O que fazer em Colmar, a jóia da Alsácia!

0

Situada entre vinhedos, casinhas tradicionais, canais e com um charme sem igual, Colmar parece que saiu de um conto de fadas e se instalou na belíssima região francesa da Alsácia, ali do ladinho da Alemanha e Suiça.

São mais de 1.000 anos de história para contar e muita arquitetura linda para fotografar.

O que fazer em Colmar, FrançaPor sorte, ela não foi fortemente atacada em nenhuma das últimas grandes guerras européias, e o resultado disso todos nós colhemos, pois Colmar é uma das cidades mais deliciosas de se passear e voltar no tempo.

Claro que com todo esse charme e beleza, ela recebe muitos visitantes, então, não espere solitude, especialmente entre 10h e 15h durante os finais de semana ensolarados.

Dos muitos relatos que vi da cidade, eu tinha a impressão dela ser minúscula, como as três vilas que visitei no caminho entre Estrasburgo e Colmar, mas na verdade, ela tem quase 70.000 habitantes, então a entrada da cidade não tem aquele ar “meigo”, mas depois que se chega no centrinho histórica… ai gente, é muita fofura junta!!!

O que fazer em Colmar, França

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, ele é obrigatório nas viagens para a Europa.  Nossos leitores recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Europa 1

PS: Se gosta das dicas do Viajoteca, usando nossos links, você não paga nada a mais por isso e a ajuda o blog a se manter 😉 . E só recomendamos empresas que usamos e confiamos. Obrigada, pessoal!!!!

O que fazer em Colmar

Saímos de Estrasburgo logo cedo com objetivo de conhecer algumas cidades no caminho. Chegamos em Colmar logo depois do almoço e deixamos nosso carro alugado no estacionamento da pracinha Fontaine Bruat. De lá, seguimos para o centro histórico onde fomos nos perdendo e nos encontrando!

A dica é caminhar sabendo o que visitar, mas sem engessar o mapa, pois você pode encontrar pedacinhos lindos em lugares inesperados.

Veja o mapinha abaixo dos principais lugares para visitar em Colmar:

Place de la Cathédrale

O quarteirão Place de la Cathédrale se localiza no coração de Colmar e sua grande atração é a Igreja Colegiado St. Martin (Collégiale Saint-Martin), um exemplo de arquitetura gótica construída entre 1235 e 1365, os habitantes de Colmar a consideram uma catedral, mas na verdade ela só foi reconhecida como uma por aproximadamente 10 anos, de 1790 a 1801.

Outros pontos para você paquerar nessa região é a antiga delegacia de polícia (Ancien Corps de Garde) de arquitetura renascentista, originalmente uma capela, mas desde 1575 vem sendo usada outros fins, desde comércio até estação de polícias.

A Maison Adolph, um dos prédios mais antigos de Colmar, construída em 1350.

Continuando pela Grand Rue você encontrará a Igreja St. Matthieu (Eglise protestante St-Matthieu), uma igreja protestante construída no século XIII. Ali do lado, a belíssima Maison Pfister, que mistura o estilo medieval e renascentista foi construída em 1537 por Ludwig Scherer.

O que fazer em Colmar, França

Não deixe de caminhar pela Rue des Boulangers e Rue des Serruriers para curtir as casinhas e na Rue des Têtes, a Maison des Têtes, é outro belo exemplo de arquitetura renascentista e hoje um dos hoteis 5 estrelas de Colmar.

Outra igreja para visitar tem um arquitetura da ordem medicante, a Igreja Domenicana (Dominican Church).

Ali pertinho fica a Rue des Clefs, um rua das principais ruas de comércio do centro antigo de Colmar.

Maison Pfister, Colmar
Maison Pfister

Sugestões de hospedagem em Colmar:

Assim como Estrasburgo, Colmar é uma excelente base para quem vai conhecer a região da Alsácia. Selecionamos alguns hoteis ou apartamentos com boas avaliações para ajudar na sua pesquisa.

O que fazer em Colmar, França

Musée Unterlinden

Localizado no antigo convento dominicano, para quem gosta de visitar museus e tem mais tempo para dedicar a cidade, o Unterlinden é o principal museu de Colmar.

  • Não abre as terças-feiras e nos dias: 1/Jan, 1/Maio, 01/Nov e 25/Dez.
Musée Unterlinden- ©Ruedi Walti
Musée Unterlinden- ©Ruedi Walti




Koïfhus

Entre as intersecções das ruas Grand Rue and Rue des Marchands, a casa Koïfhus tinha uma localização estratégica na época medieval e seu prédio foi finalizado em 1480. No século XV esse local de aduanas era o centro econômico e político de Colmar.

No século XIX as condições do prédio estavam tão precárias, que quase foi demolido! Ainda bem que desistiram dessa ideia e restaurações forma feitas. Nas janelas da Koïfhus ainda é possível ver os brasões de 10 cidades nas janelas do prédio.

Daqui, facilmente a gente chega na Grand Rue, umas das ruas principais de comércio e restaurantes da cidade.

Little Venice

Se existe um lugar dos sonhos em Colmar, a região da Little Venice é a resposta.

Difícil descrever esse lugar de casinhas enxaimel coloridas ao longo do Rio Lauch, tudo é tão perfeito e lindo, que parece de mentira!

Um dos passeios mais procurados pelos turistas é o passeio de barco pelo canal, mas confesso que adorei parar no Café de La Lauch para curtir um riesling e os barquinhos passando no quintal do restaurante.

Para se encantar com essa parte da cidade, comece a caminhada pela ruamais fotografa de Colmar, a Quai de la Poissonnerie, siga pela Rue de la PoissonnerieRue Turenne. A dica é caminhar bem calmamente 🙂

O que fazer em Colmar, FrançaO que fazer em Colmar, França

EasySim4U EuropaVocê consegue viajar sem celular? Já saia do Brasil com o seu chip de celular europeu e com internet boa! Eu testei algumas vezes e aprovei. Ganhe o frete grátis toda vez que usar nosso link.

Quartier des Tanneurs

O distrito dos curteiros, Quartier des Tanneurs em francês, é um conjunto de casinhas enxaimel lindinhas, em sua maioria construída entre os séculos  XVII e XVIII localizada bem no centrinho de Colmar.

As casas eram habitadas pelos curteiros (artesãos de couro) e suas famílias.

O que fazer em Colmar, França

Quai de la Poissonnerie

Outro lugar de Colmar que se parece com um conto de fadas é o distrito dos peixeiros, Quai de la Poissonnerie em francês.

Os pescadores e suas famílias moravam nessas casas e ali também estocavam e comercializavam a pesca. Em 1706 houve um incêndio que destruiu mais de 40 casas, mas hoje elas estão em seu pleno esplendor!

O que fazer em Colmar, França

Como vocês podem ver, Colmar tem muito a oferecer e tenho certeza que irão adorar!

Aliás, a região da Alsácia, na França, é demais!!!


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Europa 1

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios na Europa com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro na Europa com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


Comente Aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.