Página Principal Quebec O que fazer em Quebec City, Canadá

O que fazer em Quebec City, Canadá

por Mirella Matthiesen
0 comment

Pensa em uma cidade charmosa, aconchegante e cheia de história para contar! Pois é pensando numa que vim aqui te contar o que fazer em Quebec City! Não estou exagerando quando digo que Quebec City é um pedacinho da Europa que se materializou no Canadá e sinceramente, é um lugar imperdível de se visitar. Me arrisco até a dizer que Quebec é uma das cidades mais bonitas da América do Norte!

Antes de começar com as dicas, assim como mencionei no post sobre o que fazer em Montreal, quem viaja entre as províncias de Ontário e Quebec precisa entender que existem dois Canadás. Isso mesmo, o Canadá anglofônico, que tem influência gringa e britânica. E o francofônico, que absorveu a identidade francesa e acadiana. Hoje, ambas culturas, juntamente com a multiculturalidade dos novos imigrantes, definem o Canadá.

>> Roteiro pelas cidades do leste do Canadá

Sendo assim, se prepare, pois a questão da língua vai ser a primeira coisa que você vai notar ao chegar na província de Quebec. O francês é muito falado em Montreal e mais ainda Quebec City. Ouimon chéri!

>>> Precisa de seguro viagem para o Canadá?

Petit Champlain
Quartier Petit Champlain

Rápida história de Quebec City

Caminhar por Quebec City é como visitar um museu a céu aberto.

Quebec City foi fundada em 1608 por Samuel de Champlain, também conhecido como “o pai da nova França”. Entre os séculos 17 e 18 Quebec City cresceu lentamente sob o domínio francês. Contudo, o General Wolfe capturou a cidade após a batalha de 1759, quando o Canadá caiu por completo nas mãos dos britânicos. Nessa época, a população de Quebec City tinha cerca de 8.000 habitantes.

Por ser uma cidade portuária e ter uma localização privilegiada, os americanos em 1775 tentaram capturá-la, mas não deu certo. O Canadá já estava ganhando identidade e a coroa britânica estava na jogada!

Em 1791, Quebec se tornou a capital do Lower Canada (Baixo Canadá) e foi quando começou a prosperar e crescer rapidamente. Inclusive, foi nesse período, em 1850, que as instalações militares do Citadelle foram concluídas. Já no início do século 20, Quebec se tornou um importante centro de manufatura. E hoje, o turismo representa uma das principais economias da cidade e não é por menos. Então, vem comigo descobrir o que fazer em Quebec City.

>> 5 roteiros de viagem para o Canadá

Parc du Bastion-de-la-Reine
Parc du Bastion-de-la-Reine

Chip de Internet!

Use nosso cupom: VIAJOTECA e garanta pelo menos 15% de desconto na compra do seu chip de internet 4G com “O Meu Chip“! Super promoção! (O valor do desconto aparece somente depois do pedido, antes de efetuar o pagamento).

Chip de celular - cupom de desconto 15%

Dicas Gerais de Quebec City

Quando ir

Quebec City é uma cidade estruturada para qualquer época do ano. Mas quando se fala em Canadá, não podemos esquecer do inverno, pois ele é realmente congelante!

Na minha opinião, a melhor época para visitar Quebec City vai de maio a outubro, ou seja do final da primavera, verão e início do outono.

verão em Quebec City (junho a agosto) é uma delícia. Os dias são longos, ensolarados e o clima é perfeito para caminhar pelos parques, curtir as ruas históricas e obviamente, tomar um drink nos patios. Mas lembre-se que o verão canadense é quente e pode passar dos 30C, assim como a temperatura pode cair para uns 15C ou até menos, especialmente depois do entardecer.

Agora, se você quer curtir uma estação colorida, recomendo Quebec no outono (final de setembro a início de novembro), pois a paisagem é de tirar o fôlego. Os tons de vermelho, laranja e amarelo das árvores parecem pintura! O clima já estará mais gelado, então leve uma boa jaqueta, especialmente a noite quando a temperatura costuma cair.

>> Porque visitar o Canadá em outubro

Já o inverno de Quebec City (dezembro a fevereiro) é bastante frio e costuma ter muita neve! Mas há festivais que valem a visita, especialmente durante as semanas que antecedem o Natal e o festival de inverno em fevereiro (Le Carnaval de Quebec). E tem também o hotel de gelo e pistas de esqui nos arredores da cidade.

+ Dicas para curtir o inverno no Canadá

E por fim, a primavera em Quebec City (março a maio) é o momento de renovação. Abril costuma ser a temporada das chuvas, tudo isso para as flores desabrocharem em maio.

>>> Melhor app de previsão do tempo do Canadá

Outono no Canadá
Outono em Quebec City

Como chegar

>> Conheça nossa comunidade do Facebook “Viajando pelo Canadá”

Quebec City fica há 800 km de Toronto, 450 km de Ottawa, 265 km de Monreal e 4.500 km de Vancouver (5 horas de voo).

Não há voo direto do Brasil para Quebec City, pois a Air Canada só opera vôos direto de São Paulo para Toronto e Montreal. Entretanto, você chega em Quebec City de avião através das principais cidades canadenses (Montreal, Ottawa, Toronto e Vancouver) e também de Nova York. Acima disso, no verão canadense costuma ter vôos de Paris e Londres para Quebec.

>> Aprenda a usar Google Flight

Outras opções de como chegar em Quebec City, já dentro do Canadá, temos o trem pela Via Rail Canada (viarail.ca),  as empresas aéreas Air Canada (aircanada.ca), West Jet (westjet.com) e Porter (flyporter.com) e para aluguel de carro recomendamos a rentcars.com para pagamento em Real e sem IOF. Passagem aérea com DESCONTO

Petit Champlain
Quebec City a noite

Onde ficar em Quebec City

Há muitos lugares legais para ficar em Quebec City. Eu, por exemplo, na minha última visita fiquei no Hilton que tem uma localização perfeita (ideal, na minha opinião), mas achei que como hotel 5 estrelas, o Hilton deixou um pouquinho a desejar, com exceção da vista do nosso quarto que foi espetacular, veja foto abaixo.

Certamente, o melhor lugar para ficar em Quebec City é no centro histórico. Use o famoso Chateau Frontenac, o hotel mais famoso do Canadá, como referência de localização. Mas escolher acomodações nos arredores da muralha também é uma ótima opção, eu até prefiro.

Lembre-se que o centro histórico de Quebec tem a parte alta (Haute-Ville) e a parte baixa (Basse-Ville). Apesar da parte baixa ser um encanto, eu acho que ficar na parte alta é melhor.

Veja abaixo algumas opções de hotéis bem avaliados no Booking:

Mapa dos hotéis em Quebec City:

Booking.com
Onde ficar em Quebec City
Visto do nosso hotel em Quebec

O que fazer em Quebec City

Um dia em Quebec City é suficiente para conhecer as principais atrações do centro histórico. Aliás, esse pedaço da cidade é relativamente compacto, mas é tão bonito e charmoso que recomendo deixar a pressa de lado e ir percorrendo as ruas com calma. A noite também é uma delícia percorrer esses mesmos lugares.

É muito comum fazer excursão de um dia para Quebec City saindo de Montreal (veja essa opção, C$120 p/p), mas se tiver mais tempo, fique uma ou duas noites. Tenho certeza que você não se arrependerá!

Com dois dias em Quebec City você pode aproveitar para conhecer a região ou usar esse tempo para conhecer museus, voltar a lugares que gostou, tomar um café demorado apreciando o vai e vem de turistas etc.

Se as panturrilhas estiverem preparadas, vem comigo descobrir o que fazer em Quebec City!

Promenade des Gouverneurs
Escadaria do Promenade des Gouverneurs

Roteiro de 1 dia em Quebec City

Certamente escolher o melhor roteiro para conhecer Quebec City em um dia não é tarefa fácil, pois tem várias ruazinhas lindas que faz a gente querer ficar indo e voltando. Então, marquei abaixo as principais atrações e também fiz um mapinha para te guiar nesse roteiro em Quebec, contudo se perder faz parte do passeio.

Minha dica é começar pela parte alta e depois ir descendo. Acima disso, para quem não aguentar retornar subindo, certamente vale a pena experimentar o funiculare!

Funiculare, Quebec City
Funiculare de Quebec City

Principais atrações de Quebec City

  • Fora da muralha
    • Sede do parlamento – Parliament Building | Hôtel du Parlement du Québec
    • Parque – Plains of Abraham | Plaines d’Abraham
    • Museu – Forte | La Citadelle de Québec
    • Parque – Place D’Youville
  • Dentro da Muralha
    • Parte alta: Château Frontenac, terraço Dufferin, Rue Trésor, Rue St Jean e Rue St.Louis
    • Parte baixa ou Quartier Petit Champlain: Escalier Casse-Cou (escadaria), Funiculaire, Rue Petit Champlain, Parque Batterie Royale, Place Royale (praça) e La Fresque des Québécois (mural)

Mapa – Roteiro Quebec City

Abaixo deixo o mapa com as principais atrações de Quebec para você se localizar. Em seguida, descrevo cada um desses lugares, mais ou menos pela ordem que eu seguiria para visitar.

Sede do parlamento do Quebec

Dependendo de onde estiver hospedado recomendo começar sua visita por aqui.

Quebec City é a capital da província de Quebec e o prédio do parlamento, ou “National Assembly” como os quebecoises o chamam, se localiza na parte alta da cidade, praticamente ao lado da muralha do centrinho histórico.

O prédio foi construído em 1886 e na fachada se pode observar vinte e duas estátuas de algumas das figuras mais importantes da história do Quebec. A noite essa fachada fica toda iluminada e o edifício em si é bastante majestoso.

Você pode optar por fazer visitas gratuitas com ou sem guia pelo interior do parlamento. [Clique aqui para mais informações]

Continue o passeio subindo a rua Grande Allée Est até a Place Montcalm, para conhecer o parque Plains of Abraham.

Hôtel du Parlement du Québec
Hôtel du Parlement du Québec

Parque – Plains of Abraham

O Plains of Abraham é um agradável parque de Quebec City, dá para gastar algumas horas por ali descansando, caminhando ou se exercitando. Contudo, para quem tem pouco tempo, recomendo visitar apenas o pequeno Jardin Jeanne-d’Arc e depois seguir na direção da Citadelle.

Plaines d’Abraham, nome do parque em francês, outrora foi campo de batalha palco da queda da Nova França para a coroa britânica. Mas hoje, a história é outra…

Plains of Abraham | Plaines d’Abraham
Plains of Abraham | Plaines d’Abraham

Citadelle

A Citadelle é uma instalação militar ainda ativa, museu e também segunda residência oficial do rei do Canadá (leia-se, Rei Charles III da Inglaterra) e da governadora-geral do Canadá, cuja primeira residência se localiza em Ottawa. Como curiosidade, a Citadelle possui em suas instalações o edifício militar mais antigo do Canadá e faz parte das fortificações da cidade de Quebec City!

E por falar em fortificações, Quebec é uma das duas únicas cidades da América do Norte ainda cercadas por muralhas, sendo a outra Campeche, no México. Interessante, não é mesmo?

Você pode visitar o museu do Citadelle que é pago (clique aqui) ou pode apenas caminhar pelos arredores, como a maioria das pessoas. Além disso, durante o verão é possível ver a cerimônia da troca da guarda que acontece diariamente as 10h da manhã (gratuita).

Agora é hora chegar no Chateau Frontenac, dessa forma você pode escolher dois caminhos, ou fazer ambos. O caminho mais bonito, na minha opinião, é seguir pelo gramado ao lado da Citadelle (Parc du Bastion-de-la-Reine) até o Terraço Pierre-Dugua-De-Mons. Pois ali se tem uma vista lindíssima de Quebec. Desse local, basta descer a rampinha sapeca até o Terraço Dufferin. Como alternativa, contorne a Citadelle até chegar no Promenade des Gouverneurs, para então descer a famosa escadaria de 398 degraus e chegar no mesmo Terraço Dufferin.

Quebec City, Canadá
Vista do Terraço Pierre-Dugua-De-Mons

Terrasse Dufferin & Chateau Frontenac

Impossível fazer uma lista do que fazer em Quebec City sem mencionar a foto instagramável que se tira do Chateau Frontenac a partir do Terrasse Dufferin. A dica é visitar essa parte da cidade ainda pela manhã para ter a posição do sol a seu favor para as fotos. Mas o local é lindo de dia e de noite!

O Fairmont Le Château Frontenac define o visual idílico que temos de Quebec, ou seja, um prédio imponente localizado no topo de um penhasco com vista para o rio São Lourenço. Diz a lenda que é um dos hotéis mais fotografados do mundo, e é fácil entender o porquê.

Há visitas guiadas para conhecer o interior e a história do Frontenac, mas o legal mesmo é tomar um high tea (café da tarde) no “castelo”!

>> Os hotéis de luxo que parecem castelo no Canadá!

Continue o passeio a caminho da cidade baixo, ou Quartier Petit Champlain. Para isso vá descendo a Escalier Frontenac (escadaria) e a Escalier Casse-Cou (escadaria quebra-pescoço), parando onde quiser, até chegar na Rue du Petit Champlain.

Chateau Frotenac & Dufferin Terrace
Chateau Frotenac & Dufferin Terrace

Quartier Petit Champlain

O Quartier Petit Champlain é uma das partes mais fofas de Quebec City. Dessa forma, vá caminhando por todas as ruas, entrando nas lojinhas que te chamam a atenção e aproveite para almoçar por ali.

O restaurante Le Lapin Sauté tem fama de ser gostoso, mas é difícil conseguir lugar sem reservar. Já o bistrô Sous le Fort fica como uma alternativa. Para o jantar, se puder gastar, recomendo a experiência gourmet no La Tanière.

Não se prenda a mapas, pois realmente não faz o menor sentido nesse local. Contudo, não deixe de ver essas atrações: Rue Petit Champlain, Parque Batterie Royale (para tirara a foto na moldura), Place Royale (praça) e La Fresque des Québécois (mural). Querendo esticar um pouquinho mais, siga até a Rue Saint-Paul, lá tem algumas galerias e restaurantes.

Se quiser experimentar pirulito de maple, o que chamamos de “Taffy“, no final da Rue Petit Champain você encontra na loja La Petite Cabane à Sucre de Québec, eu adoro! Outra guloseima típica do Canadá é o “beaver tail”, uma massa frita em formato de rabo de castor que você escolhe o recheio em cima (doce ou salgado). Por fim, se você gosta de pipoca doce (e salgada) experimente a Mary’s Popcorn. Yumi! Yumi!

>>> Comidas típicas canadenses

Hora de retornar a cidade alta e você pode pegar o mesmo caminho que desceu, ou subir de funiculare (C$4) até o Terrasse Dufferin.

Place Royale, Quebec City
Place Royale, Quartier Petit Champlain

Rue Trésor & Place d’Armes

De volta a cidade alta, recomendo dar uma passadinha a Rue Trésor (um quarteirão) para ver artistas locais vendendo seus quadros e pinturas, não é um passeio imperdível, mas bem singular dessa rua.

Rue Trésor
Rue Trésor

Rue St. Jean e Rue St. Louis

Essas duas ruas são paralelas e as entradas principais da cidade murada da parte alta da cidade. Sendo assim, recomendo você visitá-las em algum momento.

Ambas tem bastante restaurantes e lojinhas, especialmente a Rue Saint-Jean, que apesar de ter muitos restaurantes pega-turistas, tem outros excelentes. Nisso, recomendo o Le Bedeau para quem gosta de vinhos e tapas, o Le Casse-Crêpe Breton para um crepe que encaixa em qualquer orçamento ou o Chez Boulay-bistro para um opção gourmet.

Place D’Youville

Por fim, no final da Rue St. Jean, saindo da parte murada você vai chegar na praça D’Youville. Local onde ficam os principais teatros da cidade, assim como um espaço para skatistas se divertirem, tanto no verão e principalmente no inverno, quando uma pista (oficial) de patinação de gelo se instala por ali.

Agora, querendo saber o que fazer em Quebec City fora do circuito turístico, especialmente onde comer ou sair a noite. Continue na Rue St. Jean e irá encontrar restaurantes e bares frequentados por locais. Nós experimentamos o Restaurant Sinsemilla e adoramos. Aliás, na opinião do meu marido, a província de Quebec faz as melhores cervejas do Canadá! Boa dica para os cervejeiros. 😉

Place D’Youville
Place D’Youville

Não esqueça do Seguro Viagem!

Viaje tranquilo/a e adquira um bom Seguro Viagem para eventuais emergências. O sistema de saúde do Canadá não cobre turistas. Sendo assim, se você ou sua família precisarem usar qualquer tipo de atendimento, o custo poderá ser altíssimo! Então, não se arrisque e faça uma cotação sem compromisso.


Dois dias em Quebec City

Se você for passar dois dias em Quebec City, no segundo dia recomendo conhecer os arredores. Sendo assim, deixo três sugestões de lugares para visitar, você pode ir de carro ou com algum /tour.

Cataratas Montmorency

As cataratas de Montmorency tem 83 metros de altura, contudo apesar de ser 30m mais alta que Niagara Falls, o impacto visual não é o mesmo, mas não é por isso que não merece sua visita.

A queda d’agua está localizada em um parque com o mesmo nome a 15 minutos de Quebec. Certamente, um dos passeios mais visitados da região.

Durante a sua visita, você pode pegar um teleférico até o topo do penhasco para admirar as cataratas de um ponto vantajoso. Para os mais aventureiros (a partir de 8 anos) tem a opção de fazer tirolesa ou escalada na via ferrata!

>>Tour para Cataratas de Montmorency com Passeio de Teleférico

>> Excursão de meio dia por Quebec City e Montmorrency

Islê de Orleans

O passeio pela Ilha de Orleans é um convite a curtir uma bela paisagem, comer coisas gostosas pelo caminho e ainda mergulhar na história com as construções de casas que datam do século XVII. Enfim, a ilha é um tesouro da herança francesa no Canadá!

Aproveite o passeio para conhecer os artistas locais, fazendinhas e barracas de produtos artesanais que ficam na estrada de meados de junho a meados de outubro. A dica é dirigir pela estrada Chemin Royal no sentido anti-horário. Dali você passará pelos seis vilarejos da Ilha de Orleans!

Excursões para Montmorency e Ilha de Orleans:

O que fazer em Quebec City
Fazenda de maçãs na Ilha de Orleans

Basílica Sainte-Anne-de-Beaupré

A Basílica de Santa Ana é o local de peregrinação mais antigo da América do Norte, então esse é um programa muito legal para católicos ou pessoas interessadas em passeios religiosos.

O Santuário de Sainte-Anne-de-Beaupré fica há 20 minutos de Quebec City e recebe quase um milhão de visitantes anualmente. Inclusive, o Papa Francisco realizou uma missa muito importante para ajudar na reconciliação entre os povos nativos e a igreja, em julho 2022, nessa mesma basílica.

O nome da cidade e basílica foi dado em homagem a Santa Ana, avó de Jesus. Há mais de 350 anos, pessoas de todas as idades se reúnem neste Santuário para rezar, apreciar a beleza de inúmeras obras-primas artísticas (pinturas, mosaicos, vitrais, esculturas em pedra e madeira) e descobrir a história de Santa Ana.

Curtiu as dicas de Quebec City?

Ufa… esse post ficou imenso, mas tentei resumir um pouquinho sobre o que fazer em Quebec City em dois dias e aproveitar muito cada minuto! Como vocês sabem moro no Canadá há mais de 20 anos e amo explorar e esse lugar que hoje chamo de caso.

Lembre-se de usar nossos links para suas reservas, isso nos ajuda a manter o Viajoteca atualizado, além nos incentivar a compartilhar ainda mais dicas do Canadá e do mundo! Obrigada pela companhia!

LEIA TAMBÉM:

Fale com a gente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Viajoteca usa cookies para tudo funcionar direitinho no seu browser, tudo bem? Aceito Leia mais

Privacidade & Cookies