Dicas de Viagem

Cuba: Varadero sem resort … Sim, é possível!!!

18

Quando estava organizando minha viagem à Cuba, exclui sem piedade, Varadero do meu roteiro, uma das mais paradisíacas da ilha e talvez do Caribe. Simplesmente achava que por ali só existiam resorts all inclusives, que não iriam agregar a experiência que estava buscando nessa viagem. Não me entendam mal, eu adoro hoteis de frente para o mar, mordomias, drinks pé na areia etc, mas nessa trip, esse esquema não se encaixaria.

E foi então, que organizei nosso roteiro de 9 dias por Cuba passando por Havana, Cienfuegos e Trinidad. Estava tudo indo super bem e estávamos aproveitando muito, mas conversando com um casal de alemães que encontramos pelo caminho, descobrimos que a opção de ficar em casa particular em Varadero também era possível!!! E de repente, quase no final da viagem, mudamos os planos e seguimos pra lá! E aviso logo, foi a melhor decisão que tomamos!!!

Varadero em Cuba
Primeira visão que tivemos da praia de Varadero! #InLove

As praias próximas de Cienfuegos (Rancho Luna) e Trinidad (Playa Alcón), são bonitas, mas nada comparada as águas cristalinas e areia branquinha de Varadero, e ter a opção de ficar longe da área de resorts, foi fantástico!

O público dessa área leste de Varadero é uma mistura de mochileiros, viajantes que odeiam resort, pessoas que procuram uma Varadero mais autêntica, ou turistas em busca de hospedagem barata.

Pôr do sol em Varadero
Final de tarde em Varadero!!!

Reserve sua próxima hospedagem através do Booking.com pelo do link do Viajoteca, você não paga mais por isso, mas nos garante uma pequena comissão que ajudará a manter o blog vivo e cheio de novas dicas de viagem para você!



Booking.com

Entenda Varadero:

Para vocês terem uma ideia, Varadero engloba uma área de 20km de praia de areia branca, mar calmo e águas cristalinas, há 2 horas de Havana de carro. A área dos grandes resorts fica em sua maioria na parte oeste da península, e a área dos hoteis mais simples, casas particulares e casa de locais, fica mais no início (leste).

Essa península é tão estreita, que não existe mais de 3 ou 4 ruas entre o mar e a Bahia de Cardenas, e a cor da água é linda de ambos os lados!

Veja o mapa abaixo:

São mais de 50 resorts, que são essenciais para a economia cubana (ou para ser mais precisa, essenciais para o bolso dos castristas – sorry, não resisti o papo político!), mas obviamente, eles oferecem pouca ou nenhuma experiência cubana.

Mas fugindo dessa área dos megas resorts e se aventurando pelos hoteis sem pulserinha, é possível sim vivenciar um pouco de uma Cuba praiana. Eu não recomendo ficar nos hoteis mais baratos, acho que as casas particulares são mais autênticas e mais interessante, do contrário, melhor ir para os resorts mesmo, né? E aproveitar o dolce far niente! 🙂

Pulserinha de Resort
Exemplo das pulserinhas de resort (essas são do hotel que fomos em Bahamas, mas em Cuba funciona da mesma forma)

Casa Particular em Varadero

Adoramos a casa particular que ficamos em Varadero. A família do Obel, tem 5 quartos para alugar na sua casa super bem mantida e há 2 quarteirões da praia. Nós ficamos na edícula com quarto, mini-sala e banheiro privativo (excelente chuveiro). Pagamos 40CUC por noite pelo quarto + 5CUC de café da manhã por pessoa.

O Obel não é muito de papo, então, essa foi a única parte que não gostei dessa casa particular, pois todas as outras que experimentamos, ficávamos conversando bastante com os donos da casa sobre cultura, estilo de vida cubano e até sobre política. Mas independente disso, recomendo muito a casa dele, especialmente a edícula que é bem privativa e separada do resto da casa.

Casa Obel Moreno Hernández

Endereço: Calle 40 (entre 1a e 2a rua), número 113

Telefone: (52-45) 612575 / Cell: (01) 5281-5111

Email: kite40@nauta.cu

Fotolog: Varadero sem resort

Acho que através das fotos, vai explicar melhor um pouquinho do que vivemos por lá – minha intenção não é ser a dona da verdade no quesito Varadero, pois ficamos apenas 2 dias por lá.

Bem curtir Varadero comigo 🙂 :

icon-seta

Cara de felicidade do Casal Mikix, ao encontrar uma praia do jeitinho que tinhamos sonhado no Caribe…

Casal Mikix em Cuba

icon-setaPara curtir a praia, você tem a opção de ficar nesses pedaços dos hoteis locais ou restaurantes, que oferecem quiosques e cadeiras para alugar (cada cadeira custa 2CUC para ficar o dia inteiro), e que acabam ficando mais cheio de gente …

Praia de Varadero

icon-seta

… ou … você pode para pegar uma sombra ou um sol em pedaços da praia com pouquíssimas pessoas, ou nenhuma!

Pelo que entendi, nos meses de verão (Julho e Agosto) é muito comum encontrar os próprios cubanos tirando alguns dias de férias por lá. Nós vimos uma família ou outra se deleitando na praia, mas não eram a maioria (longe disso).

Varadero em Cuba

icon-seta

No nosso primeiro dia de praia, o mar estava com mais ondinhas, mas no segundo dia, ficou parecendo uma piscina… vejas as fotos em seguida para entender:

Praia de Varadero, Cuba
Primeiro dia …

Varadero em Cuba
Segundo dia… (será que mudou a lua?)

Deixamos nossas coisas na areia e ficamos curtindo o mar em sua plenitude! Essa cor de água me lembrou as Maldivas! #Sonho

icon-setaCena de um pescador brincando com as gaivotas … acho que esse tipo de cenário, você não encontraria nunquinha na área dos grandes resorts!

Praia de Varadero




icon-setaDescobrimos uma pizzaria muito pertinho da casa e da área de praia que estávamos frequentando, o Paladar Nonna Tina (Calle 38)! A pizza de forno a lenha nos garantiu o almoço dos dois dias! Coca-cola e cerveja geladinha! Recomendamos muito!

icon-seta

Outra opção de restaurante para quem prefere comida tradicional cubana ou algo mais turístico, é o Bodeguita del Medio, famoso por seus mojitos, que também tem filial em Varadero e não fica na área dos resorts, fica na Calle 40, logo em frente a praia! Bodeguita del medio em varadero

icon-setaNo final de tarde, saímos para caminhar por Varadero, estávamos hospedados na Calle 40 e nosso destino era a Calle 62, local onde tem uma mini região de restaurantes e bares, o point de Varadero (risos)… mas não vão esperando muito, tá?

Ruas de Varadero

icon-setaAdorei esse ônibus que encontramos na rua todo em favor da amizade entre Cuba e Estados Unidos!!!

Varadero em Cuba

icon-seta

Exemplo de um dos banheiros públicos disponíveis na praia de Varadero…

Me lembrou a Australia, que tem banheiros assim em várias de suas praias!

Varadero em Cuba

icon-setaAntes de chegarmos na Calle 62, entramos na praia para celebrar esse pôr do sol de tirar o chapéu! Muito romântico… suave! favorável!

Pôr do sol em Varadero

Clique no vídeo abaixo para sentir como foi esse momento:

Por so sol em Varadero … Video para relaxar ? #LoveCuba #varadero #autenticaCuba #viajoteca

A video posted by Casal MiKix (Mi & Kiko) (@mikix10) on

icon-seta

Não tivemos muito tempo de explorar a noite de Varadero, além da região da Calle 62, mas como você pode ver, tudo é bem relax e sem pressão… nós jantamos no restaurante La Fondue (1ra. Ave. e/Calle 62 & 64, Varadero), eu sei, super estranho pensar em fondue na praia, mas é que eu queria a lagosta que tinha no cardápio, entende? O restaurante era ok… (na próxima vez vou testar o Barracuda Grill (Calle 59, em frente a praia).

Ali do lado desses restaurantes, tem uma barraca cheia de cacarecos de souvenirs para todos os gostos, mas confesso que vi coisa mais bonita e de melhor qualidade em Trinidad (pena que não tinha como voltar!).

Centrinho de Varadero

E foi assim que tivemos uma experiência super positiva em Varadero… e por falta de informação, quase perco essa beleza toda!!!

PS: a opção de ficar em resorts em Varadero nunca me atraiu, pois além de achar que Cuba tem mais a oferecer que resorts, eu acredito que outras praias e ilhas do Caribe, tem uma gama melhor de hoteis nesse setor de all inclusive.

Mas se você quiser dicas de resorts, de outros dois blogueiros que foram pra lá, recomendo os links abaixo:

Ou continue lendo sobre o Cuba aqui no Viajoteca: Dicas para antes de embarcar!


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


Comente Aqui

18 Comentários
  1. Paula Brum Diz

    Fomos em abril, ficamos em Resort, mas dividimos as areias com os locais. Há placas indicando que as praias são publicas e, inclusive, as espreguiçadeiras dos resorts não invadem a faixa de areia mais próxima das águas, que são para uso de todos. O mais interessante foi perceber como é natural para eles aproveitarem o dia em família, fazerem refeições junto ao mar e, ao final, recolherem absolutamente tudo, com naturalidade – não há lixo nas areias! O problema de ficar em resort, no caso, é que deixamos de aproveitar os bares e restaurantes fora do empreendimento.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Paula,
      Pois é … eu acho que as duas formas de curtir Varadero são legais! Pois vamos combinar… o mais legal é ficar babando naquela cor de agua surreal!!!
      bjão

  2. Carla Diz

    Oi, Mirella!
    Gostei bastante de suas dicas sobre Varadero. Tanto que estou trocando emails com Obel. Ele está exigindo pagamento de 100% antecipado. Foi assim com você? Como você enviou o dinheiro? Ele não me parece ter PayPal.

    Você nos indicaria alguma outra sugestão de casa?

    Obrigada!

    Carla

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi CArla,
      Eu achei a casa do Obel batendo de porta em porta, para você ter uma ideia (risos). Eu paguei diretamente para ele.
      Minha cunhada está indo para lá daqui duas semanas, reservou o quarto com ele e não foi solicitado pagamento adiantado. Veja se realmente precisa, e se precisar, veja se ele tem AirBnB, assim fica mais seguro para você e para ele.
      Na rua que ele mora, tinha outras casas particulares, mas eu não conheci.
      Abs

  3. Joana Diz

    Oi Mirella,
    você pode me informar a média de preço das suas refeições em Varadero?
    E na praia, era possível comprar bebida nos hotéis ou bares para curtir na areia?
    Obrigada

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Joana,
      Nessa casa que ficamos em Varadero, era no mesmo quarteirão do Bodeguita del Medio. Na praia não tinha como comprar comida ou bebida, mas conseguimos alugar umas cadeiras para sentar, por exemplo. A gente comprava uma coca-cola e agua no bar antes de chegar na praia para sustentar o calor, e quando dava fome, a gente ia almoçar na pizzaria.
      Meu irmão e cunhada nem alugaram cadeira, eles levavam canga e lá ficavam na sombra das palmeiras ou no sol …
      Eu não vi esse conceito de bar pé na areia, pelo menos não por enquanto … acho que os resorts ofereceriam isso.
      Abs

  4. GABRIELA MACHADO DE CARVALHO Diz

    Oi Mirella!

    Voltei domingo de Cuba. Estava em Trinidad, usei o café internet e achei seu blog com a dica da casa do Obel.

    A dica foi ótima! A casa é realmente boa, e financeiramente é bem melhor. Economizamos na casa pra gastar no passeio até Cayo Blanco, lindíssimoooo!

    Só tem um porém: Obel não é muito de simpatia e hospitalidade =/
    Como vc disse, mesmo assim valeu a pena. Casa boa, localização boa, e preço justo para Varadero ( outra Cuba né)

    Depois vou colocar as indicações de havana, trinidad e transporte que pegamos para ajudar quem estiver planejando 😉

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Gabriela,
      Que legal que usou a dica do Obel, realmente ele não é de papo, mas achei a casa dele bem legal, então relevei 🙂 🙂 🙂
      Depois me conta sim onde se hospedou nas outras cidades, com certeza vai ajudar outras pessoas!!!
      Valeu pelo comentário!
      bjks

  5. Aline Diz

    Oi gente! Nossa que coincidencia achar essas informações preciosas ahahaha. Eu vou pra Cuba dia 05/05/17, tá quase aí, e tinha riscado Varadero do roteiro justamente por conta de resorts. Mas uma amiga acabou de voltar de lá e falou pra eu incluir sim! Agora com essas dicas vai ser perfeito!

    Muito obrigada! 🙂

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Opa!
      Aline, você vai ADORAR Varadero dessa maneira, eu achei muito lindo.
      Depois me conta como foi…
      Abs

  6. Diz

    Voltei semana passada de Cuba e amei. O único arrependimento foi ter ido a Varadero COM resort. Apesar de estar hospedada assim, saí para conhecer a cidade e achei um charme. Teria aproveitado mais (e me alimentado melhor) se tivesse ficado em casa particular.
    Só fiquei encucada com esse mar… kkkkk… fui esperando águas calmas e “piscina”, mas me deparei com um mar super agitado, cheio de ondas e correntes. Acho que foi “culpa”da lua cheia.
    Obrigada pelas dicas que vc posta aqui. Bjs

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Jô, Tudo bem?
      Os resorts de Cuba são famosos por serem mais simples, mas legal que aproveitou para explorar Varadero de outra forma 🙂
      Jura que não teve agua calminha? Lua cheia costuma mesmo dar uma agitada nas coisas, as bruxas ficam soltas até no mar (risos). Mas a cor do mar é linda, não é?
      Obrigada pela visita e volte sempre 🙂
      bjão

  7. Adelaide Diz

    oiee adorei todas as dicas. Vou pra Cuba em Junho e gostaria de endereços de casas de famílias cubanas nos lugares por onde andou e meios de transportes. Obrigada.bjs

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Adelaide,
      As dicas de onde fiquei em Havana, Trinidad e Cienfuegos estão aqui: https://www.viajoteca.com/dicas-para-curtir-cuba-e-ser-feliz/.
      Nós alugamos taxis/motoristas para nos levar entre uma cidade e outra, minha cunhada usou ônibus.
      Os taxis/motoristas foram dicas das casas que ficamos, eles organizaram tudo para gente …
      Abs

  8. Enelicio Diz

    Olá! Gostei muito do blog. Como faço para comprar CUC em Cuba. Levo Real em espécie e troco , ou posso usar cartão de débito no aeroporto ? Obrigado.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Enelicio,
      Melhor fazer troca em dolar canadense ou euro.
      Acho difícil conseguir trocar real em casa de câmbio.
      Abs

  9. Paula Diz

    Olá! Adorei o relato. Obrigada por compartilhar. Gostaria do contato da casa do Obel.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Paula,
      O contato do Obel está no texto na caixinha laranja.
      Abs