Voando no novo A350 da Singapore Airlines

18

Depois de uma série de atrasos e quase 10 anos de espera desde que encomendou o seu primeiro A-350, a Singapore Airlines recebeu em março deste ano o primeiro dos seus 67 A-350 900 que encomendou da Airbus. Até o momento a empresa conta 4 aeronaves do modelo operando. Os demais 63 aparelhos serão gradualmente entregues e incluídos na frota da empresa até 2021.

Singapore Airlines A350-900

No segundo domingo de junho tive a oportunidade de voar nesta excelente e super moderna aernonave, num vôo entre Hong Kong e Singapura. E é um pouco sobre as minhas impressões e experiência neste vôo de pouco mais de 4 horas à bordo do A-350 900 da Singapore Airlines que vou escrever um pouquinho no post de hoje.

Singapore Airlines A350-900 55

Voando no novo A350-900 da Singapore Airlines

A oportunidade de voar no novo A-350-900 da Singapore Airlines surgiu meio que por acaso. Resumindo a história: Precisava ir para a Indonésia e acabei emitindo minha passagem de Hong Kong para Bali via Singapura com milhas voando com um Boeing 777-300ER. Quando vi que o novo A350 – 900 estaria fazendo excepcionalmente esse vôo entre Hong Kong e Singapura um dia antes da minha viagem marcada, não tive dúvidas. Liguei na Singapore Airlines e troquei o meu vôo para o dia anterior e dessa forma voar no novo A350.

Singapore Airlines A350 4

Para quem não sabe, o novo A350 é a resposta da Airbus para o 787 Dreamliner da Boeing. Considerados o futuro da aviação comercial, ambos são produzidos utilizando tecnologia de ponta e materiais compósitos que além de mais resistentes são mais leves. Cheguei a ver o Dreamliner em produção quando visitamos a fábrica da Boeing em Everett nos Estados Unidos. E apesar de a Air New Zealand ter sido a primeira cia. aérea a receber a versão extendida do Dreamliner, o 787-9. Até hoje nunca tive a chance de voar num desses aviões da Boeing.

Assim como o Dreamliner, o novo A-350 da Airbus é mais leve e consequentemente usa bem menos combustível para voar. Desta forma, gasta e polui menos e ainda pode voar para mais longe.

Singapore Airlines A350-900 19

Tanto que na versão ULR (Ultra Long Range), a qual a Singapore comprou algumas aeronaves que devem começar a ser entregues à partir do ano que vem. Eles vão poder voltar a operar os vôos de ultra longa distância sem escalas entre os EUA e Singapura. Entre eles o SQ21 e SQ22 entre Nova York (EWR) e Singapura (SIN), tidos até 2013 como os vôos comerciais mais longos do mundo e que eram operados pela Singapore Airlines nos A340-500 de 4 turbinas até o Novembro de 2013.

Singapore Airlines A350-900 4

Nós tivemos a chance de voar nesse vôo all business class entre Nova York e Singapura quando nos mudamos dos Estados Unidos para a Nova Zelândia. Apesar deste ter sido o vôo mais longo de nossas vidas. Ele foi sem dúvida, o melhor vôo de longa duração que já fizemos até hoje. E bota longo nisso 18 horas e 40 minutos!!

Singapore Airlines A350 1 (1)

O novo A-350 possui uma série de adaptações no lay-out e no seu interior que visam dar ainda mais conforto e espaço aos passageiros. E que vão desde a umidade mais elevada no interior da cabine, passando pela frequência em que o ar do interior da cabine é renovado, indo ao sistema de entretenimento e iluminação da cabine. Tanto que dizem que com esse novo avião, o impacto do jetlag em viagens é drasticamente minimizado. Apesar de termos feito um vôo relativamente curto, tenho que dizer.. Realmente parece que todos esses avanços tecnológicos fazem bastante diferença.

Singapore Airlines A350-900 14

Quem acompanha minhas postagens há algum tempo sabe que eu sou fã incondicional da Singapore Airlines desde os tempos que mudamos para Singapura em 2008. Bem também não é para menos, a Singapore Airlines vive ganhando vários dos principais prêmios da aviação mundial. E não é por acaso. Além de uma frota moderna, comida boa, sistema de entretenimento com centenas de opções, o serviço de bordo é fantástico.

Singapore Airlines A350-900 30

Poderia continuar aqui com a rasgação de seda com a Singapore Airlines, mas resumindo. A Singapore Airlines é a companhia aérea que mais voei na vida até o momento no quesito distância. Até Junho de 2016 foram mais de 100.000 milhas voadas em um total de 36 vôos. Em número absolutos de vôos, a Singapore Airlines é superada apenas pela Air New Zealand.

O novo A-350 da Airbus

Dentro da família do novo A-350 existem três versões da aeronave. O A350-800, o A350-900 e o A350-1000. No entanto, a versão principal com a maioria dos pedidos realizados até hoje é sem dúvida da versão intermediária, o A350-900.

Singapore Airlines A350-900 36

Dependendo do modelo e da configuração, o A350 pode acomodar entre 250-440 passageiros. Embora cada cia. aérea configure o interior da cabine do jeito que quer, a Airbus está entregando as aeronaves com 18 polegadas de largura por assento na classe econômica, enquanto o Dreamliner tem 17.

A Airbus afirma que o A350 é até 25% mais eficiente no consumo de combustível em comparação com seus concorrentes de longo alcance construídos de alumínio e assim, podem realizar voos de até 19 horas com apenas 2 turbinas.

Singapore Airlines A350-900 50

Os viajantes que viajarem com o A-350 logo que entrarem no avião irão notar mudanças significativas no interior da aeronave. Mudanças estas que vão desde as paredes laterais mais retas, curvas suaves das poltronas e bagageiros. Janelas até 30% maiores e iluminação ambiente que vai mudando ao longo do vôo. Tudo projetado para diminuir o impacto dos vôos, especialmente os de longa duração sobre o nosso corpo.

Porém o que eu realmente gostei no novo A-350 foi a altura e a sensação de maior amplitude no interior da cabine da aeronave com uma melhor disposição do bagageiro da parte central da cabine. Aquele que fica sobre a fileira de poltronas do meio do avião. O porta malas, quando fechado praticamente desaparece no teto do avião.

Singapore Airlines A350 8

Do lado de fora o A350 tem também uma aparência diferenciada, sobretudo nas asas que ganharam linhas curvas e que segundo os engenheiros da Airbus ajudam a reduzir o ruído produzido pela aeronave e melhoram a aerodinâmica da mesma. Uma vez que se adaptam de forma inteligente durante o vôo, reduzindo a resistência do ar e economizando combustível. Em suma, estas asas curvas nos ajudam a voar melhor, de forma mais barata, ecológica e mais silenciosamente.

O novo A-350 da Singapore Airlines

A Singapore Airlines foi a primeira cia. aérea a operar o gigante A380. Já quando falamos do A-350, a Singapore Airlines foi apenas a quinta cia. aérea a receber o seu primeiro A350, atrás apenas da Qatar, Finnair, Vietnam Airlines e Latam. Até a publicação deste post 4 dos 24 A-350 operando pelo mundo são da Singapore Airlines.

Foto Cockpit do A350 por Singapore Airlines

Com um total de 67 aeronaves do modelo A-350 900 encomendados até o momento, a Singapore Airlines foi a cia aérea que mais comprou aviões desta versão. E aos poucos deve ir substituindo alguns dos A330 e 777 da frota da empresa.

A primeira rota de longo percurso a operar com o novo A350 da Singapore Airlines foi o vôo entre Singapura e Amsterdã. O qual começou a operar com o modelo à partir de 09 de Maio de 2016. Já a próxima rota confirmada a receber o A-350 900 da Singapore Airlines será Düsseldorf à partir de 21 de Julho de 2016.

No mesmo dia que a Singapore Airlines infelizmente anunciou que deixará de operar seus vôos para o Brasil via Barcelona, ele anunciaram a mais nova rota do A350. SingapuraSão Francisco non-stop. Um vôo de 8447 milhas e de 14 a 17 horas de duração dependendo o vento e sentido de vôo e que entrará em operação à partir de 23 de Outubro deste ano.

Singapore Airlines A350 2 (1)

A previsão é que até o final de 2016 a Singapore Airlines tenha até 11 A350 em sua frota. A distribuição dos 253 assentos do A350 da Singapore Airlines é a seguinte: 42 na Classe Executiva, 24 na Premium Economy e 187 na Classe Econômica. Na Business Class a distribuição dos assentos e 1x2x1, na Premium economy 2x4x2 e na classe econômica 3x3x3.

Premium Economy no A350 da Singapore Airlines
Premium Economy no A350 da Singapore Airlines

Voando no novo A350-900 da Singapore Airlines entre Hong Kong e Singapura

Como expliquei no começo deste post a oportunidade de voar no novo A 350 da Singapore Airlines surgiu meio que por acaso. Principalmente porque as rotas oficiais do A350 operadas e anunciadas pela Singapore Airlines até o momento são Amsterdã, Düsseldorf e São Francisco. Aí vocês devem estar pensando, mas como é que você conseguiu voar num A-350 de Hong Kong para Singapura?

Singapore Airlines A350-900 39

A resposta é simples: Treinamento. À medida que os novos aviões vão sendo entregues pela Airbus, a Singapura Airlines precisa treinar a tripulação no novo modelo de aeronave e para esses vôos de treinamento eles usam destinos de até 4 – 5 horas de duração e Hong Kong é um deles.

Singapore Airlines A350-900 38

E como para anunciar uma nova rota operando com o modelo eles precisam de 3 à 4 aeronaves, à medida que as aeronaves novas vão chegando elas vão sendo utilizadas para vôos de curta duração para treinamento da tripulação. Então conseguir voar num A350 fora das rotas anunciadas e basicamente questão de sorte.

Singapore Airlines A350-900 34

Para pilotar o novo A-350 os pilotos tem que passar por uma série de treinamentos. Na Singapore Airlines a maior parte dos pilotos está convertendo dos A330 para os A350. Além disso, Singapura acabou de ganhar um centro de treinamento da Airbus para esse tipo de aeronave.

Singapore Airlines A350-900 78

Neste meu vôo entre Hong Kong e Singapura (SQ 891) a aeronave utilizada foi a de prefixo 9V-SMA, justamente o primeiro A350 à ser entregue para a Singapore Airlines. E para melhorar ainda mais a experiência, além de voar um dos mais novos e modernos aviões da frota, tinha emitido minha passagem voando Business Class.

Singapore Airlines A350-900 51

Como de praxe, o check-in foi rápido, eficiente e praticamente sem filas. Na Business Class então, sem fila alguma. Com as já malas despachadas e o bording pass em mãos, passamos pela segurança e imigração e seguimos para o Silver Kris Lounge do aeroporto de Hong Kong para aguardarmos a saída do nosso vôo para Singapura.

Silver Kris: O lounge da Singapore Airlines no aeroporto de Hong Kong

O lounge da Singapore Airlines no aeroporto de Hong Kong está convenientemente localizado no piso inferior e pode ser acessado em menos de 3 minutos de caminhada a partir da imigração do terminal 1.

Lounge Singapore Airlines em Hong Kong

Apesar de não ser tão grande e luxuoso quanto os lounges da Singapore Airlines no Changi Airport, o Silver Kris lounge em Hong Kong não deixa muito à desejar. Você encontra tudo aquilo que espera de um lounge de uma Cia. aérea como a Singapore Airlines. Em Hong Kong, chique mesmo são os lounges da Cathay Pacific.

Singapore Airlines A350-900 44

Como chegamos ao lounge bem na hora de transição entre café da manhã e almoço, podemos dar uma beliscada rápida nas duas opções de cardápio do lounge. O Seafood Laksa do menu do almoço estava delicioso diga-se de passagem. Apesar de ainda ser cedo, aproveitamos para tomar uns #bonsdrink enquanto não chegava a hora no nosso embarque.

Embarque e vôo para Singapura no novo A350 da Singapore Airlines

Uma vez anunciado que o embarque estava para abrir, deixamos o lounge e em menos de 5 minutos de caminhada chegamos ao nosso gate. (Já peguei vôos saindo de Hong Kong que tive que caminha quase 20 minutos para chegar ao portão de embarque).

Singapore Airlines A350-900 40

O embarque foi rápido e eficiente. Assim que entramos no avião, já podemos sentir o cheirinho de novo da aeronave e o design do interior da cabine. Fomos acompanhados por uma das aeromoças da Singapore, na verdade a chefe delas já que estava com o sarong kebaya vermelho, até nossos respectivos assentos. Sim, a cor dos uniformes das aeromoças e da gravata dos “aeromoços” na Singapore Airlines define a hierarquia deles dentro do vôo/empresa.Singapore Airlines A350-900 31

Como no dia de nossa viagem o tempo estava ruim em Hong Kong, nossa saída acabou atrasando em quase 1 hora, já que na hora que fecharam as portas do avião, éramos a 26a aeronave na fila aguardando a decolagem. Enquanto taxiávamos, éramos muito bem tratados com bebidas e snacks pelos comissários de bordo.

Singapore Airlines A350-900 32

Para dizer bem a verdade, não estava nem ligando muito para esse atraso. A poltrona da Business Class do A350 é uma “versão melhorada” da nova classe executiva do 777-300ER. Os assentos foram desenhados pela JPA design, a mesma empresa por trás do design do Venice Simplon-Orient-Express train. Resumindo: Com um assento de 71 cm de largura, um dos mais largos entre as classes executivas disponíveis por aí, que se transforma em uma cama horizontal de 1.98m. Você nunca mais vai querer (ou pelo menos desejar, como no meu caso) voar de outra maneira.

Singapore Airlines A350-900 33

Como o nosso vôo até Singapura era curtinho, acabei não experimentando a cama na opção flat bed, mas tenho certeza que deve ser uma maravilha. As quase 5 horas que passei no novo A-350 passaram literalmente voando.

Singapore Airlines A350-900 35

As comidinhas como sempre estavam deliciosas, como vocês podem reparar em algumas fotos que ilustram esse post. O sistema de entreternimento excepcional com grande diversidade de títulos de vários países diferentes, incluindo vários lançamentos recentes que fazem a viagem passar num piscar de olhos.

Singapore Airlines A350-900 2

O que realmente me chamou atenção nesse vôo com o A350 foi o quão silencioso esta aeronave é. Está certo que estava sentado na poltrona 11A na primeira fileira do avião, mas mesmo assim.. Por falar nisso, o assento da fileira 11, principalmente da janela não são mais os melhores assentos da classe executiva da Singapore Airlines neste modelo de aeronave. Uma vez que é justamente nesta parte da fuselagem do avião que ele ganha sua largura máxima. Numa próxima viagem no A350 eu tentarei marcar o assento na fileira 19, sem dúvida a mais espaçosa do A350.

Singapore Airlines A350 3A decolagem e o pouso apesar do mal tempo em Hong Kong foram impecáveis. Pegamos um pouco de turbulência sobre o mar da china quando deixamos Hong Kong, mas depois que deixamos a área de instabilidade atmosférica para trás o vôo foi só alegria.

Singapore Airlines A350-900 7

Ainda no quesito de entreternimento à bordo. Além da variedade e diversidade de opções de filmes, vídeos e joguinhos. O que eu realmemte achei o máximo foi o fato de você poder sincronizar o sistema de entreternimento do avião com seu tablet ou smartphone via aplicativo da Singapore Airlines fazendo a experiência à bordo ainda melhor. Bem e a televisão de 22 Polegadas HD então faz com que você praticamente se sinta num cinema particular.

Singapore Airlines A350 2

Como o vôo para Singapura acabou saindo mais tarde que o previsto para Hong Kong e por conta do tráfego aéreo em Changi, meu partner acabou perdendo a conexão do vôo dele para Jakarta. Sorte dele, que acabou indo até a capital Indonésia utilizando a mesma aeronave qua havíamos voado de Hong Kong à Singapura. Eu acabei ficando em Singapura num stopover e embarquei para Bali 2 dias depois num 777-200 que digamos apesar de melhor que a grande maioria das classes executivas disponíveis por aí, não chega nem aos pés do A350, A380 e 777-300 da Singapore Airlines.

Comidinhas no vôo para Singapura

Singapore Airlines A350-900 6

Singapore Airlines A350-900 11

Singapore Airlines A350-900 15

Singapore Airlines A350-900 23

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI:

Toda vez que você reserva algo por algum link aqui do blog, recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter sempre atualizado e com novas dicas de viagem. Obrigado!!

18 Comentários
  1. Ana Flores Diz

    ótima review! o conforto e atendimento realmente fazem toda a diferença!

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Oi Ana..
      Obrigado pelo comentário!! Realmente fazem diferença, principalmente em vôos mais longos.

  2. nana Diz

    Para fazer voo longo assim tem que ser em avião bom né!! adorei as reviews! aviões novinhos!! gostei dos detalhes!

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Verdade!!! Pena que no caso desse vôo em particular a viagem foi relativamente curta. Depois de voar nesse A350 da Singapore Airlines tive a oportunidade de voar com um A350 da Cathay Pacific entre Hong Kong e Roma e desta vez na classe econômica. E realmente além de mais confortável que outros aviões como o 777-300 ou o A330 a umidade e iluminação da cabine fizeram diferença em relação ao Jet Lag ao chegar ao destino. Se pudesse escolher acho que só queria voar de A-350 😀

  3. Matheus Crespo da Silva Diz

    Review super bem feito, voar com conforto é a melhor coisa que tem né. Principalmente quando é um voo tão longo assim.

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Verdade!!! Uma pena que no caso desse vôo em particular a viagem foi relativamente curta pouco mais de 3 horinhas entre Hong Kong e Singapura. Depois de voar nesse A350 da Singapore Airlines tive a oportunidade de voar com um A350 da Cathay Pacific entre Hong Kong e Roma a umidade e iluminação da cabine fizeram diferença em relação ao Jet Lag ao chegar ao destino.

  4. Zudi Dadalt Diz

    Oi Oscar, viajar de executiva é tudo de bom, não é mesmo? Esse avião é fantástico. Já tive oportunidade de voar nele, mas de econômica. Já no Dreamliner viajei na executiva e na econômica, a qual considerei bem agradável também. Belo post, de quem aprecia a viagem!

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Zudi

      Viajar de executiva é realmente outra vida.. Quando é numa companhia como a Singapore, Qatar, Emirates, Cathay Pacific e afins então é uma experiência. recentemente tive a oportunidade de voar num A350 na econômica entre Hong Kong e Roma e apesar de não ser tão confortável como esse vôo, senti que várias inovações tecnológicas adotadas nesse vôo realmente fizeram diferença.
      Obrigado pela visita 😀

  5. Maryanne Mc Darby Diz

    Que legal, Oscar. Já voei várias vezes no Dreamliner da United, ele faz o voo SFO-Houston- Brasil. Acredita que já peguei ele nos 2 trechos, uma vez? Viage inteira de Dreamliner, que é bem legal mesmo. bj

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Que legal!!! Faz um tempão que quero voar no Dreamliner mas nunca deu certo. Quando visitamos a fábrica da Boeing em Everett vimos ele sendo produzido na época o que estava na linha de produção inclusive era o primeiro Dreamliner da LAN Chile. A Air New Zealand foi a primeira cia a receber o Dreamliner 787-9 mas infelizmente no tempo que moramos na Nova Zelândia eles só voavam para destinos que não usávamos com eles como Japão, Perth e Shanghai. Agora eles voam para outros destinos à medida que novas aeronaves vão sendo entregues. Em julho se tudo der certo vamos finalmente voar num Dreamliner entre Hong Kong e Doha no caminho para o Brasil. Can’t wait 😀
      Obrigado pela visita

  6. Fran Agnoletto Diz

    Não entendo nada de avião e nunca voei de Singapore Airlines, mas pelo o que conheci de Cingapura, tenho certeza que a empresa aérea deve ser top.
    Adorei o relato completo, cheio de detalhes. Se alguém tinha dúvidas entre voar ou não no novo A350 da Singapore, ao ler esse post deve ter comprado a passagem na hora.
    Parabéns

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Oi Fran

      A Singapore Airlines é fantástica, sou fã de carteirinha. No entanto nos meus últimos vôos, infelizmente tenho notado que o serviço já não esta mais sendo como era antigamente. O programa de milhagem deles por exemplo era ótimo e agora anda super complicado emitir passagem usando milhas. Acumular milhas voando para conseguir/manter status também esta ficando quase impossível. Mesmo assim, como Singapura, a Singapore Airlines é mesmo Top! uma pena que deixaram de voar para o Brasil em outubro do ano passado 🙁

  7. Francisco Piazenski Diz

    Oscar, desculpe a curiosidade, mas você é do meio da aviação?? Tremendo conhecimento sobre esse mundo, que relato, completo, cheio de informações… e a aeronave parece ser fantástica realmente, me parece que a Azul está adquirindo algumas delas. Parabéns!

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Oi Francisco

      Na verdade tecnicamente não, mas adoro aviões então estou sempre lendo ou tentando aprender à respeito. Que legal que a Azul está adquirindo algumas aeronaves do modelo, creio que para as rotas internacionais deles certo? A Tam, hoje LATAM foi uma das primeiras a receber aeronaves do modelo também, se não estou enganado estão usando os A350 nas rotas para Madrid e Milão.
      Obrigado pela visita e pelo comentário 😀 Abs

  8. Keul Fortes Ana Raquel Diz

    Excelente post! Conforto é tudo. Preciso conhecer. Obrigada pela dica. Parabéns!

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Obrigado pela visita. Quando falamos em conforto acho que a Bussiness Class da Singapore Airlines no novo A350 é o que há de mais top no momento na classe executiva. Melhor que isso só First Class. Embora essa Business Class é muito melhor que muita First Class disponível por ai.

  9. Dalila Barakat Diz

    Uma vez de business, sempre de business. Não dá mais pra viajar de econômica, só ponte aérea e olhe lá! Uma pena que a Singapore não faz mais rota saindo do Brasil, né? Ela é super premiada, gostaria de provar alguma vez, quem sabe em trechos internos como vc fez. 😉

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      É verdade.. Realmente uma lastima que eles deixaram de voar para o Brasil. Depois de quase 10 anos desde que peguei o primeiro vôo com eles entre Frankfurt e Singapura, eles continuam sendo a melhor Cia. aérea que já viajei. Tanto na econômica como na Business. Esta última é um verdadeiro sonho.Bem a Singapore Airlines não tem vôos internos.. Todos os vôos de Singapura são internacionais já que Singapura é uma cidade estado. Mas agora só nos resta voar com eles em vôos pela Ásia ou de/para Europa, Oceania e/ou América do Norte.
      Obrigado pela visita

Comente Aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.