salzburg-Wolfgang Zimmel por Pixabay

A Fortaleza de Hohensalzburg em Salzburg, uma das maiores atrações da cidade!

Salzburgo é uma cidade de grandes inspirações. Que o diga Mozart, que nasceu e cresceu na cidade! Não por menos, é uma das cidades mais lindas da Áustria, cheia de atrações interessantes e rodeada por montes. E, no alto de um deles, colado no centro antigo, está uma das visitas imperdíveis da cidade. Definitivamente, a Fortaleza Hohensalzburg em Salzburg é uma atração que você não deve perder!

Salzburgo: Excursão guiada sem fila da Fortaleza de Hohensalzburg

Combo de atrações: Salzburg Card

Salzburg Áustria

Fortaleza Hohensalzburg em Salzburg

A Fortaleza Hohensalzburg em Salzburg é um monumento de mais de 900 anos e é uma das maiores fortalezas existentes século XI na Europa. Todas as fendas das paredes, cada canto deste magnífico complexo traz suas próprias histórias, mitos e lendas. Aqui você pode conhecer a vida quotidiana passada deste lugar tão interessante. Sobretudo, um lugar que foi o centro do poder político na época que os arcebispos mandavam na região.

A fortaleza conta com 250 metros de comprimento e 150 de largura e é o principal cartão-postal de Salzburgo. Conhecido também como o Castelo de Salzburg, ela pode ser vista facilmente de qualquer ponto da cidade. Isto porque, ela fica no topo da colina mais central de Salzburg. Aliás, a Fortaleza Hohensalzburg em Salzburg é o segundo destino turístico mais visitado na Áustria. Sozinha, ela recebe quase 1.000.000 visitantes por ano!

Salzburgo: Melhor do Concerto da Fortaleza de Mozart

Vista de salzburg-Gaertringen por Pixabay
Vista da Fortaleza – Gaertringen por Pixabay

[vc_message message_box_color=”mulled_wine” icon_fontawesome=”fa fa-bed”]

Reserve seu hotel na Áustria ou Salzburg no Booking.com, um comparador de hotéis que te garante o menor preço e na maioria dos hotéis e apartamentos tem a opção de cancelamento gratuito.

[/vc_message]

História da Fortaleza Hohensalzburg em Salzburg

A Fortaleza Hohensalzburg em Salzburg começou a ser construída em 1077 pelo príncipe arcebispo Gebhard I von Helffenstein (1060-1088). Isto durante a controversa investidura entre o imperador alemão Henrique IV e o Papa Gregório sobre o direito de nomear os bispos. Como o arcebispo Gebhard foi leal ao papa, tomando seu partido, ele foi forçado ao exílio em 1085. Deste modo, ele teve de abandonar Salzburg e deixar sua grande obra inacabada. Assim sendo, os seus projetos para a fortaleza só foram concluídos por seus sucessores.

Nos séculos XV e XVI, durante as Guerra Húngara e Guerra dos Camponeses os arcebispos refugiaram-se na Fortaleza Hohensalzburg em Salzburg. Durante este tempo o lugar foi consideravelmente ampliado pelo arcebispo Burkhard von Weisspriach (1461- 1466). Ele reforçou a muralha externa e criou as quatro torres redondas. Que são: Glockenturm (torre do relógio), Trompeterturm (torre do trompetista), Krautturm (torre de ervas) e a Schmiedturm (torre do ferreiro).

Fortaleza Hohensalzburg Salzburg -Jiří Novotný por Pixabay
Foto: Jiří Novotný por Pixabay

Saindo de Salzburgo: Excursão de Meio Dia para Hallstatt

Arcebispos Posteriores

Depois dele, o Arcebispo Bernhard von Rohr (1466 – 1482) também ampliou a fortaleza, pois se sentiu ameaçado pelos cidadãos Salzburgo. Sobretudo porque eles protestavam contra os altos impostos e exigem mais direitos. Com isto, ele instalou um bastião no lado sul da fortaleza, aumentando o perímetro da muralha. Ele também protegeu a entrada oriental que vem pelo monte Nonnberg, com um muro de três metros de espessura. Certamente, eram períodos conturbados, e o arcebispo não ousava mais ir até a cidade. A propósito, ele permaneceu durante um ano inteiro trancado na fortaleza segura. Entretanto, ele não aguentou a pressão e se demitiu.

Então seu sucessor, Johann Beckenschlager von Gran (1482-1489) construiu dois edifícios: o primeiro arsenal e o celeiro. Inclusive, no armazém de grãos ainda dá para ver o seu brasão de armas, o mais antigo da fortaleza.

Posteriormente, o Arcebispo Leonhard von Keutschach (1495 – 1519) ampliou ainda mais a fortaleza. A fim de proporcionar um sinal visível do seu poder, ele deixou a fortaleza com a aparência exterior atual. Assim como, ela tornou-se a maior fortaleza da Europa Central, totalmente preservada até hoje. Ele construiu ainda a cisterna, uma padaria e aumentou as torres existentes. Fora isso, ainda fez novas torras (Rosspforte, Schleuderpforte). Além destas melhorias, ele também criou um sistema de transporte da cidade para a fortaleza.

Durante o seu reinado, a fortaleza virou o lugar de administração do governo. Também passou a ter uma decoração gótica tardia nobre. Inclusive, foi neste período que foram construídos os magníficos aposentos dos príncipes. Bem como, foi quando a fortaleza foi decorada com 58 brasões, onde se vê uma beterraba, símbolo do arcebispo.

Por do sol Austria Shutterstock Por Vladimir_Vinogradov
Fonte: Shutterstock Por Vladimir_Vinogradov
Lenda da Beterraba

A lenda conta que Leonhard tinha grande interesse pelos livros, por isso, era zombado pelo povo. Devido a este fato, quando ele passava as pessoas jogavam beterrabas nele. Mais tarde, ele deu o troco e quando assumiu o trono, para brindar seu sucesso, colocou uma beterraba no seu brasão. Assim, a beterraba virou o símbolo de seu triunfo.

Tour pela cidade de Salzburg pelas locações do filme “A Noviça Rebelde”

Mineração de Ouro

O dinheiro para a construção da fortaleza vinha em parte da mineração no Tauern. Um terço de ouro do mundo nesta época vinha desta região, Hohe Tauern. Em 1557, no auge da mineração do ouro no lugar, a produção anual era de 831 kg. Devido a isto, começou a resistência mineiros contra os arcebispos.

Sob o cardeal Matthäus Lang von Wellenburg (1519-1540), os motins atingiram o clímax. E em 1525, os agricultores e mineiros sitiaram por 14 semanas Príncipe Reinante em seu castelo. Esta disputa foi o maior desafio para a Fortaleza de Hohensalzburg em toda sua história. Mas a Fortaleza Hohensalzburg em Salzburg permaneceu inexpugnável.

Fortaleza Hohensalzburg Salzburg -Hans Braxmeier por Pixabay
Outra Lenda: Touro Purificado

Desta época vem outra lenda do Castelo de Salzburg, a do “Salzburger Stierwaschern” (Touro Purificado de Salzburg). Camponeses rebeldes cercaram a fortaleza, a fim de privar o Arcebispo e sua comitiva de receberem qualquer tipo de alimentos. Com isto, os estoques de comida na fortaleza foram se esgotando, e sobrou apenas um touro.

Nesta situação, os sitiados tiveram uma ideia brilhante: todos os dias eles pintavam o touro de uma cor diferente, e desfilavam ele incisivamente em torno da fortaleza. Com isto, eles queriam fingir para os agricultores que tinham reservas enormes de mantimentos. O truque funcionou, já que os agricultores desanimados afrouxaram o cerco. Por causa desta lenda, Salzburg até hoje muitas vezes referida como Stierwascher (touro purificado).

Fortaleza Inexpugnável

Na longa história da Fortaleza Hohensalzburg em Salzburg nenhum invasor jamais foi capaz de se aproveitar dela. Mesmo assim, ela só serviu de residência temporária dos príncipes-arcebispos. Assim como, em determinadas épocas, também serviu como quartel e prisão.

O próximo grande príncipe Arcebispo foi Wolf Dietrich von Raitenau (1587-1612) e contribui pouco para a expansão do castelo. No entanto, ele se dedicou com afinco a construção da cidade. Mas ainda assim foi o mais famoso ocupante da fortaleza. Ele morou na fortaleza por cinco anos, até sua morte em 1617. Em resumo, ele foi capturado e morto por seu sobrinho e sucessor, Markus Sittikus von Hohenems.

De Salzburgo: Excursão Berchtesgaden e Ninho da Águia

Guerras Napoleônicas

Na época das guerras napoleônicas, a fortaleza perdeu muito da sua importância por causa das armas modernas. Inclusive, ela foi entregue aos franceses sem luta. Então, em 1803 terminou o principado eclesiástico e em 1816 Salzburg foi incorporada a monarquia dos Habsburg.

Assim, a fortaleza passou a ser utilizada apenas como um quartel e uma prisão. Em 1857, com a inauguração das linhas ferroviárias entre Viena e Munique, o turismo começou a crescer na região de Salzburg. Com isto, o Imperador Franz Joseph anulou o status de fortificação militar da fortaleza e abriu suas portas à visitação. Então, desde 1861 a fortaleza está aberta para mostrar suas salas e sua história, além da vista incrível de Salzburg.

Em 1900, foi iniciada a construção do funicular, que é outro grande atrativo da fortaleza.

Funicular Austria
Subindo no funicular para fortaleza! Percebe a vista linda que se tem de lá de cima?

[vc_message message_box_color=”mulled_wine” icon_fontawesome=”fa fa-user-md”]Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem. Você sabia que ele é obrigatório nas viagens para a Europa? Nossos leitores recebem um desconto de até 10% na hora de pagar. Então, use o código promocional: VIAJOTECA5.

+ SEGURO VIAGEM É IMPRESCINDÍVEL?

[/vc_message]

Fortaleza Hohensalzburg em Salzburg

Visita

A visita da Fortaleza Hohensalzburg em Salzburg pode levar algumas horas, principalmente para aqueles que querem desbravar bem seu interior. Uma vez que dá para entrar em várias torres e salas, quem faz o tempo da visita é você. Além disso, você pode fazer visitas guiadas com áudio-guia. Fora a vista maravilhosa da cidade de Salzburgo, que fica aos seus pés, e ainda com os Alpes ao fundo!

Apesar de muitos móveis terem sido roubados por Napoleão, os próprios cômodos permanecem em estado notável. Então, não deixe de ver os apartamentos dos príncipes medievais ornamentados, no Museu da Fortaleza.

Salão Dourado

O interior foi ricamente decorado. Ainda hoje, pode ser visto nos entalhes góticos intrincados e pinturas ornamentais que decoram o Salão Dourado (Goldenen Saal). Assim como, a gente pode aprecisar estas belezas na Câmara Dourada (Goldene Stube). Certamente, o quarto mais significativo é o Goldenen Saal. Inclusive, é nele onde acontecem os Concertos de Mozart, o Best of Mozart Festungskonzerte. Este é um festival de renome mundial e acontece entre janeiro e dezembro.

O Salão Dourado tem uma estufa de cerâmica do ano 1501 e tem paredes cobertas de ouro. Já a Torre da Justiça, o ponto mais alto da fortaleza, oferece as melhores vistas da região. Ainda para se visitar no Castelo de Salzburgo, tem a Câmara de Torturas, a Masmorra e o Órgão chamado “O touro de Salzburg”, de 1502. Este órgão era acionado com rodilhas e era nele que o pai de Mozart compunha.

A Fortaleza Hohensalzburg em Salzburg está aberta todo o ano. Inclusive, artistas de todo o mundo se encontram aqui para cursos na Academia Internacional de Verão. Além disso, as instalações medievais, o pátio romântico e os bastiões são usados regularmente em eventos. Entre eles, estão eventos como os Concertos na Fortaleza (Festungskonzerte) ou o Jedermann, que acontece no verão.

Jantar e concerto de Mozart na fortaleza Hohensalzburg

Fortaleza Hohensalzburg Salzburg

Salzburgo: Concerto no Palácio Mirabell

Museu da Fortaleza de Salzburgo

Este é o museu que conta a história da fortaleza e foi reaberto em 2000 após algumas reformas. O museu conta com uma capela do século XVI que foi descoberta em uma escavação. Além de várias salas de história, existe uma parte dedicada às marionetes (famosas na Áustria), que é o Museu de Marionetes. Inclusive, neste lugar é possível tirar uma foto com os bonecos da Família Von Trapp, do filme “A Noviça Rebelde”. Para quem não sabe, o filme foi filmado em Salzburg.

Museu marionetes Fortaleza Hohensalzburg Salzburg
Museu das Marionetes

Informações Práticas

Horário

A fortaleza abre de outubro a abril entre 09h30-17h; maio e setembro, das 09-19h.

Entrada

O bilhete de adultos chamado Fortress Card para visitar a fortaleza custa €17,40. Este bilhete inclui o funicular (subida e descida), áudio-guia (disponível em 9 línguas). Além de a visita incluir ainda a entrada em todos os museus e salas disponíveis.

Crianças entre 6-14 anos pagam €6,60.

Gratuito para quem possui o Salzburg Card.

Caso queira descer o monte à pé, a entrada custa €13,20 para adultos. Já para crianças custa €5.

(valores atualizados em setembro de 2023)

Endereço

Mönchsberg, 34. 5020 Salzburg.

www.salzburg-burgen.at

Fortaleza Hohensalzburg mapa

De Munique: Excursão de 1 Dia a Salzburgo de Trem

Como chegar

Funicular

Para facilitar o acesso tem um funicular, o FestungsBahn, que auxilia num bom trecho da subida. Já que a fortaleza fica 99 metros de altura, no topo de uma montanha. O funicular sai a cada 10 minutos e leva 1 minuto para chegar até a fortaleza.

FestungsBahn

Festungsgasse, 4.

funicular-austria Hans Braxmeier por Pixabay

[vc_message message_box_color=”mulled_wine” icon_fontawesome=”fa fa-car”]

Pretende alugar carro na sua viagem pela Áustria? Então, clique aqui e veja as melhores ofertas!

[/vc_message]

À pé

A subida consome pelo menos 20 minutos de caminhada num trecho íngreme, mas é bem calçado. Este caminho leva pela ‘Festungsgasse‘ até a entrada. Em seguida, basta atravessar os arcos do portão que dá para o pátio da fortaleza.

Estacionamento

Não é possível chegar de carro na fortaleza. Portanto, eu recomendo deixar o carro num dos estacionamentos da cidade e seguir de funicular ou à pé.

Onde ficar em Salzburg:

Booking.com

Vale a pena comprar antecipadamente:

8 respostas

  1. Oi Carina!
    Adorei suas dicas… eu e mais duas amigas iremos para Salzburg em feveveiro, gostaria de dicas para aproveitar a cidade neste período de inverno,,,,

    1. Oi, Nazaré!
      A dica é se agasalhar bem! 🙂
      Tudo que você faz nas outras estações, pode fazer neste período, só precisa ter um bom gorro, luvas, cachecol, sapatos quentes e um casaco bem quente. Daí não vai ter tempo ruim. 😉
      Aproveite muito, pois Salzburg é incrível! Boa viagem!

  2. Oi, Carina! Adorei suas dicas!!
    Estou planejando minha viagem a Salzburgo e estarei de carro.
    Somente irei passar pela cidade (sem pernoite) e quero conhecer os principais pontos antes de seguir viagem.
    Você disse ali no post para deixar o carro em algum dos estacionamentos da cidade para visitar a fortaleza. Li em algum outro lugar também que não é permitido estacionar no centro da cidade. Você sabe me dizer onde ficam os estacionamentos que eu posso deixar meu carro? Ficam muito afastados do centro? Obrigada desde já!!

    1. Olá, Mariana!

      Sim, não é permitido estacionar dentro do centrinho turístico da cidade, mas não se preocupe, vá indo em direção ao centro que você vai ver a indicação de vários estacionamentos. Fica difícil indicar um porque nunca se sabe qual rua vc vai pegar pra seguir pro centro e se os estacionamentos estarão cheios ou não. Mas no google maps vc consegue ver onde eles estão. 😉
      Boa viagem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.