Missões Jesuítas na Argentina – bate e volta desde Puerto Iguazu

14

Uma das melhores decisões que fizemos durante nossa viagem a Foz do Iguaçu, foi ter ido conhecer um pouco das Missões Jesuítas na Argentina, fizemos o trajeto bate e volta de carro de Puerto Iguazu a San Ignacio Mini e deu super certo.

Ruínas de San Ignacio Mini, Argentina
Ruínas da missão San Ignacio Mini – hoje protegida como patrimônio da humanidade pela UNESCO

A região das missões jesuítas na América, ou também conhecidas como Reduções Jesuítas, se concentram principalmente entre o sul do Brasil, Argentina e Paraguai – aquela região das Missões que aprendemos na escola, sabe?

Lendo aqui e acolá, eu já sabia que um dia seria pouco para ver tudo, mas era o que tínhamos e embarcamos nessa “aventura”. Fizemos o passeio com carro particular (da minha mãe) e não tivemos problemas (mais detalhes e dicas práticas no final desse post).

Missões Argentinas
Tour guiado em San Igancio Mini

Saímos de Puerto Iguazu por volta das 10 da manhã e nos concentramos somente em duas Missões do lado argentino, a San Ignacio Mini e a Loreto – achei de bom tamanho, apesar de eu ter ficado com muita vontade de conhecer a Missão Trinidad do lado paraguaio.

São 243km de Puerto Iguazu a San Igancio Mini (acrescente pelo menos uns 30km se estiver em Foz do Iguaçu) e espere viajar cerca de 3 horas. Nós que gostamos de road trip, não achamos a viagem cansativa, já que a paisagem é interessante e volta e meia você vai passando por dentro das cidades… Recomendo sempre o uso do GPS, mas basta ir seguindo pela “Ruta 12” que não tem erro, você vai chegar em San Ignacio Mini. Para ir até a Missão Loreto, são outros 13km pra frente (8km na Ruta 12 e 3km por dentro da “cidade”).

Mapa da região das Missões Jesuítas
Foto do Mapa da região das Missões Jesuítas

As ruínas da Missão San Ignacio Mini estão infinitamente melhores preservadas que a Loreto, se as duas estiverem no seu planejamento, recomendo visitar a Loreto primeiro.

seta-top Imagens das ruínas da Missão Loreto, como se pode ver, ela é bem mais selvagem, mas vale a passada para comparar e praticamente ter a missão só pra você, pelo menos foi assim com a gente.

Uma das dicas que peguei com a Dani S. no blog Viaje na Viagem, foi sobre o delicioso almoço que tivemos em San Ignacio no La Carpa Azul [Rivadavia 1295, San Ignacio], o restaurante fica em frente a missão e tirando o calor, foi tudo maravilhoso! Simples, gostoso e fresquinho…

 

Você sabia?

No século VX foi quando  a expansão Guarani procedente da Amazônia começou a ganhar força na região das missões argentinas (atualmente a província Misiones), porém, foi no século XVII que a área realmente se destacou e tomou forma com a chegada dos jesuítas e da catequização desse povo indígena, em poucos anos eles estabeleceram mais de 30 reduções baseadas na agricultura e numa sociedade isenta de vícios e maldades (há controvérias sobre a maneira que os Jesuítas e Guaranis se entenderam – vale ler o wikipedia para quem gosta de detalhes históricos e a Camilla, do blog Viaggiando, também contou um pouquinho sobre a história da Missão San Ignacio Mini pra quem se interessar.

Ruínas de San Ignacio Mini
Ruínas da Missão San Ignacio Mini

Estou longe de ser expert em missões, mas nessa visita tivemos a oportunidade de aprender um pouco mais sobre a historia das missões e o impacto que ela causou ao povo nativo. Gostei de ter participado da visita guiada em San Ignacio Mini e gostaria de ter tido mais tempo de visitar o pequeno museu antes de começar o tour.

Dicas importantes para sua viagem:

– A estrada estava em boas condições (janeiro/2014),
– Gastamos 4 pesos de pedagio,
– Há um posto policial logo depois de Puerto Iguazu, e notamos que somente carros com placas brasileiras eram parados. Tivemos que abrir o porta mala (o Kiko desceu do carro para abri-lo e evitar problemas), não demos gorjeta e nem fomos importunados,
– Antes de viajar para a Argentina, recomendo obter a carta verde com sua seguradora antes de seguir viagem e se o carro não tiver no seu nome, tenha autorização do proprietário para dirigir,
– Fique atento com o tanque, não há muitos postos na estrada, especialmente os de marcas conhecidas como Shell (a gente sempre fica com receio de gasolina adulterada),
– Aconselho ir de tennis pois tem muito mato, especialmente na Missão Loreto que é a mais selvagem,
– Você pode usar o mesmo ingresso para as duas missões [70 pesos para estrangeiros e 60 para latinos] – Website da Missão San Ignacio Mini,
– Horário de verão brasileiro não se aplica a Argentina, então fique atento, e
– No verão o calor é muito escaldante, esse foi nosso único pesar.

Missão San Ignacio Mini
Missão San Ignacio Mini – visão geral pra dar ideia de tamanho…

E foi assim … Ficaremos felizes com  pitacos e perguntas na caixa de comentário abaixo!

Do contrário, continue lendo nosso roteiro:  4 dias por Foz do Iguaçu


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


14 Comentários
  1. Camila Navarro Diz

    Tá aí uma viagem que eu quero repetir, dessa vez com mais preparação prévia. Ainda quero voltar para rever San Ignacio e para conhecer outras reduções. É uma região muito bacana, né? Só não tenho saudades do calor insuportável. rsrs

    E obrigada por citar o Viaggiando! 🙂

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Camila,
      Também quero tentar voltar um dia … quem sabe naquela viajada tão sonhada “de carro até o fim do mundo”.
      O calor foi bravo mesmo!!! Jesuis 🙂
      Bjão e é um prazer citar você… adoramos seu blog

  2. Sergio Fajardo Diz

    Muito boa a matéria, tenho vontade de conhecer. Mas só uma observação, esse mapa das missões jesuíticas está incompleto pois havia várias outras reduções, como no Paraná, onde havia 13. Parabéns pela página!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Sergio,
      Obrigada pelo comentario … que bom que gostou do artigo.
      Esse mapa eu tirei uma foto do panfleto que recebi na Missão San Ignacio Mini, acho que ele só ressalta as principais – tentei encontrar uma mapa melhor, mas não encontrei, aliás, acho que falta muita informação dessa região, os websites são bem superficiais.
      Legal saber que há mais reduções.
      Obrigada por dividir com a gente.
      Abs

  3. Cristiane Diz

    Oi Mirella,
    Muito legal sua matéria! Pretendo fazer um bate e volta de carro pra Puerto Iguazu – Missão San Ignacio em janeiro. Que horas vcs sairam de San Ignacio pra retornar a Puerto? Quanto tempo de viagem? Gostaria de ver o show de luzes e depois retornar pra Puerto. Você acha que é tranquilo fazer esta viagem a noite?
    Abraço,
    Cris

  4. 4 Dias em Foz do Iguaçu

    […] 1: Cataratas lado brasileiro Dia 2: Missões Argentina (eu e o kiko), enquanto o resto do pessoal foi muambar no Paraguai Dia 3: Cataratas lado argentino + Gran […]

  5. Valéria Diz

    Olá adorei o artigo, gostaria de saber se vocês foram nas missões no Rio grande do sul gostaria muito de fazer essa viagem

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Valéria, Tudo bem?
      Não deu tempo de incluir as missões do Sul nessa viagem uma pena…
      Vou ficar te devendo dicas… se for, depois conta pra gente 🙂
      Abs

  6. Dank Diz

    Ola Mirella, estou me programando com meu esposo de fazer essa viagem em 02/2016 e gostaria de tirar algumas dúvidas com relação a viagem. Uma viagem de 5 dias, indo para Foz (avião) e de lá iniciar o passeio para Cataratas, Argentina (Puerto Iguazu) e Paraguai, em todas esses lugares terei que trocar de hotel?
    Se for alugar carro é melhor para deslocar para essas cidades?
    Conhecer as ruínas se eu tiver hospedada em Puerto consigo me deslocar facilmente no sentido que ir e voltar no mesmo dia para o hotel?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Dank, Tudo bem?
      Os 4 dias que ficamos em Puerto Iguazu, não trocamos de hotel. Fizemos todos os passeio partindo de lá, no esquema bate e volta.
      Nós fomos de carro, então, na minha opinião, estar com carro é bem fácil para se deslocar e fazer seus próprios horários.
      Como mencionei desse post, nós fizemos essas duas Missões no bate e volta, tem outras missões para se conhecer na região, mas nós não fizemos por causa do tempo. Tem que andar uma 2 horas de carro para ir r para voltar, então, eu recomendo para quem não tem medo de estrada.
      Mas foi muito tranquilo fazer esse passeio.
      Ajudei?
      Abs

  7. Cyntia Campos Diz

    Que dica ótima, Mirella. Eu sou doida para conhecer as Missões, mas não consegui encaixar a visita em nenhuma viagem. Já pensei até em ir para Posadas, na Argentina, que parece oferecer a estrutura mais confortável para ver missões do lado argentino e do lado paraguaio…

    Como vou passar o Carnaval em Foz, seu post me deixou saltitante, pois pelo menos San Ignacio eu vou poder conhecer 🙂 Até já reservei o carro para alugar.

    Só uma dúvida: você acha seguro ir sozinha até lá? Estou na dúvida se vou dirigindo ou se contrato um esquema com agência.

    Bj e parabéns pelo post

  8. Vilson Jorge Diz

    Aproveito este espaço e deixo minha dica aqui também.. Incluam em suas rotas São Miguel das Missões -RS, no lado Brasileiro. Muito bonito por sinal, eu mesmo já fui pelo menos umas cinco vezes… na maioria das vezes de motocicleta.

    Este ano vou mudar a rota… vamos para Argentina.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Vilson,
      Quero muito visitar as missões do Sul, mas acho que para o bate e volta de Puerto Iguazu ficaria muito puxado, né? Melhor ir para ficar um final de semana por lá, né?
      Qual suas dicas?
      Abs

  9. […] esticada até as missões argentinas e paraguaias, especialmente depois de ver este post sobre as missões jesuíticas da Argentina, no Viajoteca. A Francine do Viagens que Sonhamos também foi a São Miguel com a família e o […]

Comente Aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.