Viagem a São Francisco… introdução

22

Ah, São Francisco… uma daquelas cidades que te ganha pelo primeiro olhar!

Ainda não sei se são casinhas que faz a cidade ter aquele charme “James Bond“,  ou se são as colinas que faz com que cada topo tenha-se uma vista inesquecível, ou se é simplesmente o “ar do californiano” que nos encanta.

Só sei que qualquer viagem a São Francisco, seja a passeio ou a trabalho, é uma grande curtição!

Viagem a São Francisco
Casinhas da praça Alamo Square, porque nesse quarteirão tem muito mais que as “Painted Ladies”

Antes de embarcar para California, não esqueça de adquirir um bom seguro viagem para viajar tranquilo!

Aproveite e use nosso link para garantir um desconto de 10% para pagamento no boleto ou 5% no cartão!


EUA


Como aconteceu essa viagem a São Francisco

Foi interessante retornar a essa cidade depois de quase 8 anos. San Fran se abriu pra gente de uma maneira toda diferente daquela que experimentamos em 2005. E mais uma vez, minha teoria de que muitas vezes reviver uma cidade é melhor que conhecer uma nova, se fez valer 🙂

Pra quem não sabe, desde novembro de 2013, eu e Kiko (marido) estamos indo a São Francisco pelo menos uma vez por mês, ele vêm a trabalho e eu acompanhando (coisas boas de poder trabalhar remoto).

Confesso que já ando me sentindo “local” e quero dividir aqui com vocês todas minhas descobertas e fascinação por São Francisco, que na minha opinião, é a cidade com o melhor vibe dos Estados Unidos.

Cable car em São Francisco

EasySim4U - Chip de celular Estados Unidos


São Francisco para caminhar, andar de bike e subir no ônibus

Sem dúvida, São Francisco é uma cidade feita para se descobrir CAMINHANDO, basta ter um mapa nas mãos e ir seguindo.

Várias regiões da cidade são planas e fáceis, mas outras tem subidas e descidas que deixam qualquer panturrilha assustada só de olhar!!! Mas ainda assim, é caminhando que se conhece uma cidade e se tem a chance de ver e experimentar coisas fora do roteiro principal 🙂

Russian Hill em São Francisco
Vista “alternativa” de São Francisco desde Russian Hill

Vale lembrar que estou usando bastante ÔNIBUS (sistema Muni) para me locomover e recomendo. Claro que não é uma limousine, mas como sempre ficamos hospedados na região da Union Square e praticamente todas as linhas passavam por ali, é  bem fácil e prático usar o ônibus (dica: pegue um dos mapas da cidade com as linhas discriminadas que não tem erro).

O ticket custa US$2.50 por pessoa, te dá direito à 3 horas de idas-e-vindas. É preciso ter o dinheiro exato, pois o cobrador/motorista não oferece troco.

Os locais reclamam do ônibus, mas pra turistar, achei uma excelente opção (na hora do rush obviamente é cheio e quando se passa por Chinatown e na região da Union Square tudo fica mais devagar, mas vai!).

Muni em São Francisco

BICICLETAS estão em todo lugar, mesmo com as subidas insanas da cidade. E depois das dicas de amigos no facebook, resolvemos alugar bike para ir até a Golden Gate e depois descer para Sausalito. A-DO-RA-MOS!!!

Esse passeio é muito legal, alugamos nossa bike com a empresa Blazing Saddles, mas tem outras pela cidade e valeu muito!

Pedalando em São Francisco

 

BART, eu tenho uma relação de amor e ódio com esse metro / trem de superfície de São Francisco.

A primeira vez que andei nele, não sei se entrei no vagão errado, mas tinha uns 3 ou 4 mendigos no vagão e o cheiro de falta de banho e urina estava insuportável, aquele carpete no chão me deixou com nojo e tudo me desanimou, ainda bem que foram somente 3 estações!

Mas calma, tive tempo de rever meu conceito em outras oportunidades que usei o BART e apesar de não ser uma brastemp, aquela coisa fedida não existiu! Então recomendo!

Inclusive, o BART é o meio de transporte público que te leva dos aeroportos até a cidade, é a maneira mais barata de fazer esse percurso, compre aqui o ticket online para facilitar.




Yerba Buena em São Francisco
Yerba Buena pertinho da Union Square em São Francisco

Nem tudo são flores… São Francisco e os mendigos…

Que nós amamos São Francisco, isso já ficou claro, certo? Mas o que me “irrita” são os mendigos que “invadem” a cidade e faz aquele charme se perder.

Nada contra pessoas de rua, pois toda cidade tem, mas o centro de São Francisco está exagerado e as vezes até assusta. Eles estão em todo lugar, em cada esquina e até no starbucks!!! (momento “Mirellita patricinha!”) . E isso vem acompanhado de cheiro de urina e um certo ar de sujeira naquela região da Market Street e Union Square, especialmente depois da 6th St até a Prefeitura.

Não queria ser preconceituosa, mas sei lá, não gostei e as vezes eles podem ser violentos!Haight St em São Francisco

Onde ficar em São Francisco

Já experimentamos cinco hoteis diferentes, todos na região da Union Square e focado no mercado business. Foram eles: Marriott Marquis, Westin Market Street, Marriott Union Square, JW Marriott e Wyndham Parc 55. Os três primeiros foram os melhores (apesar do Marquis ser absurdamente grande e sempre muvucado).

Definitivamente, a região da Union Square é o lugar mais central para se hospedar e com mais opções de hoteis; tem acesso ao BART (trem que leva do aeroporto a cidade) e ideal para primeira viagem a São Francisco.

Mas não tem o charme de Nob Hill por exemplo, onde fica o Intercontinental e o Fairmont, ou a descontração local da região do Cow Hollow e Marina. O pessoal também opta por ficar perto do Pier 39 e Fisherman’s Wharf que é uma boa localização pra turistar.

Melhor vista da Golden Gate
Melhor vista da Golden Gate e São Francisco, na Marin Headlands! Super dica da Maryanne, do blog Hotel California…

A região da Marina, Cow Hollow e Nob Hill eu olharia com carinho para aqueles que gostam de viajar e ter a sensação “estou no meio dos locais”, ou para um segunda visita, por exemplo. A única coisa ruim dessas regiões são o relevo, descidas e subidas sem fim.


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


22 Comentários
  1. Jana Maciag Diz

    Oi Mirela, adorei seu post sobre San Fran! Estamos indo para la em Julho, meu marido vai num congresso e eu vou passear com as criancas. Eu estava pensando em usar o BART mas nao sei se sera a melhor maneira de se lovomover com criancas. Vc acha seguro apesar dos problemas?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Jana,
      Que legal que gostou do post 🙂
      Então, o Bart é tranquilo sim, mas dependendo da onde forem, tenta usar também o ônibus, pois vai conhecendo as cidade de outro ângulo.
      Quando você vai em Julho? Se nenhum plano mudar, estaremos lá na metade de Julho também e de repente a gente marca de se encontrar… estou aqui lembrando do nosso dia em Los Angeles, lembra? Acho que foi em 2007 🙂
      São Francisco é seguro sim… só os mendigos na rua que assustam um pouco, mas não é em todo lugar, fica tranquila…
      bjos

  2. Jana Maciag Diz

    Nos vamos no fim de julho e ficamos so os dias do congresso mesmo,, que termina dia 31. Os mendigos nao me assustam, eles tb estao em todo lugar em Chicago. As criancas é que ficam curiosas. Gostaria de rever voces, ja faz tanto tempo que nos vimos (meu filho tinha 22 meses e agora ja esta com 9 anos!). Vamos nos falando assim quando estiver mais perto marcamos de nos encontrar em San Francisco.
    Bjs

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Jana,
      Que pena… acho que estaremos lá na metade de Julho. Mas a gente se vai se falando.
      Tem esse post novo de San Fran caso te interessar: https://www.viajoteca.com/little-italy-em-sao-francisco/

      Pera aí? 10 anos que a gente se conheceu? Caraca… está mais que na hora da gente se ver novamente 🙂
      bjão

  3. adriana Diz

    Boa noite Mirella ! estou pegando suas dicas pois irei a San Francisco pela 1º vez. Gostaria de saber qual rota vc faz para chegar ai com maior rapidez e conforto? Obrigado . Adriana.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Adriana,
      Fiquei confusa com sua pergunta, você diz a rota de avião desde o Brasil? Ou a rota do aeroporto pra cidade?
      Se for de avião, infelizmente não tem voo direto de SP, então o jeito é fazer escala, e na minha opção as melhores são Los Angeles, Dallas ou Houston.
      Ajudei?
      Abs

  4. […] também: – Introdução a São Francisco – Roteiro: 4 dias em São Francisco (com mapa) – Conhecendo o bairro italiano de North […]

  5. Sara (@sarafcmartinez) Diz

    Oi Mirella 🙂
    Adoro seus posts! Sempre me ajudam.
    Vou viajar em novembro para Califórnia e ficarei 4 dias em São Francisco. Vc pode contar um pouquinho mais sobre o passeio de bike? Consigo alugar a bicicleta em algum lugar perto da ponte?
    Beijos!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Sara,
      O local mais perto da ponte que conseguiria alugar a bike é na Marina, mas acho mais fácil você alugar em qualquer lugar perto do Fisherman’s Wharf que tem muitas opções de lojas de aluguel de bike e depois você volta de ferry de Sausalito direto pra lá…
      Vai preparando as panturrilhas 🙂
      Ajudei?

  6. Sara (@sarafcmartinez) Diz

    Ajudou muito, como sempre 🙂 Farei isso, então. Vou alugar no Fisherman’s Wharf. Preciso preparar muuuuito as panturrilhas 😛
    Estou muuuito ansiosa, hahahahaha. Vamos ficar em North Beach e já anotei suas dicas de lá 🙂 Que bairro fofo! Vou com marido e meus dois irmãos e irmã <3
    Posso fazer mais uma perguntinha? Vamos dirigir de São Francisco até Los Angeles, todos os roteiros falam para pernoitarmos, mas estamos com o roteiro apertado. Numa tacada só, o que acha que vale a pena priorizar na Highway 1? Pretendo visitar o aquário de Monterey…
    Muito obrigada!
    Beijos,

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Sara,
      Vocês vão amar SF… vou ficar torcendo para pegarem sol e aproveitarem ainda mais 🙂
      Eu acho uma judiação vocês não fazerem a Highway 1 com calma, ela é linda! O Aquario é muito legal (mas bem caro, eu achei!), Carmel é fofíssima e Sta. Barbara uma graça … sem contar a estrada em si que é bem diferente do que temos no Brasil em questão de paisagens.
      Se puder pernoitar em algum lugar, eu recomendo. Eu já fiz direto Los Angeles > Carmel, parando em Sta. Barbara para uma caminhadinha e em alguns lugares do caminho rapidinho. Eu tentaria pernoitar em algum lugar pelo menos uma noite.
      bjos e vamos nos falando 🙂

  7. […] também: – Introdução a São Francisco – Roteiro: 4 dias em São Francisco (com mapa) – Conhecendo o bairro italiano de North […]

  8. Thais Diz

    As dicas são interessantes, porém sua insensibilidade perde todo o charme do seu espaço. Me refiro a forma que retrata os moradores de rua.
    Se são moradores de rua, com toda certeza não terão acesso a banho e conforto que possuímos, dessa maneira, não precisam ser menosprezados por isso, já que eles não estão alí porque querem ( alguem sonha em morar na rua?).
    Estou indo a SFA e ao ler outros blogs, TODOS retratam os moradores de rua de forma menos agressiva.
    Fico triste de ver pessoas do meu país retratando outras dessa forma.
    Sugiro ter um olhar menos agressivo. A internet serve para expor nossa opinião e também fazer a diferença.
    Precisamos humanizar TODOS os espaços.
    Lembre-se que Jesus veio ao mundo pelos pobres e excluídos.

    Uma ótima semana.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Thaís,
      Entendo suas palavras e talvez eu realmente tenha sido pesada nas minhas palavras sobre os mendigos, mas quando você vier aqui, talvez perceba a mesma coisa… e vale dizer que isso não sou só eu quem diz, inclusive moradores reclamam disso, eu já fui quase agredida em frente ao hotel e já vi outra pessoas ser também – claro que não acontece todos os dias, isso foi uma vez comigo depois de 6 meses aqui. Eu venho pra São Francisco todo mês (e isso já tem mais de um ano) e depois de um tempo cansa vê-los pela rua, não é discriminação, pois como eu mencionei todas as cidades tem e faz parte, mas aqui eu acho um exagero e uma cidade tão rica como São Francisco, me faz pensar o porque isso acontece. Não é em toda cidade, a concentração é em downtown, na Market St perto da Union Square.
      Quanto a tomar banho e cuidados básicos de higiene, a prefeitura de São Francisco oferece tudo isso pra eles, inclusive moradia. Alimentação, eles recebem quase que todo dia através de igrejas e comunidades que se organizam para uma vez por semana fazer mutirões e dar sanduiches, almoços etc, eu mesma já ajudei duas vezes … o trabalho da cidade junto aos mendigos é impressionante.
      Se eu a ofendi, me desculpa. Mas gostaria de ter sua opinião novamente depois que vier pra cá.
      Abs e boa semana

  9. Mariana Diz

    Oi Mirella!

    Estou indo para São Francisco no começo de Fevereiro/2016 e vi algumas matérias que me desanimaram um pouco por causa da chuva.
    Gostaria de saber se é isso mesmo e se essas chuvas de fevereiro são constantes e duram muito tempo a ponto de estragar os passeios… queria andar de bicicleta, conhecer vinculas e passear pelas ruas.

    Obrigada.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Mariana, Tudo bem?
      Realmente as estatísticas dizem que o inverno é o período que mais chove em San Francisco, mas pelas minhas experiências de 3 anos em San Francisco nesse época, fevereiro é um mês bem gostoso… os priores meses são Julho e Agosto, na minha opinião.
      Como a California está passando por um período forte de seca, pode ser que o clima continue bom… mas o pior de São Francisco não são as chuvas, mas sim os dias nublados, e geralmente o tempo encoberto começa de manhã e depois vai abrindo ao longo do dia.
      Abs

  10. […] Leia mais: Primeiras dicas que você deve saber sobre São Francisco […]

  11. Jennifer Fernandes Diz

    Oi Mirella, estou devorando o blog, culpa da Mari (Ideias na Mala ) que te marcou numa foto hoje e caí aqui hehe
    Onde eu acho esses mapas com as linhas dos ônibus/cable car?
    Obrigada
    Beijo

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Jennifer,
      A Mari é minha alma gêmea de San Francisco … adoro aquela menina!
      Os mapas do sistema de transporte aqui de SF, você acha aqui: https://www.sfmta.com/maps
      E o mapa do cable car e linha F: http://www.streetcar.org/wp-content/uploads/map.pdf (Só lembra que a linha F é o preço normal do Muni, só o cabelcar que eles enfiam a faca rs rs rs)
      Bjos e obrigada pela visita! Volte sempre 🙂

  12. Jennifer Fernandes Diz

    Oieee, ahh que ótimo, então essa linha F é o preço do Muni e não o preço do Cable Car? Que beleza, porque ficar rodando de cable car o dia todo sai carinho em épocas de dólar quase 4 pra 1 né rs
    Acho que já li todos seus posts sobre Sanfran hehe, anotei todas as dicas, foram de grande valia 😉
    Beijão

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Jennifer,
      Isso mesmo … a linha F faz parte do sistema de transporte local, apesar de ser um xuxu de linda. Mas olha, a linha F é meio lentinha, mas vale pegar se não quiser ficar caminhando muito. E lembre-se que os tickets do muni valem por 1h30, resumindo, você pode reusá-lo se o tempo não tiver expirado (alguns cobradores são muito legais e dão sempre mais tempo 😉 ).
      Que bom que gostou das dicas 🙂
      Qualquer coisa estou por aqui e não deixe de me contar como foi quando voltar, ok?
      BJos

      1. Jennifer Fernandes Diz

        Certeza 😉
        Obrigada
        Beijocas

Comente Aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.