5 Museus gratuitos em Paris – Parte I

3

Com mais de 30 milhões de visitantes por ano, Paris é a cidade mais visitada do mundo. Entre suas muitas atrações estão os seus museus (não vou nem citar números, pois não sei qual fonte seria verídica), que mostram uma coleção incrível diversificado de arte de todo o mundo.

Em uma tentativa de aumentar a acessibilidade a este impressionante patrimônio cultural, é possível encontrar museus gratuitos em Paris. Da arte moderna e antiguidade, às obras literárias, estes museus são um brilhante ponto de acesso livre, em uma cidade cheia de cultura e de artes.

5 Museus gratuitos em Paris :

PETIT PALAIS

Poucas pessoas sabem, mas o Petit Palais é gratuito. Situado perto da famosa Champs-Elysées, abriga mais de 1.300 obras da antiguidade até o início do século 20, apresentando obras-primas de Courbet, Cézanne, Monet, e Delacroix. A coleção permanente além de emocionante é gratuita para todos os visitantes, enquanto as exposições temporárias exploram tendências emocionantes na arte moderna, fotografia e outra médias.

Apesar do seu lindo edifício e elegância, este belíssimo palácio (para a glória da Belle Epoque), construído na loucura da Exposição Mundial de 1900, vive na sombra de seu irmão mais velho – o Grand Palace, que fica no outro lado da rua. O Petit Palais é impopular até pelos parisienses. Já os turistas vão correndo ao Grand Palais e acabam se esquecendo de apreciar as belas obras do irmão-menor. Suas coleções remontam aos tempos antigos e ainda tem uma bela coleção de obras assinadas por impressionistas. Os amantes da Arte não ficarão decepcionados. É um dos museus gratuitos em Paris que não deixa a desejar a nenhum outro museu pago.

Se você estiver com tempo, se programe para almoçar no Le Jardin du Petit Palais, o restaurante do Petit Palais. O ambiente é muito agradável, a comida deliciosa (boa mesmo!) e o preço ótimo.

Você encontra o Menu aqui.

Endereço : Avenue Winston-Churchill – 8e arrondissement

Site : www.petitpalais.paris.fr

Como chegar :

Metro: Champs-Élysées – Clemenceau, Invalides
RER: Invalides
Ônibus : 42, 72, 73, 80, 93

MUSEU DA ARTE MODERNA

Inaugurado em 1961 como parte dos esforços para melhor acomodar as coleções de arte moderna do Petit Palais, o Musée d’Art Moderne de la Ville de Paris está alojado em um edifício construído em 1937 por ocasião da Exposição Internacional de Artes e Tecnologia e tem obras de Matisse, Bonnard, Derain e Vuillard, bem como murais em grande formato de Robert e Sonia Delaunay, entre outros. O Museu da Arte Moderna explora a evolução da arte contemporânea à partir do início do século 20 até os dias atuais.

O museu foi manchete internacional em maio de 2010, na sequência do furto de cinco pinturas dos grandes mestres : Picasso, Matisse, Braque, Modigliani e Léger, avaliadas em mais de 100 milhões de euros. É o maior enigma da história dos museus franceses.

Endereço : 11 avenue du Président Wilson – 16 arrondissement

Site : www.mam.paris.fr

Horário : De terça-feira a domingo, das 10h às 18h, a noite (22h) na quinta-feira para exposições

Como chegar :

Metro: Alma-Marceau

Preço: Entrada gratuita e 5 euros – 11 euros para exposições temporárias

MUSEU CARNAVALET

Este é um dos museus que mais gosto. Além de ficar no Marais, que é uma região ótima, ele conta a História de Paris. Nele você vai encontrar objetos desde a era pré-romana até o presente. Construído em 1548 e remodelado em 1660 por Mansart, o palácio tornou-se Museu de História em 1866, por iniciativa do Barão Haussmann que estava ansioso para preservar o patrimônio prestes a ser “saqueado” pela urbanização.

Você vai voltar no tempo, de galeria em galeria, catapultados para o coração de retratos renascentistas de Clouet e imagens de guerras religiosas, antes de ser jogado no coração da Revolução Francesa, não esquecendo dos salões intelectuais do Iluminismo. As Coleções Napoleônicas são os objetos que mais gosto. Você irá encontrar vários objetos que pertenceram aos imperadores. É um museu diferente e muito interessante para quem quer conhecer um outro lado da Cidade Luz.




Endereço: 23 rue de Sévigné  – 3º arrondissement

Site : www.carnavalet.paris.fr

Horário : De terça-feira a domingo, das 10h às 18h

Como chegar :

Metro: Chemin Vert e Saint Paul

Preço: Entrada gratuita e exposições temporárias 3,50 euros – 7 euros

MAISON DE VICTOR HUGO

A casa do Victor Hugo não é propriamente um museu. Como o próprio nome já diz, é a casa onde Victor Hugo morava e assim foi preservada para visitação. A localização não podia ser mais chique, na Place de Vosges. Muitas pessoas que visitam a praça não fazem ideia de tudo o que se pode encontrar por lá. É muita história e nobreza. Atrás dos tijolos vermelho característicos se esconde o Hôtel de Rohan-Guéménée, Victor Hugo ocupou o segundo andar entre 1832 e 1848. Transformado em museu, a casa e as suas coleções permanentes podem ser visitadas gratuitamente.

Ele escreveu algumas de suas obras mais importantes, incluindo “Ruy Blas ‘,’ The Songs of Twilight ‘ , ‘A voz interior “e parte de” Les Miserables”. Desde 1903, esta residência aconchegante abriga um museu dedicado à vida e obra do escritor. Além de manuscritos, primeiras edições e centenas de desenhos, peças incríveis de móveis em exposição.

A viagem cronológica através das diversas fases da vida do poeta como ele os havia definido em “atos e palavras”: “Antes do Exílio” (no qual ele foi condenado no âmbito do Segundo Império), “No Exílio” e “Depois do exílio.” Além de romancista, descobre-se um Victor Hugo: dramaturgo, desenhista, mas também intelectual comprometido, dissidente político, amante e pai. Você vai poder encontrar muitas destas facetas e talentos na casa, através de exposições temporárias ricamente documentada.

Endereço: Hôtel de Rohan-Guéménée  – 6 Place des Vosges  – 4º arrondissement

Site : www.paris.fr/loisirs/musees-expos/maisons-de-victor-hugo

Horário : De terça-feira a domingo, das 10h às 18h

Como chegar : 

Metro: Bastille, Saint-Paul ou Chemin Vert

SHOAH MEMORIAL

Você sabia que em Paris também tem um Museu do Holocausto? Eu levei quase 1 ano para descobrir. O Shoah Memorial é um dos poucos museus privados de acesso gratuito em Paris. O Memorial conta a história do Holocausto através de fotos, textos, filmes e histórias de vida. Na cripta, uma estrela de David em mármore preta contém o túmulo simbólico dos seis milhões de judeus mortos durante o Holocausto. No piso térreo, a parede dos Justos exibe nomes das 2.700 pessoas que salvaram os judeus na França, com perigo de suas vidas. Se quando você for visitar a fila estiver longa, não desista. Você entra através da parede onde contém os nomes dos 76.000 judeus deportados da França entre 1942 e 1944.

A exposição permanente traça a história do Holocausto e relatórios sobre o sofrimento dos judeus na França durante o período mais negro do século XX. O fim da visita termina com um memorial para as crianças vítimas de extermínio nazista que consiste de 3.000 fotos-retratos.

Endereço: 17 rue Geoffroy-l’Asnier – 4º arrondissement

Site : www.memorialdelashoah.org

Horário : De domingo a sexta-feira das 10h às 18h, quinta-feira à noite até 22h

Como chegar : 

Metro: Pont Marie e Saint Paul


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório em vários países, como Cuba, Jordânia, e principalmente os países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e que precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!

3 Comentários
  1. Fernanda Scafi Diz

    Amei o Carnavalet!!! Meu museu preferido em Paris!!!

    1. Martinha Andersen Diz

      Oi Fernanda. Eu também gosto muito do Carnavalet. Acho ele bem variado e não deixa a desejar a nenhum outro. Depois do Louvre (que amooooo!) é o museu que mais fui. E quando digo MAIS é MAIS mesmo. 😀

  2. […] Paris e seus museus belíssimos. E gratuitos! Como já falei no post anterior Museus gratuitos em Paris – Parte I, Paris tem lindos museus que você visita e não gasta um […]

Comente Aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.