Página Principal Berlim O Memorial para os grupos Sinti e Roma, vítimas do Nacional-Socialismo, em Berlim

O Memorial para os grupos Sinti e Roma, vítimas do Nacional-Socialismo, em Berlim

por Carina
6 comentários

Entre 2 grandes atrações, o Reichstag e o Portão de Brandenburgo, fica um interessante memorial construído em 2012 na capital alemã. O Memorial para os grupos Sinti e Roma, vítimas do Nacional-Socialismo, em Berlim, na Alemanha. Este monumento foi construído em homenagem às vítimas destes grupos, que foram perseguidos e mortos pelos nazistas, tanto na Alemanha, quanto em outros países.

Como este monumento fica ao lado do caminho que liga as ilustres atrações de Berlim citadas acima, muitas pessoas passam por ali ao visitar a cidade e ficam sem saber do que se trata. Então decidi escrever este post para contar porque ele está ali e esclarecer um pouco sobre ele. 🙂

Berlim: Faça uma excursão a Pé sobre o Terceiro Reich e a Guerra Fria

Reichstag Berlim

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa.  Nossos leitores recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

+ SEGURO VIAGEM É IMPRESCINDÍVEL?

O Memorial para os grupos Sinti e Roma em Berlim

Quem são os Sinti e Roma?

Os Sinti e Roma são grupos étnicos que vivem há séculos na Europa. Em seus países de origem, eles formam historicamente as minorias que se auto intitularam de Sinti ou Roma. Os membros da minoria Sinti são originários de regiões da Europa ocidental e central da Europa. Já os Roma tem origem de regiões do Sudeste e da parte oriental da Europa. Fora da língua alemã, a palavra Roma é usada como o nome para toda a minoria, generalizando e colocando inúmeras minorias sob o mesmo guarda-chuva.

Entretanto, o termo mais usado para designá-los é “ciganos”, apesar de este termo ser rejeitado pela minoria e é indiscutivelmente considerado discriminatório. Afinal, ele carrega muitos estereótipos e preconceitos. Infelizmente a história é longa e tem suas origens na Idade Média.

Estes grupos estão há mais de 600 anos na Alemanha e cerca de 70 mil alemães são descendentes dos Sinti e Roma. Além do alemão, sua segunda língua materna é o romani.

Memorial para os grupos Sinti e Roma entrada

Berlim: Portão de Brandemburgo e Cúpula do Reichstag

O Memorial para os grupos Sinti e Roma

O monumento foi criado para lembrar das até 500.000 pessoas que foram perseguidas e assassinadas entre 1933 e 1945 sob o governo do nacional-socialismo na Alemanha e em outros países europeus. Esta minoria, que era conhecida como “ciganos” se descrevem pertencentes a muitas outras diferentes etnias e grupos. Entre os mais diversos grupos estão, por exemplo, os Sinti, os Roma, os Lalleri, Lowara ou Manusch, além dos Yenish e muitos outros. Entretanto, os grupos com maiores números de integrantes na Europa são os Sinti e Roma. Assim sendo, o monumento leva o nome deles, mas representa a todos eles.

O Memorial para os grupos Sinti e Roma foi projetado pelo artista israelense Dani Karavan e foi inaugurado oficialmente em 24/10/2012, depois de 20 anos de planejamento. Dani Karavan desenhou uma piscina circular de água com fundo preto, com doze metros de diâmetro e borda “infinitamente profunda”. A forma circular é uma expressão de igualdade, a água simboliza as lágrimas.

Diariamente é colocada ali uma flor fresca em um triângulo que fica bem no centro da piscina redonda. Quando visto de cima, este triângulo é uma reminiscência do ângulo sobre as roupas dos prisioneiros do campo de concentração. Sempre que a flor murcha, a pedra afunda num canto. Ao ser colocada uma nova flor, ela volta a ficar para fora da água. A flor deve ser “ao mesmo tempo um símbolo da vida, do luto e lembrança“.

Lago Berlim

Detalhes do Memorial

Na borda da piscina, pode-se ler em Inglês, Alemão e Romani, o poema “Auschwitz” escrito por Santino Spinelli. A tradução do poema seria:

“O rosto afundado / olhos extintos / lábios frios / silêncio / um coração rasgado / sem fôlego / sem palavras / sem lágrimas”.

Em volta da piscina estão localizadas placas de mármore individuais que tem forma irregulares e são brancas. Elas estão dispostas em intervalos irregulares e apresentam os nomes dos campos de concentração nazistas e de lugares onde os grupos foram submetidos ao terror. Entre estes lugares estão, por exemplo, Buchenwald, Neuengamme ou Auschwitz.

Memorial para os grupos Sinti e Roma palavras
Buchenwald

Berlim: Ingresso Sem Fila para Elevador Panoramapunkt

Placas de vidro ao redor do Memorial

Perto do Memorial para os grupos Sinti e Roma estão painéis de vidro que contam a “cronologia do genocídio dos Sinti e Roma”. Eles falam sobre a exclusão e assassinato em massa desta minoria durante o reinado de terror do nazismo. No lado de fora, as placas de vidro apresentam os textos em Inglês, já no interior o texto está em Alemão.

Os textos documentam ano a ano, entre 1933 a 1945, a perseguição ao grupo. O relato começa em 1933 com o aumento da discriminação, passando pelo ano de 1938 onde fala sobre o papel de Heinrich Himmler no planejamento do assassinato em massa. Finalmente o relato chega em 1945, onde o número de vítimas é de mais de 500.000 mortos, entre homens, mulheres e crianças.

A melodia que se ouve tocando ali foi composta por Romeo Franz para o memorial e se chama Mare Manuschenge.

Memorial para os grupos Sinti e Roma muro

Procurando hospedagem em Berlim? Eu já me hospedei no Swissôtel Berlin Kurfürstendamm e adorei a localização e toda estrutura do hotel. A Martinha se hospedou quase ao lado, no H10 Berlin Ku’damm e também aprovou!

Procure seu hotel em Berlim clicando aqui e encontre várias opções de hotéis e apartamentos com os melhores preços!

Informações Práticas

Localização

O Memorial para os grupos Sinti e Roma tem acesso gratuito e é aberto dia e noite. Ele está localizado bem na ponta do Tiergarten, no caminho entre o Reichstag e o Portão de Brandenburg.

Ele fica perto dos outros memoriais importantes, e que também foram erigidos para homenagear outras vítimas de crimes nazistas no Tiergarten. Entre eles estão memoriais como o Memorial aos Judeus Assassinados da Europa, o Memorial aos Homossexuais Perseguidos pelo Nazismo e o Memorial e local de informação para as vítimas do nazistas assassinados por “eutanásia”. Assim como estes outros, este monumento é preservado pela Fundação Memorial aos Judeus Assassinados da Europa.

Como chegar

Você pode chegar no memorial de Ônibus, que é uma das melhores formas de se locomover em Berlim. Os ônibus que passam por ali são: 100, M85, M41, TXL, 120, 123, 142, 147, 245. E para descer, a parada é a Reichstag/Bundestag e a Hauptbahnhof.

Também é possível chegar ali com o trem de periferia, o S-Bahn: as linhas são S1, S2, S25, S5, S7, S75, e as paradas são a Brandenburger Tor e a Hauptbahnhof.

Outra opção é ide de metrô, U-Bahn. Use a linha U55 e desça na parada Bundestag ou Brandenburger Tor.

Memorial para os grupos Sinti e Roma inscrições

Explicações e folders

No local você encontra informações e folders em outras línguas além do alemão e do inglês sobre o Memorial para os grupos Sinti e Roma. Além disto, tem vários folders que dão outras explicações sobre estas minorias e sobre sua história.

Memorial para os grupos Sinti e Roma folders

Faça uma visita guiada da bicicleta do Muro de Berlim e do Terceiro Reich


Temos muitos posts sobre Berlim:

+ PRIMEIRA VEZ EM BERLIM – BERLIM PARA PRINCIPIANTES

+ 13 COISAS QUE VOCÊ PRECISA FAZER EM BERLIM

+ 12 LUGARES PARA VER BERLIM DO ALTO

+ COMO VISITAR O REICHSTAG EM BERLIM


Vale a pena comprar antecipadamente:

LEIA TAMBÉM:

6 comentários

Você lembrou do Seguro Viagem? 


Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem no mínimo um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.


Cotação seguro viagem



Continue planejando sua viagem:


> Reserve seu hotel

> Seguro Viagem com desconto

> Passagem aérea

> Ingressos e Passeios

> Aluguel de veículos

> Tours Exclusivos Viajoteca

> Chip de celular


Reserve com nossos parceiros para garantir os melhores preços e ótimos descontos. A cada reserva concluída nós recebemos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!

val 21 de setembro de 2015 - 14:30

eu vi isso, achei bem interessante!

Responder
Carina 21 de setembro de 2015 - 15:44

Eu nunca incluí nos roteiros dos clientes, mas estou pensando em colocar uma explicação, afinal fica tão no meio do caminho, né, Val?
Beijos pra vc!

Responder
Fernanda Scafi 21 de setembro de 2015 - 14:37

Acho que tava em reforma ano passado quando fui pra Berlim… Não vi o memorial e tinha uns tapumes por ali… Gente, posso voltar e ficar + 1 mês de novo, de tanta coisa pra ver ainda!!! hehehehe

Responder
Carina 21 de setembro de 2015 - 15:43

Deve!! E provavelmente ainda não vai ver tudo! Ô cidade interessante, não? 🙂
Beijos, Fernanda!

Responder
Nicole Plauto 15 de março de 2016 - 08:03

Muito legal o post! Vou divulgar com certeza! :*

Responder
Carina 28 de março de 2016 - 13:11

Obrigada, Nic!!
Beijo!!

Responder

Fale com a gente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Viajoteca usa cookies para tudo funcionar direitinho no seu browser, tudo bem? Aceito Leia mais

Privacidade & Cookies