Página Principal Colmar O que fazer em Colmar, França – A jóia da Alsácia!

O que fazer em Colmar, França – A jóia da Alsácia!

por Mirella Matthiesen
0 comment

Apesar de pequena, há muito o que fazer em Colmar, na França. De tão especial, a gente chega a se perder diante tamanha beleza, colorido e charme!

Situada entre vinhedos, casinhas tradicionais, canais e com um encanto sem igual, Colmar parece que saiu de um conto de fadas e se instalou na belíssima região francesa da Alsácia, ali do ladinho da Alemanha e Suiça.

São mais de 1.000 anos de história para contar e muita arquitetura linda para fotografar. Definitivamente você precisa visitar Colmar!

LEIA TAMBÉM :

O que fazer em Colmar, França

Seguro Viagem para Europa

Não esqueça de comprar um bom Seguro Viagem Internacional, pois ele é obrigatório para viagens na Europa! Além de você não correr o risco de ser deportado (sim, isso acontece muito mais do que a gente imagina), você estará protegido se algo de ruim acontecer. 

Tudo pode parecer exagero, mas vai por mim, seguro viagem é o tipo da coisa que melhor dizer “paguei e não usei” do que “precisei e não tinha!”. Aproveite nosso link e receba no mínimo 5% de desconto!!!

Desconto Seguro Viagem

Sobre Colmar, França

Por sorte, Colmar não foi fortemente atacada em nenhuma das últimas grandes guerras européias, e o resultado disso todos nós colhemos, pois ela é uma das cidades mais deliciosas de se passear e voltar no tempo.

Claro que com todo esse charme e beleza, tem o ponto negativo dela receber muitos visitantes, então, não espere solitude, especialmente entre 10h e 15h durante os finais de semana ensolarados.

Dos muitos relatos que vi da cidade, eu tinha a impressão dela ser minúscula, como as três vilas que visitei no caminho entre Estrasburgo e Colmar, mas na verdade, ela tem quase 70.000 habitantes, então a entrada da cidade não tem aquele ar “meigo”, mas depois que se chega no centrinho histórico… ai gente, é muita fofura junta!!!

Leia mais dicas da Alsácia:

Viagem a Colmar, França

Sugestões de hospedagem em Colmar:

Antes de falarmos sobre o que fazer em Colmar, vou apresentar algumas dicas sobre onde ficar durante sua visita a cidade.

Minha base durante essa viagem a Alsácia foi Estrasburgo, mas Colmar também é uma ótima cidade para se instalar. Tudo vai depender do seu estilo e do que vai querer visitar.

Selecionei alguns hoteis ou apartamentos, com boas avaliações, para ajudar na sua pesquisa. Aliás, tem bem mais opções de apartamentos que hoteis em Colmar.

O que fazer em Colmar, França

O que fazer em Colmar

Saímos de Estrasburgo cedinho logo cedo, pois queríamos aproveitar para conhecer algumas vilazinhas no caminho.

Chegamos em Colmar logo depois do almoço e deixamos nosso carro alugado no estacionamento da pracinha Fontaine Bruat. De lá, seguimos para o centro histórico onde fomos nos perdendo e nos encontrando!

Caso você não esteja de carro, você pode optar por um tour de 1 dia saindo de Estrasburgo, como esse aqui, com boas avaliações.

A dica é passear em Colmar sabendo o que visitar, mas sem engessar o mapa, pois você pode encontrar pedacinhos lindos em lugares inesperados.

Veja o mapinha abaixo dos principais lugares para visitar em Colmar:

Place de la Cathédrale

O quarteirão Place de la Cathédrale se localiza no coração de Colmar e sua grande atração é a Igreja Colegiado St. Martin (Collégiale Saint-Martin), um exemplo de arquitetura gótica construída entre 1235 e 1365, os habitantes de Colmar a consideram uma catedral, mas na verdade, ela só foi reconhecida como uma por aproximadamente 10 anos, de 1790 a 1801.

Outros pontos para você paquerar nessa região é a antiga delegacia de polícia (Ancien Corps de Garde) de arquitetura renascentista, originalmente uma capela, mas desde 1575 vem sendo usada outros fins, desde comércio até estação de polícias.

A Maison Adolph, um dos prédios mais antigos de Colmar, construída em 1350.

Continuando pela Grand Rue você encontrará a Igreja St. Matthieu (Eglise protestante St-Matthieu), uma igreja protestante construída no século XIII. Ali do lado, a belíssima Maison Pfister, que mistura o estilo medieval e renascentista foi construída em 1537 por Ludwig Scherer.

Passeios lindos saindo de Colmar (bate e volta):

O que fazer em Colmar, França

Mais do que fazer em Colmar…

Não deixe de caminhar pela Rue des Boulangers e Rue des Serruriers para curtir as casinhas e na Rue des Têtes, a Maison des Têtes, é outro belo exemplo de arquitetura renascentista e hoje um dos hoteis 5 estrelas de Colmar.

Outra igreja para visitar tem um arquitetura da ordem medicante, a Igreja Domenicana (Dominican Church).

Ali pertinho fica a Rue des Clefs, um rua das principais ruas de comércio do centro antigo de Colmar.

Maison Pfister
Maison Pfister

Musée Unterlinden

Localizado no antigo convento dominicano, para quem gosta de visitar museus e tem mais tempo para dedicar a cidade, o Unterlinden é o principal museu de Colmar.

  • Não abre as terças-feiras e nos dias: 1/Jan, 1/Maio, 01/Nov e 25/Dez.
Musée Unterlinden- ©Ruedi Walti
Musée Unterlinden- ©Ruedi Walti

Koïfhus

Entre as intersecções das ruas Grand Rue and Rue des Marchands, a casa Koïfhus tinha uma localização estratégica na época medieval e seu prédio foi finalizado em 1480. No século XV, esse local de aduanas, era o centro econômico e político de Colmar.

No século XIX as condições do prédio estavam tão precárias, que quase foi demolido! Ainda bem que desistiram dessa ideia e restaurações foram feitas.

Nas janelas da Koïfhus ainda é possível ver os brasões de 10 cidades nas janelas do prédio.

Daqui, facilmente a gente chega na Grand Rue, umas das ruas principais de comércio e restaurantes da cidade.

Outras dicas de viagem na França:

O que fazer em Colmar, França

Little Venice

Se existe um lugar dos sonhos em Colmar, a região da Little Venice é a resposta.

Difícil descrever esse lugar de casinhas enxaimel coloridas ao longo do Rio Lauch, tudo é tão perfeito e lindo, que parece de mentira!

Um dos passeios mais procurados pelos turistas é o passeio de barco pelo canal, mas confesso que adorei parar no Café de La Lauch para curtir um riesling e os barquinhos passando no quintal do restaurante (foto acima).

Para se encantar com essa parte da cidade, comece a caminhada pela rua mais fotografa de Colmar, a Quai de la Poissonnerie, siga pela Rue de la PoissonnerieRue Turenne. 

A dica é caminhar bem calmamente! 🙂

Little Venice

Quartier des Tanneurs

O distrito dos curteiros, Quartier des Tanneurs em francês, é um conjunto de casinhas enxaimel lindinhas, em sua maioria construída entre os séculos  XVII e XVIII localizada bem no centrinho de Colmar.

As casas eram habitadas pelos curteiros (artesãos de couro) e suas famílias.

O que fazer em Colmar, França

Quai de la Poissonnerie

Outro lugar de Colmar que se parece com um conto de fadas é o distrito dos peixeiros, Quai de la Poissonnerie em francês.

Os pescadores e suas famílias moravam nessas casas e ali também estocavam e comercializavam a pesca.

Em 1706 houve um incêndio que destruiu mais de 40 casas, mas hoje elas estão restauradas em seu pleno esplendor!

QUAI DE LA POISSONNERIE

Curtiram as dicas do que fazer em Colmar?

Como vocês puderam ver, Colmar tem muito a oferecer e tenho certeza que irão adorar! Eu me apaixonei pela região e fico sonhando com o dia de voltar e curtir ainda mais!!!

Você pode combinar esse viagem a Alsácia com Paris ou mesmo a Suiça ou Alemanha, a posição dela é estratégica e você sente todas essas culturas se misturem na região.

E se gostou dessas dicas do viajoteca, não esqueça de fazer suas reservas de hoteis, carro, seguro, chip de celular e passeios usando nossos links, você não paga a mais por isso, as vezes ganha descontos especias, e nos ajuda (muito) a manter o blog cheio de novas experiências de viagem!!!

Qualquer dúvida estou a disposição nos comentários abaixo enão esqueça de voltar aqui depois da viagem e me contar como foi!

Quem ama a França???

15 CIDADES IMPERDÍVEIS NA FRANÇA

OS CASTELOS MAIS BONITOS DA FRANÇA

LEIA TAMBÉM:

Fale com a gente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Viajoteca usa cookies para tudo funcionar direitinho no seu browser, tudo bem? Aceito Leia mais

Privacidade & Cookies