Passeio de Kayak pelo Abel Tasman National Park

4

Kayaking no Abel Tasman National Park

Localizado na porção noroeste da ilha sul da Nova Zelândia, o Abel Tasman National Park é o menor dos 14 parques nacionais neozelandeses. Apesar de relativamente pequeno, com aproximadamente 225 Km2, o Abel Tasman National Park é um dos parques nacionais mais acessíveis, populares e visitados de toda a Nova Zelândia.Abel Tasman National Park Kayak

Especialmente popular durante os meses mais quentes do ano (Outubro-Abril), o parque nacional de Abel Tasman conta com paisagens costeiras magníficas. Presenteando seus visitantes com dezenas de praias desertas com areias douradas e emolduradas por colinas cobertas de vegetação nativa. O parque encontra-se numa área recortada por belíssimas baías com costões de pedras e riachos de água cristalinas, onde a vida selvagem literalmente abunda.

Abel Tasman National Park Kayak

Imprevistos acontecem! Garanta seu seguro de viagem aqui!
Utilize o cupom VIAJOTECA5 para receber 5% de desconto em sua compra.

Em outras palavras, o Abel Tasman National Park é um lugar perfeito para curtir a natureza, realizar atividades de aventura como trilhas e passeios de kayak ou simplesmente relaxar em uma de suas inúmeras praias desertas paradisíacas.

Abel Tasman National Park Kayak (17)

Durante nossa visita à região de Nelson, no finalzinho de nossa viagem de carro + motorhome pela Ilha Sul. Aproveitamos para explorar também um pouco mais das belezas naturais deste popular parque nacional da Nova Zelândia. Na verdade, esta foi nossa segunda visita à região do Abel Tasman. No entanto, ao contrário da primeira vez que demos muito azar com o tempo, pegamos tempo bom quase toda a viagem.

Abel Tasman National Park Kayak (13)

Apesar de termos reservado 3 dias para explorar a região, como decidimos conhecer também a região do Golden Bay até o início do Farewell Spit, nosso tempo ficou relativamente contado. Sendo assim, para explorar o Abel Tasman National Park em sí, acabamos optando por uma opção de passeio que permitisse combinar num só dia, um passeio de kayak, com cruzeiro cênico e caminhada pela famosa Abel Tasman Coastal Track, uma das 9 Great Walks da Nova Zelândia.

Passeio de Kayak pelo Abel Tasman National Park Kayak

E foi desta forma que acabamos fazendo um dos passeios oferecidos pela Kaiteriteri Kayaks em parceria com a Abel Tasman Sea Shuttle (na verdade são a mesma empresa), no qual combinamos um belíssimo passeio de Kayak de Kaiteriteri até a Aple Split Bay pela manhã, com um cruzeiro cênico até Tonga Quary em Onetahuti de onde seguimos caminhando através da Abel Tasman Coast Track até Bark Bay, onde finalmente embarcamos em outro barco até Kaiteriteri no final do dia.

Abel Tasman National Park Kayak (15)

O dia iniciou cedinho por volta das 08:15 da manhã, no lado direito da praia de Kaiteriteri junto a um trailer da Kaiteriteri Kayak Abel Tasman, onde além das formalidades burocráticas regimentais de qualquer passeio de aventura, recebemos as instruções de segurança para o passeio de Kayak.

Abel Tasman National Park Kayak (6)

Como alguns dias antes havíamos feito um passeio de Kayak muito semelhante no Milford Sound, onde aprendemos na prática como remar corretamente e como “pilotar” nosso Kayak Oceânico. Essa parte introdutória, foi apenas um de-já-vú daquilo que já havíamos aprendido anteriormente.

Abel Tasman National Park Kayak (18)

Enfim, depois desses procedimentos comuns de segurança, finalmente começamos o passeio de Kayak pelo Abel Tasman National Park carregando nossos respectivos kayaks oceânicos até a zona de arrebentação. E assim que colocamos nossas “saias” de neoprene para evitar a entrada de água no cockpit e entramos dentro dos mesmos, começamos a remar em direção à icônica Apple Split Rock.

Abel Tasman National Park Kayak (27)

De Kaiteriteri até a Apple Split Bay são cerca de 3 km que levam cerca de 1 hora e meia para serem vencidos em cada sentido dependendo da direção e intensidade do vento. No dia de nosso passeio, apesar do friozinho matinal, a atmosfera estava bem calma e o vento não chegou a atrapalhar em absolutamente nada o passeio.

Abel Tasman National Park Kayak (20)

Depois de quase 1 hora remando à partir de Kaiteriteri, finalmente chegamos a Split Apple Rock Bay, onde encontramos a curiosa formação da maça partida (Split Apple Rock). Esta peculiar formação geológica como o próprio nome e até mesmo formato sugere, em muito se assemelha com uma maça partida ao meio.

Abel Tasman National Park Kayak (22)




Existem inúmeras explicações para a ocorrência desta formação geológica tão peculiar neste lugar. Eu particularmente gosto de duas: A primeira delas mitológica e a outra científica. Independentemente de qual versão você escolha, trata-se de algo bastante curioso.

Abel Tasman National Park Kayak (12)

Segundo a lenda Maori, Toko Ngawha era o ovo de um Taniwha (criatura das profundesas) descoberta concomitantemente por Tangaroa (deus dos mares) e Rūaumoko (deus dos vulcões, terremotos e estações do ano) e que foi acidentalmente partida ao meia por um deles durante uma briga para decidir qual deles teria direito sobre o achado que por hora estava na água (na mare cheia) ou na terra (na maré baixa).

Split Apple no Abel Tasman National Park Kayak

Já a explicação científica para tentar explicar o porque esta enorme pedra pareça ter sido partida por um gigante usando um machado, diz que: Na verdade, no meio desta enorme rocha, havia um filamento de quartzo com água dissolvida em seus poros. Durante a era glacial esta água do interior congelou-se e ao se expandir fez com que a pedra rachasse perfeitamente ao meio como se fosse uma maça partida.

Abel Tasman National Park Kayak (10)

Eu pessoalmente acredito mais na segunda história, se bem que a primeira não deixa de ser interessante. No entanto, honestamente falando, ainda acho que a Split Apple Rock parece mais um caroço de abacate que uma maça.

Abel Tasman National Park Kayak (19)

Depois de uma parada de aproximadamente 30 minutos na praia para um rápido lanche com biscoitos, chá, café e chocolate quente preparados por nossa simpática guia, e uma breve ida ao banheiro, embarcamos de volta em nossos kayaks. Antes de seguirmos de volta em direção à Kaiteriteri aproveitamos para explorar algumas pequenas fendas nas rochas do costão, as quais devido à maré alta permitiam que nossos kayaks passassem por seu interior.

Abel Tasman National Park Kayak (23)

No caminho de volta à Kaiteriteri podemos observar diversas aves marinhas como os Shags (Biguás), Gaivotas e afins. Como a maré estava alta nem precisamos contornar Kaka Island, uma pequena ilhota do lado esquerdo de Kaiteriteri. E por volta do meio dia estávamos de volta no ponto do início do passeio.

Abel Tasman National Park Kayak (24)

No próximo post conto sobre a segunda etapa do passeio que incluiu o cruzeiro cênico até Tonga Quarry em Onetahuti e caminhada até Bark Bay e translado de barco (Water Taxi) até Kaiteriteri Beach no final do dia.

Informações úteis para passeio Kayak pelo Abel Tasman:

Para maiores informações sobre opções de passeios, custos e horários acesse o site da Kaiteriteri Kayaks.

Para o passeio de Kayak pelo Abel Tasman, o ideal é vestir uma roupa confortável e que seque rápido caso você se molhe. Uma muda extra de roupa e traje de banho. Como as vezes pode fazer frio, pode ser interessante levar uma jaqueta corta/vento e a prova dágua.

Levar uma máquina fotográfica à prova dagua é fundamental para registrar a experiência, assim como uma garrafa dagua, óculos de sol, repelente e protetor solar.

Se tiver tempo e disposição faça um passeio mais longo de Kayak como o Big Tonga Magical Marine Reserve no qual você passa de Kayak bem pertinho dos leões marinhos e com sorte um deles pode até visitar seu kayak.

 

Abel Tasman National Park Kayak (30)

 

Endereço Kaiteriteri Kayaks:

Kaiteriteri Kayaks

23 Kaiteriteri-Sandy Bay Rd, Kaiteriteri 7197

Nova Zelândia

 

GPS

Latitude Longitude
S 41 02.147 E 173 01.091

 

Veja também:

Todos os posts sobre a Nova Zelândia

Todos os posts  sobre a ilha sul da Nova Zelândia

Todos os posts sobre o Abel Tasman National Park

 

Oscar Risch participou do Beaches and Seals como convidado da Kaiteriteri Kayaks. E como parte de nossa política de relacionamento com os leitores, todas as opiniões e impressões refletem única e exclusivamente a experiência do autor.


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


4 Comentários
  1. Mirella Matthiesen Diz

    OI Oscar,
    Não sei se pulei alguma parte do texto, mas qualquer pessoa pode fazer o passeio?
    Tipo, precisa de experiência em Kayak?
    Amei a paisagem… atí um lugar que não deu tempo da gente fazer na NZ.
    bjos

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Oi Mi

      Não é preciso ter experiência não, apenas disposição e habilidade física para remar por 3 horas..
      A região do Abel Tasman National Park tem paisagens lindíssimas mesmo, vale a pena conhecer essa região 😀

      Bus

  2. jennynascimento Diz

    Que lugar bonito! E a água é de uma cor lindíssima. bjos

    1. Oscar Augusto Risch Diz

      Lindo D+ né?!?

Comente Aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.