Conhecendo Paris : Montmartre

10

Ahhh Montmartre… uma das regiões mais especiais de Paris. Lógico que à primeira vista, dependendo por onde você descer do metro, ônibus, táxi ou chegar caminhando, Montmartre pode chocar, com seus variados néons de todos os tamanhos e cores piscando sem parar, repleto de vendedores ambulantes de souvenirs nas mais variadas formas, camisetas, chaveirinhos e tudo mais… Mas depois de alguns minutos você  já estará encantando com o ambiente de Montmartre.

E não vai precisar nenhum milagre para isso acontecer. É só caminhar pelas ruazinhas que você vai se sentir dentro de uma outra Paris.

Conhecendo Paris : Montmartre

Montmartre tornou-se ainda mais conhecida depois da explosão mundial do filme Amélie em 2001. Se antes do filme já deveria ser uma delícia andar pela Place de Tertre, ficar horas apreciando todos os pintores e seus quadros lindos e coloridos ou caricaturas; se encantar com cada detalhe da Basílica do Sagrado Coração de Jesus e se apaixonar com a vista magnífica da cidade, imagine agora.. Agora, você faz parte quase que de um tour seguindo os passos de Amélie. Você até pode estar sozinho (a) mas tenha a certeza que vai esbarrar com outros tantos fãs do filme por Montmartre, para não falar do Café des Deux – onde você vai encontrar todos os apaixonados pelo filme, tirando milhões de fotos do poster de Audrey Tautou pendurado na parede ou da estante com objetos do filme, como o Anão de Jardim.

Conhecendo Paris : Montmartre

O verdadeiro charme de Montmartre reside no seu romantismo, onde em cada detalhe você vai se encantar. Montmartre não esquece do seu passado operário, afinal era uma comunidade rural (até o final do século 19) incluem dois moinhos de vento, o Moulin de Radet e Moulin de la Galette. Alguns vinhedos permaneceram ativos, como os da rue des Saules que produzem cerca de 1.000 garrafas de vinho a cada ano.

Conhecendo Paris : Montmartre

O bairro de Montmartre é muitas vezes sinônimo de poetas ou pintores como Picasso, mas também estilo de vida boêmio do século XIX e início do século XX.

À partir de 1880, um boom boêmio atraiu escritores e artistas em grande quantidade: o Bateau Lavoir (destruído nos anos 70) abrigava os estúdios de pintores icônicos, como Modigliani, Picasso e Braque; e os estúdios de Renoir e Dufy eram localizados onde hoje é hoje o Musée de Montmartre. O museu oferece uma intrigante visão do passado artístico do “quartier” e contém alguns cartazes originais de Toulouse-Lautrec. O Le Consulat também se destaca, como um prédios mais famosos de Montmartre.

Conhecendo Paris : Montmartre

Nas proximidades, a escultura de um homem aparentemente engolido pela parede é uma homenagem a Marcel Aymé, Le Passe-Muraille é um romance sobre um funcionário do governo que pode atravessar paredes.

A visita de Montmartre é quase inevitável para um viajante que visita Paris, pela primeira vez ou pela décima vez, pouca importa. Se o Sagrado Coração de Jesus é um dos monumentos mais visitados no bairro de Montmartre , saiba que é possível ficar longe das multidões e descobrir os encantos de Montmartre, em ruas e praças desta pequena Paris.

Conhecendo Paris : Montmartre    

Não perca em Montmartre:

 

Subir a escadaria (e pensar que você não vai conseguir chegar lá em cima) ou pelo de teleférico (que é prático, mas perde o charme de se estar em Montmartre – ok que em certas ocasiões é necessário) para chegar na Basílica do Sagrado Coração. A Basílica foi construída para “curar” a França em face da derrota militar nas mãos da Alemanha (58 mil soldados franceses morreram durante a Guerra Franco-Prussiana), a Basílica expressa uma fé singular, que dizem ter o poder de curar tudo. No topo da colina de Montmartre, a Basílica do Sagrado Coração de Jesus é um dos monumentos mais visitados e fotografados de Paris. A construção da Basílica do Sagrado Coração durou mais de 46 anos, foi concluída em 1923 e custou mais de 40 milhões de francos na época. Enquanto a maioria dos turistas vêm para Montmartre pela sua vista panorâmica, não perca dentro da Basílica do Sagrado Coração, com o seu magnífico mosaico bizantino de Cristo. A cripta que é certamente o elemento mais interessante do interior da basílica e da Duomo – oferece uma vista de 50 km em dias claros.

Conhecendo Paris : Montmartre

Conhecendo Paris : Montmartre

35 Rue du Chevalier de la Barre

Aberto todos os dias das 06h às 21h

O Restaurante Cabaret ” Au Lapin Agile ” já foi freqüentado por muitos artistas da Belle Époque – Renoir, Picasso, Verlaine … Localizado na Butte perto das vinhas de Montmartre, o cabaré mais antigo de Paris “Le Lapin Agile ” ainda está ativo. Ele apresenta vários artistas (cantores , compositores, humoristas…)

Conhecendo Paris : Montmartre

72 Boulevard de Clichy

Aberto de terça-feira à Domingo das 21h às 02h

Entrada: 28 euros por pessoa para um show, incluindo uma bebida. (Não há serviço de comida no Lapin Agile)

  • Cemitério de Montmartre 

O cemitério de Montmartre ocupa uma área de 11 hectares, o que o torna a terceira maior cemitério de Paris. A arquitetura de alguns túmulos é linda. Muitas celebridades estão enterradas no cemitério de Montmartre – Dalida, Sacha Guitry, Michel Berger, Stendhal, Emile Zola, François Truffaut …

O túmulo de Dalida, com sua escultura em tamanho real é o mais visitado e mais ornamentado no cemitério de Montmartre.

Conhecendo Paris : Montmartre

20 Avenue Rachel

Aberto todos os dias das 09h às 17h30

  • Le Moulin de la Galette 

O Moulin de la Galette é uma das poucas fábricas restantes de Montmartre . Os Moinhos de Montmartre eram usados para moer o trigo, e “pressionar” as uvas da colheita dos vinhedos de Montmartre. O Moulin de la Galette é muito famoso no mundo das artes pois Renoir pintou o famoso quadro ” Le Bal du Moulin de la Galette ” – exibido no Musée d’ Orsay. Le Moulin de la Galette também é conhecido por hospedar durante a década de 1890 o mais famoso baile popular ao ar livre de Paris. (Le Bal du Moulin de la Galette, ex -Bal Debray ). Hoje em dia é um restaurante que ocupa o prédio.

Conhecendo Paris : Montmartre

83 Rue Lepic

Aberto todos os dias das 12h às 23h

Presente no bairro de Montmartre por quase meio século, o Mercado Saint-Pierre é mais do que uma loja , é uma verdadeira instituição no mundo têxtil, tanto que ele é apelidado de ” o paraíso costureiras em Paris”. Mercado de São Pedro é uma das maiores lojas de tecido do mundo. Sua fachada é tanto o testemunho de seu passado e seu presente. Localizado na rue Charles Nodier , Saint- Pierre Mercado é organizado por 6 andares. O Marche Saint- Pierre oferece a maior variedade de têxteis para Paris a preços atrativos.

2 rue Charles Nodier

Aberto de Segunda-Feira aos Sábados das 10h às 18h30

Com toda a certeza, um dos grandes motivos para Montmartre ser tão popular, é graças ao Moulin Rouge. É um cabaré tradicional, construído no ano de 1889 por Josep Oller. Ficou muito mais conhecido mundialmente depois do filme Moulin Rouge (bien sûr). O Moulin Rouge é um símbolo emblemático da noite parisiense, e tem uma rica história ligada à boêmia da cidade. Afinal em Montmartre todo dia é dia de festa. Há exatos 125 anos que o Moulin Rouge é lugar de “visita obrigatória” para muitos turistas. Às vezes é até estranho ver aqueles ônibus na frente e vários turistas fazendo fila. Perde o “glamour” que a imagem do Moulin Rouge passa. Os espetáculos continuam sendo apresentados a todo o vapor, e o CanCan continua alegrando a todos. É um programa super turístico, mas se você quer saber como eram os tempos áureos da Belle Époque, vá sem medo.

Conhecendo Paris : Montmartre

82 Boulevard de Clichy

Aberto todos os dias. Entrada: ver AQUI

É um museu que os amantes da arte e do artista catalão pintor Salvador Dali não podem perder. A Casa/Museu de Salvador Dali expõe mais de 300 obras do artista ( pinturas, esculturas, litografias e serigrafias) embora os trabalhos mais conhecidos do artista não estão expostos no local.

11 Rue Poulbot

Aberto todos os dias das 10h às 18h e de 1 Julho a 31 de Agosto até às 20h

Entrada: € 11,50 Reduzida: 6,50 €

Um dos museus mais charmosos de Paris. O museu retrata a história do distrito de Montmartre, desde o início do século XII até os dias atuais. O pintor Renoir arrendou parte do prédio em 1875 para montar sua oficina. No Musée de Montmartre você dará uma volta na Belle Epoque, a reconstrução de um bistrô típico no século XII e a encenação do espectáculo de teatro de sombra (o famoso show de cabaré do gato preto) contribui significativamente para esta viagem tempo.

Conhecendo Paris : Montmartre

O local consiste em um belo edifício do século XVII e XVIII e, certamente, a última memória da vida no campo de Paris. Lá você vai encontrar os Jardins de Renoir.

Conhecendo Paris : Montmartre

12, Rue Cortot

Aberto diariamente das 10h às 18h

Entrada: 9,00 € – Reduzida: 7,00 €

Localizado abaixo do Buttes Montmartre, perto do Metro Blanche (linha 2), o Museu do erotismo tem mais de 7 andares de arte erótica em todas as formas ( pintura, escultura , cerâmica, fotografias). Fundado em 1997, o Museu do Erotismo é uma curiosidade para descobrir Montmartre. Se você não quiser entrar, tenha a certeza que vai dar muitas risadas com a vitrine e com as duas estátuas na frente do Museu.

Conhecendo Paris : Montmartre

72 Boulevard de Clichy

Aberto diariamente das 10h às 02h

Entrada: 10 € Reduzida: € 6

  • Place du Tertre 

A Place du Tertre é certamente o clichê que todo turista tem de Paris. Embora a Praça perdeu um pouco o seu encanto, ela continua sendo um lugar imperdível em Montmartre. Não perca a igreja de Saint-Pierre-de-Montmartre, a poucos passos da Place du Tertre. A igreja de Saint- Pierre-de-Montmartre é o único vestígio remanescente da abadia beneditina. Muita gente diria para evitar os restaurantes e cafés ao redor da praça, que são armadilhas para turistas. Mas eu digo vá.. é uma ótima experiência, a comida é boa, e eu até tenho o preferido : La Mére Catherine.

Conhecendo Paris : Montmartre

 

  • Vinhedos de  Montmartre 

Mesmo que hoje em dia pareça difícil de acreditar, o bairro de Montmartre produziu em meados do século XIII muito vinho, comparável ao Bordeaux ou vinho Burgundy. Dos seus 20 000 hectares de vinhedos, permanece hoje com 556m ². Embora a produção do Clos Montmartre (vinho de denominação de Montmartre) hoje continua a ser mínima (uns 500 litros/ano), os vinhedos de Montmartre são um orgulho para o bairro de Montmartre. A cada ano, no início de outubro ( ou na segunda semana de outubro), acontece o festival da colheita de ” Clos Montmartre ” . ( Desfiles, exposições, concertos e degustações de produtos artesanais são organizados nas ruas de Montmartre para celebrar a colheita  e atrai anualmente mais de 400.000 visitantes. Se você estiver em Paris nessa época, não perca.

Conhecendo Paris : Montmartre

Rue des Saules

 

Você encontra todos os posts de Paris AQUI

CONTINUE PLANEJANDO A SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu Hotel em Paris no Booking.com

–  Compre seu Seguro Viagem para a Europa com a Mondial

–  Compre o bilhete para diversas atrações com desconto online e pule a fila na Ticketbar

–  Compre seu passeio em Paris com o Viator (são várias as opções)

–  Alugue seu Carro na Europa com a RentalCars

–  Compre seu bilhete ou passe de Trem com a RailEurope

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Cada vez que você reserva algo por algum link aqui do blog, recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter sempre atualizado e com novas dicas de viagem.


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório em vários países, como Cuba, Jordânia, e principalmente os países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e que precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!

10 Comentários
  1. Carina Diz

    Saudades de Paris…

    1. Martinha Andersen Diz

      Tem que voltar Ca 😉

  2. […] Adolphe Sax faleceu em Paris no dia 07 de Fevereiro de 1894 e está enterrado no cemitério de Montmartre. […]

  3. […] Veja também : CONHECENDO PARIS : MONTMARTRE […]

  4. […] Veja também : CONHECENDO PARIS : MONTMARTRE […]

  5. Josimara Pinho Pereira Diz

    Parabens pelo post Martinha,
    Montmartre é um dos meus bairros preferidos de Paris, eu também descrevi algumas atrações do bairro la no leu blog , quem se interessar passe por la

    http://www.saboreandoparis.com/moulin-rouge-belle-epoque/

    Abs

    Josi

  6. […] tinha como eu deixar de fora Montmartre. Esta área famosa é o pano de fundo de filmes famosos como Moulin Rouge e Amelie. Mas além […]

  7. […] cidade do amor, tem muitas atividades românticas para oferecer. Um passeio pelo Quartier Latin ou Montmartre, um piquenique nas margens do rio Sena ou num belíssimo jardim/parque, um passeio de barco, e […]

  8. […] e histórica, você com certeza vai querer ver tudo ou quase tudo na sua primeira vez em Paris! De Montmartre e da Sacré Coeur no norte, para o Panthéon ao sul, uma viagem a Paris é certeza de muitos […]

  9. […] localização do Hotel Basss by by HappyCulture é perfeita. Bem no meio de Montmartre, uma das regiões mais especiais em Paris, muito perto de Sacre-Coeur e Moulin Rouge. O Hotel […]

Comente Aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.