Civita di Bagnoregio, um dos vilarejos mais encantadores da Itália!

0

O cenário é de sonho. Uma vila encrustada no alto de monte e cercado com um vale lindo. O único acesso é uma ponte longa e inclinada e que segue direto para a entrada da cidade. Esta é Civita di Bagnoregio!

Situada num vale, que é cortado por dois rios (Rio Chiaro e Rio Torbido), Civita di Bagnoregio está no topo do monte escavado por eles e pelo vento. A 443 metros do nível do mar, olhar para cidade e da cidade para ao redor, é impressionante. Ela fica no meio de um cânion e desponta majestosa do alto da rocha que a sustenta.

Creio que, como muitos outros lugares, as fotos não fazem jus a beleza deste lugar único. E olha que Civita é muito fotogênica!

Civita di Bagnoregio9-01

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Nossos leitores recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

História de Civita di Bagnoregio

 

Achados arqueológicos evidenciam que há pelo menos 2500 anos os etruscos habitavam esta área. Isto mostra que a história desta região vem de longe… Como não podia ser diferente, depois vieram o romanos, visigodos, bizantinos, lombardos, até que a região foi dada à Igreja por Carlos Magno.

Entretanto desta época, pouca coisa se vê destas épocas distantes. Evidências da época etrusca ainda presentes são poucas, como o Bucaione, que é um túnel profundo que liga Civita ao Valle dei Calanchi. E a cidade que está no alto do monte é basicamente medieval.

Civita di Bagnoregio panorama-01

São Boaventura

Foi neste período que nasceu na cidade seu mais famoso filho, São Boaventura (1221-1274), que era um monge e filósofo franciscano. São Boaventura foi um dos principais biógrafos de São Francisco de Assis e também foi amigo de São Tomás de Aquino. A casa dele não pode ser mais vista, porque despencou da beira do penhasco.

Civita di Bagnoregio detalhes

Erosão

E como esta casa, outras já desmoronaram e deram a Civita di Bagnoregio o apelido de “città che muore” (a cidade que morre). E a morte da cidade viria do fato de a rocha onde fica empoleirada se erodir, juntamente com os abalos sísmicos ocorridos ao longo de sua história.

O risco é real e já desde o século XVI os habitantes de Civita começaram abandonar a cidade e ir se instalar na vila ao lado, Bagnoregio. No final do século XVII (1695) aconteceu um grande terremoto que acelerou o declínio da cidade. E no século XIX, Civita estava se transformando rapidamente em uma ilha devido ao ritmo da erosão da camada de barro abaixo da pedra que sustenta a cidade.

Como é uma cidade extremamente turística, existem planos para reforçar a estrutura da cidade com hastes de aço e evitar mais danos geológicos. Estima-se que a cada ano a erosão da estrutura aumente em 7 centímetros.

Poucos habitantes

Com tudo isto, Civita di Bagnoregio foi se esvaziando ao longo dos séculos. Desta forma hoje muito poucas pessoas moram efetivamente na cidade. Diz o site Wikipedia que no inverno cerca de 7 pessoas vivem ali e no verão cerca de 100. A população está toda em Bagnoregio.

Ali não se encontra supermercado, nem farmácia, hospital e nem mesmo escola. Tudo em Civita di Bagnoregio gira em torno do turismo, que atrai milhares de visitantes todos os anos. É quase uma “cidade enfeite”.

Curiosidade

Um fato interessante é que a ponte que une Civita a Bagnoregio só foi construída em 1965. Para subir até a cidade, as pessoas tinham de seguir por trilhas e escadarias, tornando a vida dos habitantes bem árdua.

E mesmo com a ponte, os moradores não tem livre trânsito sobre ela. Como a cidade recebe muitos turistas, a administração local estipulou regras para se entrar e sair com bens e mercadorias. Desta forma, por medida de segurança, os moradores tem permissão de usar somente meios de transporte de duas rodas. Sendo ainda controlado os dias e horários, quando a cidade recebe menos visitas.

Civita di Bagnoregio ponte1-01

Onde se localiza Civita di Bagnoregio na Itália

 

Se você viu as fotos deste lugar incrível, está planejando uma viagem pela Itália e acredita que não deve deixar de passar por lá, eu recomendo muito que você faça isto! A visita a cidade é rápida, afinal ela é bem pequena, e com certeza vai ser um dos highlights do seu tour pela Itália.

Civita fica ao norte de Roma, cerca de 100 quilômetros, e as cidades próximas mais conhecidas são Viterbo (Lazio) e Orvieto (Umbria). Ela também fica a cerca de 180 quilômetros ao sul de Florença e seria uma visita ideal se incluída num trajeto entre estas duas cidades, ou numa viagem pelo sul da Toscana.

Atenção!

Não confundir Civita di Bagnoregio com a cidade de Bagnoregio, que você irá atravessar para chegar na encantadora cidade. Caso você pare em Bagnoregio, a chance é grande de se decepcionar. Portanto siga as placas, atravesse a cidade e siga em direção à Civita di Bagnoregio.

Como chegar a Civita di Bagnoregio

 

Sem dúvida a forma mais prática e rápida de chegar em Civita di Bagnoregio é de carro. É possível chegar lá com uma combinação de meio de transportes de várias cidades italianas, mas conte com várias horas de deslocamento e trocas.

Como é de se imaginar, carros não circulam pela cidade. Eles permanecem num estacionamento grande junto a cabeceira da ponte que leva até Civita. Para estacionar na base da ponte, siga as placas amarelas de Bagnoregio para Civita.

Estacionamento

 

O estacionamento é pago e é necessário comprar cartões de estacionamento logo que se chega. A taxa de estacionamento custa €2 pela primeira hora e €1 a cada hora adicional. Ou pode-se escolher pagar €6 pelo dia todo.

O bilhete de estacionamento deve ser comprado na máquina automática que está no estacionamento.

 

Como a visita na cidade costuma ser curta, em torno de 2 ou 3 horas por ali já é suficiente.

Chegando de transporte público

 

Pode-se ir de trem para diversas cidades próximas, como Orvieto e Viterbo, por exemplo. Destas cidades pega-se um ônibus até Bagnoregio. Dali segue-se de micro-ônibus até a cabeceira da ponte para Civita.

Ônibus de Orvieto para Bagnoregio
A empresa Cotral faz a linha até Bagnoregio e seus ônibus saem entre 6 e 7 vezes por dia da Piazza Cahen (dias úteis). Seguir até a parada na Piazzale Battaglini, em Bagnoregio. O trecho leva cerca de 1 hora.

Da Piazzale Battaglini em Bagnoregio deve-se pegar um micro-ônibus até a base da ponte para Civita. Este trecho leva em torno de 5 minutos e tem horários variados. Este trecho custa €0,70. Informações sobre horários, aqui.

Importante

É interessante saber que nos finais de semana ou no verão, o estacionamento mais próximo a ponte lota rapidamente. E a opção é estacionar em Bagnoregio. Outra informação importante para estes períodos é que os micro-ônibus saindo da Piazzale Battaglini ficam lotados. Para aqueles que não se importam em caminhar, esta é a melhor opção para chegar a ponte. São aproximadamente 2 quilômetros até Civita, cerca de meia hora de caminhada.

Você consegue viajar sem celular?
Já saia do Brasil com o seu chip de celular europeu e com internet boa! Eu testei algumas vezes e aprovei. Ganhe o frete grátis toda vez que usar nosso link.

Visita a Civita di Bagnoregio

 

Bilhete de entrada

Além de pagar o estacionamento, é necessário comprar o bilhete para entrar na cidade.

O bilhete custa €3 dias de semana por pessoa e €5 nos finais de semana e feriado.

Menores de 6 anos não pagam.

2 crianças entre 6 e 14 anos não pagam estando juntos com 2 pais pagantes.

 

A bilheteria está aberta de 08-20 horas diariamente.

Belvedere (Mirante)

Eu sei que daqui você já vai estar encantado com a vista. Parece que a gente não acredita no que os olhos veem, de tão linda que é esta paisagem. Do mirante se tem uma vista incrível da cidade e está liberado, não poupe fotos!

Civita di Bagnoregio3-01

Civita di Bagnoregio aproximada-01

Dica!

Logo ao lado direito do Belvedere (Mirante) está a Grotta di San Bonaventura, uma das atrações de Civita.

Grotta di San Bonaventura

A gruta de São Boaventura é bem pequena, mas dizem que esta era a gruta onde São Francisco de Assis, quando passou pela cidade, fazia as suas orações. E que teria sido nesta gruta que São Francisco de Assis teria milagrosamente curado o pequeno São Boaventura de uma doença grave com suas orações. Este milagre entregou o jovem Giovanni Fidanza, futuro monge e filósofo, à Igreja e a Deus.

Não pode se entra na gruta devido aos inúmeros deslizamentos de terra ocorridos ao longo dos séculos. Isto fez com que muitos vestígios desta época fossem perdidos para sempre, infelizmente.

Apesar de não poder entrar, pode-se olhar a gruta através de um portão de ferro.

A gruta de São Boaventura também deve ser uma tumba etrusca transformada em capela durante a Idade Média.

Foto: Mikhail Nikandrov / Shutterstock.com

Valle dei Calanchi

Uma das coisas que faz este cenário ser tão belo é o vale de “Calanchi”. Calanchi é como é chamado o cânion ao redor de Civita. Ele que foi formado pelo tempo, com a erosão do solo através do vento, dos rios, e terremotos nas rochas e terrenos com argila.

Ponte

Fazendo parte da paisagem, a ponte que leva até Civitá tem cerca de 300 metros de comprimento. Ela tem uma parte bem inclinada, mas que requer só um pouco de esforço. Nada que não compense com folga o que vai se ver na cidade.

Esta ponte foi construída em 1965 substituindo a anterior que foi destruída pelos alemães na Segunda Guerra Mundial.

Entrando na cidade

 

A entrada principal da cidade já é algo diferenciado. Recepcionando os visitantes, está um enorme corredor de pedra. Sim, para entrar em Civita, você cruza um túnel de pedra que foi feito por etruscos há 2500 anos! Esta é a Porta Santa Maria, que foi cavada no penhasco.

Porta Santa Maria

Esta porta de entrada é a única que sobrou, das duas que existiram. E tem este nome porque foi construída perto de uma igreja dedicada a Nossa Senhora. Ela também é chamada de Porta Cava porque antes de ser adaptado na Idade Média (com um arco gótico), ela havia sido escavada no tufo pelos etrusco.

Na fachada estão dois baixos-relevos com leões segurando uma cabeça humana entre as garras. É para lembrar a vitória de Civita sobre a família de Monaldeschi, de Orvieto, em 1457.

O arco romano foi acrescentado no século XII.

Passeando pela vila

A partir daqui se está numa vila medieval intacta, com algumas poucas ruas estreitas e de paralelepípedos que levam a praças e passando por palácios nobres e casas de pedra, mantidas impecavelmente. É muito rápido e fácil percorrer toda Civita. Quer dizer, seria! Como ela é muito fotogênica, cada esquina é motivo para parar e admirar.

Na realidade não há muito o que fazer na cidade além de caminhar e apreciar suas ruas. Mas pode-se encontrar restaurantes e lojas de souvenires. E pode-se até mesmo passar a noite ali, já que existe algumas opções de hospedagem.

Se você gostou do post e ele vai ser útil na sua viagem, nos ajude a manter o blog para ter sempre posts deste tipo fresquinho para você!
Reservando seu hotel na Itália por aqui, além de você garantir o menor preço você ainda ajuda o blog!
E o mais importante: você não paga nada mais por isto! E ainda tem, na maioria dos hotéis e apartamentos, a opção de cancelamento gratuito.

Conhecendo Civita di Bagnoregio

 

O coração da cidade está na Piazza San Donato, onde fica a catedral, o antigo Duomo di San Donato.

Piazza San Donato

Esta praça de chão batido é o lugar para se socializar na cidade. É aqui que as festas da cidade acontecem. Nela pode-se ver, além da catedral, uma fonte e colunas etruscas.

 

Civita di Bagnoregio Piazza San Donato pilares-01
Pilares etruscos na Piazza San Donato

Duomo di San Donato

Esta é a igreja mais importante de Civita e foi construída no século VIII sobre os restos de um templo etrusco e que depois se tornou um templo romano.

A igreja passou por diversas reformas ao longo de sua existência. No século XI, a igreja passou por uma reconstrução, foi complementada por um campanário no século XII, e recebeu uma nova fachada durante o século XV.

A igreja abriga um crucifixo de madeira do século XV da escola de Donatello e que é considerado por muitos como milagroso. E ainda pode-se ver um afresco da escola de Perugino e as relíquias de São Hildebrando, bispo da cidade no século IX.

Outras atrações interessantes são:

 

Museo Geologico delle Frane

Este é um museu da geologia e da erosão, e como o nome mesmo diz, fala sobre a erosão sofrida pela cidade ao longo dos séculos. É um excelente lugar para saber tudo sobre este tema.

Casa di San Bonaventura

A casa de São Boaventura onde passou sua adolescência não existe mais, já que ela foi destruída num deslizamento de terra. Mas a fachada está lá

Em 1524-25 parte da casa foi transformada em uma igreja dedicada ao Santo. Pouco se sabe sobre esta igreja, além de suas dimensões. Ela foi danificada pelo terremoto de 1695 e reconstruída em 1703. Mas outros terremotos e deslizamentos de terra levaram ao seu abandono em 1826.

Belvedere di Peppone e outros mirantes

Este mirante fica numa das bordas da cidade e oferece lindas vistas do vale que a circunda. Mas ele não é o único. A cada rua que se pega, pode-se terminar num mirante com visual incrível.

Palazzo Mazzoncchi-Alemanni

Este palácio renascentista exibe exposições romanas e etruscas.

Mais fotos de Civita de Bagnoregio:

Cavernas Etruscas

Uma série de cavernas ainda podem ser encontradas no extremo leste da cidade. Apesar de muitas delas erem se perdidos nos terremotos e deslizamentos de terra, algumas ainda podem ser vistas. Em uma delas foi feita em uma capela, chamada de Capela dos Encarcerados.

Vale a pena comprar antecipadamente:


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Europa 1

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios na Europa com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro na Europa com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


Comente Aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.