Roteiros de viagem pelo Canadá

2

Quando falamos em roteiros de viagem pelo Canadá, a não ser você tenha muitos dias de férias, é impossível conhecer tudo em apenas uma visita.

Assim como o Brasil, Estados Unidos, Russia e tantos os países do mundo, a extensão territorial do Canadá é imensa e o país reserva muitas surpresas incríveis nas cidades e em suas paisagens.

Para te ajudar a elaborar um itinerário perfeito para sua viagem ao Canadá, desenvolvi esses roteiros que podem ser feitos individualmente ou combinados dependendo do número de dias que se tem disponível.

São dois itinerários clássicos cobrindo o lado “leste” e o oeste do Canadá, e depois outras 3 opções menos conhecidas entre brasileiros, mas super bacanas para quem quiser conhecer ainda mais esse belo país.

Roteiros de viagem pelo Canadá

Roteiros De Viagem Pelo Canadá

Nunca viaje sem seguro! É o barato que pode sair muito caro!

Veja os melhores preços na Seguro Promo e viaje tranquilo(a) para o Canadá!

Use o código promocional: VIAJOTECA5, para garantir seu desconto de 5%

*** Clássico Leste ***

Quando o charme Europeu se encontra com grandes metrópoles!

Principais cidades: Toronto, Niagara, Ottawa, Montreal e Quebec City.

Quanto tempo: 10 a 15 dias

Duas províncias muito diferentes se encontram nesse roteiro e você se surpreenderá e entenderá porque o Canadá é um país bilingue e se orgulha de seu passado e futuro.

Aqui no blog já fiz um roteiro detalhado de 14 dias por essa parte do Canada, então recomendo a leitura se você tiver a intenção de fazer essa viagem, tem inclusive um ou dois lugares diferentes para incluir no itinerário que vale a pena incluir.

Sem dúvida, a forma mais fácil de fazer esse roteiro é alugando um carro. Se você chegar em Toronto e ficar lá por alguns dias, o carro pode ser alugado somente no dia de ir a Niagara Falls e depois seguir para Ottawa, por exemplo. A desvantagem do carro é o custo extra com estacionamento.

Usar trem, ônibus ou avião também funciona direitinho, e reservando passagens com antecedência, você pode economizar bastante. A vantagem do trem ou do ônibus é que eles saem e chegam nos destinos no centro da cidade (com exceção de Ottawa para o trem), enquanto optando por avião, você acaba ganhando tempo.

Segue abaixo o número mínimo de dias que se deve gastar em cada cidade, sem contar o translado:

Toronto: 2 dias

Niagara Falls: 1 dia (bate e volta de Toronto)

Ottawa: 1 dia

Montreal: 2 dias

Quebec City 2 dias

Dica extra: Se puder começar a viagem por Toronto e terminar em Quebec City (já compre esse trajeto na passagem de/para o Brasil), seria perfeito, do contrário, terminar em Montreal também é uma opção para evitar o retorno de quase 6 horas para Toronto.

Já reservou seu hotel para essa viagem?

Recomendamos pesquisar no Booking. Há vários hotéis que não tem multa de cancelamento e os preços costumam ser os melhores do mercado, use nosso link se gosta das nossas dicas!

*** Clássico Oeste ***

Quando a natureza fala mais alto!

Principais cidades: Vancouver, Victoria, Whistler, Kelowna, Jasper, Banff e Calgary

Quanto tempo: 10 a 20 dias

Se existe lugares no mundo onde Deus desenhou a paisagem a mão sem pedir ajuda de auxiliares, com certeza um desses lugares foi as montanhas rochosas canadenses.

Minha dica é ir nos meses do verão canadense (de meados de Junho a meados de Setembro) para apreciar ainda mais a beleza dos lagos glaciais e dos picos nevados.

Eu sempre acho fácil e prático viajar de carro pelo Canadá, e esse roteiro não é exceção. Mas como esse roetiro tem opções de passeios panorâmicos de trem, combinar vários meios de transporte pode ser uma excelente forma de explorar a região.

Fazendo essa combinação que falei e querendo usar o trem para cruzar as rochosas, a parte de Kewlona ficará de fora, pois o trem passa pela rota de Kamloops.

Segue abaixo o número mínimo de dias que se deve gastar em cada cidade, sem contar o translado:

Vancouver: 2 dias

Whistler: 1 dia (bate e volta de Vancouver ou elimina Kelowna da road trip)

Victoria: 1 dia (mas merece pelo menos 2 dias – ida e volta desde Vancouver via hidroavião ou ferry)

Kelowna: 1 dia (alternativa de região fofa)

Jasper: 1 dia

Banff: 2 dias (merece pelo menos 3 para ver a região com calma)

Calgary: 1 dia

Dicas extras:

Para mim, o ideal seria chegar em Victoria (o que nem sempre é viável) ficar lá 2 dias e depois pegar um hidroavião para Vancouver (peso da mala pode ser problema nesse trajeto, há ferry como alternativa mais barata e para levar a mala).

Se quiser incluir o trem, faça de Vancouver a Jasper com a Via Rail e depois alugue o carro para seguir para Banff e Calgary.

Se puder dispor de mais dinheiro, um dos meus sonhos de consumo é fazer a viagem de trem com a empresa Rocky Mountaineers, um luxo nas montanhas pelos trilhos 🙂 .

Outra forma de fazer essa viagem, especialmente em família, é alugando um motorhome e seguindo estrada. Se essa é sua onda, recomendo ler os blogs da Livi e da Claudia.

Se 15 a 20 dias for muito tempo, faça Vancouver a Calgary de avião, e partindo de Calgary siga de carro para a região de Banff (a parte mais bonita das Rochosas, na minha opinião).

Entre os meses de metade de outubro a metade de maio, eu não recomendo cruzar as rochosas de carro devido ao clima e condições das estradas. Melhor usar avião para ir de Vancouver a Calgary e então conhecer a região.

*** Atlântico Canadá ***

Onde história, charme e vida bucólica se encontram!

 

Principais cidades/lugares: Halifax, Lunenburg, Cape Breton, Bay of Fundy ePrince Edward Island (PEI).

Quanto tempo: 10 a 20 dias

A região banhada pelo Oceano Atlântico no Canadá são conhecidas como “maritimes” e incluem 3 províncias: New Brunswick, Nova Scotia e Prince Edward Island (PEI).




A vida desse lado do Canadá parece que anda mais devagar e talvez tudo isso seja para combinar com o charme de suas cidadezinhas ao longo da costa!

A cultura acadiana (primeiros franceses que chegaram no Canadá) e a gaélica (escoceses que se estabeleceram na região) continuam vivas e definem a personalidade desse pedaço do país.

Segue abaixo o número mínimo de dias que se deve gastar em cada cidade, sem contar o translado:

Halifax: 1 dia

Lunenburg & Peggy’s Cove: 1 dia

Cape Breton: 2 dias

Bay of Fundy: 2 dias

Prince Edward Island (PEI): 1 dia

Dica Extra: esse roteiro merece ser feito com calma e com espírito leve! Recomendo alugar um carro, ter uma boa companhia ao seu lado e embarcar nessa aventura do atlântico canadense.

EasySim4U CanadaSaia do Brasil com chip de celular da EasySim4U com dados ilimitados para o Canadá!

Eu já testei algumas vezes e aprovei.

Ganhe o frete grátis toda vez que usar nosso link.

*** Newfoundland ***

Aventura e história em um só lugar!

 

Principais cidades/lugares: Gros Morne National Park, L’Anse aux Meadows e St. John’s.

Quanto tempo: 8 a 15 dias

Um dos roteiros de viagem pelo Canadá mais diferentes e inesquecíveis talvez seja Newfoundland. Uma província com cidadezinhas pitorescas, icebergs, baleias, imensidão verde (e branca) e até um local onde os vikings se estabeleceram 500 anos antes da chegada Cristovão Colombo à América.

Para quem gosta de solitude, trilhas e muita natureza, com certeza vai se impressionar.

Segue abaixo o número mínimo de dias que se deve gastar em cada cidade, sem contar o translado:

St. John’s e arredores: 3 dias

Gros Morne National Park: 2 dia

L’Anse aux Meadows: 1 dia

Dicas extras:

Se prepare para dirigir muito entre um extremo a outro de Newfoundland. Tendo mais dias, inclua Trinity e Terra Nova National Park para ir parando e conhecendo mais coisas ao longo do caminho entre St. John’s e Gros Morne.

Não é tão fácil e barato chegar em Newfoundland, há vôos direto para St. John’s saindo de Halifax, Montreal, Toronto e Nova York, por exemplo.

Você pode também optar em usar o ferry saindo de Port aux Basques em Nova Scotia. Mas dentro de Newfoundland, o ideal é alugar um carro e sair explorando.

*** O incrível norte ***

Agora sim você conhece o Canadá!

 

Principais cidades/lugares: Churchill, Whitehorse e Yellowknife

Quanto tempo: 8 a 30 dias

Já aviso que conhecer o norte do Canadá em somente uma viagem é uma tarefa bem complicada, especialmente porque nem sempre as melhores atrações acontecem na mesma época do ano e a distância entre um lugar e outro também complica a logística.

Mas para quem sonha em ver a natureza do Ártico, a história da corrida do ouro e lugares que seus amigos vão te perguntar “mas pra onde mesmo você foi?” 🙂 , segue algumas opções para pensar no seu roteiro:

Churchill se localiza na província de Manitoba e três de suas principais atrações levam turistas o ano inteiro para lá; a aurora boreal (fevereiro e março), as baleias belugas (Julho e Agosto) e os ursos polares (de Julho a Novembro, mas o melhor é entre outubro e novembro).

Com uma população de 1000 habitantes, você pode chegar a Churchill de trem via Hudson Bay Railway Line, mas a maneira mais fácil é de avião, partindo de Winnipeg via Calm Air ou Kivalliq Air.

As outras duas cidades; Whitehorse (em Yukon) e Yellowknife (em Northwest Territories) são acessíveis de carro, mas não vá pensando que é ali do lado!

Muitas pessoas organizam a viagem para Yukon e Alaska na mesma road trip; e a rota geralmente sai de algumas das cidade da Columbia Britânica (Vancouver, por exemplo) e seguem viagem passando por Skagway, Carcross, Whitehorse, Haines Junction, Dawson City, Fairbanks, Denali National Park e finalmente Anchorage.

O ideal seria viajar de carro até Anchorage e depois pegar um cruzeiro de volta a Vancouver, passando pelos lugares do Alaska que são somente acessíveis por mar!!! Mas precisa ver a questão do aluguel do carro passando pelos dois países (Canadá e Estados Unidos), de repente alugar o carro em Seattle seja mais fácil que Vancouver, pois você pega e devolve no mesmo país – veja esse roteiro no google maps.

Para chegar em Yellowknife, a maioria das road trips começam a viagem em Edmonton (Alberta) e seguem até Yellowknife passando por Fort Providence. O parque nacional mais bonito e impressionante de Northwest Territories é o Nahanni National Park Reserve, mas só é possível acessá-lo via aérea ou por trilhas.

Todas essas viagem podem ser combinadas ou modificadas do jeito que achar mais conveniente.

Além dessas roteiros de viagem pelo Canadá independentes, uma das viagens de trens mais icônicas do mundo vai de Toronto a Vancouver e chama-se “The Canadian”, outra super ideia de roteiro para você aproveitar! Um dia conto os detalhes de como fazê-la.

E aí, já está animado(a) para começar a organizar sua viagem pelo Canadá? Qual o seu destino favorito?


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


2 Comentários
  1. Filipe Morato Gomes Diz

    Mirella, sabe um lugar que tenho muita vontade de conhecer no Canadá, desde que encontrei uma pessoa de lá no Belize, ficámos conversando e eu acabei fascinado pelo lugar, mesmo sem lá ter ido? Inuvik, um pequeno povoado lá bem no norte! Isso e Vancouver… e o Yukon… e, já agora, a festa do Calgary Stamped. Tanta coisa para conhecer! Grande abraço.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Filipe,
      O Canadá é um país mais que incrível… as vezes, acho que ele é ainda mais legal de morar que visitar (risos).
      Venha que você vai adorar, mas reserve pelo menos 6 meses, tem muita coisa para conhecer eheheh
      Abs

Comente Aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.