Como conhecer o Vale do Reno na Alemanha de carro, barco ou trem

55

Escolher o meio de transporte para utilizar durante a viagem pelo Vale do Reno na Alemanha, foi uma dos principais desafios que tive ao organizar essa viagem, e aposto que é a da maioria das pessoas que vão pra lá. Aí fica sempre aquela pergunta: “Conhecer o Reno de carro, barco ou trem?”

De carro pelo Reno na Alemanha
De carro pelo Reno …

Logo de cara a gente pensou em fazer o passeio de barco por ser bem característico, mas pesquisando mais sobre as cidades e sobre o que queríamos conhecer no caminho; a limitação de horários e a demora no percurso entre um lugar e outro, nos fez readaptar o roteiro e decidimos então usar  um pouquinho de cada coisa… 🙂

O passeio de barco entre Mainz e Koblenz demora um pouco mais de 4 horas, e não nos interessamos em fazê-lo inteirinho. Eu sei, o Reno se extende por muitas outras cidades e regiões da Suiça, França, Alemanha e Holanda, mas nós nos restringimos apenas esse trajeto, e nesse post “Roteiro pela Europa: 9 dias e quatro países … Devo estar maluca”  tem os detalhes do nosso roteiro completo pela Europa.

 

 Para passeios de um dia pelo Reno (Mainz a Koblenz):

– Recomendo utilizar o barco se quiser fazer todo esse trecho e parar somente em uma cidade, mas é necessário ficar bastante atento aos horários pra não perder o próximo barco [Veja os horários aqui].

– Recomendo utilizar o trem se quiser fazer uma viagem mais econômica e se quiser parar em no máximo duas cidades [Leia as dicas da Carina para comprar passagens de trem na Alemanha e leia o comentário da leitora Renata].

– A combinação dos dois meios de transporte, barco e trem, também pode ser uma acertada decisão para o pessoal que tem apenas um dia para explorar a região Ou faça como nós, um combinado dos três (carro, trem e barco) se tiver mais que um dia pelo Reno ou se for continuar a viagem pela Europa! Veja nosso roteiro e estrategia abaixo…  

Passeio de barco no Reno
Curtindo o passeio de barco pelo Reno

A decisão de alugar um carro foi acertada, pois tivemos bastante flexibilidade com horários e como essa viagem abrangeria outras cidades e regiões da Europa, pra gente ficou ideal. Claro que antes de tomar essa decisão, eu pedi a aprovação da Carina (sócia aqui do viajoteca, e residente de Frankfurt) e ela nos deu o cartão verde… É o que sempre digo, use os amigos, blogs e conexões para pegar as dicas de viagem!!!

Recomendamos o aluguel do carro com a empresa RentalCars.
Todas as informações em português, pode parcelar em até 12x e não paga IOF!
Aluguel de carro no exterior


Barco na Europa
Entrada da estação de barco em Bacharach

O carro foi o meio de transporte principal que utilizamos, mas uma coisa era certa, eu queria navegar um pouquinho pelas águas do Reno, e foi então que pesquisando pela internet, descobri que o intervalo com maior número de castelos e a parte mais bonita e interessante pra se ver da água, era a parte do Reno o entre Bacharach a St. Goar – e o melhor, em uma horinha de barco, faríamos todo o percurso. O resto fizemos tudo de carro.

 Como ficou nosso roteiro de 2 dias pelo Reno…

Dia 1:  Eltville a Barachach de carro – um dia inteiro, com parada em Eltville, Mosteiro Eberbach e Rudesheim on Rhein.

Dia 2:  Barcharach a St Goar de barco (1 horas) e retorno de trem (15 minutos), lembrando que paramos para passear em St Goar e Bacharach. – Leia o post “Os Castelos do Vale do Reno na Alemanha” para conhecer as cidades que recomendamos as visitas e mais detalhes dessa região.

Estação de Trem na Alemanha
Estação de Trem em St. Goar

 Brasileiro pode dirigir na Alemanha?

Essas são as informações que constam no website do consulado brasileiro em Frankfurt:

Turista brasileiro na Alemanha (até 180 dias): O turista brasileiro pode dirigir na Alemanha, por um período de até 6 meses, com sua CNH brasileira válida. Base legal: Convenção sobre Trânsito Viário celebrada em Viena, em 08 de novembro de 1968, da qual são signatários os dois países.

Segundo informações das Representações Diplomáticas alemãs no Brasil, os brasileiros têm permissão para conduzir no país com a habilitação nacional brasileira acompanhada de uma tradução juramentada para o alemão ou de uma habilitação brasileira internacional (Permissão Internacional para Dirigir – PID*).

* PID – Permissão Internacional para Dirigir

Ferry para carros no Reno
No ferry para os carros cruzando o Reno

Recomendo muito esse roteiro e 2 dias são suficientes para conhecer 4 cidades e uma vinícola com calma. Querendo fazer trilhas e explorar outras atrações, aí meu amigo, eu recomendo pelo menos 4 dias, pois a região é linda 🙂

 Informações extra:

– Empresa do barco para passageiros: KD Cruises [em inglês]

– os horarios dos barcos mudam no inverno e verão, ficar atento. Você pode comprar as passagens ida ou ida-retorno no terminal da cidade que escolher partir. O valor do retorno, quando comprado junto com a ida, sai bem barato, quase o mesmo preço do trecho se fizer de trem, mas tem a questão do tempo para avaliar.

– Empresa de barco para carros: como não há pontes nesse trajeto do Reno entre Mainz a Koblenz, quando se quer cruzar a estrada de um lado pra o outro, é preciso usar os ferries, há várias estações ao longo do rio e eles fazem somente o papel da ponte, o ferry não leva de uma cidade a outra como o barco de passageiros. Nesse link tem as estações, nós fizemos a de Kaub a Oberwesel, eu achei esse website todo confuso, e na verdade deixei para ver como funcionava lá mesmo e não teve erro, um GPS ou um google maps resolve a parada. O pagamento é feito dentro do ferry para o operador. O querido leitor João – DF, nos mandou nos comentários o link do ferry oficial http://www.faehre-kaub.de/ [em alemão].

– Empresa do trem: naquela região do Reno, para fazer o trajeto entre St. Goar e Bacharach, usamos a empresa DB Bahn, e compramos o ticket diretamente na maquina na estação do trem em St. Goar.

– Empresa do carro: alugamos com a National, via Europcar, e custou 293 euros por 8 dias dias. Pegamos o carro em Frankfurt e devolvemos em Amsterdã. Mas alugue com a empresa que oferecer o melhor custo benfício.

 

 DICA DA LEITORA PARA QUEM VAI VIAJAR DE TREM

Recebemos o comentário da Renata que vale a pena deixar aqui no post, pois são muito úteis!

” Se forem se locomover de trem, como eu fiz, ficar atentos a horario, pois os mesmos tem frequencia de cada um hora, ou seja vc pode perder um bom tempo esperando. No meu caso caso, alem de perder por 5 minutos, dei azar do trem seguinte ser cancelado sem motivo, ou seja virou 2 horas em uma estacao de trem deserta e aberta no frio! Muitas estações, não possuem funcionarios, somente maquinas de autoatendimento mas em ingles. Mas so aceitam dinheiro e notas de até 20 euros.
Uma outra observação: as cidades pequeninas a noite parecem cidades fantasmas! Os restaurantes fecham as 21:00, ou seja esteja lá ate as 20:00 ou ficará na mão. Mercadinhos e outros locais fecham as 17:30/18:00. Me parece q o movimento é somente de dia, com o sobe e desce nos cruzeiros. Tem poucos jovens e muitos velinhos, ou seja, é um local para família e casais, pois é muuuito calmo mesmo!! Mas quem estiver procurando villarejos , beleza natural e castelos românticos esse é o lugar.

Leia mais sobre essa viagem:

Roteiro 9 dias pela Europa
Os Castelos do Vale do Reno na Alemanha
Vale do Reno: de carro, barco ou trem
Keukenhof: Festival de Tulipas na Holanda


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Europa 1

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios na Europa com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro na Europa com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


55 Comentários
  1. Joao - DF Diz

    Cara Mirella
    Realmente considero os posts da Viajoteca consistentes e objetivos. Tudo isso de forma simples, descontraída, gratuita e profissional. Mais uma vez parabéns e que continuem assim por muitos e muitos anos(Já seguia o blog MauOscar, integrante deste Blog).

    Gostaria da sua opinião quanto ao nosso roteiro abaixo(rota do rio reno) que faz parte de uma viagem de 55 dias de carro. Somos um casal de fotógrafos amadores e gostamos de fazer a nossa viagem com calma, sem stress e registrando com paciência, pois assim aproveitamos mais.

    Fique a vontade para críticas e sugestões:
    2 dias : Koblenz (base)
    1 dia : Koblenz
    1 dia : Braubach(Schoss Marksburg), St. Goarshausen(Schloss Burg Katz) e Loureley

    2 dias : Oberwesel (base)
    1 dia : Oberwesel
    1 dia : St. Goar(Burg Rheinfels), Kaub e Burg Pfalzgrafenstein

    6 dias: Wiesbaden (base)
    ——————————-
    1 dia : Wiesbaden
    1 dia : Bacharach (Castelo Stahleck) e Burg Rheinstein
    1 dia : Limburg an der Lahn
    1 dia : Rudesheim am Rhein
    1 dia : Eltville, Kloster de Eberbach e um passeio de Barco para o restante do dia
    1 dia : Mainz

    Depois de Wiesbaden seguimos viagem para Worms, speyer, Heidelberg ….

    Obrigado. Joao

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi João, Tudo bem?
      Primeiramente obrigada pelo comentário do Viajoteca, fazemos esse blog com muito carinho e dedicação e receber elogios assim, nos enchem de orgulho 🙂

      Caramba, que maravilha 55 dias pela Europa … Vamos aos meus pitacos 🙂

      Koblenz: Eu acho que aproveitaria esses dias em Koblenz para explorar o Mosel, Eltz Castle e as cidades de Cochem e Belstein. Eu não conheci Koblenz, mas pelo que li, é meio sem graça… e o Mosel é muito lindo! Aí, na sua ida a Oberwesel você pode fazer o Braubach(Schoss Marksburg), St. Goarshausen(Schloss Burg Katz) e Loureley – se não me engano o Burg Katz não é aberto ao público.

      Vocês escolheram Wiesbaden por algum motivo especial? Acho Bacharach por exemplo bem pertinho de Oberwesel, de repente sua base para lá porderia ser Oberwesel. Eu ficaria em Eltville ao invés de Wiesbaden …

      Mas aguenta, eu vou pedir opinião da Carina, que mora lá e conhece esses trajeto melhor que eu …
      Vou pedir para ela mandar uns pitacos também.

      PS: Obrigada pelo link do ferry, vou lá espiar.

      Abs

    2. Carina Diz

      Oi, João, tudo bem?

      Fui chamada para dar meu pitaco aqui! 🙂
      A primeira parte da viagem está bacana e as sugestões da Mirella também são bem válidas, mas eu gosto de Koblenz sim, o Deutsches Eck (a esquina alemã), junção do Reno com o Mosel na cidade de Koblenz é muito bonita, vale muito a pena visitar, se tem vistas lindas da fortaleza sobre o morro e as fotografias dali são belíssimas num dia de sol. Eu ficaria estes 2 dias na cidade.
      Inclua Bacharach nesta parte, ela é muito próxima de Oberwesel, para fazer um retorno vindo de Rüdesheim (ou mesmo de Wiesbaden) se perde muito mais tempo.
      Mas o Burg Eltz e o vale do Mosel, que começa em Koblenz também são fantásticos.
      Eu aumentaria os dias aqui para incluir esta parte na viagem, já que a 2ª parte eu vou sugerir alterações.

      Esta segunda parte, eu fugiria de Wiesbaden. É a capital do estado de Hessen, onde moro, e é uma cidade grande e pouquinho charmosa (para ser benevolente com ela! heheh). Eu ficaria na região de Rüdesheim e arredores. Tem vários hotéis no meio de vinhedos ali (é uma região vinícola forte e linda!) e mesmo que vc queira ficar um dia todo em Rüdesheim é demais… a cidade conta com algumas ruas e a maior parte do tempo é para subir de teleférico e conhecer o Niederwald, que também é acessível de carro. Inclua sem medo neste dia Eltville, por exemplo, que também é minúscula.

      Que época do ano vc pretende vir? Isto influencia muito também… para poder dar sugestões mais precisas é importantye saber a época do ano, já que alto verão tem o trânsito a se contar. 😉

      Um abraço!

  2. Joao - DF Diz

    Para pesquisar sobre ferry tente este link em alemão.
    http://www.faehre-kaub.de/

  3. Patrícia Diz

    Olá Mirela, parabéns pelo post. Gostaria de pedir sua opnião. Estou indo de Frankfurt para Essen de carro com meu namorado, agora dia 24/10. No caminho pelo Vale do Reno queria parar ao menos em dois lugares para conhecer e tirar umas fotos. Onde você indicaria? A primeira parada gostaria de almoçar e depois seguir viagem. Abs! Patrícia

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Patricia,

      Eu só fiz o Vale do Reno de Frankfurt a Koblenz, mas como você está indo até Essem, teria outras cidades ao norte …
      Do que eu vi eu iria para Bacharach e saindo um pouco do Reno eu visitaria o castelo Eltz (https://www.viajoteca.com/2014/08/08/burg-eltz/).
      Se quiser só o Reno, inclua Rudesheim que é a cidadezinha mais famosa do Reno.

      Ajudei?
      abs

  4. rodrigo Diz

    Oi Mirela, tudo bem? Estou com uma dúvida que certamente você possa me ajudar. Vai parecer confuso, mas vou tentar explicar kkkkk. Estou planejando uma grande viagem a Alemanha e gostaria de conhecer o Vale do Reno, apenas a rota mais famosa e curta que fica entre Mainz e Koblenz (certo?). Pois bem, minha dúvida é justamente aqui! Minha intenção é sair de Rothenburg ob der Tauber de carro e seguir até Mainz, parar o carro em algum estacionamento e pegar o barco rumo a Koblenz fazendo uma parada em Rudesheim para conhecer a cidade, seguir para Koblenz e voltar no mesmo dia para Mainz para pegar o carro de volta e seguir viagem (ufa!)… Isso é possível fazer Mainz a Koblenz ida e volta no mesmo dia? O trecho que você diz que é o mais bonito e curto de 1 hora entre Barcharach e St Goar é nesse percurso que vou fazer? Espero não ter embaralhado a sua cabeça mais do que a minha esta neste momento rsrsrs Abs, Rodrigo

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Rodrigo, Tudo bem?
      Então, é possível fazer sim essa viagem de barco, indo de barco e vontando de trem e inclui sim o trecho que fizemos de Barcharach a St. Goar.
      Mas como sugestão, sendo que você está de carro, porque não faz um percurso menor de barco, como a gente fez e fique com mais tempo para conhecer uma ou duas cidades ao longo do Reno? Eu não conheci Rothernurg, que dizem que é lindona… mas ficar naquele barco por tanto tempo, acho que cansa um pouco … sei lá 🙂
      Vamos nos falando!
      Abs

  5. […] aquela viagem de conto de fadas pelos castelos e vinhos, nos despedimos do charmoso e aconchegante Rio Reno, e embarcamos na estrada sinuosa, calma e cheias de vilas históricas e bucólicas ao longo do […]

  6. […] Roteiro 9 dias pela Europa – Os Castelos do Vale do Reno na Alemanha – Vale do Reno: de carro, barco ou trem – Keukenhof: Festival de Tulipas na […]

  7. […] Roteiro 9 dias pela Europa – Os Castelos do Vale do Reno na Alemanha – Vale do Reno: de carro, barco ou trem – Keukenhof: Festival de Tulipas na […]

  8. Vera Diz

    Olá Meninas!
    Preciso de ajuda….estou com dificuldade para entender o programa de horários da KD.
    Exemplo: O barco que sai de Mainz as 9:45 chega em Boppard as 13:50 ok?
    Pergunta: Se eu quiser seguir de barco até Koblenz o próximo horário de saída é somente as 16:50??
    Se puderem me ajudar agradeço imensamente.

    1. Carina Diz

      Oi, Vera!
      Sim, mas na realidade, o horário das 16:50 é só de 6ª a 2ª-feira. Nos outros dias, o próximo barco seria só às 18:50…

      Boa viagem!

  9. Renata Diz

    Pessoal do Viajoteca

    Voltei de uma linda viagem pela Alemanha. O blog foi de extrema ajuda!
    Vou deixar uns pitacos sobre a regiao do Mosel e Reno. Sao muitas bonitas, os castelos idem.
    Se forem se locomover de trem, como eu fiz, ficar atentos a horario, pois os mesmos tem frequencia de cada um hora, ou seja vc pode perder um bom tempo esperando. No meu caso caso, alem de perder por 5 minutos, dei azar do trem seguinte ser cancelado sem motivo, ou seja virou 2 horas em uma estacao de trem deserta e aberta no frio! Muitas estações, não possuem funcionarios, somente maquinas de autoatendimento mas em ingles. Mas so aceitam dinheiro e notas de até 20 euros.
    Uma outra observação: as cidades pequeninas a noite parecem cidades fantasmas! Os restaurantes fecham as 21:00, ou seja esteja lá ate as 20:00 ou ficará na mão. Mercadinhos e outros locais fecham as 17:30/18:00. Me parece q o movimento é somente de dia, com o sobe e desce nos cruzeiros. Ah, tempo jovens, muitos velinhos!! Mas quem estiver procurando villarejos , beleza natural e castelos romaticos esse é o lugar.
    Obrigada Viajoteca pelas dicas !!

    1. Carina Diz

      Que bom saber disto, Renata!!

      E obrigada pelas informações adicionais, com certeza vão ajudar muitas pessoas que futuramente lerão o post e estão se planejado para fazer a mesma viagem. Muitas vezes, ao montar um post, a gente deixa escapar detalhes que fazer a maior diferença num planejamento, como foi neste caso que vc relatou do trem, das máquinas de bilhete, das notas de 20 euros, e principalmente dos restaurantes, que é bem assim mesmo! Alemão janta no máximo às 19h-19h30, depois disto já te olham de cara feita em muitos restaurantes se vc entra para comer (nas cidades menores, principalmente).

      Um grande abraço pra vc!

    2. Mirella Matthiesen Diz

      OI Renata,
      Obrigada pelo seu comentário e das dicas extras… como a Carina a gente as vezes deixa passar dicas importantíssimas.
      Gostamos tanto do que escreveu, eu adicionei seu comentário no post 🙂
      Valeu

  10. […] – Recomendo utilizar o trem se quiser fazer uma viagem mais econômica e se quiser parar em no máximo duas cidades [Leia as dicas da Carina para comprar passagens de trem na Alemanha e leia o comentário da leitora Renata]. […]

  11. Renata Diz

    Carina e Mirella
    Que bom que pude contribuir um pouco! Uma correção, digitei errado e a frase ficou bem estranha: “Ah, tempo jovens, muitos velinhos!.” Na verdade era, ah tem poucos jovens e muitos velinhos. Ou seja é um local para familia e casais, pois é muuuito calmo mesmo. Bjs

    1. Mirella Matthiesen Diz

      OI Renata,
      Obrigada mesmo pela contribuição, já arrumeir no post 😉
      Abs

  12. Paulo Afonso Silva Diz

    Olá. Somos um casal de felizardos. Passamos 16 dias somente na alemanha no mês de maio e agora em junho. Foi simplesmente maravilhoso. Tudo de trem compradono site da DB (as grandes distâncias) 2 meses antes, super barato, nos espetaculares ICE (trens de alta velocidade). Como íamos voltar por Frankfurt, deixamos Colônia e depois o vale do Reno para o final. Ficamos em Mainz. Fizemos mainz a Bingen por trem regional (tranquilo e barato). Em Bingen pegamos o barco da KD e fomos até St. Goar. Para muitos este é o trecho mais bonito do Reno. em Bingen é uma delícia fazer uma refeição no cais. Vários bares e até um biergarten da Paulaner!! Depois pegar o trem de volta a Mainz e cair na cama. Uma viagem inesquecível.

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Que delícia ler esse seu relato Paulo! Viajei de novo com você.
      Pelo visto você pegou algumas dicas aqui no blog, né?
      Agora fiquei com invejinha que não parei em Bingen… meu marido ia amar dar uma bebericada na Paulener (risos).
      Grande abraço e volte sempre

  13. Suzan Fachin Diz

    Oi Mirella! Tudo bem?
    Primeira vez que venho ao blog, e gostei muiiito do seu relato! Obrigada!
    Vou fazer uma viagem de carro pela Alemanha com meus pais e também só vamos dedicar 2 dias para o Vale do Reno. Gostaria a sua opinião em relação a hospedagem, em qual cidadezinha você acha que podemos dormir nessa região? Porque vamos chegar cansados dos passeios e o ideal é que seja algo mais movimento, com restaurantes e barzinhos por perto.

    Obrigada desde já!

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Suzan,
      Eu acho que agito nas cidadezinhas do Vale do Reno vai ser dificil, especialmente a noite (risos). A cidade mais turistica e possivelmente a mais animada é Rüdesheim am Rhein, eu fiquei em Bacharach e amei, falos dos hoteis que ficamos nessa viagem no final desse post aqui: https://www.viajoteca.com/roteiro-pela-europa-9-dias-e-quatro-paises/
      Abs

      1. Suzan Fachin Diz

        Hahaha! Entendi.. mas o que quis dizer com animada é justamente o fato de ser mais turística e com mais opções de restaurantes para dar uma caminhada a noite.
        Muito obrigada Mirella, adorei!

        1. Mirella Matthiesen Diz

          Legal … então estamos falando a mesma lingua (risos).
          Depois me conta como foi 🙂
          Abs

  14. Priscila Diz

    Oi Mirella ! Obrigada desde já por compartilhar informações tão importantes para quem pretende viajar para a Alemanha . Queria saber se é tranquilo fazer um bate volta de trem de Colônia até Cochem? E em média quanto custa .
    Grata .

    1. viajoteca Diz

      Oi Priscila, Tudo bem?
      Vou passar essa pergunta para a Carina, minha sócia aqui no viajoteca que reside na Alemanha, acredito que ela saiba responder melhor.
      Eu vi no google e o trajeto de carro demoraria umas 2 horas (cada perna), se você tiver como ir de carro, de repente a viagem valeria mais, pois poderia parar em outras cidadezinhas também.
      Abs

    2. Carina Diz

      Olá, Priscila!

      A viagem de trem entre as 2 cidades leva em torno de 2 horas, e não tem ligação direta, vc terá de fazer uma troca de trem, mas nada muito trabalhoso. Os trens saem geralmente de hora em hora e custam entre 19 (tarifa promocional) e 33 euros por pessoa.
      Uma ótima viagem pra vc!

  15. Ubirajara Diz

    Esse blog é ótimo mesmo, PARABÉNS.

    Mas por favor, me ajudem, estou com algumas dúvidas. Viajo agora pra alemanha (13 A 23 DEZEMBRO), e faço parte do Mosel, Reno, Estrada Romântica e termino em Munique.

    1 – Aluguei carro (BMW) com pneus de inverno. É necessário pagar pelas correntes ? Ou nessa época ainda é tranquilo ? Dizem que nessa parte da Alemanha eles sempre limpam as estradas…. e o aluguel dessas correntes é caro.. 20 EUR por dia !

    2 – Vou sair de Colonia umas 14h30 … posso pegar a estrada normal para COCHEM (a mais rápida) que passa por vilarejos ou vc recomenda ir costeando o Reno ? Qual mais seguro ? principalmente quanto à neve ?

    Gente, estou com minha esposa e quero aproveitar essa época de Natal, mas gostaria muito de saber sobre esses detalhes. Quem puder ajudar, agradeço muito.
    Ubirajara

    1. Carina Diz

      Olá, Ubirajara!
      Vá sem medo, esqueça as correntes!
      Eu moro há 13 anos na Alemanha e nunca as usei, e nem nunca vi ninguém usar. Na realidade, as correntes são para os Alpes, nas regiões com muuuuita neve. As regiões que vc vai passar, neva muito pouco.

      Boa viagem e aproveite muito!

  16. Ubirajara Diz

    Olá Carina ! Obrigado.
    E quanto à pergunta 2 ? É tranquilo pelo caminho do interior (mais rapido) ou vc acha melhor ir costeando o Reno ?

    Obrigado

  17. Carina Diz

    Sem duvida, o trecho mais lindo é pela beira do Reno. Mas saindo às 14h, logo vc pega noite… Escurece muito cedo nesta época do ano.
    Quanto a neve, eu não teria medo nem num, nem noutro. Geralmente existem carros que limpam as estradas em caso de nevasca, mas num caso de forte neve, nem a Autobahn escapa, e vc teria problemas até ali. É o tal acaso do destino. 😉

  18. Karla Couto Ferreira Elias Diz

    Olá,estou indo para Frankfurt em junho/2016 e minha mãe quer conhecer o Santuário de Shoensttat em Vallendar.Pensei em fazer a ida de barco partindo de Mainz e voltar de trem para Frankfurt. Você sabe quanto tempo leva o passeio de barco entre Mainz e Koblenz? Depois preciso pegar um onibus para Vallendar para chegar até o Santuário.Será que posso deixar prá comprar todas as passagens,de barco,ônibus e a volta de trem ,quando chegar lá ou preciso comprar com antecedência?
    Aguardo retorno,obrigada,
    Karla

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Karla, Tudo bem?
      Vamos ver se a Carina nos ajuda com outras informações, mas o schedule do barco de Mainz a Koblenz você encontra nesse link: http://www.kdrhine.com/rhineschedule.htm
      Abs

  19. Carina Diz

    Oi, Karla!
    No schedule do barco que a Mirella postou, vc consegue ver o quanto dura o trajeto. Eu acho um passeio bem longo e cansativo, mas pra que gosta de passeio de barco…
    Quanto as passagens, pode sim deixar pra comprar tudo na hora.
    Boa viagem pra vc e aproveitem!

  20. Geise Mara Pinto Diz

    Oi Mirella,
    Acompanho o blog há algum tempo e muitos dos meus roteiros tem como base seus ótimos e detalhados posts.
    Sei que a pergunta que farei é difícil, mas quem sabe vc pode me ajudar: no final de uma viagem pela Europa em outubro deste ano estarei em Amsterdan e descerei até Frankfurt de carro, onde pego meu voo de volta.
    Gostaria de seguir pelo Vale do Rio Reno e parar em 1 ou 2 cidadezinhas, já que meu tempo é curto.
    Qual(is) vc me recomendaria para uma paradinha para esticar as pernas, almoçar???

    Agradeço a ajuda e se alguém mais tiver feito esse roteiro, aceito sugestões.
    Obrigada 🙂

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Geise,
      Obrigada pelas palavras sobre o blog.
      No Vale do Reno, eu amei Bacharach, mas a cidadezinha mais famosa é Rüdesheim.
      Nesse post eu conto as cidades e os lugares que passamos, e de repente te ajuda a decidir: https://www.viajoteca.com/castelos-do-vale-do-reno-na-alemanha/

      bjos

  21. Geise Diz

    Obrigada, vou dar uma lida sim!?

  22. Alexandre Dutra Diz

    Bom dia Mirella,

    Eu e minha esposa vamos agora em novembro, em que pesem as dicas sobre ir no verão, será a oportunidade que teremos de passar pelo Vale no Reno. Gostariamos de pedir sua preciosa ajuda para que possamos passar um dia mais que maravilhoso que certamente será nessa linda região. Sairemos cedo de Stuttgard, devemos ir direto a Koblenz, e de lá tomar um trem para Mainz, nosso destino para pernoitar será Frankfurt já que no dia seguinte voltamos para São Paulo. Li que precisamos de mais tempo para conhecer melhor, mas, é o que teremos, apenas um dia, qual sua sugestão?
    Você é parente do Henrique de Americana? O conheço bem

    obrigado

  23. Marina Mitico Sakata Diz

    Boa tarde Mirella! Em agosto, faremos em 4 pessoas uma viagem indo por Frankfurt e retornando por Paris. Queria uma opinião sobre o roteiro que faremos. Primeiro dia, pegar carro, fazer bate volta a Heidelberg. No segundo dia começar o roteiro por Mainz,conhecer a cidade e ir para Bingen,conhecer a cidade e prosseguir para Rudeshein, pernoitar lá e no outro dia conhecer a cidade, pegar teleférico e passear de barco pelo Reno. À tarde seguir para Koblenz. Pernoitar lá e no outro dia conhecer a cidade e à tarde seguir para Colônia. Chegando lá,devolver o carro e fazer o resto do roteiro de trem. Amsterdam, Bruxelas ,seguindo para Paris, de onde retornaremos para o Brasil. Você acha que vale a pena aumentar os dias e conhecer Bacharach, Oberwesel e St Goarhausen? E qtos dias em cada lugar? Obrigada Marina

    1. Carina Diz

      Olá, Marina!
      Se vc tem dias sobrando, vale a pena sim. E um dia é suficiente para conhecer as três cidades de carro, que são bem pequenas (minúsculas, eu diria).
      Boa viagem!

    2. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Marina,
      Eu posso dar dicas da parte do passeio de barco pelo Reno, que foi o que eu fiz. Eu acho que você deveria parar por algumas horas antes de hegar em Koblenz em Rüdesheim am Rhein (https://www.viajoteca.com/rudesheim/) e/ou Bacharach, são cidades bem pequenas e em algumas horas se resolve a visita, talvez as duas seja demais para um dia, mas um paradinha vai sempre bem. Você pode até ir de trem até Rudesheim e depois seguir de barco até Koblenz.
      Se tiver tempo, não deixe de visitar Ghent e Bruges na Bélgica, eu particularmente acho mais interessante que Bruxelas.
      Ajudei?

      1. tuti Diz

        Mirella, nunca pensei em fazer um passeio de barco pelo Reno ou Mosel, mas você pode me dizer como funciona? Desculpa a ignorância, mas seria como aqueles ônibus hop and hoff? Dá para pegar o navio em Koblenz em direção à Köln, e ir descendo e subindo nas estações num mesmo dia? e no Mosel? Ou a gente tem que escolher o destino certo e era isso!? Obrigada…

  24. Marina Diz

    Carina e Mirela! Muito obrigada pelas dicas. Valeu muito!

    1. Carina Diz

      De nada, Marina!! É um prazer pra gente! 🙂

    2. Mirella Matthiesen Diz

      🙂

  25. Marina Diz

    Desculpe, mais uma dúvida Mirella. Vi os preços do barco de Rudesheim à Koblenz 34euros. E tb vi que tem valor família. Estaremos em 4 adultos. O valor de 69 euros. Será isso mesmo? Ou existe várias empresas de barco? Achei meio caro rs.Obrigada mais uma vez! Marina

    1. Carina Diz

      Olá, Marina!
      Vou responder pela Mirella porque provavelmente ela não vai saber te passar a informação. 😉

      Existem mais empresas que fazem o serviço, sim. Por exemplo, a Hölzenbein (http://www.hoelzenbein.de/english/rhine-river-company.php) cobra 24 euros um trecho e 33 ida e volta, preço por pessoa. O ticket família não se encaixa no caso de vcs, já que não tem crianças junto. O bilhete família é para pais e crianças. Vocês terão de comprar bilhetes individuais para cada um de vcs. 😉

      Boa viagem!

      1. Mirella Matthiesen Diz

        Santa Carina! #MuitoAmor

  26. Marina Diz

    Obrigada e parabéns pelo trabalho de vcs que tem dado ótimas dicas e apoio à tantas pessoas!

    1. Carina Diz

      Obrigada vc pelas visitas, Marina! 😀

  27. Gruber Edinor Diz

    Vou viajar com minha esposa em maio 2018, para Alemanha e Países Baixos, vou comprar um passe de trem Alemanha e Benelux, 5 dias durante 2 meses. Foi muito útil o seu post, principalmente para o passeio de barco de Koblenz à Rüdesheim. Você tem dica de hospedagem nesta cidade?

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Olá Gruber,
      Que bom que gostou do post.
      Sobre hospedagem, nós ficamos na Pension Bei der Post (Bacharach), e falo sobre nossas hospedagens da viagem nesse post: https://www.viajoteca.com/roteiro-pela-europa-9-dias-e-quatro-paises/
      Abs

  28. tuti Diz

    Se vocês puderem me ajudar com um roteiro eu agradeceria muito, pois essa oportunidade de viajar veio meio em cima da hora, embarco no início de abril. Tenho 6 dias inteiros (fora chegada e partida) e fiz reservas em Koln, mas gostaria de conhecer alguma cidades perto, e especialmente a região entre o Reno e Mosel, na altura entre Kaiserslautern/Koblenz. Não seio ao certo se consigo encontrar hotéis já estando lá pois não sei como farei este deslocamento. Se vou de barco até Koblenz ou Boopart, em que cidade durmo, se volto de trem ou de barco ou de carro… Normalmente eu viajo com tudo certinho, reservado, nunca fiz essa coisa de sair com mala e carro pra lá e pra cá… Aceito sugestões de trajetos e cidades… obrigada

    1. Mirella Matthiesen Diz

      Oi Tuti,
      Eu não sou especialista no assunto, mas o esquema do barco é mais ou menos esse, nós compramos uma parte do trajeto, como disse no post, entre Bacharach a St. Goar, que é a parte com mais castelos. Eu acho que o passeio pelo rio inteiro meio devagar. Então nessa viagem, misturei carro, trem e barco.
      Você pode optar por alugar um carro e fazer essa mesma viagem que eu fiz.
      Esse foi o roteiro que fiz para minha viagem: https://www.viajoteca.com/roteiro-pela-europa-9-dias-e-quatro-paises/ , talvez te ajude.
      Aqui no blog tem tb posts de Koblenz etc, a Carina, minha sócia aqui do viajoteca é especialista no assunto, aproveita e pergunta em um dos posts delas 🙂
      Ajudei?

Comente Aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.