1 Cidade : 1 Atração = Florença : Capela Brancacci

0

Para os apreciadores da arte renascentista, uma visita à Florença é impensável sem passar para ver a grande obra prima de Masaccio, a Capela Brancacci. Esta obra de valor inestimável fica dentro da Basílica de Santa Maria del Carmine, na margem sul do rio Arno.

 

Por isto, hoje nossa série viaja pra Toscana, na Itália, e apresenta: 1 Cidade : 1 Atração = Florença : Capela Brancacci.

1 Cidade 1 Atração=Florença Capela Brancacci1

1 Cidade : 1 Atração = Florença : Capela Brancacci

Antes de falar da Capela Brancacci não tem como escapar e falar um pouco da igreja onde ela está alojada, a Basílica de Santa Maria del Carmine. Até porque o seu exterior inacabado não dá a ideia da dimensão das preciosidades que estão lá dentro. A Capela Brancacci é seu maior tesouro, mas lá estão ainda a Capela Corsini e o Cenacolo del Carmine, entre outros.

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa.  Nossos leitores recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Basílica de Santa Maria del Carmine

 

A Basílica di Santa Maria del Carmine foi originalmente construído em 1268. Ela é a sede da ordem carmelita em Florença desde o século XIII. Sua construção foi possível graças a ajuda da cidade e das famílias mais ricas da região. Mas seu trabalho de conclusão foi bem lento, sendo que ela foi consagrada 1422 e terminada apenas em 1475.

 

A fachada da igreja permaneceu inacabada, mostrando seu estado bruto de tijolos e pedras, muito comum em várias igrejas florentinas.

 

Durante todo este período a igreja foi sendo expandida, novas dependências foram sendo anexadas e ela foi renovada várias vezes. Até ser destruída pelo fogo em 1771. Este terrível incêndio destruiu o interior da igreja e acarretou na perda de grande parte de seus móveis.

 

Por sorte, foram poupados a Sacristia antiga (decorada com afrescos do início do século XV), a Capela Brancacci e a Capela Corsini (1675-1683), um exemplo raro e valioso do barroco romano em Florença. Ficaram ainda intocadas pelo fogo as Histórias de Santa Cecília, de Lippo d’Andrea e o monumento de mármore a Pier Soderini, de Benedetto da Rovezzano.

 

A mais recente intervenção, de 1782, a transformou numa basílica em estilo rococó, sendo ela até hoje a única igreja rococó em Florença.

Outras atrações da Basílica de Santa Maria del Carmine

 

Cenacolo del Carmine

A Capela Brancacci é um precioso tesouro, mas não é o único presente nesta igreja. Ali se encontra também o Cenacolo del Carmine. Cenáculo é o termo usado para designar o local onde aconteceu a Última Ceia. O antigo Convento del Carmine guarda em suas paredes uma grande obra, feita por Alessandro Allori, em 1582, e que vale a pena visitar. É possível visitar o Cenacolo gratuitamente, pedindo a permissão na entrada, onde se compra os bilhetes para Capela Brancacci, pois a entrada é paga somente para a Capela  Brancacci e o cenáculo fica próximo a ela.

 

Capela Corsini

Esta capela fica no transepto esquerdo da Basílica. A família Corsini foi uma das mais importantes e influentes em Florença durante os séculos XVII e XVIII. Um membro da família, Andrea, tornou-se um santo da Igreja Católica, em 1629; em 1730, Lorenzo Corsini se tornou o Papa Clemente XII. A Capela celebra o Santo que foi parte da família, e é um grande exemplo do barroco florentino, com uma decoração exuberante.

Para aqueles que procuram boas opções de hospedagem em Florença e os melhores preços: clique aqui e encontre o hotel perfeito para você!

Capela Brancacci

 

A Capela Brancacci é uma das capelas da Igreja de Santa Maria del Carmine, e também sua maior obra de arte. Ela é muitas vezes chamada de Capela Sistina do começo da Renascença, devido sua importância artística.

 

Masaccio

A construção desta capela foi encomendada por Pietro Brancacci, em 1386, que contratou Masolino da Panicale para pintar a Capela, e junto veio seu assistente, Masaccio. Masaccio era um gênio na sua arte e desenvolveu um trabalho tão espetacular, que Masolino deixou a obra, ficando toda a pintura a cargo de Masaccio. Mas infelizmente Masaccio teve de se ausentar devido um chamado de Roma, e acabou falecendo aos 27 anos. Assim várias cenas da capela foram finalizadas por Filippino Lippi.

 

Mas a obra deixada por Masaccio fez história e as cenas retratadas por ele contam histórias bíblicas. Todas elas estão ambientadas na Florença do século XV e os personagens vestem roupas desta época, apesar de as histórias terem se passado muitos séculos antes.

 

Como era muito comum de acontecer naquela época, Masaccio retratou-se na cena de São Pedro Entronado, bem como fez com Brunelleschi, Masolino e Alberti. Já Botticelli e Filippino Lippi aparecem na Crucificação de São Pedro pintados pelo próprio Lippi.

 

Na parte da obra onde Masaccio retrata os eventos na vida de São Pedro, ele abandona o estilo gótico, aplicando perspectiva e dando naturalismo aos personagens. E, estabelecendo assim, novos parâmetros para os afrescos da época e ajudando a criar o estilo Renascentista. Para se ter uma ideia da dimensão de sua importância, é interessante saber que Michelangelo treinava copiando desenhos de Masaccio, como os desta capela.

1 Cidade 1 Atração=Florença Capela Brancacci5

A visita

 

Apesar de ser parte da Basílica de Santa Maria del Carmine, não é possível acessar a Capela Brancacci por dentro dela. Tem que se sair da Basílica e entrar através do claustro, à direita da entrada da igreja.

 

Apenas 30 visitantes podem visitar a capela de uma só vez e por apenas durante 15 minutos.

 

Antes de se adentrar na capela, fica-se alguns minutos no antigo refeitório do convento onde é passado um vídeo com explicações sobre a mesma e sobre as pinturas, extremamente elucidativo. O vídeo tem traduções em diversos idiomas, incluindo inglês e espanhol.




A Capela

 

Como toda grande obra de arte, esta capela merece uma minuciosa apreciação. Observe os detalhes, as feições dos personagens, as roupas, a técnica usada.

 

1 –  Masolino da Panicale, A Tentação de Adão e Eva.
2 –  Masaccio, Expulsão do Jardim do Éden (em estilo completamente oposto ao afresco anterior).
3 –  Masaccio, Dinheiro dos Tributos (a pintura mais famosa). A importância da pintura está na representação humana de Jesus e na mesma altura de seus discípulos, algo revolucionário para a época, rejeitando a perspectiva de hierarquia da pintura bizantina. Masaccio usa cores diferentes para enfatizar diferentes áreas da pintura.
4 –  Masolino da Panicale, São Pedro pregando.
5 –  Masaccio, Batismo dos Neófitos.
6 –  Masolino da Panicale, Cura dos Aleijados e a ressurreição de Tabita, de Masolino. Mostra a paisagem e as ruas da cidade na época.
7 –  Masaccio, Distribuição das Esmolas e a Morte de Ananias.
8 –  Masaccio, São Pedro curando os doentes com sua sombra.
9 –  Filippino Lippi, São Pedro visita São Paulo na prisão.
10- Masaccio e Filippino Lippi, a ressureição do filho de Teófilo e São Pedro entronado.
11- Filippino Lippi, São Pedro é liberado da prisão.
12- Filippino Lippi, a disputa de São Pedro e São Paulo com Simon Mago e a crucificação de São Pedro.

1 Cidade 1 Atração=Florença Capela Brancacci afrescos

Informações Práticas

 

Horário

Aberta de 2ª-Sábado, entre 10-17h. Domingo e Feriados, entre 13-17h. Fecha na terça-feira.   Fechado no dia de Ano Novo, 7 de janeiro, Páscoa, 16 de julho, 15 de agosto, 25 de dezembro.

Entrada

Adulto: €7. Reduzido: €5 (entre 18 e 25 anos, estudantes universitários). Gratuito para menores de 18 anos.   Áudio-guia: €3 (Italiano, Inglês, Francês, Espanhol). (valores atualizados em janeiro de 2018)

Endereço

Piazza del Carmine, 14. Firenze. Tel: 055 2382195.

Como chegar

Florença é uma cidade facilmente visitada à pé, e basta atravessar a Ponte Vecchio e seguir a direita, orientando-se por algum mapa, que chega-se até a Basílica del Carmine.

Importante

– A visita à Igreja é gratuita, a visita à Capela é paga.

Vale a pena comprar antecipadamente:


Você lembrou do seguro viagem? Ele é um dos itens mais importantes da sua viagem. O seguro viagem é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil Euros. Nos demais países em que ele não é obrigatório também é recomendável a contratação, já que infelizmente não podemos prever acidentes. Nos Estados Unidos, o custo médico diário de uma internação é muito caro (uns U$2.000). Não esquecendo que o seguro é muito útil nos casos de cancelamento de viagem, extravio de bagagem e assistência odontológica. Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.

Europa 1

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM AQUI :

–  Reserve seu hotel no Booking.com ( sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)

–  Compre seu seguro de viagem na Seguros Promo (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)

–  Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios na Europa com a Get Your Guide

–  Alugue seu Carro na Europa com a RentCars

–  Índice com todos os posts do Viajoteca

Se você fizer sua reserva através dos links aqui da Viajoteca, a gente ganha uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar a Viajoteca a continuar escrevendo sempre ótimas dicas para você. Obrigada!


Comente Aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.