1 Cidade : 1 Atração = Heidelberg : Castelo de Heidelberg

O Castelo que é o cartão postal da cidade!

2

Escolher uma cidade charmosa na Alemanha para visitar não é tarefa das mais fáceis, já que as opções são inúmeras, mas sem dúvida uma das fortes candidatas é a linda Heidelberg, porque fica próxima de Frankfurt, sendo uma excelente opção de bate-volta, e fica no caminho para quem pretende conhecer a Floresta Negra. Claro que a cidade oferece várias atrações irresistíveis, mas nenhuma bate seu castelo que a olha de cima da montanha. Por isto, nossa série apresenta: 1 Cidade : 1 Atração = Heidelberg : Castelo de Heidelberg.

1 Cidade : 1 Atração = Heidelberg : Castelo de Heidelberg

Schloss Heidelberg – Castelo Heidelberg

 

Olhando a cidade do alto da montanha, este que chamam de Schloss Heidelberg é hoje, na realidade, as ruínas bem preservadas deste que um dia já teve um passado glorioso. Mas mesmo sendo ruínas, ainda assim é uma estrutura impressionante e muito imponente.

A cidade de Heidelberg é cortada pelo rio Neckar, que forma um vale, sendo que seus dois lados são grandes montanhas. Na encosta do lado direito, erguendo-se a 80 metros acima do rio, encontra-se este que é o símbolo da cidade e sua maior atração: o Castelo de Heidelberg.

Esta estrutura é uma das mais famosas ruínas da Alemanha.

Reserve seu hotel na Alemanha ou em Heidelberg no Booking.com, um comparador de hotéis que te garante o menor preço e na maioria dos hotéis e apartamentos tem a opção de cancelamento gratuito.

História

 

O castelo é muito antigo, tendo mais de mil anos de história. A primeira menção feita a ele é do ano de 1196. Por vários séculos, o lugar foi a residência dos príncipes-eleitores do Palatinado. Os príncipes-eleitores eram os manda-chuvas na região de Heidelberg.

Conta-se que a cada geração ele ganhava novas salas e ia sendo ampliado, mas também ia sendo modificado. A forma que se vê hoje, o castelo ganhou a partir de 1544. E sua primeira grande destruição aconteceu durante a Guerra dos Trinta Anos (1618–1648). Esta famosa guerra foi uma grande luta entre católicos e protestantes por toda a Europa, especialmente na Alemanha.

Em 1685, começou a Guerra de Sucessão do Palatinado com a morte de Karl II, que era o último descendente da casa de Simmern. O rei francês Luis XIV reivindicou o título à cunhada, Liselotte von der Pfalz, duquesa de Orleans e irmã de Karl II, sem o seu consentimento. Em 1688, ele enviou as tropas francesas para tomar posse de Heidelberg. Para ganhar a luta destruiu a cidade e o belo castelo.

Somente em 1697, com o fim da Guerra, os moradores da cidade começam a retornar e a reconstruir a cidade. Mas sem muitos recursos financeiros, nem os príncipes-eleitores do Palatinado, e muito menos os habitantes da cidade, tinham como reconstruir o grande castelo.

Em 1742, o eleitor Karl Theodor planejou voltar com toda sua corte para cidade e reconstruir o Castelo, e assim o fez. Mas não muito tempo depois, quando ainda estavam o reconstruindo, em 1764, um raio atingiu o castelo causando um enorme incêndio. Este imprevisgo acabou com todos os progressos que haviam sido feitos nos últimos anos.

1 cidade 1 atração Heidelberg04

Por muito tempo o Castelo ficou esquecido na colina. E neste período os moradores iam retirando tudo que valor que ali tinha. Inclusive suas pedras, para poder construir suas próprias casas. Até que em 1810, o conde francês Charles Graf von Graimberg se movimentou em defesa de sua preservação.

 

Hoje em dia

Hoje em dia, ao se fazer a visita, percebe-se que apenas uma pequena parte do Castelo foi reconstruída, encontra-se decorada e aberta à visitação. A arquitetura do Castelo de Heidelberg combina os estilos medieval, renascentista e barroco, e isto é devido as suas inúmeras reconstruções.

1 cidade 1 atração Heidelberg plano
Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa.  Nossos leitores recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Visita ao Castelo de Heidelberg

 

Apenas a vista da cidade e do seu centro antigo lá de cima já vale a subida. Mas o lugar oferece muito mais. Quem visita o Castelo não deve deixar de conhecer o Museu Alemão da Farmácia e o Barril de Heidelberg.

 

Deutsche Apothekenmuseum – Museu Alemão da Farmácia

 

Neste museu, que fica no prédio chamado Ottheinrichsbau. Onde é possível se visitar várias salas com mobiliários e artigos farmacêuticos de diversas épocas. Ali se faz uma viagem no tempo e se descobre como eram as farmácias em vários períodos do tempo e no que elas consistiam. Podem se ver ali reprodução das oficinas farmacêuticas, equipamentos, instrumentos e utensílios rudimentares utilizados nas atividades farmacêuticas diárias.

Barril de Heidelberg

 

Este famoso barril de vinho se encontra nas caves de Castelo de Heidelberg e é dito ser o “maior barril de vinho da Europa”!

O barril foi construído em 1751 pelo príncipe eleitor Karl Theodor para abrigar o vinho que ele recebia como pagamento de imposto dos produtores de vinho da região. Este enorme tonel tem oito metros e meio de largura e possui capacidade para 220.000 litros de vinho. Ele fica sustentado a sete metros de altura.

O maior barril de vinho da Europa

Para se ter uma ideia do seu tamanho, basta dizer que tem uma pista de dança construída em cima dele. A pista foi construída para se aproveitar o espaço de cerca de 20 m² que existe na plataforma da sua parte superior. Para chegar ali em cima, basta subir a escada no barril.

Mas este barril que se vê hoje em dia não foi o primeiro a ser construído. Antes dele existiu três outros e todos em tamanhos avantajados. O primeiro foi construído em 1591 e era tinha o nome de Johann-Casimir-Fass (Fass significa em alemão barril). O segundo foi construído em 1664 era chamado de Karl-Ludwig-Fass. E o terceiro, o Karl-Philipp-Fass, foi construído em 1728.

Este que se pode visitar é o Karl-Theodor-Fass, e que teve lugar em 1751. Na sua construção foi utilizada a madeira de 130 carvalhos. Hoje ele não é mais usado para armazenar vinho, e é somente uma atração turística.

Das histórias contadas sobre o barril, diz-se que durante o reinado do Príncipe Eleitor Carl Philip, um anão tirolês apelidado de Perkeo, que era o bobo da corte, tinha a função de vigiar o barril. E ele ficou conhecido pela sua capacidade de beber grandes quantidades de vinho. Mas conta-se que um dia ele se equivocou e bebeu um copo de água, que o levou a morte.

1 Cidade : 1 Atração = Heidelberg : Castelo de Heidelberg

 

 

Horário

 

Castelo (Schloss)

Aberto diariamente, das 08 até às 18h.

Fechado no dia 25.12.

 

Museu Alemão da Farmácia

Aberto diariamente, entre 01.04 e 31.10, das 10 às 18h.

Entre 01.11 e 31.03, diariamente das 10 às 17h30.

Fechado dia 25.12.

 

 

Entrada

O bilhete custa €7 adultos e €4 reduzido, sendo que neste valor está incluído o preço de ida e volta do funicular, a visita ao castelo, a entrada no Museu Alemão da Farmácia e a visita ao Barril gigante.

Grátis com Heidelberg Card.

Áudio-guia em várias línguas: €5.

Tour guiado: €5.

(valores atualizados em dez.2017)

1 cidade 1 atração Heidelberg01

Endereço

Schlosshof, 1.

www.schloss-heidelberg.de/en/home/

 

Como chegar

 

Para subir, são cerca de 10 minutos de caminhada morro acima (subida puxada para crianças e pessoas com problemas de mobilidade). Ou pode-se pegar o funicular, que em alemão é Bergbahn.

 

Bergbahn

Este funicular leva até bem próximo da entrada do castelo. O acesso para o funicular fica na base do castelo, na estação Talstation Kornmakt, na rua Zwingerstraße, 21.

 

Ônibus

O ônibus 33 que sai da estação central de trens de Heidelberg leva até a parada Bergbahn, que fica em frente a estação de funicular Talstation Kornmakt.

1 cidade 1 atração Heidelberg mapa bus
Atenção!

O funicular tem mais 3 paradas no total (além da estação Talstation Kornmakt), sendo que 2 delas são acima do castelo.

Então para fazer a visita ao castelo, deve-se descer na 1ª parada do mesmo, na parada Schloss.

Você pode optar por conhecer as outras paradas do funicular, mas esteja atento que para chegar nas outras estações tem que pagar outras tarifas.

Informações: www.bergbahn-heidelberg.de/en/Home/Welcome-to-the-Heidelberger-Bergbahnen.html

1 cidade 1 atração Heidelberg mapa

Estacionamento

Existe um estacionamento junto com a estação de funicular, chamado Parkhaus Kornmarkt/Schloss (P12). O estacionamento é aberto 24h por dia, 365 dias por ano.

Endereço: Zwingerstraße, 20.
Telefone: 06221 65 30 986. www.swhd.de/p12

 

 

Dicas

– Independente se a compra da entrada é efetuada no guichê do funicular na Kornmarkt ou na bilheteria do castelo, que fica do alto do morro, o valor é o mesmo e inclui o funicular, portanto vale a pena comprar na bilheteria do funicular e subir confortavelmente até lá.

 

– Mesmo quem não pretende entrar no castelo, pode subir até lá e passear pelos jardins do lado de fora, que são gratuitos e oferecem uma vista impressionante da cidade, além de serem um ótimo lugar para um piquenique sob a sombra de suas enormes árvores.

1 cidade 1 atração Heidelberg05
1 cidade 1 atração Heidelberg06

Boas Opções de Hospedagem em Heidelberg

 

Se você está procurando uma hospedagem super central, na “cara do gol”, o Hotel Zum Ritter St. Georg é imbatível. Ele fica exatamente na frente da catedral, na principal praça da cidade, super perto do Castelo. E num prédio histórico! Com ótimas resenhas, este é o hotel para tornar sua viagem pela cidade inesquecível.

Mas a cidade conta com outras ótimas opções. Tanto o Arthotel Heidelberg, quanto o Hotel Anlage Heidelberg, são super centrais e tem o plus de estarem em áreas mais tranquilas.

Outra boa opção é o Hotel e Gasthaus Backmulde. Também super central e com um café da manhã elogiado.

Luxo

Quem prefere luxo e história, não deve deixar de ficar no Die Hirschgasse Heidelberg. O hotel é todo decorado no estilo clássico de Laura Ashley. Do outro lado do rio, e com vista para o Castelo, possui um excelente restaurante com estrela Michelin, que serve especialidades locais. O hotel está localizado a apenas 10 minutos a pé do centro histórico e tem mais de 500 anos, e já recebeu hóspedes famosos como o Conde Bismarck e o Mark Twain.

Mais luxo ainda? Então fique no Boutique Hotel Heidelberg Suites! Da rede Small Luxury Hotels of the World, ele tem uma vista fantástica do castelo e da cidade, além de encantar os hóspedes com cada detalhe.

Vale a pena comprar antecipadamente:


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório em vários países, como Cuba, Jordânia, e principalmente os países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e que precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Comparar

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!

2 Comentários
  1. […] O Castelo de Heidelberg no Sul da Alemanha […]

  2. […] + 1 CIDADE : 1 ATRAÇÃO = HEIDELBERG : CASTELO DE HEIDELBERG […]

Comente Aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.