Logo

Coronet Peak: A primeira estação de esqui da Nova Zelândia

by / 2 Comentarios / 22 de agosto de 2014

Considerada um dos ski resorts mais populares da Nova Zelândia, Coronet Peak está localizada a cerca de 18km ao nordeste do centro de Queenstown e cerca de 7 km ao leste do centrinho de Arrowtown. Tida como a primeira estação de esqui comercialmente explorada da Nova Zelândia, Coronet Peak além de pioneira, é a estação de esqui mais próxima e acessível da capital da aventura e dos esportes de inverno da Nova Zelândia, Queenstown.

Mapa Coronet Peak (9)

Com uma área esquiável de aproximadamente 280 hectares, Coronet Peak tem o maior e mais moderno sistema de produção de neve artificial da Nova Zelândia. Totalmente automatizado, o sistema conta com 213 canhões de neve que em apenas 3 dias de condições ideais para a produção de neve artificial, consegue produzir “neve” suficiente para abrir as principais pistas do centro da montanha como o the M1, Big Easy e a área para principiantes.

Mapa Coronet Peak (10)

Graças a este moderno sistema, a temporada de esqui de Coronet Peak é uma das longas da Nova Zelândia, geralmente se extendendo do início de Junho até meados de Outubro.

Mapa Coronet Peak (11)

Com um total de 7 lifts, sendo: 1 teleférico de alta velocidade para até 6 passageiros; 1 com capacidade para 4 pessoas; 1 teleférico duplo; 1 T-Bar; 2 Magic Carpets e um rebocador para iniciantes.

Mapa Coronet Peak (12)

O terreno esta basicamente dividido em 20% de Green Runs para iniciantes, 45% de Blue Runs para esquiadores ou praticanates de snowboard em nível intermediário e os outros 35% restantes de “Black Runs” para esquiadores experientes e ou avançados.

Mapa Coronet Peak (13)

Por ser a estação de esqui mais próxima e facilmente acessível para quem visita Queenstown, Coronet Peak sedia todos os anos uma série de eventos como o FIS Ski Racing, New Zealand Nationals and the American Express Queenstown Winter Festival e é utilizado por atletas de vários países como base de treinamento entre os meses de Junho e Outubro.

Mapa Coronet Peak (2)

Em 2008 Coronet Peak passou por uma reforma milionária que criou boa parte da infra-estrutura que usufruímos hoje em Coronet Peak. Literalmente elevando o status dessa montanha para um outro nível. O novo prédio oferece excelentes instalações, incluindo 4 opções de alimentação, um enorme terraço, espaços ampliados para emissão de bilhetes, armazenamento, aluguel e instalações para atender crianças em diferentes idades.

DCIM101GOPRO

Seu grande diferencial em relação as demais estações de esqui neozelandesas é o fato dela funcionar também durante a noite entre início de Julho e meados Setembro todas as sextas e sábados com um sistema de iluminação artificial, que prolonga a diversão na neve em pelo menos mais 5 horas até as 21:00.

O visual da montanha não chega a ser tão impressionante como em Ohau Snowfields e Treble Cone em Wanaka. Porém não deixa muito a desejar com vista para parte do Lake Wakatipu, Queenstown e a imponente cadeia de montanhas do The Remarkables.

Mapa Coronet Peak (4)

.

.

Informações Úteis:

Cidade mais próxima => Queenstown (16Km)

# de lifts operando => 7

Temporada de Funcionamento =>  Início de Junho até meados de Outubro

Altitude na Base => 1220 m                       Maior Altitude => 1650 m

Condições da estação neste momento

Twitter | Instagram | Facebook

.

Coordenadas Geográficas:

Latitude Longitude
S 44 55.556 E 168 44.771

..

.

Mapa Coronet Peak (3).

Mapa:

Mapa Coronet Peak

 

Extras:

Esquiando em Coronet Peak

Explorando as principais montanhas da ilha sul com a Haka Tours

.

 .

Oscar Risch visitou Coronet Peak durante o Snow Safari oferecido pela Haka Tours na qual teve a oportunidade de visitar 6 estações de esqui ao longo de umas semana pela ilha sul da Nova Zelândia. Todas as despesas com alimentação e transporte até Christchurch foram cobertas pelo autor. Já o transporte entre os destinos e as estações de esqui, assim como acomodação e aluguel de equipamento foram cortesia da Haka Tours. Já os lift passes cortesia do NZSki Coronet Peak .

Todas as opiniões e impressões são do autor e refletem a experiência do mesmo.

Haka Tours

 

 

 

Veja Também:

Todos os posts sobre a Nova Zelândia

Todos os posts sobre a ilha Sul da Nova Zelândia 

Todos os posts sobre Esqui e Snowboard na Nova Zelândia


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. Ele é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e também em Cuba e na Venezuela. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Você pode cotar com a Real Seguro Viagem sem compromisso e, caso decida pela contratação, você poderá parcelar o valor do seguro em até 6 x sem juros no cartão de crédito, ou pagar com desconto de 5% no boleto bancário.

Seguro viagem oceania 728x90

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Real Seguros (faz cotação em 10 seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentalCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!

TAGS: , , , , , , , , , , , , , , ,

CATEGORIAS: Aventura, Destinos, Esportes Radicais & Adrenalina, Esqui e Snowboard, Estações de Esqui, Estações do Ano, Estilo, Experiências, Ilha Sul, Inverno, Montanhas, Natureza, Neve, Nova Zelândia, Oceania, Passeios e Atrações Turísticas, Queenstown, Viagem, Viagem Solo

2 Comment

  1. […] o trajeto de volta para Queenstown. Porém antes de terminar o passeio seguimos em direção ao Coronet Peak para conhecer um pouco do Skippers Saddle, onde além do visual exploramos o início da famosa […]

  2. […] Dia 04 – Coronet Peak […]

Comente Aqui