Dicas de Viagem

Sugestão de Roteiro: 2 dias em Toronto

25

Como toda boa metrópole, dois dias não são suficientes para conhecer uma cidade a fundo, mas é possível dar uma explorada e uma cheirada no que ela tem de melhor. Pensando nisso, e morando na cidade há 15 anos, com algumas idas e vindas pelo mundo,  elaborei um roteiro de 2 dias em Toronto, que eu usaria facilmente com qualquer amigo que tivesse visitando!

Esse post não vai entrar em detalhes sobre cada lugar que recomendo a visita, para isso, vou deixando alguns links que direcionam para outros textos aqui do blog que trata do assunto em detalhe, ok? E qualquer dúvida ou sugestão, não deixem de falar comigo na caixa de comentários (adoro recadinhos 😉 ).

Outra coisa, quem me conhece sabe que ADORO caminhar bastante durante meus passeios, então, os dois dias vão ser intensos e recomendo ir de tenis para que a panturrilha não reclamar no final da noite!

Roteiro: 2 dias em Toronto

Algumas fotinhos para aguçar ainda mais a vontade de visitar minha Toronto!

Não deixe de ver nossas dicas de onde se hospedar em Toronto :

CLIQUE AQUI!

Ah sim, esse roteiro foi pensado para visitas durante o período mais quente, que vai de Abril a Outubro, quem for em época diferente, vai ser preciso readaptar um pouco esse roteiro de 2 dias em Toronto.

Mapas para seguir cada dia:

PS: Desculpa a qualidade meio tosca desses mapas, mas é que não consegui fazer o traçado pelo google maps – que você vai notar que em alguns pontos, parece que irá andar dentro dos prédios, mas vai por mim, segue o que eu desenhei que dá certo! E esse mapa que usei, você encontra em qualquer hotel e na maioria dos pontos turísticos de Toronto, mas sem meu lindo traçado, né? 😉

Dia 1 – Rolezinho pelo centro e lugares históricos de Toronto

[Mapa desenhado para facilitar sua caminhada nesse roteiro em toronto – dia 1]

> Recomendo fazer esse roteiro durante a semana, de segunda a sexta.

1- Recomendo começar o café da manhã com um sanduba de peameal bacon no St. Lawrence Market, veja ponto laranja no mapa para saber onde fica. Há outras opções de comidinhas no mercado e aproveite para explorar um pouquinho desse prédio histórico de Toronto. Para quem gosta de detour, suba para o St James Park, ele não é especial e nem imperdível, mas eu acho esse parque uma delícia, especialmente a parte do jardim com a vista da igreja -repare também as luminárias da King St. são a gás, como antigamente! Aliás, se couber um sorvetinho depois do sanduíche, recomendo a gelateria G for Gelato, na Jarvis St, uma delicia!

2- Retorne para a Front St para ver de pertinho o prédio Flatiron (ou Gooderham Building), dizem ser um dos pontos mais fotografados de Toronto. Continue pela Front St. até chegar no Hockey Hall of Fame, entre dentro do prédio onde fica o museu e o famoso restaurante (entre turistas), o Marché, e tcharãm… você está no Brookfield Place, um dos prédios mais lindos internamente de Toronto. Atravesse ele até chegar na Bay St.

3- Suba a Bay St. até a Queen Street, o prédio que você vê no “final da rua”, é a antiga prefeitura de Toronto, Old City Hall (atual forum), vire a direita e siga para o Eaton Centre, o shopping mais famoso de Toronto. Logo em frente, na Queen St., fica a loja de departamento canadense The Bay, um dos ícones do comercio do Canadá, durante o natal, as vitrines dessa loja ficam lindas.

… Detour: se olhar no mapinha que eu desenhei, você perceberá que na Bay Street vai ter uma entortadinha, não é? Se quiser conhecer um pouquinho mais de Toronto, coisas que muitos locais nem sabem da existência, recomendo o seguinte; entre no meio dos prédio, como sinalizado no mapa e você vai cair na pracinha dos elefantes (no horário do almoço em dias quentes, fica cheio de gente comendo suas marmitinhas – bem Canadá, sabe?!), entre dentro  do prédio do antigo banco CIBC e veja como ele é lindo (olhe pra cima) e para finalizar o detour, entre no hotel One King West e vá para o porão para ver um cofre gigantesco, o The Vault! Super bacana! ….

4- Siga por dentro do Eaton Centre até a Nordstrom (que vai ser aberta no outono/2016) e então saia a direita para a rua (Yonge St), logo você vai chegar na Dundas Square, a Time Square de Toronto, dê uma saracoteada por lá. Se tiver com fome, ali pertinho, retornando para o shopping, na Yonge St (a rua mais longa do mundo), tem um restaurante árabe super gostosinho chamado Paramount [253 Yonge St], ou se preferir um restaurante com vista e sem frescura, tem o Jack Astor [10 Dundas St. East].

5- Retorne para a Queen St, vire a direita (oeste) em direção a Nova Prefeitura (City Hall) ou Phillip Nathan Phillips Square, lá você encontra outras atrações típicas de Toronto; os prédios em meia-lua (City Hall), o novo escrito de Toronto e todo o conjunto ao redor…

6- Continue na Queen St, mas vá por dentro do Osgoode Hall (como mostrei nesse mapa), desça a University até a King St. e vire a direita (oeste), vá até a regiãozinha do Roy Thompson Hall, veja os teatros que exibem shows da Broadway em Toronto, a calçada da fama do Canadá (quem aí gosta de Michael Bublé, Bryan Adams, Pamela Anderson, Jim Carrey, Michael J. Fox e tantos outros canadenses que você achou que fosse americanos, hein? – Lista completa), e todo visual da praça. Vá até a John St e desça para o sul sem parar.

7- Suba a escadaria e sorria; você chegou na CN Tower, no Aquário e no Roger Centre (estádio de baseball). Não deixe de experimentar uma cervejinha de graça na Steam Whistle, é só entrar, ir no balcão e pedir uma amostra, e se puder fazer o tour, eu recomendo, pois o valor compensa o que se pode consumir (risos).

8- Subiu na CN Tower? Foi visitar o Aquario? Curtiu essa área da cidade? Hora de descer para o Harbourfront / Waterfront. Desça pela Rees St, conheça o HTO Park e a praia dos guardasóis amarelos, tome uma cervejinha ou um drink no Amsterdam Brewery (se não tiver fila e prefira sentar no patio, se o tempo estiver bom).

9- Continue beirando a água até chegar na estação do Ferry para Toronto Island (Ilha de Toronto), essa balsa vai te proporcionar um visual lindo da cidade. Se não quiser descer na ilha ou estiver com o tempo curto, pegue uma excursão pelo lago Ontario com a Mariposa Cruise, do contrário, pegue o ferry em direção a Centre Island, desça e curta a vista, alugue uma bicicleta para fazer o circuito leste da ilha e retorne para a cidade. Se estiver fazendo esse passeio no pôr-do-sol… se encante ainda mais – mas o passeio de bicicleta vai ficar para uma outra oportunidade!

10- (Se quiser cotar uma parte do roteiro, recomendo essa) Suba a Bay St até a Front Street, onde você vai passar ao lado do Air Canada Centre (estádio de hockey e basquete da cidade), nessa esquina conheça a Union Station e o hotel Royal York, volte para Front St, 11 – desça na Yonge e vire na Esplanade – se seus pés já estiverem pedindo arrego, escolha um dos restaurantes ou bares para fechar o dia (Recomendo: The Keg para steak, Old Spaghetti Factory para crianças ou Bier Mrkt no esquema happy hour) … ou se aguentar, caminhe mais um quilometro até a Distillery District e termine o dia por lá! (Recomendação de restaurantes no distillery: Cluny Bistro para ambiente fino e francês, El Catrin para um mexicano descolado ou Mill Street Pub para uma cervejaria happy hour). 

Se não conseguir fazer tudo, não se desespere, eu sei que é um roteiro puxado para um dia, e tem que andar bastante, mas para os rapidinhos, dá para fazer. Se não conseguir ver tudo, continue no dia seguinte e use do roteiro do dia 2 somente a parte de Yorkville e a região da Universidade de Toronto, aí cabe tudo 😉 .

Está pensando em comprar o CityPass? Veja aqui se vale a pena e onde comprar :

CLIQUE AQUI!

Dia 2 – Casa Loma, Yorkville, Chinatown, Universidade de Toronto e outras coisinhas …


Para começar, você terá que decidir quais museus vai visitar, deixo 4 opções, e recomendo visitar no máximo 2:




  • Casa Loma : mansão histórica ao “norte” da cidade do magnata Sir Henry Pellat. – faz parte do Toronto City Pass
  • ROM (Royal Ontario Museum): principal museu da cidade que tem uma coleção belíssima e aborda todas as épocas da história. – faz parte do Toronto City Pass
  • AGO (Art Gallery of Ontario): Galeria de arte de Ontario com uma vasta coleção, incluindo artes genuinamente canadenses, como o Grupo dos Setes.
  • Bata Shoe Museum : um museu dedicado a história do sapato, pequeno, mas muito diferente.

Nesse roteiro do segundo dia em Toronto, eu vou colocar como chegar nos 4 museus, incluindo a Casa Loma que é o primeiro e o mais fora de mão, então adapte o roteiro como preferir…

Bora?

1-Pegue o metro para estação St Clair West e de lá, desça para a Casa Loma, recomendo ir pelas ruas menores ou pelo parque (ou taxi direto para a Casa Loma) – a Casa Loma abre diariamente as 9h30. Visite essa antiga mansão, que para amantes dos filmes do X-Men é imperdível! Ao terminar, desça para a estação de metrô Dupont e siga até a estação Bay (tem que fazer baldiação) – ou se gostar de caminhar, vá descendo a pé passando pela Davenport e depois descendo ou pela Avenue Rd (mais movimentada) ou pela Hazelton St (mais calma), até chegar no miolinho de Yorkville (Cumberland x Bellair) – se já estiver com fome, aproveite para escolher um dos restaurantes por ali.

[Mapinha dessa parte do tour começa aqui]

2- Dê uma passeada na Bloor St. (entre Yonge St e Avenue Rd) para ver as lojas de marca e o buxixo do bairro mais fru-fru da cidade, e delicioso, só para deixar claro! Se gostar de prédios históricos de Universidades, como detour, siga para uma das partes da Universidade de Toronto, no edifício chamado Victoria University.

3- Retorne para Bloor x Avenue para ver a fachada do museu ROM e se decidir visitá-lo por dentro, divirta-se! De lá, se for visitar o outro museu Bata Shoe, ele fica a oeste, alguns passos do ROM.

4- Vamos continuar para o sul (direção do lago), e seguir por uma de minhas ruelas favoritas da cidade, a Philosopher’s Walk e quase no final do caminho, antes de chegar na Hoskin Ave. entre na portinha do Trinity College para visitar esse prédio incrível da Universidade de Toronto e seu jardim! (Um dos segredinhos que você não deve contar para ninguém, ok?).

Chegando na Hoskin, você pode namorar um pouquinho outros prédios da Universidade que ficam ali do lado, como a entrada do Trinity College, a Torre e vá entrando meio sem medo…  vá para o Queen’s Park pela Hart House Circle.

5- O Queen’s Park é a sede do governo da província de Ontario, a gente até acha que é parte da Universidade de Toronto, mas não é (risos). Você pode dar uma espiadinha por dentro, mas quem quiser um tour completo, é preciso fazer reserva.

6- Pegue a College St, sentido oeste, e siga até Augusta Ave. para entrar no bairro mais alternativo de Toronto, o Kensington Market, se você está com tempo apertado e não gosta de coisas mais “bagunçadinhas”, pode tirar esse parte do roteiro. Mas eu adoro esse bairro, pois ele é bem diferente de tudo que se encontra na cidade, e fica num local super central. Entre nas lojinhas, tome um café e curta o estilo naturebas / bicho grilo de Kensington Market.

7- Continue pela Dundas St, sentido leste, até chegar no museu AGO, mesmo se não for entrar, recomendo ver um pouquinho da sua arquitetura, e logo ali do lado, fica um prédio muito diferente de Toronto que você também ver, o OCAD University. Desça a MacCaul St até a Queen St.

8- Esse pedaço da Queen Street é cheio de lojas e muvuquinha, e não deixei, em hipotese alguma, de dar uma abraço na Hug Tree! Continue até a Spadina Ave., para chegar no coração da Chinatown em Toronto, nesse pedaço tem muitas lojinhas de souvenirs, bugigangas, quitandas etc, é uma área meio maluquinha, pois mistura uma area nobre da cidade, com a confusão da Chinatown, eu acho uma mistura interessante, explore um pouquinho alguns quarteirões ao norte e ao sul da Spadina.

10- Se você gosta de grafitismo, o Graffitti Alley vai ser sua praia, pois dá para tirar muitas fotos legais e ver trabalho de muitos artistas do ramo, do contrário, só tire uma foto clássica com o grafiti escrito “Toronto” logo abaixo da Queen St e Spadina Ave.! Vai seguindo o mapinha para pegar as melhores partes do Graffiti Alley e misturar com a descoladinha Queen St.

11- Se você quiser voltar para seu hotel antes de sair a noite, esse é o momento… e recomendo para a noite dois lugares: se você gosta de balada, o Drake Hotel na Queen St West, deve fazer parte do seu roteiro, e ali do lado tem também outras opções legais para jantar como o Terroni e Gladstone Hotel. Ou você vai para outra área bem famosinha pelos restaurantes e night clubs, a região da King x Portland, para restaurantes, recomento do Patria, Buca – King W., Gusto 101, Libretto (pizza), Bier Mktr, ou Valdez, e para baladar tem o Brassaii ou o Spice Route, mas tem tanta opção nessa area, que você pode simplesmente escolher o que encaixa no seu gosto e bolso!

Vai continuar a viagem e conhecer Ottawa, Montreal e Quebec? Olha aqui um roteiro redondinho de 14 dias para você seguir:

CLIQUE AQUI


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


25 Comentários
  1. Celia Diz

    Mirella, esse post esta perfeito para mim que fico 3 dias e vou a Niagara no terceiro dia. Mas queria sua opiniao sobre alugar um carro ou nao. Cotei com a empresa aiport taxi para o Courtyard downtown por $71 (2 adt e 2 chd, 3 malas e 2 malas de mao), fora a gorjeta e tool. Nos usaremos o taxi na ida e na volta do aeroporto e vamos alugar o carro por 1 dia para Niagara. O trem expresso nao e uma opcao por causa do cansaco da viagem. O aluguel de um compacto custa CAD$300 por 3 dias com todos os seguros incluidos. E tem green parking perto do hotel. Estou pensando em alugar o carro. Gostamos de ir a um hipermercado estilo walmart ou loja de departamentos grande para fazer umas comprinhas a noite ou um passeio o woodbine beach no fim de tarde. O que voce acha da minha ideia? Algum custo a mais ou algum problema? Muito obrigada.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Celia, Tudo bem?
      Eu particularmente, acho a ideia de alugar o carro uma boa, mas tem o curso do estacionamento, que já vi que você já se informou, certo?
      Se tudo se encaixar no orçamento de vocês, eu acho válido… esse roteiro que fiz, está bem apertadinho para 2 dias, mas você pode adaptá-lo ao ritmo da família e fazer somente o que mais interessar 😉
      Você vai encontrar lojas desse jeito que está falando em Etobicoke, cidade ao oeste de Toronto.
      Do mais, não vejo extra custo, pois não tem pedagio e nada dessas coisas… a não ser o trânsito insuportável de Toronto…
      Abs

  2. […] Sugestão de Roteiro: 2 dias em Toronto […]

  3. Alex Diz

    Excelente, Mirella!!! Vou a Toronto no início de outubro, e vou adaptar seu roteiro pra 3 dias + 1 dia em Niagara Falls. Depois compartilho meu roteirinho para vc rabiscar à vontade, rsrsrs

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI ALex,
      Para 3 dias vai ficar ainda melhor, pois terá mais tempo de curtir cada lugar, dois dias eu confesso que fica puxado 🙂 . Depois me manda sim como ficou seu roteiro, quero saber como você adaptou e se achou mais coisas legais!!!!
      Aguenta que logo sai do Montreal, tem uns 5 anos que fui pra lá, mas na semana que vêm estou voltando e vou poder atualizar com as novas dicas que vou pegar.
      Além de acompanhar o viajoteca, você precisa entrar na comunidade do facebook, https://www.facebook.com/groups/ViajandoPeloCanada/.
      Se for em outubro, terá que reservar alguns momentos para curtir as cores do outono … em Ottawa, o Gatineau Park é lindo.
      Abs

  4. Alex Diz

    Ah, e q tal um postzinho maravilhoso como esse para Montreal, hein?…

  5. Celia Diz

    Mirella, o valor em dinheiro permitido para entrar no Canadá sem precisar declarar é o mesmo que nos EUA?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Isso Celia, 10.000 dolares 😉
      Abs

  6. […] Sugestão de Roteiro: 2 dias em Toronto […]

  7. Victor Diz

    Boa dia Mirella,
    quero perguntar se é possível viajar de Nova York para Toronto de carro no final de janeiro. Eu nunca dirigi na neve e quero alugar um carro na Florida e ir dirigindo até Toronto. Obrigado pela ajuda.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Victor, Tudo bem?
      Dá sim … mas assim, sendo inverno e tendo possibilidade de tempestade de neve, eu sempre indico ter plano B, pois talvez, devido ao mal tempo, você precise adiar um dia ou algumas horas o itinerário, entende?
      Já fiz isso no inverno e deu tudo certo… o único problema é o clima que a gente não consegue ter previsão, mas não é que tem tempestade de neve todo dia, entende? 🙂

      Ajudei?

      1. Victor Diz

        Muito obrigado, ajudou bastante, estou indo no próximo mês para Santiago para aclimatar no Valle Nevado e se Deus quiser ir em Toronto em janeiro e se o tempo estiver favorável, não muito congelante, ir até Montreal.
        Parabéns pelo ótimo Blog.

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Oi Victor,
          Boa viagem e aproveita o Valle Nevado, acredita que eu ainda não conheço?! Estou doida para ir pra lá 🙂
          Abs

  8. Victor Diz

    Eu também, se Deus quiser estarei indo pela primeira vez, conheço uns 40 países, mas nunca fui em Santiago, fazer um boneco de neve é o sonho dos meus filhos.
    Abs

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Victor,
      Seus filhos vão amar a neve … muito legal você já estar proporcionando essas experiência de viagens internacionais pra eles 🙂
      Divirta-se!
      Abs

  9. […] 14 Dias pelo Leste do Canadá Roteiro: 2 dias em Toronto Roteiro: 2 dias em Montreal Roteiro: 1 dia em Ottawa Roteiro: 5 Dias em Vancouver Roteiro: […]

  10. […] Sugestão de roteiro: 2 dias em Toronto, do Viajoteca […]

  11. Ricardo Sandri Diz

    Muito interessante. Estou em Whitby, muito proximo a Toronto, hospedado na casa do meu irmão. Peguei aqui o seu roteiro para fazer nesta semana que passarei aqui.
    Recomendo fazer as cidades do GTA de Toronto. Vale muito a pena pela cultura local, o estilo das casas.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Ricardo,
      Se tiver mais tempo para curtir Toronto, minha dica é fazer esse meu roteiro de 2 dias com mais calma, pois confesso que ele é apertado.
      A região da GTA é mesmo muito legal, coisas fora do circuito turistico, mas gostoso de ver como as pessoas vivem. Eu morei por muitos anos em Oakville, do lado oeste de Toronto, e adorei a experiência. Agora voltei a morar em downtown … 😉
      Abs

  12. Beatriz Antunes Diz

    Oi Mirella,

    Estou em Montreal fazendo um intercâmbio e passei o último fim de semana em Toronto. Imprimi o seu roteiro e fui. Queria te agradecer por ter montado um roteiro tão detalhado e bem cuidado como esse. Tive que fazer algumas adaptações pra se encaixar melhor com meus horários, mas consegui seguir quase tudo e valeu MUITO a pena!! Amei Toronto!

    Beijos

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Beatriz,
      Que legal saber que aproveitou as dicas de Toronto! A cidade é incrível, né? Eu amooooo …
      Bjão

  13. Valéria Oliveira Diz

    Olá Mirella,

    Estou a caminho de Toronto no próximo mês, e adoro esses tipos de roteiro. Como ficarei por um mês na cidade, incluirei as dicas nos meus passeios, houve alguma alteração desde então? O mês de Setembro ainda é indicado para os passeios?

    Grata, e abraços..
    Valéria

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Valéria,
      Setembro é um mês delicioso para se passear em Toronto… você vai amar!!!!
      Beijos

  14. […] Roteiro: 2 dias em Toronto […]

  15. Toronto - Mikix Intercâmbio

    […] Sugestão de Roteiro de 2 dias em Toronto […]

Comente Aqui