Logo

Coromandel: Cathedral Cove e Hot Water Beach

by / 15 Comentarios / 8 de dezembro de 2014

CA belíssima península de Coromandel é uma das regiões mais bonitas da costa noroeste da ilha norte da Nova Zelândia. Localizada a pouco mais de 2 horas de carro de Auckland, Coromandel é famosa por seu recortado litoral, e principalmente por suas fantásticas praias de areias brancas que na maioria das vezes é envolto por uma densa e exuberante floresta virgem.

Coromandel 49

Separando o Hauraki Gulf na região de Auckland da região de Bay of Plenty, a península de Coromandel, possui uma série de pontos de interesse turístico como as pequenas cidades como Thames, Coromandel Town, Whitianga, Tairua, Whangamata. Assim como as dezenas de praias espetaculares como New Chums Beach, Catedral Cove e Hot Water Beach em seu litoral.

Coromandel 50

Um dos lugares mais pitorescos e famosos da região da península de Coromandel é sem dúvida a Cathedral Cove. Uma curiosa formação geológica formada pela erosão marinha que, ao longo de milhares de anos criou um grande arco natural que de certa forma se assemelha com o formato de uma catedral.

Coromandel Cathedral Cove

O acesso à Cathedral Cove é relativamente remoto, mas nada muito complicado. E mesmo assim, mesmo que você já tenha se encantado pelas outras praias da região, esta praia certamente irá te surpreender. Para se chegar até Cathedral Cove Beach você deve seguir em direção a Whitianga e a partir da ponta norte de Hahei Beach, uma trilha de aproximadamente 45 minutos/1hora em cada sentido te leva até este fantástico local.

Coromandel 28

A trilha de Hahei Beach até Cathedral Cove é bem conservada e de nível fácil a moderado, como algumas subidas e descidas pelo caminho. Ao longo do percurso você caminha no topo de uma falésia a qual conta com vários pontos para você tirar fotos e que termina numa escadaria que dá acesso à praia em sí.

Coromandel 12

Uma das coisas mais legais de Cathedral Cove Beach é que além deste enorme arco de pedra, que forma uma espécie de túnel ligando duas deliciosas enseadas, existem várias Pohutukawas centenárias  (árvore conhecida como árvore de Natal da Nova Zelândia que costuma florescer no final do ano) e que acabam oferecendo uma boa área de sombra no local. Transformando a praia num local perfeito para um piquenique e para banho de mar (quando está quente).

Coromandel 31

Bem a temperatura da água, como em quase toda a Nova Zelândia é digamos um problema e engana um pouco pelas fotos. Mesmo assim, num dia quente dá para encarar e aproveitar bastante. Basta ter coragem de entrar e repetir o mantra “O frio é psicológico, o frio é psicológico”.

Coromandel 22

Se afastando um pouco para o final da Cathedral Cove, você irá observar um grande pináculo de pedra conhecido como “Te Hoho”. Durante centenas, talvez milhares de anos foi esculpido pelas forças do vento e da água, e hoje se assemelha, de certa forma, à proa de um grande navio se aproximando da praia.

Coromandel 27

A maior enseada da Cathedral Cove é também conhecida como Stingray Bay. Numa de nossas visitas ao local, estava nadando com meu irmão na água e vimos 5 arraias nadando bem pertinho da gente. E com muita, muita sorte você poder ter a chance de ver baleias orcas nadando pela região. Ano passado, um grupo que estava fazendo Kayak na área presenciou um grupo delas se alimentando provavelmente das arraias que vimos em nossa última visita na área.

Por estar situada dentro de uma reserva marinha chamada de Whanganui A Hei Marine Reserve, o costão também é super indicado para Snorkel e mergulho. Por estar numa área relativamente protegida por ilhas, as ondas por alí são fracas e a visibilidade da água é ótima. Ainda não fiz snorkel/mergulho lá, mas dizem que ao lado de Poor Knights, Goat Island e Bay of Islands, a Costa de Coromandel é uma das melhores áreas para a prática do mergulho na Nova Zelândia. O melhor local para Snorkel é também conhecido como Gemstone Bay.

Coromandel 39

Visitando a região, outro lugar que você precisa conhecer é Hot Water Beach. Uma praia digamos única no mundo pelo fato de possuir 2 fontes de águas termais sob suas areias, o que significa que você pode, com o auxílio de uma pá, cavar sua própria piscina termal na areia da praia. Não é o máximo.

Infelizmente o fenômeno não acontece o tempo todo e depende da oscilação das marés, desta forma, se você quiser ter essa experiência é sugerido consultar a tabela de marés e chegar ao local com cerca de 2 horas de antecedência do pico da vazante.

Coromandel 5

Quando estivemos en Hot Water Beach a maré estava alta. E apesar de ainda não termos tido a chance de curtir uma dessas piscininhas de água quente, o dia estava lindo e a cor do mar estava absolutamente um desbunde.

Coromandel 4

Outra praia de acesso relativamente mais complicado é New Chums Beach, eleita diversas vezes por diferentes publicações internacionais uma das Top 20 praias do mundo.

New Chums Beach em Coromandel

Coromandel é sem dúvida um local que merece uma visita (principalmente no verão) quando você estiver visitando a terra dos Kiwis. Bem com um mar dessa cor, não é por acaso que Coromandel é um dos melhores e mais concorridos destinos de verão da Nova Zelândia. Evite visitar a região entre a última semana de Dezembro e primeira semana de Janeiro quando meia Auckland foge para a península.

Coromandel 13

Informações Úteis:

Além de você poder ir de carro até Coromandel (mais recomendado na minha opinião pela flexibilidade) você também pode pegar o Ferry em Auckland até Coromandel Town e de lá explorar algumas das atrações da península. A viagem dura aproximadamente 2 horas em cada sentido e o barco geralmente faz uma parada em Waiheke Island.

Outras fontes de consulta:

 Península de Coromandel no site do Depto de Conservação da Nova Zelândia 

Endereço:

Cathedral Cove Walk

 

Coordenadas para o GPS:

Hot Water Beach

Latitude Longitude
S 36 53.415 E 175 49.326

Início da trilha da Cathedral Cove

Latitude Longitude
S 36 50.017 E 175 47.945

 

Posts Relacionados:

Todos os posts sobre a Nova Zelândia

Todos os posts sobre praias na Viajoteca


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. Ele é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e também em Cuba e na Venezuela. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Você pode cotar com a Real Seguro Viagem sem compromisso e, caso decida pela contratação, você poderá parcelar o valor do seguro em até 6 x sem juros no cartão de crédito, ou pagar com desconto de 5% no boleto bancário.

Seguro viagem oceania 728x90

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Real Seguros (faz cotação em 10 seguradoras)

–  Agende suas excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentalCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!

TAGS: ,

CATEGORIAS: .Novos posts na Viajoteca, Aventura, Caverna, Coromandel, Destinos, Ecoturismo, Estações do Ano, Estilo, Experiências, Ilha Norte, Lua de Mel, Mergulho, Natureza, Nova Zelândia, Oceania, Passeio à pé, Passeios e Atrações Turísticas, Praias, Reserva Marinha, Snorkel, Trilhas & Trekking, Verão, Viagem, Viagem em família

15 Comment

  1. Hoje é meu aniversário e passear por essas praias maravilhosas foram um presente muito especial. Parabéns a vocês por mais esta reportagem.

    • Suzanne

      Feliz Aniversário!!! Legal saber que você curtiu o “presente”
      Bjs

  2. Imagine um lugar bonito… Cathedral Cove!!! Lindas fotos pra variar Oscar!!

  3. Olá, adorei esse post sobre Coromandel! Voce acha que vale a pena ir de Auckland para Thames pela costa (E Coast), ou é melhor ir pela SH1/SH2 mesmo?
    Obrigada

    • As estradas secundárias são sempre mais bonitas.. Agora se tiver pouco tempo acho que o melhor é ir pela SH 1 mesmo

  4. Que lugar é esse… meu Deus. Está na minha agenda pra uma próxima viagem praiana. Parabéns pelo post. Abraços

  5. Que blog maravilhoso!

    Estou pensando em fazer um intercambio na NZ por um ano, passaria 6 meses no lado norte, e 6 meses no lado sul. Qual época do ano seria melhor para cada lado do pais ? Poderia conhecer bem a região nesse tempo ?(como também vou trabalhar, vou conhecer cada lugar nos finais de semana) Obrigada pelas dicas!

  6. Olá Ivana:

    Recomendo você começar, dando uma espiada neste post aqui=> https://www.viajoteca.com/estacoes-ano-qual-melhor-epoca-para-se-visitar-nova-zelandia/ .. Em 1 ano é possível conhecer muita coisa aqui.. No seu lugar passaria a Primavera e o Verão na Ilha Norte e o Outono e Inverno na Ilha Sul

  7. […] Leia também: Coromandel: Cathedral Cove e Hot Water Beach […]

  8. Oiii Oscar!!! Estou vendo os post da NZ e estou encantada! Parabéns pelos posts!
    Eu e meu marido estamos pensando em ir este final do ano para lá.. Passar Natal e Ano Novo. Ficaríamos em torno de 15 a 17 dias por lá… pelo que vi, da para curtimos bastante né? Até tinha pensando em ir até Sydney, mas acho que vai valer mais a pena ficar só por NZ mesmo… o que achas?
    E alguma sugestão para Natal e Ano Novo, já que morasse por lá?
    E só mais uma perguntinha… vale a pena alugarmos uma campervan (seria nossa primeira experiência) para passarmos esses dias?
    Obrigada!!!

    • Olá Patrícia tudo joia? Obrigado pela visita e pelos elogios aos posts. Eu sou suspeito em falar, mas eu amo esse país. Engraçado é que eu estou indo passar 15 dias na mesma época do ano que vocês estão pensando em ir. Na verdade passo o Natal na NZ, mas ano novo estarei de volta em Hong Kong para ver a queima de fogos.
      Que bom que você considera ficar o tempo todo na Nova Zelândia, a Austrália é perto, mas não tão perto assim. E com 2 semanas e meia eu acho que focar na Nova Zelândia vai ser mais negócio para vocês, gasta menos tempo e dinheiro em deslocamentos e curtem melhor um lugar incrível como a NZ. Com 15 dias na Nova Zelândia eu deixaria 4-5 para ilha norte e o restante para a ilha sul. Eu mesmo estarei focando a viagem dessa vez mais na ilha sul. Os preços tendem a subir bastante nessa época do ano principalmente em Queenstown, a não ser que você faça questão de estar lá no Natal e Ano Novo evite a cidade nessa época.
      Quanto alugar o Campervan eu acho uma boa idéia, por sinal estamos considerando fazer isso inclusive. Porém como a sua primeira experiência recomendo você talvez fazer o mesmo que nós fizemos na nossa primeira experiência e dividir parte do roteiro de Campervan e outra parte de carro. Vai dar para ter um gostinho de como é viajar dessa maneira e se você não gostar não vai arruinar toda a sua experiência no país.

      Espero ter ajudado. Qualquer outras duvidas escreve aqui para a gente num post pertinente 😀
      Abs

Comente Aqui