regra, não tem acesso ao sistema e simplesmente boicotam a entrada.
        Vejo que o pessoal que cruza via terrestre de carro, raramente tem problema, mas de qualquer outro meio, já tivemos relatos de pessoas que sofreram na mão dos americanos, por puro desconhecimento mesmo.
        Obrigada por seu relato e ponto de vista, muito sensato e correto, na minha opinião.
        Abs

  107. Isabela Diz

    Oi, vou fazer um intercâmbio de 1 mês em Toronto no próximo ano e tenho 2 dúvidas.
    1) Para esse período precisa tirar visto ou eta específico para estudante?
    2) Para solicitar o ETA uma das condições é ter um visto americano válido. Mas a validade do ETA é associada ao passaporte. Se o visto que eu utilizei para solicitar o ETA expirar antes do passaporte que o ETA está associado ele continua válido ou eu tenho que solicitar um novo visto americano e ETA?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Isabela,
      Só tem um tipo de eTA, e você pode estudar no Canadá com um eTA até no máximo 24 semanas.
      Depois de ter o eTA aprovado, independente do seu visto americano vencer, ele continuará válido. O visto america só ajuda na aprovação, depois não tem mais nenhuma ligação.
      Se precisar de seguro viagem para seu intercâmbio, não esquece de verificar os preços no nosso afiliado e garantir 5% de desconto. O seguro viagem é obrigatório para estudantes: http://www.segurospromo.com.br/p/viajoteca/parceiro?tt=respostacom=VIAJOTECA5

      Abs

  108. Alessandra Lang Diz

    Ola Mirella!

    Sogra veio tirou o visto de turismo Canadense pois ela vem me visitar em Ontario fim do ano e quando foi tirar o americano infelizmente teveo o visto negado. Nós até haviamos contratado uma empresa para auxiliar no processo dela de tirar o visto dos EUA porém eles não nos aconselharam da forma correta. Nós ja haviamos reservado hotel e estavamos super animados para ir aos EUA. Eu sei que minha pergunta pode ser um tanto quanto besta, mas será que existe alguma forma dela solicitar uma autorização para entrar nos EUA nem que seja de uma semana através do canadá? Ela entraria conosco de carro apenas para passearmos mesmo e voltariamos em 5 dias. Você ja ouviu falar em algo assim? ficamos tão decepcionados que estávamos tentando pesquisar um outro jeito.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Alessandra, Tudo bem?
      Até onde eu sei, os Estados Unidos não tem uma autorização de viagem como o Canadá tem o eTA.
      O jeito seria vocês tentarem reaplicar para o visto americano e tentar cobrir a parte pelo qual eles não negaram o visto, entende?
      Oferecer mais provas para eles aprovarem.
      Boa sorte e espero que dê certo…

  109. Alessandra Diz

    Muito obrigada Mirella 🙂

  110. Lika Diz

    Oi,

    Tudo bem?

    Ao preencher o Eta, utilizei meu passaporte japonês e na parte que pede o sobrenome, no caso, aparece o de solteira, seguido entre parênteses do de casada.
    Acontece que o Eta não aceita parênteses e também orienta que insira o sobrenome que se encontra na parte inferior do passaporte entre . Desse modo, preenchi apenas o nome de solteira.
    Quando eu for emitir a passagem aérea, tenho que utilizar o sobrenome de solteira? Estou com receio de dar algum conflito, pois no meu passaporte brasileiro utilizo o sobrenome de casada.
    Por favor, alguém ja esteve nessa situação?
    Obrigada,
    Lika

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Lika,
      Eu não tenho ideia, eu acho que você deve comprar a passagem como sempre comprou.
      Como o eTA está associado ao passaporte ACHO que não terá problema. Esse negócio de sobrenome é complicado…

      Espero que alguém leia esse seu comentário e responda a experiência que teve.
      Abs

  111. Ana Diz

    Oi Mirella, gostei muito do seu post o qual me identifiquei e tenho uma dúvida: Estou em NY e devo ir ao Canadá agora em Dezembro de avião a um casamento onde ficarei 7 dias. Solicitei o eTA o qual já foi aprovado e tenho permissão de ficar nos EUA até Janeiro. Preciso voltar aos EUA pois meu voo sai de lá e ainda pretendo realizar mais alguns passeios por lá. Ao entrar de volta aos EUA o meu tempo de estadia será renovada?

  112. Mayk Gonzaga Diz

    Sou cidadão europeu e tive meu ESTA para USA negado e o eTA para o Canadá aprovado no passaporte vermelho.
    Se eu for para o Canadá será que consigo entrar em USA via terrestre ou a imigração vai me barrar por não ter visto e nem o ESTA?
    A imigração verifica os documentos de todas as pessoas q estão no carro ou só do motorista como já vi algumas pessoas dizerem?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Mayk,
      Então, eu não sei as exigências do ESTA americano via terrestre.
      No Canadá, cidadãos europeus não precisam do eTA via terrestre, mas não sei se o mesmo procede para os EUA.
      Das experiências que tive cruzando a fronteira de carro, em TODAS eles viram o passaporte de todos os passageiros, as vezes até pedem para abrir o porta mala.
      Abs,

  113. Silvana Diz

    Olá Mirella,
    Sabe de relatos sobre visto norte americano valido mas em passaporte vencido e o eTA ser negado?
    Obirgada

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Silvana,
      Se o visto americano está válido, eu acredito que independente de onde estiver esse visto, ele não pode ser negado.
      Isso aconteceu com você? Peça o eTA de novo e explique o que aconteceu, incluindo o número do passaporte antigo etc..
      Eu já tive problemas de eTA negado, por causa dos nomes, mas apliquei de novo, disse que já tive um visto negado e aí abre um espaço para explicação.
      Espero que essa reposta te ajude.
      Abs

      1. Silvana Diz

        Olá querida!! muito obrigada… antes de ver tua resposta aqui, li um outro post teu que diz sobre nova aplicação, explicando no campo de justificativa que abre qdo tu diz que teve um visto negado. Daí reapliquei e descrevi que tive o eTA negado com alegação de não possuir o Norte Americano válido, mas que tinha sim porém estava em um passaporte vencido e daí o eTA foi aprovado na mesma hora 🙂
        Fica aí a dica de mais uma peculiaridade sobre a aplicação.
        muito obrigada pela atenção … teu blog é realmente de grande utilidade. bjo grande.

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Oi Silvana, Tudo bem?
          Que boa notícia… fico muito feliz que tenha dado tudo certo 🙂
          Não esqueça de voltar aqui no blog para ver mais dicas do Canadá e se der, use nossos links para as reservas!
          Beijão e super boa viagem!

  114. Cleiton Rocha Diz

    Antes de viajar eu pesquisei muito e depois que achei esse post falando que é possível viajar via terrestre com o ETA eu tomei a coragem.
    Cheguei ao Canadá / Vancouver no dia 25/11 via US, Ocorreu tudo bem com a minha primeira entrada, mas conforme foi dito aqui por algumas pessoas o meu passaporte não foi carimbado pela imigração Canadense. Eu comprei minha passagens de ônibus pela Boltbus , fui para Seattle dia 08/12 e voltei dia 10/12 e não tive problema alguma. Passei pela imigração sem problema alguma, inclusive eles são bem educados e também não fizeram verificação nenhuma na minha bagagem. Me fizeram as perguntas normais de imigração e me desejou boa sorte nos estudos. Então acredito que hoje vc pode entrar tranquilo no Canadar depois de você ter feito a sua primeira entrada via área .
    Muito obrigado pelas informações. Muito bom ter pessoas que possam nos ajudar.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Cleiton. Tudo bem?
      Obrigada pelo seu relato e pelas palavras.
      Espero que tenha gostado da viagem 🙂
      Abs,

  115. Saulo Diz

    Tenho visto americano e tirei o eTA semana passada e já aprovado, minha dúvida é: Farei intercambio em fev/2019 e retorno em mar/19, preciso fazer a biometria? Pelo site fala que não, mas lá não pergunta data de ida. To com medo de ficar barrado na imigração lá e ter que voltar.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Sualo,
      o eTA não exige biometria, então você está tranquilo 🙂
      Boa viagem e não esqueça de adquirir seu seguro viagem, é obrigatório para estudantes no Canadá.
      Aqui tem um post explicando como é a imigração em Toronto: https://www.viajoteca.com/como-passar-a-imigracao-no-canada/
      Abs

  116. Daniele Diz

    Meu visto de Turismo Canadense vence em maio 2019 (que é a validade do meu passaporte) e vou viajar para lá no mesmo mês. Já fiz um novo passaporte e vou precisar de um visto novo para o Canadá, pensei em pedir um eTA.
    Será que terei problemas em solicitar um eTA sendo que meu visto de turismo está válido em outro passaporte?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Daniele, Tudo bem?
      Oi Daniele, não há problema, pode pedir o novo eTA.
      Mas na viagem, leve com você o passaporte onde o visto está estampado, pode ser que eles processem sua entrada com o visto de turista ao invés do eTA, pois o TRV tem um carater mais forte que o eTA, entende?
      Mas caso vá viajar para os Estados Unidos de forma terrestre e no retorno para o Canadá seu visto já vai ter sido expirado, explique isso para o oficial de imigração, aí melhor entrar com o eTA.
      Ajudei ou te deixei mais confusa? 🙂

      1. Daniele Diz

        Ajudou sim!! Obrigada

    2. Rosana Diz

      Oi Daniele, vc não terá problema algum. Eu tinha visto válido até jan/2019 e solicitei um eTA em setembro passado. A aprovação saiu na hora. No meu caso, no entanto, acabei solicitando um visto pq irei de Vancouver para Seattle para embarcar em um cruzeiro rumo ao Alasca com retorno a Vancouver e as companhias de navegação não aceitam o eTA. Solicitei o visto dia 24/12 e ontem já recebi meu passaporte de volta com visto até 2028. Ufa!!!!

  117. Eduardo Araujo Diz

    Bom dia Mirella ainda continua válidas as informações deste post?? vou para montreal via aerea e pretendo visitar Nyc de carro e voltar ??

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Eduardo, Tudo bem?
      Continua sim, mas ainda não tivemos relatos de pessoas que cruzaram a fronteira de Lacolle.
      Se for, depois conta aqui pra gente 🙂
      Abs

  118. Laudi Carlos Diz

    Deixo aqui meu depoimento, haja vista que tudo que li nesse post me encorajou a fazer minha viagem apenas com o Electronic Travel Authorization (eTA).

    Em dezembro/19 viajei para o Canadá, onde permaneci por 22 dias fazendo um intercâmbio de inglês.
    No final de semana do dia 15/12/19 viajei para Seattle – EUA, apenas com o eTA.
    Fui de trem e a entrada, obviamente, sem problemas, porque tinha o visto americano.
    Voltei de ônibus e então não foi tão tranquilo. Na imigração, como estava apenas com o eTA e sem carimbo no passaporte (não carimbaram quando cheguei no Canadá de avião), tive que responder inúmeras perguntas e provar com recibos que fui apenas passear nos EUA e que estava voltando para terminar meu curso no Canadá e, principalmente, que minha primeira entrada no Canadá tinha sido por via aérea. Dentre os comprovantes, mostrei a passagem de volta ao Brasil, saindo de Vancouver, o comprovante de pagamento da estadia de 22 dias no hotel, o ticket da viagem de ida, a carta de aceitação da escola etc.
    Por fim, carimbaram meu passaporte e liberaram minha entrada no Canadá.

    No outro final de semana (21/12/19) retornei aos EUA (fui conhecer o Grand Canyon) porém, via aérea, e não tive nenhum problema no retorno ao Canadá.

    Portanto, o problema realmente é usar o eTA para viagem via terrestre. Mas, se tiver como provar que realmente está no Canadá apenas de passagem e que voltará para o país de origem, sem problemas.
    Foram muitas perguntas mas, todas que podem ser feitas em qualquer tipo de imigração. No meu caso foi mais sofrível porque meu inglês não é bom e eu estava nervosa…rs.

    Mas, por fim deu tudo certo e foi uma viagem maravilhosa!!!

    Obrigada! 😀

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Laudi,
      Super obrigada pelo seu depoimento.
      O que estou notando é que problemas vem acontecendo em viagens de trem ou ônibus, o pessoal de vai de carro, sempre é tranquilo.
      Que bom que no final deu tudo certo 🙂
      Grande abraço!

  119. mariana ribeiro Diz

    Olá Mirella,
    Poderia me ajudar… Tenho o eTA, fiz ano passado e é válido até 2023, já fui para o canada via aérea. Agora tenho uma viagem marcada para ir de Seattle – Vancouver de carro, e fui fazer o visto de turismo para não ter nenhum tipo de problema e fui negada… no documento consta que eu não convenci o motivo da minha ida, por isso não acreditam que eu vou voltar (não sei porque, pois tenho as passagens do ida e volta Brasil e elas foram anexadas). Minha pergunta é: Meu eTA pode ser prejudicado com essa negação do visto convencional? eu já entrei no sistema e lá consta como aprovado, tudo normal… pensei em comprar passagem aérea e ir e voltar de avão. Lendo os relatos do blog, vi que posso ir de avião e retornar para os EUA de carro, se carimbarem meu passaporte, correto? Minha maior dúvida é se meu eTA vai ser alterado tendo em vista que fui negada no visto convencional.. nao sei se os sistemas são integrados. Obrigada!!!!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Mariana,
      Que coisa! Geralmente quando se tem visto americano, nem comprovação financeira você precisa para o visto canadense. Já tentou pedir de novo? Sei lá, não faz sentido eles negarem.
      Mas enfim, eu acredito que se no sistema do eTA, mostra que ele está válido, não terá problema (mas esse é meu achometro, entende?). Se você entrar de avião pelo Canadá com o eTA, você não precisa do carimbo para sair via terrestre do Canadá para os Estados, você precisa desse carimbo para reentrar ao Canadá via terrestre, entende? Sair você pode sem problema.
      Eu tentaria o visto novamente só para tirar essa dor de cabeça.
      Boa sorte e depois em conta o que aconteceu.

  120. Jhenifer Diz

    Boa tarde. Estou no Canadá um pouco mais de 4 meses. Tenho o ETA e cheguei em setembro/18,e meu passaporte foi carimbado. em dezembro fui para os Estados Unidos em uma viagem de 15 dias por via aérea tanto na ida quanto na volta e recebi mais um carimbo. Meu tempo de 6 meses vencem no final de março e no começo de março estava pretendendo ir para NY por carro. Sabemos que não haverá problemas para entrar nos EUA por carro pois tenho o visto de turismo americano. Li varios relatos de pessoas que voltaram para o Canadá de carro sem problemas, mas são depoimentos de um ano atrás, oito meses, seis meses… Gostaria de saber se alguém tem alguma informação se isso ainda continua valido, entrei no site do governo do Canadá, mas não tem nada com clareza em relação a isso. Lembrando que já fiz duas entradas com o ETA e tenho dois carimbos. Obrigada.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Jhenifer,
      As regras não mudaram, você provavelmente não terá problema de reentrada via terrestre se sua permissão de entrada ainda estiver válida, se ela expirar, você não pode reentrar.
      Boa sorte,

  121. Luiza Diz

    Ola!! Vou compartilhar a minha experiência com o eTA já que realmente as informações são muito desencontradas e tive bastante dificuldade com isso quando estava planejando minha viagem! Inclusive este blog foi um dos únicos com essa informação, obrigada!!
    Eu cheguei por via aérea em Vancouver, fui de carro para Seattle aonde fiquei por 3 dias e de lá fui para Victoria, também de carro, através de uma balsa que sai de Port Angeles – EUA e vai até Victoria. Na imigração na chegada em Victoria o agente solicitou os passaportes e na hora perguntou onde estava o visto canadense. Falei que tinha o eTA e ele então falou que este só serve para casos em que a primeira entrada no Canada é via aérea, e como o meu passaporte não estava carimbado (não carimbaram no aero de Vancouver, como já relatado em varios casos aqui) eu teria que provar. A sorte foi que eu tinha tudo impresso (passagens, o comprovante do aluguel do carro em Vancouver, reserva de hoteis etc), então fui liberada..porem ele alertou varias vezes que se há intenção de ir para os EUA e retornar por terra tem que ter o carimbo do aeroporto da entrada.. ele até disse que consegue checar no sistema mas fica mais fácil e rápido se tiver o carimbo. Então resumindo, tendo o passaporte carimbado na entrada via aérea, ou os comprovantes que isto ocorreu, não há problemas em ir para os EUA e retornar por terra!! Espero que este relato ajude quem está programando este tipo de viagem!!!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Luiza, Tudo bem?
      Muito obrigada por compartilhar sua experiência, o jeito é realmente pedir com carinho para o oficial do aeroporto carimbar o passaporte 🙂
      Beijos

  122. Malu Diz

    Ola, Meu pais estao vindo me visitar nos EUA. O voo deles sera pela Air Canada e eles so vao fazer escala em Toronto em Maio Ja apliquei para o eTA.
    Como ja morei em Toronto, gostaria muito de leva-los passear la, estou pensando em ir no feriado de 4 de JULHO de carro. Mas estou com muito medo de nao dar certo. Algumas perguntas:

    1. Pelo que entendi, o eTA e uma autorizacao eletronica, certo? Qdo eles passarem por Toronto podem ou nao carimbar o passaporte deles e entao eles seguem viagem para os EUA.

    2. Alguns dias depois, penso em chegar na borda Canadense, de carro, e fico imaginando como explicar a situacao. O passaporte deles sem nada (um documento, autorizacao, etc) e dizer o que? “Eles tem um eTA aprovado e entraram no Canada em Maio via aerea. Agora vamos passar uns dias aqui no Canada e voltar para os Estados Unidos”…

    O email de aprovacao do eTA e tao claro dizendo que a autorizacao so e valida ‘by air’.

    Ao meu ver, a regra e clara que o eTA e valido somente by air para brasileiros. Mesmo aquele eTA exemption, postado acima, que diz… ‘foreign nationals with official Canadian documents’, que podem re entrar no Canada apos visitar os EUA. Nesse caso, qual seria o official Canadian document dos meus pais, ate para eu argumentar, caso tenha algum problema?

    Cruzariamos a borda em Detroit ou em Niagara Falls.

    Obrigada!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Malu, Tudo bem?
      Eu entendo sua preocupação e ela é válida, eu acredito que se voce pedir para seus pais informarem o oficial de imigração no aeroporto que irão retornar por terra para o Canadá para visitar e que precisam do carimbo para evitar problemas, seria o ideal. Alguns carimbam numa boa.
      Eu não tenho como dizer que “sim, eles vão permitir a entrada”, mas como voce pode ver em vário comentário aqui no blog, muitas pessoas não tiveram problema, aliás, a maioria, alguns tiveram que argumentar, mas no final, entraram também.
      Tente entrar em contato com o IRCC pelo twitter por exemplo, eles respondem rapidinho, talvez eles consigam te dar mais explicação ou links além do que já tem aqui no post 🙂
      Boa sorte e depois me conta como foi.
      Abs

      1. Ronald Marinho Diz

        Olá Mirella, tudo bem?
        Primeiramente gostaria de te parabenizar pelo site! Foi o melhor que encontrei e com tantos detalhes em relação ao ETA.
        Graças a seu site estou encorajado a encarar alguns dias nos EUA saindo de Toronto com o carro alugado e voltando alguns dias depois apenas com o ETA e visto americano.
        Estarei entrando em Toronto por avião em junho/2019 com o ETA( eu e minha esposa). Pretendemos alugar um carro em Toronto e partir para Os EUA(Detroit e Chicago), a fronteira é em Detroit. Como nunca entrei em outro pais de carro, gostaria de saber se as placas de sinalização são parecidas com as da imigração dos aeroportos, onde estrangeiros e países de fora do bloco têm uma fila separada. Pelo que li, teremos que sair do carro para entregar os passaportes, certo? Espero que de tudo certo e na volta, farei questão de postar os comentários aqui.
        Obrigado

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Oi Ronald,
          Pelos relatos do pessoal, comprovando o post, acredito que não terá problema algum.
          Tenta pedir para o oficial de imigração carimbar seu passaporte ao chegar, ok? Isso facilita.
          Na hora de alugar o carro, tenha certeza que ele pode cruzar a fronteira, tá? Nem todas as locadoras permitem.
          Recomendo pesquisar preço de carro na rentcars, ando encontrando bons preços por lá.
          Não tem muito erro cruzar a fronteira de carro, pois você vai seguindo o fluxo, só entre na fila de carro (não de caminhos e nem do nexus). Primeiro paga um pedágio, ao chegar na fronteira dos EUA, abaixe os vidros do carro (eu abaixo os 4), entregue os passaportes, pode ser que peçam para olhar seu carro (porta mala). E depois voce será encaminhado para a casinha (só lá que você sai do carro), pois brasileiros precisa registrar e pegar aquele papel branco, se não mudou, vai ser assim (depois volta aqui para contar, tá?). Eu não consigo fazer essa comprovação, pois já sou canadense, e pra mim, acaba sendo mais fácil.
          Boa viagem e divirta-se!

  123. Gustavo Diz

    Olá Mirella, tudo bem?

    Já li o relato de quase todas as pessoas aqui mas ainda assim continuo com aquela preocupação. Vou visitar meu namorado que mora no Michigan e passarei a maior parte da minha viagem nos EUA, entretanto os voos mais baratos são para Toronto. Já possuo visto americano e o eTA válidos, chegarei em Toronto dia 18/05 (vou implorar por esse carimbo na imigração hahaha) e então imediatamente iremos de carro para os EUA onde ficarei por 7 dias até 25/05 e voltarei para Toronto para pegar o voo de volta pra casa. Será que talvez por eu nem mesmo ficar no Canadá e só ter a intenção de ir ao aeroporto, os oficiais de imigração sejam mais amigáveis e não sejam tão rígidos? Mesmo com os relatos na maioria positivos, ainda fica aquela preocupação chata, acho que irá correr tudo bem. Meu namorado até ligou por telefone para o autoridade de fronteira canadense e os mesmos não sabem informar com precisão, ora dizendo que não é possível retornar ao Canadá de carro, ora dizendo que não posso nem mesmo ir ao Canadá com o eTA de avião (verdadeiro absurdo hahaha). Enfim, uma atendente disse que legalmente não é aconselhável e o mais recomendado seria possuir um visto canadense, e que muitas pessoas fazem isso embora não estejam 100% dentro da lei. De qualquer forma, planejamos voltar talvez um ou dois dias mais cedo para o Canadá para evitar qualquer problema de última hora, irei levar todos os documentos de praxe (declaração de matrícula na universidade, extrato bancário, e-mail de confirmação do eTA, e os documentos que você disponibilizou aqui). Você saberia informar se nas duas fronteiras que existem com o Michigan (Blue Water Bridge e a Ambassador Bridge) se há uma em que os oficiais já estejam acostumados ou tenham noção desse retorno de brasileiros pro Canadá usando o eTA? Assim que realizar a travessia conto os detalhes. Seu post foi muito útil e acho um absurdo que quase três anos depois após a liberação do eTA, um procedimento tão simples ainda esteja tão cheio de incertezas e cause tantas preocupações nos viajantes.

    Obrigado por todas as informações do blog sobre essa situação, se não existisse isso eu acho que nem me arriscaria a entrar nos EUA e ficaria só pelo Canadá mesmo. Abraços!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Gustavo, Tudo bem?
      Pelos relatos que estamos tendo aqui no blog acredito que não terá problema algum nesse processo, pois está dentro da lei, e mesmo que fique apenas algumas horas no Canadá e depois vá para os EUA, não há nada de errado nisso.
      Segundo o comentário da LA SIERRA TURISMO Diz no dia 07/maio/2019:
      “Boa tarde
      Fiz o Eta para alguns clientes semana passada e ja vem com a informação abaixo:
      “IMPORTANTE: Uma vez em território canadense (ENTRANDO POR VIA AÉREA COM A ETA E TENDO SEU PASSAPORTE CARIMBADO PELA IMIGRAÇÃO), é possível fazer uma viagem aos EUA e retornar ao Canadá, mesmo que por via não aérea, apresentando na fronteira apenas o passaporte com o carimbo do Porto de Entrada canadense, desde que dentro do tempo de estadia permitido para permanecer no Canadá. “”

      Eu acredito que não haverá problema independente da fronteira.

      1. Gustavo Diz

        Olá Mirella!

        Após a minha viagem gostaria de deixar a minha experiência pessoal e vou tentar detalhar ao máximo, para que outras pessoas vejam sobre como foi entrar no Canadá com o ETA e ir aos EUA e retornar de volta ao Canadá por via não-aérea. Viajei com o visto americano e o ETA Canadense emitido com base no visto americano.

        Pois bem, sou cidadão brasileiro, moro em Portugal e tenho cartão de residente, fiz o voo Lisboa – Toronto, com uma conexão em Zurique. Antes do embarque em Zurique, os funcionários da AirCanada verificam os vistos e o ETA de todos os passageiros, e inclusive tive meu nome chamado no balcão e a funcionária fez algumas checagens que julgo eu foram relativas ao ETA, inclusive a mesma me perguntou se eu possuía um pois não achou o visto (pelo visto todos achavam estranho um passaporte brasileiro viajar ao Canadá sem visto). Ao chegar de avião no aeroporto de Toronto Pearson, na imigração esclareci a oficial que iria passar toda minha estadia nos EUA e que estava só de passagem pelo Canadá (inclusive coloquei que só passaria 1 dia naquele formulário que entregam no avião), ela até perguntou o horário do voo e eu disse que iria de carro, ela fez uma cara de surpresa mas pareceu não ligar, mais algumas perguntas de praxe e carimbou meu passaporte sem problemas (percebi que todos os oficiais estavam carimbando os passaportes nesse dia que cheguei).

        Seguindo para os EUA, os oficias do CBP foram bem mal-educados e até grosseiros, mas nada que fugisse muito do padrão haha. Pediram muitos documentos (passagem de volta, dinheiro, etc) e ainda tive que pagar uma taxa de 6US$ que eu nem sabia que existia. Mas de qualquer forma cruzei a fronteira na Blue Water Bridge entre as cidades de Sarnia no Canadá e Port Huron nos EUA, estado do Michigan.

        Depois da minha visita aos EUA, retornei ao Canadá para tomar meu voo de volta que também saia de Toronto Pearson. Voltei pela mesma fronteira que entrei (Port Huron – Sarnia). Ao chegar na fronteira, a oficial perguntou o motivo da viagem, etc. Ela prontamente olhou meu passaporte e perguntou se eu possuía o visto canadense. Expliquei que tinha viajado com o ETA, que possuía carimbo de entrada no Canadá e citei o e-mail que você disponibilizou aqui. Ela pediu para esperar um pouco e fez uma ligação que parecia durar uma eternidade. Depois devolveu os passaportes e explicou que eu precisaria entrar no prédio da imigração canadense mas que achava que seria algo rápido. Paramos o carro e um oficial fez mais perguntas, sobre onde eu morava, onde eu estudava, sobre porque estava indo ao Canadá, quanto tempo passei nos EUA, o dia que cheguei pela primeira vez ao Canadá etc. Ele pediu para entrarmos no prédio e um terceiro oficial fez as mesmas perguntas, e quis ver a passagem de volta. Ele pediu para esperamos e foi falar com alguém. Por fim, ele disse que estava tudo certo e carimbou meu passaporte de novo, acabei ficando com dois carimbos de entrada no Canadá.

        Enfim, após esse longo relato, digo que sim é possível, mas claramente nem todos os oficiais estão cientes disso e que pode ser fácil como alguns disseram aqui, mas também pode ser um pouco mais demorado como foi o meu caso. Mas que é totalmente possível e que inclusive a lei de imigração canadense diz que a um turista é permitido re-entrar no Canadá após uma visita aos EUA ou a St. Pierre e Miquelon, desde que esteja na vigência do tempo de turista. Os oficias de imigração canadense foram muito educados e em momento algum faltaram com respeito (diferentemente dos oficiais dos EUA), sempre estavam dispostos a tentar ajudar e pareciam um pouco confusos sobre o fato de eu entrar no Canadá por via terrestre sem visto, mas buscaram entender a situação e no final correu tudo bem. Então quem busca fazer o mesmo, pode ir sem medo, mas levem ao máximo documentos que possam ajudar o entendimento por parte dos oficias que talvez não saibam dessa possibilidade. Espero que as pessoas continuem postando seus relatos aqui pois foram a maioria deles que me encorajaram a fazer o mesmo.

        Aqui está o Link para a lei de imigração canadense na íntegra, para quem quiser imprimir e usar como documento de apoio no caso de ser parado na fronteira:

        https://laws-lois.justice.gc.ca/PDF/SOR-2002-227.pdf

        Na página 216, que trata sobre viajantes isentos de visto para entrar no Canadá. Na página 217, no ponto f diz que estão isentos de visto, cidadãos que tentem re-entrar no Canadá após uma viagem somente aos EUA ou São Pierre e Miquelon, desde que tenham sido autorizados a entrar no Canadá como turistas anteriormente.

        Na minha opinião já estava na hora do Canadá abolir esse visto de turismo para os brasileiros (não custa nada sonhar né hahaha)

        Abraços e tudo de bom pra você, Mirella!

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Oi Gustavo,
          Sem palavras para agradecer seu relato, muito obrigada!
          Muito legal essa comunidade que estamos criando aqui, onde as pessoas escrevem a experiência para ajudar os outros 🙂

          Sobre a taxa para atravessar a fronteira terrestre, isso é normal (apesar de nada a ver, né?), paga para ir e retornar.

          O que estou percebendo é que nas fronteiras onde há mais trânsito de turistas brasileiros (Buffalo, por exemplo), os oficiais já sabem como proceder e o procedimento fica mais fácil, mas fronteiras onde o fluxo de turistas estrangeiros (não canadenses e americanos) é menor, eles ainda estão aprendendo. Mas aos poucos a coisa está se facilitando.

          Obrigada pelo documento que nos disponibilizou e a indicação da página.

          Grande abraço e espero mais visitas suas aqui no blog para as próximas viagens!
          Abs

  124. SAMUEL Diz

    ola eu tenho o eTA e pretendo viajar para o canada, depois ir para nova york, nao tenho visto americano, eu consigo entrar nos EUA

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Samuel,
      O eTA é referente ao Canadá, não tem nada a ver com os Estados Unidos, cada país tem seu sistema de visto.
      Para entrar nos EUA você precisará de visto.
      Abs

  125. Carlos Eduardo L. Andrade Diz

    Acabei de receber essa resposta do consulado do Rio confirmando que o eTA é válido para sair e entrar desde que a primeira entrada no país tenha sido via aérea:

    Prezado Sr. Carlos Eduardo,

    O Consulado Geral do Canadá no Rio de Janeiro agradece o envio de sua mensagem.

    O setor que cuida de vistos e imigração encontra-se unicamente em São Paulo, sendo responsável pelo setor em todo Brasil.

    O ETA é válido para entrada no Canadá por via aérea. Se o cruzeiro que o Sr. vai participar partir do Canadá, o Sr. pode fazer a entrada de avião, pegar o cruzeiro para algum outro país e voltar para o Canadá no cruzeiro, mas a primeira entrada no Canadá tem que ser sempre de avião.

    Atenciosamente,

    Consulado Geral do Canadá no Rio de Janeiro

    Government of Canada | Gouvernement du Canada

    1. Guilherme Franciulli Diz

      Oi Carlos! Tb estou para ir em um cruzeiro de Vancouver para Alasca retornando para Vancouver. So tenho o ETA.
      Deu certo para vc?

      1. Diego Thibaut Diz

        Oi Guilherme estou exatamente na mesma situação. Deu certo?

        1. Carlos Eduardo Leite de Andrade Diz

          Sim! Funcionou direitinho. Demorei muito tempo para responder 🙁

          Quando entrar no país, veja se o passaporte foi carimbado.

          A funcionária do cruzeiro pediu o TRV. Eu disse que só tinha o ETA. Ela ficou confusa por uns segundos, falou com o chefe dela e voltou para ver os carimbos no passaporte.

          O que não pode é pegar um cruzeiro saindo do USA e parando no Canadá (comum lá).

          Dentro do cruzeiro, é comum ficarem com os passaportes para imigração. No meu caso devolveram no dia seguinte pois só tinha o ETA e não tinha nada para fazer.

    2. Mirella Matthiesen Diz

      Opa!!!
      Que notícia maravilhosa!!!
      Carlos, será que teria como a gente ter acesso a essa resposta em .pdf para colocar aqui no blog? Isso vai ajudar muita gente.
      Obrigada

  126. Raphael Diz

    Oi Mirella,
    Muito esclarecedoras as informações aqui no blog, com todas as dicas e orientações. Parabéns pelo trabalho e iniciativa!
    Tenho uma dúvida, que não consegui resposta em nenhum local que pesquisei:
    eu tenho o ETA entrei no Canadá em 21 de outubro/2018, tenho isto carimbado no meu passaporte, estudei lá por quase 5 meses e vim para New York, fazer outros cursos na minha área.
    Eu estou pensando em ir passar o feriado de Páscoa agora em Toronto e voltar para NY.
    Como resolvi isto muito em cima, as passagens aéreas estão absurdas.
    Via de regra se eu viajar no dia 18 de abril por via terrestre eu ainda estaria dentro do período de 6 meses em relação a minha entrada aérea no Canada, certo?
    A minha dúvida é que pretendo voltar no dia 23 de abril, ou seja, após o meu período inicial de 6 meses.
    É possível retornar para o Canadá via terrestre usando o ETA mesmo que o período da nova estadia ultrapasse os 6 meses iniciais da primeira entrada?
    Agradeço se souber algo neste sentido.
    Abraços,

    1. Mirella Matthiesen Diz

      oi Rafael, Tudo bem?
      Boa pergunta… eu acredito que não, somente se reentrar via aérea.
      Depois me conta o que aconteceu? Eu estava viajando nesse período do seu comentário e estava com acesso restrito a internet, por isso estou respondendo só agora.
      Abs

  127. Fernanda Diz

    Mirella, muito obrigada por esse post claro e preciso.

    Li todos os comentários mas não vi ninguém perguntando sobre a minha dúvida. Minha filha vai fazer High School 1 term (5 meses), porém vai 2 meses antes de iniciar a aula, totalizando 7 meses no Canadá. Ao entrar na imigração via aérea o oficial geralmente libera no máximo a permanência por 6 meses. Existe exceção? Como faço para regulamentar esses 7 meses? Ela tem a carta de aceitação mostrando data de inicio e fim do curso e passagem comprada para 4 dias após o fim do curso. Muito obrigada!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Fernanda, Tudo bem?
      Que tipo de visto ela tem? Turismo ou estudante?
      Se for de turista, ela tem permissão de ficar até 6 meses e estando no Canadá terá que pedir extensão no Canadá (caso o oficial de imigração não carimbe uma data mais longa nesse caso dela). Na verdade será uma troca de visto de turismo para estudante, entende? Se quiser posso indicar empresa de consultoria de visto no Canadá para ajudá-la.
      Caso o visto dela for de estudante, geralmente o oficial de imigração já dá a permissão do tempo que ela irá ficar mais alguns dias para ela poder retornar. Do contrário, ela também faz a extensão quando estiver no Canadá.
      Vocês já fecharam o intercâmbio? Do contrário fala comigo, eu trabalho com intercâmbio para o Canadá também 🙂
      mirella@mikix.com
      Abs

  128. Tatiana Diz

    oi! no meu caso vou estar em Toronto e quero ir para NYC passar uns dias e voltar, tudo de avião, então não terei nenhum tipo de problema, ne? Obrigada

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Tatiana,
      Se tiver o eTA e for fazer tudo de avião, não terá problema algum 🙂
      Boa viagem e pegue dicas aqui no blog para sua trip!
      Beijos

  129. LA SIERRA TURISMO Diz

    Boa tarde
    Fiz o Eta para alguns clientes semana passada e ja vem com a informação abaixo:
    “IMPORTANTE: Uma vez em território canadense (ENTRANDO POR VIA AÉREA COM A ETA E TENDO SEU PASSAPORTE CARIMBADO PELA IMIGRAÇÃO), é possível fazer uma viagem aos EUA e retornar ao Canadá, mesmo que por via não aérea, apresentando na fronteira apenas o passaporte com o carimbo do Porto de Entrada canadense, desde que dentro do tempo de estadia permitido para permanecer no Canadá. “

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi La Sierra Turismo, Tudo bem?
      Muito obrigada por compartilhar essa informação com a gente!!!
      Será que tem como compartilhar essa informação em .pdf para eu acoplar aqui no corpo do post, acredito que muita gente vai se beneficiar disso!
      Abs,

    2. Regis de Freitas Vasconcelos Diz

      Obrigado, La Sierra Turismo. Não encontrei essa informação no meu eTA que emiti em 01/maio. Apenas recebi o e-mail e usando a ferramenta de checagem de status não encontrei isso. Se você puder dar o caminho será de grande utilidade para os leitores de Viajoteca.

      1. Mirella Matthiesen Diz

        Oi Regis,
        Vamos torcer para o pessoal ler essas mensagens e nos encaminhar o email.
        Mas acredito que não há necessidade, visto que outras pessoas já passaram por situações semelhantes e deu tudo certo 🙂
        Depois nos conte sua experiiencia.
        Abs

        1. Regis de Freitas Vasconcelos Diz

          Oi, Mirella,
          Com tantos leitores, talvez você não lembre de mim. Em janeiro de 2018 fui até o lado americano de Niagara Falls e peguei dicas para esqui na região, mas do lado americano. Kissing Bridge, ao sul de Buffalo foi a melhor opção.
          Agora farei a viagem de verão e vou entrar no Canadá de eTA, mas no meu roteiro estão Thousand Islands e Niagara Falls (agora do lado canadense). Nesses 2 pontos eu pesquisei que vale a pena um bate-e-volta para o lado americano.
          Primeiro os passeios de barco nas Thousand Islands que partem de Alexandria Bay (EUA) parecem melhores que os do lado canadense;
          Segundo o parque e a plataforma de observação das cataratas do lado americano valem a travessia pela Rainbow Bridge. Entretanto o passeio de barco até a base das cataratas eu acho que farei o do lado canadense mesmo, o das capas vermelhas.
          O que você acha?

          1. Mirella Matthiesen Diz

            Oi Regis, Tudo bem?
            Boa pergunta essa do Thousand Islands, ainda não tivemos relato sobre isso, mas eu acredito que não tenha problema. O lance é que no passeio principal, se para em uma ilha com um “castelo” que pertence do lado americano, então você teoricamente cruza a fronteira, entende? Se conseguisse o carimbo no passaporte na sua entrada, seria o ideal.
            Na Rainbow Bridge em Niagara, acredito que não tem problema nenhum, pois é a ponte que mais recebe esse tipo de turista, então os oficiais jea estão mais que acostumados com o procedimento.
            O passeio de barco, acho melhor do lado canadense, apesar de ser basicamente o mesmo 🙂
            Ah… não esqueça de usar nossos links para reservar hotel, seguro e chip de celular, se precisar.
            Super boa viagem e vamos nos falando!

  130. JAMERSON MELO CARVALHO Diz

    Mirella, chegamos em Vancouver via aéreo com o ETA. Ao passar pela imigração pedi para que o passaporte fosse carimbado pois iria cruzar a fronteira para os Estados Unidos de carro. A oficial informou que este procedimento não é obrigatório e recusou a carimbar.
    Cruzei a fronteira para seattle 2x sem nenhum problema. Ao cruzar novamente para o Canada o oficial da alfandega fez muitas perguntas como porque estava retornando, se eu ia encontrar algum conhecido, qual valor em especie estava carregando, se minhas malas continham alimentos, porque eu estava cruzando com carro emplacado nos estados unidos etc. Porém não fez nenhum questionamento quanto ao visto.
    Portanto, com o ETA e visto americano, foi possível cruzar a fronteira para os dois lados.
    Obrigado pelas dicas! Abs

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Jamerson,
      Que bom que deu tudo certo, e realmente o oficial da fronteira aérea não é obrigada a carimbar, pois sua entrada fica processada eletronicamente.
      Essas perguntas da fronteira terrestre é comum mesmo, as vezes pedem para abrir o porta mala etc.
      Que ótimo que deu tudo certo!!!
      Obrigada pelo relato aqui no blog! Valeu mesmo.
      Abs

  131. Noemi Melhado Diz

    Olá, fiz essa “travessia” no final de abril deste ano. Travessia expressa a aventura que foi cruzar a fronteira EUA/Canadá: constrangedor, desanimador…Optem pelo visto tradicional. Quando você fica na dependência de sorte e boa vontade dos outros…Depois de ter sido aceito na imigração, escutei um “da próxima vez tome mais cuidado”. Não recomendo o ETA para via terrestre!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Noemi,
      Realmente muito chato isso que passou, especialmente porque a maioria das pessoas que estão passando recentemente não estão mais enfrentando esse tipo de questionamento. Posso perguntar qual das fronteiras disse “da próxima vez tome mais cuidado”, a do lado americano ou canadense?
      Posso perguntar também qual fronteira você atravessou?
      Abs,

  132. Daniele da silva Diz

    Olá pessoal!
    Venho aqui dar meu relato sobre a viagem que fiz no último mês de maio, meu esposo e eu chegamos em Montreal via aérea e alugamos um carro para ir para os EUA. Nós possuímos visto americano e eu o Eta Canadense.
    Rodamos pelos EUA durante 6 dias e cruzamos a fronteira de volta ao Canadá em Buffalo, por Niágara Falls, o agente da Imigração Canadense foi muito simpático, pediu para ver meu Eta, nos fez umas perguntas de praxe e nos deixou passar sem nenhum problema. A única coisa que nos avisou que na próxima vez gostaria de ver o meu Eta impresso pois eu só tinha um print de tela no meu celular.
    Gostaria de agradecer você Mirella por essa postagem!
    Pois através dela obtive conhecimento sobre e economizei o valor de fazer um novo visto canadense.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Daniele,
      Que bom que deu tudo certo! Realmente usando o eTA esse trâmite do visto fica bem mais rápido e barato, né?
      Abs

  133. Cristiano Gomes de Almeida Diz

    Mirella,
    Deixo meu comentário e agradecimento ao seu post e a outros casos de relatos que nos encorajaram a fazer a travessia terrestre entre Niagara e NY pela rainbow bridge.

    Eramos 4 adultos e 2 crianças de 3 anos.
    Chegamos 04 de Marco em Toronto, ao passar pela imigracao do aeroporto, ocorreu tudo certo, quando o agente me entregou os 6 passaporte eu perguntei a ele se poderia carimbar a entrada (Ele não havia carimbado) pois teríamos o interesse de ir conhecer NYC, o agente respondeu um dos “of course” mais satisfatório que já ouvi, pois sabia que o carimbo ajudaria positivamente no retorno.

    Alugamos um carro no aeroporto para irmos ate NYC em media 700km e fomos conhecer Niagarafalls, e em Seguida Rainbow bridge para NY buffalo.
    A imigração Americana no guichê, após várias perguntas pediu para todos os 6 descerem do carro (me deu medo) e irem no 2 andar do prédio da imigração, aí foram mais perguntas e no final deu tudo certo, pagamos uma taxa e fomos liberados em seguida fomos para NYC.

    No dia 09 voltamos para Toronto e passamos na Rainbow bridge novamente e era 04:30 da madrugada pois saímos de NYC era 20:30 em média, o agente era um pouco mais sério, fez mais perguntas de praxe, não foi tão paciente e amigável quanto aos demais passados (devia ser o frio de -15 as 04:30 da manhã). Nos liberou e assim estávamos de volta no Canadá.

    Tudo certo via terrestre com ETA. Imprimem tudo leve tudo impresso e tenha em mãos a comprovação de tudo.

    Obrigado mais uma vez.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Cristiano, Tudo bem?
      Obrigada pelo relato… muito legal o pessoal voltar aqui e contar como foi a experiencia, assim encoraja as pessoas 🙂
      Curtiu o Canada?
      Nas proximas viagens, volte aqui no Viajoteca, temos dicas de viagens de varios lugares do mundo 🙂
      Abs,

  134. Diego Thibaut Diz

    Olá,
    Vou agora em setembro para Vancouver por via área e depois um cruzeiro saindo e retornando por Vancouver.

    Tenho apenas o ETA e não o visto regular canadense. Será que terei problemas? Desde já obrigado

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Diego,
      Não sei dizer se terá problema com essa questão do cruzeiro, segundo a imigração canadense, é permitido, mas tivemos um caso de um leitor que estava pegando o cruzeiro em Seatlle (mesmo chegando no Canadá via aerea) e não os deixaram embarcar.
      Mas no seu caso, como vocês estão saindo de Vancouver, acredito que não terão problema.
      Aliás, se puder depois me contar com foi, eu agradeço muito.
      Boa viagem e aproveitem.
      Abs,

  135. Cristiane Diz

    Ola, venho aqui deixar meu relato sobre minha experiência com as idas e vindas entre Canada e EUA no ultimo mes (agosto/2019), ja que este post me ajudou muito nesta viagem. Vi que algumas pessoas tem duvidas em relação aos cruzeiros e não tem quase nenhum retorno.Temos visto americano e Eta em dois passaportes diferentes. Antes da viagem recebi email da empresa do cruzeiro dizendo que o embarque no navio não seria permitido sem o visto Canadense. Sendo que no meu caso o embarque seria no Alasca. Liguei na empresa e perguntei se isso era por determinação da imigração do Canada ou da empresa e expliquei que iria entrar no Canada por via aérea antes de embarcar no navio e segundo documentação oficial (publicadas neste post) seria permitido retornar ao Canada por via marítima somente com o eTA, a pessoa respondeu que eles não entendem desse assunto e que eu levasse os documentos impressos.
    Chegamos em Vancouver no dia 03/08 saindo de São Paulo com conexão em Dallas. Passamos tranquilamente pela imigração, mas não carimbaram os passaportes, quando pedi para carimbar pois iríamos voltar para vancouver em um cruzeiro do Alasca, o oficial disse que ali eles não carimbam mais os passaportes.
    No dia seguinte pegamos outro voo para o Alasca e dentro do Aeroporto de Vancouver ja passamos pela imigração Americana e o oficial perguntou quanto tempo ficaríamos nos EUA e disse que entraríamos em um cruzeiro no alasca e voltaríamos a vancouver. Até aqui tudo tranquilo. O embarque no navio foi em Seward e na hora do check in a moça pediu os passaportes e perguntou sobre o visto canadense, falei que não tinha o visto somente o ETA e que ja tinhamos entrado no canada por via aérea 2 dias antes. Ela ficou na duvida e chamou a “chefe” dela que disse que tudo bem, ela me perguntou se eu tinha a copia do ETA impresso e pediu tambem os cartões de embarque do voo de Dallas-Vancouver, ainda bem que eu tinha deixado tudo separado junto com as copias dos documentos deste post. Ela tirou copia de tudo e guardou junto com os passaportes que ficaram retidos. Perguntei se os passaportes ficaram porque não tínhamos o visto ou se era normal, mas a moça nao soube responder e nos liberou para embarcar. Demorou mas deu tudo certo. Dentro do navio descobri que todos os passaportes de estrangeiros ficam retidos e são devolvidos no desembarque, quando é feita a imigração ainda dentro do navio. O processo foi bem demorado, colocaram todos dentro de uma sala e foram chamando um por um. Quando chegou a nossa vez nos devolveram os passaportes ja carimbados sem nenhuma pergunta e fomos liberados para desembarcar. Felizmente deu tudo certo , mas passamos por alguns momentos de apreensão. O Eta funciona para reentradas no Canada, mas sempre é bom levar a documentação complementar impressa. Espero ter ajudado.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Cris,
      Puxa… que legal que veio aqui contar da sua experiência, pois temos poucos relatos aqui do pessoal que vai de cruzeiro e a vivência real é muito importante, né?
      Muito bom que tinha toda documentação em mãos e que apesar do friozinho da barriga, deu tudo certo!
      Obrigada mais uma vez!
      Grande abraço e obrigada pela visita, espero vê-la de novo por aqui.
      Abs

  136. Diego Thibaut Diz

    Pessoal,

    Acabo de voltar de um cruzeiro saindo e retornando para vancouver até o alasca e antes de viajar tentai pesquisar bastante sobre o tema e aqui foi o local que mais encontrei informações, li todos os comentários desse post e não tinha nenhum 100% conclusivo.

    Então acho que fundamental meu relato mas ainda assim é somente meu relato do que vivi claro que com outras variáveis como por exemplo de onde sai o navio a situação pode ser diferente e claro que não tenho como garantir nada mas fica a minha experiência para que quem está lendo possa decidir.

    Antes da viagem fiz contato com o consulado canadense que não deu respostas muito diretas e aconselhava a tirar o visto completo de turismo canadense

    A cia de cruzeiros Norwegian também indicava que era mandatório tirar o visto canandense completo de turismo.

    Em contato com o twiter da imigração canadense me confirmaram que se a primeira entrada fosse por avião eu poderia sim sair de vancouver de navio (rumo ao alasca no meu caso) e depois voltar com o eTA

    Resolvi então que iria somente com o eTA mesmo e evidente meu visto americano válido

    Minha primeira dica é. Leve seu eTA impresso pois por mais de uma vez eu precisei mostrar para Air Canadá United, Norwegian etc então apesar de ser eletronico para oficiais canadenses para os demais não é. Então fundamental levar impresso

    Ao chegar no Canadá o prenchimento das informações foi em um totem eletronico no aeroporto e depois alguns eram selecionados para uma “pequena entrevista padrão básica” com os agentes e outros iam para fila expressa que foi nosso caso. Iamos então entrando no canadá sem respoder uma pergunta sequer de agente algum (só havíamos lançado as informações no totem) mas então fui atá o agente e com toda educação dizendo que sabia que n]ao seria necessário mas pedi para ter o carimbo por conta de minha situação(sair do canada de navio de cruzeiro e depois retornar), explicando detalhadamente Ele então indicou que eu fosse pra fila com os demais.

    Fui na fila então onde tem os agentes que fazem a entrevista básica de praxe e expliquei novamente com toda educação para outra agente o motivo que pedia o carimbo e ela entendeu e sem fazer nenhuma outra pergunta carimbou e liberou.

    2 dias depois que estava no canadá chegava a hora de embarcar no navio, ao fazer o check in na Norwegian (cia de cruzeiro) a funcionário pediu os passaportes e depois pediu o visto. Entreguei normalmente sem falar nada o passaporte o o eTA (impresso a parte em folha) e sem questionar nada ela entregou o meu cartão de cruzeiro e sem problemas nenhum embarquei tendo somente o eTA

    Já no Alasca resolvi fazer um passeio que ia por terra de ônibus da agencia de turismo até Yukon territorio canadense e voltava para o alasca.

    O pessoal da agencia de turismo no Alasca ficou muito na duvida entre me vender o passeio ou nao,pois poderia ter problema segundo eles para entrar no canada no onibus de turismo, disseram que haviam ligado uma vez para os agentes da fronteira local e uma vez falaram que não seria permitido e outra vez falram que tudo bem e ai ficaram na dúvida entre me venderem ou nao o tour, ficaram quase uns 20 minutos nesse impasse

    Novamente decidi arriscar e não tive nenhum problema. dentro do bus do tour haviam 20 pessoas e na fronteira o oficial entrou no bus e olhou de forma muito rápida só praticamente pra ver se todos estavam com passaporte não analisou mais a fundo de ninguém, então ele não viu nem se eu tinha nem eTA nem visto completo, logo acho que esse relato nem conta tanto pois não sei como seria se eu tivesse de carro sozinho, apesar de acreditar que não teria problema.

    Depois lá pelo quarto dia de cruzeiro eles pediram os passaportes de todos que não fossem canandenses (um casal de amigos que fizemos que moram no canadá e tem o cartão de residente canandense permamnte também precisou enregar)para já agilizar na hora do desembarque

    No último dia pegamos de volta nosso passaporte com a Norwegian ainda dentro do navio eantes de desembarcar, e ai ao saltar do navio um agente fez então perguntas normais se iamos direto pro Brasil ou se iamos ficar alguns dias no canada, explicamos entao que iamos ficar dois dias na casa de amigos antes de voltar e pronto liberados. Nem tocou no assunto de eTA ou visto.

    Ou seja ao meu ver o problema era mais no início por desconhecimento da questão que é recente.
    Acredito que cruzeiros saindo e voltando de vancouver não tem mais problemas com a questão mas 1000% ainda não da pra garantir pois o problema é um eventual desconhecimento de algum agente ou de alguem que vai prestar um serviço (por exemplo uma cia de trem) como alguns citaram aqui.

    Espero ter contribuído com outras pesoas que estejam na busca que estava de informações.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Diego,
      MUITO OBRIGADA pelo seu relato, tão informativo e com um assunto que temos pouquíssimos relatos aqui no blog.
      Realmente acredito que o eTA para quem sai e chega em Vancouver com cruzeiro não tem erro, talvez alguns impecilhos como você descreveu, mas quem sai de Seattle com o eTA, por exemplo, eu acho que pode sim dar problema, como já tivemos um relato por aqui. E não por culpa da pessoa, mas por falta de conhecimento das empresas e acesso a dados da imigração canadense.
      Muito obrigada novamente!
      Grande abraço,

  137. Thomaz Lima Diz

    Mirella, boa tarde.

    Vou deixar meu relato da viagem que fiz com minha esposa e cunhado, pois o site me ajudou bastante e espero ajudar outros.
    Fomos eu, minha esposa e cunhado viajar do Brasil para Montreal e de Montreal iriamos de carro até Nova York e retornaríamos de carro para Montreal onde voltaríamos para o Brasil.
    Antes da viagem pesquisei muito e entrei em contato com o consulado canadense em São Paulo sobre a necessidade de ter o visto ou apenas o eTA serviria, o consulado me respondeu com o trecho da regra deles de imigração que diz ser permitido, mas mesmo assim o medo existia. Antes da viagem imprimi o email do consulado e o eTA.
    Saímos do Brasil para Montreal, chegando em Montreal não solicitei no aeroporto o carimbo no passaporte, pois vi que não carimbavam de ninguém. Ficamos alguns dias em Montreal e depois fomos de carro para Nova York, tudo sem problema, passamos pela imigração americana e tudo perfeito tivemos apenas que pagar uma taxa de US$ 6 por pessoal para a impressão de um documento necessário, para entrar nos Estados Unidos, que nós permitia múltiplas entradas e saídas.
    Após 15 dias em Nova York voltamos para Montreal, na imigração Canadense, veio o frio na barriga novamente, mas tudo correu maravilhosamente bem. O oficial apenas perguntou quantos dias ainda iriamos ficar no Canada, se iriamos voltar para o Estados Unidos ou voltaríamos para o Brasil. Respondemos que iriamos ficar apenas mais dois dias no Canada e voltaríamos para o Brasil, não voltando mais para o Estados Unidos, dizemos que não, então ele carimbou nossos passaportes e foi tranquilo, não precisei mostrar o eTA impresso e nem o email do consulado.

    Espero ter contribuído e que ajude outras pessoas, aproveito e mando abaixo o texto que foi enviado pelo consulado canadense:

    O eTA para brasileiros isenta o visitante da necessidade de apresentar visto, mas só pode ser utilizado na entrada no Canadá por via aérea. Uma vez em território canadense, é possível viajar aos EUA e retornar ao Canadá, por via não aérea desde que dentro do tempo de estadia originalmente concedido para permanecer no Canadá (em geral de 6 meses).

    A regulamentação a respeito encontra-se no Immigration and Refugee Protection Regulations, R190 (3) (f) (ii) A foreign national is exempt from the requirement to obtain a temporary resident visa if they wish to re-enter Canada following a visit solely to the United States or St. Pierre and Miquelon and if they return to Canada by the end of the period initially authorized for their stay.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Thomaz,
      Muito obrigada pelo seu detalhado relato!!! Isso ajuda muito o pessoal que está pensando em fazer o mesmo e continua na dúvida mesmo depois de todo o post que escrevi 🙂 . Um apoio complementar de gente que viveu na pele!
      Muito obrigada e até as próximas viagens!!!
      Abs

  138. Marcos Diz

    Estou nesse momento dentro de um ônibus e acabei de passar pela fronteira canadense, por isso gostaria de relatar a minha experiência, já que este blog foi o único lugar em que achei relatos sobre o assunto. Li praticamente todos os posts e mesmo assim ainda estava a receoso. Tenho o visto americano e obtive o ETA antes de viajar. Minha viagem em resumo foi de Belo Horizonte a Vancouver com duas conexões (BH-Guarulhos, Guarulhos-Houston e Houston-Vancouver). Ao chegar em Houston, como a minha companhia aérea foi a United (que faz todos os procedimentos de verificação de bagagens ainda na origem), não precisei retirar as malas e apenas passei pela imigração. Como sempre, a imigração americana é demorada e burocrática, mas sem problemas (com observação que eles carimbaram um visto de trânsito no passaporte, coisa que eu nunca tinha visto). Ao chegar em Vancouver, ficamos muito tempo zanzando de uma fila para outra, ainda que elas andassem rápido. Minha impressão foi que chegou muita gente ao mesmo tempo e o pessoal do aeroporto teve que ficar colocando quem chegava em filas para organizar o fluxo. O procedimento de imigração foi todo eletrônico por totens de autoatendimento. Antes de sair do aeroporto ainda passamos por alguns agentes de imigração que apenas fizeram algumas perguntas. Como eles apenas estavam sentados em banquinhos ao lado de bancadas (diferente daquela estrutura da cabines com que estamos acostumados), nem cogitei pedir para carimbarem minha entrada no Canadá (nem caneta eles tinham, só folheavam o passaporte e perguntavam). Em seguida, peguei um barco de Vancouver a Victoria (sem problemas, mesmo país) é um barco de Victoria a Seattle (imigração americana nos mesmos moldes antes de embarcar no Canadá e também chegando em Seattle). Por fim, chegou o último trecho terrestre de Seattle a Vancouver, que eu temia. Depois de ler todos os posts, deixei duas pastas prontas com documentos impressos. A primeira com o ETA impresso e as reservas e bilhetes aéreos de ida e volta ao Brasil). A segunda, se o gato subisse no telhado, com reservar de hospedagem e deslocamentos internos (trens, barcos e ônibus). Como li relatos de problemas com funcionários de trens e barcos que não estavam atualizados com as regras do ETA, optei por uma viagem de ônibus de Vancouver a Seattle. Comprei pela Greyhound, mas operado pela Bolt Bus. Apenas conferiram passagem para entrar no ônibus (não pediram passaporte ou visto e sequer me cobraram uma mala extra que não estava incluída). Ao chegarmos na fronteira, todos desembarcaram com bagagem de mão e malas. Fui com o meu passaporte, aquele formulário de imigração preenchido e as pastas com os documentos nas mãos. O agente de imigração só perguntou quanto tempo eu ia ficar e quando eu tinha chegado no Canadá. Ao ver que ele folheava meu passaporte, falei que tinha um ETA. Eu só me perguntou onde eu estive antes e me liberou tranquilamente. Voltamos para o ônibus e aqui no estou eu escrevendo. Acho que eles têm tudo on-line agora, para mim foi muito tranquilo. Espero que minha experiência tranquilize quem está disposto a cruzar a fronteira canadense por via terrestre apenas com um ETA.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi MArcos,
      Nossa, muito legal seu relato, realmente bom saber que as coisas estão se normalizando e que está tranquilo de fazer esse procedimento.
      Super obrigada por gastar seu tempo com esse relato!!! Valeu demais mesmo.
      Abs,

  139. Alexandre Diz

    Ola Mirella,

    Primeiramente parabéns pelo post ativo! e Sempre ajudando as pessoas respondendo as perguntas

    Estou bastante apreensivo, meus pais vieram ontem do Brasil para os Estados Unidos via Toronto por aéreo (óbvio kkk), porém não carimbaram os passaportes (mas vi que isso é comum nos comentários dos demais), eles possuem o Visto ETA e também o Visto de Turismo Americano. Eu fui busca-los em Toronto e dirigimos até Detroit. Na imigração para entrar nos Estados Unidos foi tudo tranquilo, poucas perguntas e nos liberaram.

    Meu irmão veio com a familia em Julho/19 nos visitar e fizeram o mesmo trajeto, porém na entrada nos Estados Unidos eles grampearam um “papel” com informaçoes do visto ETA e dados de entrada no Canada por aéreo.

    No caso dos meus pais, eles não carimbaram na entrada dos Estados Unidos e nem colocaram esse papel.

    Então eu liguei no Canadian Border Patrol apenas para confirmar se os meus pais teriam problema em retornar ao Canada por via terrestre. A atendente que estava bastante calma (não é sarcasmo), ela simplesmente foi enfática e disse que eles não podem retornar por via Terrestre e que vão precisar do Visto de Turismo. Informou os valores e etc, e disse mesmo que a chegada dos seus pais tenha sido por via área eles podem apenas transitar no Canadá, mas se forem retornar para o Canada por via terrestre precisam do visto de Turismo ou entrar por via aérea com ETA.

    Fiquei bastante preocupado e pesquisando encontrei seu site, muito esclarecedor, porém gostaria de sua opinião, será que podem ter problemas? eu não vou retornar com eles e eles não falam Inglês, então assusta.

    Vou deixar toda documentação deles preparada, os tickets de quando vieram do Brasil, minha carta convite para o Consulado Americano quando eles tiraram o Visto de Turismo.

    Desde já agradeço pelas informações e atenção.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Alexandre,
      Muito estranho essa resposta ter vindo do lado canadense da fronteira, sendo que eles mesmo, em diferentes instâncias já disseram, inclusive no website que pode. Desde que a primeira entrada seja feita via aérea.
      Assim, toda fronteira, quem tem o poder de decisão é sempre o oficial de imigração, então não posso dizer que “vai que está tranquilo”, pois até com o visto, eles podem negar entrada.
      Dito isso, e diante de todos os relatos que estamos tendo aqui, eu acredito que não vão ter problema algum de retornar. Tenha o papel do eTA impresso, o ticket aérea de ingresso e retorno e beleza.
      Depois me conta como foi.
      Abs

  140. Carlos Alberto Diz

    Oi Mirella, tudo bem?
    Meu ETA e da minha esposa foram aprovados. Iremos para Boston e de lá seguiremos para Toronto de avião. Fiz o ETA na época comunicando que iria de Guarulhos para Toronto, porém mudamos de ideia. Será que teremos problemas quando chegarmos ao aeroporto em Toronto?
    Desde já, agradeço.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Carlos, Tudo bem?
      Não tem problema, depois que o eTA foi aprovado você pode mudar os planos de sua viagem.
      Boa viagem e não esqueça de pegar mais dicas do Canadá aqui no blog: https://www.viajoteca.com/category/destinos/americas/america-do-norte/canada/
      Abs

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.