Dicas de Viagem

Yonggungsa: O famoso templo do dragão em Busan na Coréia do Sul

13

Yonggungsa é um dos principais templos budistas da Coréia do Sul. Localizado nos arredores de Busan, no sul da Coréia do Sul, Yonggungsa é um templo bem diferente de todos os outros templos budistas que já visitei naquele país. Tive a oportunidade de visitar Busan, e o Haedong Yonggungsa em duas oportunidades diferentes. Uma vez no outono e outra vez na primavera. E no post de hoje, irei falar um pouco mais, sobre a experiência e da história desse incrível templo budista sul-coreano à beira mar.

Yonggungsa Templo em Busan na Coréia do Sul

A primeira vez que visitei a Coréia do Sul, foi no outono de 2013 quando aproveitei uma ida da Nova Zelândia para o Sudeste da Ásia. E de quebra, dei uma esticadinha para conhecer um pouquinho da Coréia do Sul e visitar uma amiga dos tempos de Singapura que havia mudado recentemente para Busan. Embora a visita em Busan tenha sido super rápida. Ela deixou um gostinho de quero mais, e desde então já voltei outras 2 x para o país.

Yonggungsa templo do dragão em Busan na Coréia do SulNaquela primeira visita em meados de Novembro, fiquei maravilhado com as cores das árvores no sul da Coréia do Sul, especialmente as árvores de Ginko Biloba que estavam todas amarelinhas.

Yonggungsa Busan Coréia do Sul no Outono

Já nas duas visitas seguintes, estive no país no início da primavera. Apesar de ter visitado o mesmo lugar duas vezes. Foi muito legal observar como as diferentes estações do ano conseguem transformar completamente o lugar.

Yonggungsa templo do dragão em Busan na Coréia do Sul

E esta transformação das estações do ano ficou particularmente evidente na última visita à Coréia do Sul quando praticamente retornei a todos os lugares de minha primeira visita ao país. No retorno à Busan, pude contemplar uma cidade repleta de cerejeiras e canteiros floridos. Minha lembrança inicial era de uma cidade à beira mar cercada por montanhas com árvores com tons de amarelo e laranja.

Desta vez com um pouco mais tempo, entre as várias atrações que visitei na segunda maior cidade sul-coreana, temos Yonggungsa esse peculiar templo à beira mar que desta vez além do coloridos de algumas cerejeiras, estava se preparando para as festividades do aniversário do Buddha. Quando o mesmo é enfeitado com milhares de lanternas de papel com pedidos e desejos dos fiéis.

Haedong Yonggungsa em Busan

Originalmente construído em 1376 durante a dinastia de Goryeo, o templo de Yonggungsa foi destruído algumas vezes ao longo de sua história. Na maioria das vezes, pelos japoneses que viravam e mexiam invadiam essa região da península coreana.

Apesar das inúmeras ocupações e incidentes com o templo, o Younggungsa sempre foi eventualmente reconstruído. O templo de Yonggungsa que podemos visitar hoje, é na verdade a reconstrução do templo original ocorrida em meados dos anos 70 com atenção minuciosa aos detalhes. Em especial as cores que eram tradicionalmente usadas em tais estruturas na época da disnatia Goryeo.


Localizado à beira mar, este é o mais famoso dos raríssimos exemplares de templos budistas construídos pertinho do mar na península coreana. Seu nome, Yonggungsa que literalmente significa: Dragão (Yong 龍 ) Palácio (gung 宮 ) Templo (sa 寺 ), explica porque podemos observar tantos dragões esculpidos em sua fachada ou desenhados em seu interior.

Enquanto a grande maioria dos templos budistas na Coréia do Sul estão localizados nas montanhas, Yonggungsa está na costa da parte nordeste de Busan. Yonggungsa conta com várias relíquias importantes para o budismo sul-coreano. Entre elas temos: Haesu Gwaneum Daebul (A grande Deusa do Mar), Santuário de Daeungjeon, Santuário de Yongwangdang, Santuário de Gulbeop e um pagode de três andares apoiado sob quatro leões que podem ser vistos olhando para o oceano. Os quatro leões simbolizam alegria, raiva, tristeza e felicidade.




Como esta localizado à beira mar e as margens de um costão de pedras, para se chegar ao templo é preciso percorrer um caminho com 108 degraus e dezenas de lanternas de pedra que enfeitam a paisagem rochosa. Depois de descer os elusivos 108 degraus, o visitante pode finalmente vislumbrar o templo e se encantar com a beleza do mesmo.

Pelo caminho, o visitante pode parar e apreciar várias esculturas e os barulho calmante das ondas, e se for bem cedinho (coisa que gostaria de ter feito mas fiquei com preguiça de acordar super cedo), assistir a um belíssimo nascer do sol no mar do Japão.

Dentre as esculturas que encontramos pelo caminho temos os 12 guardiões do horóscopo chinês. Esculturas de outras divindades budistas. Por sinal o templo é bastante popular entre os estudantes que colocam pequenas imagens de um buda estudante como promessa para ter êxito nas provas. Especialmente no exame de admissão nas universidades locais.

Aproveitei minha visita ao templo para gravar um vídeo que compartilho aqui com vocês de forma que vocês possam conhecer em imagens um pouco mais sobre o que falei nesse post sobre esse lugar tão especial. Se você curtiu o vídeo, não esqueça de dar um “joinha” e assinar nosso canal no youtube para ver em primeira mão os vídeos de nossas andanças pelo mundo.

Toda vez que você reserva algo por algum link aqui do blog, recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter sempre atualizado e com novas dicas de viagem. Obrigado!!


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


Comente Aqui

13 Comentários
  1. Mirella Matthiesen Diz

    Apaixonante, Oscar!!!

  2. Mapa na Mão Diz

    Nossa, que linda a árvore de Ginko Biloba. Nunca tinha visto uma. Mas sonho mesmo em ver as cerejeiras nestes países do oriente. Nossa, e o templo, que lindo! Colorido, uma graça. Amei o post.

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Coréia do Sul, Japão, China, Taiwan na época da florada das cerejeiras é mesmo mágico.. E o templo de Younggungsa é mesmo muito legal!!
      Obrigado pela visita

  3. Gisele Teixeira Diz

    Nossa, uma cultura tão diferente encantadora! Adorei conhecer um pouco mais!

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Legal que você curtiu o post 😀

  4. Leo Vidal Diz

    Templo incrível. Adorei as cores mega coloridas e a paisagem no entorno. Muita vontade de conhecer a Coreia do Sul, lembrarei de visitar o templo quando programar minha ida.

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Leo a Coréia do Sul é um destino muito legal.. Já fui 3 x e posso voltar sempre!! Povo legal, comida boa, cultura fascinante e paisagens legais.
      Obrigado pela visita

      Abs

  5. 1001dicasdeviagem Diz

    Nossa, que show!!! Já fiquei encantada com as fotos, mas deve ser realmente um espetáculo vivenciar tudo isso!

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Concordo contigo.. Por mais que as fotos e vídeos vejam bem feitos, ao vivo a experiência é completamente diferente.
      Obrigado pela visita

  6. Alessandra Diz

    Nossa, Oscar, que lugar maravilhoso!!! Fico encantada com os lugares que você nos apresenta. E o que são essas janelas e portas?! Quero na minha casa!!!!

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Obrigado Alessandra.. Fico muito feliz em saber que você curte os lugares que eu apresento por aqui no blog. E concordo contigo essas portas e janelas são lindas D+ Viu o vídeo desse lugar no nosso canal no youtube? Se curtir o video da um joinha lá e segue nosso canal 😀

  7. Lulu Freitas Diz

    Que post lindo!!!!! Fotos maravilhosas! Não conhecia e fiquei encantada pelo lugar. Parabéns pela dica.

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Que legal que você gostou!! o Younggungsa não é um lugar muito conhecido fora da Coréia do Sul, mas é lindo D+ né?