Dicas para curtir Cuba e ser feliz!

7

Para ser sincera, Cuba nunca esteve no topo das minhas prioridades de viagem, mas de uns tempos pra cá, especialmente quando começou o papo de abertura do embargo econômico americano, aquela cosquinha do “tenho que ir logo, antes que estrague“, começou a fazer efeito e pumba, a viagem se concretizou e lá fomos nós curtir Cuba!

Estava com muitos receios de viajar pra lá, especialmente porque o objtetivo da nossa viagem não se resumia em ficar hoteis ou resorts de praia, com tudo organizadinho para gringo ver. Nossa intenção foi explorar as cidades, tentar ver como os Cubanos vivem e avaliar a tal da revolução na prática.

Um país cheio de contradições, com um povo acolhedor e eufórico por mudança!

Dicas de Cuba
Pelas ruas de Havana

O que você precisaria saber antes de ir a Cuba:

1- A dica básica é que em Cuba existem duas moedas, o CUC e o CUP.

O CUC é a moeda para turistas (Peso Cubano Conversível) e o CUP é o dinheiro usado pelos moradores da ilha (Peso Cubano). O valor aproximado do CUC é US$1, mas obviamente no momento da troca, você perde mais que isso. Esse link do XE.com te dará uma idéia dos valores.

Minha dica é levar Euro ou invés de dolar americano, pois a conversão para o USD tem um custo extra de 10%.

É recomendável você trocar o dinheiro nos bancos ou cadetas (casa de câmbio oficial do governo) para uma melhor cotação, do contrário, os hoteis costumam trocar também, mas a cotação é bem pior (obviamente).

2- Fique em casas particulares

Esquece esse negócio de se hospedar em hotel, e prefira ficar em quartos, casas ou apartamentos particulares em Cuba. Muitos desses lugares, especialmente os casarões de Vedado (Havana) serão os futuros hoteis boutiques de Cuba!

A experiência de ficar na casa de alguém é realmente especial e nós adoramos (e olha que não faço o estilo hostel e nem hotel espelunca). Além da vantagem do preço em relação aos hoteis, as casas particulares oferecem a chance de você conhecer os cubanos de verdade, receber dicas quentes da cidade e ver na prática o que essa oportunidade de lidar com o turismo, está acontecendo na vida dessa nova população empresária. Ficamos em 5 diferentes casas particulares (em Havana, Cienfuegos, Trinidad e Varadero) e gostamos de todas.

Na época que viajei para Cuba, somente americanos podiam fazer reserva pelo AirBnB, mas a Mariana foi em dezembro/2016, e nos informou nos comentários que foi possível fazer as reservas via Brasil, então deve ter liberado para o mundo todo!

Ueba! Em Trinidad e Ciefuegos, reservei com as dicas da Camila do Viaggiando.

LEIA: Dicas de todas as casas que ficamos em Cuba

Dicas de Cuba
Varandão delícia da nossa casa em Havana – ficamos no Casa Sanchana (pode dizer que a Mirella e Ulrike recomendaram).

3- Os jineteros enchem o saco

Apesar de eu entender que é preciso ser criativo para se ganhar dinheiro em Cuba, os Jineteros, termo usado para nomear os pega-turistas, tentam a todo momento te ludibriar tentando vender charutos ilegais, recomendar um restaurante, indicar uma casa particular para acomodação, ou até te desviar da sua casa particular para uma outra que ele tem parceria.

Os cubanos são gente boa, adoram um papo, mas os jineteros ganham nesse quesito! Mas é com muita honra que digo que temos uma vantagem sobre os outros turistas, somos brasileiros, e de maneira geral eles nos adoram!!!

A maneira que encontramos de sair fora dos jineteros foram:

1- Dizer que somos brasileiros

2- Dizer que esta é nossa terceira viagem a Cuba (melhor de todas as desculpas, pois eles já assumem que você já caiu em algum conto do vigário!)

3- Dizer que o dinheiro está curto e que o Brasil está em crise
Sim, eles vão continuar te perturbando, mas de uma maneira menos chata… numa dessas conversas, quando estávamos perto do famoso bar “Floridita”, o jinetero-amigo disse: “Brasileiros, o Florita é só para olhar, viu?! Muito caro o Daiquiri daí…..” 😉

O problema dos jineteros, é que eles são muitos, e chega uma hora que a paciência se esgota. Não tivemos problemas muito sérios com eles, mas é preciso ficar esperto para não cair na lábia desses profissionais. (gostei do relato desse blog sobre o Jineterismo)

Dicas de Cuba
Ruas de Trinidad

4- Se acostume com a ideia que vai pagar mais que os cubanos por tudo e pronto

essa parte me irrita um pouco, mas nessa viagem eu relaxei e nem tentei entender, acho que foi mais fácil assim.

5- Que tal uma carona nos Almendrón?

Os carros clássicos de Cuba (american cars) são chamados carinhosamente pelos locais de almendrón, e isso se deve a seu formato de amêndoa…

Nós andamos em todos os tipos de carro em Cuba; nos clássicos americanos super conservados, nos novos taxis peugeots, nos ladas russos quase despencando, nos conversíveis e afins …

O emanharado de opções para locomoção em Cuba é imenso, e essas são minhas dicas sobre o assunto:

* Você precisa andar em um clássimo almendrón, mas procure por opções mais bem conservadas, do contrário a bunda sofre.

* Evite os almendrón para longa distância, eles são bonitos, mas não são confortáveis, sem contar que cinto de segurança é inexistente.

* Nunca negocie preço de taxi sem ver o carro, nós pegamos um carro tão ruim dessa maneira, que estava com medo de pegar tétano dentro dele rs rs rs (claro que se a doca da casa particular que você está se hospedando indicar, é diferente!)

* Os carros antigos que nunca foram atualizados (com novos motores e afins) são super poluentes e nisso, o charme se acaba! Ainda bem que a frota cubana ainda é baixa, do contrário, a situação ia ser caótica.

Dicas de Cuba
O pessoal pira num conversível clássico em Havana!

6- O serviCo de restaurante é extremamente devagar e ineficiente.

Essa foi uma constatação que notamos dos restaurantes mais baratos aos mais caros, impressionante que o pessoal simplesmente te esquece na mesa … Então, minha dica é ir sempre sem pressa, ou se essa não for uma opção pra você, coloque a pressa no garçon, pois aí a coisa vai mais rápida.

7- Detox de vida online! Senti tanta falta de internet!

Se você tem a intenção de se alienar do mundo virtual, Cuba vai ser uma excelente experiência. Nunca fiquei tão desconectada na minha vida, especialmente por nossos telefones terem número americano e nem com data roaming ligado, a coisa funcionava.

Mas há sempre a opção de comprar plano de dados com da empresa ETECSA, também conhecida como Cubacel, e usar internet em alguns hot spot das cidades. O preço é de 2CUC para 1 hora de internet, e funciona direitinho e rápido.

Outra opção de acesso a internet são os hoteis, que em sua maioria vendem planos de 30 minutos ou 1 hora também, mas o preço costuma ser mais caro que os 2CUC cobrado pelo governo e a desvantagem é que só pode usar dentro do próprio hotel que comprou.

Dicas de Cuba
Praça de Cienfuegos … as praças são os principais lugares para encontrar cubacel wifi.

8- Tenha sempre um trocadinho para usar banheiro …

Você vai reparar que sempre costuma ter um senhora sentadinha esperando uma ajudinha, e se não tiver, eles costumam aparecer bem na hora que você sai da cabine e ficam te olhando com aquela cara: “e aí, vai rolar uma moedinha?!

Aliás, por falar em banheiro, nunca sai de casa sem papel higiênico ou lencinho de papel! Vai por mim!

9- Leve sua malinha de remédios.

Eu nunca viajo sem uma mini-farmácia, e em Cuba não foi diferente. Minha dica é levar vitamina C, anti-gripal, anti-diarreia, anti-séptico, band-aid e afins. Melhor não contar que encontrará farmácias durante a viagem. O mesmo vale para absorventes femininos, fraldas para as crianças e preservativos.

Dicas de Cuba
Praia de Varadero

10- Se acostume com falta de produtos em restaurantes.

Vira e mexe, apesar da maioria dos restaurantes ter um cardápio extenso, vários itens não são disponíveis 100% do tempo. Minha sugestão é ter sempre uma segunda e terceira opção, nos restaurantes mais requintados, não tivemos esse tipo de problema.

11- Restaurantes x Paladares

Essa vai ser a dica que mais vai encontrar em qualquer guia, revista ou blogs de viagem. E todos, sem exceção, vão te aconselhar o seguinte: “prefira os paladares“, pois eles são estabelecimentos gerenciados por famílias ou empresas particulares, enquanto os restaurantes, são mantidos pelo governo e geralmente, oferece uma comida sem inovação de sabores.

Isso pode parecer estranho, mas durante muito tempo, os paladares eram permitidos somente para um número limitados de famílias, eles podiam ser mantidos somente dentro da casa da família e com o máximo de 12 mesas.

Muitas restrições estavam envolvidas, inclusive o bloqueio de poder servir carne e lagosta! Mas ainda bem que isso está mudando, essa cena gastrônomica de Cuba está se transformando, hoje, há muitas opções de restaurantes deliciosos para os turistas se deleitarem!

Dicas de Cuba
Havana skyline

13- E os vinhos?

Eu não sei quanto a você, mas vinho é minha bebida favorita e adoro tomar uma taça durante o jantar, então, se você for do meu time, vá com expectativa baixa nesse quesito.

14- Vida noturna com locais é difícil de encontrar.

Essa foi uma das constatações mais chatas que descobrimos ao chegar em Cuba, você pode conviver com os locais no dia a dia, mas a noite, eles não costumam frequentar os mesmos lugares que turistas, pela triste razão deles não terem poder aquisitivo para ir aos bares e restaurantes que estão em voga.

A passos muito lentos, está se criando uma classe média alta e as pessoas estão recomeçando a frequentar os mesmos lugares que turistas, mas tudo ainda é muito dividido.

E pela minha experiência, ir onde a população mais simples frequenta, também é um choque, especialmente pela diferença sócio-cultural … mas eu sei, que vou ser julgada por essa frase!

15- O país é focado em dinheiro

Esquece esse negócio de cartão de credito, cartão de débito, traveler cheque e afins … tudo funciona a base de dinheiro vivo! E fique esperto, para não ter surpresa desagradável de roubo durante sua viagem. Prudência é importante!

16- Fica de olho nos outdoors!

Não tem jeito de passar por Cuba sem perceber a extensa propaganda pró-governo revolucionário em praticamente todos os cantos da cidade e em estradas. Na minha cabeça, uma lavagem cerebral e alienação mental!
Dicas de Cuba

17- Tem muito turista!

Taí uma coisa que não estava esperando, tem muito turista em Cuba, especialmente em Havana! Eles saiam pelo boeiro…

Agora, já estou aqui imaginando quando os cruzeiros que saem dos Estados Unidos começarem a chegar em Havana, vai ser uma doidera ainda maior de gente, minha dica é sair um pouquinho das ruas turísticas para ver as cidades mais calmas e como a população vive de verdade!

Turistas em Cuba

18- Cidade Grande x Interior.

Fique esperto que vai ter diferença de infraestrutra entre Havana, e as cidades menores. Até Trinidad, que já está tomada pelos turistas (por ser uma cidade colonial lindíssima), tem alguns problemas básicos, como por exemplo, pouca água nos chuveiros! Foi então que dei valor a uma boa chuverada.. experimentamos isso em Cienfuego e Trinidad.

Dicas de Cuba
Ônibus em Santa Clara

19- Visto + Seguro saúde.

O visto para Cuba é indolor e a empresa área que você vai viajar oferece no próprio voo (confirme isso no momento de comprar a passagem), veja o visto abaixo.

E o seguro saúde para turistas é obrigatório, recomendo fazer uma cotação com o pessoal da Seguro Promo, que tem as melhores promoções do mercado e eu recomendo!

20- No final tudo dá certo!

Tentar entender o sentido da vida, da humanidade ou de qualquer coisa em Cuba, não funciona. As coisas geralmente não tem muito sentido! Respira, siga em frente e saiba que no final tudo dá certo, pois as pessoas tem uma tendência incrível de querer ajudar a resolver seu problema!

Cuba foi uma experiência incrível! Recomendo fortemente 😉


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


7 Comentários
  1. Camila Navarro Diz

    Acompanhando sua viagem já fiquei morrendo de vontade de voltar! Essa chatice dos jineteros só me incomodou em Havana. Em Trinidad, apesar de haver muitos turistas também, não me senti assediada. Espero que pelo menos o interior do país conserve esse clima por mais tempo!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Camila,
      Pois é … eu também já estou com saudades e quero voltar para conhecer o outro lado do país que não deu tempo nessa viagem!!!
      Obrigada pelas suas dicas que foram ótimas e me ajudaram muito!!!
      bjão

  2. Cristiano Diz

    Ola Mirella, tudo bem? meus pais estao vindo para o Canada e vamos passar 1 semana com eles em Cuba curtindo preguica 🙂 Eles contactaram a Mondial para fazer o seguro de viagens e foram informados de que a Mondial nao esta fazendo seguro para Cuba devido ao embargo…. Fiquei chocado… ai fui olhar no site deles, e teoricamente conseguimos fazer, mas pelo televendas eles nao conseguem…. Vc tem algum contato na Mondial onde meus pais podem ligar para que eles sejam auxiliados… eles preferem fazer via telefone. Obrigado, Cristiano

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Cristiano, Tudo bem?
      O telefone de televendas da Mondial é esse: 11 4331-5121, mas eu não sei se tem esse desconto de 15%, pois esse é um código aqui do blog e só pode reservar online.
      Veja se dá certo, do contrário, compre pelo link: https://www.mondialtravel.com.br/?SalesAgentId=2292 , eu costumo comprar assim para minha mãe e minha sogra, mas pra uso o seguro do RBC do Canadá, pois fechei o anual, entende?
      Abs

  3. […] Dicas para curtir Cuba e ser feliz! […]

  4. marianasran Diz

    Oi Mi! Estou passando pra dizer que dá pra reservar casa/ apto e quarto pelo Airbnb do Brasil. Fiz isso a pouco e os donos das casas que reservei responderam rapidíssimo, me surpreendi!
    Um contra é o valor, que sai mais caro do que contata-los por email, mas é uma opção.
    Outro site que tem me ajudado é o http://www.casaparticular.com/. Vc consegue ver emails, telefones, fotos e afins.O que estou fazendo é ver se existem comentários no tripadvisor, pra ver se a hospedagem é bem cotada. Vamos ver se dá certo!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Ma, Tudo bem?
      Super notícia essa sua… na época eu não consegui pagar pelo Canadá e nem as Alemãs que foram conosco conseguiram pagar por lá. Pelo visto o AirBnB conseguiu dar um jeito e agora liberou… nossa, isso facilita muito!!!! Aliás, eu acho que cada dia vai ficar mais fácil viajar para Cuba, com essa abertura que eles estão recebendo.
      Eu pesquisei também via esse casa particular, mas quase morri de depressão, pois TODAS as casas que pedíamos já estava reservada, estava ficando desanimada! Achei fácil conversar com o pessoal direto por email, mas confesso que fiquei com medinho de chegar lá e não ter lugar para ficarmos (risos). Mas em Cuba, tudo dá certo, de um jeito ou de outro … incríevl 🙂
      Vou começar a escrever mais posts sobre Cuba, só para você!
      bjooooo

Comente Aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.