Página Principal Porto Roteiro no Porto (2 dias) e dicas da região

Roteiro no Porto (2 dias) e dicas da região

por Mariana Matthiesen
0 comment

Finalmente, aqui está o Roteiro no Porto, a segunda parte do nosso roteiro por Portugal de Lisboa, Sintra e as 7 outras cidades da região costeira. Sem dúvida, essa região do norte de Portugal, lugar onde se fundou o país, é muito charmozinha e ficamos encantados!


+ ROTEIRO PORTUGAL: LISBOA E ARREDORES (PARTE 1)


Mesmo com chuva e céu nublado, o que parece ser característico dessa região, especialmente no inverno, conseguimos passear muito. Sendo que ainda deu para desfrutar o melhor de Porto, Guimarães e Braga.

Roteiro no Porto, Portugal

9 programas imperdíveis no Vale do Douro

11 razões para visitar o Douro

Ônibus Hop-On Hop-Off no Porto, Cruzeiro e Adega de Vinho


Roteiro Porto – PortugaL (2 dias)

O que fazer no Porto – 2 dias

A primeira dica é: prepare a panturrilha, pois vai ter muita ladeira!

Separamos 2 dias para conhecer o Porto. Esses dias caíram em um final de semana em que estava chovendo. Mas, mesmo assim, concluímos que foram o suficiente. Entretanto, algumas atrações estavam fechadas, o que encurtou nosso passeio. Certamente, se estivesse sol adoraríamos ter ficado ao menos mais um dia.

Escolhemos um apartamento na região do centro para nos hospedar, o que foi excelente para explorar a cidade a pé. Então, super recomendo!


>> Dicas para hospedagem em apartamento na Europa

>> Os melhores bairros para fica no Porto são: Baixa (preferido!), Cedofeita, Ribeira, Sé Catedral ou Boavista.


Praça da Republica - Porto

Roteiro no Porto, Portugal – Primeiro dia

Saímos no primeiro dia logo cedo caçando um lugar pra tomar café, então descemos a Rua Santa Catarina. Esta é uma rua delicinha de passear e cheia de lojinhas. Além do que, muitas vezes, ela fica fechada para a circulação de carros, especialmente no fim de semana. Nela encontramos a Capela das Almas, uma igrejinha que tem em sua área externa um revestimento primoroso de azulejos em estilo português.

Seguimos descendo até o Café Magestic, um lindo café que me fez lembrar da Confeitaria Colombo no Rio de Janeiro. Inaugurado na década de 1920, este café esbanja o estilo Art Nouveau da época. Confesso que o café e o pãozinho na chapa não foram surpreendentes, mas valeu pelo lugar.

De lá caminhamos para a Praça da Liberdade que fica na Avenida dos Aliados, considerada por alguns o coração da cidade de Porto. Dela você vê a Câmara Municipal de Porto, um belo prédio, e também uma estátua equestre de Dom Pedro IV (que para os portugueses é IV, mas para nós brasileiros é Dom Pedro I).

Imperdível!

Um dos lugares que você TEM QUE IR quando visita Porto é a Estação São Bento. Esta estação ferroviária foi construída em 1900 e tem suas paredes azulejadas com painéis incríveis! De fato, eles mostram a conquista de Ceuta pelo Infante Dom Henrique. Sem dúvida, um primor artístico que vale a pena ser visto de perto!

Estação São Bento - Porto

Nesse local você se perceberá cercado por predinhos baixos e compactos, coladinhos uns aos outros. Além de ver ruas de paralelepípedos, que apresentam um belo e verdadeiro retrato do centro de Porto.

Próximo dali, tem também a Sé do Porto que foi inaugurada no século XIII. No interior dessa igreja destoam a simplicidade de suas paredes da pedra em comparação com o altar, quase todo coberto de ouro.


Dois Mosteiros para visitar no Douro

Tour Vale do Douro: Degustação de Vinhos, Cruzeiro e Almoço


Tour Gratuito no Porto

Foi na frente da Sé que encontramos um grupo de oferecia “free tours” e que aprendemos a gostar lá em Lisboa. O tour era gratuito, já que você não paga para ingressar ou reservar, mas no final do passeio você dá uma gorjeta pro guia. Então, resolvemos nos juntar a eles.

Saímos de lá e começamos a descer, dobramos uma esquina, outra e outra e já estávamos em um ambiente bem diferente. As ruas eram estreitas, de escada, com quebradas e vielas. Além de casinhas pequenas e mais baixas, feitas de pedras. Então, descobrimos que estávamos na Porto Medieval. Uma área que engloba as Muralhas Fernandinas, que são os resquícios de muralhas que descendem da ocupação romana na área. Infelizmente, elas não estão mais inteiras, mas você consegue visualizar como era a vida nessa pequena vila.

O legal é que os guias nesse momento vão nos contando dos costumes da época e como as pessoas moravam naquele local. Certamente, foi muito legal ter incluído esse tour no nosso roteiro no Porto!

Ribeira

Enfim, chegamos na Ribeira, na margem do Rio Douro. Neste lugar você tem uma vista incrível da Ponte Luis I, além das cavas que ficam em Vila Nova Gaia. Caminhamos pelo Cais da Ribeira. Aliás, é neste local também que você encontra os barcos para fazer passeios pelo Douro.

Infelizmente, não fomos fazer o passeio por conta da neblina que cobria Porto no dia. Mas já conversei com pessoas que amaram o passeio e mencionaram como algo memorável. Se não fosse um dia feio, certamente teríamos ido.

Livraria Lello

Começamos a subir e voltar para o centro. De repente, vimos uma fila enorme. Era a fila para entrar na Livraria Lello.

Essa livraria do século XIX tem uma arquitetura neogótica linda, tanto externa como internamente. Mas sua fama internacional se deu pelo fato da autora de Harry Porter, J. K. Rowling, ter mencionado que se inspirou na livraria que frequentava quando morou no Porto, para criar a escadaria de Hogwarts de seus livros.

Para visitar a livraria é preciso comprar um voucher online (5€) no website da livraria. Entretanto, o valor pode ser deduzido, caso você compre um livro. Você também pode comprar o voucher de entrada na lojinha ao lado da livraria.

Livraria Lello - Porto

Bem pertinho dali, ficam a Igreja e a Torre dos Clérigos. Com um tempo bom você terá uma linda vista de Porto da Torre. Não fomos porque o tempo estava ruim, mas se tivesse bom teríamos ido (risos).

Passamos pelo Miradouro da Vitória onde se tem uma visão linda de porto, da Ponte Luis I e de Vila Nova Gaia. Em seguida, passamos pela Igreja do Carmo e entramos. O altar é deslumbrante!

Na pequena praça em frente a Igreja, está a Universidade de Porto e uma linda fonte chamada de Fonte dos Leões.

Depois, ficamos caminhando pela cidade e admirando a arquitetura única desse lugar encantador, passamos na Rua das Flores e assim nosso tour fechou com chave de ouro.

Seguimos passeando perdidos pela beleza de Porto, passamos pelo Palácio da Bolsa, vimos o Jardim do Infante Dom Henrique e a Igreja Monumento a São Francisco (recomendo entrar). Por fim, voltamos para o Cais da Ribeira e resolvemos ir em um outro tour: o das caves.

Tour pelas caves do Porto

Aproveitamos a oferta feita pela empresa que fizemos o “free tour” pela manhã e resolvemos fazer o passeio pago deles conhecido como Wine Tour. Enfim, pagamos algo em torno de 25 euros por pessoa.

Nos encontramos com o grupo ao pé da ponte Luis I e seguimos para o Cais da Gaia ouvindo as histórias do guia até a cava Croft. Lá fizemos a visita a cave e degustamos três tipos de vinho do porto. Deliciosos! Eu amei o Croft Pink com notas de frutas vermelhas. Trouxe um na mala! #nãoépubli

Recebi indicações para visitar também a Cave Taylor’s e a Martinha foi na Cave Graham’s.

Depois fizemos mais duas paradas em bares em que íamos petiscamos tapas e degustamos vinhos. E seguimos passeando pela cidade, especialmente na região da rua Galerias de Paris, onde rola a agitação dos barzinhos a noite em Porto. E assim acabou nosso primeiro dia.


Excursões e passeios imperdíveis no Porto, Portugal

Pastéis de Belém – O Pastel de Nata com História


Roteiro no Porto, Portugal
Viaje Conectado

Roteiro no Porto, Portugal – segundo dia

No segundo dia desse roteiro no Porto, saímos caminhando sem guia para ver o que ainda faltava da nossa listinha. Tomamos café em uma padaria baratíssima e boa que encontramos pelo caminho em uma esquina e seguimos. Assim passamos pela Igreja de Santo Antônio dos Congregados e pertinho dali fica a Igreja de Santo Idelfonso. As paredes externas revestidas de azulejos azuis e brancos das igrejas são verdadeiras obras de arte.

Seguimos para ver outra parte da Muralha Primitiva e da Muralha Fernandina e fomos ver a vista de cima da ponte Luis I. A vista é bem legal e mesmo com neblina e chuvisco, o Porto consegue se mostrar lindo!

Como a chuva apertou, resolvemos voltar para a rua Santa Catarina e explorar as lojinhas e supermercados – leia-se, ficar em um lugar quente (risos). Para quem não sabe, nossa viagem aconteceu em dezembro.

Como o dia estava meio xoxo, além da chuvinha chata, e era sábado, resolvemos ir dar um rolê de ônibus pela costa. Então, fomos para Matosinhos, na esperança de visitarmos o mercado de lá, já que não tínhamos conseguido ir no Mercado do Bolhão.

Atenção!

No inverno não recomendo a visita, não tem muito o que fazer em termos turísticos. Mas no verão deve rolar um dia na praia que deve ser bem legal.

Quando voltamos já era noite, fomos ver a Praça da Liberdade iluminada com a luzes de Natal. Inclusive, voltamos também para a Ponte Luis I para ver a vista do Porto à noite. No caminho para nosso apartamento, paramos para comer uma francesinha no Café Santiago. Vale a experiência!


O que recomendo incluir no Roteiro no Porto

Os passeios abaixo não tivemos tempo de fazer, mas sugiro caso você queira incluir no seu itinerário:

  • Passeio de Barco (recomendação que recebemos – Douro Azul)
  • Mercado do Bolhão
  • Casa da Música
  • Mercado de Bom Sucesso
  • Jardins do Palácio de Cristal
  • Museu de Arte Contemporânea da Fundação Serralves.

Dicas de passeios desconhecidos no Porto

Dicas de hotéis no Douro


Roteiro no Porto, Portugal

Arredores do Porto: Guimarães e Braga

Visitamos também Guimarães e Braga, cidades menores, mas muito importantes para história de Portugal e deliciosas de turistar.

Muitas excursões fazem bate e volta de 1 dia para visitar as duas cidades no mesmo dia, como esse tour ou esse aqui. Indo por conta e alugando um carro, como nós fizemos, acho que 1 dia para cada cidade é um tempo bom e mais que justo.

Guimarães

Lembra da chuva, nossa amiga da viagem? Então, quando chegamos em Guimarães virou uma tempestade, só conseguimos ver mesmo o Castelo Guimarães e o Palácio dos Duques.

Sendo assim, sugiro a você olhar o post completinho da Martinha sobre um dia em Guimarães. Esta é uma cidade linda, medieval e que foi essencial para a fundação de Portugal.

Se quiser estender a estadia e explorar mais a região do Douro (que é muito linda) veja os posts que temos aqui no Viajoteca


Siga o Viajoteca no Facebook! Mais dicas de viagem!

Do Porto: Excursão de 1 Dia a Braga e Guimarães com Almoço


Castelo de Guimarães - Guimarães

+ A GRACIOSA PONTE DE LIMA NO NORTE DE PORTUGAL


Braga

Braga concentra muitos conventos, igrejas e santuários. Ao chegar, já demos de cara com o Palácio do Raio, um prédio lindo, de azulejos azuis, do século XVIII. Ele tem estilo barroco joanino e vale a pena ser admirado.

Passamos pelos bonitos edifícios da Igreja de São Marcos e da Igreja de Santa Cruz. Depois, seguimos para ver a Sé de Braga.

Entre bonitas praças e avenidas, saímos de frente ao Paço do Concelho de Braga (sede da Câmara Municipal) e o Paço Arquiepiscopal. Logo ali, fica também o belíssimo Jardim de Santa Bárbara que tem acesso livre!

Seguimos para ver o que restou do antigo Castelo de Braga e a Torre de Menagem e depois fomos para a Praça da República. O espaço da praça já estava disposto como local público desde a Idade Média. Ao seu redor tem prédios históricos como o Convento e Basílica dos Congregados, a Igreja da Penha e o Convento das Convertidas que dividem o espaço com cafés, lojas e um bonito chafariz.

De lá, visitamos as Termas Romanas do Alto da Cividade. Este é um espaço super legal e bem cuidado que conserva os resquícios arqueológicos da passagem dos romanos em Portugal. Vale a pena a visita!

Cartão Postal de Braga

Pegamos o carro para ir ao Santuário de Bom Jesus do Monte que é o cartão postal de Braga. É possível subir as escadarias a pé, de funicular ou de carro.

Embora, Braga seja uma cidade menor, se comparada a Lisboa e Porto, achei muito bonita.

No nosso roteiro faltou o Museu dos Biscainhos, um antigo palácio bem conservado de aristocratas do século XIX com um lindo jardim.


+ FRANCESINHA – UMA PAIXÃO A PRIMEIRA GARFADA (DICA DE BRAGA)


Santuário Bom Jesus do Monte Braga, Portugal

Conclusão sobre nosso Roteiro no Porto

Nem preciso dizer que amamos essa viagem, e apesar do clima não ter nos ajudado, tivemos dias especiais!

Então, espero que tenham gostado nesse nosso Roteiro no Porto. Aliás, a próxima parada será Conimbriga e Coimbra.

Até breve!

Seguros Promo

Vale a pena comprar antecipadamente:

LEIA TAMBÉM:

Fale com a gente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Viajoteca usa cookies para tudo funcionar direitinho no seu browser, tudo bem? Aceito Leia mais

Privacidade & Cookies