Como se deslocar por Seychelles: entre as ilhas e nas ilhas

Tudo que você precisa saber para chegar lá e as melhores formas de circular pelas ilhas.

0

Seychelles é um destino exótico e que fica bastante distante do Brasil. Como pouco ouvimos falar do país, ficamos receosos e achando que tudo pode ser complicado. Já ficamos imaginando que chegar lá é complicado, que se deslocar por Seychelles é difícil, e que tudo é caríssimo.

Apesar de ser um lugar cheio de incógnitas para aqueles que aqueles que vão fazer uma primeira viagem para lá, devo dizer que planejar uma viagem a Seychelles é muito mais fácil do que se imagina! Também é muito menos caro do que se aventa e ainda mais lindo do que se sonha. E que apesar da viagem ser longa, a estada lá vale cada minuto!

Como se deslocar por Seychelles La Digue Grand Anse
La Digue, Grand Anse

Aproveitei as pesquisas que fiz de como se locomover em Seychelles para minha própria viagem, bem como a minha experiência por lá e assim sendo fiz um apanhado geral de informações. Desta maneira, aqui neste post estão informações e dicas de como chegar em Seychelles e ainda como se deslocar nas ilhas Seychelles.

Não arrisque sua viagem pelo paraíso, faça o seu Seguro de Viagem!

Nossos leitores recebem um desconto de até 10% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Como se deslocar por Seychelles

 

No post Viagem para Seychelles: dicas de planejamento eu falei um pouco de como chegar em Seychelles. Assim como cheguei ainda a dar dicas rápidas de como de deslocar por Seychelles. Mas este post tem a função de ser mais profundo e elucidativo para aqueles que planejam uma viagem para lá. Afinal o tema transporte em Seychelles é importante numa viagem a um país que é formado por diversas ilhas.

deslocar por Seychelles Anse a la Mouche
Anse a la Mouche, Mahé

Desta forma eu dividi as informações entre o Deslocamento entre as Ilhas de Seychelles e Deslocamento dentro das Ilhas de Seychelles. Assim fica mais fácil de ter as informações de forma mais organizada.

+ VIAGEM PARA SEYCHELLES: DICAS DE PLANEJAMENTO PARA AS FÉRIAS PERFEITAS!

Seychelles é formada por 115 ilhas, mas nem todas são habitadas. Então este post trata das ilhas mais visitadas de Seychelles e das maneiras de como ir de uma ilha para outra em Seychelles. E ainda, como se locomover em Seychelles.

Deslocamento entre as ilhas de Seychelles

 

O deslocamento entre as ilhas é basicamente feito por via marítima. Naturalmente que existem voos entre Mahé e Praslin, as ilhas maiores e principais. Inclusive foi desta forma que fui de Mahé – Praslin e vou tratar disto com detalhes mais abaixo. Mas quando se faz um apanhado de como chegar em qualquer uma das outras ilhas, percebe-se que de maneira geral, é via barco e balsa que se chega.

Existe o helicóptero, mas como a viagem não é muito barata, a grande maioria opta mesmo por ir via marítima.

O mapa abaixo encontrei no site SeyVillas e ilustra bem como funciona o transporte entre as principais ilhas de Seychelles: Mahé, Praslin, La Digue e Ilha Cerf. A linha azul liga os aeroportos de Mahé e Praslin. Assim como as linhas vermelhas mostram os deslocamentos de balsas entre os portos das 4 ilhas. E ainda as linhas amarelas são os tempo de deslocamento dentro das ilhas entre os portos e aeroportos.

Legenda

A – aeroporto de Mahé

B – aeroporto de Praslin

1 – porto de Mahé de onde saem balsas para Praslin

2 e 3 – portos de Mahé de onde partem balsas para Ilha Cerf

4 – porto de Praslin

5 – porto de La Digue

6 – porto da Ilha Cerf

deslocar por Seychelles mapa
Fonte: SeyVillas

Voando entre as ilhas

Uma das melhores maneiras de viajar entre Praslin e Mahé é de avião. O voo entre as ilhas é rápido e prático. Principalmente para quem chega em Seychelles e deseja já ir no mesmo dia para Praslin, ou adiante para La Digue. Basta seguir para o embarque doméstico e aguardar seu voo.

A companhia aérea é a Air Seychelles e que tem cerca de 20 a 26 voos diários entre as duas ilhas (dependendo da época). As abreviações para os aeroportos são “SEZ” para o aeroporto internacional de Mahé e “PRI” para o aeroporto doméstico de Praslin.

Mahé aeroporto aviões
Avião da Air Seychelles que faz a linha Mahé – Praslin
Passagem

O preço das passagens por pessoa ida e volta é de cerca de €140. Eu comprei com uns 3 meses de antecedência e paguei €135, mas havia horários que o voo custava mais barato.

O avião que faz o trecho é muito pequeno e comporta bem poucas pessoas de cada vez. Portanto se você deseja algum horário em especial, compre o quanto antes, para não correr o risco de ficar sem passagem. As passagens podem ser compradas online no site de Air Seychelles ou diretamente no Terminal Inter Island (doméstico).

Mahé aeroporto dentro avião
Interior do avião da Air Seychelles na linha Mahé – Praslin

A franquia de bagagem gratuita para um voo doméstico entre Mahé e Praslin é de 20 quilos. Se o voo interno for comprado junto com o voo internacional, será aplicada a franquia de bagagem gratuita da companhia aérea do voo internacional.

Vantagens

Duas das grandes vantagens de se fazer este trecho de avião, é o tempo economizado e a visão de sonhos. Afinal, sobrevoar estas ilhas lindas é algo único.

Outra vantagem de ir de avião, é evitar enjoos. Durante a monção sudeste, entre julho e setembro/outubro, o mar pode estar mexido. Desta forma, aqueles que sofrem com enjoos devido ao balanço do mar devem evitar a balsa.

deslocar por Seychelles Praslin
Chegando em Praslin de avião
Outros voos internos

Além dos voos diários entre Mahé e Praslin, também existem voos para Alphonse, Denis, Bird, Desroches, North Islands e Fregate. Entretanto, ilhas belíssimas como Bird e Denis são ilhas exclusivas e o voo só é possível em conexão com uma estadia. Na hora de fazer a reserva do hotel já é arranjado todos os pormenores para o trecho.

A ilha Desroches fica mais afastada e para lá tem um voo de 35 minutos a partir do aeroporto internacional de Mahé.

Hospedagem não é um problema em Seychelles! Existem excelentes opções para todos os gostos e bolsos. Procure aqui o hotel que mais combina com você!

O Booking tem as melhores opções por aqui, oferece o menor preço e, ainda tem, na maioria dos hotéis e apartamentos, a opção de cancelamento gratuito.

Deslocamento por Balsa

A opção mais usada para fazer se deslocar por Seychelles é através de balsas (ou catamarãs). As balsas são barcos grandes que ligam as ilhas (principalmente as maiores), entretanto não são tão ligeiros como os voos, mas ainda assim de forma rápida. As três principais ilhas, Mahé, Praslin e La Digue, são muito bem conectadas, com serviços de ferry diários entre elas.

A viagem é muito bonita também e parece um passeio de barco, na realidade. Mas deve-se alertar que entre julho e setembro/outubro, o mar pode estar mexido, causando enjoos.

deslocar por seychelles cat rose
Barco da empresa Cat Rose no porto de Praslin
Empresas que operam as balsas

 

Cat Cocos

A empresa Cat Cocos faz a rota Mahé – Praslin. Mas ela também faz a rota Mahé – La Digue (direto ou com conexão em Praslin).

São cerca de 2 – 3 opções de horários todos os dias, ida e volta, entre Mahé e Praslin. Os horários atuais da empresa Cat Cocos podem ser consultados no site da empresa.

Os barcos que ela usa são de alta velocidade e a viagem tem estes tempos de duração:

De Mahé para Praslin: 1 hora.

De Mahé para La Digue via Praslin: 1 hora e 30 minutos.

De Mahé para La Digue direto: 1 hora e 10 minutos.

deslocar por Seychelles cat cocos
Barco da empresa Cat Cocos

Cat Rose

A empresa Cat Rose (Inter Island Ferry) faz somente o trecho entre Praslin e La Digue, com várias travessias por dia. A viagem dura cerca de 15 minutos entre as ilhas.

Passagem

Cada trecho entre Mahé e Praslin custa entre €50 e €70 para adultos e em torno de €25 para crianças entre 02 e 12 anos.

A viagem entre Mahé e La Digue, direto, custa a partir de €70 adultos e €38 crianças.

O trecho Praslin – La Digue custa €15 adultos e €8 crianças, tanto pela Cat Cocos como pela Cat Rose.

O valor depende da antecedência com qual se compra a passagem e o horário desejado.

 

Cat Cocos

A compra pela Cat Cocos pode ser feita direto no site da empresa ou no escritório desta companhia, em frente ao cais na Ilha de Mahé, no dia anterior ao da viagem. Reservas antecipadas não são essenciais, mas recomendadas, principalmente para quem desejar algum horário específico.

 

Cat Rose

Já os bilhetes da Cat Rose só são comprados através de um outro site, o Seychelles Bookings. Mas pode-se deixar para comprar diretamente no porto de Praslin e La Digue. No porto de Praslin existem 2 guichês da empresa Cat Rose. Um deles é para compra de passagem na hora. Já o outro guichê é para trocar o voucher da passagem comprada online pelo boarding pass.

Não há escritório em La Digue e os bilhetes são emitidos diretamente no cais diretamente na balsa. Indica-se a compra antecipada na alta temporada.

Outras empresas

Outras opções são as empresas Praslin Express e a Belle Serafine. A Praslin Express também faz viagens frequentes entre as ilhas de Mahé e Praslin. Entretanto, as suas embarcações têm sido bastante afetadas por falhas técnicas. A Belle Serafine é uma pequena balsa que faz também a ligação entre as ilhas de Mahé e Praslin, ao custo de 150 Rupias. Os horários desta companhia deverão também ser confirmados por telefone.

Dicas:

– Os horários estão sujeitos a mudanças frequentes e a interrupções. Deste modo, aconselha-se a confirmação dos horários de partidas, por telefone, no próprio dia da viagem.

– A empresa Cat Cocos oferece na hora da compra online da passagem um transfer do aeroporto para o porto, de onde sai o barco. O transfer custa €12 adultos e €6 crianças entre 02 e 12 anos.

Minha opinião entre a escolha de voo e balsa

A diferença do valor entre o voo e a balsa não é muito significativa. No meu caso, quando fiz a simulação, eu pagaria de balsa cerca de €110 por pessoa para ir de Mahé a Praslin. Isto incluindo o transfer do aeroporto para o porto. Assim sendo, eu preferi ir de avião e paguei €135 por pessoa.

O que faz a grande diferença neste caso é a quantidade de opções de horários que o avião tem a mais. São bem mais voos diários que travessias de balsa diariamente.

Outro ponto importante a considerar é onde você se hospeda nas ilhas. Caso você vai ficar perto do aeroporto, poupe o valor do táxi (ou transfer) e vá de avião. Caso vai ficar perto do porto, o ideal é ir de balsa.

Deslocando-se de helicóptero por Seychelles

Uma maneira mais exclusiva de se deslocar por Seychelles é de helicóptero. Como é de se imaginar, esta é uma experiência única. Não só é um meio de transporte, como também é um passeio incrível.

A empresa Zil Air faz várias rotas entre Mahé e muitas das ilhas Seychelles. Uma das linhas mais utilizadas é de Mahé a La Digue, principalmente por aqueles que querem evitar a balsa. No site da Zil Air encontra-se todas as informações sobre os destinos e os preços.

Você consegue viajar sem celular e sem internet?

Já saia do Brasil com o seu chip de celular europeu e com internet de boa qualidade!

Deslocamento dentro das ilhas em Seychelles

 

Como se deslocar por Seychelles varia muito de ilha pra ilha. Nas ilhas maiores existem estradas para carros e as distâncias são maiores. Já nas pequenas, carros não existem e para ir de um lado a outro vai-se à pé ou de bicicleta. Somente as duas ilhas maiores, Mahé e Praslin, tem estradas e pode-se alugar carro para circular por elas. Já que as outras são tão pequenas que não tem estradas para eles. La Digue até conta com estradas, mas lá não é permitido ter carros privados. E então, nestes outros casos, vai-se à pé, de bicicleta, com carrinhos de golfe ou ainda de carros de boi (!).

Em Mahé e Praslin pode-se, além de alugar carro, utilizar táxis ou ainda contratar serviços de transfers. Também existe o serviço de ônibus públicos que circulam por estas ilhas. Na capital, Victoria, que fica na ilha de Mahé, tem um terminal rodoviário, de onde partem os ônibus para diversos pontos da ilha.

Nas ilhas exclusivas, ou melhor, onde a ilha toda é um resort de uma rede de hotel, também funciona da mesma maneira. Um bom exemplo destas lindas lindas e perfeitas para lua de mel são North Island e Fregate Island. Assim sendo, nestes lugares, os hóspedes tem o conforto de ter carrinhos de golfe com motoristas para circular. E ainda, se desejarem, bicicletas à disposição. Nestes lugares, costuma-se chegar de helicóptero, que já está incluído no pacote da estada.

deslocar por seychelles north island
North Island, Seychelles. Fonte: Booking

Carro alugado para se deslocar por Seychelles

Utilizar um carro alugado é sempre uma maneira independente de passear e conhecer os lugares. E se deslocar por Seychelles de carro é possível somente em Mahé e em Praslin. La Digue tem apenas alguns quilômetros de estradas pavimentadas e carros só são permitidos com permissão especial.

Como Mahé tem atrações e praias mais distantes, é um lugar onde vale a pena pensar em aluguel de carro. Nem que seja por um ou dois dias e para visitar locais mais distantes. Já em Praslin, o carro alugado não é necessariamente a sempre a melhor pedida. Vai depender mais de onde vai se ficar hospedado e de onde se deseja ir. Mas na ilha, o tráfego é calmo.

Tanto em Mahé como em Praslin, o carro pode ser retirado numa locadora no aeroporto. Mas vários hotéis e donos de casas e pousadas de aluguel também oferecem o serviço de locação. Nas duas casas que aluguei, os donos arranjaram o aluguel de carros para nós.

Mahé Victoria Old Supreme Court

Valor

O preço do aluguel fica entre €35 e €45 por dia. O dono da casa que alugamos em Mahé nos ofereceu um carro ao custo de €45 por 1 dia, €40 por dia para 2 dias e €35 por dia para 3 dias ou mais. Já em Praslin custava €40 por dia.

Desvantagens

Apesar de ser uma mão na roda ter um carro de aluguel, na ilha de Mahé isto pode não ser uma maravilha. Principalmente para quem não é acostumado a dirigir na mão inglesa. Outro problema são as estradas que são estreitas e sinuosas, já que a ilha é montanhosa. Dirigir por Mahé requer atenção redobrada. Algumas estradas tem precipícios e curvas perigosas, e as grades de proteção são raras. Aconselha-se dirigir com cautela evitar as estradas mais remotas, principalmente à noite.

Documentação necessário

Alguns sites de locação de carro que pesquisei diziam que a idade mínima necessária para alugar carros em Seychelles era 21 anos, em outros era de 23 anos. E em alguns dizia que era necessário já ter carteira de motorista há pelo menos 1 ano. Em outros dizia que era necessário ter a carteira já a 3 anos. Desta maneira, ão consegui chegar numa conclusão definitiva.

No momento da locação é necessário apresentar a carteira de motorista, ainda de preferência uma internacional.

Limite de velocidade

O limite de velocidade é de 40 km/h dentro das cidades (vilas) em ambas as ilhas e 65 km/h nos arredores.

Estacionamento em Seychelles

De forma geral, Mahé e Praslin, as únicas duas ilhas onde circulam carros, tem estacionamento livre. Em muitos casos, a estrada passa ao longo das praias e não existem estacionamentos organizados nelas. Assim sendo, encosta-se onde tem espaço ao longo da via.

Algumas praias, as que não ficam ao logo da estrada e tem uma estrada de acesso, geralmente tem uma área destinada para parar o carro. Na realidade, achar uma vaga é muito tranquilo e a ordem é só não atrapalhar o trânsito ao estacionar.

Entretanto, em Victoria, na capital, devido ao trânsito pesado, já existem áreas delimitadas de estacionamentos. Além de, é claro, se poder estacionar ao longo das vias. Mas aqui é necessário comprar cartões de estacionamento e deixar visível no para-brisas para não ser multado. Principalmente no horário comercial, que vai só até 16h.

Os cartões são encontrados para venda nos mercadinhos e comércio próximo dos estacionamentos. Uma vez que o valor do estacionamento varia de região para região dentro da cidade, cuide bem qual é o local onde está parando. Seja como for, o estacionamento custa entre 5 e 10 rúpias de Seychelles por hora. Basta marcar no cartão o horário de chegada, dia e mês que vai se estacionar.

O que prestar atenção

– Ao retirar o carro de aluguel verifique bem as condições do contrato de seguro proposto pela locadora. Cuide se os valores de franquia são aceitáveis e também quais são os casos que o seguro não cobre.

– Ao entregar o veículos, peça um comprovante de que o veículo não foi danificado durante o período de locação.

– Em caso de acidente, deve-se aguardar a chegada da polícia. Além do que é sempre bom ter o número da polícia anotado: 999.

Transporte público para se deslocar por Seychelles (ônibus)

Sem dúvida, a maneira mais econômica de se deslocar por Seychelles é de ônibus. Entretanto, eles também só circulam nas 2 maiores ilhas, Mahé e Praslin, e chegam em quase todos os pontos das ilhas. Existem pontos de ônibus demarcados, mas os motoristas só param se for feito um sinal com a mão indicando que se quer entrar.

Frequência

Como regra geral, os ônibus circulam a cada meia hora ou a cada hora. Mas são menos frequentes em algumas rotas. Se você quiser explorar as duas ilhas de ônibus, deve planejar um pouco mais de tempo, pois às vezes é mais difícil ir de A para B.

O horário atual de ônibus pode ser visto no site da Corporação de Transporte Público de Seychelles.

Mahé parada de ônibus
Parada de ônibus em Mahé
Valor

Uma viagem de ônibus custa entre 5 e 10 rúpias de Seychelles, ou seja, cerca de 30 a 60 centavos de euro. Sem dúvidas, esta é a forma mais econômica de se deslocar por Seychelles.

Desvantagens

Geralmente os ônibus estão lotados, já que a população local também faz bastante uso do transporte público. Se um ônibus não parar ao ser feito sinal, é porque está com lotação esgotada. E deve-se esperar pelo próximo.

Os ônibus só circulam até o final da tarde, o último passa em torno das 18h. Deste modo, não conte com este serviço de noite.

Táxi

Outra maneira de explorar as ilhas e se deslocar por Seychelles, é de táxi. Quando se tem a sorte de pegar um taxista empolgado, pode-se aprender mais sobre as ilhas, sobre a cultura e saber curiosidades. Mas infelizmente nem tudo são flores… E como é de imaginar, táxi só é encontrado nas ilhas de Mahé e Praslin. Em La Digue até tem um número pequeno de táxis, mas as estradas lá são poucas e desta forma não dá para contar como alternativa.

Apesar de o táxi ser uma maneira extremamente confortável de se deslocar por Seychelles, ela também é significantemente mais cara. O valor de uma corrida de táxi não tem valores comparáveis com outros países e sim muito mais altos.

Se resolver utilizar o serviço, certifique-se de que os táxis tenham um taxímetro fixo e discuta o valor da corrida antecipadamente. Por exemplo, uma corrida da região do aeroporto de Praslin até o porto (10 km) custa 400 rúpias de Seychelles, ou seja, €25.

Transfers

Muitos hotéis, casas de aluguel e pousadas oferecem o serviço de transfer de e para o aeroporto. E também para se deslocar por Seychelles. O proprietário da casa que alugamos em Mahé pediu 600 rúpias de Seychelles para fazer este transfer. Ou seja, em torno de €40 para 4 adultos e 1 criança de 3 anos.

Mas quem desejar pode procurar na internet que existem diversas empresas que oferecem o serviço.

Bicicleta

Como já disse algumas vezes acima, a bicicleta é muitas vezes a melhor forma de conhecer algumas ilhas, principalmente as pequenas. La Digue é um grande exemplo, onde circular de bicicleta é quase uma obrigação, já que carros não circulam. Ainda mais que se deslocar por Seychelles de bicicleta é algo tradicional!

Em Mahé e Praslin, apesar de as ilhas terem algumas distâncias consideráveis, a bicicleta também pode ser uma grande mão na roda. Com efeito, a bicicleta é um excelente meio de transporte para visitar praias próximas e seguir para jantar, quando os ônibus já não circulam mais.

O aluguel é de cerca de €10 por dia, mas caso resolva alugar por mais tempo os valores diminuem. As bicicletas podem ser alugadas diariamente ou semanalmente, como se preferir.

La Digue LUnion anse source dargent bicicletas
Bicicletas em La Digue

Vale a pena comprar antecipadamente:

Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. O Seguro viagem também é exigido em Cuba, Venezuela e Austrália. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 10% na hora de pagar. 

Clique aqui e ganhe 10% de desconto no seu seguro viagem

;

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Real Seguros (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios na Europa com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro na Europa com a RentCars

Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.