5 Atrações Para Aproveitar O Inverno em Reykjavik

0

Para muita gente, uma viagem à Islândia durante o inverno pode parecer uma loucura, devido às temperaturas baixíssimas. Mas a verdade é que durante essa época do ano as temperaturas na capital Reykjavik são bastante amenas. Isto em comparação a outras regiões na mesma latitude, claro. Tornando a viagem bem mais agradável do que se imagina.

Nos últimos anos, a Islândia se tornou um dos hotspots do turismo internacional. Com uma infinidade de atrações naturais que lhe dão o apelido de “terra do fogo e gelo” e um índice de desenvolvimento humano dos mais altos. Então, se você pretende visitar a Islândia, deixe-me contar pra vocês o que fazer em Reykjavik no inverno.

 

O Inverno Islandês

 

Como a Islândia está situada quase no Ártico, os invernos no país têm dias muito curtos e noites mais longas. Isso exige um bom planejamento, para que você consiga aproveitar ao máximo as poucas horas de luz solar na cidade e seus arredores. Entre meados de dezembro e meados de janeiro, você vai ter menos de quatro horas de luz solar. Por isso aconselho muito evitar estas quatro semanas do ano.

Embora menos fria do que cidades como Oslo, Estocolmo ou mesmo Frankfurt, vale também lembrar que a capital Reykjavik é bastante úmida, com chuviscos que duram horas a fio e algumas nevascas nos meses mais frios.

5 Atrações Para Aproveitar O Inverno em Reykjavik

 

1 – Faça Um Tour Pelo Golden Circle

Quando você for viajar à Islândia, aconselho alugar um carro para conhecer o Golden Circle. Esta é uma das maiores atrações nos arredores de Reykjavik. Nesta mini road trip, você passa por alguns dos lugares mais famosos da Islândia. O trajeto do Círculo de Ouro cobre cerca de 250 quilômetros e inclui três atrações naturais.

A primeira parada é no Parque Nacional de Thingvellir. É aqui que você vai visitar um cânion que marca o encontro entre as placas tectônicas da América do Norte e da Eurásia. Este lugar também é importante por ter sido o local onde, lá pelos idos do século 10, foi fundado o primeiro parlamento do mundo.

A próxima atração do Golden Circle é o parque geotérmico dos gêysers. Eu considero que este seja talvez o ponto mais interessante de todo o passeio. Aqui a gente pode apreciar fontes e pequenos riachos de água quase fervente. Além de observar pequenos gêysers e o majestoso Strokkur, maior gêyser do parque, que jorra água a até 40 metros de altura.

A terceira parada no tour pelo Golden Circle são as cataratas de Gullfoss, com suas quedas d’água gigantes, em forma semi-circular.

5 Atrações Para Aproveitar O Inverno em Reykjavik

.

2 – Faça Um Passeio Pela Cidade

Reyjkavik é uma das cidades mais coloridas da Europa. Então vale a pena enfrentar o frio para conhecer os principais pontos turísticos da cidade. A cidade é muito limpa – como é de se esperar -, bonita e com muito organizada. Ande pelas ruas de casinhas coloridas, observe os murais de street art e não deixe de conhecer a igreja de Hallgrimskirkja. Esta igreja é uma das principais construções da cidade, com sua torre de quase 75 metros de altura. Enfrente o vento na orla, onde colocaram várias esculturas modernosas. E não deixe de visitar a ultramoderna casa da música, a Harpa. Onde além de apreciar o desenho arquitetônico arrojado, você vai poder se aquecer um pouco.

5 Atrações Para Aproveitar O Inverno em Reykjavik

.

3 – Fuja do Frio nas Piscinas de Águas Termais

A Islândia possui vários vulcões ativos. Entre as atividades geológicas estão as várias fontes de águas termais, muitas dentro da própria capital. Assim, o governo criou inúmeros complexos de piscinas termais por todo o país. Os islandeses costumam passar várias horas fugindo do frio e socializando com a família e amigos nestes lugares.

Visitei o Laugardaslaug, o maior complexo de piscinas termais da cidade, numa noite com dois graus negativos. Vou confessar que adorei sentir o contraste do corpo quente, submerso nas águas termais, com o frio congelante no rosto!

Este complexo tem várias piscinas internas e externas, além de saunas, uma área com piscinas para crianças e outra com jaccuzzis com temperaturas variadas. A ideia é que você entre na mais fria, com 34 graus, e vá mudando de jaccuzzi, até chegar à mais quente, com 44 graus.

.

4 – Veja o Espetáculo da Aurora Boreal

Deixe que digam, que pensem e que falem… mas a verdade é que a aurora boreal é um dos fenômenos mais bonitos da natureza. Como elas só acontecem nas regiões mais ao norte do planeta, a Islândia é um dos melhores lugares do mundo para apreciá-las. A melhor época do ano para ver a aurora boreal é entre outubro e março. Com muita sorte, dá até para ver a aurora boreal em Reykjavik. Mas como as luzes  da cidade podem atrapalhar a visibilidade,  o melhor é fazer um pequeno tour fora da cidade.

É importante lembrar que não existe garantia de que você vai conseguir ver a aurora boreal, já que ela varia muito em intensidade. Mesmo se a atividade for intensa, as condições climáticas (noites nubladas, por exemplo) podem prejudicar a visibilidade.

Mas se você contar com o fator sorte – também conhecido com céu aberto e alta intensidade da aurora -, você vai ver o maior espetáculo de luzes naturais da terra!

5 Atrações Para Aproveitar O Inverno em Reykjavik

.

5- Nade na Blue Lagoon

A Blue Lagoon, um spa de águas termais entre Reykjavik e o aeroporto de Keflavik, é uma das atrações mais famosas de toda a Islândia. Ela fica situada no meio de um enorme campo de lava coberto com lodo verdinho.

Sinto muito em dizer que essas lindas piscinas de água azul clarinha, quase leitosa, não é uma obra da mãe-natureza. As águas termais da Blue Lagoon são ricas em minerais como sílica e enxofre, que ajudam a curar algumas doenças como reumatismo e doenças de pele. Além dos benefícios medicinais, a Blue Lagoon é um desses lugares onde você não pode deixar de ir e uma selfie é quase obrigatória! Sem contar aquele contraste gostoso entre a água gente e o ar frio.

5 Atrações Para Aproveitar O Inverno em Reykjavik


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Europa 1

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios na Europa com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro na Europa com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


Comente Aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.