Museu Casa Portinari em Brodowski

2

Em uma agradável tarde de outono, resolvi conhecer o Museu Casa Portinari, que se localiza na cidade de Brodowski, SP. Mantido com o objetivo de preservar a memória de um dos grandes pintores brasileiros, ela não somente conta a história de Portinari, como também te faz mergulhar no jeitinho doce, calmo e simples do interior de São Paulo.

Museu Casa Portinari

Museu Casa Portinari

Praça de Brodowski

Sempre que vou ao Brasil, tento descobrir alguma coisa legal para fazer com minha família, nem que seja uma viagem bate e volta de São Carlos/SP, minha cidade natal, e foi assim que fomos parar em Brodowski, há 1h30 de “casa” e apenas 30 minutos de Ribeirão Preto, a maior cidade da região.

Aproveite sua ida ao interior de São Paulo, e visite a Expoflora de Holambra! A Holanda nunca esteve tão pertinho ?

Como é visitar o Museu Casa Portinari

O Museu Casa Portinari foi inagurado em 1970, no local onde Portinari viveu durante sua infância e adolescência. Em 2014, depois de 2 anos de restauração, o museu foi reaberto ao público, e o melhor, a entrada é gratuita, então não tem desculpa para conhecê-lo.

Museu Casa Portinari

A casa amarela e azul, em frente a pracinha da igreja, é muito aconchegante e e apesar de não ter em exposição nenhuma de suas grandes obras, foi muito interessante conhecer a casa onde Portinari morou, e onde desenvolveu suas técnicas de afrescos e têmpera pelas paredes de toda residência.

Essa visiata para mim, foi como começar a entender como se nasce um artista…

Museu Casa PortinariA temática sacra é o tema central das pinturas do Museu Casa Portinari, e recomendo deixar a “Capela da Nonna” para o final, pois é impressionante não somente pela obra em sim, mas pelo lado sentimental envolvido; primeiro ele fez esse cantinho em homenagem a sua avó, que doente, não podia mais frequentar a igreja, e por fim, cada um dos personagens pintados, são o retrato de um parente ou amigo da Portinari. Achei isso brilhante!

Museu Casa Portinari

A “Capelinha da Nona”, no Museu Casa de Portinari, é uma das partes mais encantadoras do #museu… #brodowski #mtur

A video posted by Casal MiKix (Mi & Kiko) (@mikix10) on

Além das obras espalhadas pelas paredes da casa, o museu também dispõe de memorabilia do pintor…

Museu Casa PortinariMuseu Casa Portinari

Mais informações sobre o Museu: http://museucasadeportinari.org.br/

Que tal ir para Foz do Iguaçu no próximo feriado? Segue aqui um roteiro de 4 dias para você aproveitar ainda mais sua viagem…

Quem foi Portinari

Filho de imigrantes italianos, de origem humilde, Candido Portinari nasceu em 1903, numa fazenda de café perto do pequeno povoado de Brodowski, no estado de São Paulo. Em 1906, a família Portinari deixa a fazenda para se estabelecer como comerciantes em Brodowski.

Aos quinze anos, parte para o Rio de Janeiro com uma a família de amigos, e em 1920 matricula-se na Escola Nacional de Belas-Artes. Em 1928 conquista o Prêmio de Viagem à Europa, com o Retrato de Olegário Mariano. Permanece em Paris por alguns anos e ali, no meio de uma Paris borbulhante, Portinari se descobre como brasileiro e de origem do povo; ” Vou pintar aquela gente com aquela roupa e com aquela cor…”.

Nessa época, conhece sua esposa Maria Victoria Martinelli e juntos retornam ao Brasil em 1931, começa a trabalhar intensamente em suas pinturas, que muitos dizem conseguir retratar a alma brasileira

Em 1934, sua obra “Mestiço” é adquirida pela Pinacoteca do Estado de São Paulo, primeira instituição pública a incluir uma obra de Portinari em seu acervo.

Mestiço por Portinari
Mestiço, Portinari

Companheiro da elite intelectual brasileira numa época em que se verifica uma notável mudança na atitude estética e na cultura do País, filia-se ao Partido Comunista.

Pela importância de sua produção estética e pela atuação consciente na vida cultural e política brasileira, Candido Portinari alcança reconhecimento dentro e fora do seu País.

Candido Portinari morre no dia 6 de fevereiro de 1962, vítima de intoxicação pelas tintas. Nos últimos anos de vida, foi convidado pela ONU para produzir os paíneis Guerra e Paz, talvez a obra mais importante de sua carreira.

Fonte que usei para essa breve biografia: Projeto Portinari

Dicas para comer em Ribeirão Preto

Depois de curtir o museu, recomendo seguir para Ribeirão Preto para almoçar ou jantar. E se precisar de sugestões, segue algumas:

  • Casa Damasco: perfeita para um happy hour e para jogar conversa fora com amigo. Para quem gosta de comida árabe, vai adorar. [Tel: 16. 3442-4244 |
    Avenida Protugal, 2670 Jd. Botânico – Rib. Preto – SP].
  • Mousse Cake: apesar de eu não curtir muito restaurante de rede, esse vale a pena, especialmente por ter nascido em Ribeirão e agora estar se espalhando pelo Brasil [São várias localizações, escolha uma aqui].
  • Pinguin: para quem gosta de chopp, não pode perder o boteco mais famoso de Ribeirão e talvez de todo interior paulista. [Atualmente são três restaurantes na cidade, mas o mais famoso é o do centro].

Promoções de Hoteis em Ribeirão Preto:



Booking.com

2 Comentários
  1. Maíra S. Diz

    Estava aqui no Viajoteca procurando informações sobre destinos a milhares de milhas de distância e encontro esse post precioso de um museu que está a 60 Km de distância e que só visitei quando criança e antes da reforma! Preciso começar a fazer mais turismo regional! Obrigada pela dica.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Maíra,
      Eu adorei ter ido a Brodowski visitar a Casa Portinari e fiquei me perguntando porque não tinha ido antes!!!
      Imperdível para quem mora na região 😉
      Depois me conta como foi.
      bjks

Comente Aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.