Logo

Mergulho na Nova Zelândia: Poor Knights Islands

by / 13 Comentarios / 23 de junho de 2014

Considerado um dos melhores locais para mergulho na Nova Zelândia, Poor Knights Islands é uma reserva marinha de proteção integral criada em 1981 com o objetivo de proteger um dos mais ricos e diversos ecossistemas marinhos subtropicais do pacífico sul.

Formado por 2 ilhas principais (Tawhiti Rahi e Aorangi Island) e por pelo menos 1 dúzia de outras pequenas ilhotas e afloramentos rochosos, Poor Knights Islands é um pequeno arquipélago off shore localizado a pouco mais de 24 km da costa de Tutukaka na altura de Whangarei na porção nordeste da ilha norte da Nova Zelândia (Te Ika-a-Māui), onde além de uma riquíssima biodiversidade marinha, também encontramos algumas das mais ameaçadas e raras espécies de plantas e animais  da Nova Zelândia.

Poor Knights Islands Nova Zelândia (3)

Nomeado pelo famoso oceanógrafo francês Jacques Costeau um dos 10 melhores pontos de mergulho no mundo, Poor Knights Marine Reserve foi a segunda reserva marinha criada na Nova Zelândia após Goat Island Marine Reserve em Leigh em 1975 ao norte de Auckland.

10355819_10154128005980128_614740068069873895_n

Protegida por lei a mais de 3 décadas, a vida selvagem hoje abunda dentro dos limites das águas protegidas da Reserva da Marinha de Poor Knights. Além da floresta que cobre o seu topo e de seus íngrimes penhascos rochosos onde inúmeras aves fazem seus ninhos, é debaixo d’água que observamos todo o esplendor do lugar.

10464162_10154275297270128_7832554305971299421_n

Além de encontramos verdadeiras florestas subaquaticas de kelp (alga), inúmeros paredões verticais de pedra com uma diversidade incrível de algas, invertebrados e peixes. Uma das principais peculiariedades de Poor Knigths são as várias cavernas marinhas, algumas tão grandes que no passado (II guerra mundial) chegaram a ser utilizadas até mesmo para esconder submarinos e outras embarcações.

Poor Knights Islands Nova Zelândia (5)

Isso sem falar nos inúmeros arcos, canyons e cavernas subaquáticos que combinados fazem de Poor Knights não apenas um verdadeiro playground para mergulhadores, mas também um verdadeiro hotspot ecológico. Visto que a diversidade de espécies de peixes e invertebrados encontradas alí não é encontrada em nenhum outro lugar das águas costeiras da Nova Zelândia.

Poor Knights Islands Nova Zelândia Darren Spratt (25)

Além do peculiar relevo subaquático, adicione a isso tudo uma corrente subtropical que carrega vida marinha de águas tropicais e uma visibilidade que varia entre os 20-40 metros na maior parte do ano. Resumindo, em Poor Knights você tem todos os ingredientes para aquilo que provavelmente seja alguns dos melhores mergulhos e snorkels da sua vida e condições dificilmente encontrado em qualquer lugar do mundo.

10247466_10154048528310128_4211330501727441963_n

Bem sendo assim, não foi por acaso que resolvi fazer o meu curso de Open Water Dive da PADI com o pessoal do Dive! Tutukaka por lá no início deste ano como conto neste post aqui. Enfim, não satisfeito em poder mergulhar até 18m, fiz o meu curso de certificação PADI para me tornar Advanced Open Water Diver e poder descer até os 30 metros de profundidade recentemente.

Poor Knights Islands Nova Zelândia (10)

Para me tornar mergulhador “avançado” além de estudar um pouquinho de teoria, tive que realizar os 5 mergulhos obrigatórios com instrutor certificado, entre eles: um deep dive no qual desci até a faixa dos 30m, um mergulho de busca e salvamento, outro de navegação debaixo d’água, outro de aperfeiçoamento da flutuabilidade e um último de identificação de espécies. Tudo isso realizado ao longo de um final de semana em Tutukaka. Super tranquilo!!

Poor Knights Islands Nova Zelândia (17)

Para maiores informações a respeito dos cursos de mergulho oferecidos pelo Dive! Tutukaka.

Poor Knights Islands Nova Zelândia (27)

Mergulho em Poor Knights Islands

 

Apesar de vários túneis, arcos e cavernas, explorar as belezas de Poor Knights não é algo reservado exclusivamente aos mergulhadores experientes ou digamos “avançados”. A grande maioria dos arcos e cavernas são abertos na superfície providenciando acesso seguro para todos os níveis de experiência em mergulho, inclusive para praticantes do snorkel, ou para quem quer conhecer as ilhas de barco.

10256556_10154206016370128_7735533098093601121_o

Fora as características geológicas mencionadas anteriormente, o mergulho em Poor Knights pode ser dividido em 3 tipos principais: Paredões Verticais, Florestas de Kelp (algas) e Jardins com fundo de areia (Sand Gardens). Geralmente a combinação de 1 ou todos os 3 ambientes subaquáticos podem ser experimentados num único mergulho dependendo do Dive site em questão.

10409538_10154206019290128_4828520463269430999_n

Por exemplo, em lugares como no South Harbour entre Tawhiti Rahi e Aorangi Island em cerca de pouco mais de 50 metros você vai da impressionante beleza colorida da “magic wall” e seus milhares de organismos invertebrados multicoloridos, cruzando a floresta de Kelp ao longo do Labrid Channel até chegar ao extonteante Blue Maomao Arch. Este último por sinal, diz a lenda que foi o local que, fez o Jacques Costeau dizer que este era um dos top 10 dive sites do mundo.

10308176_10154160677935128_7527646884880162139_n

Tive a honra de fazer o meu segundo mergulho do curso de mergulho avançado, o de navegação debaixo d’água, alí e tenho que dizer que nunca vi tanto peixe num só lugar na vida. Simplesmente não existem palavras para descrever o que ví neste mergulho, a não ser dizer que me senti um peixe em meio a um cardume de centenas, talvez milhares de Blue Maomaos.

10383873_10154235665980128_1833734791585859331_o

As vezes, segundo meu instrutor os Blue Maomaos (Scorpis violaceus) não estão por alí, mas quando estão, é um espetáculo. Bem eu não sou um Jacques Costeau, mas o que eu vi ali não só me desconcentrou, da tarefa de navegar com a bússola debaixo d’água como me emocionou ao saber que em alguns lugares do oceano ainda temos muita abundância de vida.

10369067_10154209472860128_4377084841560583637_o

A profundidade dos dive sites de Poor Knights varia desde os paredões verticais que despencam até 90 metros de profundidade onde só mergulhadores profissionais ou submarinos podem chegar. Até as baias mais rasas que dificilmente excedem os 15m de profundidade.

Poor Knights Islands Nova Zelândia Darren Spratt (68)

Na grande maioria dos dive sites que o pessoal do Dive Tutukaka explora comercialmente em Poor Knights Islands, você raramente precisa descer mais que 25 metros para ver tudo o que o local apresenta, no entanto alguns dive sites podem ser muito recompensadores para mergulhos planejados e mais profundos.

10295104_10154128113575128_8703806539092301361_o

Infelizmente no meu Deep Dive acabei consumindo ar muito rápido do que deveria e não pude explorar as belezas do Fraser’s landing, minha companheira de curso conseguiu ficar mais alguns minutos na água e ficou maravilhada com o que viu.

Poor Knights Islands Nova Zelândia Darren Spratt (42)

Alguns dive sites são sujeitos a fortes correntes, o pessoal do Dive Tutukaka é super profissional e evita levar o pessoal mergulhar em dive sites cujas as condições não estejam ideais ou muito próximas disso. De uma maneira geral as correntes tendem a ficar mais fortes em época de lua cheia e lua nova e as áreas mais afetadas são justamente aquelas próximas aos arcos, cavernas e túneis. Particularmente no Northern Arch, Hope Point, South Harbour e Labrid Channel onde a corrente pode ser forte demais para nadar contra e que apenas mergulhos planejados com deriva podem ser eventualmente executados. Felizmente dessa vez era lua minguante e um dos mergulhos foi no Labrid Channel no Blue Maomao Arch. Além disso a escolha do Dive site no dia depende das condições do mar, e dos ventos predominantes do dia.

Poor Knights Islands Nova Zelândia (20)

A temperatura da água em Poor Knights varia ao longo do ano e vai dos 15oC no inverno até um máximo de 22oC no verão. O Wetsuit de 5mm é adequado apenas para o verão, mas wetsuits de 7mm ou mesmo drysuits são recomendados para o inverno. De toda forma o Dive Tutukaka só usa o de 7mm. Para quem nunca mergulhou em águas subtropicais / wet suit de 7 mm pode parecer um pouco mais difícil, mas basta um pouco de paciência para colocar o equipamento e colocar um pouco mais de peso para contrabalancear o aumento da flutuabilidade e tudo fica bem. Tirando o choque inicial na hora que você entra na água nas partes expostas você não passa frio na água.

Poor Knights Islands Nova Zelândia (21)

A visibilidade, assim como a temperatura também varia ao longo do ano e geralmente fica na casa dos 15-40m de distância. A melhor visibilidade geralmemte acontece do finalzinho do verão até o final do inverno quando há menos plankton na água. Na primavera, especialmente entre os meses de Setembro e Novembro a visibilidade cai para a casa dos 10 metros em alguns casos caindo até mesmo para 5m quando a quantidade de plâncton na água aumenta exponencialmente.

Poor Knights Islands Nova Zelândia Darren Spratt (38)

Uma das grandes diferenças do mergulho em Poor Knights comprado com mergulhos em águas tropicais são as cores e os detalhes da vida marinhas encrustrada nas paredes, arcos e cavernas. Uma das melhores maneiras de comtemplar isso é cobrir apenas uma pequena área e dedicar tempo para explorar um pedacinho do paredão/coral.

Poor Knights Islands Nova Zelândia Darren Spratt (50)

O uso de uma lente de aumento é algo recomendado e super bacana se você curte observar pequenas estruturas e vai ajudar a revelar formas e animais que passariam desapercebidos a olho nú. Eu só digo uma coisa, adoro observar os Nudibrânquios 😀

10489883_10154259124570128_8295946122559812310_n

Os peixes em Poor Knights são de uma forma geral acostumados com a presença de mergulhadores, e tendem a se aproximar principalmente os mergulhadores que se deslocam devagar e suavemente. Se você for um daqueles que usam os braços e ficam batendo as pernas o tempo todo, tente melhorar isso. Eu mesmo ainda preciso melhorar muito ainda nesse quesito.

10289803_10154128005205128_2143962511276167313_n

Uma das melhores formas de observar os peixes é procurar um cantinho com fundo de areia, descer até lá e ficar o mais imóvel possível e deixar os peixes chegarem até você. Muitos deles são territoriais e frequentemente vem checar o “novo vizinho”. Alguns são tão “mansos” que você pode praticamente tocar neles.

Poor Knights Islands Nova Zelândia (24)

Até o momento já foram identificados mais de 187 espécies de peixes em Poor Knights Islands Marine Reserve. Comparativamente esse número pode representar até menos da metade do número de espécies de peixes encontrados em lugares de mergulho tropical. Embora a diversidade de peixes seja menor, a quantidade e até mesmo o tamanho de (alguns) peixes fazem a experiência de um mergulho subtropical algo inesquecível.

10274076_10154128007485128_8559288486167405864_n

Além dos peixes e invertebrados residentes em Poor Knights, volta e meia aparecem alguns visitantes ilustres de passagem pela região. Eu sigo a página do Dive Tutukaka no Facebook e volta e meia eles postam fotos de alguns destes visitantes ilustres que vão desde focas, tartarugas, golfinhos até baleias orcas.

10246468_10154118058670128_4856389043756916243_n

Desta vez ao fazer minha certificação de mergulho avançado, ao invés de ficar hospedado em Whangarei, fiquei hospedado no Oceans Resort Hotel Tutukaka que se mostrou uma verdadeira mão na roda visto que não precisava fazer o trajeto de quase 30 km pela manhã e no final da tarde.

Poor Knights Islands Nova Zelândia (28)

Regras importantes para lembrar quando visitar reservas marinhas na NZ

Pesca e coleta de qualquer tipo terminantemente proibida

Construção de qualquer estrutura terminantemente proibida

Alimentar peixes ou qualquer outro animal terminantemente proibida

Jogar lixo ou qualquer tipo de efluente terminantemente proibida

Velocidade das embarcações não podem passar dos 5 nós estando a menos de 200m de terra firme

O não comprimento destas regras é crime e pela lei de reservas marinhas de 1971 o não comprimento delas pode acarretar em prisão de até 3 meses e / ou multa de até 250.000 NZD. Além do poder de confiscar qualquer embarcação, material de pesca e mergulho e produto pescado / colhido ilegalmente pela autoridade responsável.

Veja também:

Mergulhos em Sipadan na Malásia

Fiji: Conhecendo um pouco mais sobre suas ilhas

Polinésia Francesa: Dicas para visitar Tahiti

Baleias na Nova Zelândia

 

 

Todos os Posts sobre a Nova Zelândia

Todos os posts sobre Mergulho na Viajoteca 

 

As fotos utilizadas pala ilustrar este post e que estão sem a marca d’água da viajoteca foram tiradas por Daren Spratt


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


TAGS: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

CATEGORIAS: Aventura, Caverna, Destinos, Ecoturismo, Estilo, Experiências, Ilha Norte, Ilhas, Mergulho, Natureza, Nova Zelândia, Oceania, Passeios de Barco, Passeios e Atrações Turísticas, Poor Knights Islands, Reserva Marinha, Snorkel, Viagem, Viagem em família, Viagem Solo, Whangarei

13 Comment

  1. Só uma palavra para estas fotos: UAU!
    Impressionada com tanta cor e beleza. Dá até vontade de perder o medo e fazer um curso de mergulho também.
    Parabéns, Oscar!

    • Carina

      Então recomendo uma hora dessas você fazer um discover scuba diving… De preferência num lugar bem bonito com boa visibilidade.. O Mau assim como vc morria de medo, nesta ultima vez convenci ele a fazer o discover scuba e agora quando esquentar ele quer fazer o Open Water PADI tb.. Garanto que você vai perder o medo e adorar.. Mergulhar é conhecer um outro universo 😀
      Venham nos visitar e vamos todos mergulhar em Poor Knights

      • Ufaaa.. pensei que eu fosse a única medrosa.
        Já te disse Oscar, mas repito: essas fotos estão MARAVILHOSAS.
        😉

        • Não precisa ter medo não Martinha.. Mergulhar é super seguro se feito dentro das regras.. Como disse para a Carina.. Mergulhar é entrar num outro universo

          Bjs

  2. Oscar,
    Impressionantes fotos!!!
    Isto só reforça que preciso voltar para a NZ!!!
    Abraço.

    • Valeu Diogo!!

      Não mergulhei muito por ai ainda não.. Porém até hoje não vi nada mais bonito que Poor Knights
      Como costumo dizer, esse país nos surpreende a cada esquina

      Abraço

  3. Que legal!! Qual a melhor época para mergulhar na Ásia? Vc foi em junho?

  4. […] sido meu primeiro dive site tropical e apenas o segundo lugar que mergulhei com cilindro além de Poor Knights na Nova Zelândia. Nessa vida já tive a oportunidade de fazer snorkel em muitos outros paraísos tropicais por aí. […]

  5. […]   Mergulhando em Poor Knights Island: Curso de certificação avançada  […]

  6. […] VEJA TAMBÉM: Mergulho avançado em Poor Knights Islands […]

  7. […] da costa do país. Entre eles a magnífica Poor Knights Islands Marine Reserve que já falei antes aqui e aqui no […]

  8. […] a SH01 é a Tutukaka Harbour, já quase na altura de Whangarei.. É dali que partem os passeio e os mergulhos em Poor Knights. Considerado um dos melhores points de mergulho subtropical do mundo, como já falei nesses posts […]

Comente Aqui