Dicas de Viagem

Quer ver rinocerontes? Vá ao Hluhluwe-Imfolozi National Park, na África do Sul!

0

Como eu já contei no post sobre St. Lucia, o parque nacional que mais gostei de fazer safári na África do Sul foi o Hluhluwe-Imfolozi National Park, devido suas paisagens variadas e seu sem número de animais. Foi um dos lugares onde mais facilmente vimos os famosos Big Five e alguns animais difíceis de encontrar em outros lugares, como os cães selvagens e rinocerontes, que são bem difíceis de avistar em outros lugares. Assim ficou fácil de ele ganhar nossa paixão, pois além de ser conhecido por sua rica vida selvagem, é famoso pelos seus esforços de conservação de algumas espécies ameaçadas.

Hluhluwe-Imfolozi paisagens4

Nós voamos da Cidade do Cabo até Durban e de lá seguimos de carro alugado por cerca de 250 quilômetros ao norte para chegar até o parque, que era a área dos antigos campos de caça do famoso rei zulu Shaka.

 

+ ST. LUCIA, UM DESTINO INCRÍVEL NA ÁFRICA DO SUL

O Hluhluwe-Imfolozi National Park é o mais antigo parque nacional no país, quarto maior do país e sem dúvida, um dos mais agradáveis. O parque fica numa região montanhosa (não imagine montanhas gigantes, seriam mais morros!) e tem uma área de 960 km². Na realidade, o parque são dois que foram unificados e sua geografia difere do norte, ou área de Hluhluwe, para o sul, a área de Imfolozi.

 

Hluhluwe-Imfolozi National Park

Por ter áreas bem diferentes, apresenta uma vegetação diversificada e é habitat de diversos mamíferos, aves, répteis e anfíbios. E como constatei, se encontram facilmente os “Big Five” (elefante, rinoceronte, búfalo, leão e leopardo), além de vários outros animais como chitas, cães selvagens, girafas e veadinhos. O parque é todo cercado por uma cerca alta e “rangers” cuidam de perto para que caçadores ilegais não se aproximem e nem turistas desavisados saiam da linha.

 

Hluhluwe-Imfolozi animais

O parque nacional não é tão famoso como o Kruger Park e portanto é muito mais vazio e tranquilo para se visitar. Isto é muito positivo porque para ver os animais, a tranquilidade é um fator importante, em vias onde passam poucos carros, os bichos se sentem bem mais a vontade de passear!

Hospede-se na África do Sul, procure seu hotel por aqui!

A geografia do Hluhluwe-Imfolozi National Park

 

Como já dito, o parque nacional tem duas partes, que eram dois parques distintos e que foram unificados se transformando num parque só. Suas diferentes seções mantiveram o nome e o novo parque nacional juntou os nomes dos dois, formando o Hluhluwe-Imfolozi National Park.

O Hluhluwe e o Imfolozi foram estabelecidos em 1895 como parques separados, porque alguns animais estavam sendo ameaçados pela caça excessiva. A partir da segunda metade do século 19, caçadores brancos estavam arrasando vastas manadas. Especialmente os elefantes, devido ao marfim, e os chifres do rinoceronte, mas também os chifres de antílopes, que eram troféus cobiçados. Então o Hluhluwe e o Imfolozi, juntamente com St. Lucia Reserve, foram designados santuários da vida selvagem e dentro de suas áreas passou a ser proibida a caça e a principal função era a preservação das espécies. Com isto, estes parques nacionais estão entre os mais antigos de toda a África.

 

Hluhluwe-Imfolozi animais3

Com o tempo, os parques foram aumentando suas áreas, foi necessário construir cercas de proteção em 1964, e em 1989 as duas áreas principais e o corredor que separa foram transformadas em um parque só.

Para ver todos os nossos posts sobre a África do Sul, clique aqui!

Imfolozi

 

Esta área está situada ao sul do parque e foi a parte que mais visitamos. Ela fica entre os dois rios Imfolozis, que se dividem em Mfolozi emnyama (“Imfolozi preto”) ao norte e o Mollozi emhlophe (“Imfolozi branco”) ao sul. Esta área é geralmente mais quente no verão, e esfria suavemente no inverno. A topografia na seção de Imfolozi varia das planícies no berço do rio Imfolozi à parte montanhosa e íngreme, que inclui alguns vales largos e profundos. Habitats encontrados nesta área são principalmente pastagens, savanas e florestas.

 

Hluhluwe-Imfolozi morning walk5

 

Hluhluwe-Imfolozi paisagens1

Hluhluwe

 

A região de Hluhluwe tem a topografia montanhosa onde as altitudes variam de 80 a 540 metros acima do nível do mar. As áreas mais elevadas contam com florestas escarpadas em uma região bem irrigada com vale de arbustos e savanas em níveis mais baixos. Esta área é bem atrativa para aqueles que buscam observar pássaros, devido a enorme variedade de pássaros aqui encontrada.

 

Hluhluwe-Imfolozi morning walk

Portões do Hluhluwe-Imfolozi National Park

 

O parque Hluhluwe-Imfolozi National Park tem três portões de entrada:

 

– Memorial Gate, situado na parte norte do parque.

– Nyalazi Gate, situado na seção sudeste do parque.

– Cengeni Gate, situado na seção sudoeste do parque.

 

Hluhluwe-Imfolozi National Park gates map

Animais no Hluhluwe-Imfolozi

 

Como já foi falado acima, o parque tem uma vegetação diversificada, que favorecem a grande variedade de espécies animais. A fauna e a flora são riquíssimas, com muitos mamíferos, aves, répteis e anfíbios.

 

Hluhluwe-Imfolozi morning walk7

Além dos “Big Five”, “os cinco grandes” – como são batizados os grandes animais de caça e pelo seu perigo – que são o elefante, rinoceronte, búfalo, leopardo e leão, o parque conta com várias outras espécies.

 

O parque conta com 5500 búfalos, 500 girafas, 15000 antílopes, 80 leopardos, 200 leões, 1800 zebras, 700 elefantes e com uma população em torno de 1000 exemplares de rinocerontes brancos, sendo o maior número achado em um parque nacional.

 

Hluhluwe-Imfolozi animais8

Ainda é o lar de 86 espécies especiais, incluindo: crocodilos do Nilo, hipopótamos, chitas, hienas, gnus, chacais, nyalas, kudus, ímpalas, javalis, várias espécies de antílopes, mangustos, babuínos, macacos, uma variedade de tartarugas, cobras e lagartos. É um dos melhores lugares do mundo para ver nyalas.

 

O parque é um excelente destino para quem gosta de fazer observação de pássaros e é o lar de 425 espécies de aves. A planície do rio Hluhluwe é uma das únicas áreas em toda a África do Sul, onde as espécies de garganta amarela, de garganta-de-rosa e garganta cor de laranja podem ser vistas juntas. Neste número de espécies ainda se incluem a garça-real, a águia de Wahlberg, o francolin de Shelley, o cuco de Klaas, e inúmeros outros pássaros.

 

Hluhluwe-Imfolozi morning walk10

O Hluhluwe- Imfolozi National Park e os rinocerontes

 

O parque é conhecido como “a casa do rinoceronte branco”. No início de 1960, o rinoceronte branco (Ceratotherium simium) está ameaçado de extinção, e estava no Imfolozi a última ocorrência conhecida do bicho em ambiente natural em todo o mundo.

 

Foi então montada a Operação Rhino, conduzida pelo KwaZulu Nature Conservation Service, começou a procura de outros exemplares em jardins zoológicos pelo mundo, e trouxeram todos os encontrados para que eles pudessem se reproduzir e manter a espécie. Eram conhecidos apenas 20 exemplares da espécie no início do século 20. Hoje, mais de 1000 estão nas reservas de caça da África.

 

Hluhluwe-Imfolozi animais2

Devido a este sucesso, se faz esforços semelhantes com o rinoceronte preto (Diceros bicornis).

 

Para quem se aprofunda um pouco nas pesquisas sobre safáris e sobre animais selvagens, sabe que rinocerontes são objeto de caça pesada porque seu chifre tem um valor altíssimo no mercado negro. Muitos asiáticos acreditam que o chifre possua “poderes afrodisíacos” e pagam verdadeiras fortunas pelo produto, que chega a custar 65 mil dólares por quilo. É a ignorância alimentando uma indústria de caça ilegal que está levando a espécie a extinção e uma luta cruel para quem abraça a causa.

Estradas e estrutura do Hluhluwe-Imfolozi

 

Estradas

 

As estradas principais pelo parque são asfaltadas e as secundárias de terra, como o Kruger Park, por exemplo. É uma delícia dirigir por dentro dele e seguir pelos morros tentando achar os animas, que são vários.

 

Hluhluwe-Imfolozi estradas2

Esta topografia oferece paisagens deslumbrantes, principalmente ao amanhecer e no pôr do sol, que costuma ser deslumbrante.

 

Hluhluwe-Imfolozi morning walk1

 

Hluhluwe-Imfolozi por do sol

Não existe necessidades de se alugar carros grandes com tração nas 4 rodas, por exemplo. Nós alugamos um carro bem simples e pequeno, e circulamos tranquilamente pelo parque todo.

 

Estrutura

 

O parque tem dois campos de descanso. O Hilltop Camp está localizado na parte Hluhluwe e oferece um restaurante com vistas maravilhosas, cabanas e alojamento em lodge. O Mpila Camp está localizada na área Imfolozi do parque e oferece chalés mais simples e não possui restaurante.

 

Hluhluwe-Imfolozi Camp3

 

Ambos contam com Curios (mercadinhos), que vendem comida, bebidas frescas, além de mil cacarecos como filme de câmera e até gasolina.

 

Hluhluwe-Imfolozi Camp5

Áreas de piquenique

 

Nas duas áreas do parque existem algumas áreas onde é permitido estacionar e descer do carro, inclusive é permitido fazer piquenique e até mesmo um churrasquinho.

 

Os sul-africanos são muito íntimos de seus parques e eles costumam ir frequentemente com suas famílias e fazer um belo churrasco dentro dos parques, faz parte da cultura deles. Então nas áreas de piquenique encontram-se churrasqueiras para uso comum.




 

Hluhluwe-Imfolozi Piquenique

Caso queira usar, basta levar sua carne e todos os apetrechos. Em muitos parques existem curiós junto às áreas de piquenique que até alugam churrasqueiras à gás e vendem carvão ali mesmo.

 

Só fique atento aos macacos! Eles costumam ser ligeiros na hora de roubar o almoço deixado sem muita supervisão nas churrasqueiras… hehheheh!

 

Áreas de piquenique na área Hluhluwe são:

Siwasamikhosikazi

Hilltop

 

Áreas de piquenique na área Imfolozi são:

Game Capture Centre (Centenary)

Mpila Camp

Sontuli Loop (este é uma excelente área de piquenique, já que dá vista para o rio Black Imfolozi, que atrai muitos animais)

Hospedagem no Hluhluwe-Imfolozi

 

As opções de acomodação são as mais variadas e agradam todos os bolsos, indo de rondavels auto-suficientes (cabanas de colmo redondas) e chalés até lodges luxuosos. Você pode optar por ficar nos Camps dentro do parque ou em uma das diversas acomodações fora do parque.

 

Hluhluwe-Imfolozi Camp2

Nós nos hospedamos dentro do parque, em dois Camps diferentes, no primeiro em um chalé que ficava sobre palafitas.

 

Hluhluwe-Imfolozi Camp0

 

Hluhluwe-Imfolozi Camp

No segundo Camp ficamos em uma tenda (barraca) que seguia o mesmo estilo e os animais circulam livremente por perto. Os dois tinham o mesmo estilo de conforto, e não é porque o segundo era uma barraca que ele era menos confortável.

 

Hluhluwe-Imfolozi Camp6

As tendas são super resistentes, de uma lona super grossa, com 2 portas de zíperes e janelas que abriam e fechavam desta mesma forma. A base da tenda é a mesma do chalé e somente na área de quarto e sala que a estrutura era de lona, no banheiro a estrutura era feita com construção de bambus. Em nenhum momento nos sentimos desprotegidos ou com frio.

 

Durante as 2 noites que ficamos ali, recebemos a visita de hienas a procura de restos de comida e outros animais. O contato com os animais é bem próximo, mas seguro, para quem segue as leis impostas pelo parque.

 

Acomodações disponíveis na área Hluhluwe:

 

– Hilltop Camp (com rondavels e chalés, também há uma loja e um posto de gasolina)

– Mtwazi-Lodge

– Muntulu und Munywaneni Bush Lodge

 

Acomodações disponíveis na área Umfolozi:

 

– Mpila Camp (com uma pequena loja e um posto de gasolina)

– Masinda Lodge

– Gqoyeni Bush Lodge

– Hlatikulu Bush Lodge

 

Hluhluwe-Imfolozi Camp4

 

Hluhluwe-Imfolozi Camp map

Informações:

 

Ezemvelo KZN Wildlife Central Reservations
Tel: +27 (0) 33 845 1000.
Email: webmail@kznwildlife.com

 

Hluhluwe-Imfolozi Game Reserve
Tel: +27 (0) 35 562 0848
Fax: +27 (0) 35 562 0113.

Atividades

 

Claro que é uma delícia seguir sem rumo e por conta própria procurando os animais, mas na realidade a falta de experiência deixa passar muitas oportunidades. Por isto indico muito fazer alguns safáris com rangers experientes, que contam detalhes sobre os animais e seus hábitos, levam através de estradas onde carros de passeio não podem entrar (somente os carros permitidos) e nos deixam cara a cara com os animais, além de dar dicas preciosas na hora da procura por eles.

 

Hluhluwe-Imfolozi Safari1

Assim como os outros parques nacionais sul-africanos, o Hluhluwe-Imfolozi oferece uma gama de possibilidades de passeios guiados de jipe, que é interessante, especialmente de manhã e à noite, quando não é mais permitido dirigir seu próprio carro pelo parque.

Safári durante o dia

 

Esta é a maneira mais popular de safáris, e muito divertida. Geralmente segue-se com um motorista e um ranger num carro especial de safári pelas trilhas do parque que são abertas ao público e outras exclusiva dos rangers, onde pode se aproximar muito mais dos lugares que os animais habitualmente ficam.

Os rangers costumam ter informações precisas e pontuais de onde foram avistados os animais e seguem direto para estes lugares, o que faz com que um safári com eles tenham muito mais sucesso de se ver os Big Five do que seguir pelas trilhas sozinho, no carro particular.

E ainda, os rangers passam inúmeras informações sobre os animais, seu habitat e sobre o parque. Sempre um aprendizado!

 

Night Drive Safari

 

Este é um safári feito a noite e só é permitido fazer com carros do próprio parque e com rangers (guias). É uma experiência muito bacana e diferente de um safári à luz do dia, pois é uma ótima maneira de ver de perto os movimentos de animais noturnos.

 

Segue-se com o carro especial para safári do parque e com rangers treinados pelas estradas não permitidas para turistas, procurando animais no escuro, com a ajuda de uma potente lanterna. A vantagem de fazer este tipo de safári é ter acesso às espécies noturnas que são raramente vistas durante o dia. Em algumas áreas, os grandes felinos (particularmente leão e leopardo) são mais ativos após o anoitecer, e há uma maior probabilidade de conseguir vê-los caçando.

 

Morning Walk e Caminhadas pela Savana

 

Uma das experiências mais bacanas que já tive na África foi fazer uma caminhada pela savana na companhia de um ranger! Este é um passeio onde se sente como o ser humano é vulnerável e como funciona a vida em ambiente selvagem.

 

Não é permitido de maneira alguma se caminhar pela savana sem a companhia de um ranger armado, que é treinado para lidar com os imprevistos e que saberia o que fazer no caso de se encontrar cara a cara com um animal selvagem.

 

Hluhluwe-Imfolozi morning walk2

Juntamente com rangers segue-se para explorar uma área no Imfolozi a pé. Os passeios duram de 2 a 3 horas e começam em torno das 05 horas e vai até em torno das 09 horas da manhã. É uma surpresa linda ver a natureza acordando, o mato deixando de ficar úmido e o frio congelante da manhã dando lugar ao calor sufocante do dia. Uma experiência única!

 

Hluhluwe-Imfolozi morning walk3

 

Hluhluwe-Imfolozi morning walk4

Para os mais ousados, podem se programados explorações maiores, de três a cinco dias e incluem noites no meio do ambiente selvagem. Os passeios são realizados a partir de meados de março até meados de dezembro e tem que reservar com antecedência. Crianças até 14 anos não podem participar em qualquer um desses tours, infelizmente.

 

Hluhluwe-Imfolozi morning walk6

 

Informações

 

Valores do parque Hluhluwe-Imfolozi

 

Entrada dentro do parque Hluhluwe Game Reserve (2016/ 2017)

 

Adultos sul-africanos R105.00 p/p

Crianças sul-africanas (entre 4 e 12 anos) R55.00 p/p

Carteira de identidade ou carteira de motorista são pedidas na entrada

 

Adultos estrangeiros R210.00 p/p

Crianças estrangeiras (entre 4 e 12 anos) R105.00 p/p

Safáris

 

Hluhluwe Game Reserve Safári (Preços para 2016/2017)

Safari de 3 horas (veículo aberto especial para safári 4×4) R620.00 p/p (preços em rands)

 

Meio dia de Safári (veículo aberto especial para safári 4×4) R875.00 p/p

Inclui taxa de conservação, café da manhã e refrescos

 

Dia inteiro de Safári (veículo aberto especial para safári 4×4) R995.00 p/p

Inclui taxa de conservação, café da manhã e refrescos

 

Horário do parque Hluhluwe-Imfolozi

 

Horário de abertura dos portões do parque 2016/ 2017

 

O parque tem dois horários diferentes de abertura e fechamento do parque no inverno e no verão.

 

Verão

 

Abre às 05:00 e fecha às 18:00

 

Inverno

 

Abre às 06:00 e fecha às 17:00

 

 

Janeiro a Maio

 

Abre às 05:00 e fecha às 18:00

 

Junho a Outubro

 

Abre às 06:00 e fecha às 17:00

 

Novembro e Dezembro

 

Abre às 05:00 e fecha às 18:00

 

 

Escritório

 

O escritório do parque está aberto de 08:00-12:30 e das 14:00 às 16:30.

 

Melhor época para visitar

 

O Hluhluwe-Imfolozi costuma ter verões quente, úmidos e chuvosos, entre setembro e abril. De maio a agosto as condições são mais secas e quentes durante o dia, esfriando à noite. Durante o inverno, a vegetação é esparsa e com poços de água, por isso a observação de animais é mais fácil.

 

Dicas gerais

 

Aconselho ficar pelo menos uns 3-4 dias dentro do parque, para poder percorrê-lo todo. E escolha pelo menos dois acampamentos em diferentes regiões, para se deslocar melhor e poder conhecer tudo sem precisar retornar muitos quilômetros.

 

Em cada portão de entrada encontram-se mapas para vender e vale a pena comprar. Eles não apenas indicam as várias rotas que se pode seguir, mas também os Camps, áreas de piqueniques, curiós e estradas de loop, que são as secundárias e que valem a pena pegar porque as chances de ver os animais são maiores.

 

Bons locais de se fazer safári no Imfolozi são a seção No 17, 24 e Mpafa Hide, já que estas áreas são boas para detectar Cheetah, Cão Selvagem e Leão.

 

O Parque Hluhluwe-Imfolozi está em uma área de baixo risco de malária, Mas ainda assim é aconselhável consultar o seu médico antes de viajar.

 

A cidade mais próxima é Mtubatuba fica a cerca de 45 minutos e só lá são encontrados serviços em geral.

Sobre fazer safáris

 

Para aqueles que nunca fizeram um safári, saiba que você pode se deslocar com seu próprio carro (alugado) pelas estradas do parque, que são mapeadas e indicadas.

 

Você pode circular em horários determinados, que estão marcados em placas nos Camps e nas entradas do parque. Geralmente entre 5-6 horas da manhã até 17-18 horas, no fim do dia. São aplicadas multas aos desobedientes.

 

Você pode circular pelas estradas do parque livremente com seu carro, mas não pode de forma alguma sair dele, somente nos Camps e nas áreas delimitadas para piquenique. Esta é uma regra muito importante a se seguir, já que é uma forma de preservar sua vida. Lembre-se que você está no habitat dos bichos e não no seu, ali quem manda não é você.

 

Leve binóculos e lanterna, são essenciais para quem quer procurar pelos bichos.

 

Hluhluwe-Imfolozi Safari

Tenha em mente que as estações do ano e a hora do dia fazem a diferença na identificação de várias espécies de animais. Tire um tempinho antes do safári para estudar os hábitos dos animais que deseja ver, para poder procurá-los nos horários corretos. Possivelmente é mais fácil encontra-los perto de uma fonte de água.

 

Chegue cedo! Os animais começam suas atividades diárias bem cedinho pela manhã, quando é mais fácil avistá-los.

Comente Aqui