Página Principal Canadá Mont Tremblant, uma cidadezinha charmosíssima do Canadá!

Mont Tremblant, uma cidadezinha charmosíssima do Canadá!

por Mirella Matthiesen
0 comment

Mont Tremblant é uma vila de esqui na província de Quebec, no Canadá, extremamente pitoresca e que vale a pena visitar em qualquer época do ano. Ela se encaixa em um day trip a partir de Montreal ou Ottawa, mas certamente, quem puder passar mais tempo, vai se encantar com a região.

Para quem não conhece, Mont Tremblant é considerada uma das melhores estação de esqui e snowboarding do lado leste da América do Norte e fica dentro da região de montanhas chamada Laurentians. Então, esse é um destino super procurado durante o inverno canadense. Mas euzinha, que não sou um ser humano muito motivada com os esportes de inverno (risos), costumo ir para lá em qualquer outra época do ano e sempre vou embora com vontade de quero mais.

A vila de Mt. Tremblant oferece tudo o que o turista pode desejar: ótima seleção de acomodações, bons restaurantes e inúmeras atividades de lazer, especialmente para quem gosta de natureza. Tudo isso cercado de muita cultura francofônica, que é o carro chefe da província do Quebec. Aliás, a título de curiosidade, na região de Tremblant 90% da população para francês como primeira língua! Très bien!

Mont-Tremblant no final da tarde

+ O que fazer em Ottawa

+ O que fazer em Montreal


Vila de Mont-Tremblant
O colorido do verão nas Laurentians

Sobre Mt. Tremblant

Como chegar

Mont-Tremblant é um destino de esqui, ciclismo, corrida e turismo em geral. A vila está localizado na província de Quebec, no Canadá. Ou seja, aproximadamente 130 km ao norte de Montreal e 150 km ao nordeste de Ottawa.

Uma das vantagens de Mont-Tremblant é que ela é facilmente acessível de carro [alugue um carro]. Dica, há vôos direto de Toronto a Tremblant com as empresas aéreas Air Canada e a Porter.

Já em Mont Tremblant, viajantes e locais podem usar os ônibus gratuitos que circulam em vários pontos turísticos da região.

>>> Saindo de Montreal: passeio de um dia para região de Mt. Tremblant

Onde ficar em Mont Tremblant

Há muitas opções de hotéis, pousadas e apartamentos para ficar em Mont Tremblant. Sendo assim, os lugares mais sofisticados ficam na área do resort e ao lado das lojinhas, restaurantes e pistas de esqui da vila. Agora, para acomodações mais acessíveis, escolha lugares nos arredores da vila. E para as melhores barganhas, as cidadezinhas Saint-Jovite ou Old Mt. Tremblant são ótimas opções, mas certamente você precisará de carro para quase tudo.

Veja abaixo algumas opções com boas avaliações:

Dentro da vila de Mt-Tremblant:

Arredores da vila

Nesse caso, há mais opções de apartamentos.

St-Jovite e Old Mt. Tremblant

AirBnB Canadá
Chalé que ficamos em Tremblant – Les Manoirs

+ LAGOS NO CANADÁ – VOCÊ NÃO VAI ACREDITAR NAS CORES!

+ COMO ARRUMAR MALA DE INVERNO – DICAS E LISTA!


O que fazer em Mont Tremblant

Nesse post do Viajoteca, vamos falar das atividades para se fazer no inverno, assim como nas outras estações do ano. Algumas coisas podem ser aproveitadas em qualquer época do ano. Enfim, espero que ajude sua programação!

A vila de Tremblant é uma coisa fofa, de verdade! Ela não é histórica como alguns os resorts de esqui da Europa ou mesmo da América do Norte, mas foi montada no pé da montanha e parece um conto de fadas! Sério mesmo… um charme.

Recomendo a leitura do que fazer em Mt-Tremblant em um dia e depois ir para o detalhe da estação do ano que escolher visitar.

Um dia em Mont Tremblant

Para turistas brasileiros, com certeza essa é a opção mais procurada, pois como o tempo é curto, fica mais fácil encaixar no itinerário. Mas claro, que quem tiver mais tempo e gostar de esquiar ou fazer trilhas, Mont-Tremblant é uma excelente base para curtir a natureza.

Você pode fazer essa viagem de um dia a partir de Ottawa (152km, quase 2 horas de carro) ou de Montreal (132km, um pouco mais de 1h30 de carro). Ou ainda, pode aproveitar para conhecer Tremblant em um “pit-stop” entre uma cidade e outra, claro que sai um pouquinho do roteiro, mas dá para encarar numa boa. E seu fosse você, ainda encaixaria o Parc Omega, um zoológico tipo safari que você entra em contato (literalmente) com os animais tipicamente canadenses.

>> Como visitar o Parc Omega

Eu já fiz muito esse bate e volta de Ottawa quando morava lá, ou seja, todo mundo que ia me visitar, eu aproveitava para apresentar o parque e Mont Tremblant. Exatamente como faço hoje aqui em Toronto, quando levo o pessoal para Niagara Falls.

Conhecer Mt. Tremblant no bate e volta não tem muito mistério, pois a vila é bem pequena, mas é puro charme e muito colorida. São alguns quarteirões para explorar e em duas ou três horas já dá para ver o essencial.

Não perca:

Os itens abaixo recomendo que todo mundo faça, pois são atrações típicas e deliciosas de Mont-Tremblant:

  • Subir e descer de gôndola (Cabriolet)
  • Experimentar taffy (pirulito de maple syrup) – vende na lojinha “La Cabane à sucre de la Montagne
  • Ver a vista de Mt. Tremblant de longe, em algum lugar ao longo do lago (Lac Tremblant).
  • Fazer a trilha até o topo da montanha ou pegar o teleférico (Télécabine panoramique)

Caso não vá de carro ou não tenha um carro alugado, certamente você pode fazer a excursão para Tremblant a partir de Montreal que acontece algumas vezes por semana (C$100 por pessoa). Ou ainda, pode contratar um passeio privado por C$460 para uma pessoa ou C$650 para um casal, por exemplo. Clique nos links para conhecer os passeios.

Mt. Tremblant no inverno

Apesar de Tremblant ser um destino para todas as estações, certamente o inverno é quando a região fica ainda mais agitada. Para se ter uma ideia, são mais de 100 pistas de esquis para todos os níveis! A dica é comprar os passes com antecedência e definir as rotas que vai querer percorrer respeitando sempre seu nível.

Para quem curte muito esquiar vale a pena comprar o passe com “First Tracks”, quando você tem acesso as pistas por 45 minutos antes de todo mundo! Isto mesmo, você pega neve fresquinha e ainda com poucas pessoas para dividir o espaço. Agora, se você nunca esquiou e quer se arriscar, tem classes para iniciantes para todas as idades, apesar de dar vergonha ver as crianças aprendendo mais rápido que você, a experiência é muito legal!

A maioria das atividades que que listei abaixo você pode comprar diretamente no website de turismo da cidade.

Deixei os nomes em inglês para ficar mais fácil de pesquisar no google (eu sei, sou uma anja! ahahah).

Atividades para se fazer no inverno:

  • Esqui ou snowboard (programas clássicos)
  • Ice climbing (escalada no gelo)
  • Dogsledding (passeio de trenó)
  • Fat Biking (bike de pneu gordo para neve)
  • Ice Skating (patinação no gelo)
  • Snow Tubing (esqui bunda)
  • Snowmobiling (tipo um jetski na neve)
  • Snowshoeing (caminhada na neve com bota raquete)
  • Cross Country Skiing (caminha/corrida com esqui fininho)
  • Relaxe nas piscinas do Scandinave Spa

+ COMO IR DE TORONTO À NIAGARA FALLS

+ O QUE FAZER EM TORONTO


Tremblant no verão (ou fora da estação de inverno)

Não tem jeito, apesar da vila de Tremblant ser um colírio para os olhos, certamente é a natureza que deixa aquele lugar ainda mais espetacular. Então, tanto no inverno quando no verão em Mont-Tremblant se prepare para estar em contato com a natureza.

Enumerei algumas coisas que é possível fazer em Mt. Tremblant fora da época de inverno. O verão é uma delícia, pois dá até para entrar nos lagos para se refrescar. Mas confesso que o outono é deslumbrante, nem sei ao certo descrever o colorido que desponta em cada montanha.

Tem inúmeras trilhas para se fazer caminhada, hiking, corrida, pedalar, nadar em lago etc. Se tiver tempo sobrando, recomendo muito visitar o Parc national du Mont-Tremblant e fazer a trilha de 8.2 km pela “Roche, Coulée e Corniche Loop”, os pontos de observação no alto da montanha são lindos.

E uma coisa é importante, nunca esqueça de conferir o clima antes de sair de casa, pois Mont Tremblant faz friozinho em quase toda época do ano.

>>> Conheça o melhor app de previsão do tempo no Canadá

Parc do Mont Tremblant

Dicas do que fazer na primavera, verão e outono:

  • Mountain Bike
  • Zipline (Tiroleza) – meu compadre fez e AMOU!
  • Rock Climbing (escalada na rocha)
  • Lake Cruise on Lac Tremblant (passeio de barco pelo lago Tremblant)
  • White Water Rafting (rafting)
  • Helicopter Tour (fazer no outono)
  • Hikings (caminhadas por inúmeras trilhas)
  • Relaxe nas piscinas do Scandinave Spa

Não esqueça do Seguro Viagem!

Viaje tranquilo/a e adquira um bom Seguro Viagem para eventuais emergências. O sistema de saúde do Canadá não cobre turistas. Sendo assim, se você ou sua família precisar usar qualquer tipo de atendimento, o custo poderá ser altíssimo! Faça uma cotação sem compromisso.


Resort, Saint-Jovite e Old Mt. Tremblant

A cidade de Mont-Tremblant é dividida em três áreas chamadas de “vilas”. Cada uma características únicas e apesar de se complementarem, certamente elas são bastante diferente da outra. Hoje, a cidade de Mont-Tremblant é composta por três setores: a área do Resort, a Old Village e Downtown ou Saint-Jovite.

Resort ou Vila de Pedestre: essa é a vila que nos referimos aqui nesse post do Viajoteca e certamente ela é o cartão postal de Tremblant. A Vida de Pedestre fica localizada no pé da montanha, carros são proibidos dentro do vilarejo e a maioria dos melhores hotéis se localizam aqui. Nesse ambiente também se encontram vários restaurantes, bares, boutiques, etc, ao mesmo que tempo que ela esbanja charme, as vezes cansa o estilo super-ultra turístico. Para restaurantes recomendo a cervejaria La Diable – Microbrasserie e o restaurante de fondue La Savoie.

Old Village ou Centre-Ville: Old Mont Tremblant Village é exatamente o que o nome sugere, é a antiga vila na região, antes da criação da área de resort, o buxixo acontecia por ali. A Old Village se localiza ao lado do lago Mercer, ela é pequena e aconchegante. Para restaurantes recomendo o The Sandwich Bar + Bistro ou Le Baril Roulant.

Downtown ou Saint-Jovite: esse é o lugar que mais tem cara de cidade. St-Jovite é charmosinha e fica há 10km da vila de pedestre. Na minha opinião, os melhores restaurantes da região ficam aqui, sendo assim recomendo especialmente o sEb L’artisan culinaire (jantar romântico), Le Sushi Shack (almoço rapidinho) e Boulangerie la perle noire (para coisas de café da manhã, o croissant é incrível). E amei um mercadinho/lojinha chamado Le St-Amour Épicerie Urbaine.

Mont Tremblant - vista do Lago

Conclusão

Espero que tenham gostados dessas dicas de Mont Tremblant no Canadá! Como já disse algumas vezes aqui nesse post, vale muito a pena conhecer, pois o lugar é um xuxu!

Depois me conta o que achou!

LEIA TAMBÉM:

Fale com a gente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Viajoteca usa cookies para tudo funcionar direitinho no seu browser, tudo bem? Aceito Leia mais

Privacidade & Cookies