Página Principal Sicília As 11 maiores atrações de Catânia: um passeio pela cidade siciliana

As 11 maiores atrações de Catânia: um passeio pela cidade siciliana

por Carina
0 comment

Indiscutivelmente a grande porta de entrada de muitos visitantes na Sicília é a cidade de Catânia. A cidade conta com um dos três aeroportos da ilha. Por isto, conquista muitos turistas que desejam passear pela região e conhecer as atrações de Catânia. Que, aliás, não são poucas.

Um pouco desprezada devido a superioridade das outras cidades sicilianas, Catânia é sim um grande destino.  Além disto, é um lugar cheio de facetas interessantes. Sabidamente é a décima maior cidade italiana, além de caótica, histórica e cheia de charme. Mas, como não deveria deixar ser, já que está na Itália!

O centro histórico da cidade é uma pérola e tem o status de Patrimônio Mundial da UNESCO desde 2002. Com efeito, as atrações de Catânia somam-se ao longo da movimentada Via Etnea. Esta importante via corta boa parte do centro antigo e comercial da cidade. E que tem este nome porque, claro, pode-se avistar dela o belo Vulcão Etna, que fica a 30 km de distância.

Atrações de Catânia
Pavimento feito de pedras de lava do Etna

Leia também:

+ UMA VISITA AO INCRÍVEL TEATRO ROMANO DE CATÂNIA, NA SICÍLIA

+ COMO IR A TAORMINA, NA SICÍLIA: DICAS PARA PLANEJAR SUA VISITA

+ TEATRO ANTICO DE TAORMINA, UMA DAS MAIORES ATRAÇÕES DA SICÍLIA!


Atrações de Catânia, na Sicília

Infelizmente, a erupção vulcânica que aconteceu em 1669 e o terremoto catastrófico em 1693 destruiram a cidade. Assim como, arrasou as atrações de Catânia quase que completamente. Mas, se reerguendo literalmente das cinzas, a cidade voltou a brilhar e colocou de pé todos os seus importantes monumentos. Além do que ainda adicionou várias igrejas e palácios em estilo barroco no século XVIII. Eles foram projetados pelo grande arquiteto da região Giovanni Battista Vaccarini (1702-1768).

Por todos os lados pode-se observar como o Etna influencia a vida cotidiana. Assim como, várias construções e atrações de Catânia utilizam pedras de lava como material de construção. Dessa maneira, são palácios, casas, igrejas, monumentos, pavimentação de ruas e até o porto, tudo construídos com pedras de lava. Devido a isto, Catânia também chamada de “cidade negra”.

Caso você queira saber mais sobre a rica história da cidade, saber muitas de suas curiosidades e descobrir seus encantos, contrate um guia local. Afinal, esta pode ser uma ótima opção para saber o que os guias de viagem (livros) não contam. Esta é uma boa dica para cidades, como Catânia, que já passou por tantas adversidades. 😉

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Nossos leitores recebem um desconto de até 10% na hora de pagar. Então, use o código promocional: VIAJOTECA5.

Atrações de Catânia

O passeio para conhecer os pontos turísticos de Catânia começa pelo ponto principal do seu centro histórico. A Piazza del Duomo é o coração de Catânia. De maneira idêntica, quem optar por começar o passeio por outro ponto, também vai começar bem. Afinal, é tudo muito perto e deve ser tudo feito à pé. Inclusive, as atrações de Catânia ficam todas relativamente uma bem perto da outra.

Mapa do centro de catania

Onde se hospedar perto das atrações de Catânia

Certamente, boas opções pra ficar na cidade não faltam. Então, se a localização com vista das atrações de Catânia é o mais importante, indico o Duomo Suites & Spa. Sem dúvida, ele é simplesmente perfeito. Afinal, fica a 100 metros da Piazza del Duomo e de várias atrações de Catânia. Fora que oferece todo conforto que você merece. Outra excelente opção com estas mesmas qualidades é o Palazzo Marletta – House Hotel.

Com localização excelente e com tarifas mais moderadas, o Hotel Centrale Europa é uma ótima escolha. Ele é ideal para quem quer ficar super central e ter a vista dos monumentos e palácios antigos nos arredores. Quem gosta de se hospedar em hotéis de rede, pode contar com o Best Western Hotel Mediterraneo. Ele fica a poucos minutos de caminhada da Via Etnea e possui boas resenhas. Outras opções mais em conta, bem centrais e com boas indicações são os Hotel Biscari e o Hotel Trieste.

Clique e pule:

Para ajudar na navegação deste post, você pode clicar no nome das atrações abaixo para pular diretamente para elas. Ou, se preferir, vá rolando a página e conhecendo uma a uma. Todas elas são excelentes!

1) Piazza del Duomo
2) Cattedrale di Sant’Agata
3) La Pescheria
4) Piazza dell’Universtitá
5) Via Etnea
6) Anfiteatro Romano di Catania
7) Parque Villa Bellini
8) Via Crociferi
9) Teatro Romano e Odeion
10) Monastero dei Benedettini di San Nicolò L’Arena
11) Castello Ursino

E mais:

Visitas aos arredores de Catânia


.

1) Piazza del Duomo

A Piazza del Duomo é o coração da cidade e Patrimônio da Humanidade da Unesco. Com certeza, isto já diz muito sobre este ponto imperdível da cidade. Nesta praça estão grandes atrações de Catânia e a vida sempre pulsa.

Aqui você vai ver magnífica fachada barroca da Cattedrale di Sant’Agata (1739). Além da famosa a Fontana dell’Elefante (1736), no seu centro. Diz a lenda que esta estátua tem o poder de acalmar o vulcão Etna!

Fora a Catedral, outra igreja nesta praça é dedicada a Santa Ágata, a Chiesa della Badia di Sant’ Agata (1767). Adicionalmente, decorando a praça estão outras atrações de Catânia, como o Palazzo del Municipio de Catania (1741). Ele também é conhecido como Palazzo degli Elefanti. Para completar a composição barroca, estão o Palazzo Chierici e Porta Uzeda (1696). A saber, todos estes prédios são criações arquiteto municipal de Catânia, Giovanni Battista Vaccarini.

Atrações de Catânia Piazza Duomo1

A praça é grande e cercada por belos palácios barrocos e a incrível catedral. Além disto, é uma área de pedestres (livre de trânsito). Então, você pode passear livremente e admirar as belezas que compõem estes lugar único. Não deixe de visitar a praça pelo menos uma vez à noite, se possível. Inegavelmente, à noite, a praça fica mais linda, ao ser iluminada.

Dica!

Ainda mais, é bom saber que a Piazza del Duomo é o ponto de partida para passeios pela cidade de ônibus ou trem turístico. Desta forma, aqueles que tem alguma dificuldade de locomoção, ou não querem se cansar caminhando, tem a opção de optar por passeios turísticos multilíngues. Dá pra escolher entre com o ônibus hop-on-hop-off de “Katane Live” ou o trenzinho “Treno Turistico“.

A princípio, o “Treno Turistico” é menor e mais manobrável que um ônibus. Então, ele passa por alguns pontos que o ônibus não tem acesso. Entretanto, sua rota é mais focada no centro e o passeio dura cerca de 35 minutos. Já o ônibus hop-on-hop-off, além do centro, dá uma visão do litoral e o passeio dura cerca de uma hora.

Assim sendo, a escolha de qual deles utilizar, fica mais a gosto do que o cliente deseja ver. Independentemente de qual escolher, o passeio de ônibus ou de treno começa e termina ao lado da Piazza del Duomo.

O que ver na Piazza del Duomo:

Fontana dell’Elefante

Esta fonte é o marco da cidade de Catânia e remonta ao tempo dos romanos, sendo chamado de “Liotru” ou “Diotru”. Com efeito, esta fonte apresenta um elefante esculpido em lava negra carregando um obelisco de granito egípcio em suas costas.

Não se sabe ao certo o significado da estátua, mas ele é das maiores atrações de Catânia. De fato, o elefante simboliza força e longevidade, qualidades que caracterizam os cataneses. Afinal, a cidade já foi várias vezes atingidas por catástrofes naturais. E o povo sempre a reconstrói com grande força de vontade. Uma grande fênix!

O obelisco de 4 metros de altura é decorado com uma série de hieróglifos egípcios sobre Isis, da mitologia egípcia. Ao passo que ele está instalado em uma sela de mármore branco bem nas costas do elefante.

Assim como o monumento, o elefante (e o obelisco nas suas costas) está instalado em um pedestal de mármore. Ele também é decorado com querubins e esculturas. A saber, a cruz acima do obelisco é dedicada a Santa Ágata, padroeira de Catânia.

Na realidade, o elefante e obelisco foram originalmente construídos separadamente. Mas em 1736, Vaccarini juntou os dois elementos transformando-os numa só fonte, após o terremoto em 1693. De fato, as duas peças foram resgatadas dos escombros, no meio das cinzas do desastre. Em seguida, foram unidas nesta marcante atração.

Atrações de Catânia Elefantino e Capa
Palazzo degli Elefanti

O prestigioso edifício do Palazzo del Municipio de Catania é a sede da prefeitura da cidade. Sabidamente, ele foi reconstruído em 1741, após ter sido destruído no terremoto de 1693. O prédio é muito bonito, cheio de janelas e um portal central, que é encabeçado pelo brasão da cidade. Daquelas atrações de Catânia que não se deve deixar de fazer ao menos uma foto. 🙂

Atrações de Catânia Piazza Duomo Palazzo Elefanti
Palazzo del Seminario dei Chierici e Porta Uzeda

Outro belo prédio na Piazza del Duomo é o antigo seminário dei Chierici. Ele foi um símbolo do poder temporal da Igreja. Em contrapartida, esta é uma construção que só surgiu após o terremoto de 1693. A Igreja mandou construir porque pretendia ter controle sobre a cidade.

De fato, ele está ligado à catedral através da Porta Uzeda. Na verdade, esta porta é o que resta dos muros fortificados erguidos por Carlos V. O edifício tem esta cor escura porque os materiais utilizados para a sua construção são de origem vulcânica. Ou seja, derivados de lava.

Em seguida, passando pela Porta Uzeda se está na movimentada Via Cardinale Dusmet. Esta rua dá na Vecchia Dogana, a antiga alfândega e no bem restaurado edifício da entrada do porto.

Fontana dell’Amenano

Notadamente, a Piazza del Duomo conta com outra fonte muito bonita, e muito mais nova, Fonte Amenano, do século XIX. Esta fonte foi construída em 1867 pelo escultor napolitano Tito Angelini com mármore de Carrara. Ela está localizada ao lado do Palazzo dei Chierici. Primeiramente, observe a figura alegórica acima da tigela da fonte que representa o rio Amenano. Já abaixo dela estão dois tritões com membros humanos superiores e caudas de peixes.

De fato, é dedicado ao Amenano, um dos dois rios de Catânia Diferentemente do rio Simeto, o rio Amenano não é mais visível. Este rio tornou-se subterrâneo em 252 a.C. devido uma erupção do Etna, que literalmente, o enterrou. Em suma, foi às suas margens que os gregos fundaram a cidade de Katáne, atual Catânia. Inclusive, o rio Amenano ocasionalmente causou inundações na área urbana antes do seu leito ter sido coberto.

Atrações de Catânia Fontana dell'Amenano1
Chiesa della Badia di Sant’Agata

A igreja della Badia di Sant’Agata também é dedicada a padroeira de Catânia, Santa Ágata. Além disso, é um dos principais monumentos da arquitetura barroca tardia de Catânia. Esta igreja fica de frente à fachada norte da catedral. O edifício atual foi construído após o terremoto de 1693 sobre as fundações de uma antiga igreja e um mosteiro. Ele foi levantado entre 1735-67. Além do que, este também é um projeto de Giovanni Battista Vaccarini.

A igreja da abadia de Sant’Agata tem uma impressionante fachada curva. O piso desta que é uma das atrações de Catânia é adornado com mármore branco de Carrara. Ainda, os altares são feitos de mármore amarelo das antigas pedreiras de Castronovo di Sicilia. Adicionamente, o layout da igreja tem forma de uma cruz grega sobre a qual a grande cúpula é construída. Recomendo fortemente a subida na cúpula para ver a magnífica vista sobre os telhados de Catânia. Em virtude da altura, a visão se estende do mar sobre os telhados da cidade antiga até o Etna. Especialmente no fim do dia e à noite, com a luz dourada banhando a cidade, a vista é perfeita.

Horário de funcionamento da igreja e da cúpula:

Segunda-feira: das 09h30-12h30;

Terça a sábado, das 09h30-12:30 / 15h30-17h30;

Domingo: das 09h30-12h30 e 19h00-20h30.

Via Vittorio Emanuele II, 182.

Booking.com


.

2) Cattedrale di Sant’Agata

Sem dúvida, a Catedral é uma das grandes atrações de Catânia. Ela foi erguida neste local originalmente entre 1078-1093, como uma igreja fortificada em honra de Santa Ágata. Mas hoje ela em pouco lembra a igreja original. Afinal, desta época sobrou somente as absides semicirculares e parte do transepto. A concepção barroca vista hoje vem da reconstrução após o terremoto em 1693, que aconteceu a partir de 1709.

Sant’Agata – Padroeira de Catânia

Desde sua primeira construção, ela foi dedicada a santa padroeira da cidade, St. Ágata. De fato, Santa Ágata foi uma mártir que perdeu a vida por volta de 250 d.C. Diz-se que a virgem não aceitou de maneira nenhuma a proposta de casamento do governador romano pagão da Sicília. De tal sorte que este motivo causou sua tortura e morte na fogueira.

Então, ela tornou-se a santa padroeira da cidade. Assim como passou a ser celebrada a cada 5 de fevereiro durante a Festa de Sant’Agata. Suas relíquias e seu véu são mantidos em um relicário de prata ornamentado em estilo gótico nesta igreja.

Outro que descansa eternamente na catedral é o compositor clássico nascido em Catânia, Vincenzo Bellini. Nascido em Catania em 1801, ele é o autor de inúmeras óperas, incluindo a Norma, sua obra-prima. Com toda a certeza, tanto seu túmulo, quanto a Capella Sant’Agata valem a visita.

A catedral pode ser visitada todos os dias da semana gratuitamente.

Atrações de Catânia Duomo

Se chegar antes da hora do almoço, siga para o mercado de peixes da cidade, chamado La Pescheria. Este mercado de peixe fica atrás da Piazza Duomo e vai ser uma das atrações de Catânia para sua barriga. Entre pelo portão que fica entre o Palazzo dei Chierici e a Fontana dell’Amenano, a Porta Uzeda.


.

3) La Pescheria

O La Pescheria é um autêntico mercado local de peixes e uma das mais famosas atrações de Catânia. De tal forma que aqui você encontra espadarte decapitado, lagostas vivas, sardinhas e anchovas. Uma é uma explosão de sons e odores. Os peixes são limpos diante de seus olhos e podem ser preparados num dos restaurantes nos arredores.

Além de La Pescheria, existe na cidade um mercado mais tradicional conhecido por sua grande variedade de queijos. Os mercados ocorrem todas as manhãs durante a semana.

Seguindo adiante, pegue a rua que segue ao lado do Palazzo degli Elefanti, esta é a Via Etnea. Por ela, siga para a Piazza dell’Universita. Nesta praça fica a Universidade mais antiga da Sicília.


.

4) Piazza dell’Università

Esta praça está rodeada por dois palácios magníficos, um em frente do outro. O Palazzo dell’Università, que abriga a antiga universidade e o Palazzo San Giuliano. Ambos os palácios têm belas fachadas e lindos pátios. Não hesite em entrar na universidade para admirá-la, porque também vale a pena.

Palazzo dell’Università

A Universidade de Catania foi fundada em outubro do ano 1434. Ao passo que a operação de ensino foi iniciada em 1445. Como muitos outros edifícios, o prédio da universidade foi destruído no terremoto de 1693. Desta forma, esta sua aparência imponente veio da reconstrução que ocorreu depois de outro terremoto, em 1818. Além disto, a Universidade de Catânia é uma das universidades mais importantes da Itália, com mais de 53.000 estudantes.

Hoje, o Palazzo dell’Università abriga a Reitoria, a Administração e a Biblioteca Regional da Universidade. Ainda mais, a biblioteca mais antiga da cidade preserva mais de 200.000 volumes. Entre eles, estão manuscritos, incunábulos e cartas manuscritas e documentos valiosos que podem ser usados ​​para estudos.

As várias faculdades da Universidade estão alojadas em importantes e magníficos edifícios em toda Catânia. Por exemplo, a Faculdade de Direito fica na Villa Cerami, na Via Crociferi. Assim como os departamentos de literatura, filosofia e línguas estrangeiras estão baseados no enorme Mosteiro dos Beneditinos.

Atrações de Catânia Piazza dell’Università Universidade

Se acaso for fazer a visita, não perca:

– os quatro pilares, cada um simbolizando um episódio mítico de Catânia.

– o pátio do palácio, cercado por um arco de dois andares. Observe o magnífico mosaico no chão, ornamentado de preto e branco em estilo barroco.

Na saída as Piazza del Duomo para a Piazza dell’Università começa a famosa Via Etnea.


.

5) Via Etnea

A Via Etnea é a enorme avenida que corta Catânia e leva para várias atrações da cidade. Ela é a principal rua comercial da cidade, com 3 km de comprimento, segue em direção ao norte da cidade. Desse modo, no final da rua, quando o tempo está claro, dá para ver a silhueta do famoso vulcão Etna.

Infelizmente, como já dito, a erupção vulcânica de 1669 e o terremoto de 1693 destruíram Catânia. Então, finalmente no século XVIII o arquiteto Giovanni Battista Vaccarini moldou uma nova imagem da cidade. Neste momento, a Via Etnea recebeu o caráter de um elegante passeio. Deste modo, esta que já era uma rua principal, tornou-se o centro da atividade comercial e cultural da cidade.

A própria avenida já é uma atração em si e tem todas as lojas que se possa imaginar! Ela está sempre cheia de movimento e vida. Até mesmo quem não curte compras, pode se divertir. Afinal, quem não curte tomar um café e desfrutar das delícia de uma de suas pastelaria siciliana? A região é cheia de cafés deliciosos!

Via Etnea

Dicas

Refresco siciliano

Em virtude do calor desta região no verão, para se refrescar, pare no caminhão de sorvete na Piazza Stesicoro. Ali é possível comprar uma excelente granita con brioche. A granita – uma especialidade de sorvete -, juntamente com um cannolli de leite é um prato típico da Sicília no café da manhã.

Lojas fechadas

Para evitar portas fechadas durante as compras na Via Etnea, saiba que algumas lojas tem um dia de descanso às segundas-feiras. Entretanto, as lojas de departamentos como La Rinascente, UPIM e cadeias internacionais de moda estão abertas o dia todo.

Outra informação importante: a Siesta também é realizada, como em toda a Itália. Desta forma, todos os dias entre 13h00 – 16h30 você vai encontrar muitos pontos fechados.

Atrações na Via Etnea

Seguindo pela Via Etnea logo na esquerda, depois da Piazza dell’Università, está a Basilica della Collegiata.

Basilica della Collegiata

Por certo, esta foi a primeira capela construída na Via Etnea. No século XV, houve a construção de um seminário adicional (Collegiata). A sua fachada incomum foi projetada no estilo barroco siciliano, e remonta ao século XVIII. De acordo com um edital papal, a Collegiata leva o nome de “Basílica menor”.

Atrações de Catânia Basilica della Collegiata

Continue pela Via Etnea para visitar o Anfiteatro Romano, na Piazza Stesicoro.

Piazza Stesicoro

Esta praça é o centro da agitação de Catânia e é o lugar onde acontecem os eventos urbanos. Sem dúvida, é uma praça bonita, onde palácios antigos e os restos do anfiteatro romano a rodeiam e decoram. Só para exemplificar o peso de suas atrações, o Anfiteatro citado é uma das grandes atrações de Catânia. Além disto, só foi descoberto abaixo da praça em 1904.

Atrações de Catânia Piazza Stesicoro

No lado leste da Piazza Stesicoro está o monumento dedicado ao compositor de ópera Vincenzo Bellini, inaugurado em 1882.

Atrações de Catânia Piazza Stesicoro Bellini


.

6) Anfiteatro Romano di Catania

Atualmente, não sobrou muita coisa deste que foi um dos maiores anfiteatros da Itália. Mas dá para ter uma noção de sua grandiosidade. Apesar de uma parte considerável ainda estar enterrada sob casas e ruas. Sabidamente é datado de meados do século II a.C. e foi todo construído com a pedra de lava de Etna coberta de mármore. Com toda a certeza, o anfiteatro é um dos monumentos mais significativos da fase romana de Catania. Sem dúvida, uma das atrações imperdíveis de Catânia!

O edifício tinha uma forma elíptica e media no diâmetro maior cerca de 70 metros. Já no menor, media aproximadamente 50 metros. Os diâmetros externos eram 125 x 105 m, enquanto a circunferência externa era de 309 metros. Ainda, a circunferência da arena era de 192 metros. Calcula-se que poderia acomodar 15.000 espectadores sentados. Sendo que abrigava quase o dobro deste número com a adição de andaimes de madeira para espectadores em pé. Além do que, tinha trinta e duas fileiras de assentos.

O anfiteatro de Catânia era estruturalmente o mais complexo dos anfiteatros da Sicília e o maior da Sicília. Como resultado, pertence ao grupo dos grandes já feitos, como o Coliseu, o anfiteatro de Capua, e Arena de Verona. Ademais, ele ficava no extremo norte da cidade antiga, perto da colina Montevergine que abrigava o principal núcleo da cidade.

Os restos do anfiteatro podem ser vistos e visitados na parte oeste da Piazza Stesicoro. Primordialmente, eles estão ao ar livre e protegidos por uma murada, mas dá para ver bem. Então, não deve se deixar de passar por ali. Além disso, a visita é gratuita.

Na ponta extrema da praça e ao fundo do Anfiteatro está a Chiesa San Bagio in Sant’Agata alla Fornace.

Chiesa San Bagio in Sant’Agata alla Fornace

Construída no século XVIII, a igreja tem uma nave única. Ela foi construída no lugar onde, acredita-se, Santa Ágata sofreu seu martírio. Para honrar este lugar, foi construída uma igreja, que como muitas da cidade foi destruída. Entretanto, após o terremoto de 1693, a igreja foi reconstruída em estilo neoclássico.

Atrações de Catânia Piazza Stesi Chiesa San Bagio in Sant'Agata alla Fornace

Você consegue viajar sem celular e sem internet?
Então, vá viajar tranquilo e já saia do Brasil com o seu chip de celular europeu e com internet boa!

Do antigo anfiteatro romano e da igreja de San Bagio, siga pela Via Etnea. Não é muito longe está o Parque Villa Bellini, o lindo jardim público da cidade. O acesso ao grande parque é feito pela Via Etnea. O parque tem muitas árvores grandes, várias fontes, um coreto e parque infantil.


.

7) Parque Villa Bellini

Este parque público é um oásis verde no coração da cidade. O parque Bellini cobre uma área de quase 71.000 m² e foi fundado em 1855. Com o intuito de homenagear o compositor Vincenzo Bellini, a cidade de Catania dedicou o parque a ele.

Na entrada principal da Via Etnea está uma escadaria monumental, cercada por canteiros. Ela leva a parte alta do parque Villa Bellini. Acima alcança-se uma grande praça com uma piscina de água, com chafariz. No fundo ergue-se uma bela colina plantada. Além do que caminhos com mosaicos de pedra preta e branca serpenteiam morro acima.

Uma atração é um grande relógio que exibe de data em forma de plantas. Os jardineiros da cidade renovam a data todos os dias com plantas verdes formando a data atual. Além disto, no topo da colina, cima do relógio, está um bonito coreto de ferro forjado. Do morro há uma vista magnífica sobre todo o parque Villa Bellini.

Adicionalmente, do lado oeste do parque, vários bustos esculpidos de famosos da história italiana ladeiam um dos caminhos. Vale a pena dar uma passada ali.

Principalmente no verão, acontecem regularmente festivais e concertos organizados pelo parque, o que traz muita animação. Entretanto, este é um lugar excelente para desfrutar de um pouco de sombra e frescor. Além de se descansar, deixar as crianças brincar ou fazer um piquenique.

O parque está aberto diariamente até às 22h.

Ao retornar em direção ao centro, pegue a Via Crociferi.


.

8) Via Crociferi

A Via Crociferi é uma esplêndida rua barroca e por si só uma das grandes atrações de Catânia. Provavelmente, ela é a rua mais bonita e característica da cidade, e corre paralela à Via Etnea. Ela começa na Via Vittorio Emanuele II e termina na esplêndida Villa Cerami, sede da Faculdade de Direito.

Na verdade, pode-se chamá-la de Ruas das Igrejas, já que pode-se admirar nada menos que quatro igrejas ao longo dela. Ali as esplêndidas igrejas e edifícios no estilo arquitetônico barroco do século XVIII brilham lado a lado.

A maior atração da Via Corciferi é certamente o antigo Mosteiro Beneditino de San Nicolò l’Arena. Atualmente, ele abriga parte da universidade. Este é o segundo maior mosteiro na Europa e pode-se fazer a visita livre ou com um guia.

As igrejas que se encontram ao longo da Via Crociferi:

  • Chiesa di San Francesco d’Assisi all’Immacolata
  • Chiesa e Monastero di San Benedetto
  • Igreja di San Francesco Borgia
  • Chiesa di San Giuliano
  • Chiesa di San Camillo

Primeiramente, se quiser visitar as igrejas, saiba que a maioria está aberta apenas na parte da manhã. Além disto, as visitas guiadas estão disponíveis somente em italiana. Mas dá pra seguir graças à brochura escrita em inglês.

Chiesa di San Francesco d’Assisi all’Immacolata

A fachada da igreja barroca tardia foi construída na primeira metade do século XIX. E na sua construção foram utilizadas pedras calcárias das pedreiras de Melilli. Aliás, o edifício atual mescla estruturas do início do século XVIII com outras construídas após o terremoto de 1693. Caso entre na igreja, não deixe de observar seu enorme candelabro.

Chiesa e Monastero di San Benedetto

A igreja de San Benedetto é parte do mosteiro beneditino, que é Patrimônio da humanidade da UNESCO. Sem dúvidas, ele é um dos edifícios mais lindos e uma das mais incríveis atrações de Catânia. O mosteiro foi construído em 1355 e reconstruído depois do catastrófico terremoto em 1693, nos primeiros anos do século XVIII.

Atualmente, o Mosteiro Beneditino é símbolo de Catânia, e pode ser reconhecido pelo Arco di San Benedetto. Este arco conecta a Igreja a Abadia real de Badia Piccola (pequena abadia) sobre a Via Crociferi. Diz a lenda que este arco foi erguido em uma noite.

Assim sendo, o complexo do mosteiro é um lugar de história e arte, com uma combinação única de ambos. Além de oferecer um olhar para arte contemporânea. Isto porque que a pequena abadia agora abriga o Museu de Arte Contemporânea da Sicília (MacS).

Assim como serviu como monastério de clausura até 2013, quando foi aberto ao público para visitação. Se tiver que escolher um só lugar para entrar e apreciar a arquitetura na cidade, certamente este é o lugar.

Via Crociferi Chiesa di San Benedetto
Via Crociferi – Chiesa di San Benedetto
O que não perder:

Considerando que as freiras que ainda vivem no convento, o complexo de edifícios só é acessível ao longo de uma rota específica. Como resultado, nem tudo pode ser visitado. Mas o que não deve deixar de ser visto é:

  • Os restos arqueológicos de uma casa de habitação romana (domus), que foram encontrados sob o mosteiro.
  • Algumas partes do mosteiro de San Benedetto, em particular no salão do século XVIII. De fato, eles serviram de locação para o filme “The Sparrow”. Franco Zeffirelli Franco rodou aqui este fime de um romance de Giovanni Verga.
  • A igreja de San Benedetto com a impressionante escadaria monumental Scalinata degli Angeli.
  • A Museu de Arte Contemporânea da Sicília (MACS Museo di Arte Contemporanea Sicilia), que fica na Badia Piccola, no mosteiro.
Chiesa San Giuliano

Esta igreja é uma obra-prima da arte barroca siciliana e é uma das mais belas igrejas de Catânia. A Chiesa San Giuliano foi construída por volta de 1740 pelo arquiteto Giovanni Battista Vaccarini. Definitivamente, a fachada impressiona com sua seção central arqueada e duas estátuas femininas acima do portal de entrada. Incomum para o estilo barroco é a cúpula invisível, que é cercada por uma galeria aberta simples. Além disto, a famosa cúpula é lindamente decorada com mármore.

O interior octogonal apresenta capelas e altares nas laterais, e tem ainda um grande altar de bronze.

Esta igreja está localizada em frente à Chiesa San Francesco Borgia. Também fica em frente ao antigo Colégio dos Jesuítas, que agora é sede da escola de arte.

Via Crociferi Chiesa di San Giuliano
Via Crociferi – Chiesa di San Giuliano


.

9) Teatro Romano e Odeion di Catania

Como em Siracusa e Taormina, os gregos também construíram em Catânia um teatro para suas peças. Apesar de que mais tarde os romanos apossaram- se dele e o tornaram um local para gladiadores e batalhas de animais. Infelizmente, dos tempos do domínio grego, quase não há traços deixados na cidade. De tal sorte que este monumento notável é da época romana.

O Teatro Romano de Catânia foi construído na encosta sul da antiga Acrópole, onde estava um teatro grego. Os romanos usaram a estrutura para fazer um teatro romano, incluindo o Odeion. Muito da estrutura deste teatro ainda hoje é visível, apesar de os habitantes da cidade terem, ao longo dos séculos, utilizado partes dele para construir novas residências. E muitas delas ainda estão ali, “sobre” as estruturas do teatro. Desta forma, é difícil distinguir seu exterior.

Das atrações de Catânia que visitei, esta foi, sem dúvidas, a que achei mais interessante. Uma visita que vale muito a pena fazer!


+ UMA VISITA AO INCRÍVEL TEATRO ROMANO DE CATÂNIA, NA SICÍLIA


Teatro Romano de Catania

Odeion

O auditório do teatro romano é conhecido como Odeion. Ele tem um diâmetro de 100 metros e provavelmente foi projetado para cerca de 7000 espectadores. As filas de espectadores, palcos e a orquestra são feitas de rocha negra de lava. A oeste do Teatro Romano se conecta diretamente ao pequeno Odeion. Assim sendo, o pequeno auditório também é construído de rocha de lava e é ligeiramente mais alto que o grande teatro. Em princípio, o Odeion é uma estrutura semicircular do século III e que foi usado para apresentações de música e dança.

Horário: diariamente, entre 09h00-17h00. Gratuito no 1º domingo do mês.

Preço de admissão do Teatro Romano e Odeon: €6,00 / €3,00.

A entrada é na Via Emanuele 266.

Teatro Romano e Odeon di Catania
Odeion
Viaje Conectado

Ali perto está o complexo do Monastero dei Benedettini di San Nicolò L’ Arena.

10) Monastero dei Benedettini di San Nicolò L’Arena

O mosteiro beneditino de São Nicolau é um dos maiores da Europa. Na realidade, ele é mais um palácio do que um edifício religioso. Isso provavelmente decorre da estreita conexão dos monges beneditinos com a nobreza da cidade. No século XVIII, foi um dos centros culturais mais importantes da Sicília, atraindo muitos visitantes com seu luxo pomposo. Por isto, seu magnífico claustro viu passar poetas e pensadores, como Goethe, que se recuperaram de suas viagens por ali.

O mosteiro foi fundado em 1094 e é hoje um enorme complexo de edifícios. Assim, estes edifícios abrigam as faculdades de literatura, filosofia e línguas estrangeiras da Universidade de Catânia.

Atrações de Catânia Monastero dei Benedettini di San Nicolò L' Arena

Por sorte, o mosteiro beneditino, bem como a Chiesa San Nicolò, foram poupados do enorme fluxo de lava em 1669. Mas o terremoto em 1693 destruiu ambos os edifícios quase completamente. Em 1703, a reconstrução foi iniciada e tornou-se o segundo maior da Europa, com uma extensão imponente de 105 metros. Somente perde em tamanho para o mosteiro franciscano português em Mafra.

Desde 1977 o antigo mosteiro beneditino passou a abrigar a Universidade de Catânia. O edifício ocupa uma área de 20.000 m² a partir da Piazza Dante. Além disto, esta é a porta que leva ao campus da universidade.

A fachada do mosteiro é ricamente decorada e impressionante. Com efeito, inúmeros rostos sorridentes, figuras, querubins e ornamentos adornam as paredes externas do edifício. Estas esculturas lúdicas são uma característica particular do barroco siciliano no século XVIII.

Monastero dei Benedettini di San Nicolò L' Arena
Monastero dei Benedettini di San Nicolò L’ Arena
Biblioteca

A Biblioteca foi inaugurada em 1897 pelos monges beneditinos e contava com cerca de 50.000 livros. A estes, se seguiram outras 40.000 publicações, doadas pelo Barão Ursino Recupero e pelo escritor Mario Rapisarda. Sem dúvidas, uma coleção inestimável!

Chiesa di San Nicolò L’Arena

A construção deste impressionante edifício religioso perto do mosteiro começou no final do século XVII. Apesar de que, até hoje, a basílica ainda não está terminada. Ela foi construída a pedido dos monges beneditinos no modelo das basílicas de Roma. Entretanto sua decoração interior é sem adornos.

Horário de funcionamento: diariamente, entre 09h00-17h00.

Em Agosto, diariamente entre 11h00-18h00.

Piazza Dante, 32.


.

11) Castello Ursino

Castello Ursino

Este castelo é o único edifício medieval que sobreviveu à destruição da cidade por natureza. Em outras palavras, sobreviveu aos terremotos e erupções do Etna. E ainda hoje está incrivelmente quase intacto. O forte foi construído por volta de 1240 para defender a cidade dos ataques vindos do mar. Sim, você leu certo! Originalmente, ele foi construído em um penhasco com vista para o mar. Apesar de ser realmente difícil imaginar, isto aconteceu de fato. Atualmente, o forte está a cerca de 1 km para o interior, mas ele era um forte às margens do Mediterrâneo.

O fato de a cidade ter sofrido terremotos e a enorme erupção vulcânica do Etna em 1669 alterou a paisagem. Isto fez com que a região mudasse completamente. Então, o castelo foi poupado da destruição, mas a lava incandescente da erupção Etna empurrou a costa para longe. Incrível, não é mesmo?

Durante sua história, o castelo foi usado como uma residência nobre e também como prisão. Muita coisa se passou pelas paredes grossas desta que é uma das atrações de Catânia. Desse modo, o Castelo Ursino foi restaurado várias vezes e desde 1934 abriga o “Museo Civico“. O museu municipal possui uma significativa coleção arqueológica, compilada pelos príncipes Biscari. Ali estão em exibição pinturas, esculturas, bronzes e vasos de cerâmica de diferentes épocas.

O lugar ainda conta com um pequeno parque na sua frente e ao lado é possível ver as pedras formadas pela lava.

Horário de funcionamento: abre diariamente entre 09h00-19h00.

Entrada: €6,00.

Piazza Federico II di Svevia.

Seguros Promo


.

Passeios a Partir de Catânia

Etna

O Etna é um dos vulcões mais ativos do mundo e visitá-lo é sem dúvidas uma experiência única. Afinal, ele está ali ao lado da cidade de Catânia, a cerca de 30 quilômetros de distância. Então, este é um passeio muito fácil de se fazer. Inclusive, você pode ir até lá de diversas formas, seja de forma independente, seja com tours guiados. A partir de Catânia, muitos operadores turísticos oferecem passeios de um dia. Assim, basta você escolher um para subir os mais de 3.300 metros de altura do Monte Etna.

Monte Etna
Excursão

As excursões partem de Catânia (ou outra cidade) e segue até o sopé do vulcão, um lugar chamado Rifugium Sapienza. Ali você pega um teleférico até a segunda parada e onde é fornecido um guia e equipamentos. Depois de chegar lá, segue-se com um micro-ônibus especial com tração nas quatro rodas até a cratera.

O passeio todo dura cerca de quatro horas e meia e é necessário usar sapatos e roupas especiais. Mas eles podem ser alugados nas agências, caso você não tenha.

Muitas destas excursões para o Etna oferecem outras experiências junto a este passeio. Adicionalmente, você pode visitar vinícolas, fazer passeios de barco, caminhadas e muito mais, no mesmo dia de passeio ao vulcão.

Etna por conta própria

Quem deseja fazer o passeio por conta própria de carro, deve seguir para a região um pouco inóspita do Rifugium Sapienza. Ali existe vários estacionamentos, lojas e lanchonetes. Este lugar é facilmente acessível a qualquer um que esteja de carro. Vários caminhos asfaltados chegam até lá, passando pelas cidadezinhas da encosta do vulcão.

Valor do estacionamento: 6 euros pelo dia todo.

Atrações de Catânia Etna4
Rifugium Sapienza ao fundo e a Crateri Silvestri Inferiore
Rifugium Sapienza

Nesta área estão alguns restaurantes, lojas de souvenir e estacionamentos. Entretanto, duas crateras podem ser percorridas de forma independente e bem facilmente ali ao lado. Ali estão a Crateri Silvestri Superiore e a Crateri Silvestri Inferiore.

Crateri Silvestri Inferiore é super acessível e até crianças pequenas podem subir na sua borda e dar a volta na sua cratera. Já a Crateri Silvestri Superiore exige um pouco mais de condição física e disposição. A subida tem elevações bem inclinadas e é mais cansativa, mas a vista é magnífica.

No entanto, só dá chegar sozinho no primeiro nível do Etna, no Rifugium Sapienza. A partir dali, e para alcançar a cratera principal no terceiro nível, a subida é feita de teleférico até ao segundo nível. Na sequência, deve ser feita em um micro-ônibus guiado.

Atrações de Catânia Etna3
Crateri Silvestri Superiore e a Crateri Silvestri Inferiore
Segundo e Terceiro Nível

Para chegar no segundo nível, você vai precisar usar o teleférico. Mas eles não vendem só o bilhete do teleférico. Deste modo, você precisa comprar o pacote todo, até o 3º nível. O valor para subir de teleférico até o segundo nível, que está a cerca de 2800 metros de altitude, ter um guia orientando o passeio e utilizar o ônibus até o terceiro nível (3300 metros) custa 65 euros por pessoa.

Sapatos e um blusão resistentes são recomendados por causa da altitude e do chão quente. Mas como já dito, você encontra roupas e sapatos para alugar.

Atrações de Catânia Etna2
Ônibus

Quem tem um orçamento mais apertado e tempo, pode pegar um ônibus da empresa de ônibus AST. Os ônibus saem da estação Centrale em Catânia e seguem para o vilarejo de Nicolosi. Esta é a vila mais próxima da cratera do vulcão. As partidas são diárias e acontecem às 08h15 da manhã. A volta acontece às 16h30.

A viagem custa cerca de €6,00 cada trecho.

;

Cidades próximas a Catânia para visitar

A Sicília é cheia de cidades encantadoras, e dá vontade de ver tudo! Mas nem sempre é possível se fazer tudo que se deseja numa viagem. Desta forma, o melhor é escolher os passeios bate e volta de cidades base. Assim, você otimiza a viagem. Inclusive, Catânia tem tudo para ser uma excelente base para uma visita nesta região da Sicília. Não só por ser próxima ao aeroporto e contar com um porto e estação de trem. O que facilita, e muito, o deslocamento. Além disso, a cidade conta com ótima estrutura de passeios para seus arredores.

Catânia fica próxima de lindas cidades sicilianas e que merecem estar na sua lista de visitas. Uma das mais incríveis é Taormina! Aqui no blog tem posts sobre a cidade feitos especialmente para você planejar sua visita até lá.

Todavia, ela não é a única. Com toda certeza, Agrigento com seus templos gregos também é uma excelente escolha. Notadamente, Siracusa, Ortigia e Noto também são cidades incríveis e cheias de história. Semelhantemente, Modica e Ragusa são outras duas que vale a pena colocar na sua wish-list.

Entretanto, se deseja ir mais longe, uma excursão organizada é a escolha ideal. Desta forma pode-se ir até a lugares como Palermo e Cafelù, que ficam distantes de Catânia.

;

Outras experiências

Com toda certeza, novas experiências podem transformar a sua viagem. Desta forma, aqueles que desejam fazer algo diferente, ou pela primeira vez, pode escolher opções de passeios bem legais! Como tour privado com degustação de Arancino (!), visitação e degustação em vinícolas, tours gastronômicos e até mesmo aulas de culinária.

Para os amantes do mar existem passeios de barco, snorkel nas ilhas próximas e de mergulho.  Para quem gosta de montanhas, tem passeios a cavalo e caminhadas pelo Etna e arredores. Indiscutivelmente, opções não faltam!

Informações para ajudar sua viagem à Catânia

O que provar

Cannolli e Minne di Sant’Agata

Não deixe de provar a iguarias deliciosas Cannolli e Minne di Sant’Agata. Nas pasticceria você encontra os rolos de cannolli recheados com ricota doce. Já os Minne di Sant’Agata são outro doce típico da cidade. Eles lembram os seios da santa e as torturas que Agata sofreu. O minnes são feitos de massa de biscoito recheada com ricota, chocolate e frutas cristalizadas.

Pasta alla Norma

A Pasta alla Norma é uma especialidade da cozinha tradicional catana e uma das atrações de Catânia. Ele é um prato de macarrão com beringelas, tomates e ricota ralada, assada em azeite de oliva. Uma delícia que deve ser provada quando se está na cidade! Em resumo, o prato foi batizado em homenagem à ópera de mesmo nome de Vincenzo Bellini.

Pasta alla Norma
Pasta alla Norma

Feira

Quem gosta de feira, pode visitar a La Fiera, que acontece na Piazza Carlo Alberto di Savoia. A feira é enorme e muito variada, sendo uma das atrações de Catânia. Então, você pode ver desde barracas que vendem desde frutas e verduras, até roupas novas e usadas. Mas, claro, ainda tem os mais variados produtos Made in China.

A feira é uma grande muvuca e um labirinto sem fim de barracas. Mas uma experiência incrível, sendo um ótimo lugar para achar pechinchas e boas frutas. Ela acontece diariamente na parte da manhã (até 13h), menos aos domingos.

Escritório de Informações Turísticas para saber informações sobre as atrações de Catânia

Via Vittorio Emanuele II, 172.

Aberto de 2ª – sábado, entre 08h00-19h00;

Domingo entre 08h30-13h30.

https://turismo.cittametropolitana.ct.it/English/

Como chegar na cidade e conhecer as atrações de Catânia

Porto de Catânia

O porto de terminal de passageiros de cruzeiros fica muito perto do centro histórico da cidade. A distância é aproximadamente 1 km de caminhada, então é muito fácil sair do porto e passear pela cidade.

Aeroporto de Catânia

O aeroporto de Fontanarossa está localizado ao sul da cidade, a 7 km do centro. Este aeroporto recebe a maioria das companhias aéreas europeias, sendo a Ryanair e a Easyjet as companhias aéreas mais baratas.

Como ir ao centro de Catânia saindo do aeroporto:

  • Táxi: os táxis não são tão caros. Desta forma, quem quer um pouco mais de conforto e não quer dirigir, esta é uma boa opção.
  • Transfer privado: você pode contar com alguém esperado por você já no desembarque e com uma plaquinha com seu nome. Seguramente esta é a maneira mais segura e certeira para quem não quer se incomodar com nada! Esta é uma opção válida para quem chega pelo porto também.
  • Alibus: ônibus público que parte a cada 20 a 30 minutos entre as 05h00 e as 00h00 no centro da cidade (Via Cardinale Dusmet, perto da Piazza Duomo). A última parada é a estação principal, de onde o ônibus retorna ao aeroporto. Bilhete: €4 (só ida, pode ser comprado com o motorista ou no aeroporto). Certamente a maneira mais econômica.
  • Aluguel de carros no aeroporto: esta é a maneira de se ter mais liberdade de conhecer tudo e na hora que se tem vontade. Entretanto, é melhor reservar um carro alugado antes da sua viagem para conseguir um preço melhor. Ao mesmo tempo que se sabe que não se ficará sem carro por estar tudo já locado.

Dicas sobre carros alugados

– Quem deseja ter mais liberdade, deve alugar um carro. Os preços são ótimos e o mais fácil é retirar já no aeroporto. Entretanto, esteja preparado para pegar fila no guichê da locadora se viajar na alta temporada (junho, julho e agosto).

– O trânsito na Sicília é um pouco caótico, portanto contrate todos os opcionais que o seguro oferecer. Inclua riscos na lataria, retrovisor e vidro, para não se aborrecer. Prefira as agências que oferecem a devolução do carro com o tanque cheio (antes do retorno). Caso contrário, você será cobrado automaticamente o dobro do valor do combustível encontrado nas ruas se não abastecer.

Atenção!

– Ao pegar o carro, faça uma inspeção completa. De forma que ao perceber o menor arranhão ou impacto que não esteja marcado, insista na locadora. O golpe mais comum, se o seu voo estiver fora do horário de funcionamento da locadora, é pedir para se deixar as chaves na caixa de correio. Quando se chega em casa, uma multa de €300 a €900 por dano falso pode estar esperando por você.

Infelizmente, é uma fraude comum na Sicília. Por isso, você precisa fazer um seguro quando reservar seu carro para obter um reembolso. Lembre-se de manter todos os documentos enviados pela empresa de aluguel de carros. Pois eles serão consultados durante o processo de reembolso.

Estacionamento

– Catânia e todas as maiores cidades da Sicília tem um sério problema com vagas de estacionamento. Se não quiser ficar rodando por horas para achar uma vaga, procure uma hospedagem que ofereça estacionamento (muitos são pagos).

Catânia é uma cidade muito interessante e especial, e precisa ser desvendada com carinho. Um olhar rápido não vai mostrar as belezas que a cidade tem e que estão por toda a parte. Desta forma, espero que tua visita a Catânia seja tão especial como foi a minha! Ainda, o desejo de voltar seja grande, assim como é o meu!

Vale a pena comprar antecipadamente:

LEIA TAMBÉM:

Fale com a gente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Viajoteca usa cookies para tudo funcionar direitinho no seu browser, tudo bem? Aceito Leia mais

Privacidade & Cookies