Página Principal Portugal Arouca – um lado pouco conhecido de Portugal

Arouca – um lado pouco conhecido de Portugal

por Silvia e Antonio
2 comentários

Quando se fala em turismo em Portugal, logo se pensa em Lisboa ou no Porto, cidades mais visitadas pelos brasileiros. Mas o país tem muitas outras boas surpresas a oferecer, e Arouca, mais ao norte, é uma delas. A história da cidade – situada entre Porto e Aveiro – está ligada à da Rainha Santa Mafalda. Afinal, ela colaborou muito para seu desenvolvimento no século 13 e é celebrada até hoje.

Hoje, Arouca se destaca pelo seu patrimônio cultural, gastronômico e geológico. Dentre suas atrações, ela é conhecida por ter uma das maiores pontes suspensas do mundo! Ela tem 516 metros de extensão e mais de 700 metros de altura, o que equivale a um prédio de mais de 50 andares.

Então, para quem deseja conhecer a simpática cidade, pensamos em um roteiro de 3 dias. Acompanhe!

Arouca, Portugal

Leia também:

+ ROTEIRO PORTUGAL: LISBOA E ARREDORES

+ 14 MOTIVOS PARA SE APAIXONAR POR LISBOA


Não esqueça do Seguro Viagem! Ele é obrigatório!

Seguro Viagem é obrigatório para entrar em países da União Européia, e ainda, a cobertura precisa ser de no mínimo 30.000 euros.

Dicas de Arouca, Portugal

Onde se localiza a cidade

Arouca fica localizada no distrito de Aveiro, aproximadamente uma hora de carro das cidades de Porto ou Aveiro, ou três horas de Lisboa. A maneira mais fácil de chegar em Arouca é de carro, visto que a cidade não tem aeroporto próprio. Ainda, estações de trem e ônibus são limitados. Dessa forma, você pode alugar um carro, contratar um serviço de transfer ou ainda ir com seu próprio veículo.

Para quem optar por um bate e volta a partir da cidade do Porto, o que também é possível, tem algumas excursões bem avaliadas como essa aqui ou essa.

Quando ir

Arouca é um destino para se visitar o ano inteiro. Todavia, os meses entre maio e setembro são ideais para aproveitá-la com temperatura agradável. Ou seja, neste período os dias são quentes e com pouca possibilidade de chuva.


Transfer em Lisboa e Região

Você está planejando uma viagem para Portugal e precisa de um serviço de transfer em Lisboa? Chegou no lugar certo! Pois, nós aqui do Viajoteca, fechamos em parceria com motoristas em Lisboa, super recomendamos, que podem te ajudar. Dessa forma, podemos agendar para você traslados do aeroporto, transfer dentro de Lisboa e passeios por toda região!

Os motoristas são pessoas de total confiança e por isso eles fazem parte da na nossa lista seleta de Parceiros dos Tours Viajoteca. Inclusive, também oferecemos passeios, tours e transfer em cidades como Toronto (Canadá) e Barcelona (Espanha).

Os motoristas brasileiros em Lisboa garantem conforto, segurança e tranquilidade para sua viagem em Portugal. Vivem no país há muitos anos e podem compartilhar muitas dicas e te levar para todos os lugares.

Peça sua cotação sem compromisso: por email ( tours@viajoteca.com ) ou WhatsApp (clique aqui para nos enviar uma mensagem)!

Tours Lisboa

Onde ficar em Arouca

Apesar de ser possível visitar Arouca através de um bate e volta a partir do Porto, certamente recomendamos que se fique mais tempo. Nós, por exemplo, ficamos duas noites. Assim aproveitamos a cidade por 3 dias inteiros, conforme o roteiro abaixo.

Segue alguns hotéis e apartamentos bem avaliados para você escolher:

Ponte suspensa de Arouca, Portugal
Imagem por: Luis Ascenso – Lisboa, Portugal.

Leia também:

+ 11 RAZÕES PARA VISITAR O DOURO

+ UM DIA EM GUIMARÃES: ENCANTE-SE PELO BERÇO DE PORTUGAL


O que fazer em Arouca, Portugal

Primeiro dia: centro da cidade

Tire a indefectível foto ao lado do nome da cidade no parque e aproveite para conhecer o Museu Mosteiro de Arouca. No local do letreiro era onde funcionava o antigo convento, e a Igreja do Mosteiro de Santa Maria de Arouca. Inclsuive, eu recomendo fortemente a visita ao museu.

No Museu, um vídeo de cerca de 20 minutos de duração situa o visitante no tempo. Assim como traz um retrato bem completo de vários séculos de história, citando até mesmo o Brasil. O acervo do museu conta com objetos e obras de arte proveniente da ordem religiosa à qual pertenciam as freiras que lá viveram desde o século 13. Aliás, ele foi bem conservado ao longo dos anos. A igreja em estilo barroco chama a atenção pela riqueza e beleza de sua talha dourada. Esta é uma técnica escultórica em que madeira é talhada (esculpida) e posteriormente dourada. Ou seja, ela é revestida por uma película de ouro.

Fome?

Quando der fome, se quiser economizar no almoço, vá ao Pingo Doce. Compre a comida ali mesmo a um preço bem razoável. Peça para esquentar — as atendentes o fazem de bom grado — e vá comer no jardim ali em frente. Ali você vai encontrar mesinhas e cadeiras à disposição do público.

Não economize na sobremesa, pois é um dos pontos alto de Arouca. Assim sendo, escolha uma das casas de doces conventuais da redondeza. Delicie-se com as castanhas doces e com a morcela doce (que se pode comer quente). Assim como com charutos de amêndoas, pedra boroa, barriga de freira, roscas de amêndoas, ovos de pega, entre outras delícias. Nossa casa preferida é a Doces Conventuais Manuel da Silva Bastos, que fica bem defronte ao Museu. Além de ser lindamente decorada, tem um atendimento primoroso. Se não quiser abusar dos doces, peça pelo menos um cafezinho, que vem acompanhado de uma castanha doce. Hummmm…

Segundo dia em Arouca

Programe-se para ir até a Serra da Freita e aproveitar o cenário natural, cheio de atrações. O Calvário, em estilo maneirista, é composto por um conjunto de cruzes com motivos geométricos na base e tem grande importância religiosa para a população local. Já a torre do observatório meteorológico fica no Pico do Gralheiro, a mais de 1000 metros de altitude. Certamente, uma vista invejável sobre o planalto da Freita.

Outra visita curiosa é ao museu das pedras parideiras (Museu das Tribolites), junto à aldeia de Canelas, que são formações rochosas enigmáticas. É como se fossem pedras que gerassem novas pedras, e que estão inseridas no contexto das chamadas Montanhas Mágicas. O fenômeno tem sido associado pelas populações locais a superstições e misticismos. Ainda no museu das trilobites, aprenda sobre esses fósseis conservados na ardósia, abundante em Arouca, terra geologicamente muito rica. Eles vêm do período Câmbrico, com início há cerca de 550 milhões de anos.

Finalize o dia com o pôr do sol e a vista panorâmica da Senhora da Mó. Se tiver sorte, e estiver por lá de 7 para 8 de setembro, poderá participar de uma festa em honra da padroeira, com muito bacalhau e mais iguarias. Caso contrário, merece a visita a paisagem deslumbrante que em bom tempo permite avistar até a cidade do Porto.

Museu das Tribolite
Museu das Tribolites

Leia mais:

+ MOSTEIRO DE BATALHA – UMA JOIA ARQUITETÔNICA PORTUGUESA

+ MOSTEIRO DE ALCOBAÇA – UMA VERDADEIRA HISTÓRIA DE AMOR


Terceiro dia em Arouca

Tome um café da manhã (ou pequeno almoço, já que estamos em Portugal) reforçado neste dia. Pois você vai encarar os Passadiços do Paiva e a ponte suspensa 516 Arouca.

O acesso à ponte suspensa é feito por Espiunca, ou seja, uma caminhada de 8,75 km (duração estimada de 2h30). Ou por Areinho, onde a distância é menor, mas o caminho é íngreme. Então, se prepara, você vai ter que subir muitas, muitas, muitas escadas.

Às margens do rio Paiva, nos dias de verão, algumas praias pluviais convidam o turista a um banho de rio. Naturalmente, desde que ele não tenha medo de água fria.

Ponte suspensa de Arouca, Portugal
Silvia e António, autores desse artigo, na ponte suspensa de Arouca

Curtiram Arouca?

Espero que tenham aproveitado e se inspirado com essas dicas de Arouca, em Portugal.

Esse texto foi escrito por Silvia e António, ela brasileira e ele português. Um casal que tem como objetivo explorar lugares pouco explorados de Portugal. Uma honra tê-los aqui conosco e já estamos esperando os próximos destinos.

2 comentários

Você lembrou do Seguro Viagem? 


Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem no mínimo um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.


Cotação seguro viagem



Continue planejando sua viagem:


> Reserve seu hotel

> Seguro Viagem com desconto

> Passagem aérea

> Ingressos e Passeios

> Aluguel de veículos

> Tours Exclusivos Viajoteca

> Chip de celular


Reserve com nossos parceiros para garantir os melhores preços e ótimos descontos. A cada reserva concluída nós recebemos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!

Ivone 29 de junho de 2022 - 18:23

Muito legal esse passeio e informações!! Parabéns aos autores!!!

Responder
Mirella Matthiesen 29 de junho de 2022 - 18:26

A Silvia e o Antonio capricharam mesmo!
Obrigada pelo comentário.
Abs,

Responder

Fale com a gente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Viajoteca usa cookies para tudo funcionar direitinho no seu browser, tudo bem? Aceito Leia mais

Privacidade & Cookies