Página Principal Austrália O que fazer em Cairns e Port Douglas, Austrália

O que fazer em Cairns e Port Douglas, Austrália

por Mirella Matthiesen

A região de Cairns e Port Douglas é um dos destinos mais incríveis da Austrália. Imagine que em um só lugar você consegue visitar a maior barreira de corais do mundo e a floresta tropical mais antiga do planeta, sem contar as belezas naturais que nos enchem os olhos.

Cairns é a principal cidade para explorar as atrações, mas não podemos esquecer da queridíssima Port Douglas, que na minha opinião, é muito mais charmosa. Além dessas duas, deixo aqui também a dica de Palm Cove, meu lugar favorito da região – mando mais detalhes sobre onde se hospedar nesses três lugares mais abaixo.

Já aviso que tem muito o que fazer em Cairns e Port Douglas, então, apesar de 3 dias ser o suficiente para ver o básico, eu recomendo pelo menos 5 dias inteiros para ver as coisas com mais calma. Na minha última visita, por exemplo, fiquei lá duas semanas!!! Deu para perceber que sou fã, não é mesmo?

Ah sim… antes de viajar para Austrália não esqueça de comprar um bom seguro viagem para embarcar tranquilo. O sistema de saúde australiano não cobre emergências para turistas, dessa forma, melhor não arriscar! [Faça uma cotação]

Pesquise promoções de passagem aérea!

Quando ir para Austrália – todas as dicas!

O que fazer em Cairns e Port Douglas
ALEXANDRA LOOKOUT (Cape Tribulation & Daintree)

Índice do post Cairns e Port Douglas


O QUE FAZER EM AGNES WATER E 1770 – Queensland

WHITSUNDAYS, AUSTRÁLIA – UM PARAÍSO PARA CHAMAR DE SEU!

ONDE FICAR EM BRISBANE – MELHORES BAIRROS E OPÇÕES!


Dicas de Cairns e Port Douglas

Como chegar em Cairns e Port Douglas

Sendo a região de Cairns e Port Douglas um dos principais centros turísticos da Austrália, há várias maneiras de se chegar lá! Você pode dirigir, pegar ônibus ou trem, mas a maneira mais prática e rápida, sem dúvida é voando.

As principais empresas aéreas da Austrália são: Qantas, Virgin Australia e JetStar, e todas elas voam para Cairns!

Aliás, uma dica da Austrália muito importante: nunca subestime a distância entre uma cidade e outra. Veja abaixo, por exemplo, a quilometragem entre Cairns e as principais cidades do país:

  • 1.700 km de Brisbane
  • 2.700 km de Sydney
  • 2.800 km de Darwin
  • 3.100 km de Melbourne

Meios de transporte

  • Ônibus: Há duas empresas que fazem o trajeto pela costa de Queensland, de Brisbane de/para Cairns, são elas Premier e Greyhound, contudo cabe ressaltar que são quase dois dias de estrada!!!

Como circular em Cairns e Port Douglas

As atrações turísticas da região de Cairns e Port Douglas são bem distantes uma das outras e ter um carro alugado a disposição facilita bastante a vida. Você precisa fazer as continhas para ver o que compensa mais para você.

Caso não alugue um carro e precise de um transfer para seu hotel em Cairns e Port Douglas, faça sua reserva aqui, custa entre A$18 a A$46 por pessoa, dependendo da cidade que irá ficar.

Dentro de Cairns é fácil de circular, se estiver hospedado no centro, dá para fazer tudo a pé, contudo o transporte público de Cairns funciona direitinho e tem bastante acesso usando os ônibus. A dica é comprar o “Go Card” do sistema Translink que te ajuda a economizar no valor da tarifa e esse mesmo cartão pode ser usado em Brisbane, Gold Coast, Sunshine Coast e outras cidades do estado de Queensland [lista completa].

Cairns e Port Douglas também oferecem o serviço de taxi, Uber e tours.

No caso de Port Douglas, se você estiver perto do centrinho, dá para fazer tudo a pé, do contrário uma bicicleta ou carro irá ajudar bastante. As dicas aqui são bem similares com as de Cairns!

Port Douglas, QLP - Austrália
Port Douglas

Quando ir a Cairns e Port Douglas

Apesar de Cairns e Port Douglas serem classificados como um destino para qualquer época do ano, você precisa levar algumas coisas em consideração.

Os melhores meses para viajar para Cairns vai de maio a outubro, quando não há incidência de ciclones e nem de águas-vivas na região.

A época de ciclone em Cairns acontece entre os meses de dezembro a abril, dessa forma, se viajar nesse período, esteja sempre atento ao app ou website meteorológico bom.gov.au

>>> Você sabia? Ciclone é conhecido no hemisfério norte como furacão, só para dar uma referência! 🙂 

Os meses de ciclone coincidem com o período das águas-vivas super perigosas da Austrália, são elas: Irukandji ou box jellyfish – veja o mapa das águas-vivas na Austrália. Então, para quem for nessa época (outubro a abril/maio) é altamente recomendado usar os macacões ao entrar no mar – falo mais sobre isso aqui nesse post sobre snorkel na Barreira de Corais.

E por falar em nadar no mar, lembre-se dos crocodilos, sim meus amigos, há crocodilos de água salgada nessa região da Austrália! Não dê bobeira e leia as placas antes de se jogar na água!

Quantos dias em Cairns

Essa pergunta é complicada, mas vou tentar te ajudar.

A maioria das pessoas reservam 3 dias inteiros para conhecer a região de Cairns, sendo que as principais atrações são:

  1. Grande Barreira de Corais
  2. Kuranda Village
  3. Daintree National Park & Cape Tribulation

Caso tiver mais tempo (ideal!), há também outras atrações bem legais:

  • Port Douglas (imperdível!)
  • Palm Cove
  • Mossman Gorge
  • Cachoeiras: Crystal Cascade & Josephine Falls
  • A própria cidade de Cairns
  • Passeio de helicóptero pela Barreira de Corais
  • Atherton Tablelands
  • Mission Beach

Vou falar sobre algumas delas com mais detalhes abaixo, só descer a página!

Kuranda - Cairns
Kuranda – Baron Falls

Hospedagem

Quando começar a organizar sua viagem para Cairns, com certeza vai reparar que existem outros dois lugares super legais para ficar na região, são elas Port Douglas e Palm Cove.

Palm Cove é uma praia linda e aconchegante há 22 km ao norte de Cairns, enquanto Port Douglas é um pouco mais distante e um dos endereços mais exclusivos da região, fica há 67 km ao norte de Cairns

Todas as cidades tem suas vantagens e desvantagens, que vou descrevê-las um pouco mais abaixo, mas em poucas palavras, eu classificaria assim:

  • Cairns é perfeita para quem está com o orçamento contado ou está viajando como mochileiro.
  • Port Douglas é excelente para famílias e para quem tem um orçamento mais folgado, com certeza as hospedagens mais caras da região.
  • Palm Cove é perfeita para quem prefere um lugar mais intimista, com um “que” requintado, informal e bem tranquilo (minha favorita, sem dúvida!).

Onde ficar em Cairns

Cairns é a melhor opção para quem está com o orçamento mais restrito, porém há também boas ofertas de hotéis luxuosos. Com certeza a maior cidade da região e tem uma variedade grande de bares, cafés, restaurantes e acomodações.

Uma das grandes desvantagens de Cairns é que ela não tem praia, mas por outro lado, tem uma piscina pública na Promenade que é super legal.

E vale muito ressaltar que Cairns é o paraíso do viajantes mochileiros, então, dependendo do seu estilo, isso pode ser uma vantagem ou desvantagem!

Veja algumas dicas de onde ficar em Cairns, todas bem avaliadas no Booking.com ou AirBnB:

Onde ficar em Port Douglas

Se sua ideia é conhecer a barreira de corais, Daintree Forest e as atrações da região de Cairns em um ambiente mais sofisticado, com certeza Port Douglas é seu lugar.

E vai por mim, a cidade é encantadora, cheia de cafés, restaurantes e com uma vibe deliciosa. Sim, tem praia, mas também tem crocodilos, se quiser entrar, faça somente em lugares determinados pelos salva-vidas.

Um ótimo lugar para todo tipo de turista, mas desde que tenham dinheiro no bolso!

Deixo algumas dicas de onde ficar em Port Douglas, todas bem avaliadas no Booking.com ou AirBnB:

Onde ficar em Palm Cove

A vibe de Palm Cove é imbatível, especialmente para quem está buscando um cenário tropical e relax. Dito isso, preciso me adiantar e dizer que esse subúrbio de Cairns se resume há apenas alguns quarteirões, porém cheio de cafés e restaurantes todos de frente para a praia.

Não recomendo ficar em Palm Cove para o pessoal que tem o orçamento restrito, mas vale a visita. E se quiser um lugar ainda mais sossegado e prefira alugar uma casa, por exemplo, considere a vizinha Clifton Beach.

Uma das desvantagens de Palm Cove é que não há passeios de snorkel para Barreira de Corais saindo de lá, precisa se deslocar para Cairns ou Port Douglas.

Olha aqui algumas dicas de onde ficar em Palm Cove, todas bem avaliadas no Booking.com ou AirBnB:

O que fazer em Cairns e Port Douglas
Hemingway’s Brewery, Cairns

CAPE HILLSBOROUGH NA AUSTRÁLIA – ONDE CANGURUS TE ACORDAM MAIS CEDO!

COMIDAS TÍPICAS DA AUSTRÁLIA – INCLUINDO SOBREMESAS!

AS MELHORES VISTAS DE SYDNEY, AUSTRÁLIA (FOTOS)


O que fazer na região de Cairns e Port Douglas

Não faltam opções do que fazer em Cairns, na verdade, facilmente a gente se perde no que fazer por lá. Mas pensando em você, separei as principais atrações para incluir no seu roteiro para Cairns ou Port Douglas.

Cairns, a cidade

O que fazer em Cairns

O coração de Cairns bate mais forte na Esplanade, uma passarela de 2.5 km para você caminhar, comer alguma coisa e interagir com locais, estudantes e muitos turistas. Sem dúvida será uma de suas melhores lembranças da cidade.

Tente participar de uma aula de ginástica gratuita oferecida pela prefeitura da cidade, mergulhe na lagoa artificial para se refrescar e aos sábados acontece uma feirinha de produtos artesanais chamada Esplanade Markets, de repente uma ótima oportunidade de comprar alguns souvenirs “made in Australia”.

Para os mais “maluquinhos”, que tal curtir uma tirolesa com vistas incríveis no Zoom & Wildlife Dome ($25), ou se jogar de um Bungy Jump da famosa empresa AJ Hackett ($99), ou ainda se aventurar com os amigos no Giant Jungle Swing ($79).

Para quem está com crianças ou gosta da vida marinha, o aquário de Cairns ($44) é um passeio bem interessante para conhecer um pouco mais do ecossistema de Queensland.

Se gostar de cervejaria, a Hemingway’s Brewery é uma delícia para curtir um final de tarde ou qualquer hora do dia! E para turma que não resiste um bom mercado, não deixe de conhecer o Rusty’s Markets para comprar frutas, tomar um café ou achar um souvenir (provavelmente “made in China”).

Há outras coisas para fazer em Cairns como conhecer o cassino, comer frutos do mar e conhecer cachoeiras (Crystal Cascades, por exemplo), além de todas as atividades fora da cidade, que vou falar mais abaixo.

Snorkel pela Grande Barreira de Corais

Barreira de Corais, Cairns

Mergulho de cilindro ou snorkel são as atividades mais incríveis para se fazer na região de Cairns ou Port Douglas. Caso você só possa fazer uma atividade, na minha opinião, essas devem estar no topo da lista!

Conhecer a Grande Barreira de Corais da Austrália é impressionante! Eu já fiz alguns mergulhos por lá e sempre sai feliz! Nesse artigo do Viajoteca, escrevo com detalhes o passeio de fizemos para a barreira de corais saindo de Cairns e que recomendo muito, especialmente para quem está fazendo pela primeira visita [Garanta seu lugar com a SeaStars agora mesmo – $200 | Ou esse tour da Passions of Paradise também está super bem avaliado] .

Caso você já tenha experiência com snorkel e prefira um passeio mais intimista, recomendo muito o pessoal da ABC Snorkel, com base em Port Douglas. Eu amei o passeio, mas não levaria minha mãe e nem um amigo que estivesse indo pela primeira vez, entende?

Há uma infinidade de excursões para barreira de corais saindo de Cairns e Port Douglas, sem dúvida é um dilema escolher, mas prefira as com boas avaliações, com bons barcos e que visitem lugares menos populares.

Verifique o que cada passeio inclui (comida, equipamento, macacão, etc) e não caia da besteira de escolher somente pelo preço, pois você poderá se dar mal.

Caso não consiga nadar por muito tempo, prefira excursões com pontoon, as famosas plataformas na barreira de corais. Aliás, duas boas empresas que oferecem esse tipo de passeio são Sunlover e Quisksilver.

Melhor época:

A melhor época para fazer esportes naúticos na Barreira de Corais vai de maio a outubro (ou junho a setembro para ser ainda mais cautelosa!), pois é nessa época que quase não há incidência das água-vivas “assassinas”: Irukandji ou box jelly fish. Todos os outros meses do ano, não entre na água sem os macacões de proteção.

PS: antes que me perguntem, eu achei Green Island muito chato! Apesar de ser bonita, eu não faria de novo.

Port Douglas

O que fazer em Port Douglas

Existe uma séria possibilidade de Port Douglas se transformar na sua cidade favorita da Austrália, então, mesmo que você não se hospede por lá, vale muito a pena passar algumas horas explorando um pouquinho do seu centrinho e também de suas belezas naturais.

Uma das grandes atrações de Port Douglas é a praia Four mile Beach, que apesar do nome sugerir um tamanho de 4 milhas, sua extensão é na verdade de 4 km. Aliás, fazer uma caminhada por essa praia é delicioso.

Apesar de toda região ao norte de Queensland ser recheada de crocodilos de água salgada (os salties), há uma área protegida em Port Douglas que é vigiada por salva-vidas e com rede de proteção para você poder nadar! Mas não dê bobeira e fique esperto! #MinhaDica

Para quem gosta de trilha ou caminhada, bem fácil, não deixe de fazer a Flagstaff Hill Trail, uma trilha surpreendente que oferece paisagens lindas da costa de Port Douglas. Ela começa na Four Mile Beach e termina no Rex Smeal Park, outro lugar bem pitoresco, especialmente no pôr do sol.

Aliás, não deixe de passear pelas lojinhas e cafés da Macrossan St.

Para almoçar recomendo o Viet Pho Cafe (comida vietnamita) e para uma padoca e café, vá conferir o Grant Street Kitchen. Mas não se prenda a essas dicas, pois há muitos restaurantes e bares super legais em Port Douglas.

Sobrevoe a Barreira de Corais

Voo de helicoptero Barreira de Corais

Inegavelmente, um dos passeios mais incríveis e maravilhosos que já fiz na vida foi sobrevoar a Grande Barreira de Corais e ver uma das belezas naturais mais incríveis do mundo. Vale cada centavo!

Particularmente, eu acho o sobrevoo pela barreira de corais em Whitsundays mais interessante, pois existe um coral em formato de coração que parece uma escultura! Mas quem não for visitar os dois lugares, DEVE tentar encaixar esse passeio no orçamento.

Há vários tipos de passeio desse tipo, uns incluem passeio de helicóptero e mergulho no pontoon e embora outros só incluem passeios de helicóptero. Deste modo, veja aqui algumas opções de passeios saindo de Cairns ou Port Douglas.

Dirija pela Great Barrier Reef drive

Ellis Beach, Queensland
Ellis Beach

A Great Barrier Reef Drive é uma belíssima estrada que liga Cairns a Cape Tribulation e pelo caminho, ao longo da costa, você vai passando por paisagens onde a Grande Barreira de Corais se encontra com a floresta tropical.

Sobretudo, não deixe de parar no Rex Lookout para curtir o visual. Enfim, as praias Ellis Beach e Wangetti Beach também são facilmente acessíveis da estrada e se der uma vontade louca de ver crocodilo de pertinho, um dos tours mais famosos da região é o Hartley’s Crocodile Adventures (nunca fiz! Ops!).

Kuranda

Kuranda - Cairns

Das cidadezinhas próximas a Cairns, com certeza Kuranda é uma das mais peculiares e você precisa conhecer. Situada no alto da montanha há 20 km de Cairns, no meio da floresta tropical e com um jeitão de vila hippie, Kuranda é um dos destinos mais visitados da região.

Sim, Kuranda é muito turística e não se parece com o lugar que os hippies resolveram habitar nas décadas de 1960 e 70. Mas por outro lado, a vila é toda descolada, cheia de murais de arco-íris, muitos mercadinhos de joias feitas à mão e surpreendentemente cheia de barraquinhas de comidas deliciosas.

Para quem gosta de borboletas, lá você encontra a maior exposição de borboletas na Austrália! [compre ingresso aqui, $20]

Você consegue chegar em Kuranda de carro, de trem panorâmico mas se quiser algo bem diferente viaje com o Skyrail Rainforest Cableway, para literalmente sobrevoar a floresta tropical em uma gôndola – você também pode fazer o combo de Trem + Gôndola.

Do lado da linha do trem, não deixe de apreciar a beleza da Garganta Baron, uma cachoeira com formação muito interessante e dramática. Para ter a visão geral, faça a trilha Barron Falls Lookout Track de apenas 1 km e bem fácil.

Quem estiver de carro, ainda pode dar uma esticadinha e conhecer outras atrações da região como a charmosa cidadezinha de Yungaburra, a maravilhosa árvore “Curtain Fig Tree” e ainda as cachoeiras Millaa Millaa e Elinja.

Caso prefira fazer um tour, há várias opções, clique aqui para ver algumas.

Palm Cove

Palm Cove, QLD

Para curtir um dia de praia, com palmeiras e bem relax, siga para Palm Cove, uma das praias ao norte de Cairns. Certamente esse é meu cantinho favorito da região.

Há vários cafés legais, incluindo o 27 Degrees e o Espresso & Co Cafe. Para restaurantes indico o descolado Vivo Palm Cove, para uma pasta gostosinha ou um drink sem compromisso siga para Portofino. Entretanto, para um jantar refinado com um dos melhores chefes da região, não pense duas vezes e reserve sua mesa no Nu Nu Restaurant.

Aliás, na beira da praia você também consegue alugar kayak e jet-ski para ir até a pequena ilhota em frente a Palm Cove.

Daintree e Cape Tribulation

Parque Nacional Daintree na Austrália
Cow Bay Beach

Umas das coisas mais legais e assustadoras de viajar pela Austrália é estar em contato com a natureza e com o bichos malucos que moram por lá! Deste modo, um day trip pelo Parque Nacional Daintree & Cape Tribulations é uma viagem de volta a pré-história!

A Daintree é considerada a floresta tropical mais antiga do mundo e sua natureza é muito semelhante a que os dinossauros viram e viveram!!! Pra gente que é brasileiro e está acostumado com a Mata Atlântica, confesso que a paisagem não nos deixa tão perplexos, mas os gringos piram na quantidade de verde em um só lugar!!!

Você pode tirar um dia para visitar a região do Daintree. Para isso basta ter um carro alugado, atravessar a balsa e ir conhecendo os lugares, como: Cape Tribulation Beach Lookout, Jindalba Boardwalk, Mason’s Swimming Hole, Myall Beach, Daintree Ice Cream Company, Madja Botanical Walk, Cow Bay Beach e Kulki Boardwalk.

Para te ajudar, fiz um mapa das atrações do Daintree para facilitar sua vida, minha sugestão é começar pela atração mais distante e ir retornando.

Difícil não se sentir um Tarzan no meio de tanta natureza, mas durante as caminhada, por favor fiquem atentos aos crocodilos e não entrem no mar!!!

A conexão de wifi ou 4G é horrível, então baixe o mapa no celular antes da viagem. Sinceramente, não tem como se perder, mas melhor ter o mapa nas mãos para se localizar, pois a sinalização das caminhadas e praias não são muito específicas.

Caso prefira ir de excursão, há muitas empresas que fazem esse passeio saindo de Port Douglas e Cairns, como essa ou essa.

Aliás, quem estiver viajando em família, talvez tenha interesse no Daintree Discovery Centre, um parque com algumas atrações para aprender mais sobre a mata.

Mossman Gorge

Mossman Gorge

Mossman Gorge é uma seção do Parque Nacional Daintree com cascatas de água cristalina e pedras de granito banhadas pelo rio Mossman. Fora que tudo isso fica no meio de florestas tropicais e dentro de uma comunidade aborígene.

Entretanto, o passeio pelo Mossman Gorge é pago e os ônibus elétricos do parque te levam até a entrada principal. Aliás, existem também passeios onde os aborígenes contam histórias locais (Dreamtime Walks) e algumas trilhas para conhecer o parque.

Cairns e Port Douglas
Port Douglas

Seguro Viagem para a Austrália

Certamente, uma coisa que não pode faltar na sua viagem é um bom Seguro Viagem Internacional.
Viaje tranquilo e esteja protegido/a se alguma emergência acontecer!
Aliás, o sistema de saúde australiano é muito caro para turistas, deste modo, não vale a pena arriscar.
Aproveite nosso link e receba no mínimo 5% de desconto!!! Faça uma cotação.

Desconto Seguro Viagem

Prontos para viajar para Cairns e Port Douglas?

Espero que tenham curtido essas dicas sobre o que fazer em Cairns e Port Douglas, na Austrália! Certamente um lugar muito especial, repleto de atrações para todos os gostos e ainda que vale a visita!

Sendo assim, qualquer dúvida ou sugestão, estou a disposição nos comentários no final desse post! 🙂

Aliás, aproveito para pedir para usar nossos links de parceiros sempre que possível, assim a cada reserva concluída ganhamos uma micro-comissão que nos ajuda a manter o Viajoteca com dicas sempre atualizadas! Naturalmente, você não paga a mais por isso, fora que às vezes ganha descontos especiais e nos ajuda muito! Valeu!

Leia também:

IMIGRAÇÃO NA AUSTRÁLIA | COMO PASSAR NA ALFÂNDEGA AUSTRALIANA

HUNTER VALLEY – REGIÃO VINÍCOLA PERTO DE SYDNEY (AUSTRÁLIA)

Resolva sua viagem com nossos parceiros:

Todas as Viagens - Botão Seguro Viagem

 

Botão Chip de Celular
Todas as Viagens - Botão Passagem aérea

 

Botão Hoteis

Todas as Viagens - Botão Aluguel de carro

 

Botão Ingresso

LEIA TAMBÉM:

Fale com a gente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Viajoteca usa cookies para tudo funcionar direitinho no seu browser, tudo bem? Aceito Leia mais

Privacidade & Cookies