Dicas de Viagem

Uma aventura de inverno: deslize com um time de cães puxando o seu trenó!

4

Com o inverno rigoroso aqui no Canadá, precisamos explorar aventuras diferentes. O que fazer em um dia frio, quando tudo está coberto de neve, que permita o contato com a natureza? Para uma aventura memorável, a minha recomendação e uma corrida de “Dog Sledding” ou seja, deslizar em trenó puxado por uma matilha de cães!

Trenó de cachorros no canadá
Curtindo muito a aventura no trenó!

Hoje em dia os trenós puxados por cães são usados apenas em áreas muito remotas no Alasca, Canada e Groelândia, mas acredita-se que essa atividade já era praticada pelos habitantes do circulo ártico há 3.000 anos atrás! Já o dog sledding recreativo existe aqui perto de Toronto e pelo resto do Canada e EUA. Existem até mesmo competições e corridas como a Yukon Quest que vai de Fairbanks no Alasca até Whitehorse no Yukon – no auge do inverno!

Yukon Quest
Yukon Quest, corrida de trenó de cachorro na America do Norte
Fonte da imagem: Wikipedia

Importante – os cães são as estrelas da atividade e são super bem tratados: jamais são forçados a correr ou maltratados durante as saídas. Inclusive, se tiverem dificuldade de puxar o treno somos nós que descemos para que eles possam continuar! Na minha saída eu visitei o canil ChocPaw e fiz várias perguntas, e descobri que:

Várias raças são utilizadas na atividade, não somente os famosos huskies siberianos. O husky do Alasca, da Groelândia ou Chinnoks também são ultra-adaptados para o frio. Por isso o cães muitas vezes parecem mais com “vira-latas” do que com lobos…

Os cães ADORAM sair para correr. Só o fato de verem os trenós serem preparados deixam eles loucos, pulando e latindo sem parar, pedindo para serem colocados em um time. É como um cão doméstico que sabe que vai sair de casa para passear… quem tem cachorro sabe como é!

Durante a saída os cães não querem parar de correr, em hora nenhuma. Para parar um trenó uma pessoa precisa ficar segurando, vira-lo de lado ou mesmo “ancorar” o trenó em uma árvore próxima. Senão você corre o risco de os cães saírem correndo por conta própria, brincando entre si e deixando as pessoas para trás!

Ao contrario de cavalos que sabem quando correr ou andar, os cães não tem a disciplina de controlar o passo ou parar de correr, eles encorajam uns aos outros com latidos e simplesmente correm até não aguentarem mais. Por isso a pessoa “dirigindo” o trenó precisa controlar o passo constantemente e dar os comandos para os cães virarem para a direita ou esquerda, ou parar.

Normalmente um time de cães tem sete animais, e eles tem tarefas bem distintas. O cão da frente é o mais inteligente e sabe distinguir os sons que dão a noção de direção para eles, guiando o time. Os cães de trás, mais perto do trenó, são os maiores e mais fortes e só precisam seguir os “colegas” da frente. Os cães do meio podem substituir o da frente ou o de trás, caso aqueles fiquem cansados. E os cães precisam saber trabalhar juntos, sem brigar, e por isso muitos são sempre alocados no mesmo time.

• Além de viverem com outros cães e seus tratadores e ter liberdade de viver ao ar livre e sair constantemente, os cães vivem vidas longas, entre 17 e 20 anos, por conta da atividade física e dos cuidados que recebem dos tratadores.

Cães geralmente param de correr quando chegam à meia-idade (12-13, as vezes 15 anos). Eles simplesmente não pedem mais para sair e são aposentados, vivendo no canil com os outros cães, ou são adotados por pessoas conhecidas do canil para morarem em casas.

Chicotes (como em gravuras ou desenhos animados) JAMAIS são usados. Aliás, os passageiros em um trenó precisam estar preparados para caminhar ou correr ao lado dos cães em um subida íngreme, para não forcar os animais a puxarem peso demais. Ou seja, se alguém vai se sacrificar ali vai ser você e não os cachorros!

Para ter ideia do que estou falando, veja o vídeo que editei abaixo abaixo:

Aonde passear em Toronto:

A minha experiência foi excelente (vídeo acima), com uma empresa ao norte de Toronto, perto do Algonquim Park, chamada ChocPaw Expeditions, que recomendo. Além do passeio de um dia (por volta de 4 horas, correndo e parando, normalmente com vários trenós correndo juntos) eles oferecem passeios de mais de um dia, dormindo em acampamentos perto do Algonquin Park (interessante para quem quer conhecer um acampamento de inverno, com barracas aquecidas, e escutar os cães uivando à noite e sendo correspondidos por matilhas de lobos no interior do parque).

Chegando lá – o canil fica na cidadezinha de South River em Ontario, há 3 horas de Toronto. Pegue a estrada 400 Norte saindo de Toronto, e a estrada 11 ate chegar em South River. O endereço deles é: I Industrial Park Road, South River ON P0A1X0

Vale a pena confirmar as datas com antecedência, pelos contatos:
Telefone: 705-386-0344
Email: chocpaw@on.aibn.com

Custos – para uma corrida de 1 dia cobrindo 25Km a 30Km o preço é aproximadamente $209 + HST (13%), além da viagem de carro até South River e possivelmente uma estadia na noite anterior (as saídas começam cedo) ou depois da corrida.

O que você precisa:

Para a saída de um dia no inverno, leve agasalhos de parka ou “goose down” incluindo luvas, gorros e uma proteção facial como uma balaclava ou máscara de ski. As temperaturas podem cair facilmente para baixo de -20C, e você vai estar exposto ao vento. A empresa fornece lanche e café durante a saída, mas você também pode levar um pequeno “farnel” se preferir.

* Créditos: imagem da capa foi gentilmente cedida pelo Paul, da ChocPaw Expeditions .


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


4 Comentários
  1. Natalia Itabayana Diz

    Eu adoro essas atividades com animais – já pensei em treinar Luna, mas o máximo que ela vai puxar é o potinho de ração! Brincadeiras à parte, nas estações de esqui aqui na França já vi essa atividade, e mesmo não tendo feito, acho que é uma excelente opção pra quem não curte das pistas, mas não dispensa ir à montanha no inverno. Tem um francês que atravessou há pouco a Sibéria em trenó puxado por cães. Foram 6000km de expedição, uma aventura espetacular! O site dele http://www.nicolasvanier.com/

  2. rnetges Diz

    Com certeza Natalia! Dê uma olhada também na atividade de “Skijoring”, em que uma pessoa usando skis (sem treno) é puxada por um cão! Diversão garantida para o dono e o animal…

  3. lucye Diz

    Amei demais sua dica ,comcerteza farei tudo p fazer este passeio.

  4. Toronto - Mikix Intercâmbio

    […] Dogsledding em Toronto: Deslize com um time de cães puxando seu trenó […]

Comente Aqui