Dicas de Viagem

Queen Street em Toronto, a rua mais legal da cidade!

10

Uma das coisas que mais gosto de fazer em Toronto é sair sem rumo e ir descobrindo novos restaurantes, cafés e bairros da cidade. Não sou consumista, mas sou gulosa! Não ligo pra marcas, mas adoro uma lojinha diferente! Gosto de lugares conhecidos e lindos, mas confesso que me derreto ao encontrar uma aventura urbana fora do usual… e é por isso que estou fazendo esse post, pois na minha opinião, Queen Street em Toronto, é a rua mais legal da cidade, tem um pouco de tudo e que agrada todos os gostos.

Eu sei, há controvérias, eu mesma, as vezes me pego pensando se gosto mais da Bloor St ou mesmo da King Street, mas hoje é “dia de rainha”… e vamos de Queen Street!

Queen Street em Toronto
Atravessando a rua em algum lugar da Queen Street West

queen-street-TO6

Vai ser um post longo e vou tentar explicar as várias facetas dessa rua que passa por vários bairros e vai se transformando e re-transformando ao longo dos seus 10 kilometros… tem um mapa abaixo que vai te ajudar a entender mais ou menos onde estamos!

Não, nem toda Queen Street faz parte do lerê turístico da cidade, mas talvez por isso que ela seja tão interessante…

Vou mandar dicas de restaurantes também, mas somente dos que eu conheço e recomendo! Aceito outras sugestões… por favor, vai mandando na caixa de comentários que eu repasso para o post, ok? (Thanks!)

Outra coisa importante desse post é que não me prenderei somente na Queen St, vou aproveitar para avisar das escapadelas …

* Dica para se localizar em Toronto: geralmente, as ruas paralelas ao Lago Ontario são divididas entre leste (east) e oeste (west) pela Yonge Street, a mãe de todas as ruas… a maior do mundo pra quem não sabe 🙂 .

Vamos começar pelo lado leste (east), com “THE BEACHES” (ou “the beach”),  famosa pelas praias de Toronto e por ser o bairro mais descolado e intelectual da cidade. Se as casas não fossem tão velhinhas e caras, ou se tivesse dinheiro para comprar uma das casas moderninhas da Boardwalk Dr., eu moraria lá 🙂 .

Composto por 4 praias; Balmy, Scarborough, Kew and Woodbine, você encontrará das praias mais muvucadas as mais tranquilas… Nos finais de semana de verão aquilo ferve (em especial a woodbine beach) e é o point ideal para ver e ser visto. As praias não ficam na Queen St, mas descendo um ou dois quarteirões, você chegará para curtir o clima “praiano de lago” de Toronto. Na Queen St. são onde ficam os restaurantes, sorveterias, bares, lojinhas e cafés. O Festival do Jazz que acontece em Julho também é muito bacana.

Comes e bebes nas Beaches: Sauvignon Bistro (pub para curtir o verão no patio ou um jantar legal) …

Queen Street em Toronto
Dia de verão nas beaches…

Beaches em Toronto

Passando da Coxwell Ave. em direção a Yonge Street, você chegará no delicioso bairro LESLIEVILLE, classificado por muitos como o melhor lugar para se morar em Toronto! (PS: que digam os preços das casas que vêm subindo absurdamente). É classificada como “The next big thing” em Toronto, mas na verdade já é ‘O’ lugar para tomar brunch (café da manhã reforçado),  esquecer da vida em um dos cafés ou comer a melhor pizza da cidade (na minha opinião).

O que eu curto em Leslieville é que ele tem o estilo hyppie & cool, mas sem o exagero da West Queen West… tudo lá, vem na medida certa, e eu diria até ser um excelente bairro para crescer uma família! Eu adoro…

Comes e bebes em Leslieville: Te Aro (café super bom e com estilo modernex), Tango Palace Coffee (café com jeitão completamente alternativo, tem até leitura de mão as quartas), Queen Margherita (pizzaria delícia), Lady Marmalade (brunch)… minha amiga Ludmilla, que mora lá perto, também recomendou o Bonjour brioche e o Lazy daisy para brunch em Toronto.

Queen Street em Toronto
Streetcar parando em Leslieville …

Queen Street em Toronto
Banquinhos coloridos típicos de Leslieville

Quase sem saber ao certo onde termina Leslieville, você chegará em RIVERSIDE, um dos bairros industriais de Toronto que está renascendo das cinzas e está se destacando como o novo point boêmio de Toronto… a princípio ele é meio estranho, mas Toronto é meio esquisita em se tratando de bairros fora do roteiro turístico, então não reparem e não se assustem se as ruas estiverem escuras! Faz parte do show … 🙂

Comes e bebes em Riverside: Dark Horse Espresso Bar (café, é uma rede pequena, mas eu adoro! Tem um scone de chocolate branco com blueberry que é demais, acompanhando de um chá verde então! Yumyyy!), Gio Rana’s (italiano procuradíssimo e sempre cheio), Ruby Watchco (menu fixo, ainda não fui, mas está na lista do “tenho que ir urgente” – reserva essencial), Ed’s Real Scoop (sorveteria)…

Riverside em Toronto
Entrando em Riverside em Toronto …

Passando Riverside, você atravessará o rio e chegará em CORKTOWN, pronto… taí um bairro que não curto muito (pelo menos até o momento)… aquela parte do “estranho” que comentei anteriormente, se aplica aqui, não gosto da vizinhança e evito passar a pé depois das 9pm, em especial na Queen St. e perto do Moss Park – mas gente, não precisa entrar em pânico, pois nada em Toronto é perigoso, entende? Eu só não gosto do quarteirão do Moss Park, que já é quase em O porque é point de vender droga e acaba atraindo gente que não faz meu gênero, só isso. O resto é tudo relax… aliás, nesse meio tempo você já chegou em OLD TOWN, onde Toronto começou.

Quando estou em Corktown, vocês me acham na Distillery District que eu AMO! Para seguir a downtown desde o distillery, sigo pela rua Esplanade (que já não é mais Corktown) e só depois de curtir a old town ali do St. Lawrence Market que volta pra Queen Street.

Comes e bebes em Corktown e Old Town: Distillery District (uma graça de lugar, completamente revitalizado e que não é na Queen St… ops! Eu disse que não gosto dessa parte da Queen, né? – Aliás, dentro da Distillery tem vários restaurantes imperdíveis, entre eles: o mexicano El Catrin perfeito para um happy hour, o hyppie-chic Cluny Bistro e o pub Mill Street Brew); tem o Origin para um fusion asiático na na King E e  Corktown Ukulele Jam no Dominion Bar (confesso que sou doida para participar desse evento musical que acontece todas as quartas depois das 8pm – deve ser completamente diferente de tudo que já vi, esse sim é na Queen St. 🙂 )… Para as dicas do que comer no St Lawrence Market, clique aqui.

Queen Street em Toronto
Queen Street em Corktown

Queen Street em Toronto
Ruazinhas lindas do Distillery District




Dica de Transporte Público: o streetcar 501 (bonde) percorre toda essa rota parando em vários pontos da Queen St – você só tem que ficar esperto para pegar o lado certo que pretendo ir: Eastbound (direção das beaches) ou Westbound (direção do Drake Hotel)…

Aí você chegou em DOWNTOWN Queen St x Yonge St; onde a muvuca rola solta, onde os principais postos turísticos se misturam, onde os políticos fazem a bagunça na prefeitura, onde se encontra o shopping mais fru-fru e completo da cidade (Eaton Centre) e onde todo mundo que vai a Toronto, passa por lá!

Fácil assim… Na minha opinião, essa também é melhor região para se hospedar na cidade, eu fugiria da Yonge x Dundas e pegaria algo no miolo da Queen x University, onde fica o Sheraton Hotel – e eu sempre fico no Residence Inn Downtown (longe o suficiente da muvuca, mas pertinho pra ir a pé).

Comes e bebes em Downtown: puxa, na Queen não tenho nenhum para recomendar, mas por aqueles lados tem o esquema de redes de restaurantes (para todos os gostos e bolsos). Recomendo: The Keg da York St (steak), Baton Rouge do Eaton Centre (steak), Paramount Fine Foods (árabe com preço bom) … tem um monte de opção e talvez o mais famoso entre os turistas, que eu gosto mais ou menos, é o The Marché do Brookfield Place!

Queen Street em Toronto
O belo telhado do Eaton Centre

Queen Street em Toronto
Prefeitura antiga de Toronto

Passando a University Ave. quem chega é QUEEN WEST, parte do “Entertainment e Fashion district“, essa parte da Queen você vai encontrar lojas de todos os estilos e modelos, o comecinho dela (logo depois da Simcoe St.) faz o estilo mais alternativo (ou funky se preferir um termo local!), mas logo depois vem as lojas de marca (não as super top da Bloor St., mas as clássicas para os pobres mortais da classe média ehehe), bares descolados e afins …

Depois de passar Chinatown (Spadina St) o look da rua modifica mais uma vez voltando ao alternativo e ganhando o estilo cada vez mais enfático do “West Queen West”. Alguns bares de jazz/blues também se encontram nessa região, mas o mais bacana é ir caminhando a esmo, até encontrar algo com sua cara.

Comes e bebes em Queen West: The Rex Hotel, Jazz & Blues Bar (Bar de Blues e Jazz, com comida ruim e shows legais, mas as vezes dá azar de pegar um grupo péssimo… rs), Cafe Crepe (sem frescura, sem estilo e com preço bom), Arepa Café (comida Venezuelana simples e deliciosa), tem muitos outros restaurantes bem legais na Queen, mas no fundo, eu prefiro os que não são na Queen mesmo eheheh, meu amor fica nos restaurantes da intersecção King St x Portland St (um pouquinho pra baixo da Queen x Portland)…

Queen Street West
Queen Street West … passeando!

Dica pra ver murais e grafitismo: quando chegar na Queen x Spadina St, desça uma rua para conhecer o Graffiti Alley de Toronto, e retorne pra Queen depois que chegar na Portland. Mais dicas, clique aqui.

Queen Street em Toronto
Trinity Bellwoods Park … delícia de ficar num domingo a tarde de verão!

E seguindo a Queen St depois da Bathurst até a Gladstone Avenue você chega em um dos meus bairros favoritos de sair a noite, o WEST QUEEN WEST. Fazendo rivalidade com a Danforth, Bloor West, King West, Esplanade, Old Toronto e Leslieville … esse pedacinho da Queen é show de bola, cheio de restaurantes, cafés, boutiques, galerias de arte e hotel/lounge, quando quero algo para depois do jantar, é pra lá que eu vou! Além de ser um ótimo lugar para people watching e para sair junto com os locais!

Comes e bebes em Queen West: Nadege (doceria maravilhosa e café), Terroni (famoso italiano, eu gosto de sentar no andar de cima), Piola (pizzaria meio italiana/ meio brasileira), Grand Eletric (mexicano, fica no bairro ao lado Liberty Village)…  e para baladinhas; Drake Hotel (famoso, clássico, chique e cool) e Gladstone Hotel (meu favorito por ser mais relax e despretencioso que o Drake).

Drake Hotel na Queen St West
The Drake Hotel na Queen St. West – Foto:gbalogh:

Quer mais dicas de Toronto? Clique aqui.

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM PARA O CANADÁ AQUI:


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


10 Comentários
  1. Pati Diz

    Meu Deus! Seus posts são de longe os melhores!!!!!!!!!!!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Pati de Deus!!! Agora você me matou de emoção 🙂
      Obrigada pelas palavras <3
      bjos

  2. André Luis Fernandes Diz

    Olá Mirella, primeiramente obrigado e parabéns pelo site, muito bem feito e ajuda demaisssss!!!! Vendo tudo com mais calma, fiquei com uma “pulga atrás da orelha”. Tenho reserva para ficar no Grand Hotel Toronto, no Garden District. Peguei esse hotel pois tem avaliação excelente no tripadisor, no google e em tudo mais. Ele fica praticamente na esquina da Jarvis com a Dundas. Está a 500m da Dundas Square, ou seja, parecia tudo perfeito, rsrsrs!!! Mas vi agora tb que fica nessa vizinhança estranha que você falou, um quarteirão para trás está o Moss Park. Gostamos (eu e minha esposa) de fazer tudo a pé, inclusive a noite. Você acha que devo considerar a troca de hotel? Penso que de manhã não teremos problemas, e penso que se me estender após as 20h na rua poderia voltar de taxi por segurança. O que acha? Gostei bastante do hotel e peguei um preço legal, não queria mudar a não ser que fosse recomendado, pois tb quero passar os dias com tranquilidade, sem medo… Agradeço desde já sua atenção. Abraços!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi André,
      Eu não mudaria não … geralmente a esquina da Queen x Sherbourne que é esquisitinha, mas você também pode andar por lá sem problema.
      A localização é ótima para turistar e eu acho que você pode andar a pé numa boa a qualquer hora do dia.
      Abs

  3. Andre Fernandes Diz

    Oi Mirella, primeiramente agradeço demais seu retorno. Sua opinião já me deixa muito mais tranquilo… Vi tb que a área passa por um revitalização, acho que isso tem ajudado, pois nos últimos comentários da net ninguém toca nesse assunto. Bom, resolvido isso agira é usar seu blog para programar os passeios, rsrsrs. Mais uma vez muito obrigado pelo retorno e pelo site que vai ser meu “guia de viagem”. Abs e sucesso!!!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Andre,
      É isso mesmo … e também sempre vale lembrar que quando a gente fala de “perigoso” no Canadá, tem sempre uma conotação diferente do perigoso no Brasil. Só aconselho não dar bobeira a noite, mas isso em qualquer lugar do mundo…
      Você chegou a vez o post guia? https://www.viajoteca.com/guia-de-viagem-toronto/
      Abs

  4. André Fernandes Diz

    Sim Mirella, sempre atentos em qualquer lugar, isso é regra!!! Vi o post sim e estou vendo tudo no blog, kkkk. Muito obrigado mais uma vez e ABS!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi André ,
      Então belezita … boa viagem!
      Qualquer coisa estou por aqui 🙂

  5. […] revitalização do bairro do Riverside, em especial na Queen St East, vemos essa parte da cidade ganhando novos restaurantes, bares, lojas e cafés descolados que […]

  6. Toronto - Mikix Intercâmbio

    […] Queen Street em Toronto, a rua mais legal da cidade […]

Comente Aqui